SlideShare uma empresa Scribd logo
PROJETO “RESGATANDO VALORES”
AÇÃO EDUCATIVA: Ação envolvendo toda a comunidade escolar
DISCIPLINAS: Todas
“ESCOLA É...”
Escola é... O lugar que se faz amigos.
Não se trata só de prédios, salas, quadros, programas, horários,
conceitos... Escola é, sobretudo, gente.
Gente que trabalha, que estuda, que se alegra, se conhece, se estima.
O Diretor é gente,
O Coordenador é gente,
O Professor é gente,
O Aluno é gente,
Cada funcionário é gente.
E a escola será cada vez melhor na medida em que cada um se comporte
como colega, amigo, irmão.
Nada de “ilha cercada de gente por todos os lados”.
Nada de conviver com as pessoas e depois, descobrir que não tem amizade
a ninguém.
Nada de ser como tijolo que forma a parede, indiferente, frio, só.
Importante na escola não é só estudar, não é só trabalhar!
É também criar laços de amizade, é criar ambiente de
camaradagem, é conviver, é se “amarrar nela”!
Ora é lógico... Numa escola assim vai ser fácil!
Estudar, trabalhar, crescer, fazer amigos, educar-se e ser
feliz!
É por aqui que podemos começar a melhorar o
mundo!
Paulo Freire
Público Alvo
O projeto será aplicado em toda a escola, durante todo o ano letivo envolvendo toda a
comunidade escolar – pais, professores, funcionários e alunos.
DURAÇÃO: um ano letivo
APRESENTAÇÃO
Este projeto tem por finalidade promover o resgate do comprometimento com a
unidade escolar junto aos alunos, pais, professores e funcionários através da construção
de uma cidadania sadia, critica, comparativa e consciente, tornando-os participativos como
cidadãos no desempenho do seu papel, frente aos seus direitos e deveres, e respeitosos
perante os direitos e deveres dos seus semelhantes na sociedade em que vivem.
JUSTIFICATIVA
A educação, como uma das instâncias da sociedade, possui uma dimensão moral, que tem
a intenção de realizar uma educação na perspectiva do desenvolvimento da capacidade de
autonomia dos jovens com que trabalha.
A moral já se encontra presente na prática educativa que se desenvolve nas escolas. No
cotidiano escolar, os valores se traduzem no regulamento escolar e nas finalidades do
ensino e aprendizagem, tornando-se necessário que se reflita sobre esses princípios e
essas regras, para que se instalem no ambiente escolar, ações e relações democráticas.
O desafio que se apresenta à escola é o de refletir sobre os principais obstáculos que
impedem nossa escola e outras do mundo, de desempenhar com êxito a sua primordial
função que é a de formar cidadãos habilitados a responder as demandas da sociedade em
que vivem.
OBJETIVOS
Estimular a produção de projetos que potencializem ou desenvolvam as habilidades e
competências tão necessárias a uma convivência mais harmônica entre a unidade escolar e
sua comunidade.
Direcionar os valores como fonte geradora de paz, segurança, dignidade e evolução social.
Fomentar a participação e o convívio da comunidade no cotidiano escolar.
Inaugurar e ampliar hábitos de colaboração e voluntariado junto a todos os envolvidos –
direta ou indiretamente – com o processo de ensino- aprendizagem.
RECURSOS
 Promoção de debates;
 Geração de idéias;
 Confecção de cartazes e painéis;
 Palestras;
 Fóruns;
 Seminários;
 Ações Educativas e outros.
AÇÃO DE INAUGURAÇÃO DO PROJETO
Cada professor, em sua aula, apresentará o projeto multidisciplinar e elegerá
com a classe o tema a ser desenvolvido, relacionando-o aos valores a serem
trabalhados (ética, cidadania, etc) nas turmas onde dará suas aulas,
seguindo o esquema combinado em reunião de TPC .
 1ª aula: Debate
2ª aula: Palestra
3ª aula: Geração de Idéias
4ª aula: Registro das propostas (documento)
5ª e 6ª aulas: Confecção de mural
Ação Final
 Colocação dos cartazes no muro da escola e em pontos
estratégicos. (COMPARTILHAMENTO de toda a AÇÃO com a
COMUNIDADE ESCOLAR – Professores, Alunos, Pais, Funcionários e
Familiares e COMUNIDADE ENTORNO – Comerciantes locais, vizinhos
e amigos da Unidade Escolar).
 Divulgação do evento nas REDES SOCIAIS e nos CANAIS DE MÍDIA
disponíveis na localidade – TV, Jornais etc.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relatório estágio
Relatório  estágioRelatório  estágio
Relatório estágio
Maria da C.A.Versiani
 
