SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Período composto por
coordenação
Orações coordenadas
Profª.: Célia Trindade de Araújo e Silva
CONCEITUAÇÃO
Um período composto por coordenação é constituído por
orações coordenadas.
Uma oração chama-se coordenada quando não funciona
como termo de outra e nem tem outra que funcione como termo
dela. Ou seja, as orações coordenadas são sintaticamente inde-
pendentes entre si. Observe o exemplo:
Eu lhe trouxe o livro, mas você não o leu.
1ª oração 2ª oração
Eu lhe trouxe o livro, / mas você não o leu.
Suj. OI VTDI OD Suj. OD VTD
Observe, no exemplo, como a 2ª oração não precisa funcionar como
termo da 1ª e vice-versa, porque as duas já têm estrutura sintática
completa.
Ainda no exemplo, note que a 1ª oração não apresenta conjunção,
enquanto a 2ª apresenta a conjunção mas.
Dependendo da presença ou da ausência de conjunção, uma oração
coordenada é sindética ou assindética.
Coordenada sindética – quando possui conjunção.
Coordenada assindética – quando não possui conjun-
ção.
Classificação das
coordenadas sindéticas
As orações coordenadas assindéticas, isto é, sem conjunção, não
recebem nenhuma classificação. As coordenadas sindéticas são
classificadas de acordo com o sentido que têm no período.
1. Coordenada sindética aditiva
Exprime uma relação de soma, de adição.
Conjunções: e, nem, não só... mas também.
Ex.: Ela parou o carro na rua e nós fomos cumprimentá-la.
Ele não faz o trabalho dele, nem ajuda os colegas.
2. Coordenada sindética adversativa
Indica uma idéia contrária à da outra oração, uma oposição.
Conjunções: mas, porém, todavia, contudo, entretanto, no
entanto.
Ex.: A noite estava fria, mas as crianças brincavam na rua.
3. Coordenada sindética alternativa
Exprime possibilidade de opção, de escolha, de alternância.
Conjunções: ou ... ou, ora ...ora, quer ... quer.
Ex.: Ou tudo se resolve hoje, ou não viremos mais aqui.
4. Coordenada sindética conclusiva
Exprime uma conclusão da idéia contida na oração coordenada.
Conjunções: logo, pois (colocada após o verbo), portanto, por isso.
Ex.: Tudo está em ordem, portanto não devemos nos preocupar.
Ele está confuso, precisa, pois, de nosso apoio.
5. Coordenada sindética explicativa
Exprime uma explicação, uma justificativa ao que está contido
na oração coordenada.
Conjunções: pois (colocada antes do verbo), porque, que.
Ex.: Não saia hoje, pois vai chover muito
Síntese da unidade
Conceito: oração coordenada é aquela que não
exerce função sintática em relação a outra oração.
Ou seja, a oração coordenada não funciona como
termo da outra oração.
Classificação das orações coordenadas:
• assindética: não apresenta conjunção.
• sindética: apresenta conjunção.
Classificação
da coord.
sindética
Principais
conjunções
coordenativas
Exemplos
Aditiva e, nem, mas também Ex.: Nosso amigo não veio,
nem mandou notícias.
Adversativa mas, porém, todavia,
contudo, entretanto
Ex.: Ele era muito rico, mas
não era feliz.
Alternativa ou ... ou; ora ... ora
quer ... quer
Ex.: Ora o tempo melhora,
ora recomeça a chuva.
Conclusiva portanto, logo, por isso,
pois (anteposto verbo)
Ex.: Este cavalo é bravo,
portanto tome cuidado.
Explicativa porque, que, pois
(posposto ao verbo)
Ex.: Volte logo, porque
amanhã será tarde.
Uso da vírgula entre as orações
coordenadas
 As coordenadas assindéticas separam-se por vírgulas,
entre si.
Ex.: “Olhou as árvores, não viu folhagem.” (Osman Lins)
 As coordenadas sindéticas, em princípio, separam-se
por vírgulas, exceto as aditivas iniciadas pela conjunção e.
Ex.: Irritou-se o amigo, mas fiquei inflexível. (Rubem Braga)
Ex.: Primo Argemiro sopra os tições e ajuntas as brasas. (G. Rosa)
As orações coordenadas sindéticas introduzidas pela
conjunção e podem vir separadas por vírgula e isso
ocorre sobretudo em dois casos:
 Quando as orações ligadas pela conjunção e tiverem
sujeitos diferentes.
“O pirralho não se mexeu e Fabiano desejou matá-lo.” (G. Ramos)
 Quando a conjunção e vem várias vezes repetida,
constituindo aquilo que, em figura de linguagem chama-se
de polissíndeto.
Grita, e esperneia, e chora, e sofre, e ri, e chora.
“ Se um dia tudo lhe parecer perdido, lembre-
se de que você nasceu sem nada, e que tudo
que conseguiu foi através de esforços e os
esforços nunca se perdem, somente dignificam
as pessoas.”
Charles Chaplin

