SlideShare uma empresa Scribd logo
Aula 5   midias sociais
   http://www.youtube.com/watch?v=67bkb0uqtaw
   São sites que permitem a interação, criação e
    compartilhamento de informações e conteúdos pelos
    próprios indivíduos.

   Nelas, o internauta é produtor e consumidor de
    informação. (paradigma: todos-todos)
   Nas mídias tradicionais (televisão, jornal e rádio) a
    interatividade é mínima e o conteúdo veiculado por
    elas é produzido por especialistas (jornalistas) e
    controlado por poucos (publishers – proprietários dos
    meios de comunicação)

   Nas mídias sociais não existe controle da informação
    veiculada
   As mídias sociais contêm ferramentas colaborativas e
    de relacionamento, permitindo a troca de mensagens
    entre si, criação de grupos, comunidades e organização
    de interesses em comum. Podem veicular conteúdo
    em texto, em áudio e em vídeo.

   As mídias sociais fazem sucesso porque colocam o
    homem em contato com os seus semelhantes que
    estão agrupados em comunidades (tribos)
   Mídias sociais são o conjunto de todos os tipos e
    formas de mídias colaborativas (Youtube, Flickr, blogs,
    sites colaborativos (Delicious, Digg), sites de
    relacionamento (Orkut, Facebook e Myspace).

   No entanto, nem todas elas envolvem, de fato, redes
    sociais.
   As redes sociais propriamente ditas são os sites de
    interação e troca de informações entre pessoas.
    (Orkut, Facebook, Linkedin)

   As mídias sociais abrigam as redes sociais.
   As redes sociais são formadas pelo relacionamento e
    troca de informações entre seus membros.

   Um membro de uma comunidade tem a capacidade de
    não apenas influenciar outro companheiro, mas uma
    comunidade inteira, que influencia outras
    comunidades ou indivíduos em progressão
    geométrica, criando o chamado “efeito viral”
   Pôneis Malditos (2011)

   http://www.youtube.com/watch?v=X3yGSJE53kU
   Para nossa alegria (2012)
   http://www.youtube.com/watch?v=K02Cxo3fAC8
Aula 5   midias sociais
   Na nova mídia, o crowdsourcing passa a ser um
    enorme diferencial. O jornalismo colaborativo (ou
    jornalismo cidadão), produzido pelos próprios
    usuários, passa a ganhar cada vez mais espaço.

   Vale lembrar a mudança de paradigma quanto ao
    conceito dos Gatekeepers. Agora não é mais apenas o
    jornalista que decide o que é notícia. O efeito viral,
    aliado ao crowdsourcing, são capazes de pautar a velha
    mídia.
Manchetes
O veículo
solicita a
participação de
internautas a
partir de
testemunhos.
Investigação
Ocorre quando
existe a denúncia
pública e a
investigação de
um profissional.
Observação
Coleta de dados a
partir da observação
das discussões em
fóruns e comentários de
Notícias (Twitter,
Facebook, comentários).
Os próprios comentários
acabam gerando novas
notícias.
A grande audiência das mídias sociais gera dois
  fenômenos em termos de comunicação:

   Positivo: mídia forte, com boa audiência,
    extremamente segmentada e a custo baixo

   Negativo: qualquer um pode fazer isso, em termos de
    jornalismo, e assim sendo, a credibilidade da notícia,
    muitas vezes, é questionável.
   Viral divulgado a fictícia versão do U2
    cantando Michel Telló

   http://www.youtube.com/watch?v=kHFytyd07cM
   SBT divulga falso vídeo como verdadeiro

   http://www.youtube.com/watch?v=hDJUFWY_Vho
Aula 5   midias sociais
Podem ser utilizadas para:

   Conhecer o público-alvo

   Estimular a interatividade

   Elaboração de pautas e novas reportagens
   Estratificar o público leitor de notícias, traçar um perfil
    social do internauta e leitor de um site, por exemplo
   Por meio de enquetes, fóruns
   Estímulo ao debate sobre temas pertinentes e
    polêmicos
   Conhecer o ponto de vista do leitor
   A partir dos comentários num fórum, por exemplo, é
    possível desdobrar uma pauta ou realizar um novo
    enfoque sobre determinado tema, gerando novas
    reportagens

   Buscar fontes e perfis refinados para a produção de
    reportagens
Aula 5   midias sociais
1° – Facebook.com
2° – Youtube.com
3° – Orkut.com
4° – Twitter.com
5° – LinkedIn.com
6° – Flickr.com
7° – Badoo.com
8° - Dihitt.com.br
9° – Ning.com
10° – Foursquare.com
(dados: dez/2011, Alexa)
1° – Facebook.com
2° – Youtube.com
3° – Twitter.com
4° – LiveJournal.com
5° - MySpace.com
6° - LinkedIn.com
7° – Badoo.com
8° - Orkut.com
9° – Tagged.com
10° – Ning.com
(dados: dez/2011, Alexa)
   Assistir vídeos pela internet;
   Escutar músicas/rádios online ao vivo;
   Criar perfil em alguma rede social;
   Criar blogs, ler e comentar em outros blogs;
   Fazer upload de fotos pessoais em algum site de
    compartilhamento de fotos.
   Atualmente existem, aproximadamente, 625 milhões
    de usuários de internet.