Projeto familia na escola
Projeto familia na escolaProjeto familia na escola
Projeto familia na escola
Eduardojr-professor
 
Trabalho coletivo - Trabalho de Equipe, Cooperação, Colaboração como elemento...
Trabalho coletivo - Trabalho de Equipe, Cooperação, Colaboração como elemento...Trabalho coletivo - Trabalho de Equipe, Cooperação, Colaboração como elemento...
Trabalho coletivo - Trabalho de Equipe, Cooperação, Colaboração como elemento...
Anaí Peña
 
Coordenador Pedagógico
Coordenador PedagógicoCoordenador Pedagógico
Coordenador Pedagógico
Nailson Rocha
 
Roteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classeRoteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classe
Elisângela Chaves
 
Pauta planejamento 2012 1º
Pauta planejamento 2012     1ºPauta planejamento 2012     1º
Pauta planejamento 2012 1º
Nethy Marques
 
Projeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestreProjeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestre
heliane
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
pdescola
 
Estagio regencia de sala
Estagio regencia de salaEstagio regencia de sala
Estagio regencia de sala
Alessandra Alves
 
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática. (20...
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática.  (20...Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática.  (20...
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática. (20...
Mary Alvarenga
 
Planejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodoPlanejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodo
SimoneHelenDrumond
 
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
Plano de ação pedagógica 2009   anandreiaPlano de ação pedagógica 2009   anandreia
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
COORDENADORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO VILHENA
 
EXPERIÊNCIAS EXITOSAS
EXPERIÊNCIAS EXITOSASEXPERIÊNCIAS EXITOSAS
EXPERIÊNCIAS EXITOSAS
Nadir Colaço
 
modelo-de-projeto-politico-pedagogico
modelo-de-projeto-politico-pedagogicomodelo-de-projeto-politico-pedagogico
modelo-de-projeto-politico-pedagogico
José Antonio Ferreira da Silva
 
Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil
Luiza Carvalho
 
Sugestões de atividades para projetos de leitura para educação infantil e ens...
Sugestões de atividades para projetos de leitura para educação infantil e ens...Sugestões de atividades para projetos de leitura para educação infantil e ens...
Sugestões de atividades para projetos de leitura para educação infantil e ens...
Vândria Regina J C
 
Em relação à assimilação e fixação dos conteúdos
Em relação à assimilação e fixação dos conteúdosEm relação à assimilação e fixação dos conteúdos
Em relação à assimilação e fixação dos conteúdos
Davi Faria
 
Reunião de pais 3º bimestre
Reunião de pais   3º bimestreReunião de pais   3º bimestre
Reunião de pais 3º bimestre
flaviacrm
 
EMEI PQ'Ninos - Sacola da leitura
EMEI PQ'Ninos - Sacola da leituraEMEI PQ'Ninos - Sacola da leitura
EMEI PQ'Ninos - Sacola da leitura
SMEC PANAMBI-RS
 
Ficha avaliação educação infantil
Ficha avaliação educação infantilFicha avaliação educação infantil
Ficha avaliação educação infantil
keillacr
 

Mais procurados (20)

Relatório estágio
Relatório  estágioRelatório  estágio
Relatório estágio
 
Projeto familia na escola
Projeto familia na escolaProjeto familia na escola
Projeto familia na escola
 
Trabalho coletivo - Trabalho de Equipe, Cooperação, Colaboração como elemento...
Trabalho coletivo - Trabalho de Equipe, Cooperação, Colaboração como elemento...Trabalho coletivo - Trabalho de Equipe, Cooperação, Colaboração como elemento...
Trabalho coletivo - Trabalho de Equipe, Cooperação, Colaboração como elemento...
 
