SlideShare uma empresa Scribd logo
ARS Análise de Redes Sociais
PROF. ME. WESLEY MOREIRA PINHEIRO
DOUTORANDO EMADMINISTRAÇÃO
MESTRE EMADMINISTRAÇÃO
GRADUADO EM MARKETING E MATEMÁTICA
O QUE É ARS?
É uma área científica centrada no
estudo das relações, muitas vezes
definidas como redes sociais.
O termo rede social foi cunhado em 1954 por John Barnes
Em sua forma básica, uma rede social é uma rede onde as
ligações entre organizações ou pessoas são uma forma de
conexão, como a amizade, a família o trabalho.
O QUE É ARS?
A Análise de Redes Sociais analisa o conjunto dessas
relações para identificar correlações de interesse,
dinâmicas de poder, influências, etc.
Análise de Redes Sociais também é chamada de análise de rede,
análise estrutural, bem como o estudo das relações humanas.
O estudo científico de ligar os pontos.
Parte da compreensão de como os elementos de
um conjunto estão ligados entre si.
A análise de redes sociais baseia-se na SOCIOMETRIA,
desenvolvida por Jacob Moreno nos anos de 1930, a
partir da análise de grupos e relacionamentos entre os
indivíduos.
Buscava-se entender as motivações e
percepções individuais com o apoio da
análise dos formatos dos grupos, por
meio das suas relações.
Com isso é possível identificar a
formação de rede familiar e de rede no
ambiente da escola, por exemplo.
ORIGEM
ARS
Hoje, o termo Análise de Redes Sociais (ou ARS) é
usado para se referir à análise de qualquer rede,
quando as relações se dão entre um único tipo de
agentes ou coisas (pessoas, funções, organizações),
ou no máximo dois tipos (por exemplo, as pessoas e
os grupos a que pertencem).
Mídias Sociais: ambientes digitais que se
baseiam na inteligência coletiva e conteúdo
gerado pelo usuário. Ex: Wikipedia, Jornais
Eletrônicos,Youtube, Blogs, Facebook.
Sites de Redes Sociais: Youtube, Facebook,
Instagram, Tinder (aplicativos e sites específicos
de relacionamentos).
X
COMO SÃO FORMADAS AS REDES?
As redes podem ser centralizadas, descentralizadas ou distribuídas
EXEMPLO
http://moviegalaxies.com/
EXEMPLO
http://moviegalaxies.com/
EXEMPLO
http://moviegalaxies.com/
FORMAÇÃO DE REDE EMTEMPO REAL
http://flocker.outliers.es/
Rede em torno da hashtag vma
FORMAÇÃO DE REDE EMTEMPO REAL
http://flocker.outliers.es/
Rede em torno da hashtag vma
FORMAÇÃO DE REDE EMTEMPO REAL
http://flocker.outliers.es/
Rede em torno da hashtag vma
FORMAÇÃO DE REDE EMTEMPO REAL
http://flocker.outliers.es/
FORMAÇÃO DE REDE EMTEMPO REAL
http://flocker.outliers.es/
FORMAÇÃO DE REDE EMTEMPO REAL
http://flocker.outliers.es/
Usamos métricas e ferramentas, baseados na
matemática da teoria dos grafos (gráficos), que
são aplicáveis, independentemente do tipo de
elemento da rede ou da razão para as conexões.
COMO ANALISAMOS AS REDES?
AS REDES SOCIAIS SÃO FORMADAS
POR LAÇOS FORTES E FRACOS.
Os laços fortes estão ligados aos amigos de longa data, aos
familiares, aos relacionamentos amorosos, enquanto os laços
fracos estão ligados aos colegas de trabalho, de escola, ou
mesmo meros conhecidos por meio de um ambiente.
NÓS e LAÇOS
NÓ: o objeto, o elemento de observação e análise.
LAÇOS: as conexões, o elo entre os elementos.
Por exemplo: no Twitter, cada nó representa um
perfil e cada ligação representa um laço, como
menções, retweets ou seguidores.
Cada ponto, ou nó na rede representa uma pessoa, perfil
ou elemento (conteúdo).
Nós: Perfis, hashtags, fanpages, blogs, canais no
Youtube.
Laços (também chamados de Arestas): menções,
marcações, seguidores, likes, compartilhamentos,
inscrição em canal.
As arestas podem ser direcionadas ou não-direcionadas.
ARESTAS
Não-direcionada: não existe uma direção que vai de um nó ao outro:
Exemplo: Amizade, participação em grupo, hashtags.
Direcionada: existe uma direção que vai de um nó a outro:
Exemplo: Hierarquia profissional; marcações, retweets, seguidores e links
de blogs.
Como entender as direções das arestas?
Qual a diferença entre Amizade no Facebook e Seguidores doTwitter?
Enquanto em relação ao seguidor, há uma direção.
Um perfil pode seguir e não ser seguido, ou seguir e ser seguido, logo pode
ter duas direções.
A amizade é uma ligação automática entre as partes, logo não
tem direção.
ARESTAS
Como os nós são medidos?
Pelos graus de conexões, ou seja pela quantidades de arestas.
NÓ 1 possui apenas 1 grau.
NÓ 2 possui 3 graus
NÓ 3 possui 2 graus
NÓ 4 possui 3 graus
NÓ 5 possui 3 graus
Como sabemos se um grau tem maior intensidade
de do que o outro?
PELA DIREÇÃO DAS ARESTAS
ARESTAS
Graus de entrada: o nó recebe ligações pelas arestas
Graus de saída: o nó envia ligações pelas arestas
MÉTRICA DE CENTRALIDADE
O que significa o grau de entrada alto?
• Pode ser um perfil muito retuitado por publicar um texto
engajador (política, humor, frases de efeito, etc);
• Perfil muito compartilhado por publicar novidades,
conteúdos interessantes.
• Menções, indicações, likes, marcações a um determinado
usuário ou mesmo uma fanpage.
• Movimento de citações em massa, como ataques ou
discussões.
O que significa o grau de saída alto?
• Perfil muito engajado que retuita ou envia mensagens a
outros usuários indicando conteúdo, compartilhamento.
• Fãs mencionando e respondendo perfis de celebridades.
• Perfis de SAC e Relacionamento, devido às respostas
enviadas para os consumidores
• Perfis em conversa em torno de hashtag de eventos.
PARTE II
REPRESENTAÇÃO E ESTRUTURA DOSARQUIVOS DE REDE
COMO COLETAR DA DADOS?
Defina a mídia, o período de coleta, os nós e as arestas que serão usados
#DebatedaBand Teste 1 – 23:30 Teste 2 00:36
Total de nós 10.288 5.298
Total de Conexões 14.373 7.066
Total de Tweets 18.000 7.942
COMO EXTRAIR DADOS DO TWITTER?
https://docs.fabric.io/apple/twitter/overview.html
COMO EXTRAIR DADOS DO TWITTER?
http://datasift.com/
ANÁLISE DE REDES: COLETA DETWITTER
BLUENOD:
1.Acesse bluenod.com
2.Gere rede com alguma hashtag de seu interesse
3.Explore os principais influenciadores e seus tweets
ANÁLISE DE REDES: COLETA DE FACEBOOK
NodeXL
O software NodeXL é um dos grandes responsáveis pela
popularização de análise de redes para mídias sociais.
O NodeXL permite diversos tipos de coleta de redes de
indivíduos/perfis e conteúdo em Twitter, Facebook, Flickr,
YouTube e e-mails.
http://nodexl.codeplex.com/
Gephi
O Gephi, hoje é um dos mais utilizados para todos os tipos de
sistemas complexos e não só análise de redes sociais.
https://gephi.org/
Netlytic
Desenvolvido por Anatoliy Gruzd, diretor do Social Media
Lab e colaboradores, o Netlytics é um software online de
análise de redes e texto a partir de diversas mídias sociais.
É possível coletar dados de APIs abertas e buscas do Twitter,
Facebook, Instagram, YouTube, RSSs e ainda extrair dados
de texto, CSV ou Google Drive.
Uma das vantagens, a depender do escopo da pesquisa,
são os valores. Os dois primeiros planos com
respectivamente 2500 e 10.000 registros, são gratuitos
para estudantes, interessados e pesquisadores.
https://netlytic.org/home/
BrandCare
Ferramenta australiano-brasileira, foi uma das pioneiras no Brasil
ao lançar seus módulos de análise de redes sociais para Twitter,
Instagram e Facebook.
QUAL A UTILIDADE DA ARS?
• Análises mercadológicas de consumo, relacionamento
com marcas, Influência de usuários, comportamento do
consumidor, etc.
• Trabalhos acadêmicos como Iniciação Científica.
• Método de pesquisa parcial ou total emTCC / Monografia
http://portalintercom.org.br/anais/nacional2016/resumos/R11-0278-1.pdf
POR ONDE COMEÇAR?
http://www.ibpad.com.br/
BONS ESTUDOS!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Teorias da Comunicação Digital 01
Teorias da Comunicação Digital 01Teorias da Comunicação Digital 01
Teorias da Comunicação Digital 01
Pablo Moreno
 
