SlideShare uma empresa Scribd logo
Agilidade & Diversidade
Como esses temas se encontram na rota
da evolução?
2022
Mariana
Zaparolli
Engenheira de
Computação (FURG-RS)
Mestrado em Ciências
de Computação –
Computação Musical
(IME-USP)
Um pouco sobre mim
Agilidade
Organizacional
& Governança
de Portfólio
Agile Expert
Tecnologia
Agilista desde 2013
Agile Expert
É a capacidade de se
adaptar rapidamente
às mudanças
gilidade
Para tal, é essencial criar uma
cultura de entregas incrementais
de valor em ciclos cada vez
mais curtos e de incansável
melhoria contínua
Não é apenas
sobre velocidade
gilidade
Um conjunto de
valores e princípios
que orientam como
nós trabalhamos
juntos e como
interagimos com
nossos clientes
gilidade
Modelo de trabalho ágil – tomada de decisão mais rápida, formação
de equipes multifuncionais e maior inovação
Ágil
Tradicional
1
2
3
4 5
6
7
8
9
10 11
13 14 15 16
17
18 19
12
x
9
x
3
x
17
x
6
Planos perfeitos e prevenção de falhas Rápida adaptação, aprendizado e recuperação de falhas
Multitarefa em tudo Foco dedicado no trabalho mais valioso
“Viés” positivo para o progresso Visão transparente de versões de trabalho
Camadas de aprovação hierárquica Colaboração com o cliente e inovadores capacitados
Controle e poder Confiança e treinamento
Abordagem
O Manifesto Ágil instituiu 4 referências do que valorizamos
Entregáveis funcionais mais
que documentação exaustiva
Entregáveis menores
Feedback rápido
Testar as soluções para as
necessidades dos clientes
Indivíduos e interações mais
que processos e ferramentas
Criatividade e diversão
Confiança e empoderamento
Celebração de aprendizados
Colaboração com clientes mais
que negociação de contratos
Simplifição
Foco total no que é relevante
para o cliente
Remoção de impedimentos
Responder às mudanças mais
que seguir um plano
Roadmaps enxutos
Testar e aprender
Adaptação às mudanças
Fonte: https://agilemanifesto.org/iso/ptbr/manifesto.html
Valores e
Princípios
Ágeis (Cultura
e Mentalidade)
Nossa maior prioridade é satisfazer o cliente
através da entrega contínua e adiantada
de software com valor agregado.
Mudanças nos requisitos são bem-vindas,
mesmo tardiamente no desenvolvimento.
Processos ágeis tiram vantagem das
mudanças visando vantagem competitiva para o cliente.
Entregar frequentemente software funcionando,
de poucas semanas a poucos meses,
com preferência à menor escala de tempo.
Pessoas de negócio e desenvolvedores devem trabalhar
diariamente em conjunto por todo o projeto.
Construa projetos em torno de indivíduos motivados.
Dê a eles o ambiente e o suporte necessário
e confie neles para fazer o trabalho.
O método mais eficiente e eficaz de transmitir
informações para e entre uma equipe de desenvolvimento
é através de conversa face a face.
Software funcionando é a medida primária de progresso.
Os processos ágeis promovem desenvolvimento
sustentável. Os patrocinadores, desenvolvedores e
usuários devem ser capazes de manter um ritmo
constante indefinidamente.
Contínua atenção à excelência técnica e bom design
aumenta a agilidade.
Simplicidade - a arte de maximizar a quantidade de
trabalho não realizado - é essencial.
As melhores arquiteturas, requisitos e designs
emergem de equipes auto-organizáveis.
Em intervalos regulares, a equipe reflete sobre como
se tornar mais eficaz e então refina e ajusta seu
comportamento de acordo.
Fonte: https://agilemanifesto.org/iso/ptbr/manifesto.html
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
12
“Nós seguimos
estes princípios”:
Warren
Buffet
É o que
você paga
Preço
É o que
você leva
Valor
Business Model Generation
A proposta de valor é o centro da criação de um produto/serviço
Encaixe
Crie
valor
Observe
os clientes
Fonte: Alexander Osterwalder e Yves Pigneur - 2010
É importante entender o problema e explorar possibilidades de solução
Encaixe
Crie
valor
Observe
os clientes
Pensar
Parece uma
boa ideia! Explorar!
Cancelar
Perseverar
Pivotar
Variáveis observadas – métricas!
Feedback loop
Fonte: Eric Ries: The Lean Startup - 2012
Meu achismo
Encaixe
Crie
valor
Observe
os clientes
Meu achismo
Uma cadeia de valor (value stream)
representa uma
jornada do Cliente
Lia é dona de uma padaria
e tem 3 carros no seu negócio
Encaixe
Crie
valor
Observe
os clientes
Conhecer
sobre aluguel
1
5
Concluir
contratação
Entender proposta
de valor da locadora
2
Negociar
uma proposta
3
Renovar
o contrato
9
Manter contato
com a locadora
8
4
Ter crédito
aprovado
6
Retirar
carro
Utilizar
serviços
7
Empatia!
Encaixe
Crie
valor
Observe
os clientes
Encaixe
Crie
valor
Observe
os clientes
Pensamento Diverso!
Diversidade
A valorização da diversidade é uma
oportunidade de ter uma visão mais
ampla de tudo que nos cerca.
Valorizar significa conduzir a vida
considerando as diferenças para que elas
adicionem valor, sem transformá-las em
problema, sem desaparecer com elas.
