SlideShare uma empresa Scribd logo
Estado do Rio de Janeiro
Prefeitura Municipal de Mesquita
Atos Oficiais 5Sábado, 18/10/2014 |Jornal de Hoje - 2667 -1100
GABINETE DO PREFEITO
DECRETO Nº 1545 DE 17 DE OUTUBRO DE 2014
O PREFEITO MUNICIPAL DE MESQUITA, no uso de suas
atribuições legais que lhe confere a Lei Nº. 819/14, de 22/01/14,
publicada em 23/01/14, DECRETA:
Art. 1º - Abre Crédito Adicional Suplementar no orçamento vigente
na importância de R$ 6.400.000,00 (seis milhões e quatrocentos
mil reais).
SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO
PROGRAMA DE TRABALHO:
20.04.04.122.0143.2.153.000 – Despesas com Pessoal Decorrente
da Contratação de Terceiros.
ELEMENTO DE DESPESA:
3.3.90.34.00 23 Out Desp de Pessoal Dec de Cont de Terc 3.500.000,00
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE
PROGRAMA DE TRABALHO:
20.19.10.122.0252.2.297.000 – Recursos Humanos.
ELEMENTO DE DESPESA:
3.3.90.34.00 217 Out Desp de Pessoal Dec de Cont de Terc 2.900.000,00
TOTAL GERAL 6.400.000,00f
Art. 2º - Os recursos para atender a presente suplementação são
oriundos de anulação parcial dos programas de trabalho, conforme
o exposto no inciso III, do artigo 43, da Lei nº. 4.320, de 17/03/64.
SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS
PROGRAMA DE TRABALHO:
20.10.15.512.0191.2.230.000 – Atividade de Limpeza Pública
ELEMENTO DE DESPESA:
3.3.90.39.00 112 Outros Serviços de Terceiros - Pessoa Jurídica 2.164.949,40
SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO
PROGRAMA DE TRABALHO:
20.22.15.451.0277.2.457.000 – Melhoria dos Espaços Públicos.
ELEMENTO DE DESPESA:
4.4.90.51.00 585 Obras e Instalações 4.235.050,60
TOTAL GERAL 6.400.000,00
Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação,
retroagindo seus efeitos a contar de 24 de setembro de 2014,
revogados as disposições em contrário.
Mesquita, 17 de outubro de 2014 .
ROGELSON SANCHES FONTOURA
Prefeito
SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO
A SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO DA PREFEI-
TURA MUNICIPAL DE MESQUITA, em atendimento ao que
estabelece o § 1°, do artigo 34, da Lei Federal 8.666/93, vem por
meio deste, realizar o chamamento público de fornecedores para
a atualização dos registros existentes e para o ingresso de novos
interessados em manter registros cadastrais, para efeito de habilita-
ção, na Prefeitura Municipal de Mesquita.
Mesquita, RJ, 16 de outubro de 2014
EVANDRO JOSÉ FERREIRA TAVEIRA
Secretário Municipal de Governo
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE
PORTARIA Nº 018/2014
“INSTITUI A COMISSÃO PERMANENTE DE FARMÁCIA
TERAPÊUTICA DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE
DE MESQUITA.”
O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE, usando de suas
atribuições legais, e;
Considerando a Portaria nº 533/GM/MS, de 28 de março de 2012,
que estabelece o elenco de medicamentos e insumos da Relação
Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME) no SUS;
Considerando a Portaria nº 1.554, de 30 de julho de 2013, que
dispõe sobre as regras de financiamento e execução do Componente
Especializado da Assistência Farmacêutica no âmbito do Sistema
Único de Saúde (SUS);
Considerando a Portaria nº 1.555, de 30 de julho de 2013, que
dispõe sobre as normas de financiamento e de execução do Com-
ponente Básico da Assistência Farmacêutica no âmbito do Sistema
Único de Saúde (SUS);
Considerando a Resolução nº 338/CNS/MS, de 6 de maio de 2004,
que aprova a Política Nacional de Assistência Farmacêutica;
Considerando a Resolução nº 1/CIT, de 17 de janeiro de 2012, que
estabelece as diretrizes nacionais da RENAME no âmbito do SUS;
Considerando a necessidade da promoção do uso de medicamen-
tos de forma racional e eficaz, garantindo o principio da economici-
dade da dispensação de medicamentos padronizados;
Considerando, finalmente, a necessidade de estabelecer critérios,
procedimentos operacionais para prescrição e dispensação dos
medicamentos selecionados, bem como de métodos de avaliação
do uso dos medicamentos dispensados nas Unidades de Saúde do
Município.
RESOLVE:
Art.1° Fica instituída a Comissão Permanente de Farmácia e Tera-
pêutica da Secretaria Municipal de Saúde do Município de Mesqui-
ta – CFT/SMS Mesquita.
Art. 2° Ficam designados os profissionais de saúde para comporem
a CFT/SMS Mesquita:
I – Christian Campos Ferreira – Medico – CRM/RJ 52-61925-0;
II – Marcelo José Rozzeto – Enfermeiro – COREN/RJ 97214;
III – Cíntia Martins de Freitas– Coordenadora de Assistência Far-
macêutica;
IV – Verônica de Souza Silva – Gerência da Assistência Farmacêu-
tica – Mat. 60/008.404;
V – Rafael Soares de Figueiredo – Farmacêutico – CRF/RJ 18737;
VI – Gadytana de Brito Maia – Farmacêutica – CRF/RJ 19220;
VII – Daniele Vieira Uliano – Nutricionista – CRN/RJ 971003246;
VIII – Rafael Jardim de Azevedo Souza – Chefe da Área Técnica de
Fisioterapia – mat. 60/008.444;
IX – Barbara De Freitas Ferreira – Administrativo.
X – Vanessa Mendonça Constant do Espírito Santo – Assistente So-
cial – CRESS – AS16044
Art. 3° São atribuições da CFT/SMS Mesquita:
I. Estabelecer normas e diretrizes de prescrição e dispensação de
medicamentos;
II. Definir e selecionar o rol de medicamentos essenciais, de forma
elaborar e atualizar periodicamente a relação municipal de medi-
camentos (REMUME), e avaliar solicitações de alteração nessa
relação;
III. Estabelecer os critérios para aquisição e fornecimento de medi-
camentos não constantes do elenco nacional do Componente Bási-
co da Assistência Farmacêutica ou da RENAME vigente, forneci-
dos através de programas específicos do Município;
IV. Elaborar protocolos e diretrizes terapêuticas para nortear as prá-
ticas terapêuticas locais;
V. Fornecer informação sobre medicamentos e outras tecnologias
a equipe de saúde;
VI. Fomentar e participar de atividades de educação continuada em
terapêutica dirigida à equipe de saúde;
