O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Res. Enfª. Mayara Inácio de Oliveira
PROGRAMA DE ESPECIALIZAÇÃO
MULTIPROFISSIONAL EM ATENÇÃO CLÍNICA
CARDIOVASCULAR - MODA...
Objetivos
Definir sobre a Pericardite
Discutir sobre os aspectos que envolvem a doença
• Conhecer as causas, classificaç...
O que é o Pericardio?
Uma membrana que reveste e protege o coração. Ele restringe o
coração à sua posição no mediastino, e...
Fibrosa: O pericárdio fibroso superficial é
um tecido conjuntivo irregular, denso,
resistente e inelástico. Assemelha-se ...
Pericardite: Etiologia
• Virais →enterovírus, vírus da hepatite
B,mononucleose, varicela.
• Bacterianas:
 Inespecífica(pu...
Outras etiologias
• Doenças auto imunes:
 Lupus eritematoso
 Artrite Reumatóide
 Esclerodermia
• Metabólicas:
 Uremia
...
• Pós-infarto do Miocárdio:
 Precoce →72 horas.
 Tardio →30 a 180 dias: Síndrome de Dressler.
• Traumática:
 Fechado: a...
Fisiopatologia
• O saco pericárdico normalmente apresenta uma
pressão subatmosférica.
• Essa pressão sofre mínimas variaçõ...
Pericardite aguda
“Síndrome inflamatória aguda do pericárdio, de etiologia
variável, sem aumento significativo do líquido ...
Exames complementares
• Rx tórax
• ECG
• ECO
• Exames laboratoriais
Pericardite Síndrome Coronariana
Inicio Súbito Gradual, crescent
Localização Subesternal o precordial
esquerdo
Qualquer po...
Derrame Pericárdico e Tamponamento
Cardíaco
Estase jugular se acentua na inspiração
profunda
Ascite
• Exame físico
▫ Desaparece o atrito pericardico
▫ Hepatomegalia d...
Exames complementares
• Rx de Tórax
• Área cardíaca variável
• ECG
▫ Alterações semelhantes a pericardite
▫ Efeito deletér...
Rx de Tórax
Fonte: Google imagens
Assistência de enfermagem
• Repouso no leito
• Monitoração cardíaca
• Acesso venoso calibroso
• Administrar SF 0,9%
• Não ...
Tratamento
• Indicações da drenagem
▫ Evolução prolongada > 10 dias
▫ Sem diagnóstico confirmado
▫ Punção terapêutica no t...
Pericardite constrictiva
Definição:
Processo inflamatório crônico que
envolve os dois folhetos do pericárdio,
levando a es...
Fisiopatologia
 Fibrose do pericardio parietal e dos dois
folhetos de pericardio visceral.
 No início o espaço pericárdi...
Morfologia
Pericardite constritiva
É uma condição clinica incapacitante decorrente da
inflamação crônica do pericárdio, com espessam...
Obliteração do espaço pericáridico
Fibrose e espessamento do pericárdio
Estágio crônico
Estágio subagudo: organização e re...
Efeito sobre os Rins
Alta pressão
venosa sistêmica
reduz o DC
Inibição do
peptídeo atrial
natriurético
Retenção renal
de s...
• Congestão hepatica
• Ascite
• Edema periférico
• anasarca
• Fadiga, fraqueza
muscular
• Perda de peso
• diastole
• Peric...
Quadro clínico
• Fadiga
• Mal estar
• Perda muscular
• Caquexia
• Edema periférico
• Náuseas
• Desconforto abdominal
• Asc...
Inspiração
• Queda da pressão intratoracia +
Gradiente da veia pulmonar reduzido
• decréscimo atrial esquerdo e
fluxo tran...
Exame físico
• Distenção venosa jugular
• Sinal de Kussmaul
• Pulso arterial paradoxal
• Pressão de pulso normal ou reduzi...
Eletrocardiograma
• Alterações inespecíficas do segment ST
• e onda T (inversão ou achatamento
generalizado)
• Complexos Q...
Eco/TC computadorizada/ RM
Espessamento pericardico normal ate 2mm e
calcificações (Eco)
Calcificação pericardica (TC ma...
Tratamento
Tratamento clínico + Cirúrgico
Dieta com restrição de Sódio +
Diuréticos: alívio momentaneo, não
muda a progres...
Referências
• I Diretriz da Sociedade Brasileira de Cardiologia sobre Miocardite e
ISSN-0066-782X • Volume 100, N° 4, Supl...
Pericardite
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pericardite

