SlideShare uma empresa Scribd logo
Profª Cristiane Bassani Medeiros
Poríferos
(“porus”=poro, “ferre”=portador)
• Existem cerca de 5 mil espécies, 300 brasileiras;
• São sésseis (vivem fixos);
• Aquáticos (maioria marinhos);
• Existem indivíduos isolados ou coloniais;
• Corpo cheio de poros;
• Alto grau de regeneração;
• Filtradores;
• Não possuem órgãos;
• São representados pelas esponjas.
Características Gerais
Colônia de esponjas
Esponja-baú
As células e as outras estruturas
• Ósculo: abertura de saída da água;
• Espícula: auxilia na sustentação do corpo;
• Porócito: por onde entra a água;
• Amebócitos: auxiliam nos processos de digestão
e defesa;
• Coanócitos: célula flagelada filtradora.
Espícula
• Assexuada: formação de brotos.
Reprodução
• Sexuada: fecundação (geralmente interna) com
formação de larva ciliada.
Reprodução
Cnidários
(“knidos”=que queima)
Características gerais
• Animais aquáticos (maioria marinhos);
• Flutuantes ou sésseis;
• Primeiros a apresentar cavidade digestória;
• Simetria radial;
• Apresentam-se em duas formas: pólipo e
medusa.
• Possuem cnidoblastos (células urticantes
presentes nos tentáculos).
Reprodução
• Assexuada: ocorre por brotamento, podendo ou
não formar colônias.
Reprodução
• Sexuada: a fecundação é geralmente externa; os
indivíduos podem ser monóicos ou dióicos.
Anêmonas
Os corais são formados por pólipos semelhantes a pequenas
anêmonas e produzem um esqueleto de carbonato de cálcio, que
resiste após a morte do animal.
Grande barreira de corais
australiana, cerca de 2400
quilômetros de extensão.
Platelmintos
(vermes de corpo achatado)
Características Gerais
• Corpo alongado e achatado, com simetria
bilateral;
• Aglomerado de células nervosas na região
anterior do corpo;
• Digestão extra e intracelular. Restos de alimentos
não aproveitados são eliminados pela boca;
• Podem ser parasitas ou de vida livre;
• Respiração cutânea.
• Estruturas do corpo:
- Ocelos: percebem a luz;
- Aurículas: percebem
substâncias químicas na
água;
- Boca: região ventral;
- Sistema digestivo:
incompleto (ausência
de ânus).
• Reprodução sexuada: São hermafroditas, mas
não fazem autofecundação. Normalmente há
cópula, com fecundação interna.
• Reprodução assexuada: Ocorre regeneração.
Doenças causadas por platelmintos
• Esquistossomose (ou barriga d’água)
Doenças causadas por platelmintos
• Teníase e Cisticercose
T. sollium
T. saginata
Doenças causadas por platelmintos
• Cisticercose: Ingestão de carne de porco crua
que contenha o cisticerco;
• Teníase: Ingestão de alimentos contaminados
com ovos de tênia.
Cisticercose
Exercícios
1. Os poríferos são animais também conhecidos como
esponjas por possuírem poros por todo corpo. Em qual
ambiente podemos encontrar os poríferos?
2. Os poríferos, quanto ao seu modo de vida, são animais
sésseis, por quê?
3. (FUVEST-SP) Por que as medusas podem, pelo simples
contato, levar pequenos animais à morte ou provocar irritações
na pele de seres humanos?
4. Como ocorre a reprodução assexuada em poríferos? E em
cnidários? E em platelmintos?
5. A esquistossomose, a teníase e a cisticercose são doenças
causadas por platelmintos. Caracterize cada uma.
Nematódeos
(vermes de corpo cilíndrico)
Características gerais
• Corpo cilíndrico, alongado e com as extremidades
afinadas;
• Simetria bilateral;
• Sistema digestório completo (boca e ânus), com
digestão extra e intracelular;
• Apresentam cutícula protetora revestindo
externamente o corpo do verme;
• Muitos são de vida livre no solo ou na água; alguns
parasitam outros animais.
• Sistema nervoso constituído por anel nervoso e
dois cordões nervosos;
• Maioria dióica (sexos separados) e com fecundação
interna.
Características gerais
Características gerais
• Possuem boca com “dentes”cortantes
Fêmea
Macho
Ascaridíase
• Provocada pelo Ascaris lumbriocoides;
• Causa cansaço, dores abdominais e
emagrecimento;
• Em casos mais graves pode ocorrer
obstruções intestinais e são necessárias
intervenções cirúrgicas.
Ciclo evolutivo da ascaridíase:
Infestação de Ascaris lumbricoides
Ascaris lumbricoides adultas
Ovos de Ascaris lumbricoides
Medidas preventivas:
• Saneamento básico;
• Ferver ou filtrar água a se ingerida;
• Lavar cuidadosamente frutas e verduras.
Bicho-geográfico
Prevenção:
 Evitar o contato direto
com áreas arenosas.
Moluscos
• Animais com corpo mole e musculoso;
• Podem ser encontrados em ambientes aquáticos,
principalmente marinhos, ou terrestres;
• Presença de um tecido chamado manto, responsável pela
produção da concha;
• Sistema digestório completo (boca e ânus), com digestão intra e
extracelular;
• Reprodução sexuada, com fecundação interna ou externa;
• Corpo dividido em cabeça, massa visceral e pé.
Características Gerais
Características gerais
• Na cabeça estão a boca e os órgãos relacionados
à percepção de estímulos, como olhos e
tentáculos;
• A massa visceral contém órgãos internos
relacionados à alimentação, respiração, excreção,
circulação e reprodução;
• O pé é uma estrutura musculosa responsável pela
movimentação do animal.