O que é BIG DATA e como pode influenciar nossas vidas
O que é BIG DATA e como pode influenciar nossas vidasO que é BIG DATA e como pode influenciar nossas vidas
O que é BIG DATA e como pode influenciar nossas vidas
Elaine Naomi
 
TWITTER
TWITTERTWITTER
Ensino Remoto, Educação a Distância ou Educação online?
Ensino Remoto, Educação a Distância ou Educação online?Ensino Remoto, Educação a Distância ou Educação online?
Ensino Remoto, Educação a Distância ou Educação online?
Mariano Pimentel
 
Endomarketing: O colaborador na mira da comunicação corporativa
Endomarketing: O colaborador na mira da comunicação corporativa Endomarketing: O colaborador na mira da comunicação corporativa
Endomarketing: O colaborador na mira da comunicação corporativa
Comunicação Integrada - Cursos e Soluções (Isabela Pimentel)
 
Les dangers des réseaux sociaux
Les dangers des réseaux sociauxLes dangers des réseaux sociaux
Les dangers des réseaux sociaux
Olivier LABRY
 
[1º ano] Sociologia: Texto "O Estudo da Sociologia"
[1º ano] Sociologia: Texto "O Estudo da Sociologia"[1º ano] Sociologia: Texto "O Estudo da Sociologia"
[1º ano] Sociologia: Texto "O Estudo da Sociologia"
Karoline Rodrigues de Melo
 
AULA 9 - INTRODUÇÃO À CIBERSEGURANÇA
AULA 9 - INTRODUÇÃO À CIBERSEGURANÇAAULA 9 - INTRODUÇÃO À CIBERSEGURANÇA
AULA 9 - INTRODUÇÃO À CIBERSEGURANÇA
MaraLuizaGonalvesFre
 
AULA 02 - TE - CORES.pptx
AULA 02 - TE - CORES.pptxAULA 02 - TE - CORES.pptx
AULA 02 - TE - CORES.pptx
ALEXANDRELISBADASILV
 
Facebook: cuidados a ter
Facebook: cuidados a terFacebook: cuidados a ter
Facebook: cuidados a ter
Agrupamento de Escolas da Batalha
 
Formation "Les Réseaux sociaux et leur fondamentaux"
Formation "Les Réseaux sociaux et leur fondamentaux"Formation "Les Réseaux sociaux et leur fondamentaux"
Formation "Les Réseaux sociaux et leur fondamentaux"
Florence Bride Consult
 
What is social media?
What is social media?What is social media?
What is social media?
WheresOllie
 
Aula 9 adolescentes e a mídia
Aula 9 adolescentes e a mídiaAula 9 adolescentes e a mídia
Aula 9 adolescentes e a mídia
ariadnemonitoria
 
Redes Sociais
Redes SociaisRedes Sociais
Redes Sociais
Pedro de Vasconcellos
 
Redes Sociais, Midias Sociais e Colaboracao em Rede
Redes Sociais, Midias Sociais e Colaboracao em RedeRedes Sociais, Midias Sociais e Colaboracao em Rede
Redes Sociais, Midias Sociais e Colaboracao em Rede
Elizabeth Fantauzzi
 
Atividades de sociologia
Atividades de sociologiaAtividades de sociologia
Atividades de sociologia
Atividades Diversas Cláudia
 
Actividad integradora 6 semana 3 "Crear un recurso multimedia"
Actividad integradora 6 semana 3 "Crear un recurso multimedia"Actividad integradora 6 semana 3 "Crear un recurso multimedia"
Actividad integradora 6 semana 3 "Crear un recurso multimedia"
AlonsoHerNandez68
 
Intégrer les réseaux sociaux dans sa stratégie de communication
Intégrer les réseaux sociaux dans sa stratégie de communicationIntégrer les réseaux sociaux dans sa stratégie de communication
Intégrer les réseaux sociaux dans sa stratégie de communication
Comunited
 
