Escola Profissional de GaiaProf.: Miguel Vieira                                 2011/2012
Este trabalho foi realizado no âmbito dadisciplina de Área de Integração proposto peloprofessor Miguel Vieira.Neste traba...
Os fenómenos geológicosincluem vários movimentosno solo como:•Desabamentos•Derrocadas/Desmoronamentos•Deslizamentos de Te...
São frequentes:Lugares de grande altitude e de solo húmido.Grau de destruição:Depende da inclinação das vertentes
 Fenómenos atmosféricos(precipitação intensa) Erosão (devido à destruiçãoda vegetação) Força da gravidade(os corpos têm...
 Não destruir a vegetação dasvertente.Evitar construir em declivesacentuados Retenção de encostas Evitar construir em ...
   As enxurradas, quando acompanhadas de derrocadas criam    uma barreira nos cursos de água, que se transformam num    f...
O que é o leito de cheia?É a zona temporariamente coberta pelas águas quandoocorrem cheias extraordinárias, inundações out...
Derretimento de calotes de geloRotura de barragensAcumulação de lixo Chuvas intensas (tempestades)
 Ordenar e controlar a acção humana no leito de cheiaImpedir a construção e a urbanização em possíveis   zonasde leito d...
Madeira - 20 de Fevereiro
24/02/2010 - 00h03Notícia do Jornal                      Desastre atinge a face pobre da IlhaPúblico de 25 de             ...
 Com este trabalho aprendemos mais sobre osdesastres ambientais e como isso pode afectar avida das pessoas. Usamos como e...
http://noticias.bol.uol.com.br/internacional/2010/02/24/desastre-atinge-a-face-pobre-da-ilha-da-madeira.jhtm Slideshare...
Fim      Trabalho realizado      por:      Jéssica Pinho nº7      Teresa Monteiro nº14
Planos de Prevenção e Emergência               Prevenir e Planear                                    ProcedimentosAquisiçã...
Materiais       Actividades Geológicos      Humanas              Vegetação                 (Construção                 de ...
Madeira final
Madeira final
Madeira final
Madeira final
Madeira final
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Madeira final

1.274 visualizações

Publicada em

Desastres ambientais
na madeira

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.274
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Madeira final

  1. 1. Escola Profissional de GaiaProf.: Miguel Vieira 2011/2012
  2. 2. Este trabalho foi realizado no âmbito dadisciplina de Área de Integração proposto peloprofessor Miguel Vieira.Neste trabalho vamos falar nos desastresambientais da Madeira:Movimentos de vertentes;Causas ;Prevenção;Desastre da Madeira… etc
  3. 3. Os fenómenos geológicosincluem vários movimentosno solo como:•Desabamentos•Derrocadas/Desmoronamentos•Deslizamentos de Terra
  4. 4. São frequentes:Lugares de grande altitude e de solo húmido.Grau de destruição:Depende da inclinação das vertentes
  5. 5.  Fenómenos atmosféricos(precipitação intensa) Erosão (devido à destruiçãoda vegetação) Força da gravidade(os corpos têm tendência adescer pelas vertentes)Actividade sísmicaActividade vulcânicaConstruções e escavações(edifícios/estradas/…)
  6. 6.  Não destruir a vegetação dasvertente.Evitar construir em declivesacentuados Retenção de encostas Evitar construir em leitos deribeiras
  7. 7.  As enxurradas, quando acompanhadas de derrocadas criam uma barreira nos cursos de água, que se transformam num fluxo detrítico em movimento de dimensões consideráveis. Este fluxo, aliado ao declive acentuado da orografia da Ilha da Madeira, atinge velocidade e energia tal que transborda dos leitos, inunda e deposita nas cotas mais baixas o material detrítico transportado, caracterizando-se numa aluvião. Isto foi o que originou o grande desastre na Madeira a 20 de Fevereiro
  8. 8. O que é o leito de cheia?É a zona temporariamente coberta pelas águas quandoocorrem cheias extraordinárias, inundações outempestades.
  9. 9. Derretimento de calotes de geloRotura de barragensAcumulação de lixo Chuvas intensas (tempestades)
  10. 10.  Ordenar e controlar a acção humana no leito de cheiaImpedir a construção e a urbanização em possíveis zonasde leito de cheiaConstruir sistemas integrados de regularização dos cursosde água (canais e barragens) - alargamento, aprofundamentoe remoção de obstáculos nos leitos dos rios.
  11. 11. Madeira - 20 de Fevereiro
  12. 12. 24/02/2010 - 00h03Notícia do Jornal Desastre atinge a face pobre da IlhaPúblico de 25 de da Madeira Francesc ReleaFevereiro Em Funchal, Madeira (Portugal) Luiz Roberto Mendes Gonçalves 57 derrocadas num dia É a face mais pobre da Madeira. A No último sábado, durante o que os turistas não vêem e a que pico da chuva entre as nove e as menos aparece na televisão. É a face onze horas, registaram-se 57 dos bairros das zonas altas de deslizamentos de terras em todo Funchal, capital desta ilha o concelho do Funchal portuguesa, que sofreram os maiores danos depois das chuvas torrenciais da semana passada. Um percurso pela periferia da cidade conduzido por um especialista permite comprovar a dimensão do desastre, que pode ter consequências mais graves se voltarem as chuvas.
  13. 13.  Com este trabalho aprendemos mais sobre osdesastres ambientais e como isso pode afectar avida das pessoas. Usamos como exemplo amadeira devido ao grande desastre que láocorreu.
  14. 14. http://noticias.bol.uol.com.br/internacional/2010/02/24/desastre-atinge-a-face-pobre-da-ilha-da-madeira.jhtm Slidesharehttp://www.azores.gov.pt/Gra/sram-drotrh/conteudos/faqs/2009/Abril/leito+de+cheia.htmhttp://caj8b.wordpress.com/causas-das-cheias/
  15. 15. Fim Trabalho realizado por: Jéssica Pinho nº7 Teresa Monteiro nº14
  16. 16. Planos de Prevenção e Emergência Prevenir e Planear ProcedimentosAquisição de a adoptar em hábitos de situaçõessegurança de emergência
  17. 17. Materiais Actividades Geológicos Humanas Vegetação (Construção de estruturas) Paisagem•Clima•Actividade Humana•Tempo Evolução da Paisagem (Risco) •Formação de populações •Medidas de estabilização Prevenção do risco

×