Os cinco maiores países na rede:
1) China;
2) Estados Unidos;
3) Alemanha;
4) Brasil;
5) Japão.
Aula 5   midias sociais
   Para saber poder tirar o máximo de proveito das
    mídias sociais é necessário entender o mecanismo de
    funcionamento delas, e o que cada uma pode oferecer
    em termos de especificidade

   Vejamos a seguir um panorama das principais mídias
    sociais. O que cada uma pode oferecer em termos de
    jornalismo.
   O Blog em essência é uma mídia social, pois nele é possível o
    indivíduo produzir conteúdo (muitas vezes com mais
    propriedade que um profissional da notícia) e esse mesmo
    conteúdo pode ser comentado por outros internautas. A
    vantagem é que o conteúdo lido por um internauta pode ser
    replicado para outros sites, ampliando a audiência do blog

   O que um blogueiro posta num blog pode ser redirecionado
    para outro, num movimento contínuo. Com a divulgação, o
    conteúdo postado pode ganhar notoriedade.


   Como exemplo citamos o
    Ladybug, que é um Blog
    que recomenda a leitura
    de outros Blogs. O
    conteúdo é extremamente
    variado
   Posts – inserção de conteúdo (artigos)

   Permalink – visualizado como o conjunto de
    posts antigos colocados dentro de um site.
    Permite o acesso a conteúdo já utilizado pelo
    blog.

   Os posts podem ser organizados por
    categorias (que servem como menus de
    navegação nos artigos) ou por tags (palavras
    chaves relaconadas aos artigos postados)
   Layout – extremamente simples, para facilitar a sua
    personalização (cabeçalho, menu, área central e barras
    laterais (1 ou 2) onde é possível disponibilizar uma série de
    ferramentas (busca, lista de links, calendário, vídeos etc)

   Comentários – espaço para interação com o Blog (podem
    ser ou não moderados)

   Pings e Trackbacks – permitem identificar quando um
    artigo seu foi citado em outro blog

   RSS Feed – resumo dos últimos posts, que pode ser
    disponibilizado como assinatura para o leitor
   É uma mídia social útil para veiculação e compartilhamento
    de vídeos.

   Para o jornalismo ele possui uma ferramenta em especial, o
    Youtube Direct, que permite que qualquer usuário envie
    vídeos jornalísticos para as empresas de comunicação
    previamente cadastradas. O problema é que o serviço é em
    inglês e vinculado às emissoras norte-americanas.

   No entanto, no Brasil, você pode fazer uma vídeo-
    reportagem e postá-lo no Youtube. E em seguida pode
    fazer a divulgação via releases, para veículos estratégicos,
    fazendo a referência do link.
   Trata-se de uma excelente oportunidade de flagrantes
    típicos do jornalismo colaborativo.
   Os vídeos podem ser replicados no Orkut e Facebook,
    aumentando a audiência

   O Youtube ainda permite a criação de canais, refinando
    a audiência e o conteúdo.

   O canal funciona como uma página com vídeos
    postados. É como se fosse um site pessoal dentro do
    Youtube
   Site de relacionamentos
   Chegou a deter 86% do mercado no Brasil(McCann)
   11% do mercado mundial

No jornalismo
 Localização de fontes específicas
 Verificação de perfis de personagens
   A maior rede social do mundo
   Tem mais ferramentas que o similar orkut

No jornalismo: uso idêntico ao orkut, divulgação,
 interatividade.
   Voltada para o relacionamento profissional
   Funciona a partir de contados na vida real
   Jornalisticamente é indicado para fazer networking
   Microblog

Jornalisticamente
Talvez, o mais versátil para o uso no jornalismo, graças
aos seus inúmeros aplicativos:
   Procura de fontes
   Busca de declarações
   Rápida atualização
   Divulgação de conteúdo
   Métrica social                   Personalização
Aula 5   midias sociais

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tipos de comunicação
Tipos de comunicaçãoTipos de comunicação
Tipos de comunicação
mariliasousasoares
 
Aula Mobile Marketing Completa
Aula Mobile Marketing CompletaAula Mobile Marketing Completa
Aula Mobile Marketing Completa
Patrick Duarte Silveira
 
Mix Marketing - 4Ps
Mix Marketing - 4PsMix Marketing - 4Ps
Mix Marketing - 4Ps
Nyedson Barbosa
 
Aula 2 - Imagem pessoal e profissional
Aula 2 - Imagem pessoal e profissionalAula 2 - Imagem pessoal e profissional
Aula 2 - Imagem pessoal e profissional
Professor Cristiano Barreto
 
Mídias e Redes Sociais
Mídias e Redes SociaisMídias e Redes Sociais
Mídias e Redes Sociais
Rafael Comin
 
Comunicação e Marketing
Comunicação e MarketingComunicação e Marketing
Comunicação e Marketing
parquedaamizade
 
Marketing Pessoal
Marketing PessoalMarketing Pessoal
Marketing Pessoal
Michel Moreira
 
História da comunicação
História da comunicaçãoHistória da comunicação
História da comunicação
Helena Coutinho
 
As transformações na era digital
As transformações na era digitalAs transformações na era digital
As transformações na era digital
Ricardo Henrique Roson
 
Aula 8 - Planejamento Estratégico de Marketing Digital - Disciplina Planejame...
Aula 8 - Planejamento Estratégico de Marketing Digital - Disciplina Planejame...Aula 8 - Planejamento Estratégico de Marketing Digital - Disciplina Planejame...
Aula 8 - Planejamento Estratégico de Marketing Digital - Disciplina Planejame...
Pedro Cordier
 
Introdução ao marketing 2012_01
Introdução ao marketing 2012_01Introdução ao marketing 2012_01
Introdução ao marketing 2012_01
Milton Henrique do Couto Neto
 
Marketing - Definições e Tipos
Marketing - Definições e TiposMarketing - Definições e Tipos
Marketing - Definições e Tipos
André Zambon
 
Propaganda e Ética
Propaganda e ÉticaPropaganda e Ética
Propaganda e Ética
Ma Rina
 