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Período Composto: coordenação e subordinação
Período Composto: coordenação e subordinaçãoPeríodo Composto: coordenação e subordinação
Período Composto: coordenação e subordinação
ma.no.el.ne.ves
 
Planejamento de aula de língua portuguesa
Planejamento de aula de língua portuguesaPlanejamento de aula de língua portuguesa
Planejamento de aula de língua portuguesa
Solange Vargas
 
Orações coordenadas revisão
Orações coordenadas revisãoOrações coordenadas revisão
Orações coordenadas revisão
rafaelcef3
 
9º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Período Composto por Subordinaç...
9º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Período Composto por Subordinaç...9º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Período Composto por Subordinaç...
9º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Período Composto por Subordinaç...
Angélica Manenti
 
Orações coordenadas e subordinadas
Orações coordenadas e subordinadasOrações coordenadas e subordinadas
Orações coordenadas e subordinadas
Maria Amorim
 
Oracoes Coordenadas
Oracoes CoordenadasOracoes Coordenadas
Oracoes Coordenadas
guest7174ad
 
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2
Ladangulos
 
Orações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadasOrações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadas
taizinha
 
Coordenação e subordinação
Coordenação e subordinaçãoCoordenação e subordinação
Coordenação e subordinação
orlandoroberto
 
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2
Paula Rodrigues
 

Mais procurados (19)

Período Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e SubordinaçãoPeríodo Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e Subordinação
 
Orações Coordenadas
Orações CoordenadasOrações Coordenadas
Orações Coordenadas
 
Período Composto: coordenação e subordinação
Período Composto: coordenação e subordinaçãoPeríodo Composto: coordenação e subordinação
Período Composto: coordenação e subordinação
 
Coordenação. Subordinação
Coordenação. SubordinaçãoCoordenação. Subordinação
Coordenação. Subordinação
 
Planejamento de aula de língua portuguesa
Planejamento de aula de língua portuguesaPlanejamento de aula de língua portuguesa
Planejamento de aula de língua portuguesa
 
Orações coordenadas revisão
Orações coordenadas revisãoOrações coordenadas revisão
Orações coordenadas revisão
 
9º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Período Composto por Subordinaç...
9º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Período Composto por Subordinaç...9º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Período Composto por Subordinaç...
9º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Período Composto por Subordinaç...
 
Orações coordenadas e subordinadas
Orações coordenadas e subordinadasOrações coordenadas e subordinadas
Orações coordenadas e subordinadas
 
Orações coordenadas resumo e exercícios
Orações coordenadas   resumo e exercíciosOrações coordenadas   resumo e exercícios
Orações coordenadas resumo e exercícios
 
Oracoes Coordenadas
Oracoes CoordenadasOracoes Coordenadas
Oracoes Coordenadas
 
Conjuncao
ConjuncaoConjuncao
Conjuncao
 
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2
 
Período composto coordenação e subordinação
Período composto coordenação e subordinaçãoPeríodo composto coordenação e subordinação
Período composto coordenação e subordinação
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Orações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadasOrações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadas
 
Coordenação e subordinação
Coordenação e subordinaçãoCoordenação e subordinação
Coordenação e subordinação
 
Portal - Prof. Jorge: Orações Coordenadas
Portal - Prof. Jorge: Orações CoordenadasPortal - Prof. Jorge: Orações Coordenadas
Portal - Prof. Jorge: Orações Coordenadas
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2
 

Semelhante a 72079 20050416120421

Or. Coordenadas1
Or. Coordenadas1Or. Coordenadas1
Or. Coordenadas1
guest6e3949
 
Periodo composto por_coordenacao
Periodo composto por_coordenacaoPeriodo composto por_coordenacao
Periodo composto por_coordenacao
Cassandra Cruz
 
Advérbios e preposições
Advérbios e preposiçõesAdvérbios e preposições
Advérbios e preposições
Blog Estudo
 
W19 Coord Sub Caus Cond Temp Fin
W19 Coord Sub Caus Cond Temp FinW19 Coord Sub Caus Cond Temp Fin
W19 Coord Sub Caus Cond Temp Fin
Fernanda Soares
 

Semelhante a 72079 20050416120421 (20)

Coordenação
CoordenaçãoCoordenação
Coordenação
 
Or. Coordenadas1
Or. Coordenadas1Or. Coordenadas1
Or. Coordenadas1
 
Periodo composto por_coordenacao
Periodo composto por_coordenacaoPeriodo composto por_coordenacao
Periodo composto por_coordenacao
 
