SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 28
Baixar para ler offline
SUBTEMA
S3
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E
REMEDIAÇÃO
PERTURBAÇÕES NO
EQUILÍBRIO DOS
ECOSSISTEMAS
MISSÃO: AMBIENTE 8
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Devo ser capaz de
• Distinguir catástrofes de origem natural de catástrofe de origem
antrópica, identificando as causas das principais catástrofes de
origem antrópica e valorizando saberes de outras disciplinas (ex.:
Geografia).
• Discutir medidas que diminuam os impactes das catástrofes de
origem natural e de origem antrópica nos ecossistemas, em geral, e
nos ecossistemas da zona envolvente da escola, em particular.
Aprendizagens Essenciais
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Catástrofes
• Acidente grave ou uma série de acidentes capazes de
provocarem elevados prejuízos materiais e eventualmente
vítimas.
Naturais Antrópicas
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Catástrofes Naturais
• Acontecimentos súbitos de origem natural, muitas vezes
imprevisíveis, que ocorrem a grande escala e suscetíveis
de provocarem grandes prejuízos materiais e perda de
vidas.
Catástrofes geológicas Catástrofes climáticas
• Têm origem em processos geológicos • Têm origem em processos meteorológicos
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Catástrofes geológicas
Sismicidade
Sismos - movimentos bruscos da crusta terrestre ao longo de um plano de
falha, com libertação súbita de energia. Quando o epicentro do sismo ocorre no
oceano, forma-se um maremoto ou tsunami.
Causas
Movimentos de falhas ativas, resultantes
de processos de geodinâmica interna.
Impactes nos ecossistemas
Medidas para diminuir os impactes
nos ecossistemas
Modificações da paisagem natural
destruição de do edificado, maremotos,
perda de vidas humanas e de outros seres
vivos.
Construção antissísmica, barreira anti
tsunami, planeamento urbano eficaz e
sensibilização das populações.
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Catástrofes geológicas
Vulcanismo
O vulcanismo é a libertação de diferentes tipos de materiais do interior da Terra.
Causas
Processos de geodinâmica interna
relacionados com a deslocação de
materiais a elevada temperatura.
Impactes nos ecossistemas
Medidas para diminuir os impactes
nos ecossistemas
No caso de lavas, pode ocorrer a destruição
de seres vivos, habitats e património
edificado. A libertação de cinzas e gases
pode ser tão poluente para a atmosfera.
Construção de cartas de risco vulcânico,
monitorização de aparelhos vulcânicos,
sensibilização e educação das
populações.
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Catástrofes geológicas
Movimentos de terreno
São movimentos de solo, rocha ou detritos que ocorrem predominantemente
ao longo de planos de rotura, podendo ser agravados pela ação humana.
Causas
Causados pela instabilidade dos terrenos,
sendo ampliados pela construção civil e
pela chuva intensa.
Impactes nos ecossistemas
Medidas para diminuir os impactes
nos ecossistemas
Os movimentos de terreno são muitas vezes
causadores de destruição de habitats e
perda de vidas humanas.
Sistemas de drenagem eficazes,
observação dos terrenos e recurso a
estruturas de suporte como muros de
gabião e plantação de vegetação.
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Catástrofes climáticas
Tempestades
Manifestações atmosféricas de extrema violência, sob a forma de intensa
pluviosidade, trovoada e ventos fortes.
Causas
Circulação das massas de ar
provocadas por diferenças de
temperatura na atmosfera.
Impactes nos ecossistemas
Medidas para diminuir os impactes
nos ecossistemas
Destruição de habitats e do edificado.
Ordenamento do território,
sensibilização das populações e
construção de abrigos.
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Catástrofes climáticas
Secas
Persistência de tempo seco.
Causas
Períodos prolongados sem
precipitação.
Impactes nos ecossistemas
Medidas para diminuir os impactes
nos ecossistemas
Degradação dos solos, diminuição da
produtividade agrícola, desertificação e
diminuição da biodiversidade.
Adaptar as culturas ao regime pluvial
da região, construir sistemas de
retenção de água, nomeadamente
albufeiras. É, também, da
responsabilidade individual o uso
racional da água.
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Catástrofes climáticas
Cheias
Acumulação anormal e excessiva de água em terreno habitualmente seco.
Causas
Precipitação moderada e permanente