Comunicação
ComunicaçãoComunicação
Comunicação
cattonia
 
COMO É QUE SE FAZ UM PLANO DE COMUNICAÇÃO?
COMO É QUE SE FAZ UM PLANO DE COMUNICAÇÃO? COMO É QUE SE FAZ UM PLANO DE COMUNICAÇÃO?
COMO É QUE SE FAZ UM PLANO DE COMUNICAÇÃO?
Planning Estratégia de Comunicação
 
Plano de Marketing
Plano de MarketingPlano de Marketing
Plano de Marketing
Kenneth Corrêa
 
Comunicação Empresarial CE Básico
Comunicação Empresarial CE BásicoComunicação Empresarial CE Básico
Comunicação Empresarial CE Básico
Carlos Alves
 
Marketing Digital
Marketing DigitalMarketing Digital
Marketing Digital
Rafael Comin
 
Mix de Marketing - Promoção - Parte IV
Mix de Marketing - Promoção - Parte IVMix de Marketing - Promoção - Parte IV
Mix de Marketing - Promoção - Parte IV
Robson Costa
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
Nyedson Barbosa
 

Mais procurados (20)

Tipos de comunicação
Tipos de comunicaçãoTipos de comunicação
Tipos de comunicação
 
Aula Mobile Marketing Completa
Aula Mobile Marketing CompletaAula Mobile Marketing Completa
Aula Mobile Marketing Completa
 
Mix Marketing - 4Ps
Mix Marketing - 4PsMix Marketing - 4Ps
Mix Marketing - 4Ps
 
Aula 2 - Imagem pessoal e profissional
Aula 2 - Imagem pessoal e profissionalAula 2 - Imagem pessoal e profissional
Aula 2 - Imagem pessoal e profissional
 
Mídias e Redes Sociais
Mídias e Redes SociaisMídias e Redes Sociais
Mídias e Redes Sociais
 
Comunicação e Marketing
Comunicação e MarketingComunicação e Marketing
Comunicação e Marketing
 
Marketing Pessoal
Marketing PessoalMarketing Pessoal
Marketing Pessoal
 
História da comunicação
História da comunicaçãoHistória da comunicação
História da comunicação
 
As transformações na era digital
As transformações na era digitalAs transformações na era digital
As transformações na era digital
 
Aula 8 - Planejamento Estratégico de Marketing Digital - Disciplina Planejame...
Aula 8 - Planejamento Estratégico de Marketing Digital - Disciplina Planejame...Aula 8 - Planejamento Estratégico de Marketing Digital - Disciplina Planejame...
Aula 8 - Planejamento Estratégico de Marketing Digital - Disciplina Planejame...
 
Introdução ao marketing 2012_01
Introdução ao marketing 2012_01Introdução ao marketing 2012_01
Introdução ao marketing 2012_01
 
Marketing - Definições e Tipos
Marketing - Definições e TiposMarketing - Definições e Tipos
Marketing - Definições e Tipos
 
Propaganda e Ética
Propaganda e ÉticaPropaganda e Ética
Propaganda e Ética
 
Comunicação
ComunicaçãoComunicação
Comunicação
 
COMO É QUE SE FAZ UM PLANO DE COMUNICAÇÃO?
COMO É QUE SE FAZ UM PLANO DE COMUNICAÇÃO? COMO É QUE SE FAZ UM PLANO DE COMUNICAÇÃO?
COMO É QUE SE FAZ UM PLANO DE COMUNICAÇÃO?
 
Plano de Marketing
Plano de MarketingPlano de Marketing
Plano de Marketing
 
Comunicação Empresarial CE Básico
Comunicação Empresarial CE BásicoComunicação Empresarial CE Básico
Comunicação Empresarial CE Básico
 
Marketing Digital
Marketing DigitalMarketing Digital
Marketing Digital
 
Mix de Marketing - Promoção - Parte IV
Mix de Marketing - Promoção - Parte IVMix de Marketing - Promoção - Parte IV
Mix de Marketing - Promoção - Parte IV
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
 

Destaque

Mídias Sociais. Palestra: O poder das mídias sociais - @andretelles
Mídias Sociais. Palestra: O poder das mídias sociais - @andretellesMídias Sociais. Palestra: O poder das mídias sociais - @andretelles
Mídias Sociais. Palestra: O poder das mídias sociais - @andretelles
Mentes Digitais - Marketing Digital
 
Educação e Redes Sociais
Educação e Redes SociaisEducação e Redes Sociais
Educação e Redes Sociais
Sinara Lustosa
 
Aula Mídia - Novas Mídias
Aula Mídia - Novas MídiasAula Mídia - Novas Mídias
Aula Mídia - Novas Mídias
Lucas Pelaez
 
Comunicação em Mídias Sociais
Comunicação em Mídias SociaisComunicação em Mídias Sociais
Comunicação em Mídias Sociais
PaperCliQ Comunicação
 
O impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidor
O impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidorO impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidor
O impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidor
Paulo Milreu
 
Verdades, mentiras e mídias sociais
Verdades, mentiras e mídias sociaisVerdades, mentiras e mídias sociais
Verdades, mentiras e mídias sociais
JWT Brasil
 
Aula Planejamento de Mídia
Aula Planejamento de MídiaAula Planejamento de Mídia
Aula Planejamento de Mídia
Lucas Pelaez
 
Novas Mídias: A tecnologia como plataforma da comunicação digital
Novas Mídias: A tecnologia como plataforma da comunicação digitalNovas Mídias: A tecnologia como plataforma da comunicação digital
Novas Mídias: A tecnologia como plataforma da comunicação digital
Paulo Milreu
 
Para Entender as Mídias Sociais
Para Entender as Mídias SociaisPara Entender as Mídias Sociais
Para Entender as Mídias Sociais
Ana Brambilla
 