Características gerais
Características Gerais
Rádula é uma “língua” áspera usada para
raspar folhas ou algas.
Gastrópodes
• Representado por lesmas e
caracóis;
• Encontrados em ambiente
aquático e terrestre;
• Concha única e espiralada ou
ausente;
• Pé bem desenvolvido;
• Com rádula;
• Os aquáticos respiram por
brânquias, e os terrestre por
“pulmões”.
Bivalves
• Representados pelas ostras;
• Exclusivamente aquáticos;
• Alguns vivem enterrados na areia
e possuem pés apropriados para
cavar;
• Corpo achatado lateralmente;
• Concha dividida em duas partes,
chamadas valvas;
• Cabeça sem olhos nem
tentáculos;
• Grande importância comercial.
Cefalópodes
• Representados por:
o Náutilos (concha externa);
o Lulas (concha interna reduzida);
o Polvos (sem concha);
• Exclusivamente marinhos;
• Apresentam tentáculos ou
braços que partem da cabeça;
• Os tentáculos são utilizados na
locomoção e na captura de
presas.
Anelídeos
Características gerais
• Representado por minhocas e sanguessugas;
• Corpo cilíndrico dividido em vários segmentos ou
anéis;
• Podem viver em ambiente aquático ou terrestre;
• Possuem cerdas que auxiliam na locomoção;
• Sistema digestório completo e digestão
extracelular;
Características Gerais
• Temperatura corporal: Ectotérmicos;
• Sistema Tegumentar: Epiderme com cutícula;
• Sistema Esquelético: Ausente;
• Contém órgãos dos sentidos para: Tato, paladar e
percepção de luz;
• Reprodução: Sexuada; maioria monóicos
(hermafroditas); Fecundação cruzada; Desenvolvimento
direto;
Características Gerais
Características Gerais
Principais Classes
Principais Classes
• Hirudíneos
– Ausência de cerdas;
– Sanguessugas;
– Monóicos (Hermafroditas);
Principais Classes
• Poliquetos
– Apresentam muitas
cerdas no corpo;
– Todos com função
sensorial.
Principais Classes
• Oligoquetos
– Poucas cerdas;
– Minhocas;
– Terrestres;
– Monóicos;
– Agricultura.
Artrópodes
Características Gerais
• Presença de um exoesqueleto rígido, que confere
rigidez e proteção;
• Esqueleto com articulações que permitem movimentos,
como nas patas;
• Mudança de exoesqueleto (muda ou ecdise);
• Corpo dividido em cabeça, tórax e abdome;
• Em alguns a cabeça e o tórax se fundem, formando
cefalotórax (aranhas, caranguejos);
• Digestão extracelular, e tubo digestório completo;
• Maioria com reprodução sexuada;
• Fecundação externa ou interna.
Principais Classes
• Crustáceos
– Camarão, siri e lagosta;
– Maioria marinhos;
– Exoesqueleto bem rígido.
Principais Classes
• Insetos
– Corpo dividido em cabeça,
tórax e abdome;
– Cabeça com:
 Um par de antenas;
 Um par de olhos compostos
ou simples;
 Peças bucais, relacionadas à
alimentação, que diferem
de acordo com o alimento.
Principais Classes
• Insetos
– Tórax com:
 Três pares de pernas;
 Asas;
 Maioria com dois pares de
asas;
 Existem com um par e sem
asas;
Principais Classes
• Insetos
– São dioicos (sexos separados);
– Fêmea põe ovos;
– Desenvolvimento direto ou
indireto (metamorfose):
 Metamorfose completa
(ovo – larva – pupa – adulto);
– Besouros, borboletas, moscas;
 Metamorfose incompleta
(ovo – ninfa – adulto);
– Baratas, gafanhotos.
Principais Classes
• Aracnídeos
– Aranhas, escorpiões, ácaros
e carrapatos;
– Corpo dividido em
cefalotórax e abdome;
– Cefalotórax:
 Quatro pares de patas;
 Um par de apêndices para
alimentação (pedipalpos);
 Um par de apêndices em
forma de pinça (quelíceras);
– Sem asas nem antenas.
Principais Classes
• Aracnídeos
 Aranhas e escorpiões:
– Se alimentam de insetos;
– Muitos têm peçonha;
– Aranhas (quelíceras) e escorpiões
(aguilhão);
– Digestão começa sobre o corpo
da presa;
– Aranhas mais perigosas são:
viúva-negra, armadeira e aranha-
marrom;
– Escorpiões mais comuns são:
escorpião-preto e escorpião-
amarelo.
Principais Classes
• Aracnídeos
 Carrapatos e ácaros:
– Fusão do abdome e cefalotórax;
– Maior parte é parasita;
– Podem ser vetores de diversas
doenças;
– Alguns ácaros parasitam
plantações e estão associados ao
pó doméstico.
Principais Classes
• Quilópodes
– Lacraias e centopeias;
– Corpo dividido em cabeça e
tronco;
– Um par de pernas por
segmento;
– As do primeiro segmento são
modificadas;
– Garras venenosas
(forcípulas);
– As do último segmento são
utilizadas para defesa;
– Maioria predadores.
Principais Classes
• Diplópodes
– Piolhos-de-cobra;
– Corpo dividido em cabeça
e tronco;
– Dois pares de pernas por
segmento;
– Se alimentam de plantas
em decomposição;
– Enrolam o tronco e
liberam um líquido tóxico.
Equinodermos
“pele com espinhos”
Características Gerais
• Ouriço e estrela-do-mar;
• Simetria radial;
• Possuem endoesqueleto (esqueleto interno);
• Digestão extracelular;
• Sistema Digestório Completo (boca e ânus);
• Sistema aquífero no interior, preenchido por
água do mar;
• Possuem pés ambulacrais, que auxiliam na
locomoção.
Características Gerais
• Maioria dióicos;
• Reprodução sexuada;
• Fecundação externa;
• Reprodução assexuada;
• Regeneração das
estrelas-do-mar.
7 ano invertebrados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
Killer Max
 