ou precipitação repentina e de elevada
intensidade. A ação do ser humano
pode ter um efeito amplificador através
de ações tais como a ocupação dos
leitos de cheia, a impermeabilização do
solo e a desflorestação .
Impactes nos ecossistemas
Medidas para diminuir os impactes
nos ecossistemas
Aumento do caudal dos cursos de água,
levando à inundação das áreas
circunvizinhas. Podem também ocorrer
inundações e derrocadas ou aluimentos
de terras.
Elaborar cartas de zonas de risco de
inundação. Proceder à limpeza das
canalizações e das condutas
periodicamente.
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Catástrofes natural ou antrópica
Incêndios
Ocorrência de fogo não controlado que pode ser extremamente perigoso para os
ecossistemas, seres humanos e património edificado.
Causas
Trovoadas, normalmente associadas
a períodos de seca. Fogo posto.
Impactes nos ecossistemas
Medidas para diminuir os impactes
nos ecossistemas
Degradação dos solos, diminuição da
produtividade agrícola, desflorestação,
diminuição de biodiversidade,
destruição do edificado e perda de
vidas humanas.
Limpeza das matas e das florestas,
adoção de um comportamento
cívico, vigilância das florestas e a
elaboração de cartas de risco de
incêndio.
SUBTEMA
S3
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E
REMEDIAÇÃO
PERTURBAÇÕES NO
EQUILÍBRIO DOS
ECOSSISTEMAS
MISSÃO: AMBIENTE 8
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Testa o que sabes
1 | Uma catástrofe natural ...
A | é originada pelo ser humano.
B | reflete o dinamismo da Terra.
C | é um pequeno acidente.
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Testa o que sabes
1 | Uma catástrofe natural ...
A | é originada pelo ser humano.
B | reflete o dinamismo da Terra.
C | é um pequeno acidente.
Próxima pergunta
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Testa o que sabes
1 | Uma catástrofe natural ...
Tentar novamente
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Testa o que sabes
2 | É exemplo de uma catástrofe geológica ...
A | seca.
B | tempestade.
C | movimento de terrenos.
D | inundação.
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Testa o que sabes
2 | É exemplo de uma catástrofe geológica ...
A | seca.
B | tempestade.
C | movimento de terrenos.
D | inundação. Próxima pergunta
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Testa o que sabes
2 | É exemplo de uma catástrofe geológica ...
Tentar novamente
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Testa o que sabes
3 | As secas são causadas por ...
A | Períodos prolongados
sem precipitação.
B | Acumulação anormal e
excessiva de água.
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Testa o que sabes
3 | As secas são causadas por ...
A | Períodos prolongados
sem precipitação..
B | Acumulação anormal e
excessiva de água.
Próxima pergunta
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Testa o que sabes
3 | As secas são causadas por ...
Tentar novamente
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Testa o que sabes
4 | O impacte nos ecossistemas causado pelas
tempestades é ...
A | a desertificação.
B | a desflorestação.
C | o movimento de terrenos.
D | a destruição dos habitats e do
edificado.
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Testa o que sabes
4 | O impacte nos ecossistemas causado pelas
tempestades é ...
A | a desertificação.
B | a desflorestação.
C | o movimento de terrenos.
D | a destruição dos habitats e do
edificado.
Próxima pergunta
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Testa o que sabes
4 | O impacte nos ecossistemas causado pelas
tempestades é ...
Tentar novamente
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Testa o que sabes
5 | A diminuição da ocorrência dos incêndios é devido ...
A | ao aumento das trovoadas.
B | à limpeza das matas e das florestas.
C | a maiores períodos de seca.
D | ao aumento da pluviosidade.
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Testa o que sabes
5 | A diminuição da ocorrência dos incêndios é devido ...
A | ao aumento das trovoadas.
B | à limpeza das matas e das florestas.
C | a maiores períodos de seca.
D | ao aumento da pluviosidade. Terminar
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8
Testa o que sabes
5 | A diminuição da ocorrência dos incêndios é devido ...
Tentar novamente
SUBTEMA
S3
3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E
REMEDIAÇÃO
PERTURBAÇÕES NO
EQUILÍBRIO DOS
ECOSSISTEMAS
MISSÃO: AMBIENTE 8