Análise de Redes Sociais
Análise de Redes SociaisAnálise de Redes Sociais
Análise de Redes Sociais
Inês Amaral
 
Atelier communiquer sur son projet
Atelier communiquer sur son projetAtelier communiquer sur son projet
Atelier communiquer sur son projet
EnactusFrance
 

Mais procurados (20)

Teorias da Comunicação Digital 01
Teorias da Comunicação Digital 01Teorias da Comunicação Digital 01
Teorias da Comunicação Digital 01
 
O que é BIG DATA e como pode influenciar nossas vidas
O que é BIG DATA e como pode influenciar nossas vidasO que é BIG DATA e como pode influenciar nossas vidas
O que é BIG DATA e como pode influenciar nossas vidas
 
TWITTER
TWITTERTWITTER
TWITTER
 
Ensino Remoto, Educação a Distância ou Educação online?
Ensino Remoto, Educação a Distância ou Educação online?Ensino Remoto, Educação a Distância ou Educação online?
Ensino Remoto, Educação a Distância ou Educação online?
 
Endomarketing: O colaborador na mira da comunicação corporativa
Endomarketing: O colaborador na mira da comunicação corporativa Endomarketing: O colaborador na mira da comunicação corporativa
Endomarketing: O colaborador na mira da comunicação corporativa
 
Les dangers des réseaux sociaux
Les dangers des réseaux sociauxLes dangers des réseaux sociaux
Les dangers des réseaux sociaux
 
[1º ano] Sociologia: Texto "O Estudo da Sociologia"
[1º ano] Sociologia: Texto "O Estudo da Sociologia"[1º ano] Sociologia: Texto "O Estudo da Sociologia"
[1º ano] Sociologia: Texto "O Estudo da Sociologia"
 
AULA 9 - INTRODUÇÃO À CIBERSEGURANÇA
AULA 9 - INTRODUÇÃO À CIBERSEGURANÇAAULA 9 - INTRODUÇÃO À CIBERSEGURANÇA
AULA 9 - INTRODUÇÃO À CIBERSEGURANÇA
 
AULA 02 - TE - CORES.pptx
AULA 02 - TE - CORES.pptxAULA 02 - TE - CORES.pptx
AULA 02 - TE - CORES.pptx
 
Facebook: cuidados a ter
Facebook: cuidados a terFacebook: cuidados a ter
Facebook: cuidados a ter
 
Formation "Les Réseaux sociaux et leur fondamentaux"
Formation "Les Réseaux sociaux et leur fondamentaux"Formation "Les Réseaux sociaux et leur fondamentaux"
Formation "Les Réseaux sociaux et leur fondamentaux"
 
What is social media?
What is social media?What is social media?
What is social media?
 
Aula 9 adolescentes e a mídia
Aula 9 adolescentes e a mídiaAula 9 adolescentes e a mídia
Aula 9 adolescentes e a mídia
 
Redes Sociais
Redes SociaisRedes Sociais
Redes Sociais
 
Redes Sociais, Midias Sociais e Colaboracao em Rede
Redes Sociais, Midias Sociais e Colaboracao em RedeRedes Sociais, Midias Sociais e Colaboracao em Rede
Redes Sociais, Midias Sociais e Colaboracao em Rede
 
Atividades de sociologia
Atividades de sociologiaAtividades de sociologia
Atividades de sociologia
 
Actividad integradora 6 semana 3 "Crear un recurso multimedia"
Actividad integradora 6 semana 3 "Crear un recurso multimedia"Actividad integradora 6 semana 3 "Crear un recurso multimedia"
Actividad integradora 6 semana 3 "Crear un recurso multimedia"
 
Intégrer les réseaux sociaux dans sa stratégie de communication
Intégrer les réseaux sociaux dans sa stratégie de communicationIntégrer les réseaux sociaux dans sa stratégie de communication
Intégrer les réseaux sociaux dans sa stratégie de communication
 
Análise de Redes Sociais
Análise de Redes SociaisAnálise de Redes Sociais
Análise de Redes Sociais
 
Atelier communiquer sur son projet
Atelier communiquer sur son projetAtelier communiquer sur son projet
Atelier communiquer sur son projet
 

Destaque

Congresso E-Commerce Brasil - Sistema tributário e os desafios para o e-commerce
Congresso E-Commerce Brasil - Sistema tributário e os desafios para o e-commerceCongresso E-Commerce Brasil - Sistema tributário e os desafios para o e-commerce
Congresso E-Commerce Brasil - Sistema tributário e os desafios para o e-commerce
E-Commerce Brasil
 
Diferença dos protestos nas redes sociais: o #VemPraRua entre 2013 e 2015
Diferença dos protestos nas redes sociais: o #VemPraRua entre 2013 e 2015Diferença dos protestos nas redes sociais: o #VemPraRua entre 2013 e 2015
Diferença dos protestos nas redes sociais: o #VemPraRua entre 2013 e 2015
fabiomalini
 
Crítica e internet
Crítica e internetCrítica e internet
Crítica e internet
fabiomalini
 
Ensaio: os rótulos e as ‘verdades’ absolutas
Ensaio: os rótulos e as ‘verdades’ absolutasEnsaio: os rótulos e as ‘verdades’ absolutas
Ensaio: os rótulos e as ‘verdades’ absolutas
fcmatosbh
 
#DataScience e Ação Coletiva. slide #ArenaNetMundial
#DataScience e Ação Coletiva. slide #ArenaNetMundial#DataScience e Ação Coletiva. slide #ArenaNetMundial
#DataScience e Ação Coletiva. slide #ArenaNetMundial
fabiomalini
 
Fórum de Líderes - "Desafios e Tendências do Varejo"
Fórum de Líderes - "Desafios e Tendências do Varejo"Fórum de Líderes - "Desafios e Tendências do Varejo"
Fórum de Líderes - "Desafios e Tendências do Varejo"
beautyfair
 
Visões preliminares do #VemPraRua
Visões preliminares do #VemPraRua Visões preliminares do #VemPraRua
Visões preliminares do #VemPraRua
fabiomalini
 
Genealogia da internet (parte 3 - convergência e web 1.0 )
Genealogia da internet (parte 3 - convergência e web 1.0 )Genealogia da internet (parte 3 - convergência e web 1.0 )
Genealogia da internet (parte 3 - convergência e web 1.0 )
fabiomalini
 
