SlideShare uma empresa Scribd logo
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL CERTIFICADO DE REGULARIDADE PREVIDENCIÁRIA - CRP Campinas/SP, 14 de abril de 2010.
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  ATRIBUIÇÃO CONSTITUCIONAL – CF 1988 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  ATRIBUIÇÃO CONSTITUCIONAL – CF 1988 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  ATRIBUIÇÃO CONSTITUCIONAL – CF 1988 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  NORMA GERAL – Lei nº 9.717, de 1998 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  Instituído por meio do Decreto Federal nº 3.788, de 11 de abril de 2001, com fundamento no art. 84 inciso IV da C.F., sendo utilizado pela União para verificar a adequação dos Regimes Próprios à Lei nº 9.717, de 1998, e Portaria/MPS nº 402, de 2008, quando da liberação de transferências voluntarias, empréstimos junto a bancos federais, convênios, etc...   CERTIFICADO  DE  REGULARIDADE  PREVIDENCIÁRIA
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  ,[object Object],[object Object],CERTIFICADO  DE  REGULARIDADE  PREVIDENCIÁRIA
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],CERTIFICADO  DE  REGULARIDADE  PREVIDENCIÁRIA
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  SUPERVISÃO DA REGULARIDADE DOS CRITÉRIOS DO CRP ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  ,[object Object],[object Object],CERTIFICADO  DE  REGULARIDADE  PREVIDENCIÁRIA
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  - Exigível a partir de 01/01/2008 Unidade Gestora e Regimes Próprios Únicos (Verificação de disposições na legislação e auditoria - Exigível a partir de 01/01/2008 Participação dos segurados, ativos e inativos, nos colegiados (Verificação de disposições na legislação, denúncias e auditoria)  -  Exigível a partir de 01/05/2008 Demonstrativos Contábeis (Apresentação dos resultados extraídos do balanço anual) - Exigível a partir  de 01/06/2010 Caráter Contributivo (pagamento de contribuições parceladas)  (verificação do efetivo pagamento dos acordos de parcelamento – informação no comprovante de repasse) -  Cumprimento a partir de 06/2010 (adequação sistema) Informações Critérios exigíveis a partir 01/2008
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  PARCELAMENTO DA PORTARIA/MPS Nº 402/2008, ALTERADA PELAS PORTARIAS/MPS Nº  83/2009  E Nº 230/2009 ,[object Object],[object Object],[object Object]
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  PARCELAMENTO DA PORTARIA/MPS Nº 402/2008, ALTERADA PELAS PORTARIAS/MPS Nº 83/2009  E Nº 230/2009 Art. 5º, § 1º cont.... II – aplicação de índice de atualização legal e de taxa de juros na consolidação do montante devido e no pagamento das parcelas, inclusive se pagas em atraso; III – vedação de inclusão, no acordo de parcelamento, das contribuições descontadas dos servidores ativos, inativos e pensionistas, salvo o disposto na parte final dos § § 2º e 9º;  (Redação dada pela Portaria MPS nº 230, de 18/03/2009) IV – previsão das medidas ou sanções para os casos de inadimplemento das prestações ou descumprimento das demais regras do acordo.
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  PARCELAMENTO DA PORTARIA/MPS Nº 402/2008, ALTERADA PELAS PORTARIAS/MPS Nº 83/2009  E Nº 230/2009 Art. 5º cont..... § 2º - ..... OBS.: A REGRA DO § 2º DESSE  É EXCLUSIVA PARA ESTADOS E DF IGUAL RGPS § 3º Lei do ente federativo poderá prever a vinculação de percentual do Fundo de Participação dos Estados - FPE ou Fundo de Participação dos Municípios – FPM para pagamento das parcelas acordadas. § 4º O termo de acordo de parcelamento deverá ser acompanhado do comprovante de sua publicação e de demonstrativos  que discriminem, por competência, os valores originários, as atualizações, os juros e o valor total consolidado.
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  PARCELAMENTO DA PORTARIA/MPS Nº 402/2008, ALTERADA PELAS PORTARIAS/MPS Nº 83/2009  E Nº 230/2009 Art. 5º cont..... § 5º Os valores necessários ao enquadramento do déficit atuarial, se incluídos no mesmo acordo de parcelamento, deverão ser discriminados em planilhas distintas. § 6º   O vencimento da primeira parcela dar-se-á, no máximo, até o último dia útil do mês subseqüente ao da publicação do termo de acordo de parcelamento. § 7º Poderá ser feito reparcelamento das contribuições incluídas em acordo de parcelamento, por uma única vez, para cada competência
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  PARCELAMENTO DA PORTARIA/MPS Nº 402/2008, ALTERADA PELAS PORTARIAS/MPS Nº 83/2009  E Nº 230/2009 **Art. 5º cont..... § 8º Os débitos do ente com o RPPS, não decorrentes de contribuições previdenciárias, poderão ser parceladas mediante lei e termos de acordo de específicos, em conformidade com o § 1º, incisos I a IV e § § 3º e 4º, deste artigo.  (Redação dada pela Portaria MPS nº 230, de 18/03/2009) § 9º  Até 30 de novembro de 2009, os municípios poderão parcelar os débitos oriundos das contribuições devidas pelo ente federativo com vencimento até 31 de janeiro de 2009 em até duzentas e quarenta prestações mensais e consecutivas, e das contribuições descontadas dos segurados, ativos e inativos, e dos pensionistas, relativas ao mesmo período, em até sessenta prestações mensais, observando-se, no que couber, o disposto na Lei nº 11.196, de 21 de novembro de 2005.  (Incluído pela Portaria/MPS nº 83, de 18/03/2009)
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  PARCELAMENTO DA PORTARIA/MPS Nº 402/2008, ALTERADA PELAS PORTARIAS/MPS Nº 83/2009  E Nº 230/2009 Art. 5º cont..... § 10  Decorrido o prazo de que trata o § 9º, os débitos de contribuições de que trata aquele parágrafo poderão ser parcelados, mediante lei municipal, desde que sejam observadas as mesmas condições estabelecidas.”  (Incluído pela Portaria/MPS nº 83, de 18/03/2009) OBS.: 1 - RETIRADA A EXIGÊNCIA DE 4 PARCELAS POR COMPETÊNCIA PARCELADA (ATINGE AOS ESTADOS, DISTRITO FEDERAL E MUNICÍPIOS) 2 -  O CONTIDO NO § 10º DO ART. 5º DA PORTARIA/MPS Nº 402, DE 2008, ALTERADA PELA PORTARIA/MPS Nº 83, DE 2009, TRATA DA ADEQUAÇÃO DA LEI 11.960, DE 2005 - PARCELAMENTO ESPECIAL
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  PARCELAMENTO DA PORTARIA/MPS Nº 402/2008, ALTERADA PELAS PORTARIAS/MPS Nº 83/2009  E Nº 230/2009 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  PARCELAMENTO DA PORTARIA/MPS Nº 402/2008, ALTERADA PELAS PORTARIAS/MPS Nº 83/2009  E Nº 230/2009 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  PARCELAMENTO DA PORTARIA/MPS Nº 402/2008, ALTERADA PELAS PORTARIAS/MPS Nº 83/2009  E Nº 230/2009 ,[object Object],[object Object],[object Object]
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS  ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  CARÁTER CONTRIBUTIVO Demonstrativo Previdenciário/Comprovante de Repasse ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  TAXA DE ADMINISTRAÇÃO Orientação Normativa/SPS nº 02, de 2009 (art. 41) ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  TAXA DE ADMINISTRAÇÃO Orientação Normativa/SPS nº 02, de 2009 (art. 41) ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  TAXA DE ADMINISTRAÇÃO Orientação Normativa/SPS nº 02, de 2009 (art. 41) ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
  MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social  Departamento dos Regimes de Previdência no Serviço Público Coordenação-Geral de Normatização e Acompanhamento Legal www.previdencia.gov.br Atalho: Previdência no Serviço Público Correio Eletrônico:  [email_address] Tel.:  (61) 2021-5725  -  Fax: (61) 2021-5092 Apresentação:   Laura Maria Gomes - Coordenadora

