SlideShare uma empresa Scribd logo
A Escola dos meus Sonhos
                                                                           Frei Betto



Na escola dos meus sonhos, os alunos aprendem a cozinhar, costurar, consertar
eletrodomésticos, a fazer pequenos reparos de eletricidade e de instalações
hidráulicas, a conhecer mecânica de automóvel e de geladeira e algo de construção
civil. Trabalham em horta, marcenaria e oficinas de escultura, desenho, pintura e
música. Cantam no coro e tocam na orquestra. Uma semana ao ano integram-se, na
cidade, ao trabalho de lixeiros, enfermeiras, carteiros, guardas de trânsito, policiais,
repórteres, feirantes e cozinheiros profissionais. Assim aprendem como a cidade se
articula por baixo, mergulhando em suas conexões que, à superfície, nos asseguram
limpeza urbana, socorro de saúde, segurança, informação e alimentação.

Não há temas tabus. Todas as situações-limite da vida são tratadas com abertura e
profundidade: dor, perda, falência, parto, morte, enfermidade, sexualidade e
espiritualidade. Ali os alunos aprendem o texto dentro do contexto: a Matemática
busca exemplos na corrupção dos precatórios e nos leilões das privatizações; o
Português, na fala dos apresentadores de TV e nos textos de jornais; a Geografia,
nos suplementos de turismo e nos conflitos internacionais; a Física, nas corridas de
Fórmula-1 e nas pesquisas do supertelescópio Huble; a Química, na qualidade dos
cosméticos e na culinária; a História, na violência de policiais contra cidadãos, para
mostrar                                       os
antecedentes na relação colonizadores - índios, senhores - escravos, Exército -
Canudos, etc.

Na escola dos meus sonhos, a interdisciplinaridade permite que os professores de
Biologia e de Educação Física se complementem; a multidisciplinaridade faz com
que a História do livro seja estudada a partir da análise de textos bíblicos; a
transdisciplinaridade introduz aulas de meditação e dança e associa a história da arte
à história das ideologias e das expressões litúrgicas. Se a escola for laica, o ensino
religioso é plural: o rabino fala do judaísmo, o pai-de-santo, do candomblé; o padre,
do catolicismo; o médium, do espiritismo; o pastor, do protestantismo; o guru, do
budismo, etc. Se for católica, há periódicos retiros espirituais e adequação do
currículo ao calendário litúrgico da Igreja. Na escola dos meus sonhos, os
professores são obrigados a fazer periódicos treinamentos e cursos de capacitação e
só são admitidos se, além da competência, comungam os princípios fundamentais da
proposta pedagógica e didática. Porque é uma escola com ideologia, visão de mundo
e perfil definido do que sejam democracia e cidadania. Essa escola não forma
consumidores, mas cidadãos.

Ela não briga com a TV, mas leva-a para a sala de aula: são exibidos vídeos de
anúncios e programas e, em seguida, analisados criticamente. A publicidade do
iogurte é debatida; o produto adquirido; sua química, analisada e comparada com a
fórmula declarada pelo fabricante; as incompatibilidades denunciadas, bem como os
fatores porventura nocivos à saúde. O programa de auditório de domingo é
destrinchado: a proposta de vida subjacente, a visão de felicidade, a relação
animador-platéia, os tabus e preconceitos reforçados, etc. Em suma, não se fecham
os olhos à realidade, muda-se a ótica de encará-la. Há uma integração entre escola,
família e sociedade. A Política, com P maiúsculo, é disciplina obrigatória. As
eleições para o grêmio ou diretório estudantil são levadas a sério e, um mês por ano,
setores não vitais da instituição são administrados pelos próprios alunos. Os
políticos e candidatos são convidados para debates e seus discursos analisados e
comparados às suas práticas.

