SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Comparação estética nas
redes sociais
8º ano B – Grupo 2 SESI 005 – LIMEIRA/SP 2020
CONCEITO
As redes sociais permitem conexão com pessoas
variadas de todos lugares do mundo. No mundo
digital, trocamos experiências, aprendizados,
inspirações. No entanto, o que tem acontecido nos
dias de hoje é uma enorme comparação, muitas
vezes inconsciente, com algo que, na verdade, é
inatingível.
Afinal, ninguém consegue compartilhar tudo o
que está realmente dentro de si. A gente
passa achar que nos falta algo, em vez de
perceber e aceitar que cada um somos únicos.
Podem existir várias pessoas que fazem a mesma
coisa que você, mas só existe uma pessoa fazendo
exatamente como você faz.
SURGIMENTO
DOS
PRIMEIROS
CASOS
No fim dos anos 80 e durante o início dos
90 as supermodelos ditaram os padrões de
beleza.
Altas, magras, com ”curvas na medida certa” e
um visual saudável, Cindy Crawford,
Linda Evangelista, Naomi Campbell e
Luiza Brunet são alguns nomes que
se destacaram entre as supermodelos.
O ideal de corpo era forte e esbelto, favorecendo
visão poderosa dessas mulheres.
PERIGOS
DISSO
À SAÚDE
MENTAL
E FISICA
Hoje insegurança pessoal é aliada à constante
reafirmação de padrões por atrizes, cantoras e
digital influencers presentes nas redes sociais,
podendo causar sérios danos à saúde, tanto
mental quanto fisicamente.
Aplicativos de edição de fotos se multiplicam na
mesma medida que transtornos psicológicos
como ansiedade, baixa autoestima e
complicações físicas, que vêm como consequência
de transtornos alimentares como a anorexia
e bulimia.
RELAÇÃO
COM A
PANDEMIA
A relação do tema com a pandemia é que nas redes
socias temos à disposição vários meios de
comunicação ou de postar uma notícia, informação
ou imagem, como por exemplo os sites ou o Twitter,
Instagram, Facebook e até mesmo o WhatsApp.
Com a possibilidade de tantas pessoas criarem seus
próprios conteúdos aumenta-se a chance de nos
depararmos com imagens que evidenciam padrões de
beleza impossíveis.
O CAMINHO
PARAA
ACEITAÇÃO
Faça uma pausa da compaixão!
Se estiver com dificuldades
em aceitar uma parte específica de você
mesmo, faça uma pausa e seja gentil na
construção da autocompaixão.
Reconheça que o julgamento próprio é
doloroso e pode ser excessivamente
severo. Lembre-se de ser gentil e
praticar a autoafirmação.
INSTAGRAM
É A REDE
SOCIAL QUE
MAIS CAUSA
DEPRESSÃO
• No Instagram a vida do próximo parece sempre
maravilhosa e perfeita, não? A estética do Instagram
cria a ilusão de que o outro tem uma vida incrível e
que você precisa ter uma vida assim também.
• Em comparação às outras redes sociais, o Instagram
tem essa tendência mais recorrente de forjar uma
vida perfeita.
• Em uma foto, você tem sinais mais explícitos e
implícitos de como é ser uma pessoa feliz, rica e
bem-sucedida do que teria a partir de uma
atualização de status.
• A foto provoca comparação social imediata, o que
pode desencadear sentimentos de inferioridade,
pode levar até à depressão. Se você vê belas fotos
de seu amigo no Instagram, uma maneira de
compensar é com fotos melhores.
REFERÊNCIAS • https://novaescola.org.br/
• www.bemmaisbrasilia.com
• www.personare.com.br/
• https://www.mevbrasil.com/
• https://espiralinterativa.com/
• https://canaltech.com.br/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Breve história da trigonometria
Breve história da trigonometriaBreve história da trigonometria
Breve história da trigonometriaDalila Silva
 
Historia da fotografia parte 1
Historia da fotografia parte 1Historia da fotografia parte 1
Historia da fotografia parte 1Cláudia
 
Director - Auteur
Director - Auteur Director - Auteur
Director - Auteur rhyspainter
 
Workshop de Mídias Sociais - AGI PUC-RIO
Workshop de Mídias Sociais - AGI PUC-RIOWorkshop de Mídias Sociais - AGI PUC-RIO
Workshop de Mídias Sociais - AGI PUC-RIOMarcos Garrido
 