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Questões proposta orçamento_2018-1 MPF
Questões proposta orçamento_2018-1 MPFQuestões proposta orçamento_2018-1 MPF
Questões proposta orçamento_2018-1 MPF
Jornal do Commercio
 
Justiça garante R$ 90 milhões anuais em receita do IR a Pernambuco
Justiça garante R$ 90 milhões anuais em receita do IR a PernambucoJustiça garante R$ 90 milhões anuais em receita do IR a Pernambuco
Justiça garante R$ 90 milhões anuais em receita do IR a Pernambuco
Portal NE10
 
Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991 previdencia social.
Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991 previdencia social.Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991 previdencia social.
Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991 previdencia social.
NormaMuniz
 
Lei municipal 048-1995_de_27_de_junho_de_1995
Lei municipal 048-1995_de_27_de_junho_de_1995Lei municipal 048-1995_de_27_de_junho_de_1995
Lei municipal 048-1995_de_27_de_junho_de_1995
watsonlopes
 
Pis cofins majoração combustíveis decisão
Pis cofins majoração combustíveis   decisãoPis cofins majoração combustíveis   decisão
Pis cofins majoração combustíveis decisão
Jornal do Commercio
 
Gestao recursossaudefundosaude atualizado
Gestao recursossaudefundosaude atualizadoGestao recursossaudefundosaude atualizado
Gestao recursossaudefundosaude atualizado
Edson Eduardo Pramparo
 
Lei 11.350 2006
Lei 11.350 2006Lei 11.350 2006
Lei 11.350 2006
sindraspe
 
Apresentacao delubio silva macae
Apresentacao delubio silva macaeApresentacao delubio silva macae
Apresentacao delubio silva macae
aepremerj
 
Lei 11.350
Lei 11.350Lei 11.350
Lei 11.350
juniodecastro
 
Ple 065.2013
Ple 065.2013Ple 065.2013
Ple 065.2013
Jamildo Melo
 
Lei nº 11.350 2006
Lei nº 11.350 2006Lei nº 11.350 2006
Lei nº 11.350 2006
sindacspb
 
Contribuições sociais
Contribuições sociaisContribuições sociais
Contribuições sociais
Luiz Campos
 