VII. Assessorar a Secretaria Municipal de Saúde e seus setores no
desenvolvimento, implantação e avaliação de programas que envol-
vam dispensação de medicamentos;
Art. 4° Em um prazo de até 30 dias a partir da publicação desta por-
taria, a CFT/SMS Mesquita apresentará para apreciação e homolo-
gação do Secretário Municipal de Saúde o seu Regimento Interno.
Art. 5° A participação na CFT/SMS Mesquita é considerada presta-
ção de relevante interesse público, não importando nenhuma remu-
neração pelas atividades desempenhadas.
Art. 6° As resoluções e outros instrumentos deliberativos da CFT/
SMS Mesquita têm caráter normativo e devem ser publicadas,
depois de homologadas pela Secretária de Saúde, e divulgadas nos
serviços de saúde.
Art. 7° Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação.
FABIANO MUNIZ DA SILVA
Secretário Municipal de Saúde
PORTARIA Nº 019/2014
“DEFINE QUE AS AÇÕES DO PROGRAMA SAÚDE DO
TRABALHADOR E TRABALHADORA FICARÁ NO ÂMBI-
TO DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE DA SECRETARIA MUNI-
CIPAL DE SAÚDE.”
O SECRETARIO MUNICIPAL DE SAÚDE, no uso de suas atri-
buições, usando de suas atribuições legais.
Considerando que as determinações contidas na NOB-SUS 01/96
como atuação da atenção à Saúde;
Considerando a Lei Federal n° 8.080/90, no art. 6º, que insere a
Saúde do Trabalhador como campo de atuação do Sistema Único
de Saúde. e estabelece o que se entende por saúde do trabalhador;
e no seu artigo 18;
Considerando, Considerando Lei do Código Sanitário Municipal
de Mesquita Nº128 11/11/2002; Artigo 17 seção V.;
Considerando a Portaria Nº 2.728, DE 11 DE NOVEMBRO DE
2009 que Dispõe sobre a Rede Nacional de Atenção Integral à Saú-
de do Trabalhador (RENAST) e dá outras providências;
Considerando a Portaria n.º 3.120, de 1º de Julho de 19981. Apro-
va a Instrução Normativa de Vigilância em Saúde do Trabalhador
no SUS, com a finalidade de definir procedimentos básicos para o
desenvolvimento das ações correspondentes;
Considerando Portaria Nº 1.823, DE 23 DE AGOSTO DE 2012
Institui a Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Traba-
lhadora;
Considerando a portaria Nº 1.378, DE 9 de Julho de 2013: Regu-
lamenta as responsabilidades e define diretrizes para execução e
financiamento das ações de Vigilância em Saúde pela União, Esta-
dos, Distrito Federal e Municípios, relativos ao Sistema Nacional
de Vigilância em Saúde e Sistema Nacional de Vigilância Sanitária;
Considerando Portaria Nº 1.708, DE 16 DE AGOSTO DE 2013
que Regulamenta o Programa de Qualificação das Ações de Vi-
gilância em Saúde (PQAVS), com a definição de suas diretrizes,
financiamento, metodologia de adesão e critérios de avaliação dos
Estados, Distrito Federal e Municípios.
Considerando as concepções de estruturas organizacionais e mo-
delos de gestão voltados para a melhoria da eficiência, eficácia e
efetividade dos programas governamentais e a consequente neces-
sidade de estruturação do Programa de Saúde do Trabalhador.
R E S O L V E:
Art.1º A Vigilância em Saúde do Trabalhador é um dos compo-
nentes do sistema municipal de vigilância em saúde, cujo objetivo
visa à promoção da saúde e a redução da morbimortalidade, por
meio da integração de ações que intervenham nos agravos e seus
determinantes, decorrentes dos modelos de desenvolvimento social
Estado do Rio de Janeiro
Prefeitura Municipal de Mesquita
Atos Oficiais6 | Sábado, 18/10/2014 Jornal de Hoje - 2667-1100
e processos produtivos.
Art.2º As ações do serviço de Saúde do Trabalhador tem como ob-
jetivo a relação da saúde-doença, com o ambiente e os processos de
trabalho e a integralidade do cuidado, pesquisar e analisar os fatores
determinantes e condicionantes dos agravos.
Art.3º Nesta perspectiva, Vigilância em Saúde do Trabalhador e
Trabalhadora, definirá suas ações estruturantes ao modelo de Aten-
ção Integral em Saúde do Trabalhador, convergindo para uma atua-
ção continua e sistemática de Detectar, Conhecer, Pesquisar e Ana-
lisar os fatores determinantes e condicionantes dos agravos á saúde
relacionados aos processos e ambientes de trabalho.
Art. 4° Determinar que a Gestão das ações relativas à Saúde do
Trabalhador e trabalhadora no âmbito da Secretaria Municipal de
Saúde seja exercida pela Coordenadoria de Vigilância em Saúde
(CVS).
Art. 5° Estabelecer que a Vigilância em Saúde (CVS) adotem todas
as providências necessárias para o fiel cumprimento do disposto
nesta Portaria, bem como das atividades dela decorrentes.
Art. 6° Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
FABIANO MUNIZ DA SILVA
Secretário Municipal de Saúde
CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO MUNICÍPIO DE
MESQUITA
EMENDA E ACÓRDÃO DOS PROCESSOS RELACIONA-
DOS ABAIXO
Natureza: Recurso “de ofício”
Assunto: Prescrição de Débito
Recorrente: Fazenda Pùblica Municipal
Recorrido: Autoridade Julgadora de 1º Instância
Conselheiro-Relator: Phelipe Amorim
Conselheiro-Revisor: Arlinda Abreu
Representante da Fazenda: Alessandro Novaes
Data dos Julgamentos: 17/10/2014
SEGUNDA CÂMARA DE JULGAMENTO
EMENTA: Prescrição de Débito. IPTU. Art. 174 CTN.
ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos, ACORDAM os membros da 1ª Câmara,
por unanimidade, nos termos do voto do relator, em conhecer dos Recursos de ofício
interpostos NEGANDO-LHES PROVIMENTO, mantendo-se na íntegra, a Deci-
são da Autoridade Administrativa de 1ª Instância.
PROCESSO ANEXO CONTRIBUINTE EXERCÍCIOS INSCRIÇÃO
09/285/
CCMM-14
08/10057/14 Justino de Almeida
Construções LTDA
2007 E 2008 18346-0
09/286/
CCMM-14
07/8349/14 Mario Moreira 2001 a 2006 129398-0
09/287/
CCMM-14
07/8274/14 Marcos Antonio de
Melo Dias
2004,2005,2007
e 2008
611925-0
09/288/
CCMM-14
07/8276/14 Marcos Antonio de
Melo Dias
2004,2005,2007
e 2008
611924-0
09/289/
CCMM-14
07/8275/14 Marcos Antonio de
Melo Dias
2004,2005,2007
e 2008
611923-0
MICHAEL BARRETO MATIAS
Presidente
Conselho de Contribuintes