As funções do administrador e a prática docente (ensaio)
As funções do administrador e a prática docente (ensaio)As funções do administrador e a prática docente (ensaio)
As funções do administrador e a prática docente (ensaio)
fcmatosbh
 
Genealogia da internet (a cultura p2p)
Genealogia da internet (a cultura p2p)Genealogia da internet (a cultura p2p)
Genealogia da internet (a cultura p2p)
fabiomalini
 
Os próximos 20 anos do e-commerce no Brasil: regulamentação, inovação, mercad...
Os próximos 20 anos do e-commerce no Brasil: regulamentação, inovação, mercad...Os próximos 20 anos do e-commerce no Brasil: regulamentação, inovação, mercad...
Os próximos 20 anos do e-commerce no Brasil: regulamentação, inovação, mercad...
E-Commerce Brasil
 
Análises Automatizadas de tweets e posts: filtrando textos no twitter e no fa...
Análises Automatizadas de tweets e posts: filtrando textos no twitter e no fa...Análises Automatizadas de tweets e posts: filtrando textos no twitter e no fa...
Análises Automatizadas de tweets e posts: filtrando textos no twitter e no fa...
fabiomalini
 
Genealogia da internet
Genealogia da internetGenealogia da internet
Genealogia da internet
fabiomalini
 
Ensaio sobre O Caçado sabendo Caçar (Edgar Morin)
Ensaio sobre O Caçado sabendo Caçar (Edgar Morin)Ensaio sobre O Caçado sabendo Caçar (Edgar Morin)
Ensaio sobre O Caçado sabendo Caçar (Edgar Morin)
Luiz Guilherme Leite Amaral
 
Ensaio: Sua tese de doutorado (ou pesquisa) é política?
Ensaio: Sua tese de doutorado (ou pesquisa) é política?Ensaio: Sua tese de doutorado (ou pesquisa) é política?
Ensaio: Sua tese de doutorado (ou pesquisa) é política?
fcmatosbh
 
Forum 2016 - Advanced Customer Aquisition – How to generate visitors without ...
Forum 2016 - Advanced Customer Aquisition – How to generate visitors without ...Forum 2016 - Advanced Customer Aquisition – How to generate visitors without ...
Forum 2016 - Advanced Customer Aquisition – How to generate visitors without ...
E-Commerce Brasil
 
Mulher e Polítca: reflexões sobre a participação da mulher na política
Mulher e Polítca: reflexões sobre a participação da mulher na políticaMulher e Polítca: reflexões sobre a participação da mulher na política
Mulher e Polítca: reflexões sobre a participação da mulher na política
fcmatosbh
 
Refinamento de campanhas com publicacoes de midias sociais
Refinamento de campanhas com publicacoes de midias sociaisRefinamento de campanhas com publicacoes de midias sociais
Refinamento de campanhas com publicacoes de midias sociais
Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados
 
Influenciadores
InfluenciadoresInfluenciadores
Conferência E-Commerce Brasil NORDESTE 2016 - Como vender melhor os serviços ...
Conferência E-Commerce Brasil NORDESTE 2016 - Como vender melhor os serviços ...Conferência E-Commerce Brasil NORDESTE 2016 - Como vender melhor os serviços ...
Conferência E-Commerce Brasil NORDESTE 2016 - Como vender melhor os serviços ...
E-Commerce Brasil
 

Destaque (20)

Congresso E-Commerce Brasil - Sistema tributário e os desafios para o e-commerce
Congresso E-Commerce Brasil - Sistema tributário e os desafios para o e-commerceCongresso E-Commerce Brasil - Sistema tributário e os desafios para o e-commerce
Congresso E-Commerce Brasil - Sistema tributário e os desafios para o e-commerce
 
Diferença dos protestos nas redes sociais: o #VemPraRua entre 2013 e 2015
Diferença dos protestos nas redes sociais: o #VemPraRua entre 2013 e 2015Diferença dos protestos nas redes sociais: o #VemPraRua entre 2013 e 2015
Diferença dos protestos nas redes sociais: o #VemPraRua entre 2013 e 2015
 
Crítica e internet
Crítica e internetCrítica e internet
Crítica e internet
 
Ensaio: os rótulos e as ‘verdades’ absolutas
Ensaio: os rótulos e as ‘verdades’ absolutasEnsaio: os rótulos e as ‘verdades’ absolutas
Ensaio: os rótulos e as ‘verdades’ absolutas
 
#DataScience e Ação Coletiva. slide #ArenaNetMundial
#DataScience e Ação Coletiva. slide #ArenaNetMundial#DataScience e Ação Coletiva. slide #ArenaNetMundial
#DataScience e Ação Coletiva. slide #ArenaNetMundial
 
Fórum de Líderes - "Desafios e Tendências do Varejo"
Fórum de Líderes - "Desafios e Tendências do Varejo"Fórum de Líderes - "Desafios e Tendências do Varejo"
Fórum de Líderes - "Desafios e Tendências do Varejo"
 
Visões preliminares do #VemPraRua
Visões preliminares do #VemPraRua Visões preliminares do #VemPraRua
Visões preliminares do #VemPraRua
 
Genealogia da internet (parte 3 - convergência e web 1.0 )
Genealogia da internet (parte 3 - convergência e web 1.0 )Genealogia da internet (parte 3 - convergência e web 1.0 )
Genealogia da internet (parte 3 - convergência e web 1.0 )
 
As funções do administrador e a prática docente (ensaio)
As funções do administrador e a prática docente (ensaio)As funções do administrador e a prática docente (ensaio)
As funções do administrador e a prática docente (ensaio)
 
Genealogia da internet (a cultura p2p)
Genealogia da internet (a cultura p2p)Genealogia da internet (a cultura p2p)
Genealogia da internet (a cultura p2p)
 
Os próximos 20 anos do e-commerce no Brasil: regulamentação, inovação, mercad...
Os próximos 20 anos do e-commerce no Brasil: regulamentação, inovação, mercad...Os próximos 20 anos do e-commerce no Brasil: regulamentação, inovação, mercad...
Os próximos 20 anos do e-commerce no Brasil: regulamentação, inovação, mercad...
 
Análises Automatizadas de tweets e posts: filtrando textos no twitter e no fa...
Análises Automatizadas de tweets e posts: filtrando textos no twitter e no fa...Análises Automatizadas de tweets e posts: filtrando textos no twitter e no fa...
Análises Automatizadas de tweets e posts: filtrando textos no twitter e no fa...
 