R E I N A L D O B U L G A R E L L I
2 0 0 8
Risco
Fonte desconhecida
Fonte: https://medium.com/desenvolvimento-%C3%A1gil/o-fator-diversidade-e-sua-relev%C3%A2ncia-em-times-%C3%A1geis-88c22653ee65
Luiz Felipe "LF" Dias
Ambientes multiculturais estimulam a criatividade por
serem mais propícios a considerar e combinar diferentes
perspectivas e pontos de vista.
A simples interação entre indivíduos diferentes força o grupo
a se preparar melhor, antecipar pontos de vista alternativos
e entender que chegar a um consenso demanda esforço
Diversidade
Você só chega no consumidor final,
que é diverso no Brasil, se você
tiver uma diversidade. Senão você
não consegue criar produtos novos
ou produtos adequados.
P O N T O D E V I S TA D E Q U E M
S E D I F E R E N C I A N O M E R C A D O
L U I Z A H E L E N A T R A J A N O
M A G A Z I N E L U I Z A ( M A G A L U )
Diversidade
Vemos algumas empresas com processo seletivo focado
em aumento de diversidade
Fonte: BBC; 99 Jobs; Cia de talentos
Para mudar a realidade é necessário prover ações afirmativas,
porque o ponto de partida não é o mesmo entre as pessoas
Igualdade ?
Ferramentas e assistência
uniformemente distribuída
Equidade?
Ferramentas e assistência
customizadas que identificam e
endereçam a desigualdade
A representatividade da mulher em cargos
de liderança ainda é baixa
Fonte: INEP, PNAD, IBGE, Insper, Valor
https://www.bain.com/contentassets/e4fcb1f4478f49658dacdbcfe326b07e/bain_linkedin_liderancafeminina_sematalhos.pdf
2013 2019
https://www.bain.com/contentassets/e4fcb1f4478f49658dacdbcfe
326b07e/bain_linkedin_liderancafeminina_sematalhos.pdf
#ondeestãoasmulheres
#aquiestãoasmulheres
Recomendações
Será que a tecnologia está caminhando a favor da diversidade?
Qual é a nossa responsabilidade nisto?
Fonte: https://gizmodo.uol.com.br/por-que-esta-saboneteira-nao-reconhece-peles-negras/
Se você já teve problemas para entender a importância da diversidade
na tecnologia e seu impacto na sociedade, assista a este vídeo
Será que a tecnologia está caminhando a favor da diversidade?
Qual é a nossa responsabilidade nisto?
Fonte: http://www.ihu.unisinos.br/78-noticias/561869-sistema-de-algoritmo-que-determina-pena-de-condenados-cria-
polemica-nos-eua
Fonte: https://anielleguedes.blogosfera.uol.com.br/2019/11/21/inteligencia-artificial-no-tribunal-da-analise-de-dados-ao-
algoritmo-juiz/
Fonte: http://www.ihu.unisinos.br/78-noticias/561869-sistema-de-algoritmo-que-determina-pena-de-condenados-cria-
polemica-nos-eua
Fonte: https://www.propublica.org/article/machine-bias-risk-assessments-in-criminal-sentencing
Será que a tecnologia está caminhando a favor da diversidade?
Qual é a nossa responsabilidade nisto?
Fonte: https://www.uol.com.br/tilt/noticias/redacao/2021/10/04/quem-e-pobre-o-bastante-para-receber-auxilio-nos-eua-algoritmo-decide.htm
Quem é pobre o bastante
para receber auxílio?
Nos EUA, algoritmo
decide
Para decidir quem mais precisa de auxílio-
moradia, o governo passou a utilizar um sistema
computadorizado, que gera um “score”
de cada pessoa.
Esse único número vai definir o quanto antes
ela deve sair das ruas, em uma lista por ordem
de prioridade. Ou seja, o fator humano de
decisão dos assistentes sociais foi substituído
por um algoritmo.
Fonte: https://www.uol.com.br/tilt/noticias/redacao/2021/10/04/quem-e-pobre-o-bastante-para-receber-auxilio-nos-eua-algoritmo-decide.htm
Quem é pobre o bastante
para receber auxílio?
Nos EUA, algoritmo
decide
Vulnerabilidade em níveis
O VI-SPDAT prevê 17 níveis de vulnerabilidade,
baseados em questões sobre saúde mental,
deficiências físicas, uso de drogas, abuso sexual,
violência doméstica, tempo de desabrigado e
outros fatores de risco, que podem levar uma
pessoa a viver para sempre nas ruas. Cada
resposta conta um valor, que vai sendo somado
até finalizar o score – quanto mais alto, em
tese, mais vulnerável.
Mas há denúncias de casos delicados,
que o algoritmo não foi capaz de priorizar;
por exemplo, o de uma mãe com um bebê
deficiente, que não atingiu a “nota” necessária
para sair das ruas.
Fonte: https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2021/03/08/cafe-no-japao-tem-garcons-robos-controlados-por-pessoas-com-deficiencia/
O Avatar Café DAWN
temo objetivo de
promover a inclusão
criando oportunidades
de trabalho para
pessoas com
deficiência. A startup
OryLab criou o robô
OriHime, que funciona
como um garçom que
será controlado por
pessoas com deficiência
Gabriela Guerra
Utopia ou distopia:
que futuro estamos
construindo?
https://www.youtube.com/watch?v=4ox54k-Au1A
Será que a tecnologia está caminhando a favor da diversidade?
Qual é a nossa responsabilidade nisto?
Agilidade&Diversidade - 45min - 2022
DIVERSIDADE
Perguntas
Mariana Zaparolli Martins
MarianaZaparolli
Marizaparolli.com
Mariana.zaparolli@bain.com