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Representação secretaria saude_pcr_mppe
Representação secretaria saude_pcr_mppeRepresentação secretaria saude_pcr_mppe
Representação secretaria saude_pcr_mppe
Noelia Brito
 
1 rdaq (3)
1 rdaq (3)1 rdaq (3)
1 rdaq (3)
cristiano docarmo
 
desvio de função
desvio de funçãodesvio de função
6. Novas Legislações decreto presidencial 7508 regulamenta a lei 8080
6. Novas Legislações decreto presidencial 7508 regulamenta a lei 80806. Novas Legislações decreto presidencial 7508 regulamenta a lei 8080
6. Novas Legislações decreto presidencial 7508 regulamenta a lei 8080
Leonardo Savassi
 
Decreto
DecretoDecreto
Lei complementar 141 de 13 01-2012
Lei complementar 141 de 13 01-2012Lei complementar 141 de 13 01-2012
Lei complementar 141 de 13 01-2012
Nádia Elizabeth Barbosa Villas Bôas
 
Terceirização da Saúde - Pedro Henrique Poli (Conselheiro do TCE)
Terceirização da Saúde - Pedro Henrique Poli (Conselheiro do TCE)Terceirização da Saúde - Pedro Henrique Poli (Conselheiro do TCE)
Terceirização da Saúde - Pedro Henrique Poli (Conselheiro do TCE)
CDP Direito
 
012 2017 - terceiriza -o de servi_os de sa_de da aten__o b_sica
012 2017 - terceiriza -o de servi_os de sa_de da aten__o b_sica012 2017 - terceiriza -o de servi_os de sa_de da aten__o b_sica
012 2017 - terceiriza -o de servi_os de sa_de da aten__o b_sica
vitorenfermagem
 
Apresentação questoes 7508
Apresentação questoes 7508Apresentação questoes 7508
Apresentação questoes 7508
Socorro Siqueira
 
1 rdaq (4)
1 rdaq  (4)1 rdaq  (4)
1 rdaq (4)
cristiano docarmo
 
Política nacional para a prevenção e controle do câncer
Política nacional para a prevenção e controle do câncerPolítica nacional para a prevenção e controle do câncer
Política nacional para a prevenção e controle do câncer
José Ripardo
 
Apostila 9 concurso_anvisa_prof_rômulo
Apostila 9 concurso_anvisa_prof_rômuloApostila 9 concurso_anvisa_prof_rômulo
Apostila 9 concurso_anvisa_prof_rômulo
Camila Lopes
 
Portaria gm 648 2006
Portaria gm 648 2006Portaria gm 648 2006
Portaria gm 648 2006
sindacspb
 
Termo referencia projeto_drogas
Termo referencia projeto_drogasTermo referencia projeto_drogas
Termo referencia projeto_drogas
Marcelo Magalhães
 
2 cartilha orgsus_031211280112-2
2 cartilha orgsus_031211280112-22 cartilha orgsus_031211280112-2
2 cartilha orgsus_031211280112-2
Gestão Saúde
 
Nova portaria de notificação compulsória 2014
Nova portaria de notificação compulsória 2014Nova portaria de notificação compulsória 2014
Nova portaria de notificação compulsória 2014
Ismael Costa
 