Lei19973 27 2011
Lei19973 27 2011Lei19973 27 2011
Lei19973 27 2011
fhapedagogia
 
Pl 177 2015_15052015
Pl 177 2015_15052015Pl 177 2015_15052015
Pl 177 2015_15052015
Franco Santos
 
Informativo Tributário Mensal - Março 2016
Informativo Tributário Mensal - Março 2016Informativo Tributário Mensal - Março 2016
Informativo Tributário Mensal - Março 2016
Renato Lopes da Rocha
 
Legislação tributária- retenções na fonte
Legislação tributária- retenções na fonteLegislação tributária- retenções na fonte
Legislação tributária- retenções na fonte
Gisela Almeida
 
Parecer Inconstitucionalidade LCE-MG nº 131/2013
Parecer Inconstitucionalidade LCE-MG nº 131/2013Parecer Inconstitucionalidade LCE-MG nº 131/2013
Parecer Inconstitucionalidade LCE-MG nº 131/2013
Ricardo Souza
 
AGU recorre contra liminar que suspende reajuste de impostos sobre combustíveis
AGU recorre contra liminar que suspende reajuste de impostos sobre combustíveisAGU recorre contra liminar que suspende reajuste de impostos sobre combustíveis
AGU recorre contra liminar que suspende reajuste de impostos sobre combustíveis
Priscila Miranda
 
Lei 2017
Lei 2017Lei 2017

Mais procurados (19)

Questões proposta orçamento_2018-1 MPF
Questões proposta orçamento_2018-1 MPFQuestões proposta orçamento_2018-1 MPF
Questões proposta orçamento_2018-1 MPF
 
Justiça garante R$ 90 milhões anuais em receita do IR a Pernambuco
Justiça garante R$ 90 milhões anuais em receita do IR a PernambucoJustiça garante R$ 90 milhões anuais em receita do IR a Pernambuco
Justiça garante R$ 90 milhões anuais em receita do IR a Pernambuco
 
Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991 previdencia social.
Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991 previdencia social.Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991 previdencia social.
Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991 previdencia social.
 
Lei municipal 048-1995_de_27_de_junho_de_1995
Lei municipal 048-1995_de_27_de_junho_de_1995Lei municipal 048-1995_de_27_de_junho_de_1995
Lei municipal 048-1995_de_27_de_junho_de_1995
 
Pis cofins majoração combustíveis decisão
Pis cofins majoração combustíveis   decisãoPis cofins majoração combustíveis   decisão
Pis cofins majoração combustíveis decisão
 
Gestao recursossaudefundosaude atualizado
Gestao recursossaudefundosaude atualizadoGestao recursossaudefundosaude atualizado
Gestao recursossaudefundosaude atualizado
 
Lei 11.350 2006
Lei 11.350 2006Lei 11.350 2006
Lei 11.350 2006
 
Apresentacao delubio silva macae
Apresentacao delubio silva macaeApresentacao delubio silva macae
Apresentacao delubio silva macae
 
Lei 11.350
Lei 11.350Lei 11.350
Lei 11.350
 
Ple 065.2013
Ple 065.2013Ple 065.2013
Ple 065.2013
 
Lei nº 11.350 2006
Lei nº 11.350 2006Lei nº 11.350 2006
Lei nº 11.350 2006
 
Contribuições sociais
Contribuições sociaisContribuições sociais
Contribuições sociais
 
Lei19973 27 2011
Lei19973 27 2011Lei19973 27 2011
Lei19973 27 2011
 
Pl 177 2015_15052015
Pl 177 2015_15052015Pl 177 2015_15052015
Pl 177 2015_15052015
 
Informativo Tributário Mensal - Março 2016
Informativo Tributário Mensal - Março 2016Informativo Tributário Mensal - Março 2016
Informativo Tributário Mensal - Março 2016
 
Legislação tributária- retenções na fonte
Legislação tributária- retenções na fonteLegislação tributária- retenções na fonte
Legislação tributária- retenções na fonte
 
Parecer Inconstitucionalidade LCE-MG nº 131/2013
Parecer Inconstitucionalidade LCE-MG nº 131/2013Parecer Inconstitucionalidade LCE-MG nº 131/2013
Parecer Inconstitucionalidade LCE-MG nº 131/2013
 
AGU recorre contra liminar que suspende reajuste de impostos sobre combustíveis
AGU recorre contra liminar que suspende reajuste de impostos sobre combustíveisAGU recorre contra liminar que suspende reajuste de impostos sobre combustíveis
AGU recorre contra liminar que suspende reajuste de impostos sobre combustíveis
 
Lei 2017
Lei 2017Lei 2017
Lei 2017
 

Destaque

Informacoes gerais editais 2012
Informacoes gerais editais 2012Informacoes gerais editais 2012
Informacoes gerais editais 2012
Carlos Paiva
 
Hospice casa sperantei mirela nemtanu
Hospice casa sperantei mirela nemtanuHospice casa sperantei mirela nemtanu
Hospice casa sperantei mirela nemtanu
RevistaBiz
 
6º Congresso Estadual | Havila Donnely
6º Congresso Estadual | Havila Donnely6º Congresso Estadual | Havila Donnely
6º Congresso Estadual | Havila Donnely
APEPREM
 
