SlideShare uma empresa Scribd logo
Advérbio – é um tipo de palavra que exerce basicamente o papel de modificador
do verbo.
Ex.: a) Velhos barcos cruzam o enorme rio.
b) Velhos barcos cruzam vagarosamente o enorme rio.
Em b, a palavra vagarosamente relaciona-se ao verbo cruzam e acrescenta à
frase uma informação: o modo como ocorre o fato verbal. Vagarosamente é, por
isso, um advérbio de modo.
Ex.: a) O governo divulgou novos dados sobre o crescimento do país.
b) Ontem, o governo divulgou novos dados sobre o crescimento do país.
A palavra destacada na frase b relaciona-se ao verbo divulgar, acrescentando a
ele uma idéia de tempo. A palavra ontem é um exemplo de advérbio de tempo.
Podemos, então, conceituar assim essa classe gramatical.
Advérbio é uma palavra invariável que se relaciona ao verbo para indicar as
circunstâncias (de tempo, de lugar, de modo, etc.) em que ocorre o fato
verbal.
Ás vezes, a circunstância em que ocorre o fato verbal é expressa não por uma
palavra só, e sim por um conjunto de palavras denominado locução adverbial.
Ex.: Velhos barcos cruzam sem nenhuma pressa o enorme rio.


            Locução adverbial que exprime circunstância de modo.


Classificação do advérbio
Os advérbios e as locuções adverbiais sempre exprimem uma circunstância (idéia
complementar) em relação ao verbo a que se referem, e são classificados de
acordo com o sentido que têm na frase.
Classificação           Principais                      Exemplo

Afirmação       Sim, certamente,              Nós vimos, sim, o filme.
                realmente.
Dúvida          Talvez, eventualmente,        Talvez viajemos juntos.
                acaso.
Intensidade     Pouco, bastante, muito,       Ela trabalha muito.
                tão, demais.
Lugar           Aqui, lá, perto, longe, por   O hotel fica na praia.
                dentro.
Modo            Mal, assim, devagar, às       O frio ia chegando devagar.
                pressas.
Negação         Não, de modo algum.           Eles não querem nos apoiar.

Tempo           Agora, sempre, nunca,         Você nunca viaja à noite?
                brevemente, à noite, de
                vez em quando.
Adjetivo                         Advérbio

• Relaciona-se ao substantivo.   • Relaciona-se ao verbo.
• É variável (pode ter           • É invariável (não admite
masculino/feminino;              masculino/feminino;
singular/plural).                singular/plural).
É a palavra invariável que liga duas outras palavras, estabelecendo
entre elas determinadas relações de sentido e de dependência.
A preposição, ao relacionar duas outras palavras, estabelece entre elas
um vínculo tal, que uma delas funciona como palavra principal (mais
importante) e a outra, como secundária.

Ex: Brinquedos de Isabel.               Caixas de plástico.


    Palavra     Palavra                 Palavra      Palavra
   principal    secundária              principal   secundária
As preposições subdividem-se em dois grupos:
 *Essenciais: palavras que exercem exclusivamente o papel de preposição.
 *Acidentais: palavras de outras classes que, ocasionalmente, funcionam como
 preposição.


Essenciais                              Acidentais

a, ante, após, até, com, contra, de,    como, conforme, durante, fora,
desde, em, entre, para, perante, por,   mediante, segundo, senão, visto.
sem, sob, sobre.
Considere as seguintes informações sobre as condições do clima de uma
região:

Uma frente fria chegará amanhã.
A temperatura cairá bastante.
O sol aparecerá pouco.