Coordenador Pedagógico
Coordenador PedagógicoCoordenador Pedagógico
Coordenador Pedagógico
 
Roteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classeRoteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classe
 
Pauta planejamento 2012 1º
Pauta planejamento 2012     1ºPauta planejamento 2012     1º
Pauta planejamento 2012 1º
 
Projeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestreProjeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestre
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
 
Estagio regencia de sala
Estagio regencia de salaEstagio regencia de sala
Estagio regencia de sala
 
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática. (20...
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática.  (20...Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática.  (20...
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática. (20...
 
Planejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodoPlanejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodo
 
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
Plano de ação pedagógica 2009   anandreiaPlano de ação pedagógica 2009   anandreia
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
 
EXPERIÊNCIAS EXITOSAS
EXPERIÊNCIAS EXITOSASEXPERIÊNCIAS EXITOSAS
EXPERIÊNCIAS EXITOSAS
 
modelo-de-projeto-politico-pedagogico
modelo-de-projeto-politico-pedagogicomodelo-de-projeto-politico-pedagogico
modelo-de-projeto-politico-pedagogico
 
Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil
 
Sugestões de atividades para projetos de leitura para educação infantil e ens...
Sugestões de atividades para projetos de leitura para educação infantil e ens...Sugestões de atividades para projetos de leitura para educação infantil e ens...
Sugestões de atividades para projetos de leitura para educação infantil e ens...
 
Em relação à assimilação e fixação dos conteúdos
Em relação à assimilação e fixação dos conteúdosEm relação à assimilação e fixação dos conteúdos
Em relação à assimilação e fixação dos conteúdos
 
Reunião de pais 3º bimestre
Reunião de pais   3º bimestreReunião de pais   3º bimestre
Reunião de pais 3º bimestre
 
EMEI PQ'Ninos - Sacola da leitura
EMEI PQ'Ninos - Sacola da leituraEMEI PQ'Ninos - Sacola da leitura
EMEI PQ'Ninos - Sacola da leitura
 
Ficha avaliação educação infantil
Ficha avaliação educação infantilFicha avaliação educação infantil
Ficha avaliação educação infantil
 

Semelhante a Projeto resgatando valores

Projetos variados
Projetos variadosProjetos variados
Projetos variados
Selmara Sales Soares
 
Projeto fec elma
Projeto fec elmaProjeto fec elma
Projeto fec elma
Elma Lopes Sousa GUIDINE
 
3ºENCONTRO ANUAL.pptx
3ºENCONTRO ANUAL.pptx3ºENCONTRO ANUAL.pptx
3ºENCONTRO ANUAL.pptx
FransuelenCarvalhoSo
 
A escola reflexiva resumo
A escola reflexiva   resumoA escola reflexiva   resumo
A escola reflexiva resumo
Kelly Sauerbonn
 
Gestão da Educação Escolar
Gestão da Educação EscolarGestão da Educação Escolar
Gestão da Educação Escolar
Profuncionario Paranaíba
 
Gestão da Educação Escolar
Gestão da Educação EscolarGestão da Educação Escolar
Gestão da Educação Escolar
Profuncionario Paranaíba
 
Apresentação do projeto
Apresentação do projetoApresentação do projeto
Apresentação do projeto
Juciara Brito
 
Projeto de Intervenção
Projeto de IntervençãoProjeto de Intervenção
Projeto de Intervenção
moniquests
 
Escola, mais que sala e giz
Escola, mais que sala e gizEscola, mais que sala e giz
Escola, mais que sala e giz
RenataAB
 
Proj. 2 josi
Proj. 2 josiProj. 2 josi
Proj. 2 josi
Ðouglas Rocha
 
Manual da Família Colégio Cerp
Manual da Família Colégio CerpManual da Família Colégio Cerp
Manual da Família Colégio Cerp
Paulo Grisi
 
18 jul 2014_aspectos_da_gestao_democratica_nas_atividades_do_coordenador_peda...
18 jul 2014_aspectos_da_gestao_democratica_nas_atividades_do_coordenador_peda...18 jul 2014_aspectos_da_gestao_democratica_nas_atividades_do_coordenador_peda...
18 jul 2014_aspectos_da_gestao_democratica_nas_atividades_do_coordenador_peda...
Sandra Menucelli
 
Documento PEDAGOGIA
Documento PEDAGOGIADocumento PEDAGOGIA
Documento PEDAGOGIA
cellia sena sena
 