6º Congresso Estadual | Otoni Gonçalves Guimarães
6º Congresso Estadual | Otoni Gonçalves Guimarães6º Congresso Estadual | Otoni Gonçalves Guimarães
6º Congresso Estadual | Otoni Gonçalves Guimarães
APEPREM
 
Mis lugares favoritos
Mis lugares favoritosMis lugares favoritos
Mis lugares favoritos
Jose Willis
 

Destaque (6)

Informacoes gerais editais 2012
Informacoes gerais editais 2012Informacoes gerais editais 2012
Informacoes gerais editais 2012
 
Hospice casa sperantei mirela nemtanu
Hospice casa sperantei mirela nemtanuHospice casa sperantei mirela nemtanu
Hospice casa sperantei mirela nemtanu
 
6º Congresso Estadual | Havila Donnely
6º Congresso Estadual | Havila Donnely6º Congresso Estadual | Havila Donnely
6º Congresso Estadual | Havila Donnely
 
6º Congresso Estadual | Otoni Gonçalves Guimarães
6º Congresso Estadual | Otoni Gonçalves Guimarães6º Congresso Estadual | Otoni Gonçalves Guimarães
6º Congresso Estadual | Otoni Gonçalves Guimarães
 
Mis lugares favoritos
Mis lugares favoritosMis lugares favoritos
Mis lugares favoritos
 
La producció agrària
La producció agràriaLa producció agrària
La producció agrària
 

Semelhante a 6º Congresso Estadual | Laura Maria Gomes

Ministério da Previdência e os RPPS
Ministério da Previdência e os RPPSMinistério da Previdência e os RPPS
Ministério da Previdência e os RPPS
APEPREM
 
II Encontro Temático - Arcabouço Normativos dos RPPS
II Encontro Temático - Arcabouço Normativos dos RPPS II Encontro Temático - Arcabouço Normativos dos RPPS
II Encontro Temático - Arcabouço Normativos dos RPPS
APEPREM
 
Curso tributário -_oi
Curso tributário -_oiCurso tributário -_oi
Curso tributário -_oi
Tacio Lacerda Gama
 
Complementação de aposentadorias e pensões a servidores submetidos ao regime ...
Complementação de aposentadorias e pensões a servidores submetidos ao regime ...Complementação de aposentadorias e pensões a servidores submetidos ao regime ...
Complementação de aposentadorias e pensões a servidores submetidos ao regime ...
APEPREM
 
Resumo de direito previdenciário 2016 concurso inss
Resumo de direito previdenciário 2016 concurso inssResumo de direito previdenciário 2016 concurso inss
Resumo de direito previdenciário 2016 concurso inss
ecalmont
 
Informativo stf 847
Informativo stf 847Informativo stf 847
SESCAP - Retenção de PIS, COFINS, CSLL, IR, ISS e INSS sobre serviços.pptx
SESCAP - Retenção de PIS, COFINS, CSLL, IR, ISS e INSS sobre serviços.pptxSESCAP - Retenção de PIS, COFINS, CSLL, IR, ISS e INSS sobre serviços.pptx
SESCAP - Retenção de PIS, COFINS, CSLL, IR, ISS e INSS sobre serviços.pptx
DayvidArajo
 
Lei nº 271, de 28.12.12 ldo-13
Lei nº 271, de 28.12.12   ldo-13Lei nº 271, de 28.12.12   ldo-13
Lei nº 271, de 28.12.12 ldo-13
Cacoal NEWS
 
Aspectos Legais do Regime de Previdência no Serviço Público
Aspectos Legais do Regime de Previdência no Serviço PúblicoAspectos Legais do Regime de Previdência no Serviço Público
Aspectos Legais do Regime de Previdência no Serviço Público
APEPREM
 
O ordenador de despesas e a lei de responsabilidade fiscal
O ordenador de despesas e a lei de responsabilidade fiscalO ordenador de despesas e a lei de responsabilidade fiscal
O ordenador de despesas e a lei de responsabilidade fiscal
Raimundo de Farias
 
Natureza jurídica das contribuições devidas pelo ente federativo
Natureza jurídica das contribuições devidas pelo ente federativoNatureza jurídica das contribuições devidas pelo ente federativo
Natureza jurídica das contribuições devidas pelo ente federativo
APEPREM
 
Mp 599 2012, que trata de compensações por conta de possíveis perdas de arrec...
Mp 599 2012, que trata de compensações por conta de possíveis perdas de arrec...Mp 599 2012, que trata de compensações por conta de possíveis perdas de arrec...
Mp 599 2012, que trata de compensações por conta de possíveis perdas de arrec...
José Ripardo
 
Código Tributário de Bom Jardim - MA
Código Tributário de Bom Jardim - MACódigo Tributário de Bom Jardim - MA
Código Tributário de Bom Jardim - MA
Adilson P Motta Motta
 
Apresentacao otoni guimaraes macae
Apresentacao otoni guimaraes macaeApresentacao otoni guimaraes macae
Apresentacao otoni guimaraes macae
aepremerj
 
Comprev lenira
Comprev   leniraComprev   lenira
Comprev lenira
APEPREM
 
COMPREV - Compensação Previdenciária
COMPREV - Compensação PrevidenciáriaCOMPREV - Compensação Previdenciária
COMPREV - Compensação Previdenciária
APEPREM
 