IV.4 aves
IV.4 avesIV.4 aves
IV.4 aves
Rebeca Vale
 
Células
CélulasCélulas
Células
Cláudia Moura
 
I.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivosI.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivos
Rebeca Vale
 
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Janaina Alves
 
I.3 classificação seres vivos
I.3 classificação seres vivosI.3 classificação seres vivos
I.3 classificação seres vivos
Rebeca Vale
 
V.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
V.5 Angiospermas - flor, fruto e sementeV.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
V.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
Rebeca Vale
 
Poriferos
PoriferosPoriferos
7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas
crisbassanimedeiros
 
Aula completa reino protista
Aula completa reino protistaAula completa reino protista
Aula completa reino protista
Nelson Costa
 
Bactérias 7º Ano
Bactérias 7º Ano Bactérias 7º Ano
Bactérias 7º Ano
guest3519e1
 
Aulão a origem da vida
Aulão a origem da vidaAulão a origem da vida
Aulão a origem da vida
César Milani
 
7º ano cap 5 vírus
7º ano cap 5   vírus7º ano cap 5   vírus
7º ano cap 5 vírus
ISJ
 
Reino Monera
Reino MoneraReino Monera
Reino Monera
profatatiana
 
Reino Plantae Power Point
Reino Plantae Power PointReino Plantae Power Point
Reino Plantae Power Point
infoeducp2
 
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e NematelmintosIII.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
Rebeca Vale
 
Reino Plantas
Reino PlantasReino Plantas
Reino Plantas
infoeducp2
 
Zoologia geral aulas 1
Zoologia geral aulas 1Zoologia geral aulas 1
Zoologia geral aulas 1
Henrique Zini
 
Aula 7º ano - Os cinco reinos dos seres vivos/ Reino Monera
Aula 7º ano - Os cinco reinos dos seres vivos/ Reino MoneraAula 7º ano - Os cinco reinos dos seres vivos/ Reino Monera
Aula 7º ano - Os cinco reinos dos seres vivos/ Reino Monera
Leonardo Kaplan
 
OS EQUINODERMOS
OS EQUINODERMOSOS EQUINODERMOS
OS EQUINODERMOS
Nayana Maia
 

Mais procurados (20)

Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 
IV.4 aves
IV.4 avesIV.4 aves
IV.4 aves
 
Células
CélulasCélulas
Células
 
I.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivosI.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivos
 
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
 
I.3 classificação seres vivos
I.3 classificação seres vivosI.3 classificação seres vivos
I.3 classificação seres vivos
 
V.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
V.5 Angiospermas - flor, fruto e sementeV.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
V.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
 
Poriferos
PoriferosPoriferos
Poriferos
 
7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas
 
Aula completa reino protista
Aula completa reino protistaAula completa reino protista
Aula completa reino protista
 
Bactérias 7º Ano
Bactérias 7º Ano Bactérias 7º Ano
Bactérias 7º Ano
 
Aulão a origem da vida
Aulão a origem da vidaAulão a origem da vida
Aulão a origem da vida
 
7º ano cap 5 vírus
7º ano cap 5   vírus7º ano cap 5   vírus
7º ano cap 5 vírus
 
Reino Monera
Reino MoneraReino Monera
Reino Monera
 
Reino Plantae Power Point
Reino Plantae Power PointReino Plantae Power Point
Reino Plantae Power Point
 