2.613 visualizações

Publicada em

Seminário apresentado pela R2 de Enfermagem Mayara Inácio

Publicada em: Internet
  • Seja o primeiro a comentar

Pericardite

  1. 1. Res. Enfª. Mayara Inácio de Oliveira PROGRAMA DE ESPECIALIZAÇÃO MULTIPROFISSIONAL EM ATENÇÃO CLÍNICA CARDIOVASCULAR - MODALIDADE RESIDÊNCIA Recife, 2015 Pericardite
  2. 2. Objetivos Definir sobre a Pericardite Discutir sobre os aspectos que envolvem a doença • Conhecer as causas, classificações, fisiopatologia, tratamento, profilaxia • Conhecer a assistência de enfermagem prestada a esses pacientes.
  3. 3. O que é o Pericardio? Uma membrana que reveste e protege o coração. Ele restringe o coração à sua posição no mediastino, embora permita suficiente liberdade de movimentação para contrações vigorosas e rápidas.
  4. 4. Fibrosa: O pericárdio fibroso superficial é um tecido conjuntivo irregular, denso, resistente e inelástico. Assemelha-se a um saco, que repousa sobre o diafragma e se prende a ele. Serosa: O pericárdio seroso, mais profundo, é uma membrana mais fina e mais delicada que forma uma dupla camada, circundando o coração. Parietal: camada parietal, mais externa, do pericárdio seroso está fundida ao pericárdio fibroso. Camada parietal, mais externa, do pericárdio seroso está fundida ao pericárdio fibroso. Visceral:A camada visceral, mais interna, do pericárdio seroso, também chamada epicárdio, adere fortemente à superfície do coração.
  5. 5. Pericardite: Etiologia • Virais →enterovírus, vírus da hepatite B,mononucleose, varicela. • Bacterianas:  Inespecífica(purulenta).  Específica (tuberculose). • Micóticas →histoplasmose, Candidíase, • paracoccidioidomicose. • Parasitárias →toxoplasmose, amebíase, • esquistossomose, filariose.
  6. 6. Outras etiologias • Doenças auto imunes:  Lupus eritematoso  Artrite Reumatóide  Esclerodermia • Metabólicas:  Uremia  Mixedema  Gota
  7. 7. • Pós-infarto do Miocárdio:  Precoce →72 horas.  Tardio →30 a 180 dias: Síndrome de Dressler. • Traumática:  Fechado: acidente automobilistico  Aberto • Síndrome pós pericardiectomia • Pós radioterapia • Medicamentos :  Procainamida, Hidralazina, Metisergida, Isoniasida, Hidantoína. • Neoplasias:  Primárias: mesotheliomas  Secundária: CA de pulmão, mama, leucemias
  8. 8. Fisiopatologia • O saco pericárdico normalmente apresenta uma pressão subatmosférica. • Essa pressão sofre mínimas variações durante o ciclo cardíaco. • No começo a adição de pequena quantidade de liquido no espaço pericárdico muda pouco a pressão, com a adição rápida de mais fluido a pressão aumenta progresivamente, e no final, pequenas quantidades de fluidos aumentam muito a pressão intrapericárdica (princípio da pericardiocentese ) • A elevação da pressão intrapericardica influenciam diretamente no débito cardíaco
  9. 9. Pericardite aguda “Síndrome inflamatória aguda do pericárdio, de etiologia variável, sem aumento significativo do líquido pericáridico, acompanhada de dor e atrito pericárdico.” • Exame físico ▫ Sinais e sintomas  Dor precordial continua, que piora com a respiração e tosse e melhora sentado.  Febre e mal estar ▫ Exame físico:  Atrito pericardico
  10. 10. Exames complementares • Rx tórax • ECG • ECO • Exames laboratoriais
  11. 11. Pericardite Síndrome Coronariana Inicio Súbito Gradual, crescent Localização Subesternal o precordial esquerdo Qualquer ponto dentro da zona de irradiação Irradiação Trapézio o idêntica a dor isquêmica Ombros, braços, pescoço, mandíbula, dorso Qualidade Em pontada, aguda, monotona, opressiva Em peso o queimação Relação com a inspiração Piora Sem influência Duração Persistente Intermitente<30 min Relação com a posição Piora com o movimento Sem influência Postura Piora deitado, melhora, sentado o inclinado para frente Sem influência Nitroglicerina Sem influência Alivio
  12. 12. Derrame Pericárdico e Tamponamento Cardíaco
  13. 13. Estase jugular se acentua na inspiração profunda Ascite • Exame físico ▫ Desaparece o atrito pericardico ▫ Hepatomegalia dolorosa ▫ Baixo débito cardíaco ▫ Fraqueza muscular e oliguria ▫ Bulhas hipofonéticas ou inaudíveis ▫ Tamponamento cardíaco – pulso paradoxal
  14. 14. Exames complementares • Rx de Tórax • Área cardíaca variável • ECG ▫ Alterações semelhantes a pericardite ▫ Efeito deletério ▫ Alternância elétrica • ECO ▫ Tamponamento cardíaco
  15. 15. Rx de Tórax Fonte: Google imagens