Const. federal art 194 a 200 sus
Const. federal art 194 a 200 susConst. federal art 194 a 200 sus
Const. federal art 194 a 200 sus
nairejose
 
O judiciário e as demandas dos regimes próprios de previdência
O judiciário e as demandas dos regimes próprios de previdênciaO judiciário e as demandas dos regimes próprios de previdência
O judiciário e as demandas dos regimes próprios de previdência
APEPREM
 
Lei n 9.520 diretrizes orçamentarias
Lei n 9.520 diretrizes orçamentariasLei n 9.520 diretrizes orçamentarias
Lei n 9.520 diretrizes orçamentarias
Carlos França
 
Lei n 9.520 diretrizes orçamentarias
Lei n 9.520 diretrizes orçamentariasLei n 9.520 diretrizes orçamentarias
Lei n 9.520 diretrizes orçamentarias
Carlos França
 

Semelhante a 6º Congresso Estadual | Laura Maria Gomes (20)

Ministério da Previdência e os RPPS
Ministério da Previdência e os RPPSMinistério da Previdência e os RPPS
Ministério da Previdência e os RPPS
 
II Encontro Temático - Arcabouço Normativos dos RPPS
II Encontro Temático - Arcabouço Normativos dos RPPS II Encontro Temático - Arcabouço Normativos dos RPPS
II Encontro Temático - Arcabouço Normativos dos RPPS
 
Curso tributário -_oi
Curso tributário -_oiCurso tributário -_oi
Curso tributário -_oi
 
Complementação de aposentadorias e pensões a servidores submetidos ao regime ...
Complementação de aposentadorias e pensões a servidores submetidos ao regime ...Complementação de aposentadorias e pensões a servidores submetidos ao regime ...
Complementação de aposentadorias e pensões a servidores submetidos ao regime ...
 
Resumo de direito previdenciário 2016 concurso inss
Resumo de direito previdenciário 2016 concurso inssResumo de direito previdenciário 2016 concurso inss
Resumo de direito previdenciário 2016 concurso inss
 
Informativo stf 847
Informativo stf 847Informativo stf 847
Informativo stf 847
 
SESCAP - Retenção de PIS, COFINS, CSLL, IR, ISS e INSS sobre serviços.pptx
SESCAP - Retenção de PIS, COFINS, CSLL, IR, ISS e INSS sobre serviços.pptxSESCAP - Retenção de PIS, COFINS, CSLL, IR, ISS e INSS sobre serviços.pptx
SESCAP - Retenção de PIS, COFINS, CSLL, IR, ISS e INSS sobre serviços.pptx
 
Lei nº 271, de 28.12.12 ldo-13
Lei nº 271, de 28.12.12   ldo-13Lei nº 271, de 28.12.12   ldo-13
Lei nº 271, de 28.12.12 ldo-13
 
Aspectos Legais do Regime de Previdência no Serviço Público
Aspectos Legais do Regime de Previdência no Serviço PúblicoAspectos Legais do Regime de Previdência no Serviço Público
Aspectos Legais do Regime de Previdência no Serviço Público
 
O ordenador de despesas e a lei de responsabilidade fiscal
O ordenador de despesas e a lei de responsabilidade fiscalO ordenador de despesas e a lei de responsabilidade fiscal
O ordenador de despesas e a lei de responsabilidade fiscal
 
Natureza jurídica das contribuições devidas pelo ente federativo
Natureza jurídica das contribuições devidas pelo ente federativoNatureza jurídica das contribuições devidas pelo ente federativo
Natureza jurídica das contribuições devidas pelo ente federativo
 
Mp 599 2012, que trata de compensações por conta de possíveis perdas de arrec...
Mp 599 2012, que trata de compensações por conta de possíveis perdas de arrec...Mp 599 2012, que trata de compensações por conta de possíveis perdas de arrec...
Mp 599 2012, que trata de compensações por conta de possíveis perdas de arrec...
 
Código Tributário de Bom Jardim - MA
Código Tributário de Bom Jardim - MACódigo Tributário de Bom Jardim - MA
Código Tributário de Bom Jardim - MA
 
Apresentacao otoni guimaraes macae
Apresentacao otoni guimaraes macaeApresentacao otoni guimaraes macae
Apresentacao otoni guimaraes macae
 
Comprev lenira
Comprev   leniraComprev   lenira
Comprev lenira
 
COMPREV - Compensação Previdenciária
COMPREV - Compensação PrevidenciáriaCOMPREV - Compensação Previdenciária
COMPREV - Compensação Previdenciária
 
Const. federal art 194 a 200 sus
Const. federal art 194 a 200 susConst. federal art 194 a 200 sus
Const. federal art 194 a 200 sus
 
O judiciário e as demandas dos regimes próprios de previdência
O judiciário e as demandas dos regimes próprios de previdênciaO judiciário e as demandas dos regimes próprios de previdência
O judiciário e as demandas dos regimes próprios de previdência
 
Lei n 9.520 diretrizes orçamentarias
Lei n 9.520 diretrizes orçamentariasLei n 9.520 diretrizes orçamentarias
Lei n 9.520 diretrizes orçamentarias
 