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié
claudio silva
 
Portaria 2048 de_2002_urgencia_e_emergencia
Portaria 2048 de_2002_urgencia_e_emergenciaPortaria 2048 de_2002_urgencia_e_emergencia
Portaria 2048 de_2002_urgencia_e_emergencia
Aloisio Amaral
 

Mais procurados (18)

Representação secretaria saude_pcr_mppe
Representação secretaria saude_pcr_mppeRepresentação secretaria saude_pcr_mppe
Representação secretaria saude_pcr_mppe
 
1 rdaq (3)
1 rdaq (3)1 rdaq (3)
1 rdaq (3)
 
desvio de função
desvio de funçãodesvio de função
desvio de função
 
6. Novas Legislações decreto presidencial 7508 regulamenta a lei 8080
6. Novas Legislações decreto presidencial 7508 regulamenta a lei 80806. Novas Legislações decreto presidencial 7508 regulamenta a lei 8080
6. Novas Legislações decreto presidencial 7508 regulamenta a lei 8080
 
Decreto
DecretoDecreto
Decreto
 
Lei complementar 141 de 13 01-2012
Lei complementar 141 de 13 01-2012Lei complementar 141 de 13 01-2012
Lei complementar 141 de 13 01-2012
 
Terceirização da Saúde - Pedro Henrique Poli (Conselheiro do TCE)
Terceirização da Saúde - Pedro Henrique Poli (Conselheiro do TCE)Terceirização da Saúde - Pedro Henrique Poli (Conselheiro do TCE)
Terceirização da Saúde - Pedro Henrique Poli (Conselheiro do TCE)
 
012 2017 - terceiriza -o de servi_os de sa_de da aten__o b_sica
012 2017 - terceiriza -o de servi_os de sa_de da aten__o b_sica012 2017 - terceiriza -o de servi_os de sa_de da aten__o b_sica
012 2017 - terceiriza -o de servi_os de sa_de da aten__o b_sica
 
Apresentação questoes 7508
Apresentação questoes 7508Apresentação questoes 7508
Apresentação questoes 7508
 
1 rdaq (4)
1 rdaq  (4)1 rdaq  (4)
1 rdaq (4)
 
Política nacional para a prevenção e controle do câncer
Política nacional para a prevenção e controle do câncerPolítica nacional para a prevenção e controle do câncer
Política nacional para a prevenção e controle do câncer
 
Apostila 9 concurso_anvisa_prof_rômulo
Apostila 9 concurso_anvisa_prof_rômuloApostila 9 concurso_anvisa_prof_rômulo
Apostila 9 concurso_anvisa_prof_rômulo
 
Portaria gm 648 2006
Portaria gm 648 2006Portaria gm 648 2006
Portaria gm 648 2006
 
Termo referencia projeto_drogas
Termo referencia projeto_drogasTermo referencia projeto_drogas
Termo referencia projeto_drogas
 
2 cartilha orgsus_031211280112-2
2 cartilha orgsus_031211280112-22 cartilha orgsus_031211280112-2
2 cartilha orgsus_031211280112-2
 
Nova portaria de notificação compulsória 2014
Nova portaria de notificação compulsória 2014Nova portaria de notificação compulsória 2014
Nova portaria de notificação compulsória 2014
 
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié
 
Portaria 2048 de_2002_urgencia_e_emergencia
Portaria 2048 de_2002_urgencia_e_emergenciaPortaria 2048 de_2002_urgencia_e_emergencia
Portaria 2048 de_2002_urgencia_e_emergencia
 

Semelhante a D.O. Mesquita/RJ - 18/10/2014

D.O. Mesquita/RJ - 15/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 15/10/2014D.O. Mesquita/RJ - 15/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 15/10/2014
servidoresmesquita
 
Portaria 3252 de 22 12-2009
Portaria 3252 de 22 12-2009Portaria 3252 de 22 12-2009
Portaria 3252 de 22 12-2009
Nádia Elizabeth Barbosa Villas Bôas
 
Diretrizes para implantação de centros de parto normal no sus
Diretrizes para implantação de centros de parto normal no susDiretrizes para implantação de centros de parto normal no sus
Diretrizes para implantação de centros de parto normal no sus
José Ripardo
 
Saúde de crateús é contemplada com r$ 1,2 milhão para atendimentos de urgênci...
Saúde de crateús é contemplada com r$ 1,2 milhão para atendimentos de urgênci...Saúde de crateús é contemplada com r$ 1,2 milhão para atendimentos de urgênci...
Saúde de crateús é contemplada com r$ 1,2 milhão para atendimentos de urgênci...
José Ripardo
 
16. portaria nº 2488
16. portaria nº 248816. portaria nº 2488
16. portaria nº 2488
jordana peter
 
Nova pnab -_portaria_no_2488_0
Nova pnab -_portaria_no_2488_0Nova pnab -_portaria_no_2488_0
Nova pnab -_portaria_no_2488_0
Flávio Posseti
 
Termo de Ajustamento de Conduta para regularizar a Vigilância Sanitária em It...
Termo de Ajustamento de Conduta para regularizar a Vigilância Sanitária em It...Termo de Ajustamento de Conduta para regularizar a Vigilância Sanitária em It...
Termo de Ajustamento de Conduta para regularizar a Vigilância Sanitária em It...
Ministério Público de Santa Catarina
 
A assistência farmacêutica no sus cff
A assistência farmacêutica no sus cffA assistência farmacêutica no sus cff
A assistência farmacêutica no sus cff
Márcio Batista
 