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Agilidade&Diversidade - 45min - 2022

Inovação na era da colaboratividade
Inovação na era da colaboratividadeInovação na era da colaboratividade
Inovação na era da colaboratividade
ABGI Brasil
 
Ecossistemas de inovação: desafios e oportunidades para acelerar inovação.
Ecossistemas de inovação: desafios e oportunidades para acelerar inovação.Ecossistemas de inovação: desafios e oportunidades para acelerar inovação.
Ecossistemas de inovação: desafios e oportunidades para acelerar inovação.
Roberto C. S. Pacheco
 
Wilson Sons - 06-01-2014
Wilson Sons - 06-01-2014Wilson Sons - 06-01-2014
Wilson Sons - 06-01-2014
SV_Partners
 
Sebrae SP Escola Empreendedor 16-09-2014
Sebrae SP Escola Empreendedor 16-09-2014Sebrae SP Escola Empreendedor 16-09-2014
Sebrae SP Escola Empreendedor 16-09-2014
SV_Partners
 
Apresentação Capacitação Gsi2009
Apresentação Capacitação Gsi2009Apresentação Capacitação Gsi2009
Apresentação Capacitação Gsi2009
inovaDay .
 
Concarh FóRmula Do Sucesso
Concarh FóRmula Do SucessoConcarh FóRmula Do Sucesso
Concarh FóRmula Do Sucesso
verapoder
 
FÓRMULA DO SUCESSO
FÓRMULA DO SUCESSOFÓRMULA DO SUCESSO
FÓRMULA DO SUCESSO
verapoder
 
hsm_intoactions_108
hsm_intoactions_108hsm_intoactions_108
hsm_intoactions_108
Reinhold Steinbeck
 
Princípios Ágeis
Princípios ÁgeisPrincípios Ágeis
Princípios Ágeis
Lourenco P Soares
 
Princípios ágeis - UFRGS 2013
Princípios ágeis - UFRGS 2013Princípios ágeis - UFRGS 2013
Princípios ágeis - UFRGS 2013
Lourenco P Soares
 
Agilidade - Palestra -Prodabel
Agilidade - Palestra -ProdabelAgilidade - Palestra -Prodabel
Agilidade - Palestra -Prodabel
Yoris Linhares
 
Inovação: cultura como drive para tecnologias emergentes
Inovação: cultura como drive para tecnologias emergentesInovação: cultura como drive para tecnologias emergentes
Inovação: cultura como drive para tecnologias emergentes
MJV Technology & Innovation Brasil
 
Catalogo das Decisões 2013
Catalogo das Decisões 2013Catalogo das Decisões 2013
Catalogo das Decisões 2013
Qualitividade Consultoria
 
How do we innovate - gestão da inovação
How do we innovate - gestão da inovaçãoHow do we innovate - gestão da inovação
How do we innovate - gestão da inovação
Rafaela Sanzi
 
Inovação participativa
Inovação participativaInovação participativa
Inovação participativa
Joao Telles Corrêa Filho
 