10 questões sobre mídias sociais
10 questões sobre mídias sociais10 questões sobre mídias sociais
10 questões sobre mídias sociais
Gabriel Mariano
 
Redes sociais apresentação completa
Redes sociais   apresentação completaRedes sociais   apresentação completa
Redes sociais apresentação completa
Interface Comunicação
 
Palestra Marketing Digital - Midias Sociais e Marketing de Busca - Unip
Palestra Marketing Digital - Midias Sociais e Marketing de Busca - UnipPalestra Marketing Digital - Midias Sociais e Marketing de Busca - Unip
Palestra Marketing Digital - Midias Sociais e Marketing de Busca - Unip
Lógica Digital
 
Eleições 2014 - Saúde dos Candidatos em Mídias Sociais
Eleições 2014 - Saúde dos Candidatos em Mídias SociaisEleições 2014 - Saúde dos Candidatos em Mídias Sociais
Eleições 2014 - Saúde dos Candidatos em Mídias Sociais
Ricardo Azarite
 
Twitter - introdução aos usos e possibilidades
Twitter - introdução aos usos e possibilidadesTwitter - introdução aos usos e possibilidades
Twitter - introdução aos usos e possibilidades
PaperCliQ Comunicação
 
A pedagogia digital e o Conectivismo no contexto da Web 1.0 a 4.0
A pedagogia digital e o Conectivismo no contexto da Web 1.0 a 4.0 A pedagogia digital e o Conectivismo no contexto da Web 1.0 a 4.0
A pedagogia digital e o Conectivismo no contexto da Web 1.0 a 4.0
Reginaldo Albuquerque
 
Twitter
TwitterTwitter
Manual twitter 10_mb
Manual twitter 10_mbManual twitter 10_mb
Manual twitter 10_mb
Ivan Maldonado
 
Utilidades de twitter
Utilidades de twitterUtilidades de twitter
Utilidades de twitter
Miguel A. Obando
 
Twitter trabalho de_tic_raquel8_g
Twitter trabalho de_tic_raquel8_gTwitter trabalho de_tic_raquel8_g
Twitter trabalho de_tic_raquel8_g
PedroRaquel
 
Twitter - Apresentação
Twitter - ApresentaçãoTwitter - Apresentação
Twitter - Apresentação
Celso Ricardo Salazar Valentim
 

Destaque (20)

Mídias Sociais. Palestra: O poder das mídias sociais - @andretelles
Mídias Sociais. Palestra: O poder das mídias sociais - @andretellesMídias Sociais. Palestra: O poder das mídias sociais - @andretelles
Mídias Sociais. Palestra: O poder das mídias sociais - @andretelles
 
Educação e Redes Sociais
Educação e Redes SociaisEducação e Redes Sociais
Educação e Redes Sociais
 
Aula Mídia - Novas Mídias
Aula Mídia - Novas MídiasAula Mídia - Novas Mídias
Aula Mídia - Novas Mídias
 
Comunicação em Mídias Sociais
Comunicação em Mídias SociaisComunicação em Mídias Sociais
Comunicação em Mídias Sociais
 
O impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidor
O impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidorO impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidor
O impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidor
 
Verdades, mentiras e mídias sociais
Verdades, mentiras e mídias sociaisVerdades, mentiras e mídias sociais
Verdades, mentiras e mídias sociais
 
Aula Planejamento de Mídia
Aula Planejamento de MídiaAula Planejamento de Mídia
Aula Planejamento de Mídia
 
Novas Mídias: A tecnologia como plataforma da comunicação digital
Novas Mídias: A tecnologia como plataforma da comunicação digitalNovas Mídias: A tecnologia como plataforma da comunicação digital
Novas Mídias: A tecnologia como plataforma da comunicação digital
 
Para Entender as Mídias Sociais
Para Entender as Mídias SociaisPara Entender as Mídias Sociais
Para Entender as Mídias Sociais
 
10 questões sobre mídias sociais
10 questões sobre mídias sociais10 questões sobre mídias sociais
10 questões sobre mídias sociais
 
Redes sociais apresentação completa
Redes sociais   apresentação completaRedes sociais   apresentação completa
Redes sociais apresentação completa
 
Palestra Marketing Digital - Midias Sociais e Marketing de Busca - Unip
Palestra Marketing Digital - Midias Sociais e Marketing de Busca - UnipPalestra Marketing Digital - Midias Sociais e Marketing de Busca - Unip
Palestra Marketing Digital - Midias Sociais e Marketing de Busca - Unip
 
Eleições 2014 - Saúde dos Candidatos em Mídias Sociais
Eleições 2014 - Saúde dos Candidatos em Mídias SociaisEleições 2014 - Saúde dos Candidatos em Mídias Sociais
Eleições 2014 - Saúde dos Candidatos em Mídias Sociais
 
Twitter - introdução aos usos e possibilidades
Twitter - introdução aos usos e possibilidadesTwitter - introdução aos usos e possibilidades
Twitter - introdução aos usos e possibilidades
 
A pedagogia digital e o Conectivismo no contexto da Web 1.0 a 4.0
A pedagogia digital e o Conectivismo no contexto da Web 1.0 a 4.0 A pedagogia digital e o Conectivismo no contexto da Web 1.0 a 4.0
A pedagogia digital e o Conectivismo no contexto da Web 1.0 a 4.0
 
Twitter
TwitterTwitter
Twitter
 
Manual twitter 10_mb
Manual twitter 10_mbManual twitter 10_mb
Manual twitter 10_mb
 
Utilidades de twitter
Utilidades de twitterUtilidades de twitter
Utilidades de twitter
 
Twitter trabalho de_tic_raquel8_g
Twitter trabalho de_tic_raquel8_gTwitter trabalho de_tic_raquel8_g
Twitter trabalho de_tic_raquel8_g
 