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a ae_mamb8_ppt_catastrofes_naturais (1).pptx

Alagamentos, inundações, deslizamentos de encostas, ... a mãe natureza volta ...
Alagamentos, inundações, deslizamentos de encostas, ... a mãe natureza volta ...Alagamentos, inundações, deslizamentos de encostas, ... a mãe natureza volta ...
Alagamentos, inundações, deslizamentos de encostas, ... a mãe natureza volta ...Universidade Federal Fluminense
 
Questões ambientais
Questões ambientaisQuestões ambientais
Questões ambientaisNonato Bouth
 
Desequilíbrios ambientais
Desequilíbrios ambientaisDesequilíbrios ambientais
Desequilíbrios ambientaisURCA
 
Geo Soc0506 Aula10
Geo Soc0506 Aula10Geo Soc0506 Aula10
Geo Soc0506 Aula10Nuno Correia
 
Desastres Naturais
Desastres NaturaisDesastres Naturais
Desastres NaturaisUFSM
 
Atividade colaborativa responsabilidade social e meio ambiente- paulo rogér...
Atividade colaborativa   responsabilidade social e meio ambiente- paulo rogér...Atividade colaborativa   responsabilidade social e meio ambiente- paulo rogér...
Atividade colaborativa responsabilidade social e meio ambiente- paulo rogér...Cisco Kunsagi
 
7oano abc lo-19102020
7oano abc lo-191020207oano abc lo-19102020
7oano abc lo-19102020Nivea Neves
 
Riscos Naturais
Riscos NaturaisRiscos Naturais
Riscos Naturaisteo1996
 
Perturbações no equilibrio dos ecossistemas
Perturbações no equilibrio dos ecossistemasPerturbações no equilibrio dos ecossistemas
Perturbações no equilibrio dos ecossistemasRita Pereira
 
Desastres naturais
Desastres naturaisDesastres naturais
Desastres naturaisIngrid Bispo
 
Ciencias 6o ano_atividade_18.11.2020
Ciencias 6o ano_atividade_18.11.2020Ciencias 6o ano_atividade_18.11.2020
Ciencias 6o ano_atividade_18.11.2020Washington Rocha
 
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemasPerturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemasfilomenacatatua
 

Semelhante a ae_mamb8_ppt_catastrofes_naturais (1).pptx (20)

Alagamentos, inundações, deslizamentos de encostas, ... a mãe natureza volta ...
Alagamentos, inundações, deslizamentos de encostas, ... a mãe natureza volta ...Alagamentos, inundações, deslizamentos de encostas, ... a mãe natureza volta ...
Alagamentos, inundações, deslizamentos de encostas, ... a mãe natureza volta ...
 
Geografia vol12
Geografia vol12Geografia vol12
Geografia vol12
 
Questões ambientais
Questões ambientaisQuestões ambientais
Questões ambientais
 
Questões ambientais
Questões ambientaisQuestões ambientais
Questões ambientais
 
Questões ambientais
Questões ambientaisQuestões ambientais
Questões ambientais
 
Desequilíbrios ambientais
Desequilíbrios ambientaisDesequilíbrios ambientais
Desequilíbrios ambientais
 
Geo Soc0506 Aula10
Geo Soc0506 Aula10Geo Soc0506 Aula10
Geo Soc0506 Aula10
 
Madeira final
Madeira finalMadeira final
Madeira final
 
Julya
JulyaJulya
Julya
 
Desastres Naturais
Desastres NaturaisDesastres Naturais
Desastres Naturais
 
Atividade colaborativa responsabilidade social e meio ambiente- paulo rogér...
Atividade colaborativa   responsabilidade social e meio ambiente- paulo rogér...Atividade colaborativa   responsabilidade social e meio ambiente- paulo rogér...
Atividade colaborativa responsabilidade social e meio ambiente- paulo rogér...
 