Não há provas baseadas no prodígio da memória nem na sorte da múltipla escolha.
Como fazia meu velho mestre Geraldo França de Lima, professor de História (hoje
romancista e membro da Academia Brasileira de Letras), no dia da prova sobre a
Independência do Brasil, os alunos traziam para a classe a bibliografia pertinente e,
dadas as questões, consultavam os textos, aprendendo a pesquisar. Não há
coincidência entre o calendário gregoriano e o curricular. João pode cursar a 5ª série
em seis meses ou em seis anos, dependendo de sua disponibilidade, aptidão e seus
recursos. É mais importante educar do que instruir; formar pessoas que
profissionais; ensinar a mudar o mundo que ascender à elite. Dentro de uma
concepção holística, ali a ecologia vai do meio ambiente aos cuidados com nossa
unidade corpo-espírito e o enfoque curricular estabelece conexões com o noticiário
da mídia.

Na escola dos meus sonhos, os professores são bem pagos e não precisam pular de
colégio em colégio para se poderem manter. Pois é a escola de uma sociedade em
que educação não é privilégio, mas direito universal, e o acesso a ela, dever
obrigatório.



Frei Betto é escritor, autor do romance "O Vencedor" (Ática), entre outros livros.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Avaliação 6º ano paradidatico 1 gabarito
Avaliação 6º ano   paradidatico 1 gabaritoAvaliação 6º ano   paradidatico 1 gabarito
Avaliação 6º ano paradidatico 1 gabarito
Karla Costa
 
Substantivos concretos e abstratos
Substantivos concretos e abstratosSubstantivos concretos e abstratos
Substantivos concretos e abstratos
Mary Santos
 
Agradecimento a Deus
Agradecimento a DeusAgradecimento a Deus
Agradecimento a Deus
primaquim
 
Silaba tonica 2
Silaba tonica 2Silaba tonica 2
Silaba tonica 2
arlan2000
 
Frases sobre a cultura da paz
Frases sobre a cultura da pazFrases sobre a cultura da paz
Frases sobre a cultura da paz
SimoneHelenDrumond
 
Atividades direito das crianças
Atividades direito das criançasAtividades direito das crianças
Atividades direito das crianças
Atividades Diversas Cláudia
 
Tribalistas / Velha Infância - Análise e entendimento da letra da música
Tribalistas / Velha Infância  - Análise e entendimento da letra da música Tribalistas / Velha Infância  - Análise e entendimento da letra da música
Tribalistas / Velha Infância - Análise e entendimento da letra da música
Mary Alvarenga
 
Atividade 8º e 9 ano
Atividade 8º e 9 anoAtividade 8º e 9 ano
Atividade 8º e 9 ano
MariaElaniaMonteirod
 
Crônicas para o 5º ano
Crônicas para o 5º anoCrônicas para o 5º ano
D6 (9º ano l.p.)
D6 (9º ano   l.p.)D6 (9º ano   l.p.)
D6 (9º ano l.p.)
Cidinha Paulo
 
D1 (descritores port. 5º ano)
D1 (descritores port. 5º ano)D1 (descritores port. 5º ano)
D1 (descritores port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
PROJETO POESIA
PROJETO POESIAPROJETO POESIA
PROJETO POESIA
profmarialeite
 
Sequencia quem cuida de mim 2 parte eliza
Sequencia quem cuida de mim 2 parte elizaSequencia quem cuida de mim 2 parte eliza
Sequencia quem cuida de mim 2 parte eliza
fabianecarneiro1
 
Animais em extinção
Animais em extinçãoAnimais em extinção
Animais em extinção
escolabeatriz
 
Caça palavras bullying
Caça palavras  bullying Caça palavras  bullying
Caça palavras bullying
Mary Alvarenga
 
Auto estima 1a aula
Auto estima 1a aulaAuto estima 1a aula
Auto estima 1a aula
Atividades Diversas Cláudia
 
Meu Abrigo - Análise e entendimento da letra música
Meu Abrigo - Análise e entendimento da letra música Meu Abrigo - Análise e entendimento da letra música
Meu Abrigo - Análise e entendimento da letra música
Mary Alvarenga
 
Grupos sociais p3
Grupos sociais p3Grupos sociais p3
Grupos sociais p3
Stella Santana
 