Essas três orações podem ser reunidas em uma única frase:
Uma frente fria chegará amanhã e a temperatura cairá bastante, porque o sol
aparecerá pouco.
Em relação às palavras destacadas nessa frase, observe as seguintes
indicações:
Uma frente fria chegará amanhã (oração 1)
                  e  palavra que liga a oração 1 à 2.  Conjunção

a temperatura cairá bastante. (oração 2)
             porque  palavra que liga a oração 2 à 3  Conjunção
o sol aparecerá pouco. (oração 3)


Considere agora esta outra frase:

   sujeito


Chuva e frio atrapalharão o fim de semana dos gaúchos.
               palavras de mesma função (núcleos do sujeito)


Note que a palavra e não liga duas orações, e sim duas palavras de mesma
função. A palavra e também nesse caso é conjunção.
Conjunção é a palavra invariável que liga:
* duas orações;
* duas palavras de mesma função em uma oração.
Classificação das conjunções
Existem dois mecanismos básicos por meio dos quais duas orações podem se ligar
uma à outra: a coordenação e a subordinação.
Relações de coordenação
Compare as orações de a com as de b:
a) O verão começou. As estradas para o litoral estão movimentadas.


        oração 1                        oração 2
                     conjunção


b) O verão começou, por isso as estradas para o litoral estão movimentadas.


      oração 1                     oração 2
Em a, temos duas orações isoladas, separadas pelo ponto. Em b, as mesmas
orações aparecem ligadas pela conjunção, mas continuam mantendo sua
autonomia: a oração 1 não depende da oração 2, nem a 2 depende da 1. são
orações independentes um da outra.


Orações independentes entre si recebem o nome de orações coordenadas, e a
conjunção que as relaciona classifica-se como conjunção coordenativa. No
exemplo anterior, temos, portanto:


              conjunção coordenativa


O verão começou, por isso as estradas para o litoral estão movimentadas.


 oração coordenada                     oração coordenada
As conjunções coordenativas podem estabelecer cinco diferentes relações de
sentido entre duas orações coordenadas. Esses sentidos é que determinam a
classificação das conjunções.

Principais conjunções coordenativas    Relação de sentido                  Exemplos
aditivas                                  soma/adição            Fez as malas e sumiu da
(e, nem, não só ... mas também)                                  cidade.
adversativas                                oposição             Fez as malas, porém não
(mas, porém, entretanto etc.)                                    viajou.

alternativas                             opção/escolha           Ele ficará aqui ou viajará para
(ou ... ou, ora ...ora etc.)                                     a casa dos pais.
conclusivas                                 conclusão            Ele está de férias, portanto
(logo, portanto, por isso etc.)                                  pode viajar.

explicativas                          explicação/justificativa   Faça suas malas, porque
(porque, que, pois etc.)                                         viajaremos amanhã.
Relações de subordinação

Observe:
Pesquisa revela que maioria da população apóia democracia.


     oração 1                    oração 2

Veja que:
    • Na oração 1, temos um verbo de sentido incompleto: revelar;
    • A oração 2 junta-se à oração 1 para completar o sentido do verbo revela.
    Pode-se dizer, então, que a oração é dependente da oração 1, já que serve
    para completar-lhe o sentido.
    Nesse tipo de relação entre orações, emprega-se a seguinte nomenclatura:
    • Oração subordinada – oração dependente de outra.
    • Oração principal – oração à qual se liga uma subordinada.
    • Conjunção subordinativa – conjunção que relaciona uma oração subordinada
    a uma principal..
conjunção subordinativa


Ex: Pesquisa revela que a maioria da população apóia a democracia.


   oração principal                 oração subordinada


Classificação das orações subordinativas
As conjunções subordinativas podem iniciar dois diferentes tipos de oração
subordinada. Quando iniciam as orações subordinadas substantivas denominam-se
conjunção integrante.


As demais conjunções subordinativas introduzem orações subordinadas adverbiais
e classificam-se de acordo com a relação de sentido que estabelecem.
Classificação        Principais conjunções                                 Exemplos
  (relação de
                         subordinativas
    sentido)
Causais          porque, como, visto que                 Viajou às pressas, porque o pai ficara doente.

Concessivas      embora, mesmo que, ainda que            Mesmo que seja tarde, partiremos.