Geografia vol1
Geografia vol1Geografia vol1
Geografia vol1
 
Pgaerna aula5
Pgaerna aula5Pgaerna aula5
Pgaerna aula5
 
7oano abc lo-19102020
7oano abc lo-191020207oano abc lo-19102020
7oano abc lo-19102020
 
Riscos Naturais
Riscos NaturaisRiscos Naturais
Riscos Naturais
 
Tesis cel jorge
Tesis cel jorgeTesis cel jorge
Tesis cel jorge
 
Perturbações no equilibrio dos ecossistemas
Perturbações no equilibrio dos ecossistemasPerturbações no equilibrio dos ecossistemas
Perturbações no equilibrio dos ecossistemas
 
Desastres naturais
Desastres naturaisDesastres naturais
Desastres naturais
 
Ciencias 6o ano_atividade_18.11.2020
Ciencias 6o ano_atividade_18.11.2020Ciencias 6o ano_atividade_18.11.2020
Ciencias 6o ano_atividade_18.11.2020
 
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemasPerturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
 

Mais de mariagrave

biof12_subdom_2_1.pptx powerpoint sobre
biof12_subdom_2_1.pptx  powerpoint sobrebiof12_subdom_2_1.pptx  powerpoint sobre
biof12_subdom_2_1.pptx powerpoint sobremariagrave
 
12biofoco_pptdominio2_capitulo2jjjj.pptx
12biofoco_pptdominio2_capitulo2jjjj.pptx12biofoco_pptdominio2_capitulo2jjjj.pptx
12biofoco_pptdominio2_capitulo2jjjj.pptxmariagrave
 
18_mch9_complementar_identidade.pptx power
18_mch9_complementar_identidade.pptx power18_mch9_complementar_identidade.pptx power
18_mch9_complementar_identidade.pptx powermariagrave
 
Concessive clauses.pptx em inglês resumido
Concessive clauses.pptx em inglês resumidoConcessive clauses.pptx em inglês resumido
Concessive clauses.pptx em inglês resumidomariagrave
 
ae_mamb8_ppt_recursos_naturaissobre a divisão dos recursos naturais..pptx
ae_mamb8_ppt_recursos_naturaissobre a divisão dos recursos naturais..pptxae_mamb8_ppt_recursos_naturaissobre a divisão dos recursos naturais..pptx
ae_mamb8_ppt_recursos_naturaissobre a divisão dos recursos naturais..pptxmariagrave
 
ae_mamb8_ppt_explor_recursos_nnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnturais.pptx
ae_mamb8_ppt_explor_recursos_nnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnturais.pptxae_mamb8_ppt_explor_recursos_nnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnturais.pptx
ae_mamb8_ppt_explor_recursos_nnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnturais.pptxmariagrave
 
ae_mt7_ppt_est_int_terra.pptx vvvvvvvvvvvvvvv
ae_mt7_ppt_est_int_terra.pptx vvvvvvvvvvvvvvvae_mt7_ppt_est_int_terra.pptx vvvvvvvvvvvvvvv
ae_mt7_ppt_est_int_terra.pptx vvvvvvvvvvvvvvvmariagrave
 
aencsi6_ppt_patogenicos.pptx hhhhhhhhhhhhhhhhhh
aencsi6_ppt_patogenicos.pptx hhhhhhhhhhhhhhhhhhaencsi6_ppt_patogenicos.pptx hhhhhhhhhhhhhhhhhh
aencsi6_ppt_patogenicos.pptx hhhhhhhhhhhhhhhhhhmariagrave
 
aencsi6_ppt_higiene.pptx bbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
aencsi6_ppt_higiene.pptx bbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbaencsi6_ppt_higiene.pptx bbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
aencsi6_ppt_higiene.pptx bbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbmariagrave
 
mch9_sistema_linfatico.pptx eeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
mch9_sistema_linfatico.pptx eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeemch9_sistema_linfatico.pptx eeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
mch9_sistema_linfatico.pptx eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeemariagrave
 
12_mch9_nervoso.pptx fffffffffffffffffffffffffffffff
12_mch9_nervoso.pptx fffffffffffffffffffffffffffffff12_mch9_nervoso.pptx fffffffffffffffffffffffffffffff
12_mch9_nervoso.pptx fffffffffffffffffffffffffffffffmariagrave
 