Breve historia-da-fotografia
 Breve historia-da-fotografia Breve historia-da-fotografia
Breve historia-da-fotografiaMarta Monteiro
 
Breve História da Fotografia
Breve História da FotografiaBreve História da Fotografia
Breve História da FotografiaJoão Lima
 
A história da máquina fotográfica
A história da máquina fotográficaA história da máquina fotográfica
A história da máquina fotográficaVera Carvalho
 

Mais procurados (12)

Breve história da trigonometria
Breve história da trigonometriaBreve história da trigonometria
Breve história da trigonometria
 
Historia da fotografia parte 1
Historia da fotografia parte 1Historia da fotografia parte 1
Historia da fotografia parte 1
 
Director - Auteur
Director - Auteur Director - Auteur
Director - Auteur
 
Workshop de Mídias Sociais - AGI PUC-RIO
Workshop de Mídias Sociais - AGI PUC-RIOWorkshop de Mídias Sociais - AGI PUC-RIO
Workshop de Mídias Sociais - AGI PUC-RIO
 
Big bang
Big bangBig bang
Big bang
 
Breve historia-da-fotografia
 Breve historia-da-fotografia Breve historia-da-fotografia
Breve historia-da-fotografia
 
Eclipse lunar
Eclipse lunarEclipse lunar
Eclipse lunar
 
Realidade virtual - Renata Bulhões
Realidade virtual  - Renata BulhõesRealidade virtual  - Renata Bulhões
Realidade virtual - Renata Bulhões
 
Breve História da Fotografia
Breve História da FotografiaBreve História da Fotografia
Breve História da Fotografia
 
A questão do plágio
A questão do plágioA questão do plágio
A questão do plágio
 
A história da máquina fotográfica
A história da máquina fotográficaA história da máquina fotográfica
A história da máquina fotográfica
 
Aula 5 midias sociais
Aula 5   midias sociaisAula 5   midias sociais
Aula 5 midias sociais
 

Semelhante a 8º ano B (Grupo 2) - O corpo em (des)ordem

Apresentação Case Dove
Apresentação Case DoveApresentação Case Dove
Apresentação Case DoveGreice Marques
 
7 passos para o autoconhecimento
7 passos para o autoconhecimento7 passos para o autoconhecimento
7 passos para o autoconhecimentoCelia Niza
 
PROJETO FELICIDADE MORA AO LADO
PROJETO FELICIDADE MORA AO LADO PROJETO FELICIDADE MORA AO LADO
PROJETO FELICIDADE MORA AO LADO Junior Martins
 
ApresentacaoPalestraMarketing.pdf
ApresentacaoPalestraMarketing.pdfApresentacaoPalestraMarketing.pdf
ApresentacaoPalestraMarketing.pdfIranAndrade4
 
A mídia, a beleza, o espelho. e eu? Dra. Gabriella Assumpção
A mídia, a beleza, o espelho. e eu? Dra. Gabriella AssumpçãoA mídia, a beleza, o espelho. e eu? Dra. Gabriella Assumpção
A mídia, a beleza, o espelho. e eu? Dra. Gabriella AssumpçãoLAFID PUC-GOIÁS
 
Citylinker Autenticidade
Citylinker AutenticidadeCitylinker Autenticidade
Citylinker AutenticidadeCity
 
Coaching para Educadores Físicos
Coaching para Educadores FísicosCoaching para Educadores Físicos
Coaching para Educadores FísicosJoel Moraes
 
Revista bem estar-20140323
Revista bem estar-20140323Revista bem estar-20140323
Revista bem estar-20140323Fernanda Caprio
 
Congresso GPRS | O que as marcas movem?
Congresso GPRS | O que as marcas movem?Congresso GPRS | O que as marcas movem?
Congresso GPRS | O que as marcas movem?Fernanda Snel
 
Como Vencer os Sentimentos Nega - Maxwell Maltz.pdf
Como Vencer os Sentimentos Nega - Maxwell Maltz.pdfComo Vencer os Sentimentos Nega - Maxwell Maltz.pdf
Como Vencer os Sentimentos Nega - Maxwell Maltz.pdfSusanaLista1
 