Condicionais     se, caso, desde que                     Se você aceitar, ele nos ajudará.

Conformativas    conforme, como, segundo                 Fiz o texto, conforme ele pediu.

Consecutivas     (tão/tanto) ... que                     Ela é tão chata, que eu não tolero.

Comparativas     (mais/menos) ... que, como              Corria pelas ruas como um louco.

Finais           a fim de que, para que                  Irei lá, para que me contem tudo.

Proporcionais    a proporção que, à medida que           À medida que escureceu, esfriou.

Temporais        quando, enquanto, desde que, logo que   Ela mora aqui, desde que se casou.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Oracoes Coordenadas
Oracoes CoordenadasOracoes Coordenadas
Oracoes Coordenadas
guest7174ad
 
regras de pontuação
regras de pontuaçãoregras de pontuação
regras de pontuação
carvalho31
 
Ambiguidade
AmbiguidadeAmbiguidade
Ambiguidade
Marilia Teddy
 
Frase, oração e período
Frase, oração e períodoFrase, oração e período
Frase, oração e período
Mara Virginia
 
Sujeito. Predicado
Sujeito. PredicadoSujeito. Predicado
Sujeito. Predicado
Rosalina Simão Nunes
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem   slideFiguras de linguagem   slide
Figuras de linguagem slide
Jaciara Mota
 
O adverbio
O adverbioO adverbio
O adverbio
Inês Silva
 
Morfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes GramaticaisMorfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes Gramaticais
Portal do Vestibulando
 
Orações coordenadas
Orações coordenadasOrações coordenadas
Orações coordenadas
Edson Alves
 
RegêNcia Verbal
RegêNcia VerbalRegêNcia Verbal
RegêNcia Verbal
Miguel Neto
 
Conotacao e denotacao
Conotacao e denotacaoConotacao e denotacao
Conotacao e denotacao
bubble13
 
Powerpoint formação de palavras
Powerpoint   formação de palavrasPowerpoint   formação de palavras
Powerpoint formação de palavras
tanialazera
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
PaolaLins
 
Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)
Flávio Ferreira
 
Tipos de sujeito
Tipos de sujeitoTipos de sujeito
Tipos de sujeito
IedaSantana
 
Períodos simples e composto
Períodos simples e compostoPeríodos simples e composto
Períodos simples e composto
Christiane Queiroz
 
Letra e fonema
Letra e fonemaLetra e fonema
Letra e fonema
Cassandra Cruz
 
Sinônimos e antônimos
Sinônimos e antônimosSinônimos e antônimos
Sinônimos e antônimos
Samilly de Paula
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
Rita Tramonte
 
Orações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas AdverbiaisOrações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas Adverbiais
Fábio Guimarães
 

Mais procurados (20)

Oracoes Coordenadas
Oracoes CoordenadasOracoes Coordenadas
Oracoes Coordenadas
 
regras de pontuação
regras de pontuaçãoregras de pontuação
regras de pontuação
 
Ambiguidade
AmbiguidadeAmbiguidade
Ambiguidade
 
Frase, oração e período
Frase, oração e períodoFrase, oração e período
Frase, oração e período
 
Sujeito. Predicado
Sujeito. PredicadoSujeito. Predicado
Sujeito. Predicado
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem   slideFiguras de linguagem   slide
Figuras de linguagem slide
 
O adverbio
O adverbioO adverbio
O adverbio
 
Morfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes GramaticaisMorfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes Gramaticais
 
Orações coordenadas
Orações coordenadasOrações coordenadas
Orações coordenadas
 
RegêNcia Verbal
RegêNcia VerbalRegêNcia Verbal
RegêNcia Verbal
 
Conotacao e denotacao
Conotacao e denotacaoConotacao e denotacao
Conotacao e denotacao
 
Powerpoint formação de palavras
Powerpoint   formação de palavrasPowerpoint   formação de palavras
Powerpoint formação de palavras
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
 
Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)
 