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e NematelmintosIII.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
 
Reino Plantas
Reino PlantasReino Plantas
Reino Plantas
 
Zoologia geral aulas 1
Zoologia geral aulas 1Zoologia geral aulas 1
Zoologia geral aulas 1
 
Aula 7º ano - Os cinco reinos dos seres vivos/ Reino Monera
Aula 7º ano - Os cinco reinos dos seres vivos/ Reino MoneraAula 7º ano - Os cinco reinos dos seres vivos/ Reino Monera
Aula 7º ano - Os cinco reinos dos seres vivos/ Reino Monera
 
OS EQUINODERMOS
OS EQUINODERMOSOS EQUINODERMOS
OS EQUINODERMOS
 

Destaque

Animais
AnimaisAnimais
De la sociedad de la información a las sociedades del conocimiento Capitulo I...
De la sociedad de la información a las sociedades del conocimiento Capitulo I...De la sociedad de la información a las sociedades del conocimiento Capitulo I...
De la sociedad de la información a las sociedades del conocimiento Capitulo I...
Maria Cecilia Alegre
 
Os invertebrados parte 1
Os invertebrados parte 1Os invertebrados parte 1
Os invertebrados parte 1
Roxana Alhadas
 
Invertebrados 2 Animais vermiformes
Invertebrados 2  Animais vermiformesInvertebrados 2  Animais vermiformes
Invertebrados 2 Animais vermiformes
Roxana Alhadas
 
Animais Invertebrados
Animais InvertebradosAnimais Invertebrados
Animais Invertebrados
Andrea Barreto
 
Avaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena AndradeAvaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena Andrade
Angela Maria
 

Destaque (6)

Animais
AnimaisAnimais
Animais
 
De la sociedad de la información a las sociedades del conocimiento Capitulo I...
De la sociedad de la información a las sociedades del conocimiento Capitulo I...De la sociedad de la información a las sociedades del conocimiento Capitulo I...
De la sociedad de la información a las sociedades del conocimiento Capitulo I...
 
Os invertebrados parte 1
Os invertebrados parte 1Os invertebrados parte 1
Os invertebrados parte 1
 
Invertebrados 2 Animais vermiformes
Invertebrados 2  Animais vermiformesInvertebrados 2  Animais vermiformes
Invertebrados 2 Animais vermiformes
 
Animais Invertebrados
Animais InvertebradosAnimais Invertebrados
Animais Invertebrados
 
Avaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena AndradeAvaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena Andrade
 

Semelhante a 7 ano invertebrados

Capítulo 06 invertebrados I
Capítulo 06   invertebrados ICapítulo 06   invertebrados I
Capítulo 06 invertebrados I
Igor Brant
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos Invertebrados
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos InvertebradosSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos Invertebrados
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos Invertebrados
Turma Olímpica
 
Reino Animal
Reino AnimalReino Animal
Reino Animal
AleSclearuc
 
Reino Animalia Animais Invertebrados 1.pptx
Reino Animalia Animais Invertebrados 1.pptxReino Animalia Animais Invertebrados 1.pptx
Reino Animalia Animais Invertebrados 1.pptx
naramentsu
 
Peixes
PeixesPeixes
Peixes
URCA
 
Vertebrados peixes
Vertebrados peixesVertebrados peixes
Vertebrados peixes
Colégio Cardeal Arcoverde
 
fdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.ppt
fdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.pptfdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.ppt
fdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.ppt
DanielMedina333918
 
Artrópodes e equinodermos
Artrópodes e equinodermosArtrópodes e equinodermos
Artrópodes e equinodermos
jrz758
 
Invertebrados
InvertebradosInvertebrados
Invertebrados
Keilha Barroca
 
Anelídeos, moluscos, artrópodes, equinodermos
Anelídeos, moluscos, artrópodes, equinodermosAnelídeos, moluscos, artrópodes, equinodermos
Anelídeos, moluscos, artrópodes, equinodermos
amollaop
 
Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02
Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02
Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02
MARISTA , UVA, FIC, FAINTER, GÊNESIS
 
Zoologia pronto tassi e paula
Zoologia  pronto tassi e paulaZoologia  pronto tassi e paula
Zoologia pronto tassi e paula
familiaestagio
 
Apresentação mamíferos.pptx
Apresentação mamíferos.pptxApresentação mamíferos.pptx
Apresentação mamíferos.pptx
AnnaKellyNogueira1
 
Zoologia invertebrados
Zoologia invertebradosZoologia invertebrados
Zoologia invertebrados
Jamille Nunez
 
Invertebrados - por Fabia Mello
Invertebrados - por Fabia MelloInvertebrados - por Fabia Mello
Invertebrados - por Fabia Mello
Thiago Vieira
 
Animais invertebrados (mazza)
Animais invertebrados (mazza)Animais invertebrados (mazza)
Animais invertebrados (mazza)
Romualdo Caetano Barros
 