Mensagem
MensagemMensagem
Mensagem
Naysa Taboada
 
Combinados eu posso emoji
Combinados eu posso emojiCombinados eu posso emoji
Combinados eu posso emoji
Tatiane Biernazki
 

Mais procurados (20)

Avaliação 6º ano paradidatico 1 gabarito
Avaliação 6º ano   paradidatico 1 gabaritoAvaliação 6º ano   paradidatico 1 gabarito
Avaliação 6º ano paradidatico 1 gabarito
 
Substantivos concretos e abstratos
Substantivos concretos e abstratosSubstantivos concretos e abstratos
Substantivos concretos e abstratos
 
Agradecimento a Deus
Agradecimento a DeusAgradecimento a Deus
Agradecimento a Deus
 
Silaba tonica 2
Silaba tonica 2Silaba tonica 2
Silaba tonica 2
 
Frases sobre a cultura da paz
Frases sobre a cultura da pazFrases sobre a cultura da paz
Frases sobre a cultura da paz
 
Atividades direito das crianças
Atividades direito das criançasAtividades direito das crianças
Atividades direito das crianças
 
Tribalistas / Velha Infância - Análise e entendimento da letra da música
Tribalistas / Velha Infância  - Análise e entendimento da letra da música Tribalistas / Velha Infância  - Análise e entendimento da letra da música
Tribalistas / Velha Infância - Análise e entendimento da letra da música
 
Atividade 8º e 9 ano
Atividade 8º e 9 anoAtividade 8º e 9 ano
Atividade 8º e 9 ano
 
Crônicas para o 5º ano
Crônicas para o 5º anoCrônicas para o 5º ano
Crônicas para o 5º ano
 
D6 (9º ano l.p.)
D6 (9º ano   l.p.)D6 (9º ano   l.p.)
D6 (9º ano l.p.)
 
D1 (descritores port. 5º ano)
D1 (descritores port. 5º ano)D1 (descritores port. 5º ano)
D1 (descritores port. 5º ano)
 
PROJETO POESIA
PROJETO POESIAPROJETO POESIA
PROJETO POESIA
 
Sequencia quem cuida de mim 2 parte eliza
Sequencia quem cuida de mim 2 parte elizaSequencia quem cuida de mim 2 parte eliza
Sequencia quem cuida de mim 2 parte eliza
 
Animais em extinção
Animais em extinçãoAnimais em extinção
Animais em extinção
 
Caça palavras bullying
Caça palavras  bullying Caça palavras  bullying
Caça palavras bullying
 
Auto estima 1a aula
Auto estima 1a aulaAuto estima 1a aula
Auto estima 1a aula
 
Meu Abrigo - Análise e entendimento da letra música
Meu Abrigo - Análise e entendimento da letra música Meu Abrigo - Análise e entendimento da letra música
Meu Abrigo - Análise e entendimento da letra música
 
Grupos sociais p3
Grupos sociais p3Grupos sociais p3
Grupos sociais p3
 
Mensagem
MensagemMensagem
Mensagem
 
Combinados eu posso emoji
Combinados eu posso emojiCombinados eu posso emoji
Combinados eu posso emoji
 

Semelhante a A escola dos meus sonhos

A escola dos meus sonhos
A escola dos meus sonhosA escola dos meus sonhos
A escola dos meus sonhos
Letícia Contilde
 
escola e responsabilidade social.pdf
escola e responsabilidade social.pdfescola e responsabilidade social.pdf
escola e responsabilidade social.pdf
GihOliveira4
 
Projeto leonor original
Projeto leonor originalProjeto leonor original
Projeto leonor original
Leonor
 
Sexualidade e educação
Sexualidade e educaçãoSexualidade e educação
Sexualidade e educação
Flávia Cunha Lima
 
Sexualidade e educação
Sexualidade e educaçãoSexualidade e educação
Sexualidade e educação
Flávia Cunha Lima
 
DCNEI.pptx
DCNEI.pptxDCNEI.pptx
DCNEI.pptx
GianeGrotti2
 
Projeto leonor original
Projeto leonor originalProjeto leonor original
Projeto leonor original
Leonor
 