Cadeia de sobrevivência.pptx ddddddddddd
Cadeia de sobrevivência.pptx dddddddddddCadeia de sobrevivência.pptx ddddddddddd
Cadeia de sobrevivência.pptx dddddddddddmariagrave
 
ae_mt7_ppt_ciclo_rochas.pptx powerpointe
ae_mt7_ppt_ciclo_rochas.pptx powerpointeae_mt7_ppt_ciclo_rochas.pptx powerpointe
ae_mt7_ppt_ciclo_rochas.pptx powerpointemariagrave
 
6_mch9_sangue.pptxlllllllllllllllllllllllllllllll
6_mch9_sangue.pptxlllllllllllllllllllllllllllllll6_mch9_sangue.pptxlllllllllllllllllllllllllllllll
6_mch9_sangue.pptxlllllllllllllllllllllllllllllllmariagrave
 
ae_mamb8_ppt_evolucao_terra.ppçççççççççççççççççççççççççtx
ae_mamb8_ppt_evolucao_terra.ppçççççççççççççççççççççççççtxae_mamb8_ppt_evolucao_terra.ppçççççççççççççççççççççççççtx
ae_mamb8_ppt_evolucao_terra.ppçççççççççççççççççççççççççtxmariagrave
 
ae_mamb8_ppt_solo.pptxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
ae_mamb8_ppt_solo.pptxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxae_mamb8_ppt_solo.pptxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
ae_mamb8_ppt_solo.pptxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxmariagrave
 
ae_mamb8_ppt_celula.pptxçççççççççççççççççççççççççççççççççççççç
ae_mamb8_ppt_celula.pptxççççççççççççççççççççççççççççççççççççççae_mamb8_ppt_celula.pptxçççççççççççççççççççççççççççççççççççççç
ae_mamb8_ppt_celula.pptxççççççççççççççççççççççççççççççççççççççmariagrave
 
Características da Terra favoráveis à vida.pptx
Características da Terra favoráveis à vida.pptxCaracterísticas da Terra favoráveis à vida.pptx
Características da Terra favoráveis à vida.pptxmariagrave
 
15_mch9_reprodutor2.pptxhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
15_mch9_reprodutor2.pptxhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh15_mch9_reprodutor2.pptxhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
15_mch9_reprodutor2.pptxhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhmariagrave
 
16_mch9_genetica.pptx mmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
16_mch9_genetica.pptx mmmmmmmmmmmmmmmmmmmm16_mch9_genetica.pptx mmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
16_mch9_genetica.pptx mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmariagrave
 

Mais de mariagrave (20)

biof12_subdom_2_1.pptx powerpoint sobre
biof12_subdom_2_1.pptx  powerpoint sobrebiof12_subdom_2_1.pptx  powerpoint sobre
biof12_subdom_2_1.pptx powerpoint sobre
 
12biofoco_pptdominio2_capitulo2jjjj.pptx
12biofoco_pptdominio2_capitulo2jjjj.pptx12biofoco_pptdominio2_capitulo2jjjj.pptx
12biofoco_pptdominio2_capitulo2jjjj.pptx
 
18_mch9_complementar_identidade.pptx power
18_mch9_complementar_identidade.pptx power18_mch9_complementar_identidade.pptx power
18_mch9_complementar_identidade.pptx power
 
Concessive clauses.pptx em inglês resumido
Concessive clauses.pptx em inglês resumidoConcessive clauses.pptx em inglês resumido
Concessive clauses.pptx em inglês resumido
 
ae_mamb8_ppt_recursos_naturaissobre a divisão dos recursos naturais..pptx
ae_mamb8_ppt_recursos_naturaissobre a divisão dos recursos naturais..pptxae_mamb8_ppt_recursos_naturaissobre a divisão dos recursos naturais..pptx
ae_mamb8_ppt_recursos_naturaissobre a divisão dos recursos naturais..pptx
 
ae_mamb8_ppt_explor_recursos_nnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnturais.pptx
ae_mamb8_ppt_explor_recursos_nnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnturais.pptxae_mamb8_ppt_explor_recursos_nnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnturais.pptx
ae_mamb8_ppt_explor_recursos_nnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnturais.pptx
 