Genealogia da internet
Genealogia da internetGenealogia da internet
Genealogia da internet
 
Ensaio sobre O Caçado sabendo Caçar (Edgar Morin)
Ensaio sobre O Caçado sabendo Caçar (Edgar Morin)Ensaio sobre O Caçado sabendo Caçar (Edgar Morin)
Ensaio sobre O Caçado sabendo Caçar (Edgar Morin)
 
Ensaio: Sua tese de doutorado (ou pesquisa) é política?
Ensaio: Sua tese de doutorado (ou pesquisa) é política?Ensaio: Sua tese de doutorado (ou pesquisa) é política?
Ensaio: Sua tese de doutorado (ou pesquisa) é política?
 
Forum 2016 - Advanced Customer Aquisition – How to generate visitors without ...
Forum 2016 - Advanced Customer Aquisition – How to generate visitors without ...Forum 2016 - Advanced Customer Aquisition – How to generate visitors without ...
Forum 2016 - Advanced Customer Aquisition – How to generate visitors without ...
 
Mulher e Polítca: reflexões sobre a participação da mulher na política
Mulher e Polítca: reflexões sobre a participação da mulher na políticaMulher e Polítca: reflexões sobre a participação da mulher na política
Mulher e Polítca: reflexões sobre a participação da mulher na política
 
Refinamento de campanhas com publicacoes de midias sociais
Refinamento de campanhas com publicacoes de midias sociaisRefinamento de campanhas com publicacoes de midias sociais
Refinamento de campanhas com publicacoes de midias sociais
 
Influenciadores
InfluenciadoresInfluenciadores
Influenciadores
 
Conferência E-Commerce Brasil NORDESTE 2016 - Como vender melhor os serviços ...
Conferência E-Commerce Brasil NORDESTE 2016 - Como vender melhor os serviços ...Conferência E-Commerce Brasil NORDESTE 2016 - Como vender melhor os serviços ...
Conferência E-Commerce Brasil NORDESTE 2016 - Como vender melhor os serviços ...
 

Semelhante a Analise de Redes Sociais

Análise de Redes Sociais
Análise de Redes SociaisAnálise de Redes Sociais
Análise de Redes Sociais
Marco Pinheiro
 
Redes Sociais
Redes SociaisRedes Sociais
Redes Sociais
Elvis Fusco
 
Explore suas redes nas midias sociais
Explore suas redes nas midias sociaisExplore suas redes nas midias sociais
Explore suas redes nas midias sociais
7Bridges
 
SMWSP 2018: Análise de Redes Para Quem Sempre Teve Vergonha de Perguntar (O q...
SMWSP 2018: Análise de Redes Para Quem Sempre Teve Vergonha de Perguntar (O q...SMWSP 2018: Análise de Redes Para Quem Sempre Teve Vergonha de Perguntar (O q...
SMWSP 2018: Análise de Redes Para Quem Sempre Teve Vergonha de Perguntar (O q...
Pedro Meirelles
 
Social Media Network Analysis no Twitter
Social Media Network Analysis no TwitterSocial Media Network Analysis no Twitter
Social Media Network Analysis no Twitter
Social Figures
 
Análise de Redes Sociais / Gephi
Análise de Redes Sociais / GephiAnálise de Redes Sociais / Gephi
Análise de Redes Sociais / Gephi
#MUSEUdeMEMES
 
Módulo 3 b redes sociais
Módulo 3 b   redes sociaisMódulo 3 b   redes sociais
Módulo 3 b redes sociais
Thiago Skárnio
 
Redes sociais
Redes sociaisRedes sociais
Redes sociais
Alquimídia.org
 
Apresentação Webinar – Analytics em Mídia Sociais
Apresentação Webinar – Analytics em Mídia SociaisApresentação Webinar – Analytics em Mídia Sociais
Apresentação Webinar – Analytics em Mídia Sociais
Estanislao Training & Solution
 
Mídias Sociais e Gestão de Crises
Mídias Sociais e Gestão de CrisesMídias Sociais e Gestão de Crises
Mídias Sociais e Gestão de Crises
Laura Dias
 
Diferença nas conversações e conteúdos
Diferença nas conversações e conteúdos Diferença nas conversações e conteúdos
Diferença nas conversações e conteúdos
Jeniffer Santos
 
Análise de Redes para mídias sociais: como mapear discussões políticas no Twi...
Análise de Redes para mídias sociais: como mapear discussões políticas no Twi...Análise de Redes para mídias sociais: como mapear discussões políticas no Twi...
Análise de Redes para mídias sociais: como mapear discussões políticas no Twi...
Felipe Bonow Soares
 
Comportamento do consumidor III
Comportamento do consumidor IIIComportamento do consumidor III
Comportamento do consumidor III
ediqueli
 
Estágio CIES/ISCTE-IUL Ciência Viva OCJF Apresentação Final
Estágio CIES/ISCTE-IUL Ciência Viva OCJF Apresentação FinalEstágio CIES/ISCTE-IUL Ciência Viva OCJF Apresentação Final
Estágio CIES/ISCTE-IUL Ciência Viva OCJF Apresentação Final
jorgehf
 
Estágio CIES/ISCTE-IUL Ciência Viva OCJF Apresentação Final
Estágio CIES/ISCTE-IUL Ciência Viva OCJF Apresentação FinalEstágio CIES/ISCTE-IUL Ciência Viva OCJF Apresentação Final
Estágio CIES/ISCTE-IUL Ciência Viva OCJF Apresentação Final
pedjac
 
Comportamento do consumidor3 ediqueli
Comportamento do consumidor3   ediqueliComportamento do consumidor3   ediqueli
Comportamento do consumidor3 ediqueli
ediqueli
 
01 02-redes e-sociais_conceitos-e-numeros_martha_gabriel
01 02-redes e-sociais_conceitos-e-numeros_martha_gabriel01 02-redes e-sociais_conceitos-e-numeros_martha_gabriel
01 02-redes e-sociais_conceitos-e-numeros_martha_gabriel
marthanmd
 
Rede Sociais - O Que São?
Rede Sociais - O Que São?Rede Sociais - O Que São?
Rede Sociais - O Que São?
Raphael Sperle
 
Redes Sociais (1)
Redes Sociais (1)Redes Sociais (1)
Redes Sociais (1)
Eric Messa
 
Turbine suas redes sociais
Turbine suas redes sociaisTurbine suas redes sociais
Turbine suas redes sociais
lujasmin
 

Semelhante a Analise de Redes Sociais (20)

Análise de Redes Sociais
Análise de Redes SociaisAnálise de Redes Sociais
Análise de Redes Sociais
 
Redes Sociais
Redes SociaisRedes Sociais
Redes Sociais
 
Explore suas redes nas midias sociais
Explore suas redes nas midias sociaisExplore suas redes nas midias sociais
Explore suas redes nas midias sociais
 
SMWSP 2018: Análise de Redes Para Quem Sempre Teve Vergonha de Perguntar (O q...
SMWSP 2018: Análise de Redes Para Quem Sempre Teve Vergonha de Perguntar (O q...SMWSP 2018: Análise de Redes Para Quem Sempre Teve Vergonha de Perguntar (O q...
SMWSP 2018: Análise de Redes Para Quem Sempre Teve Vergonha de Perguntar (O q...
 