Escola democrática
Escola democráticaEscola democrática
Escola democrática
Paula Alves
 
Apresentação do Alcides 4323423423423423423423423
Apresentação do Alcides 4323423423423423423423423Apresentação do Alcides 4323423423423423423423423
Apresentação do Alcides 4323423423423423423423423
walberfreitasnobre
 
Des agregações
Des agregaçõesDes agregações
Des agregações
Ilídia Cabral
 
Des agregações
Des agregaçõesDes agregações
Des agregações
josematiasalves
 
Ppp escola madrid
Ppp escola madridPpp escola madrid
Ppp escola madrid
paulamartins2012
 
Arq idvol 28-1391209402
Arq idvol 28-1391209402Arq idvol 28-1391209402
Arq idvol 28-1391209402
maria152302
 
Projetos educativo e curricular do agrupamento 2011 13
Projetos educativo e curricular do agrupamento 2011 13Projetos educativo e curricular do agrupamento 2011 13
Projetos educativo e curricular do agrupamento 2011 13
ANA GRALHEIRO
 

Semelhante a Projeto resgatando valores (20)

Projetos variados
Projetos variadosProjetos variados
Projetos variados
 
Projeto fec elma
Projeto fec elmaProjeto fec elma
Projeto fec elma
 
3ºENCONTRO ANUAL.pptx
3ºENCONTRO ANUAL.pptx3ºENCONTRO ANUAL.pptx
3ºENCONTRO ANUAL.pptx
 
A escola reflexiva resumo
A escola reflexiva   resumoA escola reflexiva   resumo
A escola reflexiva resumo
 
Gestão da Educação Escolar
Gestão da Educação EscolarGestão da Educação Escolar
Gestão da Educação Escolar
 
Gestão da Educação Escolar
Gestão da Educação EscolarGestão da Educação Escolar
Gestão da Educação Escolar
 
Apresentação do projeto
Apresentação do projetoApresentação do projeto
Apresentação do projeto
 
Projeto de Intervenção
Projeto de IntervençãoProjeto de Intervenção
Projeto de Intervenção
 
Escola, mais que sala e giz
Escola, mais que sala e gizEscola, mais que sala e giz
Escola, mais que sala e giz
 
Proj. 2 josi
Proj. 2 josiProj. 2 josi
Proj. 2 josi
 
Manual da Família Colégio Cerp
Manual da Família Colégio CerpManual da Família Colégio Cerp
Manual da Família Colégio Cerp
 
18 jul 2014_aspectos_da_gestao_democratica_nas_atividades_do_coordenador_peda...
18 jul 2014_aspectos_da_gestao_democratica_nas_atividades_do_coordenador_peda...18 jul 2014_aspectos_da_gestao_democratica_nas_atividades_do_coordenador_peda...
18 jul 2014_aspectos_da_gestao_democratica_nas_atividades_do_coordenador_peda...
 
Documento PEDAGOGIA
Documento PEDAGOGIADocumento PEDAGOGIA
Documento PEDAGOGIA
 
Escola democrática
Escola democráticaEscola democrática
Escola democrática
 
Apresentação do Alcides 4323423423423423423423423
Apresentação do Alcides 4323423423423423423423423Apresentação do Alcides 4323423423423423423423423
Apresentação do Alcides 4323423423423423423423423
 
Des agregações
Des agregaçõesDes agregações
Des agregações
 
Des agregações
Des agregaçõesDes agregações
Des agregações
 
Ppp escola madrid
Ppp escola madridPpp escola madrid
Ppp escola madrid
 
Arq idvol 28-1391209402
Arq idvol 28-1391209402Arq idvol 28-1391209402
Arq idvol 28-1391209402
 
Projetos educativo e curricular do agrupamento 2011 13
Projetos educativo e curricular do agrupamento 2011 13Projetos educativo e curricular do agrupamento 2011 13
Projetos educativo e curricular do agrupamento 2011 13
 

Último

Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
erico paulo rocha guedes
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
WilianeBarbosa2
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 

Último (20)

Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 

Projeto resgatando valores

  • 1. PROJETO “RESGATANDO VALORES” AÇÃO EDUCATIVA: Ação envolvendo toda a comunidade escolar DISCIPLINAS: Todas “ESCOLA É...” Escola é... O lugar que se faz amigos. Não se trata só de prédios, salas, quadros, programas, horários, conceitos... Escola é, sobretudo, gente. Gente que trabalha, que estuda, que se alegra, se conhece, se estima. O Diretor é gente, O Coordenador é gente, O Professor é gente, O Aluno é gente, Cada funcionário é gente. E a escola será cada vez melhor na medida em que cada um se comporte como colega, amigo, irmão. Nada de “ilha cercada de gente por todos os lados”. Nada de conviver com as pessoas e depois, descobrir que não tem amizade a ninguém. Nada de ser como tijolo que forma a parede, indiferente, frio, só. Importante na escola não é só estudar, não é só trabalhar! É também criar laços de amizade, é criar ambiente de camaradagem, é conviver, é se “amarrar nela”! Ora é lógico... Numa escola assim vai ser fácil!
  • 2. Estudar, trabalhar, crescer, fazer amigos, educar-se e ser feliz! É por aqui que podemos começar a melhorar o mundo! Paulo Freire Público Alvo O projeto será aplicado em toda a escola, durante todo o ano letivo envolvendo toda a comunidade escolar – pais, professores, funcionários e alunos. DURAÇÃO: um ano letivo APRESENTAÇÃO Este projeto tem por finalidade promover o resgate do comprometimento com a unidade escolar junto aos alunos, pais, professores e funcionários através da construção de uma cidadania sadia, critica, comparativa e consciente, tornando-os participativos como cidadãos no desempenho do seu papel, frente aos seus direitos e deveres, e respeitosos perante os direitos e deveres dos seus semelhantes na sociedade em que vivem. JUSTIFICATIVA A educação, como uma das instâncias da sociedade, possui uma dimensão moral, que tem a intenção de realizar uma educação na perspectiva do desenvolvimento da capacidade de autonomia dos jovens com que trabalha. A moral já se encontra presente na prática educativa que se desenvolve nas escolas. No cotidiano escolar, os valores se traduzem no regulamento escolar e nas finalidades do ensino e aprendizagem, tornando-se necessário que se reflita sobre esses princípios e essas regras, para que se instalem no ambiente escolar, ações e relações democráticas. O desafio que se apresenta à escola é o de refletir sobre os principais obstáculos que impedem nossa escola e outras do mundo, de desempenhar com êxito a sua primordial função que é a de formar cidadãos habilitados a responder as demandas da sociedade em que vivem.
  • 3. OBJETIVOS Estimular a produção de projetos que potencializem ou desenvolvam as habilidades e competências tão necessárias a uma convivência mais harmônica entre a unidade escolar e sua comunidade. Direcionar os valores como fonte geradora de paz, segurança, dignidade e evolução social. Fomentar a participação e o convívio da comunidade no cotidiano escolar. Inaugurar e ampliar hábitos de colaboração e voluntariado junto a todos os envolvidos – direta ou indiretamente – com o processo de ensino- aprendizagem. RECURSOS  Promoção de debates;  Geração de idéias;  Confecção de cartazes e painéis;  Palestras;  Fóruns;  Seminários;  Ações Educativas e outros. AÇÃO DE INAUGURAÇÃO DO PROJETO Cada professor, em sua aula, apresentará o projeto multidisciplinar e elegerá com a classe o tema a ser desenvolvido, relacionando-o aos valores a serem trabalhados (ética, cidadania, etc) nas turmas onde dará suas aulas, seguindo o esquema combinado em reunião de TPC .  1ª aula: Debate 2ª aula: Palestra 3ª aula: Geração de Idéias 4ª aula: Registro das propostas (documento) 5ª e 6ª aulas: Confecção de mural Ação Final
  • 4.  Colocação dos cartazes no muro da escola e em pontos estratégicos. (COMPARTILHAMENTO de toda a AÇÃO com a COMUNIDADE ESCOLAR – Professores, Alunos, Pais, Funcionários e Familiares e COMUNIDADE ENTORNO – Comerciantes locais, vizinhos e amigos da Unidade Escolar).  Divulgação do evento nas REDES SOCIAIS e nos CANAIS DE MÍDIA disponíveis na localidade – TV, Jornais etc.