Planejamento de Aula de Língua
Portuguesa
Profª: Solange de Vargas
Para alunos de 7ª e 8ª séries do Ensino Fundamental.
Du...
 Conteúdo: Orações Coordenadas Sindéticas e
Assindéticas.
 Objetivo Específico: Saber reconhecer as orações
coordenadas ...
Análise Sintática Externa – Tipos de Oração
 Oração absoluta é aquela que forma o período
simples.
 Ex: As telefonistas ...
Um período composto por coordenação apresenta duas
ou mais orações independentes, uma oração
coordenada não exerce uma fun...
Aessasoraçõesindependentes, dá-seonomede
oraçõescoordenadas, quepodemserassindéticasou
sindéticas.
Asoraçõescoordenadasini...
Vejamos as principais:
 As orações coordenadas aditivas estão relacionadas à
ideia de soma, adição.
 São elas: e, nem, n...
Criado por Solange de Vargas 7
Adversativas revelam fatos ou conceitos que se
antepõem ao que se declara na coordenada
an...
 Já as coordenadas
alternativas exprimem
fatos ou conceitos que se
alternam ou que se
excluem mutuamente.
São elas: ou......
 Às orações coordenadas explicativas conferem justificar a
explicação referente a uma ordem, sugestão ou suposição.
São e...
• Porém, observe a seguinte frase:
“Elefaz as comprase (mas)quem pagaa contasou
eu.”
Nesseperíodo,o “e”, ao invés de fazer...
Criado por Solange de Vargas 11
Obrigada pela sua atenção!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Planejamento de aula de língua portuguesa

158 visualizações

Publicada em

Slide referente às orações coordenadas.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
158
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Planejamento de aula de língua portuguesa

  1. 1. Planejamento de Aula de Língua Portuguesa Profª: Solange de Vargas Para alunos de 7ª e 8ª séries do Ensino Fundamental. Duração do período: 2hs - aula 1
  2. 2.  Conteúdo: Orações Coordenadas Sindéticas e Assindéticas.  Objetivo Específico: Saber reconhecer as orações coordenadas e suas classificação de acordo com o tipo de conjunção inserida em cada oração.  Metodologia: Utilização de recurso multimidiático e quadro branco para a apresentação e exposição da referida matéria. Criado por Solange de Vargas 2
  3. 3. Análise Sintática Externa – Tipos de Oração  Oração absoluta é aquela que forma o período simples.  Ex: As telefonistas continuavam ocupadas. Observação:  A relação de independência das orações coordenadas se dá quanto à estrutura sintática e não quanto à relação semântica (de significado). Criado por Solange de Vargas 3
  4. 4. Um período composto por coordenação apresenta duas ou mais orações independentes, uma oração coordenada não exerce uma função sintática em relação à outra oração do período. Exemplo:  As luzes apagam-se, abrem-se as cortinas e começa o espetáculo. O período é composto de três orações: 1) As luzes apagam-se; (oração coordenada assindética) 2) abrem-se as cortinas;(oração coordenada assindética) 3) e começa o espetáculo.(oração coordenada aditiva) Criado por Solange de Vargas 4
  5. 5. Aessasoraçõesindependentes, dá-seonomede oraçõescoordenadas, quepodemserassindéticasou sindéticas. Asoraçõescoordenadasiniciadasporconjunçãosão chamadasdesindéticas,jáasquenãopossuem conjunção,sãochamadasdeassindéticas. Asconjunçõesqueiniciamasoraçõescoordenadas sãochamadasdecoordenativas. Criado por Solange de Vargas 5
  6. 6. Vejamos as principais:  As orações coordenadas aditivas estão relacionadas à ideia de soma, adição.  São elas: e, nem, não só... mas também, não apenas... mas ainda etc.;  Exemplo: O garoto é educado e inteligente. Criado por Solange de Vargas 6
  7. 7. Criado por Solange de Vargas 7 Adversativas revelam fatos ou conceitos que se antepõem ao que se declara na coordenada anterior, estabelecendo, assim, uma ideia de oposição, contraste.  São elas: mas, porém, todavia, contudo, entretanto, no entanto etc.;  Exemplo: A tempestade derrubou árvores, mas não alagou ruas.
  8. 8.  Já as coordenadas alternativas exprimem fatos ou conceitos que se alternam ou que se excluem mutuamente. São elas: ou... ou, ora...ora, já...já, quer...quer etc.; Exemplo:. Quer você queira, quer não, iremos visitá-lo.  As conclusivas estão relacionadas à ideia de conclusão lógica obtida em relação aos fatos apresentados na oração anterior. São elas: logo, portanto, por isso, pois, de modo que, por conseguinte; Exemplo: Hoje está bastante quente, portanto iremos ao clube. Criado por Solange de Vargas 8
  9. 9.  Às orações coordenadas explicativas conferem justificar a explicação referente a uma ordem, sugestão ou suposição. São elas: pois, porque, que, porquanto; etc. Exemplo: Ele tem mais chances de vencer a prova, porque é mais forte. Criado por Solange de Vargas 9
  10. 10. • Porém, observe a seguinte frase: “Elefaz as comprase (mas)quem pagaa contasou eu.” Nesseperíodo,o “e”, ao invés de fazera funçãode conjunçãoaditiva,equivalea “mas”,ou seja, tem funçãoadversativa. OBS: É necessário que haja uma análise de todo o período, percebendo as relações que se estabelecem entre as frases. Criado por Solange de Vargas 10
  11. 11. Criado por Solange de Vargas 11 Obrigada pela sua atenção!

×