Conae 2014
Conae 2014Conae 2014
Conae 2014
Rosirlani De Jesus
 
Formação para os professores educação interdimensional
Formação para os professores educação interdimensionalFormação para os professores educação interdimensional
Formação para os professores educação interdimensional
SandraRombi
 
Diversidade, cidadania e direitos
Diversidade, cidadania e direitosDiversidade, cidadania e direitos
Diversidade, cidadania e direitos
Andréa Kochhann
 
Educar na era planetária trabalho 01
Educar na era planetária  trabalho 01Educar na era planetária  trabalho 01
Educar na era planetária trabalho 01
Edson Demarch
 
Asespecificidadesdaacaopedagogica ppp
Asespecificidadesdaacaopedagogica pppAsespecificidadesdaacaopedagogica ppp
Asespecificidadesdaacaopedagogica ppp
Marcia Gomes
 
Curso de jogos transversais
Curso de jogos transversaisCurso de jogos transversais
Curso de jogos transversais
miguelkallemback1
 
Curso de jogos transversais(1)
Curso de jogos transversais(1)Curso de jogos transversais(1)
Curso de jogos transversais(1)
miguelkallemback1
 
Educar na era planetária trabalho02
Educar na era planetária  trabalho02Educar na era planetária  trabalho02
Educar na era planetária trabalho02
Edson Demarch
 
Resolução diretrizes infantil2
Resolução diretrizes infantil2Resolução diretrizes infantil2
Resolução diretrizes infantil2
Erica Destéfani
 
Educação, diferença, diversidade e desigualdade.
Educação, diferença, diversidade e desigualdade.Educação, diferença, diversidade e desigualdade.
Educação, diferença, diversidade e desigualdade.
Fábio Fernandes
 
Artigo4
Artigo4Artigo4
Perfil do estudante
Perfil do estudantePerfil do estudante
Perfil do estudante
UyaraPortugal
 
Relações étnico.docx
Relações étnico.docxRelações étnico.docx
Relações étnico.docx
Ana Carvalho
 

Semelhante a A escola dos meus sonhos (20)

A escola dos meus sonhos
A escola dos meus sonhosA escola dos meus sonhos
A escola dos meus sonhos
 
escola e responsabilidade social.pdf
escola e responsabilidade social.pdfescola e responsabilidade social.pdf
escola e responsabilidade social.pdf
 
Projeto leonor original
Projeto leonor originalProjeto leonor original
Projeto leonor original
 
Sexualidade e educação
Sexualidade e educaçãoSexualidade e educação
Sexualidade e educação
 
Sexualidade e educação
Sexualidade e educaçãoSexualidade e educação
Sexualidade e educação
 
DCNEI.pptx
DCNEI.pptxDCNEI.pptx
DCNEI.pptx
 
Projeto leonor original
Projeto leonor originalProjeto leonor original
Projeto leonor original
 
Conae 2014
Conae 2014Conae 2014
Conae 2014
 
Formação para os professores educação interdimensional
Formação para os professores educação interdimensionalFormação para os professores educação interdimensional
Formação para os professores educação interdimensional
 
Diversidade, cidadania e direitos
Diversidade, cidadania e direitosDiversidade, cidadania e direitos
Diversidade, cidadania e direitos
 
Educar na era planetária trabalho 01
Educar na era planetária  trabalho 01Educar na era planetária  trabalho 01
Educar na era planetária trabalho 01
 
Asespecificidadesdaacaopedagogica ppp
Asespecificidadesdaacaopedagogica pppAsespecificidadesdaacaopedagogica ppp
Asespecificidadesdaacaopedagogica ppp
 
Curso de jogos transversais
Curso de jogos transversaisCurso de jogos transversais
Curso de jogos transversais
 
Curso de jogos transversais(1)
Curso de jogos transversais(1)Curso de jogos transversais(1)
Curso de jogos transversais(1)
 
Educar na era planetária trabalho02
Educar na era planetária  trabalho02Educar na era planetária  trabalho02
Educar na era planetária trabalho02
 
Resolução diretrizes infantil2
Resolução diretrizes infantil2Resolução diretrizes infantil2
Resolução diretrizes infantil2
 
Educação, diferença, diversidade e desigualdade.
Educação, diferença, diversidade e desigualdade.Educação, diferença, diversidade e desigualdade.
Educação, diferença, diversidade e desigualdade.
 