Orações Coordenadas
Orações CoordenadasOrações Coordenadas
Orações Coordenadas
 
Aula La Salle.ppt
Aula La Salle.pptAula La Salle.ppt
Aula La Salle.ppt
 
Frase Oração e Período.pptx
Frase Oração e Período.pptxFrase Oração e Período.pptx
Frase Oração e Período.pptx
 
Frase, oração e período - Orações coordenadas
Frase, oração e período  - Orações coordenadasFrase, oração e período  - Orações coordenadas
Frase, oração e período - Orações coordenadas
 
8 ano
8 ano8 ano
8 ano
 
Planejamento de aula de língua portuguesa
Planejamento de aula de língua portuguesaPlanejamento de aula de língua portuguesa
Planejamento de aula de língua portuguesa
 
Orações Coordenadas
Orações CoordenadasOrações Coordenadas
Orações Coordenadas
 
Conjunção
ConjunçãoConjunção
Conjunção
 
Advérbios e preposições
Advérbios e preposiçõesAdvérbios e preposições
Advérbios e preposições
 
coordenaoesubordinao-140818194019-phpapp02.pdf
coordenaoesubordinao-140818194019-phpapp02.pdfcoordenaoesubordinao-140818194019-phpapp02.pdf
coordenaoesubordinao-140818194019-phpapp02.pdf
 
Coord sub
Coord sub Coord sub
Coord sub
 
W19 Coord Sub Caus Cond Temp Fin
W19 Coord Sub Caus Cond Temp FinW19 Coord Sub Caus Cond Temp Fin
W19 Coord Sub Caus Cond Temp Fin
 
resumo d eportugues para minha prova em novembro.docx
resumo d eportugues para minha prova em novembro.docxresumo d eportugues para minha prova em novembro.docx
resumo d eportugues para minha prova em novembro.docx
 
oracoes-coordenadas-e-subordinadas-9ano.pdf
oracoes-coordenadas-e-subordinadas-9ano.pdforacoes-coordenadas-e-subordinadas-9ano.pdf
oracoes-coordenadas-e-subordinadas-9ano.pdf
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Frase complexa1
Frase complexa1Frase complexa1
Frase complexa1
 

Mais de Professora sonhadora

Mais de Professora sonhadora (20)

Artigo informativo resposta
Artigo informativo respostaArtigo informativo resposta
Artigo informativo resposta
 
Atividade com gabarito interpretação
Atividade com gabarito interpretaçãoAtividade com gabarito interpretação
Atividade com gabarito interpretação
 
Atividade com gabarito
Atividade com gabaritoAtividade com gabarito
Atividade com gabarito
 
Artigo de opnião resp
Artigo de opnião respArtigo de opnião resp
Artigo de opnião resp
 
Apólogo com gabarito
Apólogo com gabaritoApólogo com gabarito
Apólogo com gabarito
 
Escolas literarias
Escolas literariasEscolas literarias
Escolas literarias
 
Apoiopara1e2ano 160816185136
Apoiopara1e2ano 160816185136Apoiopara1e2ano 160816185136
Apoiopara1e2ano 160816185136
 
Apoiopara1e2ano 160816185136 (1)
Apoiopara1e2ano 160816185136 (1)Apoiopara1e2ano 160816185136 (1)
Apoiopara1e2ano 160816185136 (1)
 
03 novo acordo_ortografico
03 novo acordo_ortografico03 novo acordo_ortografico
03 novo acordo_ortografico
 
1convite resp
1convite resp1convite resp
1convite resp
 
72079 20050416120421
72079 2005041612042172079 20050416120421
72079 20050416120421
 
Apresentacao palavras invariaveis
Apresentacao palavras invariaveisApresentacao palavras invariaveis
Apresentacao palavras invariaveis
 
Ambientes de aprendizagem
Ambientes de aprendizagemAmbientes de aprendizagem
Ambientes de aprendizagem
 
4a.lesp plano de curso
4a.lesp plano de curso4a.lesp plano de curso
4a.lesp plano de curso
 
1 fase nivel2_gabarito_2011
1 fase nivel2_gabarito_20111 fase nivel2_gabarito_2011
1 fase nivel2_gabarito_2011
 
1 fase nivel2_2011
1 fase nivel2_20111 fase nivel2_2011
1 fase nivel2_2011
 
Naturalismo
NaturalismoNaturalismo
Naturalismo
 
Literatura
LiteraturaLiteratura
Literatura
 
Espanhol 6 ano
Espanhol 6 anoEspanhol 6 ano
Espanhol 6 ano
 
Habilidades nova bncc
Habilidades nova bnccHabilidades nova bncc
Habilidades nova bncc
 