ae_mt7_ppt_est_int_terra.pptx vvvvvvvvvvvvvvv
ae_mt7_ppt_est_int_terra.pptx vvvvvvvvvvvvvvvae_mt7_ppt_est_int_terra.pptx vvvvvvvvvvvvvvv
ae_mt7_ppt_est_int_terra.pptx vvvvvvvvvvvvvvv
 
aencsi6_ppt_patogenicos.pptx hhhhhhhhhhhhhhhhhh
aencsi6_ppt_patogenicos.pptx hhhhhhhhhhhhhhhhhhaencsi6_ppt_patogenicos.pptx hhhhhhhhhhhhhhhhhh
aencsi6_ppt_patogenicos.pptx hhhhhhhhhhhhhhhhhh
 
aencsi6_ppt_higiene.pptx bbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
aencsi6_ppt_higiene.pptx bbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbaencsi6_ppt_higiene.pptx bbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
aencsi6_ppt_higiene.pptx bbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
mch9_sistema_linfatico.pptx eeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
mch9_sistema_linfatico.pptx eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeemch9_sistema_linfatico.pptx eeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
mch9_sistema_linfatico.pptx eeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
 
12_mch9_nervoso.pptx fffffffffffffffffffffffffffffff
12_mch9_nervoso.pptx fffffffffffffffffffffffffffffff12_mch9_nervoso.pptx fffffffffffffffffffffffffffffff
12_mch9_nervoso.pptx fffffffffffffffffffffffffffffff
 
Cadeia de sobrevivência.pptx ddddddddddd
Cadeia de sobrevivência.pptx dddddddddddCadeia de sobrevivência.pptx ddddddddddd
Cadeia de sobrevivência.pptx ddddddddddd
 
ae_mt7_ppt_ciclo_rochas.pptx powerpointe
ae_mt7_ppt_ciclo_rochas.pptx powerpointeae_mt7_ppt_ciclo_rochas.pptx powerpointe
ae_mt7_ppt_ciclo_rochas.pptx powerpointe
 
6_mch9_sangue.pptxlllllllllllllllllllllllllllllll
6_mch9_sangue.pptxlllllllllllllllllllllllllllllll6_mch9_sangue.pptxlllllllllllllllllllllllllllllll
6_mch9_sangue.pptxlllllllllllllllllllllllllllllll
 
ae_mamb8_ppt_evolucao_terra.ppçççççççççççççççççççççççççtx
ae_mamb8_ppt_evolucao_terra.ppçççççççççççççççççççççççççtxae_mamb8_ppt_evolucao_terra.ppçççççççççççççççççççççççççtx
ae_mamb8_ppt_evolucao_terra.ppçççççççççççççççççççççççççtx
 
ae_mamb8_ppt_solo.pptxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
ae_mamb8_ppt_solo.pptxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxae_mamb8_ppt_solo.pptxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
ae_mamb8_ppt_solo.pptxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
 
ae_mamb8_ppt_celula.pptxçççççççççççççççççççççççççççççççççççççç
ae_mamb8_ppt_celula.pptxççççççççççççççççççççççççççççççççççççççae_mamb8_ppt_celula.pptxçççççççççççççççççççççççççççççççççççççç
ae_mamb8_ppt_celula.pptxçççççççççççççççççççççççççççççççççççççç
 
Características da Terra favoráveis à vida.pptx
Características da Terra favoráveis à vida.pptxCaracterísticas da Terra favoráveis à vida.pptx
Características da Terra favoráveis à vida.pptx
 
15_mch9_reprodutor2.pptxhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
15_mch9_reprodutor2.pptxhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh15_mch9_reprodutor2.pptxhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
15_mch9_reprodutor2.pptxhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
 
16_mch9_genetica.pptx mmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
16_mch9_genetica.pptx mmmmmmmmmmmmmmmmmmmm16_mch9_genetica.pptx mmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
16_mch9_genetica.pptx mmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
 

Último

c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceSimulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceRonisHolanda
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...DominiqueFaria2
 

Último (20)