Revista Mundo Coop - junho/2015 | Ferramentas para análise e leitura do merca...
Revista Mundo Coop - junho/2015 | Ferramentas para análise e leitura do merca...Revista Mundo Coop - junho/2015 | Ferramentas para análise e leitura do merca...
Revista Mundo Coop - junho/2015 | Ferramentas para análise e leitura do merca...
Senior Sistemas
 
FIEP palestra gerentes 25-09-2014
FIEP palestra gerentes 25-09-2014FIEP palestra gerentes 25-09-2014
FIEP palestra gerentes 25-09-2014
SV_Partners
 
O ambiente de trabalho do futuro e a transformação digital
O ambiente de trabalho do futuro e a transformação digitalO ambiente de trabalho do futuro e a transformação digital
O ambiente de trabalho do futuro e a transformação digital
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Crowdsourcing e empresas
Crowdsourcing e empresasCrowdsourcing e empresas
Crowdsourcing e empresas
Andrei Scheiner
 
Novas técnicas organizacionais e as tecnologias aceleradas
Novas técnicas organizacionais e as tecnologias aceleradasNovas técnicas organizacionais e as tecnologias aceleradas
Novas técnicas organizacionais e as tecnologias aceleradas
ANGRAD
 

Semelhante a Agilidade&Diversidade - 45min - 2022 (20)

Inovação na era da colaboratividade
Inovação na era da colaboratividadeInovação na era da colaboratividade
Inovação na era da colaboratividade
 
Ecossistemas de inovação: desafios e oportunidades para acelerar inovação.
Ecossistemas de inovação: desafios e oportunidades para acelerar inovação.Ecossistemas de inovação: desafios e oportunidades para acelerar inovação.
Ecossistemas de inovação: desafios e oportunidades para acelerar inovação.
 
Wilson Sons - 06-01-2014
Wilson Sons - 06-01-2014Wilson Sons - 06-01-2014
Wilson Sons - 06-01-2014
 
Sebrae SP Escola Empreendedor 16-09-2014
Sebrae SP Escola Empreendedor 16-09-2014Sebrae SP Escola Empreendedor 16-09-2014
Sebrae SP Escola Empreendedor 16-09-2014
 
Apresentação Capacitação Gsi2009
Apresentação Capacitação Gsi2009Apresentação Capacitação Gsi2009
Apresentação Capacitação Gsi2009
 
Concarh FóRmula Do Sucesso
Concarh FóRmula Do SucessoConcarh FóRmula Do Sucesso
Concarh FóRmula Do Sucesso
 
FÓRMULA DO SUCESSO
FÓRMULA DO SUCESSOFÓRMULA DO SUCESSO
FÓRMULA DO SUCESSO
 
hsm_intoactions_108
hsm_intoactions_108hsm_intoactions_108
hsm_intoactions_108
 
Princípios Ágeis
Princípios ÁgeisPrincípios Ágeis
Princípios Ágeis
 
Princípios ágeis - UFRGS 2013
Princípios ágeis - UFRGS 2013Princípios ágeis - UFRGS 2013
Princípios ágeis - UFRGS 2013
 
Agilidade - Palestra -Prodabel
Agilidade - Palestra -ProdabelAgilidade - Palestra -Prodabel
Agilidade - Palestra -Prodabel
 
Inovação: cultura como drive para tecnologias emergentes
Inovação: cultura como drive para tecnologias emergentesInovação: cultura como drive para tecnologias emergentes
Inovação: cultura como drive para tecnologias emergentes
 
Catalogo das Decisões 2013
Catalogo das Decisões 2013Catalogo das Decisões 2013
Catalogo das Decisões 2013
 
How do we innovate - gestão da inovação
How do we innovate - gestão da inovaçãoHow do we innovate - gestão da inovação
How do we innovate - gestão da inovação
 
Inovação participativa
Inovação participativaInovação participativa
Inovação participativa
 
Revista Mundo Coop - junho/2015 | Ferramentas para análise e leitura do merca...
Revista Mundo Coop - junho/2015 | Ferramentas para análise e leitura do merca...Revista Mundo Coop - junho/2015 | Ferramentas para análise e leitura do merca...
Revista Mundo Coop - junho/2015 | Ferramentas para análise e leitura do merca...
 
