SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
“O São Francisco corre nas minhas veias e deságua no meu coração.”
José Theodomiro de Araújo, “O Velho do Rio”, 1937 - 2002
Programa de Revitalização da Bacia
Hidrográfica do Rio São Francisco
Programa de Revitalização da Bacia
Hidrográfica do São Francisco
• Foi criado em 2004 e inserido no PPA 2004-7;
• Previsão de execução de 20 anos;
• Coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente,
em parceria com o Ministério da Integração
Nacional e 15 outros ministérios, diversos órgãos
federais, governos estaduais e colegiados
participativos.
Dados da bacia:
- Abrange 7 unidades da federação: MG, BA, PE, AL, SE, GO
e DF.
- Extensão do rio : 2.863 km, com nascente no rio Samburá, em
Medeiros, MG e foz no pontal do Peba, entre Alagoas e
Sergipe.
- Área da Bacia: 639.000 km2
(7,5 % do Brasil).
- Compreende 504 municípios mais o DF, sendo 101 na calha
do rio.
- Abriga uma população de 14 milhões de habitantes (9% da
população brasileira).
- Contém 32 sub-bacias e 168 afluentes, e está subdividida em
4 regiões fisiográficas: Alto, Médio, Sub-médio e Baixo SF.
- Gera 17% da energia elétrica do Brasil (10.356MW), em 20
usinas hidrelétricas.
10 principais problemas da Bacia:
- Falta de articulação interinstitucional e
intergovernamental das políticas públicas.
- Conflitos pelo uso da água.
- Poluição ambiental em suas mais variadas formas.
- Desmatamento.
- Uso e ocupação inadequada do solo.
- Redução da biodiversidade.
- Erosão e assoreamento.
- Escassez da água.
- Desigualdade e estagnação socioeconômica.
- Ausência de gestão ambiental e planejamento
estratégico.
Objetivos do Programa de
Revitalização:
O Programa tem como objetivos
recuperar, preservar e conservar a Bacia do
São Francisco, por meio de ações integradas
e permanentes, que promovam o uso
sustentável dos recursos naturais, a
melhoria das condições socioambientais, o
aumento da quantidade e a melhoria da
qualidade da água para usos múltiplos.
Os princípios do Programa são:
- Articulação intergovernamental
- Integração interinstitucional
- Participação e controle social
Diretrizes:
- Desenvolvimento Sustentável
- Planejamento Estratégico
Participativo
- Gestão Ambiental Integrada
- Transversalidade
- Sustentabilidade
Estratégias:
- Governança Socioambiental
- Projeção das Potencialidades
- Promoção de Mecanismos
Sustentáveis
Linhas de Ação e Componentes do
Programa de Revitalização
1.GESTÃO E MONITORAMENTO:
I - Gestão da Informação; III - Gestão e Ordenamento Territorial;
II - Monitoramento Ambiental;
2.FORTALECIMENTO INSTITUCIONAL E SOCIOAMBIENTAL:
I - Agenda 21; III - Fortalecimento do SISNAMA;
II - Educação Ambiental; IV - Cultura;
3.PROTEÇÃO E MANEJO DOS RECURSOS NATURAIS:
I - Conservação do Solo; IV - Gestão Racional das Águas;
II - Recuperação da Cobertura Vegetal V– Unidades de Conservação;
III - Preservação da Biodiversidade;
4.QUALIDADE E SANEAMENTO AMBIENTAL:
I -– Saneamento Básico; III - Convivência com o semi-árido;
II -– Resíduos;
5.ECONOMIA SUSTENTÁVEl:
I - Turismo Sustentável; III - Agricultura e Reforma Agrária Sustentável
II - Gestão de Recursos Pesqueiros;