Twitter - Apresentação
Twitter - ApresentaçãoTwitter - Apresentação
Twitter - Apresentação
 

Semelhante a Aula 5 midias sociais

Redes sociais
Redes sociaisRedes sociais
Redes sociais
aulasdejornalismo
 
AULA 01 MIDIA SOCIAL.pptx
AULA 01 MIDIA SOCIAL.pptxAULA 01 MIDIA SOCIAL.pptx
AULA 01 MIDIA SOCIAL.pptx
PatrickAnjos1
 
Socialização de Conteúdo
Socialização de ConteúdoSocialização de Conteúdo
Socialização de Conteúdo
Sérgio Boeck Lüdtke
 
Socialização de conteúdo1
Socialização de conteúdo1Socialização de conteúdo1
Socialização de conteúdo1
Sérgio Boeck Lüdtke
 
Jornalismo: Muito Além do Tempo Real
Jornalismo: Muito Além do Tempo RealJornalismo: Muito Além do Tempo Real
Jornalismo: Muito Além do Tempo Real
Bruno Cardoso
 
Midias sociais
Midias sociaisMidias sociais
Midias sociais
tecampinasoeste
 
Comunicação Integrada em Mídias Sociais
Comunicação Integrada em Mídias SociaisComunicação Integrada em Mídias Sociais
Comunicação Integrada em Mídias Sociais
Walton Adriano
 
Distribuicao conteudos radiofónicos para as redes sociais da Internet
Distribuicao conteudos radiofónicos para as redes sociais da InternetDistribuicao conteudos radiofónicos para as redes sociais da Internet
Distribuicao conteudos radiofónicos para as redes sociais da Internet
Celestino Joanguete
 
Midia Social como ferramenta de trabalho
Midia Social como ferramenta de trabalhoMidia Social como ferramenta de trabalho
Midia Social como ferramenta de trabalho
Mensagens Virtuais
 
Distribuição de conteúdos jornalísticos em Redes Sociais da Internet
Distribuição de conteúdos jornalísticos em Redes Sociais da InternetDistribuição de conteúdos jornalísticos em Redes Sociais da Internet
Distribuição de conteúdos jornalísticos em Redes Sociais da Internet
Celestino Joanguete
 
Mídias sociais
Mídias sociaisMídias sociais
Mídias sociais
Mariana Eyer
 
Mídias sociais
Mídias sociaisMídias sociais
Mídias sociais
Jennyffer Mesquita
 
Mídias sociais
Mídias sociaisMídias sociais
Mídias sociais
Jennyffer Mesquita
 
Blogs e Twitter
Blogs e Twitter Blogs e Twitter
Blogs e Twitter
Lucia Freitas
 
Rumo à biblioteconomia 2.0
Rumo à biblioteconomia 2.0Rumo à biblioteconomia 2.0
Rumo à biblioteconomia 2.0
Bruno Felipe Melo Silva
 
Blogs e Twitter para Semana de Propaganda FMU
Blogs e Twitter para Semana de Propaganda FMUBlogs e Twitter para Semana de Propaganda FMU
Blogs e Twitter para Semana de Propaganda FMU
Lucia Freitas
 
Aula 03 | Curso de Blogs e Redes Sociais | UniBH
Aula 03 | Curso de Blogs e Redes Sociais | UniBHAula 03 | Curso de Blogs e Redes Sociais | UniBH
Aula 03 | Curso de Blogs e Redes Sociais | UniBH
Wander Veroni Maia
 
Magoweb - Social Media
Magoweb - Social MediaMagoweb - Social Media
Magoweb - Social Media
Raphael Segati
 
Otimização de Mídias e Redes Sociais
Otimização de Mídias e Redes SociaisOtimização de Mídias e Redes Sociais
Otimização de Mídias e Redes Sociais
Observatório de Publicidade em Tecnologias Digitais
 
Otimização de mídias e redes sociais
Otimização de mídias e redes sociaisOtimização de mídias e redes sociais
Otimização de mídias e redes sociais
guest3fc044
 

Semelhante a Aula 5 midias sociais (20)

Redes sociais
Redes sociaisRedes sociais
Redes sociais
 
AULA 01 MIDIA SOCIAL.pptx
AULA 01 MIDIA SOCIAL.pptxAULA 01 MIDIA SOCIAL.pptx
AULA 01 MIDIA SOCIAL.pptx
 
Socialização de Conteúdo
Socialização de ConteúdoSocialização de Conteúdo
Socialização de Conteúdo
 
Socialização de conteúdo1
Socialização de conteúdo1Socialização de conteúdo1
Socialização de conteúdo1
 
Jornalismo: Muito Além do Tempo Real
Jornalismo: Muito Além do Tempo RealJornalismo: Muito Além do Tempo Real
Jornalismo: Muito Além do Tempo Real
 
Midias sociais
Midias sociaisMidias sociais
Midias sociais
 
Comunicação Integrada em Mídias Sociais
Comunicação Integrada em Mídias SociaisComunicação Integrada em Mídias Sociais
Comunicação Integrada em Mídias Sociais
 
Distribuicao conteudos radiofónicos para as redes sociais da Internet
Distribuicao conteudos radiofónicos para as redes sociais da InternetDistribuicao conteudos radiofónicos para as redes sociais da Internet
Distribuicao conteudos radiofónicos para as redes sociais da Internet
 
Midia Social como ferramenta de trabalho
Midia Social como ferramenta de trabalhoMidia Social como ferramenta de trabalho
Midia Social como ferramenta de trabalho
 
Distribuição de conteúdos jornalísticos em Redes Sociais da Internet
Distribuição de conteúdos jornalísticos em Redes Sociais da InternetDistribuição de conteúdos jornalísticos em Redes Sociais da Internet
Distribuição de conteúdos jornalísticos em Redes Sociais da Internet
 