“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceSimulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
 

ae_mamb8_ppt_catastrofes_naturais (1).pptx

  • 1. SUBTEMA S3 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO PERTURBAÇÕES NO EQUILÍBRIO DOS ECOSSISTEMAS MISSÃO: AMBIENTE 8
  • 2. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Devo ser capaz de • Distinguir catástrofes de origem natural de catástrofe de origem antrópica, identificando as causas das principais catástrofes de origem antrópica e valorizando saberes de outras disciplinas (ex.: Geografia). • Discutir medidas que diminuam os impactes das catástrofes de origem natural e de origem antrópica nos ecossistemas, em geral, e nos ecossistemas da zona envolvente da escola, em particular. Aprendizagens Essenciais
  • 3. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Catástrofes • Acidente grave ou uma série de acidentes capazes de provocarem elevados prejuízos materiais e eventualmente vítimas. Naturais Antrópicas
  • 4. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Catástrofes Naturais • Acontecimentos súbitos de origem natural, muitas vezes imprevisíveis, que ocorrem a grande escala e suscetíveis de provocarem grandes prejuízos materiais e perda de vidas. Catástrofes geológicas Catástrofes climáticas • Têm origem em processos geológicos • Têm origem em processos meteorológicos
  • 5. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Catástrofes geológicas Sismicidade Sismos - movimentos bruscos da crusta terrestre ao longo de um plano de falha, com libertação súbita de energia. Quando o epicentro do sismo ocorre no oceano, forma-se um maremoto ou tsunami. Causas Movimentos de falhas ativas, resultantes de processos de geodinâmica interna. Impactes nos ecossistemas Medidas para diminuir os impactes nos ecossistemas Modificações da paisagem natural destruição de do edificado, maremotos, perda de vidas humanas e de outros seres vivos. Construção antissísmica, barreira anti tsunami, planeamento urbano eficaz e sensibilização das populações.
  • 6. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Catástrofes geológicas Vulcanismo O vulcanismo é a libertação de diferentes tipos de materiais do interior da Terra. Causas Processos de geodinâmica interna relacionados com a deslocação de materiais a elevada temperatura. Impactes nos ecossistemas Medidas para diminuir os impactes nos ecossistemas No caso de lavas, pode ocorrer a destruição de seres vivos, habitats e património edificado. A libertação de cinzas e gases pode ser tão poluente para a atmosfera. Construção de cartas de risco vulcânico, monitorização de aparelhos vulcânicos, sensibilização e educação das populações.
  • 7. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Catástrofes geológicas Movimentos de terreno São movimentos de solo, rocha ou detritos que ocorrem predominantemente ao longo de planos de rotura, podendo ser agravados pela ação humana. Causas Causados pela instabilidade dos terrenos, sendo ampliados pela construção civil e pela chuva intensa. Impactes nos ecossistemas Medidas para diminuir os impactes nos ecossistemas Os movimentos de terreno são muitas vezes causadores de destruição de habitats e perda de vidas humanas. Sistemas de drenagem eficazes, observação dos terrenos e recurso a estruturas de suporte como muros de gabião e plantação de vegetação.
  • 8. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Catástrofes climáticas Tempestades Manifestações atmosféricas de extrema violência, sob a forma de intensa pluviosidade, trovoada e ventos fortes. Causas Circulação das massas de ar provocadas por diferenças de temperatura na atmosfera. Impactes nos ecossistemas Medidas para diminuir os impactes nos ecossistemas Destruição de habitats e do edificado. Ordenamento do território, sensibilização das populações e construção de abrigos.
  • 9. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Catástrofes climáticas Secas Persistência de tempo seco. Causas Períodos prolongados sem precipitação. Impactes nos ecossistemas Medidas para diminuir os impactes nos ecossistemas Degradação dos solos, diminuição da produtividade agrícola, desertificação e diminuição da biodiversidade. Adaptar as culturas ao regime pluvial da região, construir sistemas de retenção de água, nomeadamente albufeiras. É, também, da responsabilidade individual o uso racional da água.