Lei n 9.520 diretrizes orçamentarias
Lei n 9.520 diretrizes orçamentariasLei n 9.520 diretrizes orçamentarias
Lei n 9.520 diretrizes orçamentarias
 

Mais de APEPREM

Governança na gestão de recursos previdenciários
Governança na gestão de recursos previdenciáriosGovernança na gestão de recursos previdenciários
Governança na gestão de recursos previdenciários
APEPREM
 
Os Movimentos Sociais Atuais e suas repercussões na economia
Os Movimentos Sociais Atuais e suas repercussões na economiaOs Movimentos Sociais Atuais e suas repercussões na economia
Os Movimentos Sociais Atuais e suas repercussões na economia
APEPREM
 
Aposentadoria especial
Aposentadoria especialAposentadoria especial
Aposentadoria especial
APEPREM
 
Implicações e desdobramentos decorrentes da alteração do regime jurídico...
Implicações e desdobramentos decorrentes da alteração do regime jurídico...Implicações e desdobramentos decorrentes da alteração do regime jurídico...
Implicações e desdobramentos decorrentes da alteração do regime jurídico...
APEPREM
 
Aspectos da concessão da aposentadoria do magistério
Aspectos da concessão da aposentadoria do magistérioAspectos da concessão da aposentadoria do magistério
Aspectos da concessão da aposentadoria do magistério
APEPREM
 
Estratégias de investimentos perante o cenário econômico atual
Estratégias de investimentos perante o cenário econômico atualEstratégias de investimentos perante o cenário econômico atual
Estratégias de investimentos perante o cenário econômico atual
APEPREM
 
Estratégia funcef
Estratégia funcefEstratégia funcef
Estratégia funcef
APEPREM
 
Elaboração da política de investimentos e formação e regulamentação do comitê...
Elaboração da política de investimentos e formação e regulamentação do comitê...Elaboração da política de investimentos e formação e regulamentação do comitê...
Elaboração da política de investimentos e formação e regulamentação do comitê...
APEPREM
 
Comissão de valores mobiliários
Comissão de valores mobiliáriosComissão de valores mobiliários
Comissão de valores mobiliários
APEPREM
 
As inovações legislativas para os rpps perspectivas futuras e suas implicações
As inovações legislativas para os rpps   perspectivas futuras e suas implicaçõesAs inovações legislativas para os rpps   perspectivas futuras e suas implicações
As inovações legislativas para os rpps perspectivas futuras e suas implicações
APEPREM
 
Regulação e supervisão de fundos de investimento
Regulação e supervisão de fundos de investimentoRegulação e supervisão de fundos de investimento
Regulação e supervisão de fundos de investimento
APEPREM
 
Portaria 170/12 do Ministro de Estado da Previdência Social-MPS
Portaria 170/12 do Ministro de Estado da Previdência Social-MPSPortaria 170/12 do Ministro de Estado da Previdência Social-MPS
Portaria 170/12 do Ministro de Estado da Previdência Social-MPS
APEPREM
 
SPPS - Secretaria de Políticas de Previdência Social
SPPS - Secretaria de Políticas de Previdência SocialSPPS - Secretaria de Políticas de Previdência Social
SPPS - Secretaria de Políticas de Previdência Social
APEPREM
 
A importância dos Regimes Próprios de Previdência Social para os Municípios -...
A importância dos Regimes Próprios de Previdência Social para os Municípios -...A importância dos Regimes Próprios de Previdência Social para os Municípios -...
A importância dos Regimes Próprios de Previdência Social para os Municípios -...
APEPREM
 
Atualidades dos benefícios previdenciários
Atualidades dos benefícios previdenciáriosAtualidades dos benefícios previdenciários
Atualidades dos benefícios previdenciários
APEPREM
 
Desafios para os RPPS - Delubio Gomes
Desafios para os RPPS - Delubio GomesDesafios para os RPPS - Delubio Gomes
Desafios para os RPPS - Delubio Gomes
APEPREM
 
Benefícios Previdenciários - Dra. Magadar Briguet
Benefícios Previdenciários - Dra. Magadar BriguetBenefícios Previdenciários - Dra. Magadar Briguet
Benefícios Previdenciários - Dra. Magadar Briguet
APEPREM
 
Alterações da Lei 9717 - Otoni Guimarães
Alterações da Lei 9717 - Otoni GuimarãesAlterações da Lei 9717 - Otoni Guimarães
Alterações da Lei 9717 - Otoni Guimarães
APEPREM
 
Portaria MPS 519 - Prof. Paulo Di Blasi
Portaria MPS 519 - Prof. Paulo Di BlasiPortaria MPS 519 - Prof. Paulo Di Blasi
Portaria MPS 519 - Prof. Paulo Di Blasi
APEPREM
 
Secretaria de Políticas de Previdência Social
Secretaria de Políticas de Previdência SocialSecretaria de Políticas de Previdência Social
Secretaria de Políticas de Previdência Social
APEPREM
 

Mais de APEPREM (20)

Governança na gestão de recursos previdenciários
Governança na gestão de recursos previdenciáriosGovernança na gestão de recursos previdenciários
Governança na gestão de recursos previdenciários
 
Os Movimentos Sociais Atuais e suas repercussões na economia
Os Movimentos Sociais Atuais e suas repercussões na economiaOs Movimentos Sociais Atuais e suas repercussões na economia
Os Movimentos Sociais Atuais e suas repercussões na economia
 
Aposentadoria especial
Aposentadoria especialAposentadoria especial
Aposentadoria especial
 
Implicações e desdobramentos decorrentes da alteração do regime jurídico...
Implicações e desdobramentos decorrentes da alteração do regime jurídico...Implicações e desdobramentos decorrentes da alteração do regime jurídico...
Implicações e desdobramentos decorrentes da alteração do regime jurídico...
 