Social Media Network Analysis no Twitter
Social Media Network Analysis no TwitterSocial Media Network Analysis no Twitter
Social Media Network Analysis no Twitter
 
Análise de Redes Sociais / Gephi
Análise de Redes Sociais / GephiAnálise de Redes Sociais / Gephi
Análise de Redes Sociais / Gephi
 
Módulo 3 b redes sociais
Módulo 3 b   redes sociaisMódulo 3 b   redes sociais
Módulo 3 b redes sociais
 
Redes sociais
Redes sociaisRedes sociais
Redes sociais
 
Apresentação Webinar – Analytics em Mídia Sociais
Apresentação Webinar – Analytics em Mídia SociaisApresentação Webinar – Analytics em Mídia Sociais
Apresentação Webinar – Analytics em Mídia Sociais
 
Mídias Sociais e Gestão de Crises
Mídias Sociais e Gestão de CrisesMídias Sociais e Gestão de Crises
Mídias Sociais e Gestão de Crises
 
Diferença nas conversações e conteúdos
Diferença nas conversações e conteúdos Diferença nas conversações e conteúdos
Diferença nas conversações e conteúdos
 
Análise de Redes para mídias sociais: como mapear discussões políticas no Twi...
Análise de Redes para mídias sociais: como mapear discussões políticas no Twi...Análise de Redes para mídias sociais: como mapear discussões políticas no Twi...
Análise de Redes para mídias sociais: como mapear discussões políticas no Twi...
 
Comportamento do consumidor III
Comportamento do consumidor IIIComportamento do consumidor III
Comportamento do consumidor III
 
Estágio CIES/ISCTE-IUL Ciência Viva OCJF Apresentação Final
Estágio CIES/ISCTE-IUL Ciência Viva OCJF Apresentação FinalEstágio CIES/ISCTE-IUL Ciência Viva OCJF Apresentação Final
Estágio CIES/ISCTE-IUL Ciência Viva OCJF Apresentação Final
 
Estágio CIES/ISCTE-IUL Ciência Viva OCJF Apresentação Final
Estágio CIES/ISCTE-IUL Ciência Viva OCJF Apresentação FinalEstágio CIES/ISCTE-IUL Ciência Viva OCJF Apresentação Final
Estágio CIES/ISCTE-IUL Ciência Viva OCJF Apresentação Final
 
Comportamento do consumidor3 ediqueli
Comportamento do consumidor3   ediqueliComportamento do consumidor3   ediqueli
Comportamento do consumidor3 ediqueli
 
01 02-redes e-sociais_conceitos-e-numeros_martha_gabriel
01 02-redes e-sociais_conceitos-e-numeros_martha_gabriel01 02-redes e-sociais_conceitos-e-numeros_martha_gabriel
01 02-redes e-sociais_conceitos-e-numeros_martha_gabriel
 
Rede Sociais - O Que São?
Rede Sociais - O Que São?Rede Sociais - O Que São?
Rede Sociais - O Que São?
 
Redes Sociais (1)
Redes Sociais (1)Redes Sociais (1)
Redes Sociais (1)
 
Turbine suas redes sociais
Turbine suas redes sociaisTurbine suas redes sociais
Turbine suas redes sociais
 

Mais de Wesley Pinheiro

Análise de Dados
Análise de DadosAnálise de Dados
Análise de Dados
Wesley Pinheiro
 
Introdução ao Planejamento Estratégico
Introdução ao Planejamento EstratégicoIntrodução ao Planejamento Estratégico
Introdução ao Planejamento Estratégico
Wesley Pinheiro
 
Inovação em Serviços - Nail Bar
Inovação em Serviços - Nail BarInovação em Serviços - Nail Bar
Inovação em Serviços - Nail Bar
Wesley Pinheiro
 
CONFESSAR, MERCANTILIZAR, DEMOCRATIZAR, MAS NÃO DEMONIZAR
CONFESSAR, MERCANTILIZAR, DEMOCRATIZAR, MAS NÃO DEMONIZARCONFESSAR, MERCANTILIZAR, DEMOCRATIZAR, MAS NÃO DEMONIZAR
CONFESSAR, MERCANTILIZAR, DEMOCRATIZAR, MAS NÃO DEMONIZAR
Wesley Pinheiro
 
O método nas Ciências Naturais e Sociais - pesquisa quantitativa e qualitativa.
O método nas Ciências Naturais e Sociais - pesquisa quantitativa e qualitativa.O método nas Ciências Naturais e Sociais - pesquisa quantitativa e qualitativa.
O método nas Ciências Naturais e Sociais - pesquisa quantitativa e qualitativa.
Wesley Pinheiro
 
Grade de Trabalhos SimPEAd
Grade de Trabalhos SimPEAdGrade de Trabalhos SimPEAd
Grade de Trabalhos SimPEAd
Wesley Pinheiro
 
Trabalhos SimPEAd
Trabalhos SimPEAdTrabalhos SimPEAd
Trabalhos SimPEAd
Wesley Pinheiro
 
Understanding the effect of customer relationship management effors on custom...
Understanding the effect of customer relationship management effors on custom...Understanding the effect of customer relationship management effors on custom...
Understanding the effect of customer relationship management effors on custom...
Wesley Pinheiro
 
Evolving to a new dominant logic for marketing
Evolving to a new dominant logic for marketingEvolving to a new dominant logic for marketing
Evolving to a new dominant logic for marketing
Wesley Pinheiro
 
Goodbye and good luck, mr kotler
Goodbye and good luck, mr kotlerGoodbye and good luck, mr kotler
Goodbye and good luck, mr kotler
Wesley Pinheiro
 