Artigo4
Artigo4Artigo4
Artigo4
 
Perfil do estudante
Perfil do estudantePerfil do estudante
Perfil do estudante
 
Relações étnico.docx
Relações étnico.docxRelações étnico.docx
Relações étnico.docx
 

Mais de Francismar Lopes

Pais maus
Pais  mausPais  maus
Pais maus
Francismar Lopes
 
Vida é graça
Vida é graçaVida é graça
Vida é graça
Francismar Lopes
 
Felicidade oquee e_porquealmejamostanto_francismar_lopes
Felicidade oquee e_porquealmejamostanto_francismar_lopesFelicidade oquee e_porquealmejamostanto_francismar_lopes
Felicidade oquee e_porquealmejamostanto_francismar_lopes
Francismar Lopes
 
Poema alfabético da mulher virtuosa
Poema alfabético da mulher virtuosaPoema alfabético da mulher virtuosa
Poema alfabético da mulher virtuosa
Francismar Lopes
 
Desejo victor hugo1
Desejo   victor hugo1Desejo   victor hugo1
Desejo victor hugo1
Francismar Lopes
 
A alegria sob_os_diversos_olhares
A alegria sob_os_diversos_olharesA alegria sob_os_diversos_olhares
A alegria sob_os_diversos_olhares
Francismar Lopes
 
Estar sozinho
Estar sozinhoEstar sozinho
Estar sozinho
Francismar Lopes
 
Snoopy frases
Snoopy frasesSnoopy frases
Snoopy frases
Francismar Lopes
 
Snoopy frases
Snoopy frasesSnoopy frases
Snoopy frases
Francismar Lopes
 
Profissão especialista da educacao 2
Profissão especialista da educacao 2Profissão especialista da educacao 2
Profissão especialista da educacao 2
Francismar Lopes
 
Citacao novoa.ppt
Citacao novoa.pptCitacao novoa.ppt
Citacao novoa.ppt
Francismar Lopes
 
O professor pesquisador e reflexivo entrevista antonio novoa
O professor pesquisador e reflexivo entrevista antonio novoaO professor pesquisador e reflexivo entrevista antonio novoa
O professor pesquisador e reflexivo entrevista antonio novoa
Francismar Lopes
 
Orientacao atividade 1
Orientacao atividade 1Orientacao atividade 1
Orientacao atividade 1
Francismar Lopes
 
Interfaces digitais para a organização e representação do conhecimento anerid...
Interfaces digitais para a organização e representação do conhecimento anerid...Interfaces digitais para a organização e representação do conhecimento anerid...
Interfaces digitais para a organização e representação do conhecimento anerid...
Francismar Lopes
 
Tecnologias trazem o mundo para a escola entrevista-beth almeida
Tecnologias trazem o mundo para a escola entrevista-beth almeidaTecnologias trazem o mundo para a escola entrevista-beth almeida
Tecnologias trazem o mundo para a escola entrevista-beth almeida
Francismar Lopes
 
Vamos conhecer o mangarito
Vamos conhecer o mangaritoVamos conhecer o mangarito
Vamos conhecer o mangarito
Francismar Lopes
 
Relatorio modulos 13 e 15
Relatorio modulos 13 e 15Relatorio modulos 13 e 15
Relatorio modulos 13 e 15
Francismar Lopes
 
A presença de deus
A presença de deusA presença de deus
A presença de deus
Francismar Lopes
 
A presença de Deus
A presença de DeusA presença de Deus
A presença de Deus
Francismar Lopes
 