Tipos de sujeito
Tipos de sujeitoTipos de sujeito
Tipos de sujeito
 
Períodos simples e composto
Períodos simples e compostoPeríodos simples e composto
Períodos simples e composto
 
Letra e fonema
Letra e fonemaLetra e fonema
Letra e fonema
 
Sinônimos e antônimos
Sinônimos e antônimosSinônimos e antônimos
Sinônimos e antônimos
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
Orações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas AdverbiaisOrações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas Adverbiais
 

Semelhante a Advérbios e preposições

Apresentacao palavras invariaveis
Apresentacao palavras invariaveisApresentacao palavras invariaveis
Apresentacao palavras invariaveis
Professora sonhadora
 
Periodo composto por_coordenacao
Periodo composto por_coordenacaoPeriodo composto por_coordenacao
Periodo composto por_coordenacao
Cassandra Cruz
 
Coord sub
Coord sub Coord sub
Coord sub
Anita Silva
 
Orações Coordenadas
Orações CoordenadasOrações Coordenadas
Orações Coordenadas
ProfFernandaBraga
 
Or. Coordenadas1
Or. Coordenadas1Or. Coordenadas1
Or. Coordenadas1
guest6e3949
 
Oracoescoordenadasesubordinadas (1)
Oracoescoordenadasesubordinadas (1)Oracoescoordenadasesubordinadas (1)
Oracoescoordenadasesubordinadas (1)
Óscar Mendes Silva
 
Oracoescoordenadasesubordinadas
OracoescoordenadasesubordinadasOracoescoordenadasesubordinadas
Oracoescoordenadasesubordinadas
Andrea Seica
 
Apostila concordancia
Apostila concordanciaApostila concordancia
Apostila concordancia
sandra
 
Orações coordenadas
Orações coordenadasOrações coordenadas
Orações coordenadas
ProfFernandaBraga
 
653
653653
Conjunções coordenação - subordinação - orações sub. adverbiais.
Conjunções   coordenação - subordinação - orações sub. adverbiais.Conjunções   coordenação - subordinação - orações sub. adverbiais.
Conjunções coordenação - subordinação - orações sub. adverbiais.
Aires Jones
 
Período composto por coordenação
Período composto por coordenaçãoPeríodo composto por coordenação
Período composto por coordenação
Felipe Moreira
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
Alice Silva
 
W19 Coord Sub Caus Cond Temp Fin
W19 Coord Sub Caus Cond Temp FinW19 Coord Sub Caus Cond Temp Fin
W19 Coord Sub Caus Cond Temp Fin
Fernanda Soares
 
W12 Coord Sub Caus Cond Temp
W12 Coord Sub Caus Cond TempW12 Coord Sub Caus Cond Temp
W12 Coord Sub Caus Cond Temp
Fernanda Soares
 
Aula 07 período composto i
Aula 07   período composto iAula 07   período composto i
Aula 07 período composto i
Jonatas Carlos
 
06 periodo composto_2
06 periodo composto_206 periodo composto_2
06 periodo composto_2
Flávio Ferreira
 
Português
PortuguêsPortuguês
Português
sufia1
 
Frases complexas
Frases complexasFrases complexas
Frases complexas
Universidade Pedagogica
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
Edson Alves
 

Semelhante a Advérbios e preposições (20)

Apresentacao palavras invariaveis
Apresentacao palavras invariaveisApresentacao palavras invariaveis
Apresentacao palavras invariaveis
 
Periodo composto por_coordenacao
Periodo composto por_coordenacaoPeriodo composto por_coordenacao
Periodo composto por_coordenacao
 
Coord sub
Coord sub Coord sub
Coord sub
 
Orações Coordenadas
Orações CoordenadasOrações Coordenadas
Orações Coordenadas
 
Or. Coordenadas1
Or. Coordenadas1Or. Coordenadas1
Or. Coordenadas1
 
Oracoescoordenadasesubordinadas (1)
Oracoescoordenadasesubordinadas (1)Oracoescoordenadasesubordinadas (1)
Oracoescoordenadasesubordinadas (1)
 