Para atingir seus objetivos, o Programa de Revitalização do São Francisco
está organizado em 5 Linhas de Ação e 18 Componentes, cuja
fundamentação é a Gestão Ambiental Integrada. São elas:
Estrutura do Programa de Revitalização
O Programa de Revitalização tem como instâncias
para a gestão ambiental integrada e participativa fóruns
colegiados Federais, Estaduais e Regionais. São eles:
•Federais:
Comitê Gestor do Programa (CGP-SF)
Grupo de Trabalho de Revitalização do São Francisco (GT-SF)
•Estaduais:
Núcleos de Articulação do Programa (NAP-SF)
•Regionais Intermunicipais (Sub-bacias):
Comissões Locais de Meio Ambiente e Ação Socioambiental
(COLMEIAS).
O que são as COLMEIAS do São
Francisco?
São Fóruns transversais e
articuladores das ações regionais do
Programa de Revitalização, ligados aos
Núcleos de Articulação Estaduais e às
Câmaras Consultivas Regionais do
Comitê de Bacia.
Quais são os objetivos das COLMEIAS
do São Francisco?
Integrar os diversos atores socioambientais da região,
em prol da Revitalização da Bacia do São Francisco;
Propor uma agenda local para o Programa;
Monitorar as ações da Revitalização em escala
regional, e propor prioridades dentre as linhas do
Programa ;
Implementar a sinergia entre seus integrantes, com a
efetivação de pactos sociais e interinstitucionais para a
Revitalização.
Otimizar as ações da Revitalização, em parceria com os
Comitês de Sub-bacias e Conselhos Municipais de
Meio Ambiente.
3. Instituições de
Ensino
2. Órgãos Públicos
Locais:
Estados/Municípios
4. Setor Produtivo
Movimentos
Sociais e ONGs
6. Fóruns,
Comitês e
Conselhos
Locais
COLMEIAS
Comissões Locais de
Meio Ambiente e Ação
Socioambiental
PÓLOS
1. Governo Federal - Coordenação do
Programa São Francisco
Como se organizam as COLMEIAS do
São Francisco?
Comitês Executivos das COLMEIAS
Em cada COLMEIA será eleito um Comitê Executivo,
com 12 integrantes (titular e suplente), representando os 6
setores da sociedade que compõem seu Fórum ampliado,
de maneira equilibrada e igualitária:
Governo Federal;
Governos Estaduais e Municipais;
 Instituições de Ensino;
 Setor Produtivo;
 Movimentos Sociais e ONGs;
 Fóruns, Comitês e Conselhos Locais.
Onde serão instaladas as COLMEIAS da
Revitalização?
Até o final de 2006 estão previstas 12 COLMEIAS,
abrangendo cerca de 150 municípios, a serem instaladas
em pólos prioritários para a Revitalização do São
Francisco, ao longo de toda a bacia.
Em Minas Gerais instaladas as COLMEIAS:
Belo Horizonte
Conselheiro Lafaiete
Montes Claros
Pirapora
Três Marias
Qual é a agenda da COLMEIA?
Já estão programados 6 Momentos de articulação e
mobilização dos fóruns das COLMEIAS:
• Evento de instalação da COLMEIA (M1)
• Oficina de início dos trabalhos de Coletivos Educadores
(M2)
• Oficina sobre construção da Agenda 21 (M3)
• Oficina de capacitação de Gestores Municipais (M4)
• Curso de Educação Ambiental no processo de Gestão
Ambiental e Oficina para Elaboração de Projetos (M5)
• Avaliação das atividades e apresentação do Projeto
Político Pedagógico da COLMEIA (M6).
“ O processo pelo qual você planeja é
tão importante quanto o plano em si.
Só existe eficácia na implementação
dos planos quando há o
comprometimento das pessoas.”
Scott Sink