Mídias sociais
Mídias sociaisMídias sociais
Mídias sociais
 
Mídias sociais
Mídias sociaisMídias sociais
Mídias sociais
 
Mídias sociais
Mídias sociaisMídias sociais
Mídias sociais
 
Blogs e Twitter
Blogs e Twitter Blogs e Twitter
Blogs e Twitter
 
Rumo à biblioteconomia 2.0
Rumo à biblioteconomia 2.0Rumo à biblioteconomia 2.0
Rumo à biblioteconomia 2.0
 
Blogs e Twitter para Semana de Propaganda FMU
Blogs e Twitter para Semana de Propaganda FMUBlogs e Twitter para Semana de Propaganda FMU
Blogs e Twitter para Semana de Propaganda FMU
 
Aula 03 | Curso de Blogs e Redes Sociais | UniBH
Aula 03 | Curso de Blogs e Redes Sociais | UniBHAula 03 | Curso de Blogs e Redes Sociais | UniBH
Aula 03 | Curso de Blogs e Redes Sociais | UniBH
 
Magoweb - Social Media
Magoweb - Social MediaMagoweb - Social Media
Magoweb - Social Media
 
Otimização de Mídias e Redes Sociais
Otimização de Mídias e Redes SociaisOtimização de Mídias e Redes Sociais
Otimização de Mídias e Redes Sociais
 
Otimização de mídias e redes sociais
Otimização de mídias e redes sociaisOtimização de mídias e redes sociais
Otimização de mídias e redes sociais
 

Mais de aulasdejornalismo

Modelo de pauta para jornal laboratório
Modelo de pauta para jornal laboratórioModelo de pauta para jornal laboratório
Modelo de pauta para jornal laboratório
aulasdejornalismo
 
Modelo de Espelho
Modelo de EspelhoModelo de Espelho
Modelo de Espelho
aulasdejornalismo
 
ANÁLISE DE IMAGEM - EXERCÍCIO
ANÁLISE DE IMAGEM - EXERCÍCIOANÁLISE DE IMAGEM - EXERCÍCIO
ANÁLISE DE IMAGEM - EXERCÍCIO
aulasdejornalismo
 
Análise de imagem
Análise de imagemAnálise de imagem
Análise de imagem
aulasdejornalismo
 
Oficina de jornalismo literário 2014
Oficina de jornalismo literário   2014Oficina de jornalismo literário   2014
Oficina de jornalismo literário 2014
aulasdejornalismo
 
Aula 5 ENTREVISTA
Aula 5   ENTREVISTAAula 5   ENTREVISTA
Aula 5 ENTREVISTA
aulasdejornalismo
 
Aula 4 FONTES
Aula 4  FONTESAula 4  FONTES
Aula 4 FONTES
aulasdejornalismo
 
Aula 3 PAUTA
Aula 3   PAUTAAula 3   PAUTA
Aula 3 PAUTA
aulasdejornalismo
 
Aula 2 SER REPÓRTER
Aula 2   SER REPÓRTERAula 2   SER REPÓRTER
Aula 2 SER REPÓRTER
aulasdejornalismo
 
Aula 1 GÊNEROS
Aula 1  GÊNEROSAula 1  GÊNEROS
Aula 1 GÊNEROS
aulasdejornalismo
 
Aula 4 classificação 2
Aula 4   classificação 2Aula 4   classificação 2
Aula 4 classificação 2
aulasdejornalismo
 
Infografia aula 1
Infografia   aula 1Infografia   aula 1
Infografia aula 1
aulasdejornalismo
 
Aula 1 Introducao, Tipologia - Agencias
Aula 1   Introducao, Tipologia  - AgenciasAula 1   Introducao, Tipologia  - Agencias
Aula 1 Introducao, Tipologia - Agencias
aulasdejornalismo
 
Aula 3 - Infografia
Aula 3 - InfografiaAula 3 - Infografia
Aula 3 - Infografia
aulasdejornalismo
 
Aula 2 - Infografia
Aula 2 - InfografiaAula 2 - Infografia
Aula 2 - Infografia
aulasdejornalismo
 
PLANO DE ENSINO - EDITORAÇÃO ELETRONICA
PLANO DE ENSINO - EDITORAÇÃO ELETRONICAPLANO DE ENSINO - EDITORAÇÃO ELETRONICA
PLANO DE ENSINO - EDITORAÇÃO ELETRONICA
aulasdejornalismo
 
PLANO DE ENSINO - AGÊNCIA DE NOTÍCIAS
PLANO DE ENSINO - AGÊNCIA DE NOTÍCIASPLANO DE ENSINO - AGÊNCIA DE NOTÍCIAS
PLANO DE ENSINO - AGÊNCIA DE NOTÍCIAS
aulasdejornalismo
 
Aula 1 Surgimento das Agências de Notícias
Aula 1   Surgimento das Agências de NotíciasAula 1   Surgimento das Agências de Notícias
Aula 1 Surgimento das Agências de Notícias
aulasdejornalismo
 
Eduardo campos texto
Eduardo campos   textoEduardo campos   texto
Eduardo campos texto
aulasdejornalismo
 
Paradigma culturológico
Paradigma culturológicoParadigma culturológico
Paradigma culturológico
aulasdejornalismo
 

Mais de aulasdejornalismo (20)

Modelo de pauta para jornal laboratório
Modelo de pauta para jornal laboratórioModelo de pauta para jornal laboratório
Modelo de pauta para jornal laboratório
 