Capítulo 08 - vertebrados I
Capítulo 08 - vertebrados ICapítulo 08 - vertebrados I
Capítulo 08 - vertebrados I
Igor Brant
 
2016 Frente 2 módulo 1 o tegumento dos animais
2016 Frente 2 módulo 1 o tegumento dos animais2016 Frente 2 módulo 1 o tegumento dos animais
2016 Frente 2 módulo 1 o tegumento dos animais
Colégio Batista de Mantena
 
Aula 11 mamíferos evolução e caracteristicas gerais
Aula 11   mamíferos evolução e caracteristicas geraisAula 11   mamíferos evolução e caracteristicas gerais
Aula 11 mamíferos evolução e caracteristicas gerais
Hélio Dos Santos
 
AULA-13.ppt
AULA-13.pptAULA-13.ppt
AULA-13.ppt
WesleyAlvesNunes
 

Semelhante a 7 ano invertebrados (20)

Capítulo 06 invertebrados I
Capítulo 06   invertebrados ICapítulo 06   invertebrados I
Capítulo 06 invertebrados I
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos Invertebrados
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos InvertebradosSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos Invertebrados
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos Invertebrados
 
Reino Animal
Reino AnimalReino Animal
Reino Animal
 
Reino Animalia Animais Invertebrados 1.pptx
Reino Animalia Animais Invertebrados 1.pptxReino Animalia Animais Invertebrados 1.pptx
Reino Animalia Animais Invertebrados 1.pptx
 
Peixes
PeixesPeixes
Peixes
 
Vertebrados peixes
Vertebrados peixesVertebrados peixes
Vertebrados peixes
 
fdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.ppt
fdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.pptfdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.ppt
fdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.ppt
 
Artrópodes e equinodermos
Artrópodes e equinodermosArtrópodes e equinodermos
Artrópodes e equinodermos
 
Invertebrados
InvertebradosInvertebrados
Invertebrados
 
Anelídeos, moluscos, artrópodes, equinodermos
Anelídeos, moluscos, artrópodes, equinodermosAnelídeos, moluscos, artrópodes, equinodermos
Anelídeos, moluscos, artrópodes, equinodermos
 
Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02
Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02
Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02
 
Zoologia pronto tassi e paula
Zoologia  pronto tassi e paulaZoologia  pronto tassi e paula
Zoologia pronto tassi e paula
 
Apresentação mamíferos.pptx
Apresentação mamíferos.pptxApresentação mamíferos.pptx
Apresentação mamíferos.pptx
 
Zoologia invertebrados
Zoologia invertebradosZoologia invertebrados
Zoologia invertebrados
 
Invertebrados - por Fabia Mello
Invertebrados - por Fabia MelloInvertebrados - por Fabia Mello
Invertebrados - por Fabia Mello
 
Animais invertebrados (mazza)
Animais invertebrados (mazza)Animais invertebrados (mazza)
Animais invertebrados (mazza)
 
Capítulo 08 - vertebrados I
Capítulo 08 - vertebrados ICapítulo 08 - vertebrados I
Capítulo 08 - vertebrados I
 
2016 Frente 2 módulo 1 o tegumento dos animais
2016 Frente 2 módulo 1 o tegumento dos animais2016 Frente 2 módulo 1 o tegumento dos animais
2016 Frente 2 módulo 1 o tegumento dos animais
 
Aula 11 mamíferos evolução e caracteristicas gerais
Aula 11   mamíferos evolução e caracteristicas geraisAula 11   mamíferos evolução e caracteristicas gerais
Aula 11 mamíferos evolução e caracteristicas gerais
 
AULA-13.ppt
AULA-13.pptAULA-13.ppt
AULA-13.ppt
 

Mais de crisbassanimedeiros

9 ano propriedades da matéria
9 ano propriedades da matéria9 ano propriedades da matéria
9 ano propriedades da matéria
crisbassanimedeiros
 
9 ano mudanças de estado físico
9 ano mudanças de estado físico9 ano mudanças de estado físico
9 ano mudanças de estado físico
crisbassanimedeiros
 
8 ano sistema digestório
8 ano sistema digestório8 ano sistema digestório
8 ano sistema digestório
crisbassanimedeiros
 
8 ano principais tipos de tecidos
8 ano principais tipos de tecidos8 ano principais tipos de tecidos
8 ano principais tipos de tecidos
crisbassanimedeiros
 
8 ano células
8 ano células8 ano células
8 ano células
crisbassanimedeiros
 
9 ano leis de newton
9 ano leis de newton9 ano leis de newton
9 ano leis de newton
crisbassanimedeiros
 
8 ano sistema reprodutor masculino e feminino
8 ano sistema reprodutor masculino e feminino8 ano sistema reprodutor masculino e feminino
8 ano sistema reprodutor masculino e feminino
crisbassanimedeiros
 
8 ano principais tipos de tecidos
8 ano principais tipos de tecidos8 ano principais tipos de tecidos
8 ano principais tipos de tecidos
crisbassanimedeiros
 