Aspectos da concessão da aposentadoria do magistério
Aspectos da concessão da aposentadoria do magistérioAspectos da concessão da aposentadoria do magistério
Aspectos da concessão da aposentadoria do magistério
 
Estratégias de investimentos perante o cenário econômico atual
Estratégias de investimentos perante o cenário econômico atualEstratégias de investimentos perante o cenário econômico atual
Estratégias de investimentos perante o cenário econômico atual
 
Estratégia funcef
Estratégia funcefEstratégia funcef
Estratégia funcef
 
Elaboração da política de investimentos e formação e regulamentação do comitê...
Elaboração da política de investimentos e formação e regulamentação do comitê...Elaboração da política de investimentos e formação e regulamentação do comitê...
Elaboração da política de investimentos e formação e regulamentação do comitê...
 
Comissão de valores mobiliários
Comissão de valores mobiliáriosComissão de valores mobiliários
Comissão de valores mobiliários
 
As inovações legislativas para os rpps perspectivas futuras e suas implicações
As inovações legislativas para os rpps   perspectivas futuras e suas implicaçõesAs inovações legislativas para os rpps   perspectivas futuras e suas implicações
As inovações legislativas para os rpps perspectivas futuras e suas implicações
 
Regulação e supervisão de fundos de investimento
Regulação e supervisão de fundos de investimentoRegulação e supervisão de fundos de investimento
Regulação e supervisão de fundos de investimento
 
Portaria 170/12 do Ministro de Estado da Previdência Social-MPS
Portaria 170/12 do Ministro de Estado da Previdência Social-MPSPortaria 170/12 do Ministro de Estado da Previdência Social-MPS
Portaria 170/12 do Ministro de Estado da Previdência Social-MPS
 
SPPS - Secretaria de Políticas de Previdência Social
SPPS - Secretaria de Políticas de Previdência SocialSPPS - Secretaria de Políticas de Previdência Social
SPPS - Secretaria de Políticas de Previdência Social
 
A importância dos Regimes Próprios de Previdência Social para os Municípios -...
A importância dos Regimes Próprios de Previdência Social para os Municípios -...A importância dos Regimes Próprios de Previdência Social para os Municípios -...
A importância dos Regimes Próprios de Previdência Social para os Municípios -...
 
Atualidades dos benefícios previdenciários
Atualidades dos benefícios previdenciáriosAtualidades dos benefícios previdenciários
Atualidades dos benefícios previdenciários
 
Desafios para os RPPS - Delubio Gomes
Desafios para os RPPS - Delubio GomesDesafios para os RPPS - Delubio Gomes
Desafios para os RPPS - Delubio Gomes
 
Benefícios Previdenciários - Dra. Magadar Briguet
Benefícios Previdenciários - Dra. Magadar BriguetBenefícios Previdenciários - Dra. Magadar Briguet
Benefícios Previdenciários - Dra. Magadar Briguet
 
Alterações da Lei 9717 - Otoni Guimarães
Alterações da Lei 9717 - Otoni GuimarãesAlterações da Lei 9717 - Otoni Guimarães
Alterações da Lei 9717 - Otoni Guimarães
 
Portaria MPS 519 - Prof. Paulo Di Blasi
Portaria MPS 519 - Prof. Paulo Di BlasiPortaria MPS 519 - Prof. Paulo Di Blasi
Portaria MPS 519 - Prof. Paulo Di Blasi
 
Secretaria de Políticas de Previdência Social
Secretaria de Políticas de Previdência SocialSecretaria de Políticas de Previdência Social
Secretaria de Políticas de Previdência Social
 