Modelo de Espelho
Modelo de EspelhoModelo de Espelho
Modelo de Espelho
 
ANÁLISE DE IMAGEM - EXERCÍCIO
ANÁLISE DE IMAGEM - EXERCÍCIOANÁLISE DE IMAGEM - EXERCÍCIO
ANÁLISE DE IMAGEM - EXERCÍCIO
 
Análise de imagem
Análise de imagemAnálise de imagem
Análise de imagem
 
Oficina de jornalismo literário 2014
Oficina de jornalismo literário   2014Oficina de jornalismo literário   2014
Oficina de jornalismo literário 2014
 
Aula 5 ENTREVISTA
Aula 5   ENTREVISTAAula 5   ENTREVISTA
Aula 5 ENTREVISTA
 
Aula 4 FONTES
Aula 4  FONTESAula 4  FONTES
Aula 4 FONTES
 
Aula 3 PAUTA
Aula 3   PAUTAAula 3   PAUTA
Aula 3 PAUTA
 
Aula 2 SER REPÓRTER
Aula 2   SER REPÓRTERAula 2   SER REPÓRTER
Aula 2 SER REPÓRTER
 
Aula 1 GÊNEROS
Aula 1  GÊNEROSAula 1  GÊNEROS
Aula 1 GÊNEROS
 
Aula 4 classificação 2
Aula 4   classificação 2Aula 4   classificação 2
Aula 4 classificação 2
 
Infografia aula 1
Infografia   aula 1Infografia   aula 1
Infografia aula 1
 
Aula 1 Introducao, Tipologia - Agencias
Aula 1   Introducao, Tipologia  - AgenciasAula 1   Introducao, Tipologia  - Agencias
Aula 1 Introducao, Tipologia - Agencias
 
Aula 3 - Infografia
Aula 3 - InfografiaAula 3 - Infografia
Aula 3 - Infografia
 
Aula 2 - Infografia
Aula 2 - InfografiaAula 2 - Infografia
Aula 2 - Infografia
 
PLANO DE ENSINO - EDITORAÇÃO ELETRONICA
PLANO DE ENSINO - EDITORAÇÃO ELETRONICAPLANO DE ENSINO - EDITORAÇÃO ELETRONICA
PLANO DE ENSINO - EDITORAÇÃO ELETRONICA
 
PLANO DE ENSINO - AGÊNCIA DE NOTÍCIAS
PLANO DE ENSINO - AGÊNCIA DE NOTÍCIASPLANO DE ENSINO - AGÊNCIA DE NOTÍCIAS
PLANO DE ENSINO - AGÊNCIA DE NOTÍCIAS
 
Aula 1 Surgimento das Agências de Notícias
Aula 1   Surgimento das Agências de NotíciasAula 1   Surgimento das Agências de Notícias
Aula 1 Surgimento das Agências de Notícias
 
Eduardo campos texto
Eduardo campos   textoEduardo campos   texto
Eduardo campos texto
 
Paradigma culturológico
Paradigma culturológicoParadigma culturológico
Paradigma culturológico
 