FIEP palestra gerentes 25-09-2014
FIEP palestra gerentes 25-09-2014FIEP palestra gerentes 25-09-2014
FIEP palestra gerentes 25-09-2014
 
O ambiente de trabalho do futuro e a transformação digital
O ambiente de trabalho do futuro e a transformação digitalO ambiente de trabalho do futuro e a transformação digital
O ambiente de trabalho do futuro e a transformação digital
 
Crowdsourcing e empresas
Crowdsourcing e empresasCrowdsourcing e empresas
Crowdsourcing e empresas
 
Novas técnicas organizacionais e as tecnologias aceleradas
Novas técnicas organizacionais e as tecnologias aceleradasNovas técnicas organizacionais e as tecnologias aceleradas
Novas técnicas organizacionais e as tecnologias aceleradas
 

Mais de Mariana Zaparolli Martins

El dilema de la priorización.pptx
El dilema de la priorización.pptxEl dilema de la priorización.pptx
El dilema de la priorización.pptx
Mariana Zaparolli Martins
 
Estratégia Ágil de Negócios
Estratégia Ágil de NegóciosEstratégia Ágil de Negócios
Estratégia Ágil de Negócios
Mariana Zaparolli Martins
 
O Dilema da Priorizacao.pptx
O Dilema da Priorizacao.pptxO Dilema da Priorizacao.pptx
O Dilema da Priorizacao.pptx
Mariana Zaparolli Martins
 
Estrategia Agil de Negocios
Estrategia Agil de NegociosEstrategia Agil de Negocios
Estrategia Agil de Negocios
Mariana Zaparolli Martins
 
O Mal do Produtismo
O Mal do ProdutismoO Mal do Produtismo
O Mal do Produtismo
Mariana Zaparolli Martins
 
Agilidade & Diversidade v30m
Agilidade & Diversidade v30mAgilidade & Diversidade v30m
Agilidade & Diversidade v30m
Mariana Zaparolli Martins
 
Agilidade Organizacional - Saia da Inercia
Agilidade Organizacional - Saia da InerciaAgilidade Organizacional - Saia da Inercia
Agilidade Organizacional - Saia da Inercia
Mariana Zaparolli Martins
 
20 anos Manifesto ágil - o que aprendemos?
20 anos Manifesto ágil - o que aprendemos?20 anos Manifesto ágil - o que aprendemos?
20 anos Manifesto ágil - o que aprendemos?
Mariana Zaparolli Martins
 
Gestão e Agilidade - Juntas são mais fortes (mai20)
Gestão e Agilidade - Juntas são mais fortes (mai20)Gestão e Agilidade - Juntas são mais fortes (mai20)
Gestão e Agilidade - Juntas são mais fortes (mai20)
Mariana Zaparolli Martins
 
Agilidade e Diversidade
Agilidade e DiversidadeAgilidade e Diversidade
Agilidade e Diversidade
Mariana Zaparolli Martins
 
Empresas Ageis
Empresas AgeisEmpresas Ageis
Governança Ágil de Portfólio
Governança Ágil de PortfólioGovernança Ágil de Portfólio
Governança Ágil de Portfólio
Mariana Zaparolli Martins
 
Gestao e Agilidade: Juntas sao mais fortes!
Gestao e Agilidade: Juntas sao mais fortes!Gestao e Agilidade: Juntas sao mais fortes!
Gestao e Agilidade: Juntas sao mais fortes!
Mariana Zaparolli Martins
 
Governança de Portfólio com Kanban
Governança de Portfólio com KanbanGovernança de Portfólio com Kanban
Governança de Portfólio com Kanban
Mariana Zaparolli Martins
 
Agilidade Organizacional: saia da inércia e conduza seus movimentos
Agilidade Organizacional: saia da inércia e conduza seus movimentosAgilidade Organizacional: saia da inércia e conduza seus movimentos
Agilidade Organizacional: saia da inércia e conduza seus movimentos
Mariana Zaparolli Martins
 
Portfolio Governance with Kanban
Portfolio Governance with KanbanPortfolio Governance with Kanban
Portfolio Governance with Kanban
Mariana Zaparolli Martins
 
Agilidade - A arte de desprojetizar
Agilidade - A arte de desprojetizarAgilidade - A arte de desprojetizar
Agilidade - A arte de desprojetizar
Mariana Zaparolli Martins
 
Gestao e Agilidade - Agile Trends 2019
Gestao e Agilidade - Agile Trends 2019Gestao e Agilidade - Agile Trends 2019
Gestao e Agilidade - Agile Trends 2019
Mariana Zaparolli Martins
 
Femme IT - Transformações e agilidade
Femme IT - Transformações e agilidadeFemme IT - Transformações e agilidade
Femme IT - Transformações e agilidade
Mariana Zaparolli Martins
 
Narnia - Lean Kanban Brazil 2018
Narnia - Lean Kanban Brazil 2018Narnia - Lean Kanban Brazil 2018
Narnia - Lean Kanban Brazil 2018
Mariana Zaparolli Martins
 

Mais de Mariana Zaparolli Martins (20)

El dilema de la priorización.pptx
El dilema de la priorización.pptxEl dilema de la priorización.pptx
El dilema de la priorización.pptx
 
Estratégia Ágil de Negócios
Estratégia Ágil de NegóciosEstratégia Ágil de Negócios
Estratégia Ágil de Negócios
 