Sargsus 2010
Sargsus 2010Sargsus 2010
Sargsus 2010
luciane lima
 
Ppt0000136
Ppt0000136Ppt0000136
Ppt0000136
Alinebrauna Brauna
 
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01
claudio silva
 
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01
claudio silva
 
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01
claudio silva
 
Portaria 1823 12_institui_politica nacional saude do trabalhador e trabalhadora
Portaria 1823 12_institui_politica nacional saude do trabalhador e trabalhadoraPortaria 1823 12_institui_politica nacional saude do trabalhador e trabalhadora
Portaria 1823 12_institui_politica nacional saude do trabalhador e trabalhadora
Marcinha Cavalcante
 
Portaria nº 1.378, de 9 de julho de 2013
Portaria nº 1.378, de 9 de julho de 2013Portaria nº 1.378, de 9 de julho de 2013
Portaria nº 1.378, de 9 de julho de 2013
cmspg
 
D.O. - 15/11/2014
D.O. - 15/11/2014D.O. - 15/11/2014
D.O. - 15/11/2014
servidoresmesquita
 
Lei 8142 e controle social
Lei 8142 e controle socialLei 8142 e controle social
Lei 8142 e controle social
Aprova Saúde
 
PL 022 - regulamenta o conselho municipal de saúde e dá outras providências
PL 022 - regulamenta o conselho municipal de saúde e dá outras providênciasPL 022 - regulamenta o conselho municipal de saúde e dá outras providências
PL 022 - regulamenta o conselho municipal de saúde e dá outras providências
Claudio Figueiredo
 
Introdução em saúde do trabalhador
Introdução  em saúde do trabalhadorIntrodução  em saúde do trabalhador
Introdução em saúde do trabalhador
rafasillva
 
Legislação básica em saúde pública sus - versão 18 11 2014
Legislação básica em saúde pública   sus - versão 18 11 2014Legislação básica em saúde pública   sus - versão 18 11 2014
Legislação básica em saúde pública sus - versão 18 11 2014
Cosmo Palasio
 

Semelhante a D.O. Mesquita/RJ - 18/10/2014 (20)

D.O. Mesquita/RJ - 15/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 15/10/2014D.O. Mesquita/RJ - 15/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 15/10/2014
 
Portaria 3252 de 22 12-2009
Portaria 3252 de 22 12-2009Portaria 3252 de 22 12-2009
Portaria 3252 de 22 12-2009
 
Diretrizes para implantação de centros de parto normal no sus
Diretrizes para implantação de centros de parto normal no susDiretrizes para implantação de centros de parto normal no sus
Diretrizes para implantação de centros de parto normal no sus
 
Saúde de crateús é contemplada com r$ 1,2 milhão para atendimentos de urgênci...
Saúde de crateús é contemplada com r$ 1,2 milhão para atendimentos de urgênci...Saúde de crateús é contemplada com r$ 1,2 milhão para atendimentos de urgênci...
Saúde de crateús é contemplada com r$ 1,2 milhão para atendimentos de urgênci...
 
16. portaria nº 2488
16. portaria nº 248816. portaria nº 2488
16. portaria nº 2488
 
Nova pnab -_portaria_no_2488_0
Nova pnab -_portaria_no_2488_0Nova pnab -_portaria_no_2488_0
Nova pnab -_portaria_no_2488_0
 
Termo de Ajustamento de Conduta para regularizar a Vigilância Sanitária em It...
Termo de Ajustamento de Conduta para regularizar a Vigilância Sanitária em It...Termo de Ajustamento de Conduta para regularizar a Vigilância Sanitária em It...
Termo de Ajustamento de Conduta para regularizar a Vigilância Sanitária em It...
 
A assistência farmacêutica no sus cff
A assistência farmacêutica no sus cffA assistência farmacêutica no sus cff
A assistência farmacêutica no sus cff
 
Sargsus 2010
Sargsus 2010Sargsus 2010
Sargsus 2010
 
Ppt0000136
Ppt0000136Ppt0000136
Ppt0000136
 
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01
 
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01
 
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01
Regimento interno do conselho municipal de saúde de jequié 01
 
Portaria 1823 12_institui_politica nacional saude do trabalhador e trabalhadora
Portaria 1823 12_institui_politica nacional saude do trabalhador e trabalhadoraPortaria 1823 12_institui_politica nacional saude do trabalhador e trabalhadora
Portaria 1823 12_institui_politica nacional saude do trabalhador e trabalhadora
 
Portaria nº 1.378, de 9 de julho de 2013
Portaria nº 1.378, de 9 de julho de 2013Portaria nº 1.378, de 9 de julho de 2013
Portaria nº 1.378, de 9 de julho de 2013
 
D.O. - 15/11/2014
D.O. - 15/11/2014D.O. - 15/11/2014
D.O. - 15/11/2014
 
Lei 8142 e controle social
Lei 8142 e controle socialLei 8142 e controle social
Lei 8142 e controle social
 
PL 022 - regulamenta o conselho municipal de saúde e dá outras providências
PL 022 - regulamenta o conselho municipal de saúde e dá outras providênciasPL 022 - regulamenta o conselho municipal de saúde e dá outras providências
PL 022 - regulamenta o conselho municipal de saúde e dá outras providências
 
Introdução em saúde do trabalhador
Introdução  em saúde do trabalhadorIntrodução  em saúde do trabalhador
Introdução em saúde do trabalhador
 
Legislação básica em saúde pública sus - versão 18 11 2014
Legislação básica em saúde pública   sus - versão 18 11 2014Legislação básica em saúde pública   sus - versão 18 11 2014
Legislação básica em saúde pública sus - versão 18 11 2014
 