Marketing Social nas Redes Sociais
Marketing Social nas Redes SociaisMarketing Social nas Redes Sociais
Marketing Social nas Redes Sociais
Wesley Pinheiro
 
Eleições 2012: Redes Sociais Enquanto Colégio Eleitoral
Eleições 2012: Redes Sociais Enquanto Colégio EleitoralEleições 2012: Redes Sociais Enquanto Colégio Eleitoral
Eleições 2012: Redes Sociais Enquanto Colégio Eleitoral
Wesley Pinheiro
 
Marketing nas Redes Sociais – Uma abordagem prática
Marketing nas Redes Sociais – Uma abordagem práticaMarketing nas Redes Sociais – Uma abordagem prática
Marketing nas Redes Sociais – Uma abordagem prática
Wesley Pinheiro
 
Marketing e Comunicação na Web
Marketing e Comunicação na WebMarketing e Comunicação na Web
Marketing e Comunicação na Web
Wesley Pinheiro
 

Mais de Wesley Pinheiro (14)

Análise de Dados
Análise de DadosAnálise de Dados
Análise de Dados
 
Introdução ao Planejamento Estratégico
Introdução ao Planejamento EstratégicoIntrodução ao Planejamento Estratégico
Introdução ao Planejamento Estratégico
 
Inovação em Serviços - Nail Bar
Inovação em Serviços - Nail BarInovação em Serviços - Nail Bar
Inovação em Serviços - Nail Bar
 
CONFESSAR, MERCANTILIZAR, DEMOCRATIZAR, MAS NÃO DEMONIZAR
CONFESSAR, MERCANTILIZAR, DEMOCRATIZAR, MAS NÃO DEMONIZARCONFESSAR, MERCANTILIZAR, DEMOCRATIZAR, MAS NÃO DEMONIZAR
CONFESSAR, MERCANTILIZAR, DEMOCRATIZAR, MAS NÃO DEMONIZAR
 
O método nas Ciências Naturais e Sociais - pesquisa quantitativa e qualitativa.
O método nas Ciências Naturais e Sociais - pesquisa quantitativa e qualitativa.O método nas Ciências Naturais e Sociais - pesquisa quantitativa e qualitativa.
O método nas Ciências Naturais e Sociais - pesquisa quantitativa e qualitativa.
 
Grade de Trabalhos SimPEAd
Grade de Trabalhos SimPEAdGrade de Trabalhos SimPEAd
Grade de Trabalhos SimPEAd
 
Trabalhos SimPEAd
Trabalhos SimPEAdTrabalhos SimPEAd
Trabalhos SimPEAd
 
Understanding the effect of customer relationship management effors on custom...
Understanding the effect of customer relationship management effors on custom...Understanding the effect of customer relationship management effors on custom...
Understanding the effect of customer relationship management effors on custom...
 
Evolving to a new dominant logic for marketing
Evolving to a new dominant logic for marketingEvolving to a new dominant logic for marketing
Evolving to a new dominant logic for marketing
 
Goodbye and good luck, mr kotler
Goodbye and good luck, mr kotlerGoodbye and good luck, mr kotler
Goodbye and good luck, mr kotler
 
Marketing Social nas Redes Sociais
Marketing Social nas Redes SociaisMarketing Social nas Redes Sociais
Marketing Social nas Redes Sociais
 
Eleições 2012: Redes Sociais Enquanto Colégio Eleitoral
Eleições 2012: Redes Sociais Enquanto Colégio EleitoralEleições 2012: Redes Sociais Enquanto Colégio Eleitoral
Eleições 2012: Redes Sociais Enquanto Colégio Eleitoral
 
Marketing nas Redes Sociais – Uma abordagem prática
Marketing nas Redes Sociais – Uma abordagem práticaMarketing nas Redes Sociais – Uma abordagem prática
Marketing nas Redes Sociais – Uma abordagem prática
 
Marketing e Comunicação na Web
Marketing e Comunicação na WebMarketing e Comunicação na Web
Marketing e Comunicação na Web
 