O Dilema da Priorizacao.pptx
O Dilema da Priorizacao.pptxO Dilema da Priorizacao.pptx
O Dilema da Priorizacao.pptx
 
Estrategia Agil de Negocios
Estrategia Agil de NegociosEstrategia Agil de Negocios
Estrategia Agil de Negocios
 
O Mal do Produtismo
O Mal do ProdutismoO Mal do Produtismo
O Mal do Produtismo
 
Agilidade & Diversidade v30m
Agilidade & Diversidade v30mAgilidade & Diversidade v30m
Agilidade & Diversidade v30m
 
Agilidade Organizacional - Saia da Inercia
Agilidade Organizacional - Saia da InerciaAgilidade Organizacional - Saia da Inercia
Agilidade Organizacional - Saia da Inercia
 
20 anos Manifesto ágil - o que aprendemos?
20 anos Manifesto ágil - o que aprendemos?20 anos Manifesto ágil - o que aprendemos?
20 anos Manifesto ágil - o que aprendemos?
 
Gestão e Agilidade - Juntas são mais fortes (mai20)
Gestão e Agilidade - Juntas são mais fortes (mai20)Gestão e Agilidade - Juntas são mais fortes (mai20)
Gestão e Agilidade - Juntas são mais fortes (mai20)
 
Agilidade e Diversidade
Agilidade e DiversidadeAgilidade e Diversidade
Agilidade e Diversidade
 
Empresas Ageis
Empresas AgeisEmpresas Ageis
Empresas Ageis
 
Governança Ágil de Portfólio
Governança Ágil de PortfólioGovernança Ágil de Portfólio
Governança Ágil de Portfólio
 
Gestao e Agilidade: Juntas sao mais fortes!
Gestao e Agilidade: Juntas sao mais fortes!Gestao e Agilidade: Juntas sao mais fortes!
Gestao e Agilidade: Juntas sao mais fortes!
 
Governança de Portfólio com Kanban
Governança de Portfólio com KanbanGovernança de Portfólio com Kanban
Governança de Portfólio com Kanban
 
Agilidade Organizacional: saia da inércia e conduza seus movimentos
Agilidade Organizacional: saia da inércia e conduza seus movimentosAgilidade Organizacional: saia da inércia e conduza seus movimentos
Agilidade Organizacional: saia da inércia e conduza seus movimentos
 
Portfolio Governance with Kanban
Portfolio Governance with KanbanPortfolio Governance with Kanban
Portfolio Governance with Kanban
 
Agilidade - A arte de desprojetizar
Agilidade - A arte de desprojetizarAgilidade - A arte de desprojetizar
Agilidade - A arte de desprojetizar
 
Gestao e Agilidade - Agile Trends 2019
Gestao e Agilidade - Agile Trends 2019Gestao e Agilidade - Agile Trends 2019
Gestao e Agilidade - Agile Trends 2019
 
Femme IT - Transformações e agilidade
Femme IT - Transformações e agilidadeFemme IT - Transformações e agilidade
Femme IT - Transformações e agilidade
 
Narnia - Lean Kanban Brazil 2018
Narnia - Lean Kanban Brazil 2018Narnia - Lean Kanban Brazil 2018
Narnia - Lean Kanban Brazil 2018
 