Último

atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 

72079 20050416120421

  • 1. Período composto por coordenação Orações coordenadas Profª.: Célia Trindade de Araújo e Silva
  • 2. CONCEITUAÇÃO Um período composto por coordenação é constituído por orações coordenadas. Uma oração chama-se coordenada quando não funciona como termo de outra e nem tem outra que funcione como termo dela. Ou seja, as orações coordenadas são sintaticamente inde- pendentes entre si. Observe o exemplo: Eu lhe trouxe o livro, mas você não o leu. 1ª oração 2ª oração
  • 3. Eu lhe trouxe o livro, / mas você não o leu. Suj. OI VTDI OD Suj. OD VTD Observe, no exemplo, como a 2ª oração não precisa funcionar como termo da 1ª e vice-versa, porque as duas já têm estrutura sintática completa. Ainda no exemplo, note que a 1ª oração não apresenta conjunção, enquanto a 2ª apresenta a conjunção mas. Dependendo da presença ou da ausência de conjunção, uma oração coordenada é sindética ou assindética. Coordenada sindética – quando possui conjunção. Coordenada assindética – quando não possui conjun- ção.
  • 4. Classificação das coordenadas sindéticas As orações coordenadas assindéticas, isto é, sem conjunção, não recebem nenhuma classificação. As coordenadas sindéticas são classificadas de acordo com o sentido que têm no período. 1. Coordenada sindética aditiva Exprime uma relação de soma, de adição. Conjunções: e, nem, não só... mas também. Ex.: Ela parou o carro na rua e nós fomos cumprimentá-la. Ele não faz o trabalho dele, nem ajuda os colegas.
  • 5. 2. Coordenada sindética adversativa Indica uma idéia contrária à da outra oração, uma oposição. Conjunções: mas, porém, todavia, contudo, entretanto, no entanto. Ex.: A noite estava fria, mas as crianças brincavam na rua. 3. Coordenada sindética alternativa Exprime possibilidade de opção, de escolha, de alternância. Conjunções: ou ... ou, ora ...ora, quer ... quer. Ex.: Ou tudo se resolve hoje, ou não viremos mais aqui.
  • 6. 4. Coordenada sindética conclusiva Exprime uma conclusão da idéia contida na oração coordenada. Conjunções: logo, pois (colocada após o verbo), portanto, por isso. Ex.: Tudo está em ordem, portanto não devemos nos preocupar. Ele está confuso, precisa, pois, de nosso apoio. 5. Coordenada sindética explicativa Exprime uma explicação, uma justificativa ao que está contido na oração coordenada. Conjunções: pois (colocada antes do verbo), porque, que. Ex.: Não saia hoje, pois vai chover muito
  • 7. Síntese da unidade Conceito: oração coordenada é aquela que não exerce função sintática em relação a outra oração. Ou seja, a oração coordenada não funciona como termo da outra oração. Classificação das orações coordenadas: • assindética: não apresenta conjunção. • sindética: apresenta conjunção.
  • 8. Classificação da coord. sindética Principais conjunções coordenativas Exemplos Aditiva e, nem, mas também Ex.: Nosso amigo não veio, nem mandou notícias. Adversativa mas, porém, todavia, contudo, entretanto Ex.: Ele era muito rico, mas não era feliz. Alternativa ou ... ou; ora ... ora quer ... quer Ex.: Ora o tempo melhora, ora recomeça a chuva. Conclusiva portanto, logo, por isso, pois (anteposto verbo) Ex.: Este cavalo é bravo, portanto tome cuidado. Explicativa porque, que, pois (posposto ao verbo) Ex.: Volte logo, porque amanhã será tarde.
  • 9. Uso da vírgula entre as orações coordenadas  As coordenadas assindéticas separam-se por vírgulas, entre si. Ex.: “Olhou as árvores, não viu folhagem.” (Osman Lins)  As coordenadas sindéticas, em princípio, separam-se por vírgulas, exceto as aditivas iniciadas pela conjunção e. Ex.: Irritou-se o amigo, mas fiquei inflexível. (Rubem Braga) Ex.: Primo Argemiro sopra os tições e ajuntas as brasas. (G. Rosa)
  • 10. As orações coordenadas sindéticas introduzidas pela conjunção e podem vir separadas por vírgula e isso ocorre sobretudo em dois casos:  Quando as orações ligadas pela conjunção e tiverem sujeitos diferentes. “O pirralho não se mexeu e Fabiano desejou matá-lo.” (G. Ramos)  Quando a conjunção e vem várias vezes repetida, constituindo aquilo que, em figura de linguagem chama-se de polissíndeto. Grita, e esperneia, e chora, e sofre, e ri, e chora.
  • 11. “ Se um dia tudo lhe parecer perdido, lembre- se de que você nasceu sem nada, e que tudo que conseguiu foi através de esforços e os esforços nunca se perdem, somente dignificam as pessoas.” Charles Chaplin