Último

Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 

Analise de Redes Sociais

  • 1. ARS Análise de Redes Sociais PROF. ME. WESLEY MOREIRA PINHEIRO DOUTORANDO EMADMINISTRAÇÃO MESTRE EMADMINISTRAÇÃO GRADUADO EM MARKETING E MATEMÁTICA
  • 2. O QUE É ARS? É uma área científica centrada no estudo das relações, muitas vezes definidas como redes sociais. O termo rede social foi cunhado em 1954 por John Barnes Em sua forma básica, uma rede social é uma rede onde as ligações entre organizações ou pessoas são uma forma de conexão, como a amizade, a família o trabalho.
  • 3. O QUE É ARS? A Análise de Redes Sociais analisa o conjunto dessas relações para identificar correlações de interesse, dinâmicas de poder, influências, etc. Análise de Redes Sociais também é chamada de análise de rede, análise estrutural, bem como o estudo das relações humanas. O estudo científico de ligar os pontos. Parte da compreensão de como os elementos de um conjunto estão ligados entre si.
  • 4. A análise de redes sociais baseia-se na SOCIOMETRIA, desenvolvida por Jacob Moreno nos anos de 1930, a partir da análise de grupos e relacionamentos entre os indivíduos. Buscava-se entender as motivações e percepções individuais com o apoio da análise dos formatos dos grupos, por meio das suas relações. Com isso é possível identificar a formação de rede familiar e de rede no ambiente da escola, por exemplo. ORIGEM
  • 5. ARS Hoje, o termo Análise de Redes Sociais (ou ARS) é usado para se referir à análise de qualquer rede, quando as relações se dão entre um único tipo de agentes ou coisas (pessoas, funções, organizações), ou no máximo dois tipos (por exemplo, as pessoas e os grupos a que pertencem).
  • 6. Mídias Sociais: ambientes digitais que se baseiam na inteligência coletiva e conteúdo gerado pelo usuário. Ex: Wikipedia, Jornais Eletrônicos,Youtube, Blogs, Facebook. Sites de Redes Sociais: Youtube, Facebook, Instagram, Tinder (aplicativos e sites específicos de relacionamentos). X
  • 7. COMO SÃO FORMADAS AS REDES? As redes podem ser centralizadas, descentralizadas ou distribuídas
  • 11. FORMAÇÃO DE REDE EMTEMPO REAL http://flocker.outliers.es/ Rede em torno da hashtag vma
  • 12. FORMAÇÃO DE REDE EMTEMPO REAL http://flocker.outliers.es/ Rede em torno da hashtag vma
  • 13. FORMAÇÃO DE REDE EMTEMPO REAL http://flocker.outliers.es/ Rede em torno da hashtag vma
  • 14. FORMAÇÃO DE REDE EMTEMPO REAL http://flocker.outliers.es/
  • 15. FORMAÇÃO DE REDE EMTEMPO REAL http://flocker.outliers.es/
  • 16. FORMAÇÃO DE REDE EMTEMPO REAL http://flocker.outliers.es/
  • 17. Usamos métricas e ferramentas, baseados na matemática da teoria dos grafos (gráficos), que são aplicáveis, independentemente do tipo de elemento da rede ou da razão para as conexões. COMO ANALISAMOS AS REDES?
  • 18. AS REDES SOCIAIS SÃO FORMADAS POR LAÇOS FORTES E FRACOS. Os laços fortes estão ligados aos amigos de longa data, aos familiares, aos relacionamentos amorosos, enquanto os laços fracos estão ligados aos colegas de trabalho, de escola, ou mesmo meros conhecidos por meio de um ambiente. NÓS e LAÇOS NÓ: o objeto, o elemento de observação e análise. LAÇOS: as conexões, o elo entre os elementos.
  • 19. Por exemplo: no Twitter, cada nó representa um perfil e cada ligação representa um laço, como menções, retweets ou seguidores. Cada ponto, ou nó na rede representa uma pessoa, perfil ou elemento (conteúdo).
  • 20. Nós: Perfis, hashtags, fanpages, blogs, canais no Youtube. Laços (também chamados de Arestas): menções, marcações, seguidores, likes, compartilhamentos, inscrição em canal.
  • 21. As arestas podem ser direcionadas ou não-direcionadas. ARESTAS
  • 22. Não-direcionada: não existe uma direção que vai de um nó ao outro: Exemplo: Amizade, participação em grupo, hashtags. Direcionada: existe uma direção que vai de um nó a outro: Exemplo: Hierarquia profissional; marcações, retweets, seguidores e links de blogs.
  • 23. Como entender as direções das arestas? Qual a diferença entre Amizade no Facebook e Seguidores doTwitter? Enquanto em relação ao seguidor, há uma direção. Um perfil pode seguir e não ser seguido, ou seguir e ser seguido, logo pode ter duas direções. A amizade é uma ligação automática entre as partes, logo não tem direção.
  • 25. Como os nós são medidos? Pelos graus de conexões, ou seja pela quantidades de arestas. NÓ 1 possui apenas 1 grau. NÓ 2 possui 3 graus NÓ 3 possui 2 graus NÓ 4 possui 3 graus NÓ 5 possui 3 graus
  • 26. Como sabemos se um grau tem maior intensidade de do que o outro? PELA DIREÇÃO DAS ARESTAS ARESTAS
  • 27. Graus de entrada: o nó recebe ligações pelas arestas Graus de saída: o nó envia ligações pelas arestas MÉTRICA DE CENTRALIDADE
  • 28. O que significa o grau de entrada alto? • Pode ser um perfil muito retuitado por publicar um texto engajador (política, humor, frases de efeito, etc); • Perfil muito compartilhado por publicar novidades, conteúdos interessantes. • Menções, indicações, likes, marcações a um determinado usuário ou mesmo uma fanpage. • Movimento de citações em massa, como ataques ou discussões.
  • 29. O que significa o grau de saída alto? • Perfil muito engajado que retuita ou envia mensagens a outros usuários indicando conteúdo, compartilhamento. • Fãs mencionando e respondendo perfis de celebridades. • Perfis de SAC e Relacionamento, devido às respostas enviadas para os consumidores • Perfis em conversa em torno de hashtag de eventos.
  • 31. REPRESENTAÇÃO E ESTRUTURA DOSARQUIVOS DE REDE
  • 32. COMO COLETAR DA DADOS? Defina a mídia, o período de coleta, os nós e as arestas que serão usados #DebatedaBand Teste 1 – 23:30 Teste 2 00:36 Total de nós 10.288 5.298 Total de Conexões 14.373 7.066 Total de Tweets 18.000 7.942
  • 33. COMO EXTRAIR DADOS DO TWITTER? https://docs.fabric.io/apple/twitter/overview.html
  • 34. COMO EXTRAIR DADOS DO TWITTER? http://datasift.com/
  • 35. ANÁLISE DE REDES: COLETA DETWITTER
  • 36.
  • 37. BLUENOD: 1.Acesse bluenod.com 2.Gere rede com alguma hashtag de seu interesse 3.Explore os principais influenciadores e seus tweets
  • 38. ANÁLISE DE REDES: COLETA DE FACEBOOK
  • 39. NodeXL O software NodeXL é um dos grandes responsáveis pela popularização de análise de redes para mídias sociais.
  • 40. O NodeXL permite diversos tipos de coleta de redes de indivíduos/perfis e conteúdo em Twitter, Facebook, Flickr, YouTube e e-mails.
  • 42. Gephi O Gephi, hoje é um dos mais utilizados para todos os tipos de sistemas complexos e não só análise de redes sociais.
  • 44.
  • 45.
  • 46. Netlytic Desenvolvido por Anatoliy Gruzd, diretor do Social Media Lab e colaboradores, o Netlytics é um software online de análise de redes e texto a partir de diversas mídias sociais. É possível coletar dados de APIs abertas e buscas do Twitter, Facebook, Instagram, YouTube, RSSs e ainda extrair dados de texto, CSV ou Google Drive. Uma das vantagens, a depender do escopo da pesquisa, são os valores. Os dois primeiros planos com respectivamente 2500 e 10.000 registros, são gratuitos para estudantes, interessados e pesquisadores. https://netlytic.org/home/
  • 47.
  • 48.
  • 49. BrandCare Ferramenta australiano-brasileira, foi uma das pioneiras no Brasil ao lançar seus módulos de análise de redes sociais para Twitter, Instagram e Facebook.
  • 50. QUAL A UTILIDADE DA ARS? • Análises mercadológicas de consumo, relacionamento com marcas, Influência de usuários, comportamento do consumidor, etc. • Trabalhos acadêmicos como Iniciação Científica. • Método de pesquisa parcial ou total emTCC / Monografia
  • 52.
  • 53.
  • 55.
  • 57.
  • 58.
  • 59.
  • 60.
  • 61.