Oracoescoordenadasesubordinadas
OracoescoordenadasesubordinadasOracoescoordenadasesubordinadas
Oracoescoordenadasesubordinadas
 
Apostila concordancia
Apostila concordanciaApostila concordancia
Apostila concordancia
 
Orações coordenadas
Orações coordenadasOrações coordenadas
Orações coordenadas
 
653
653653
653
 
Conjunções coordenação - subordinação - orações sub. adverbiais.
Conjunções   coordenação - subordinação - orações sub. adverbiais.Conjunções   coordenação - subordinação - orações sub. adverbiais.
Conjunções coordenação - subordinação - orações sub. adverbiais.
 
Período composto por coordenação
Período composto por coordenaçãoPeríodo composto por coordenação
Período composto por coordenação
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
W19 Coord Sub Caus Cond Temp Fin
W19 Coord Sub Caus Cond Temp FinW19 Coord Sub Caus Cond Temp Fin
W19 Coord Sub Caus Cond Temp Fin
 
W12 Coord Sub Caus Cond Temp
W12 Coord Sub Caus Cond TempW12 Coord Sub Caus Cond Temp
W12 Coord Sub Caus Cond Temp
 
Aula 07 período composto i
Aula 07   período composto iAula 07   período composto i
Aula 07 período composto i
 
06 periodo composto_2
06 periodo composto_206 periodo composto_2
06 periodo composto_2
 
Português
PortuguêsPortuguês
Português
 
Frases complexas
Frases complexasFrases complexas
Frases complexas
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
 

Mais de Blog Estudo

Dissertacao portais baucavalo
Dissertacao portais baucavaloDissertacao portais baucavalo
Dissertacao portais baucavalo
Blog Estudo
 
Modernismo Brasileiro (1ª fase)
Modernismo Brasileiro (1ª fase)Modernismo Brasileiro (1ª fase)
Modernismo Brasileiro (1ª fase)
Blog Estudo
 
Modernismo em Portugal
Modernismo em PortugalModernismo em Portugal
Modernismo em Portugal
Blog Estudo
 
Pré-Modernismo no Brasil
Pré-Modernismo no BrasilPré-Modernismo no Brasil
Pré-Modernismo no Brasil
Blog Estudo
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
Blog Estudo
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
Blog Estudo
 
Orações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas AdverbiaisOrações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas Adverbiais
Blog Estudo
 
Português orações subordinadas adjetivas
Português   orações subordinadas adjetivasPortuguês   orações subordinadas adjetivas
Português orações subordinadas adjetivas
Blog Estudo
 
Orações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasOrações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas Substantivas
Blog Estudo
 
Conjunções coordenativas
Conjunções coordenativasConjunções coordenativas
Conjunções coordenativas
Blog Estudo
 

Mais de Blog Estudo (10)

Dissertacao portais baucavalo
Dissertacao portais baucavaloDissertacao portais baucavalo
Dissertacao portais baucavalo
 
Modernismo Brasileiro (1ª fase)
Modernismo Brasileiro (1ª fase)Modernismo Brasileiro (1ª fase)
Modernismo Brasileiro (1ª fase)
 
Modernismo em Portugal
Modernismo em PortugalModernismo em Portugal
Modernismo em Portugal
 
Pré-Modernismo no Brasil
Pré-Modernismo no BrasilPré-Modernismo no Brasil
Pré-Modernismo no Brasil
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
 
Orações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas AdverbiaisOrações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas Adverbiais
 
Português orações subordinadas adjetivas
Português   orações subordinadas adjetivasPortuguês   orações subordinadas adjetivas
Português orações subordinadas adjetivas
 
Orações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasOrações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas Substantivas
 
Conjunções coordenativas
Conjunções coordenativasConjunções coordenativas
Conjunções coordenativas
 