Mais de servidoresmesquita

D.O. Mesquita/RJ - 08/01/2015
D.O. Mesquita/RJ - 08/01/2015D.O. Mesquita/RJ - 08/01/2015
D.O. Mesquita/RJ - 08/01/2015
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 08/01/2015
D.O. Mesquita/RJ - 08/01/2015D.O. Mesquita/RJ - 08/01/2015
D.O. Mesquita/RJ - 08/01/2015
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 16/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 16/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 16/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 16/09/2014
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 17/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 17/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 17/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 17/09/2014
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 24/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 24/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 24/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 24/09/2014
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 23/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 23/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 23/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 23/09/2014
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 13/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 13/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 13/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 13/09/2014
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 20/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 20/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 20/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 20/09/2014
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 11/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 11/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 11/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 11/09/2014
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 19/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 19/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 19/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 19/09/2014
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 12/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 12/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 12/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 12/09/2014
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 10/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 10/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 10/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 10/09/2014
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 06/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 06/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 06/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 06/09/2014
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 04/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 04/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 04/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 04/09/2014
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 03/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 03/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 03/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 03/09/2014
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 16/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 16/10/2014D.O. Mesquita/RJ - 16/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 16/10/2014
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 29/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 29/10/2014D.O. Mesquita/RJ - 29/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 29/10/2014
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 28/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 28/10/2014D.O. Mesquita/RJ - 28/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 28/10/2014
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 14/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 14/10/2014D.O. Mesquita/RJ - 14/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 14/10/2014
servidoresmesquita
 
D.O. Mesquita/RJ - 11/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 11/10/2014D.O. Mesquita/RJ - 11/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 11/10/2014
servidoresmesquita
 

Mais de servidoresmesquita (20)

D.O. Mesquita/RJ - 08/01/2015
D.O. Mesquita/RJ - 08/01/2015D.O. Mesquita/RJ - 08/01/2015
D.O. Mesquita/RJ - 08/01/2015
 
D.O. Mesquita/RJ - 08/01/2015
D.O. Mesquita/RJ - 08/01/2015D.O. Mesquita/RJ - 08/01/2015
D.O. Mesquita/RJ - 08/01/2015
 
D.O. Mesquita/RJ - 16/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 16/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 16/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 16/09/2014
 
D.O. Mesquita/RJ - 17/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 17/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 17/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 17/09/2014
 
D.O. Mesquita/RJ - 24/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 24/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 24/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 24/09/2014
 
D.O. Mesquita/RJ - 23/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 23/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 23/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 23/09/2014
 
D.O. Mesquita/RJ - 13/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 13/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 13/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 13/09/2014
 
D.O. Mesquita/RJ - 20/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 20/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 20/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 20/09/2014
 
D.O. Mesquita/RJ - 11/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 11/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 11/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 11/09/2014
 
D.O. Mesquita/RJ - 19/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 19/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 19/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 19/09/2014
 
D.O. Mesquita/RJ - 12/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 12/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 12/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 12/09/2014
 
D.O. Mesquita/RJ - 10/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 10/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 10/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 10/09/2014
 
D.O. Mesquita/RJ - 06/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 06/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 06/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 06/09/2014
 
D.O. Mesquita/RJ - 04/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 04/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 04/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 04/09/2014
 
D.O. Mesquita/RJ - 03/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 03/09/2014D.O. Mesquita/RJ - 03/09/2014
D.O. Mesquita/RJ - 03/09/2014
 
D.O. Mesquita/RJ - 16/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 16/10/2014D.O. Mesquita/RJ - 16/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 16/10/2014
 
D.O. Mesquita/RJ - 29/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 29/10/2014D.O. Mesquita/RJ - 29/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 29/10/2014
 
D.O. Mesquita/RJ - 28/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 28/10/2014D.O. Mesquita/RJ - 28/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 28/10/2014
 
D.O. Mesquita/RJ - 14/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 14/10/2014D.O. Mesquita/RJ - 14/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 14/10/2014
 
D.O. Mesquita/RJ - 11/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 11/10/2014D.O. Mesquita/RJ - 11/10/2014
D.O. Mesquita/RJ - 11/10/2014
 