Você tem fome de quê? #brandinghipercultural
Você tem fome de quê?   #brandinghiperculturalVocê tem fome de quê?   #brandinghipercultural
Você tem fome de quê? #brandinghiperculturalAgência Nuve
 
Secretaria de Ação Social e Defesa Civil.pptx
Secretaria de Ação Social e Defesa Civil.pptxSecretaria de Ação Social e Defesa Civil.pptx
Secretaria de Ação Social e Defesa Civil.pptxJosiele Marcolino
 
Curso de Mídias Sociais Digitais Belas Artes
Curso de Mídias Sociais Digitais Belas ArtesCurso de Mídias Sociais Digitais Belas Artes
Curso de Mídias Sociais Digitais Belas Artesbelasartessp
 
Palestra Expodigitalks 2011
Palestra Expodigitalks 2011Palestra Expodigitalks 2011
Palestra Expodigitalks 2011Ligia Marques
 

Semelhante a 8º ano B (Grupo 2) - O corpo em (des)ordem (20)

Apresentação Case Dove
Apresentação Case DoveApresentação Case Dove
Apresentação Case Dove
 
Segredos da vida
Segredos da vidaSegredos da vida
Segredos da vida
 
7 passos para o autoconhecimento
7 passos para o autoconhecimento7 passos para o autoconhecimento
7 passos para o autoconhecimento
 
PROJETO FELICIDADE MORA AO LADO
PROJETO FELICIDADE MORA AO LADO PROJETO FELICIDADE MORA AO LADO
PROJETO FELICIDADE MORA AO LADO
 
Jornal Educa
Jornal EducaJornal Educa
Jornal Educa
 
Message Of Founders Pt[1]
Message Of Founders Pt[1]Message Of Founders Pt[1]
Message Of Founders Pt[1]
 
ApresentacaoPalestraMarketing.pdf
ApresentacaoPalestraMarketing.pdfApresentacaoPalestraMarketing.pdf
ApresentacaoPalestraMarketing.pdf
 
A mídia, a beleza, o espelho. e eu? Dra. Gabriella Assumpção
A mídia, a beleza, o espelho. e eu? Dra. Gabriella AssumpçãoA mídia, a beleza, o espelho. e eu? Dra. Gabriella Assumpção
A mídia, a beleza, o espelho. e eu? Dra. Gabriella Assumpção
 
Citylinker Autenticidade
Citylinker AutenticidadeCitylinker Autenticidade
Citylinker Autenticidade
 
Coaching para Educadores Físicos
Coaching para Educadores FísicosCoaching para Educadores Físicos
Coaching para Educadores Físicos
 
Revista bem estar-20140323
Revista bem estar-20140323Revista bem estar-20140323
Revista bem estar-20140323
 
Congresso GPRS | O que as marcas movem?
Congresso GPRS | O que as marcas movem?Congresso GPRS | O que as marcas movem?
Congresso GPRS | O que as marcas movem?
 
Como Vencer os Sentimentos Nega - Maxwell Maltz.pdf
Como Vencer os Sentimentos Nega - Maxwell Maltz.pdfComo Vencer os Sentimentos Nega - Maxwell Maltz.pdf
Como Vencer os Sentimentos Nega - Maxwell Maltz.pdf
 
Você tem fome de quê? #brandinghipercultural
Você tem fome de quê?   #brandinghiperculturalVocê tem fome de quê?   #brandinghipercultural
Você tem fome de quê? #brandinghipercultural
 
Secretaria de Ação Social e Defesa Civil.pptx
Secretaria de Ação Social e Defesa Civil.pptxSecretaria de Ação Social e Defesa Civil.pptx
Secretaria de Ação Social e Defesa Civil.pptx
 
Como vencer os sentimentos nega maxwell maltz
Como vencer os sentimentos nega   maxwell maltzComo vencer os sentimentos nega   maxwell maltz
Como vencer os sentimentos nega maxwell maltz
 
padrõesdebeleza.pptx
padrõesdebeleza.pptxpadrõesdebeleza.pptx
padrõesdebeleza.pptx
 
Mídia Kit - Maio/2018
Mídia Kit - Maio/2018Mídia Kit - Maio/2018
Mídia Kit - Maio/2018
 