7 ano relações ecológicas seres vivos e o sol
7 ano relações ecológicas seres vivos e o sol7 ano relações ecológicas seres vivos e o sol
7 ano relações ecológicas seres vivos e o sol
crisbassanimedeiros
 
7 ano classificação dos seres vivos
7 ano classificação dos seres vivos7 ano classificação dos seres vivos
7 ano classificação dos seres vivos
crisbassanimedeiros
 
6 ano atmosfera
6 ano atmosfera6 ano atmosfera
6 ano atmosfera
crisbassanimedeiros
 
6 ano o universo e o sistema solar
6 ano o universo e o sistema solar6 ano o universo e o sistema solar
6 ano o universo e o sistema solar
crisbassanimedeiros
 
3 ano relações ecológicas
3 ano relações ecológicas3 ano relações ecológicas
3 ano relações ecológicas
crisbassanimedeiros
 
2 ano cordados peixes_anfíbios
2 ano cordados peixes_anfíbios2 ano cordados peixes_anfíbios
2 ano cordados peixes_anfíbios
crisbassanimedeiros
 
1 ano desenvolvimento embrionário e anexos embrionários
1 ano desenvolvimento embrionário e anexos embrionários1 ano desenvolvimento embrionário e anexos embrionários
1 ano desenvolvimento embrionário e anexos embrionários
crisbassanimedeiros
 

Mais de crisbassanimedeiros (15)

9 ano propriedades da matéria
9 ano propriedades da matéria9 ano propriedades da matéria
9 ano propriedades da matéria
 
9 ano mudanças de estado físico
9 ano mudanças de estado físico9 ano mudanças de estado físico
9 ano mudanças de estado físico
 
8 ano sistema digestório
8 ano sistema digestório8 ano sistema digestório
8 ano sistema digestório
 
8 ano principais tipos de tecidos
8 ano principais tipos de tecidos8 ano principais tipos de tecidos
8 ano principais tipos de tecidos
 
8 ano células
8 ano células8 ano células
8 ano células
 
9 ano leis de newton
9 ano leis de newton9 ano leis de newton
9 ano leis de newton
 
8 ano sistema reprodutor masculino e feminino
8 ano sistema reprodutor masculino e feminino8 ano sistema reprodutor masculino e feminino
8 ano sistema reprodutor masculino e feminino
 
8 ano principais tipos de tecidos
8 ano principais tipos de tecidos8 ano principais tipos de tecidos
8 ano principais tipos de tecidos
 
7 ano relações ecológicas seres vivos e o sol
7 ano relações ecológicas seres vivos e o sol7 ano relações ecológicas seres vivos e o sol
7 ano relações ecológicas seres vivos e o sol
 
7 ano classificação dos seres vivos
7 ano classificação dos seres vivos7 ano classificação dos seres vivos
7 ano classificação dos seres vivos
 
6 ano atmosfera
6 ano atmosfera6 ano atmosfera
6 ano atmosfera
 
6 ano o universo e o sistema solar
6 ano o universo e o sistema solar6 ano o universo e o sistema solar
6 ano o universo e o sistema solar
 
3 ano relações ecológicas
3 ano relações ecológicas3 ano relações ecológicas
3 ano relações ecológicas
 
2 ano cordados peixes_anfíbios
2 ano cordados peixes_anfíbios2 ano cordados peixes_anfíbios
2 ano cordados peixes_anfíbios
 
1 ano desenvolvimento embrionário e anexos embrionários
1 ano desenvolvimento embrionário e anexos embrionários1 ano desenvolvimento embrionário e anexos embrionários
1 ano desenvolvimento embrionário e anexos embrionários
 

Último

APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 

Último (20)

APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 

7 ano invertebrados

  • 2.
  • 4. • Existem cerca de 5 mil espécies, 300 brasileiras; • São sésseis (vivem fixos); • Aquáticos (maioria marinhos); • Existem indivíduos isolados ou coloniais; • Corpo cheio de poros; • Alto grau de regeneração; • Filtradores; • Não possuem órgãos; • São representados pelas esponjas. Características Gerais
  • 7.
  • 8.
  • 9. As células e as outras estruturas • Ósculo: abertura de saída da água; • Espícula: auxilia na sustentação do corpo; • Porócito: por onde entra a água; • Amebócitos: auxiliam nos processos de digestão e defesa; • Coanócitos: célula flagelada filtradora.
  • 11. • Assexuada: formação de brotos. Reprodução
  • 12. • Sexuada: fecundação (geralmente interna) com formação de larva ciliada. Reprodução
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 18. Características gerais • Animais aquáticos (maioria marinhos); • Flutuantes ou sésseis; • Primeiros a apresentar cavidade digestória; • Simetria radial; • Apresentam-se em duas formas: pólipo e medusa. • Possuem cnidoblastos (células urticantes presentes nos tentáculos).
  • 19.
  • 20. Reprodução • Assexuada: ocorre por brotamento, podendo ou não formar colônias.
  • 21. Reprodução • Sexuada: a fecundação é geralmente externa; os indivíduos podem ser monóicos ou dióicos.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 27. Os corais são formados por pólipos semelhantes a pequenas anêmonas e produzem um esqueleto de carbonato de cálcio, que resiste após a morte do animal.
  • 28. Grande barreira de corais australiana, cerca de 2400 quilômetros de extensão.
  • 30. Características Gerais • Corpo alongado e achatado, com simetria bilateral; • Aglomerado de células nervosas na região anterior do corpo; • Digestão extra e intracelular. Restos de alimentos não aproveitados são eliminados pela boca; • Podem ser parasitas ou de vida livre; • Respiração cutânea.
  • 31.
  • 32.
  • 33. • Estruturas do corpo: - Ocelos: percebem a luz; - Aurículas: percebem substâncias químicas na água; - Boca: região ventral; - Sistema digestivo: incompleto (ausência de ânus).
  • 34. • Reprodução sexuada: São hermafroditas, mas não fazem autofecundação. Normalmente há cópula, com fecundação interna.
  • 35. • Reprodução assexuada: Ocorre regeneração.
  • 36. Doenças causadas por platelmintos • Esquistossomose (ou barriga d’água)
  • 37.
  • 38.
  • 39. Doenças causadas por platelmintos • Teníase e Cisticercose T. sollium T. saginata
  • 40. Doenças causadas por platelmintos • Cisticercose: Ingestão de carne de porco crua que contenha o cisticerco; • Teníase: Ingestão de alimentos contaminados com ovos de tênia.
  • 41.
  • 42.
  • 43.
  • 45. Exercícios 1. Os poríferos são animais também conhecidos como esponjas por possuírem poros por todo corpo. Em qual ambiente podemos encontrar os poríferos? 2. Os poríferos, quanto ao seu modo de vida, são animais sésseis, por quê? 3. (FUVEST-SP) Por que as medusas podem, pelo simples contato, levar pequenos animais à morte ou provocar irritações na pele de seres humanos? 4. Como ocorre a reprodução assexuada em poríferos? E em cnidários? E em platelmintos? 5. A esquistossomose, a teníase e a cisticercose são doenças causadas por platelmintos. Caracterize cada uma.
  • 47. Características gerais • Corpo cilíndrico, alongado e com as extremidades afinadas; • Simetria bilateral; • Sistema digestório completo (boca e ânus), com digestão extra e intracelular; • Apresentam cutícula protetora revestindo externamente o corpo do verme; • Muitos são de vida livre no solo ou na água; alguns parasitam outros animais.
  • 48. • Sistema nervoso constituído por anel nervoso e dois cordões nervosos; • Maioria dióica (sexos separados) e com fecundação interna. Características gerais
  • 49. Características gerais • Possuem boca com “dentes”cortantes Fêmea Macho
  • 50. Ascaridíase • Provocada pelo Ascaris lumbriocoides; • Causa cansaço, dores abdominais e emagrecimento; • Em casos mais graves pode ocorrer obstruções intestinais e são necessárias intervenções cirúrgicas.
  • 51. Ciclo evolutivo da ascaridíase:
  • 52.
  • 53. Infestação de Ascaris lumbricoides Ascaris lumbricoides adultas Ovos de Ascaris lumbricoides
  • 54. Medidas preventivas: • Saneamento básico; • Ferver ou filtrar água a se ingerida; • Lavar cuidadosamente frutas e verduras.
  • 56. Prevenção:  Evitar o contato direto com áreas arenosas.
  • 58. • Animais com corpo mole e musculoso; • Podem ser encontrados em ambientes aquáticos, principalmente marinhos, ou terrestres; • Presença de um tecido chamado manto, responsável pela produção da concha; • Sistema digestório completo (boca e ânus), com digestão intra e extracelular; • Reprodução sexuada, com fecundação interna ou externa; • Corpo dividido em cabeça, massa visceral e pé. Características Gerais
  • 59. Características gerais • Na cabeça estão a boca e os órgãos relacionados à percepção de estímulos, como olhos e tentáculos; • A massa visceral contém órgãos internos relacionados à alimentação, respiração, excreção, circulação e reprodução; • O pé é uma estrutura musculosa responsável pela movimentação do animal.