  • 10. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Catástrofes climáticas Cheias Acumulação anormal e excessiva de água em terreno habitualmente seco. Causas Precipitação moderada e permanente ou precipitação repentina e de elevada intensidade. A ação do ser humano pode ter um efeito amplificador através de ações tais como a ocupação dos leitos de cheia, a impermeabilização do solo e a desflorestação . Impactes nos ecossistemas Medidas para diminuir os impactes nos ecossistemas Aumento do caudal dos cursos de água, levando à inundação das áreas circunvizinhas. Podem também ocorrer inundações e derrocadas ou aluimentos de terras. Elaborar cartas de zonas de risco de inundação. Proceder à limpeza das canalizações e das condutas periodicamente.
  • 11. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Catástrofes natural ou antrópica Incêndios Ocorrência de fogo não controlado que pode ser extremamente perigoso para os ecossistemas, seres humanos e património edificado. Causas Trovoadas, normalmente associadas a períodos de seca. Fogo posto. Impactes nos ecossistemas Medidas para diminuir os impactes nos ecossistemas Degradação dos solos, diminuição da produtividade agrícola, desflorestação, diminuição de biodiversidade, destruição do edificado e perda de vidas humanas. Limpeza das matas e das florestas, adoção de um comportamento cívico, vigilância das florestas e a elaboração de cartas de risco de incêndio.
  • 12. SUBTEMA S3 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO PERTURBAÇÕES NO EQUILÍBRIO DOS ECOSSISTEMAS MISSÃO: AMBIENTE 8
  • 13. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Testa o que sabes 1 | Uma catástrofe natural ... A | é originada pelo ser humano. B | reflete o dinamismo da Terra. C | é um pequeno acidente.
  • 14. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Testa o que sabes 1 | Uma catástrofe natural ... A | é originada pelo ser humano. B | reflete o dinamismo da Terra. C | é um pequeno acidente. Próxima pergunta
  • 15. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Testa o que sabes 1 | Uma catástrofe natural ... Tentar novamente
  • 16. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Testa o que sabes 2 | É exemplo de uma catástrofe geológica ... A | seca. B | tempestade. C | movimento de terrenos. D | inundação.
  • 17. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Testa o que sabes 2 | É exemplo de uma catástrofe geológica ... A | seca. B | tempestade. C | movimento de terrenos. D | inundação. Próxima pergunta
  • 18. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Testa o que sabes 2 | É exemplo de uma catástrofe geológica ... Tentar novamente
  • 19. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Testa o que sabes 3 | As secas são causadas por ... A | Períodos prolongados sem precipitação. B | Acumulação anormal e excessiva de água.
  • 20. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Testa o que sabes 3 | As secas são causadas por ... A | Períodos prolongados sem precipitação.. B | Acumulação anormal e excessiva de água. Próxima pergunta
  • 21. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Testa o que sabes 3 | As secas são causadas por ... Tentar novamente
  • 22. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Testa o que sabes 4 | O impacte nos ecossistemas causado pelas tempestades é ... A | a desertificação. B | a desflorestação. C | o movimento de terrenos. D | a destruição dos habitats e do edificado.
  • 23. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Testa o que sabes 4 | O impacte nos ecossistemas causado pelas tempestades é ... A | a desertificação. B | a desflorestação. C | o movimento de terrenos. D | a destruição dos habitats e do edificado. Próxima pergunta
  • 24. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Testa o que sabes 4 | O impacte nos ecossistemas causado pelas tempestades é ... Tentar novamente
  • 25. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Testa o que sabes 5 | A diminuição da ocorrência dos incêndios é devido ... A | ao aumento das trovoadas. B | à limpeza das matas e das florestas. C | a maiores períodos de seca. D | ao aumento da pluviosidade.
  • 26. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Testa o que sabes 5 | A diminuição da ocorrência dos incêndios é devido ... A | ao aumento das trovoadas. B | à limpeza das matas e das florestas. C | a maiores períodos de seca. D | ao aumento da pluviosidade. Terminar
  • 27. 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO MISSÃO: AMBIENTE 8 Testa o que sabes 5 | A diminuição da ocorrência dos incêndios é devido ... Tentar novamente
  • 28. SUBTEMA S3 3.2 CATÁSTROFES NATURAIS – CAUSAS, IMPACTES E REMEDIAÇÃO PERTURBAÇÕES NO EQUILÍBRIO DOS ECOSSISTEMAS MISSÃO: AMBIENTE 8