Curso de Mídias Sociais Digitais Belas Artes
Curso de Mídias Sociais Digitais Belas ArtesCurso de Mídias Sociais Digitais Belas Artes
Curso de Mídias Sociais Digitais Belas Artes
 
Palestra Expodigitalks 2011
Palestra Expodigitalks 2011Palestra Expodigitalks 2011
Palestra Expodigitalks 2011
 

Mais de Saber interáreas SESI 005 - LIMEIRA

Mais de Saber interáreas SESI 005 - LIMEIRA (18)

9º ano C (Grupo 2) - Fome de quê?
9º ano C (Grupo 2) - Fome de quê?9º ano C (Grupo 2) - Fome de quê?
9º ano C (Grupo 2) - Fome de quê?
 
9º ano C (Grupo 1) - Fome de quê?
9º ano C (Grupo 1) - Fome de quê?9º ano C (Grupo 1) - Fome de quê?
9º ano C (Grupo 1) - Fome de quê?
 
9º ano C (Grupo 3) - Fome de quê?
9º ano C (Grupo 3) - Fome de quê?9º ano C (Grupo 3) - Fome de quê?
9º ano C (Grupo 3) - Fome de quê?
 
9º ano B (Grupo 3) - Racismo
9º ano B (Grupo 3) - Racismo9º ano B (Grupo 3) - Racismo
9º ano B (Grupo 3) - Racismo
 
9º ano B (Grupo 2) - Racismo
9º ano B (Grupo 2) - Racismo9º ano B (Grupo 2) - Racismo
9º ano B (Grupo 2) - Racismo
 
9º ano B (Grupo 1) - Racismo
9º ano B (Grupo 1) - Racismo9º ano B (Grupo 1) - Racismo
9º ano B (Grupo 1) - Racismo
 
9º ano A (Grupo 3) - Pandemias
9º ano A (Grupo 3) - Pandemias9º ano A (Grupo 3) - Pandemias
9º ano A (Grupo 3) - Pandemias
 
9º ano A (Grupo 2) - Pandemias
9º ano A (Grupo 2) - Pandemias9º ano A (Grupo 2) - Pandemias
9º ano A (Grupo 2) - Pandemias
 
9º ano A (Grupo 1) - Pandemias
9º ano A (Grupo 1) - Pandemias9º ano A (Grupo 1) - Pandemias
9º ano A (Grupo 1) - Pandemias
 
8º ano C (Grupo 1) - Racismo e desigualdade
8º ano C (Grupo 1) - Racismo e desigualdade8º ano C (Grupo 1) - Racismo e desigualdade
8º ano C (Grupo 1) - Racismo e desigualdade
 
8º ano C (Grupo 2) - Racismo e desigualdade
8º ano C (Grupo 2) - Racismo e desigualdade8º ano C (Grupo 2) - Racismo e desigualdade
8º ano C (Grupo 2) - Racismo e desigualdade
 
8º ano B (Grupo 1) - O corpo em (des)ordem
8º ano B (Grupo 1) - O corpo em (des)ordem8º ano B (Grupo 1) - O corpo em (des)ordem
8º ano B (Grupo 1) - O corpo em (des)ordem
 
8º ano A (Grupo 3) - Autoestima dos jovens
8º ano A (Grupo 3) - Autoestima dos jovens8º ano A (Grupo 3) - Autoestima dos jovens
8º ano A (Grupo 3) - Autoestima dos jovens
 
8º ano A (Grupo 2) - Autoestima dos jovens
8º ano A (Grupo 2) - Autoestima dos jovens8º ano A (Grupo 2) - Autoestima dos jovens
8º ano A (Grupo 2) - Autoestima dos jovens
 
8º ano A (Grupo 1) - Autoestima dos jovens
8º ano A (Grupo 1) - Autoestima dos jovens8º ano A (Grupo 1) - Autoestima dos jovens
8º ano A (Grupo 1) - Autoestima dos jovens
 
7º ano B (Grupo 3) - Let's play: jogo e improvisação
7º ano B (Grupo 3) - Let's play: jogo e improvisação7º ano B (Grupo 3) - Let's play: jogo e improvisação
7º ano B (Grupo 3) - Let's play: jogo e improvisação
 