Agilidade&Diversidade - 45min - 2022

  • 1. Agilidade & Diversidade Como esses temas se encontram na rota da evolução? 2022
  • 2. Mariana Zaparolli Engenheira de Computação (FURG-RS) Mestrado em Ciências de Computação – Computação Musical (IME-USP) Um pouco sobre mim Agilidade Organizacional & Governança de Portfólio Agile Expert Tecnologia Agilista desde 2013 Agile Expert
  • 3. É a capacidade de se adaptar rapidamente às mudanças gilidade Para tal, é essencial criar uma cultura de entregas incrementais de valor em ciclos cada vez mais curtos e de incansável melhoria contínua
  • 4. Não é apenas sobre velocidade gilidade
  • 5. Um conjunto de valores e princípios que orientam como nós trabalhamos juntos e como interagimos com nossos clientes gilidade
  • 6. Modelo de trabalho ágil – tomada de decisão mais rápida, formação de equipes multifuncionais e maior inovação Ágil Tradicional 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 13 14 15 16 17 18 19 12 x 9 x 3 x 17 x 6 Planos perfeitos e prevenção de falhas Rápida adaptação, aprendizado e recuperação de falhas Multitarefa em tudo Foco dedicado no trabalho mais valioso “Viés” positivo para o progresso Visão transparente de versões de trabalho Camadas de aprovação hierárquica Colaboração com o cliente e inovadores capacitados Controle e poder Confiança e treinamento Abordagem
  • 7. O Manifesto Ágil instituiu 4 referências do que valorizamos Entregáveis funcionais mais que documentação exaustiva Entregáveis menores Feedback rápido Testar as soluções para as necessidades dos clientes Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas Criatividade e diversão Confiança e empoderamento Celebração de aprendizados Colaboração com clientes mais que negociação de contratos Simplifição Foco total no que é relevante para o cliente Remoção de impedimentos Responder às mudanças mais que seguir um plano Roadmaps enxutos Testar e aprender Adaptação às mudanças Fonte: https://agilemanifesto.org/iso/ptbr/manifesto.html Valores e Princípios Ágeis (Cultura e Mentalidade)
  • 8. Nossa maior prioridade é satisfazer o cliente através da entrega contínua e adiantada de software com valor agregado. Mudanças nos requisitos são bem-vindas, mesmo tardiamente no desenvolvimento. Processos ágeis tiram vantagem das mudanças visando vantagem competitiva para o cliente. Entregar frequentemente software funcionando, de poucas semanas a poucos meses, com preferência à menor escala de tempo. Pessoas de negócio e desenvolvedores devem trabalhar diariamente em conjunto por todo o projeto. Construa projetos em torno de indivíduos motivados. Dê a eles o ambiente e o suporte necessário e confie neles para fazer o trabalho. O método mais eficiente e eficaz de transmitir informações para e entre uma equipe de desenvolvimento é através de conversa face a face. Software funcionando é a medida primária de progresso. Os processos ágeis promovem desenvolvimento sustentável. Os patrocinadores, desenvolvedores e usuários devem ser capazes de manter um ritmo constante indefinidamente. Contínua atenção à excelência técnica e bom design aumenta a agilidade. Simplicidade - a arte de maximizar a quantidade de trabalho não realizado - é essencial. As melhores arquiteturas, requisitos e designs emergem de equipes auto-organizáveis. Em intervalos regulares, a equipe reflete sobre como se tornar mais eficaz e então refina e ajusta seu comportamento de acordo. Fonte: https://agilemanifesto.org/iso/ptbr/manifesto.html 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 “Nós seguimos estes princípios”:
  • 9. Warren Buffet É o que você paga Preço É o que você leva Valor
  • 10. Business Model Generation A proposta de valor é o centro da criação de um produto/serviço Encaixe Crie valor Observe os clientes Fonte: Alexander Osterwalder e Yves Pigneur - 2010
  • 11. É importante entender o problema e explorar possibilidades de solução Encaixe Crie valor Observe os clientes Pensar Parece uma boa ideia! Explorar! Cancelar Perseverar Pivotar Variáveis observadas – métricas! Feedback loop Fonte: Eric Ries: The Lean Startup - 2012
  • 13. Uma cadeia de valor (value stream) representa uma jornada do Cliente Lia é dona de uma padaria e tem 3 carros no seu negócio Encaixe Crie valor Observe os clientes Conhecer sobre aluguel 1 5 Concluir contratação Entender proposta de valor da locadora 2 Negociar uma proposta 3 Renovar o contrato 9 Manter contato com a locadora 8 4 Ter crédito aprovado 6 Retirar carro Utilizar serviços 7
  • 16. Diversidade A valorização da diversidade é uma oportunidade de ter uma visão mais ampla de tudo que nos cerca. Valorizar significa conduzir a vida considerando as diferenças para que elas adicionem valor, sem transformá-las em problema, sem desaparecer com elas. R E I N A L D O B U L G A R E L L I 2 0 0 8
  • 18. Fonte: https://medium.com/desenvolvimento-%C3%A1gil/o-fator-diversidade-e-sua-relev%C3%A2ncia-em-times-%C3%A1geis-88c22653ee65 Luiz Felipe "LF" Dias Ambientes multiculturais estimulam a criatividade por serem mais propícios a considerar e combinar diferentes perspectivas e pontos de vista. A simples interação entre indivíduos diferentes força o grupo a se preparar melhor, antecipar pontos de vista alternativos e entender que chegar a um consenso demanda esforço Diversidade
  • 19. Você só chega no consumidor final, que é diverso no Brasil, se você tiver uma diversidade. Senão você não consegue criar produtos novos ou produtos adequados. P O N T O D E V I S TA D E Q U E M S E D I F E R E N C I A N O M E R C A D O L U I Z A H E L E N A T R A J A N O M A G A Z I N E L U I Z A ( M A G A L U ) Diversidade
  • 20. Vemos algumas empresas com processo seletivo focado em aumento de diversidade Fonte: BBC; 99 Jobs; Cia de talentos
  • 21. Para mudar a realidade é necessário prover ações afirmativas, porque o ponto de partida não é o mesmo entre as pessoas Igualdade ? Ferramentas e assistência uniformemente distribuída Equidade? Ferramentas e assistência customizadas que identificam e endereçam a desigualdade
  • 22. A representatividade da mulher em cargos de liderança ainda é baixa Fonte: INEP, PNAD, IBGE, Insper, Valor https://www.bain.com/contentassets/e4fcb1f4478f49658dacdbcfe326b07e/bain_linkedin_liderancafeminina_sematalhos.pdf 2013 2019
  • 24. Será que a tecnologia está caminhando a favor da diversidade? Qual é a nossa responsabilidade nisto? Fonte: https://gizmodo.uol.com.br/por-que-esta-saboneteira-nao-reconhece-peles-negras/ Se você já teve problemas para entender a importância da diversidade na tecnologia e seu impacto na sociedade, assista a este vídeo
  • 25. Será que a tecnologia está caminhando a favor da diversidade? Qual é a nossa responsabilidade nisto? Fonte: http://www.ihu.unisinos.br/78-noticias/561869-sistema-de-algoritmo-que-determina-pena-de-condenados-cria- polemica-nos-eua Fonte: https://anielleguedes.blogosfera.uol.com.br/2019/11/21/inteligencia-artificial-no-tribunal-da-analise-de-dados-ao- algoritmo-juiz/
  • 27. Fonte: https://www.uol.com.br/tilt/noticias/redacao/2021/10/04/quem-e-pobre-o-bastante-para-receber-auxilio-nos-eua-algoritmo-decide.htm Quem é pobre o bastante para receber auxílio? Nos EUA, algoritmo decide Para decidir quem mais precisa de auxílio- moradia, o governo passou a utilizar um sistema computadorizado, que gera um “score” de cada pessoa. Esse único número vai definir o quanto antes ela deve sair das ruas, em uma lista por ordem de prioridade. Ou seja, o fator humano de decisão dos assistentes sociais foi substituído por um algoritmo.
  • 28. Fonte: https://www.uol.com.br/tilt/noticias/redacao/2021/10/04/quem-e-pobre-o-bastante-para-receber-auxilio-nos-eua-algoritmo-decide.htm Quem é pobre o bastante para receber auxílio? Nos EUA, algoritmo decide Vulnerabilidade em níveis O VI-SPDAT prevê 17 níveis de vulnerabilidade, baseados em questões sobre saúde mental, deficiências físicas, uso de drogas, abuso sexual, violência doméstica, tempo de desabrigado e outros fatores de risco, que podem levar uma pessoa a viver para sempre nas ruas. Cada resposta conta um valor, que vai sendo somado até finalizar o score – quanto mais alto, em tese, mais vulnerável. Mas há denúncias de casos delicados, que o algoritmo não foi capaz de priorizar; por exemplo, o de uma mãe com um bebê deficiente, que não atingiu a “nota” necessária para sair das ruas.
  • 29. Fonte: https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2021/03/08/cafe-no-japao-tem-garcons-robos-controlados-por-pessoas-com-deficiencia/ O Avatar Café DAWN temo objetivo de promover a inclusão criando oportunidades de trabalho para pessoas com deficiência. A startup OryLab criou o robô OriHime, que funciona como um garçom que será controlado por pessoas com deficiência
  • 30. Gabriela Guerra Utopia ou distopia: que futuro estamos construindo? https://www.youtube.com/watch?v=4ox54k-Au1A Será que a tecnologia está caminhando a favor da diversidade? Qual é a nossa responsabilidade nisto?