Advérbios e preposições

  • 1. Advérbio – é um tipo de palavra que exerce basicamente o papel de modificador do verbo. Ex.: a) Velhos barcos cruzam o enorme rio. b) Velhos barcos cruzam vagarosamente o enorme rio. Em b, a palavra vagarosamente relaciona-se ao verbo cruzam e acrescenta à frase uma informação: o modo como ocorre o fato verbal. Vagarosamente é, por isso, um advérbio de modo. Ex.: a) O governo divulgou novos dados sobre o crescimento do país. b) Ontem, o governo divulgou novos dados sobre o crescimento do país. A palavra destacada na frase b relaciona-se ao verbo divulgar, acrescentando a ele uma idéia de tempo. A palavra ontem é um exemplo de advérbio de tempo. Podemos, então, conceituar assim essa classe gramatical. Advérbio é uma palavra invariável que se relaciona ao verbo para indicar as circunstâncias (de tempo, de lugar, de modo, etc.) em que ocorre o fato verbal.
  • 2. Ás vezes, a circunstância em que ocorre o fato verbal é expressa não por uma palavra só, e sim por um conjunto de palavras denominado locução adverbial. Ex.: Velhos barcos cruzam sem nenhuma pressa o enorme rio. Locução adverbial que exprime circunstância de modo. Classificação do advérbio Os advérbios e as locuções adverbiais sempre exprimem uma circunstância (idéia complementar) em relação ao verbo a que se referem, e são classificados de acordo com o sentido que têm na frase.
  • 3. Classificação Principais Exemplo Afirmação Sim, certamente, Nós vimos, sim, o filme. realmente. Dúvida Talvez, eventualmente, Talvez viajemos juntos. acaso. Intensidade Pouco, bastante, muito, Ela trabalha muito. tão, demais. Lugar Aqui, lá, perto, longe, por O hotel fica na praia. dentro. Modo Mal, assim, devagar, às O frio ia chegando devagar. pressas. Negação Não, de modo algum. Eles não querem nos apoiar. Tempo Agora, sempre, nunca, Você nunca viaja à noite? brevemente, à noite, de vez em quando.
  • 4. Adjetivo Advérbio • Relaciona-se ao substantivo. • Relaciona-se ao verbo. • É variável (pode ter • É invariável (não admite masculino/feminino; masculino/feminino; singular/plural). singular/plural).
  • 5. É a palavra invariável que liga duas outras palavras, estabelecendo entre elas determinadas relações de sentido e de dependência. A preposição, ao relacionar duas outras palavras, estabelece entre elas um vínculo tal, que uma delas funciona como palavra principal (mais importante) e a outra, como secundária. Ex: Brinquedos de Isabel. Caixas de plástico. Palavra Palavra Palavra Palavra principal secundária principal secundária
  • 6. As preposições subdividem-se em dois grupos: *Essenciais: palavras que exercem exclusivamente o papel de preposição. *Acidentais: palavras de outras classes que, ocasionalmente, funcionam como preposição. Essenciais Acidentais a, ante, após, até, com, contra, de, como, conforme, durante, fora, desde, em, entre, para, perante, por, mediante, segundo, senão, visto. sem, sob, sobre.
  • 7. Considere as seguintes informações sobre as condições do clima de uma região: Uma frente fria chegará amanhã. A temperatura cairá bastante. O sol aparecerá pouco. Essas três orações podem ser reunidas em uma única frase: Uma frente fria chegará amanhã e a temperatura cairá bastante, porque o sol aparecerá pouco. Em relação às palavras destacadas nessa frase, observe as seguintes indicações:
  • 8. Uma frente fria chegará amanhã (oração 1) e  palavra que liga a oração 1 à 2.  Conjunção a temperatura cairá bastante. (oração 2) porque  palavra que liga a oração 2 à 3  Conjunção o sol aparecerá pouco. (oração 3) Considere agora esta outra frase: sujeito Chuva e frio atrapalharão o fim de semana dos gaúchos. palavras de mesma função (núcleos do sujeito) Note que a palavra e não liga duas orações, e sim duas palavras de mesma função. A palavra e também nesse caso é conjunção.