Unidade2 reforma estado bras
Unidade2 reforma estado brasUnidade2 reforma estado bras
Unidade2 reforma estado bras
Francismar Lopes
 

Mais de Francismar Lopes (20)

Pais maus
Pais  mausPais  maus
Pais maus
 
Vida é graça
Vida é graçaVida é graça
Vida é graça
 
Felicidade oquee e_porquealmejamostanto_francismar_lopes
Felicidade oquee e_porquealmejamostanto_francismar_lopesFelicidade oquee e_porquealmejamostanto_francismar_lopes
Felicidade oquee e_porquealmejamostanto_francismar_lopes
 
Poema alfabético da mulher virtuosa
Poema alfabético da mulher virtuosaPoema alfabético da mulher virtuosa
Poema alfabético da mulher virtuosa
 
Desejo victor hugo1
Desejo   victor hugo1Desejo   victor hugo1
Desejo victor hugo1
 
A alegria sob_os_diversos_olhares
A alegria sob_os_diversos_olharesA alegria sob_os_diversos_olhares
A alegria sob_os_diversos_olhares
 
Estar sozinho
Estar sozinhoEstar sozinho
Estar sozinho
 
Snoopy frases
Snoopy frasesSnoopy frases
Snoopy frases
 
Snoopy frases
Snoopy frasesSnoopy frases
Snoopy frases
 
Profissão especialista da educacao 2
Profissão especialista da educacao 2Profissão especialista da educacao 2
Profissão especialista da educacao 2
 
Citacao novoa.ppt
Citacao novoa.pptCitacao novoa.ppt
Citacao novoa.ppt
 
O professor pesquisador e reflexivo entrevista antonio novoa
O professor pesquisador e reflexivo entrevista antonio novoaO professor pesquisador e reflexivo entrevista antonio novoa
O professor pesquisador e reflexivo entrevista antonio novoa
 
Orientacao atividade 1
Orientacao atividade 1Orientacao atividade 1
Orientacao atividade 1
 
Interfaces digitais para a organização e representação do conhecimento anerid...
Interfaces digitais para a organização e representação do conhecimento anerid...Interfaces digitais para a organização e representação do conhecimento anerid...
Interfaces digitais para a organização e representação do conhecimento anerid...
 
Tecnologias trazem o mundo para a escola entrevista-beth almeida
Tecnologias trazem o mundo para a escola entrevista-beth almeidaTecnologias trazem o mundo para a escola entrevista-beth almeida
Tecnologias trazem o mundo para a escola entrevista-beth almeida
 
Vamos conhecer o mangarito
Vamos conhecer o mangaritoVamos conhecer o mangarito
Vamos conhecer o mangarito
 
Relatorio modulos 13 e 15
Relatorio modulos 13 e 15Relatorio modulos 13 e 15
Relatorio modulos 13 e 15
 
A presença de deus
A presença de deusA presença de deus
A presença de deus
 
A presença de Deus
A presença de DeusA presença de Deus
A presença de Deus
 
Unidade2 reforma estado bras
Unidade2 reforma estado brasUnidade2 reforma estado bras
Unidade2 reforma estado bras
 

Último

TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
WilianeBarbosa2
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
BiancaCristina75
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 

Último (20)

TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 

A escola dos meus sonhos

  • 1. A Escola dos meus Sonhos Frei Betto Na escola dos meus sonhos, os alunos aprendem a cozinhar, costurar, consertar eletrodomésticos, a fazer pequenos reparos de eletricidade e de instalações hidráulicas, a conhecer mecânica de automóvel e de geladeira e algo de construção civil. Trabalham em horta, marcenaria e oficinas de escultura, desenho, pintura e música. Cantam no coro e tocam na orquestra. Uma semana ao ano integram-se, na cidade, ao trabalho de lixeiros, enfermeiras, carteiros, guardas de trânsito, policiais, repórteres, feirantes e cozinheiros profissionais. Assim aprendem como a cidade se articula por baixo, mergulhando em suas conexões que, à superfície, nos asseguram limpeza urbana, socorro de saúde, segurança, informação e alimentação. Não há temas tabus. Todas as situações-limite da vida são tratadas com abertura e profundidade: dor, perda, falência, parto, morte, enfermidade, sexualidade e espiritualidade. Ali os alunos aprendem o texto dentro do contexto: a Matemática busca exemplos na corrupção dos precatórios e nos leilões das privatizações; o Português, na fala dos apresentadores de TV e nos textos de jornais; a Geografia, nos suplementos de turismo e nos conflitos internacionais; a Física, nas corridas de Fórmula-1 e nas pesquisas do supertelescópio Huble; a Química, na qualidade dos cosméticos e na culinária; a História, na violência de policiais contra cidadãos, para mostrar os antecedentes na relação colonizadores - índios, senhores - escravos, Exército - Canudos, etc. Na escola dos meus sonhos, a interdisciplinaridade permite que os professores de Biologia e de Educação Física se complementem; a multidisciplinaridade faz com que a História do livro seja estudada a partir da análise de textos bíblicos; a transdisciplinaridade introduz aulas de meditação e dança e associa a história da arte à história das ideologias e das expressões litúrgicas. Se a escola for laica, o ensino religioso é plural: o rabino fala do judaísmo, o pai-de-santo, do candomblé; o padre, do catolicismo; o médium, do espiritismo; o pastor, do protestantismo; o guru, do budismo, etc. Se for católica, há periódicos retiros espirituais e adequação do currículo ao calendário litúrgico da Igreja. Na escola dos meus sonhos, os professores são obrigados a fazer periódicos treinamentos e cursos de capacitação e só são admitidos se, além da competência, comungam os princípios fundamentais da proposta pedagógica e didática. Porque é uma escola com ideologia, visão de mundo e perfil definido do que sejam democracia e cidadania. Essa escola não forma consumidores, mas cidadãos. Ela não briga com a TV, mas leva-a para a sala de aula: são exibidos vídeos de anúncios e programas e, em seguida, analisados criticamente. A publicidade do iogurte é debatida; o produto adquirido; sua química, analisada e comparada com a fórmula declarada pelo fabricante; as incompatibilidades denunciadas, bem como os fatores porventura nocivos à saúde. O programa de auditório de domingo é
  • 2. destrinchado: a proposta de vida subjacente, a visão de felicidade, a relação animador-platéia, os tabus e preconceitos reforçados, etc. Em suma, não se fecham os olhos à realidade, muda-se a ótica de encará-la. Há uma integração entre escola, família e sociedade. A Política, com P maiúsculo, é disciplina obrigatória. As eleições para o grêmio ou diretório estudantil são levadas a sério e, um mês por ano, setores não vitais da instituição são administrados pelos próprios alunos. Os políticos e candidatos são convidados para debates e seus discursos analisados e comparados às suas práticas. Não há provas baseadas no prodígio da memória nem na sorte da múltipla escolha. Como fazia meu velho mestre Geraldo França de Lima, professor de História (hoje romancista e membro da Academia Brasileira de Letras), no dia da prova sobre a Independência do Brasil, os alunos traziam para a classe a bibliografia pertinente e, dadas as questões, consultavam os textos, aprendendo a pesquisar. Não há coincidência entre o calendário gregoriano e o curricular. João pode cursar a 5ª série em seis meses ou em seis anos, dependendo de sua disponibilidade, aptidão e seus recursos. É mais importante educar do que instruir; formar pessoas que profissionais; ensinar a mudar o mundo que ascender à elite. Dentro de uma concepção holística, ali a ecologia vai do meio ambiente aos cuidados com nossa unidade corpo-espírito e o enfoque curricular estabelece conexões com o noticiário da mídia. Na escola dos meus sonhos, os professores são bem pagos e não precisam pular de colégio em colégio para se poderem manter. Pois é a escola de uma sociedade em que educação não é privilégio, mas direito universal, e o acesso a ela, dever obrigatório. Frei Betto é escritor, autor do romance "O Vencedor" (Ática), entre outros livros.