Notas do Editor

  1. Mari
  2. Samuel
  3. Samuel
  4. Samuel
  5. Rodrigo
  6. Mariana
  7. Mariana
  8. Pra isso é necessário Pensar! E quando se faz exercício de visões, quanto mais diversidade, quanto mais tivermos olhares distintos, mais a chance de acertar.
  9. Pra isso é necessário Pensar! E quando se faz exercício de visões, quanto mais diversidade, quanto mais tivermos olhares distintos, mais a chance de acertar.
  10. Pra isso é necessário Pensar! E quando se faz exercício de visões, quanto mais diversidade, quanto mais tivermos olhares distintos, mais a chance de acertar.
  11. E Projeto? O que é Projeto? Todas as descrições tem relação com um Plano
  12. Pra isso é necessário Pensar! E quando se faz exercício de visões, quanto mais diversidade, quanto mais tivermos olhares distintos, mais a chance de acertar.
  13. Mari
  14. Mari
  15. Mari
  16. Mari
  17. Mari
  18. https://www.jolrn.com.br/2020/09/27/fundacao-palmares-nao-vai-comemorar-mes-da-consciencia-negra/
  19. https://www.jolrn.com.br/2020/09/27/fundacao-palmares-nao-vai-comemorar-mes-da-consciencia-negra/