Aula 5 midias sociais

  • 2. http://www.youtube.com/watch?v=67bkb0uqtaw
  • 3. São sites que permitem a interação, criação e compartilhamento de informações e conteúdos pelos próprios indivíduos.  Nelas, o internauta é produtor e consumidor de informação. (paradigma: todos-todos)
  • 4. Nas mídias tradicionais (televisão, jornal e rádio) a interatividade é mínima e o conteúdo veiculado por elas é produzido por especialistas (jornalistas) e controlado por poucos (publishers – proprietários dos meios de comunicação)  Nas mídias sociais não existe controle da informação veiculada
  • 5. As mídias sociais contêm ferramentas colaborativas e de relacionamento, permitindo a troca de mensagens entre si, criação de grupos, comunidades e organização de interesses em comum. Podem veicular conteúdo em texto, em áudio e em vídeo.  As mídias sociais fazem sucesso porque colocam o homem em contato com os seus semelhantes que estão agrupados em comunidades (tribos)
  • 6. Mídias sociais são o conjunto de todos os tipos e formas de mídias colaborativas (Youtube, Flickr, blogs, sites colaborativos (Delicious, Digg), sites de relacionamento (Orkut, Facebook e Myspace).  No entanto, nem todas elas envolvem, de fato, redes sociais.
  • 7. As redes sociais propriamente ditas são os sites de interação e troca de informações entre pessoas. (Orkut, Facebook, Linkedin)  As mídias sociais abrigam as redes sociais.
  • 8. As redes sociais são formadas pelo relacionamento e troca de informações entre seus membros.  Um membro de uma comunidade tem a capacidade de não apenas influenciar outro companheiro, mas uma comunidade inteira, que influencia outras comunidades ou indivíduos em progressão geométrica, criando o chamado “efeito viral”
  • 9. Pôneis Malditos (2011)  http://www.youtube.com/watch?v=X3yGSJE53kU
  • 10. Para nossa alegria (2012)  http://www.youtube.com/watch?v=K02Cxo3fAC8
  • 12. Na nova mídia, o crowdsourcing passa a ser um enorme diferencial. O jornalismo colaborativo (ou jornalismo cidadão), produzido pelos próprios usuários, passa a ganhar cada vez mais espaço.  Vale lembrar a mudança de paradigma quanto ao conceito dos Gatekeepers. Agora não é mais apenas o jornalista que decide o que é notícia. O efeito viral, aliado ao crowdsourcing, são capazes de pautar a velha mídia.
  • 13. Manchetes O veículo solicita a participação de internautas a partir de testemunhos.
  • 14. Investigação Ocorre quando existe a denúncia pública e a investigação de um profissional.
  • 15. Observação Coleta de dados a partir da observação das discussões em fóruns e comentários de Notícias (Twitter, Facebook, comentários). Os próprios comentários acabam gerando novas notícias.
  • 16. A grande audiência das mídias sociais gera dois fenômenos em termos de comunicação:  Positivo: mídia forte, com boa audiência, extremamente segmentada e a custo baixo  Negativo: qualquer um pode fazer isso, em termos de jornalismo, e assim sendo, a credibilidade da notícia, muitas vezes, é questionável.
  • 17. Viral divulgado a fictícia versão do U2 cantando Michel Telló  http://www.youtube.com/watch?v=kHFytyd07cM
  • 18. SBT divulga falso vídeo como verdadeiro  http://www.youtube.com/watch?v=hDJUFWY_Vho
  • 20. Podem ser utilizadas para:  Conhecer o público-alvo  Estimular a interatividade  Elaboração de pautas e novas reportagens
  • 21. Estratificar o público leitor de notícias, traçar um perfil social do internauta e leitor de um site, por exemplo
  • 22. Por meio de enquetes, fóruns  Estímulo ao debate sobre temas pertinentes e polêmicos  Conhecer o ponto de vista do leitor
  • 23. A partir dos comentários num fórum, por exemplo, é possível desdobrar uma pauta ou realizar um novo enfoque sobre determinado tema, gerando novas reportagens  Buscar fontes e perfis refinados para a produção de reportagens
  • 25. 1° – Facebook.com 2° – Youtube.com 3° – Orkut.com 4° – Twitter.com 5° – LinkedIn.com 6° – Flickr.com 7° – Badoo.com 8° - Dihitt.com.br 9° – Ning.com 10° – Foursquare.com (dados: dez/2011, Alexa)
  • 26. 1° – Facebook.com 2° – Youtube.com 3° – Twitter.com 4° – LiveJournal.com 5° - MySpace.com 6° - LinkedIn.com 7° – Badoo.com 8° - Orkut.com 9° – Tagged.com 10° – Ning.com (dados: dez/2011, Alexa)
  • 27. Assistir vídeos pela internet;  Escutar músicas/rádios online ao vivo;  Criar perfil em alguma rede social;  Criar blogs, ler e comentar em outros blogs;  Fazer upload de fotos pessoais em algum site de compartilhamento de fotos.
  • 28. Atualmente existem, aproximadamente, 625 milhões de usuários de internet. Os cinco maiores países na rede: 1) China; 2) Estados Unidos; 3) Alemanha; 4) Brasil; 5) Japão.
  • 30. Para saber poder tirar o máximo de proveito das mídias sociais é necessário entender o mecanismo de funcionamento delas, e o que cada uma pode oferecer em termos de especificidade  Vejamos a seguir um panorama das principais mídias sociais. O que cada uma pode oferecer em termos de jornalismo.
  • 31. O Blog em essência é uma mídia social, pois nele é possível o indivíduo produzir conteúdo (muitas vezes com mais propriedade que um profissional da notícia) e esse mesmo conteúdo pode ser comentado por outros internautas. A vantagem é que o conteúdo lido por um internauta pode ser replicado para outros sites, ampliando a audiência do blog  O que um blogueiro posta num blog pode ser redirecionado para outro, num movimento contínuo. Com a divulgação, o conteúdo postado pode ganhar notoriedade. 
  • 32. Como exemplo citamos o Ladybug, que é um Blog que recomenda a leitura de outros Blogs. O conteúdo é extremamente variado
  • 33. Posts – inserção de conteúdo (artigos)  Permalink – visualizado como o conjunto de posts antigos colocados dentro de um site. Permite o acesso a conteúdo já utilizado pelo blog.  Os posts podem ser organizados por categorias (que servem como menus de navegação nos artigos) ou por tags (palavras chaves relaconadas aos artigos postados)
  • 34. Layout – extremamente simples, para facilitar a sua personalização (cabeçalho, menu, área central e barras laterais (1 ou 2) onde é possível disponibilizar uma série de ferramentas (busca, lista de links, calendário, vídeos etc)  Comentários – espaço para interação com o Blog (podem ser ou não moderados)  Pings e Trackbacks – permitem identificar quando um artigo seu foi citado em outro blog  RSS Feed – resumo dos últimos posts, que pode ser disponibilizado como assinatura para o leitor
  • 35. É uma mídia social útil para veiculação e compartilhamento de vídeos.  Para o jornalismo ele possui uma ferramenta em especial, o Youtube Direct, que permite que qualquer usuário envie vídeos jornalísticos para as empresas de comunicação previamente cadastradas. O problema é que o serviço é em inglês e vinculado às emissoras norte-americanas.  No entanto, no Brasil, você pode fazer uma vídeo- reportagem e postá-lo no Youtube. E em seguida pode fazer a divulgação via releases, para veículos estratégicos, fazendo a referência do link.
  • 36. Trata-se de uma excelente oportunidade de flagrantes típicos do jornalismo colaborativo.  Os vídeos podem ser replicados no Orkut e Facebook, aumentando a audiência  O Youtube ainda permite a criação de canais, refinando a audiência e o conteúdo.  O canal funciona como uma página com vídeos postados. É como se fosse um site pessoal dentro do Youtube
  • 37. Site de relacionamentos  Chegou a deter 86% do mercado no Brasil(McCann)  11% do mercado mundial No jornalismo  Localização de fontes específicas  Verificação de perfis de personagens
  • 38. A maior rede social do mundo  Tem mais ferramentas que o similar orkut No jornalismo: uso idêntico ao orkut, divulgação, interatividade.
  • 39. Voltada para o relacionamento profissional  Funciona a partir de contados na vida real  Jornalisticamente é indicado para fazer networking
  • 40. Microblog Jornalisticamente Talvez, o mais versátil para o uso no jornalismo, graças aos seus inúmeros aplicativos:  Procura de fontes  Busca de declarações  Rápida atualização  Divulgação de conteúdo  Métrica social Personalização