  • 61. Características Gerais Rádula é uma “língua” áspera usada para raspar folhas ou algas.
  • 62. Gastrópodes • Representado por lesmas e caracóis; • Encontrados em ambiente aquático e terrestre; • Concha única e espiralada ou ausente; • Pé bem desenvolvido; • Com rádula; • Os aquáticos respiram por brânquias, e os terrestre por “pulmões”.
  • 63.
  • 64. Bivalves • Representados pelas ostras; • Exclusivamente aquáticos; • Alguns vivem enterrados na areia e possuem pés apropriados para cavar; • Corpo achatado lateralmente; • Concha dividida em duas partes, chamadas valvas; • Cabeça sem olhos nem tentáculos; • Grande importância comercial.
  • 65.
  • 66. Cefalópodes • Representados por: o Náutilos (concha externa); o Lulas (concha interna reduzida); o Polvos (sem concha); • Exclusivamente marinhos; • Apresentam tentáculos ou braços que partem da cabeça; • Os tentáculos são utilizados na locomoção e na captura de presas.
  • 67.
  • 68.
  • 70. Características gerais • Representado por minhocas e sanguessugas; • Corpo cilíndrico dividido em vários segmentos ou anéis; • Podem viver em ambiente aquático ou terrestre; • Possuem cerdas que auxiliam na locomoção; • Sistema digestório completo e digestão extracelular;
  • 71. Características Gerais • Temperatura corporal: Ectotérmicos; • Sistema Tegumentar: Epiderme com cutícula; • Sistema Esquelético: Ausente; • Contém órgãos dos sentidos para: Tato, paladar e percepção de luz; • Reprodução: Sexuada; maioria monóicos (hermafroditas); Fecundação cruzada; Desenvolvimento direto;
  • 74.
  • 76. Principais Classes • Hirudíneos – Ausência de cerdas; – Sanguessugas; – Monóicos (Hermafroditas);
  • 77. Principais Classes • Poliquetos – Apresentam muitas cerdas no corpo; – Todos com função sensorial.
  • 78. Principais Classes • Oligoquetos – Poucas cerdas; – Minhocas; – Terrestres; – Monóicos; – Agricultura.
  • 80. Características Gerais • Presença de um exoesqueleto rígido, que confere rigidez e proteção; • Esqueleto com articulações que permitem movimentos, como nas patas; • Mudança de exoesqueleto (muda ou ecdise); • Corpo dividido em cabeça, tórax e abdome; • Em alguns a cabeça e o tórax se fundem, formando cefalotórax (aranhas, caranguejos); • Digestão extracelular, e tubo digestório completo; • Maioria com reprodução sexuada; • Fecundação externa ou interna.
  • 81. Principais Classes • Crustáceos – Camarão, siri e lagosta; – Maioria marinhos; – Exoesqueleto bem rígido.
  • 82. Principais Classes • Insetos – Corpo dividido em cabeça, tórax e abdome; – Cabeça com:  Um par de antenas;  Um par de olhos compostos ou simples;  Peças bucais, relacionadas à alimentação, que diferem de acordo com o alimento.
  • 83. Principais Classes • Insetos – Tórax com:  Três pares de pernas;  Asas;  Maioria com dois pares de asas;  Existem com um par e sem asas;
  • 84. Principais Classes • Insetos – São dioicos (sexos separados); – Fêmea põe ovos; – Desenvolvimento direto ou indireto (metamorfose):  Metamorfose completa (ovo – larva – pupa – adulto); – Besouros, borboletas, moscas;  Metamorfose incompleta (ovo – ninfa – adulto); – Baratas, gafanhotos.
  • 85.
  • 86.
  • 87. Principais Classes • Aracnídeos – Aranhas, escorpiões, ácaros e carrapatos; – Corpo dividido em cefalotórax e abdome; – Cefalotórax:  Quatro pares de patas;  Um par de apêndices para alimentação (pedipalpos);  Um par de apêndices em forma de pinça (quelíceras); – Sem asas nem antenas.
  • 88. Principais Classes • Aracnídeos  Aranhas e escorpiões: – Se alimentam de insetos; – Muitos têm peçonha; – Aranhas (quelíceras) e escorpiões (aguilhão); – Digestão começa sobre o corpo da presa; – Aranhas mais perigosas são: viúva-negra, armadeira e aranha- marrom; – Escorpiões mais comuns são: escorpião-preto e escorpião- amarelo.
  • 89. Principais Classes • Aracnídeos  Carrapatos e ácaros: – Fusão do abdome e cefalotórax; – Maior parte é parasita; – Podem ser vetores de diversas doenças; – Alguns ácaros parasitam plantações e estão associados ao pó doméstico.
  • 90. Principais Classes • Quilópodes – Lacraias e centopeias; – Corpo dividido em cabeça e tronco; – Um par de pernas por segmento; – As do primeiro segmento são modificadas; – Garras venenosas (forcípulas); – As do último segmento são utilizadas para defesa; – Maioria predadores.
  • 91. Principais Classes • Diplópodes – Piolhos-de-cobra; – Corpo dividido em cabeça e tronco; – Dois pares de pernas por segmento; – Se alimentam de plantas em decomposição; – Enrolam o tronco e liberam um líquido tóxico.
  • 93. Características Gerais • Ouriço e estrela-do-mar; • Simetria radial; • Possuem endoesqueleto (esqueleto interno); • Digestão extracelular; • Sistema Digestório Completo (boca e ânus); • Sistema aquífero no interior, preenchido por água do mar; • Possuem pés ambulacrais, que auxiliam na locomoção.
  • 94. Características Gerais • Maioria dióicos; • Reprodução sexuada; • Fecundação externa; • Reprodução assexuada; • Regeneração das estrelas-do-mar.