D.O. Mesquita/RJ - 18/10/2014

  • 1. Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Mesquita Atos Oficiais 5Sábado, 18/10/2014 |Jornal de Hoje - 2667 -1100 GABINETE DO PREFEITO DECRETO Nº 1545 DE 17 DE OUTUBRO DE 2014 O PREFEITO MUNICIPAL DE MESQUITA, no uso de suas atribuições legais que lhe confere a Lei Nº. 819/14, de 22/01/14, publicada em 23/01/14, DECRETA: Art. 1º - Abre Crédito Adicional Suplementar no orçamento vigente na importância de R$ 6.400.000,00 (seis milhões e quatrocentos mil reais). SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO PROGRAMA DE TRABALHO: 20.04.04.122.0143.2.153.000 – Despesas com Pessoal Decorrente da Contratação de Terceiros. ELEMENTO DE DESPESA: 3.3.90.34.00 23 Out Desp de Pessoal Dec de Cont de Terc 3.500.000,00 FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE PROGRAMA DE TRABALHO: 20.19.10.122.0252.2.297.000 – Recursos Humanos. ELEMENTO DE DESPESA: 3.3.90.34.00 217 Out Desp de Pessoal Dec de Cont de Terc 2.900.000,00 TOTAL GERAL 6.400.000,00f Art. 2º - Os recursos para atender a presente suplementação são oriundos de anulação parcial dos programas de trabalho, conforme o exposto no inciso III, do artigo 43, da Lei nº. 4.320, de 17/03/64. SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS PROGRAMA DE TRABALHO: 20.10.15.512.0191.2.230.000 – Atividade de Limpeza Pública ELEMENTO DE DESPESA: 3.3.90.39.00 112 Outros Serviços de Terceiros - Pessoa Jurídica 2.164.949,40 SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO PROGRAMA DE TRABALHO: 20.22.15.451.0277.2.457.000 – Melhoria dos Espaços Públicos. ELEMENTO DE DESPESA: 4.4.90.51.00 585 Obras e Instalações 4.235.050,60 TOTAL GERAL 6.400.000,00 Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, retroagindo seus efeitos a contar de 24 de setembro de 2014, revogados as disposições em contrário. Mesquita, 17 de outubro de 2014 . ROGELSON SANCHES FONTOURA Prefeito SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO A SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO DA PREFEI- TURA MUNICIPAL DE MESQUITA, em atendimento ao que estabelece o § 1°, do artigo 34, da Lei Federal 8.666/93, vem por meio deste, realizar o chamamento público de fornecedores para a atualização dos registros existentes e para o ingresso de novos interessados em manter registros cadastrais, para efeito de habilita- ção, na Prefeitura Municipal de Mesquita. Mesquita, RJ, 16 de outubro de 2014 EVANDRO JOSÉ FERREIRA TAVEIRA Secretário Municipal de Governo SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE PORTARIA Nº 018/2014 “INSTITUI A COMISSÃO PERMANENTE DE FARMÁCIA TERAPÊUTICA DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE MESQUITA.” O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE, usando de suas atribuições legais, e; Considerando a Portaria nº 533/GM/MS, de 28 de março de 2012, que estabelece o elenco de medicamentos e insumos da Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME) no SUS; Considerando a Portaria nº 1.554, de 30 de julho de 2013, que dispõe sobre as regras de financiamento e execução do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS); Considerando a Portaria nº 1.555, de 30 de julho de 2013, que dispõe sobre as normas de financiamento e de execução do Com- ponente Básico da Assistência Farmacêutica no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS); Considerando a Resolução nº 338/CNS/MS, de 6 de maio de 2004, que aprova a Política Nacional de Assistência Farmacêutica; Considerando a Resolução nº 1/CIT, de 17 de janeiro de 2012, que estabelece as diretrizes nacionais da RENAME no âmbito do SUS; Considerando a necessidade da promoção do uso de medicamen- tos de forma racional e eficaz, garantindo o principio da economici- dade da dispensação de medicamentos padronizados; Considerando, finalmente, a necessidade de estabelecer critérios, procedimentos operacionais para prescrição e dispensação dos medicamentos selecionados, bem como de métodos de avaliação do uso dos medicamentos dispensados nas Unidades de Saúde do Município. RESOLVE: Art.1° Fica instituída a Comissão Permanente de Farmácia e Tera- pêutica da Secretaria Municipal de Saúde do Município de Mesqui- ta – CFT/SMS Mesquita. Art. 2° Ficam designados os profissionais de saúde para comporem a CFT/SMS Mesquita: I – Christian Campos Ferreira – Medico – CRM/RJ 52-61925-0; II – Marcelo José Rozzeto – Enfermeiro – COREN/RJ 97214; III – Cíntia Martins de Freitas– Coordenadora de Assistência Far- macêutica; IV – Verônica de Souza Silva – Gerência da Assistência Farmacêu- tica – Mat. 60/008.404; V – Rafael Soares de Figueiredo – Farmacêutico – CRF/RJ 18737; VI – Gadytana de Brito Maia – Farmacêutica – CRF/RJ 19220; VII – Daniele Vieira Uliano – Nutricionista – CRN/RJ 971003246; VIII – Rafael Jardim de Azevedo Souza – Chefe da Área Técnica de Fisioterapia – mat. 60/008.444; IX – Barbara De Freitas Ferreira – Administrativo. X – Vanessa Mendonça Constant do Espírito Santo – Assistente So- cial – CRESS – AS16044 Art. 3° São atribuições da CFT/SMS Mesquita: I. Estabelecer normas e diretrizes de prescrição e dispensação de medicamentos; II. Definir e selecionar o rol de medicamentos essenciais, de forma elaborar e atualizar periodicamente a relação municipal de medi- camentos (REMUME), e avaliar solicitações de alteração nessa relação; III. Estabelecer os critérios para aquisição e fornecimento de medi- camentos não constantes do elenco nacional do Componente Bási- co da Assistência Farmacêutica ou da RENAME vigente, forneci- dos através de programas específicos do Município; IV. Elaborar protocolos e diretrizes terapêuticas para nortear as prá- ticas terapêuticas locais; V. Fornecer informação sobre medicamentos e outras tecnologias a equipe de saúde; VI. Fomentar e participar de atividades de educação continuada em terapêutica dirigida à equipe de saúde; VII. Assessorar a Secretaria