  • 9. Conjunção é a palavra invariável que liga: * duas orações; * duas palavras de mesma função em uma oração. Classificação das conjunções Existem dois mecanismos básicos por meio dos quais duas orações podem se ligar uma à outra: a coordenação e a subordinação. Relações de coordenação Compare as orações de a com as de b: a) O verão começou. As estradas para o litoral estão movimentadas. oração 1 oração 2 conjunção b) O verão começou, por isso as estradas para o litoral estão movimentadas. oração 1 oração 2
  • 10. Em a, temos duas orações isoladas, separadas pelo ponto. Em b, as mesmas orações aparecem ligadas pela conjunção, mas continuam mantendo sua autonomia: a oração 1 não depende da oração 2, nem a 2 depende da 1. são orações independentes um da outra. Orações independentes entre si recebem o nome de orações coordenadas, e a conjunção que as relaciona classifica-se como conjunção coordenativa. No exemplo anterior, temos, portanto: conjunção coordenativa O verão começou, por isso as estradas para o litoral estão movimentadas. oração coordenada oração coordenada
  • 11. As conjunções coordenativas podem estabelecer cinco diferentes relações de sentido entre duas orações coordenadas. Esses sentidos é que determinam a classificação das conjunções. Principais conjunções coordenativas Relação de sentido Exemplos aditivas soma/adição Fez as malas e sumiu da (e, nem, não só ... mas também) cidade. adversativas oposição Fez as malas, porém não (mas, porém, entretanto etc.) viajou. alternativas opção/escolha Ele ficará aqui ou viajará para (ou ... ou, ora ...ora etc.) a casa dos pais. conclusivas conclusão Ele está de férias, portanto (logo, portanto, por isso etc.) pode viajar. explicativas explicação/justificativa Faça suas malas, porque (porque, que, pois etc.) viajaremos amanhã.
  • 12. Relações de subordinação Observe: Pesquisa revela que maioria da população apóia democracia. oração 1 oração 2 Veja que: • Na oração 1, temos um verbo de sentido incompleto: revelar; • A oração 2 junta-se à oração 1 para completar o sentido do verbo revela. Pode-se dizer, então, que a oração é dependente da oração 1, já que serve para completar-lhe o sentido. Nesse tipo de relação entre orações, emprega-se a seguinte nomenclatura: • Oração subordinada – oração dependente de outra. • Oração principal – oração à qual se liga uma subordinada. • Conjunção subordinativa – conjunção que relaciona uma oração subordinada a uma principal..
  • 13. conjunção subordinativa Ex: Pesquisa revela que a maioria da população apóia a democracia. oração principal oração subordinada Classificação das orações subordinativas As conjunções subordinativas podem iniciar dois diferentes tipos de oração subordinada. Quando iniciam as orações subordinadas substantivas denominam-se conjunção integrante. As demais conjunções subordinativas introduzem orações subordinadas adverbiais e classificam-se de acordo com a relação de sentido que estabelecem.
  • 14. Classificação Principais conjunções Exemplos (relação de subordinativas sentido) Causais porque, como, visto que Viajou às pressas, porque o pai ficara doente. Concessivas embora, mesmo que, ainda que Mesmo que seja tarde, partiremos. Condicionais se, caso, desde que Se você aceitar, ele nos ajudará. Conformativas conforme, como, segundo Fiz o texto, conforme ele pediu. Consecutivas (tão/tanto) ... que Ela é tão chata, que eu não tolero. Comparativas (mais/menos) ... que, como Corria pelas ruas como um louco. Finais a fim de que, para que Irei lá, para que me contem tudo. Proporcionais a proporção que, à medida que À medida que escureceu, esfriou. Temporais quando, enquanto, desde que, logo que Ela mora aqui, desde que se casou.