6º Congresso Estadual | Laura Maria Gomes

  • 1. MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL CERTIFICADO DE REGULARIDADE PREVIDENCIÁRIA - CRP Campinas/SP, 14 de abril de 2010.
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6. MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social Instituído por meio do Decreto Federal nº 3.788, de 11 de abril de 2001, com fundamento no art. 84 inciso IV da C.F., sendo utilizado pela União para verificar a adequação dos Regimes Próprios à Lei nº 9.717, de 1998, e Portaria/MPS nº 402, de 2008, quando da liberação de transferências voluntarias, empréstimos junto a bancos federais, convênios, etc... CERTIFICADO DE REGULARIDADE PREVIDENCIÁRIA
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11. MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social - Exigível a partir de 01/01/2008 Unidade Gestora e Regimes Próprios Únicos (Verificação de disposições na legislação e auditoria - Exigível a partir de 01/01/2008 Participação dos segurados, ativos e inativos, nos colegiados (Verificação de disposições na legislação, denúncias e auditoria) - Exigível a partir de 01/05/2008 Demonstrativos Contábeis (Apresentação dos resultados extraídos do balanço anual) - Exigível a partir de 01/06/2010 Caráter Contributivo (pagamento de contribuições parceladas) (verificação do efetivo pagamento dos acordos de parcelamento – informação no comprovante de repasse) - Cumprimento a partir de 06/2010 (adequação sistema) Informações Critérios exigíveis a partir 01/2008
  • 12.
  • 13. MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social PARCELAMENTO DA PORTARIA/MPS Nº 402/2008, ALTERADA PELAS PORTARIAS/MPS Nº 83/2009 E Nº 230/2009 Art. 5º, § 1º cont.... II – aplicação de índice de atualização legal e de taxa de juros na consolidação do montante devido e no pagamento das parcelas, inclusive se pagas em atraso; III – vedação de inclusão, no acordo de parcelamento, das contribuições descontadas dos servidores ativos, inativos e pensionistas, salvo o disposto na parte final dos § § 2º e 9º; (Redação dada pela Portaria MPS nº 230, de 18/03/2009) IV – previsão das medidas ou sanções para os casos de inadimplemento das prestações ou descumprimento das demais regras do acordo.
  • 14. MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social PARCELAMENTO DA PORTARIA/MPS Nº 402/2008, ALTERADA PELAS PORTARIAS/MPS Nº 83/2009 E Nº 230/2009 Art. 5º cont..... § 2º - ..... OBS.: A REGRA DO § 2º DESSE É EXCLUSIVA PARA ESTADOS E DF IGUAL RGPS § 3º Lei do ente federativo poderá prever a vinculação de percentual do Fundo de Participação dos Estados - FPE ou Fundo de Participação dos Municípios – FPM para pagamento das parcelas acordadas. § 4º O termo de acordo de parcelamento deverá ser acompanhado do comprovante de sua publicação e de demonstrativos que discriminem, por competência, os valores originários, as atualizações, os juros e o valor total consolidado.
  • 15. MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social PARCELAMENTO DA PORTARIA/MPS Nº 402/2008, ALTERADA PELAS PORTARIAS/MPS Nº 83/2009 E Nº 230/2009 Art. 5º cont..... § 5º Os valores necessários ao enquadramento do déficit atuarial, se incluídos no mesmo acordo de parcelamento, deverão ser discriminados em planilhas distintas. § 6º O vencimento da primeira parcela dar-se-á, no máximo, até o último dia útil do mês subseqüente ao da publicação do termo de acordo de parcelamento. § 7º Poderá ser feito reparcelamento das contribuições incluídas em acordo de parcelamento, por uma única vez, para cada competência
  • 16. MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social PARCELAMENTO DA PORTARIA/MPS Nº 402/2008, ALTERADA PELAS PORTARIAS/MPS Nº 83/2009 E Nº 230/2009 **Art. 5º cont..... § 8º Os débitos do ente com o RPPS, não decorrentes de contribuições previdenciárias, poderão ser parceladas mediante lei e termos de acordo de específicos, em conformidade com o § 1º, incisos I a IV e § § 3º e 4º, deste artigo. (Redação dada pela Portaria MPS nº 230, de 18/03/2009) § 9º Até 30 de novembro de 2009, os municípios poderão parcelar os débitos oriundos das contribuições devidas pelo ente federativo com vencimento até 31 de janeiro de 2009 em até duzentas e quarenta prestações mensais e consecutivas, e das contribuições descontadas dos segurados, ativos e inativos, e dos pensionistas, relativas ao mesmo período, em até sessenta prestações mensais, observando-se, no que couber, o disposto na Lei nº 11.196, de 21 de novembro de 2005. (Incluído pela Portaria/MPS nº 83, de 18/03/2009)
  • 17. MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social PARCELAMENTO DA PORTARIA/MPS Nº 402/2008, ALTERADA PELAS PORTARIAS/MPS Nº 83/2009 E Nº 230/2009 Art. 5º cont..... § 10 Decorrido o prazo de que trata o § 9º, os débitos de contribuições de que trata aquele parágrafo poderão ser parcelados, mediante lei municipal, desde que sejam observadas as mesmas condições estabelecidas.” (Incluído pela Portaria/MPS nº 83, de 18/03/2009) OBS.: 1 - RETIRADA A EXIGÊNCIA DE 4 PARCELAS POR COMPETÊNCIA PARCELADA (ATINGE AOS ESTADOS, DISTRITO FEDERAL E MUNICÍPIOS) 2 - O CONTIDO NO § 10º DO ART. 5º DA PORTARIA/MPS Nº 402, DE 2008, ALTERADA PELA PORTARIA/MPS Nº 83, DE 2009, TRATA DA ADEQUAÇÃO DA LEI 11.960, DE 2005 - PARCELAMENTO ESPECIAL
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26. MPS – Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social Departamento dos Regimes de Previdência no Serviço Público Coordenação-Geral de Normatização e Acompanhamento Legal www.previdencia.gov.br Atalho: Previdência no Serviço Público Correio Eletrônico: [email_address] Tel.: (61) 2021-5725 - Fax: (61) 2021-5092 Apresentação: Laura Maria Gomes - Coordenadora