7º ano B (Grupo 1) - Let's play: jogo e improvisação
7º ano B (Grupo 1) - Let's play: jogo e improvisação7º ano B (Grupo 1) - Let's play: jogo e improvisação
7º ano B (Grupo 1) - Let's play: jogo e improvisação
 
7º ano A (Grupo 3) - Let's play: jogo e improvisação
7º ano A (Grupo 3) - Let's play: jogo e improvisação7º ano A (Grupo 3) - Let's play: jogo e improvisação
7º ano A (Grupo 3) - Let's play: jogo e improvisação
 

8º ano B (Grupo 2) - O corpo em (des)ordem

  • 1. Comparação estética nas redes sociais 8º ano B – Grupo 2 SESI 005 – LIMEIRA/SP 2020
  • 2. CONCEITO As redes sociais permitem conexão com pessoas variadas de todos lugares do mundo. No mundo digital, trocamos experiências, aprendizados, inspirações. No entanto, o que tem acontecido nos dias de hoje é uma enorme comparação, muitas vezes inconsciente, com algo que, na verdade, é inatingível. Afinal, ninguém consegue compartilhar tudo o que está realmente dentro de si. A gente passa achar que nos falta algo, em vez de perceber e aceitar que cada um somos únicos. Podem existir várias pessoas que fazem a mesma coisa que você, mas só existe uma pessoa fazendo exatamente como você faz.
  • 3.
  • 4. SURGIMENTO DOS PRIMEIROS CASOS No fim dos anos 80 e durante o início dos 90 as supermodelos ditaram os padrões de beleza. Altas, magras, com ”curvas na medida certa” e um visual saudável, Cindy Crawford, Linda Evangelista, Naomi Campbell e Luiza Brunet são alguns nomes que se destacaram entre as supermodelos. O ideal de corpo era forte e esbelto, favorecendo visão poderosa dessas mulheres.
  • 5.
  • 6. PERIGOS DISSO À SAÚDE MENTAL E FISICA Hoje insegurança pessoal é aliada à constante reafirmação de padrões por atrizes, cantoras e digital influencers presentes nas redes sociais, podendo causar sérios danos à saúde, tanto mental quanto fisicamente. Aplicativos de edição de fotos se multiplicam na mesma medida que transtornos psicológicos como ansiedade, baixa autoestima e complicações físicas, que vêm como consequência de transtornos alimentares como a anorexia e bulimia.
  • 7.
  • 8. RELAÇÃO COM A PANDEMIA A relação do tema com a pandemia é que nas redes socias temos à disposição vários meios de comunicação ou de postar uma notícia, informação ou imagem, como por exemplo os sites ou o Twitter, Instagram, Facebook e até mesmo o WhatsApp. Com a possibilidade de tantas pessoas criarem seus próprios conteúdos aumenta-se a chance de nos depararmos com imagens que evidenciam padrões de beleza impossíveis.
  • 9.
  • 10. O CAMINHO PARAA ACEITAÇÃO Faça uma pausa da compaixão! Se estiver com dificuldades em aceitar uma parte específica de você mesmo, faça uma pausa e seja gentil na construção da autocompaixão. Reconheça que o julgamento próprio é doloroso e pode ser excessivamente severo. Lembre-se de ser gentil e praticar a autoafirmação.
  • 11.
  • 12. INSTAGRAM É A REDE SOCIAL QUE MAIS CAUSA DEPRESSÃO • No Instagram a vida do próximo parece sempre maravilhosa e perfeita, não? A estética do Instagram cria a ilusão de que o outro tem uma vida incrível e que você precisa ter uma vida assim também. • Em comparação às outras redes sociais, o Instagram tem essa tendência mais recorrente de forjar uma vida perfeita. • Em uma foto, você tem sinais mais explícitos e implícitos de como é ser uma pessoa feliz, rica e bem-sucedida do que teria a partir de uma atualização de status. • A foto provoca comparação social imediata, o que pode desencadear sentimentos de inferioridade, pode levar até à depressão. Se você vê belas fotos de seu amigo no Instagram, uma maneira de compensar é com fotos melhores.
  • 13.
  • 14. REFERÊNCIAS • https://novaescola.org.br/ • www.bemmaisbrasilia.com • www.personare.com.br/ • https://www.mevbrasil.com/ • https://espiralinterativa.com/ • https://canaltech.com.br/