Municipal de Saúde e seus setores no desenvolvimento, implantação e avaliação de programas que envol- vam dispensação de medicamentos; Art. 4° Em um prazo de até 30 dias a partir da publicação desta por- taria, a CFT/SMS Mesquita apresentará para apreciação e homolo- gação do Secretário Municipal de Saúde o seu Regimento Interno. Art. 5° A participação na CFT/SMS Mesquita é considerada presta- ção de relevante interesse público, não importando nenhuma remu- neração pelas atividades desempenhadas. Art. 6° As resoluções e outros instrumentos deliberativos da CFT/ SMS Mesquita têm caráter normativo e devem ser publicadas, depois de homologadas pela Secretária de Saúde, e divulgadas nos serviços de saúde. Art. 7° Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação. FABIANO MUNIZ DA SILVA Secretário Municipal de Saúde PORTARIA Nº 019/2014 “DEFINE QUE AS AÇÕES DO PROGRAMA SAÚDE DO TRABALHADOR E TRABALHADORA FICARÁ NO ÂMBI- TO DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE DA SECRETARIA MUNI- CIPAL DE SAÚDE.” O SECRETARIO MUNICIPAL DE SAÚDE, no uso de suas atri- buições, usando de suas atribuições legais. Considerando que as determinações contidas na NOB-SUS 01/96 como atuação da atenção à Saúde; Considerando a Lei Federal n° 8.080/90, no art. 6º, que insere a Saúde do Trabalhador como campo de atuação do Sistema Único de Saúde. e estabelece o que se entende por saúde do trabalhador; e no seu artigo 18; Considerando, Considerando Lei do Código Sanitário Municipal de Mesquita Nº128 11/11/2002; Artigo 17 seção V.; Considerando a Portaria Nº 2.728, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2009 que Dispõe sobre a Rede Nacional de Atenção Integral à Saú- de do Trabalhador (RENAST) e dá outras providências; Considerando a Portaria n.º 3.120, de 1º de Julho de 19981. Apro- va a Instrução Normativa de Vigilância em Saúde do Trabalhador no SUS, com a finalidade de definir procedimentos básicos para o desenvolvimento das ações correspondentes; Considerando Portaria Nº 1.823, DE 23 DE AGOSTO DE 2012 Institui a Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Traba- lhadora; Considerando a portaria Nº 1.378, DE 9 de Julho de 2013: Regu- lamenta as responsabilidades e define diretrizes para execução e financiamento das ações de Vigilância em Saúde pela União, Esta- dos, Distrito Federal e Municípios, relativos ao Sistema Nacional de Vigilância em Saúde e Sistema Nacional de Vigilância Sanitária; Considerando Portaria Nº 1.708, DE 16 DE AGOSTO DE 2013 que Regulamenta o Programa de Qualificação das Ações de Vi- gilância em Saúde (PQAVS), com a definição de suas diretrizes, financiamento, metodologia de adesão e critérios de avaliação dos Estados, Distrito Federal e Municípios. Considerando as concepções de estruturas organizacionais e mo- delos de gestão voltados para a melhoria da eficiência, eficácia e efetividade dos programas governamentais e a consequente neces- sidade de estruturação do Programa de Saúde do Trabalhador. R E S O L V E: Art.1º A Vigilância em Saúde do Trabalhador é um dos compo- nentes do sistema municipal de vigilância em saúde, cujo objetivo visa à promoção da saúde e a redução da morbimortalidade, por meio da integração de ações que intervenham nos agravos e seus determinantes, decorrentes dos modelos de desenvolvimento social
  • 2. Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Mesquita Atos Oficiais6 | Sábado, 18/10/2014 Jornal de Hoje - 2667-1100 e processos produtivos. Art.2º As ações do serviço de Saúde do Trabalhador tem como ob- jetivo a relação da saúde-doença, com o ambiente e os processos de trabalho e a integralidade do cuidado, pesquisar e analisar os fatores determinantes e condicionantes dos agravos. Art.3º Nesta perspectiva, Vigilância em Saúde do Trabalhador e Trabalhadora, definirá suas ações estruturantes ao modelo de Aten- ção Integral em Saúde do Trabalhador, convergindo para uma atua- ção continua e sistemática de Detectar, Conhecer, Pesquisar e Ana- lisar os fatores determinantes e condicionantes dos agravos á saúde relacionados aos processos e ambientes de trabalho. Art. 4° Determinar que a Gestão das ações relativas à Saúde do Trabalhador e trabalhadora no âmbito da Secretaria Municipal de Saúde seja exercida pela Coordenadoria de Vigilância em Saúde (CVS). Art. 5° Estabelecer que a Vigilância em Saúde (CVS) adotem todas as providências necessárias para o fiel cumprimento do disposto nesta Portaria, bem como das atividades dela decorrentes. Art. 6° Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. FABIANO MUNIZ DA SILVA Secretário Municipal de Saúde CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO MUNICÍPIO DE MESQUITA EMENDA E ACÓRDÃO DOS PROCESSOS RELACIONA- DOS ABAIXO Natureza: Recurso “de ofício” Assunto: Prescrição de Débito Recorrente: Fazenda Pùblica Municipal Recorrido: Autoridade Julgadora de 1º Instância Conselheiro-Relator: Phelipe Amorim Conselheiro-Revisor: Arlinda Abreu Representante da Fazenda: Alessandro Novaes Data dos Julgamentos: 17/10/2014 SEGUNDA CÂMARA DE JULGAMENTO EMENTA: Prescrição de Débito. IPTU. Art. 174 CTN. ACÓRDÃO: Vistos, relatados e discutidos, ACORDAM os membros da 1ª Câmara, por unanimidade, nos termos do voto do relator, em conhecer dos Recursos de ofício interpostos NEGANDO-LHES PROVIMENTO, mantendo-se na íntegra, a Deci- são da Autoridade Administrativa de 1ª Instância. PROCESSO ANEXO CONTRIBUINTE EXERCÍCIOS INSCRIÇÃO 09/285/ CCMM-14 08/10057/14 Justino de Almeida Construções LTDA 2007 E 2008 18346-0 09/286/ CCMM-14 07/8349/14 Mario Moreira 2001 a 2006 129398-0 09/287/ CCMM-14 07/8274/14 Marcos Antonio de Melo Dias 2004,2005,2007 e 2008 611925-0 09/288/ CCMM-14 07/8276/14 Marcos Antonio de Melo Dias 2004,2005,2007 e 2008 611924-0 09/289/ CCMM-14 07/8275/14 Marcos Antonio de Melo Dias 2004,2005,2007 e 2008 611923-0 MICHAEL BARRETO MATIAS Presidente Conselho de Contribuintes