  16. 16. Assistência de enfermagem • Repouso no leito • Monitoração cardíaca • Acesso venoso calibroso • Administrar SF 0,9% • Não utilizer diuréticos • Fornecer O2 em cateter • Evitar VNI
  17. 17. Tratamento • Indicações da drenagem ▫ Evolução prolongada > 10 dias ▫ Sem diagnóstico confirmado ▫ Punção terapêutica no tamponamento • Aspecto do líquido ▫ Amarelo citrino: virais e tuberculose ▫ Purulento: bacterianas inespecíficas ▫ Hemorrágico: neoplasias
  18. 18. Pericardite constrictiva Definição: Processo inflamatório crônico que envolve os dois folhetos do pericárdio, levando a espessamento dos mesmos e compressão dos ventriculos.
  19. 19. Fisiopatologia  Fibrose do pericardio parietal e dos dois folhetos de pericardio visceral.  No início o espaço pericárdico contém fluido que pode ser hemorrágico.  Com o avançar da patologia ocorre a fusão dos folhetos e a constrição miocárdica.  Atrofia e fibrose do miocárdio. 
  20. 20. Morfologia
  21. 21. Pericardite constritiva É uma condição clinica incapacitante decorrente da inflamação crônica do pericárdio, com espessamento e fibrose Resulta em insficiência cardíaca por disfunção diastólica: Restrição do enchimento diastólico Redução do volume sistólico Baixo débito cardíaco
  22. 22. Obliteração do espaço pericáridico Fibrose e espessamento do pericárdio Estágio crônico Estágio subagudo: organização e reabsorção do derrame Pericardite aguda Pericardite Constrictiva
  23. 23. Efeito sobre os Rins Alta pressão venosa sistêmica reduz o DC Inibição do peptídeo atrial natriurético Retenção renal de sódio e água
  24. 24. • Congestão hepatica • Ascite • Edema periférico • anasarca • Fadiga, fraqueza muscular • Perda de peso • diastole • Pericárdio nao complacente • diastóle Enchimento ventricular rápido Enchimento ventricular abruptamento detido Congestão venosa sistêmica Redução do débito cardíaco
  25. 25. Quadro clínico • Fadiga • Mal estar • Perda muscular • Caquexia • Edema periférico • Náuseas • Desconforto abdominal • Ascite • Anasarca • Ganho de peso • Dispnéia aos esforços • Ortopneia Baixo débito Insuficiência cardíaca direita Insuficiência cardíaca esquerda
  26. 26. Inspiração • Queda da pressão intratoracia + Gradiente da veia pulmonar reduzido • decréscimo atrial esquerdo e fluxo transmitral diminuído. • Aumento no preenchimento do VD e deslocamento do septo interventricular para a esquerda expiração • Aumento da pressão intratoracia + Gradiente da veia pulmonar aumentado acréscimo atrial esquerdo e fluxo transmitral aumentado. • Aumento no enchimento do VE e deslocamento do septo interventricular para a direita
  27. 27. Exame físico • Distenção venosa jugular • Sinal de Kussmaul • Pulso arterial paradoxal • Pressão de pulso normal ou reduzido • Hepatomegalida congestiva • ascite
  28. 28. Eletrocardiograma • Alterações inespecíficas do segment ST • e onda T (inversão ou achatamento generalizado) • Complexos QRS de baixa voltagem • FA e BAV • Ondas Q patológicas • Sinais de sobrecarga atrial • Distúrbios de condução intraventricular
  29. 29. Eco/TC computadorizada/ RM Espessamento pericardico normal ate 2mm e calcificações (Eco) Calcificação pericardica (TC mais sensível) Contornos ventriculares distorcidos Congestão venosa hepatica Derrame pleural e ou pericárdico Ascite Cateterismo cardíaco Pode ser últil para excluir DAC Ajuda na distinção de miocardiopatia restritiva Fornece documentação hemodinâmica da fisiologia constrictiva
  30. 30. Tratamento Tratamento clínico + Cirúrgico Dieta com restrição de Sódio + Diuréticos: alívio momentaneo, não muda a progressão Pericardiectomia: definitiva, melhora hemodinâmica e sintomática Doença progressivo – tratamento precoce
  31. 31. Referências • I Diretriz da Sociedade Brasileira de Cardiologia sobre Miocardite e ISSN-0066-782X • Volume 100, N° 4, Supl. 1, Abril 2013.www.arquivosonline.com.br • Santos CLS, Figuinha FCR, Lima AGS, et all. Manual de Cardiologia Cardiopapers. Ed Atheneu, São Paulo, 2015 • Pedrosa LC, Junior WO; Doenças do Coração diagnóstico e tratamento. Ed Revinter 2011. • Silva, V.M.F.Q. Manual de Endocadite. Disponível em: http://www.fmt.am.gov.br/manual/endocardite.htm • Patricia Gutierrez; Daniela Calderaro; Bruno Caramelli. Endocardite infecciosa. Rev. Assoc. Med. Bras. vol.50 no.2 São Paulo Apr./Jan. 2004 Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S010442302004000200016&script=sci_arttext

×