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ação governamental e o papel do terceiro setor no Turismo
Ação governamental e o papel do terceiro setor no TurismoAção governamental e o papel do terceiro setor no Turismo
Ação governamental e o papel do terceiro setor no TurismoAristides Faria
 
Retratos de Governanças das Águas - Mato Grosso do Sul
Retratos de Governanças das Águas - Mato Grosso do SulRetratos de Governanças das Águas - Mato Grosso do Sul
Retratos de Governanças das Águas - Mato Grosso do Sulfcmatosbh
 
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: São Paulo
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: São PauloRetratos de Governanças das Águas no Brasil: São Paulo
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: São Paulofcmatosbh
 
Sub bacia hidrográfica médio tietê
Sub bacia hidrográfica médio tietêSub bacia hidrográfica médio tietê
Sub bacia hidrográfica médio tietêCarlos Elson Cunha
 
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...fcmatosbh
 
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...fcmatosbh
 
Retratos de governanças das águas no Brasil: Pernambuco
Retratos de governanças das águas no Brasil: PernambucoRetratos de governanças das águas no Brasil: Pernambuco
Retratos de governanças das águas no Brasil: Pernambucofcmatosbh
 
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...fcmatosbh
 
Relatório de Avaliação da Política Pública do Rio São Francisco
Relatório de Avaliação da Política Pública do Rio São FranciscoRelatório de Avaliação da Política Pública do Rio São Francisco
Relatório de Avaliação da Política Pública do Rio São FranciscoSenador Otto Alencar
 
1 PLANO DE MOBILIZAÇÃO - RELATÓRIO
1   PLANO DE MOBILIZAÇÃO - RELATÓRIO 1   PLANO DE MOBILIZAÇÃO - RELATÓRIO
1 PLANO DE MOBILIZAÇÃO - RELATÓRIO saneamentobelford
 
Diagnóstico Técnico Participativo do Plano Municipal de Saneamento Básico de ...
Diagnóstico Técnico Participativo do Plano Municipal de Saneamento Básico de ...Diagnóstico Técnico Participativo do Plano Municipal de Saneamento Básico de ...
Diagnóstico Técnico Participativo do Plano Municipal de Saneamento Básico de ...saneamentobelford
 
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...fcmatosbh
 
Relatório Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representan...
Relatório Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representan...Relatório Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representan...
Relatório Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representan...fcmatosbh
 
Atividade Meio Ambiente
Atividade Meio AmbienteAtividade Meio Ambiente
Atividade Meio Ambientegueste5d6d3d
 
DIAGNÓSTICO PRELIMINAR DO IMPACTO AMBIENTAL EM ÁREAS VERDES URBANAS (AVUs) NO...
DIAGNÓSTICO PRELIMINAR DO IMPACTO AMBIENTAL EM ÁREAS VERDES URBANAS (AVUs) NO...DIAGNÓSTICO PRELIMINAR DO IMPACTO AMBIENTAL EM ÁREAS VERDES URBANAS (AVUs) NO...
DIAGNÓSTICO PRELIMINAR DO IMPACTO AMBIENTAL EM ÁREAS VERDES URBANAS (AVUs) NO...Lucila K. Felix L. de Brito
 
Proposta de lei no 44 XII reorganizacao administrativa do territorial autarquica
Proposta de lei no 44 XII reorganizacao administrativa do territorial autarquicaProposta de lei no 44 XII reorganizacao administrativa do territorial autarquica
Proposta de lei no 44 XII reorganizacao administrativa do territorial autarquicauqslarquitectura
 
Proposta de Lei 44 2012 - regime jurídico da reorganização administrativa ter...
Proposta de Lei 44 2012 - regime jurídico da reorganização administrativa ter...Proposta de Lei 44 2012 - regime jurídico da reorganização administrativa ter...
Proposta de Lei 44 2012 - regime jurídico da reorganização administrativa ter...Umberto Pacheco
 

Mais procurados (19)

Ação governamental e o papel do terceiro setor no Turismo
Ação governamental e o papel do terceiro setor no TurismoAção governamental e o papel do terceiro setor no Turismo
Ação governamental e o papel do terceiro setor no Turismo
 
Retratos de Governanças das Águas - Mato Grosso do Sul
Retratos de Governanças das Águas - Mato Grosso do SulRetratos de Governanças das Águas - Mato Grosso do Sul
Retratos de Governanças das Águas - Mato Grosso do Sul
 
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: São Paulo
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: São PauloRetratos de Governanças das Águas no Brasil: São Paulo
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: São Paulo
 
Sub bacia hidrográfica médio tietê
Sub bacia hidrográfica médio tietêSub bacia hidrográfica médio tietê
Sub bacia hidrográfica médio tietê
 
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
 
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
 
Retratos de governanças das águas no Brasil: Pernambuco
Retratos de governanças das águas no Brasil: PernambucoRetratos de governanças das águas no Brasil: Pernambuco
Retratos de governanças das águas no Brasil: Pernambuco
 
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
 
Relatório de Avaliação da Política Pública do Rio São Francisco
Relatório de Avaliação da Política Pública do Rio São FranciscoRelatório de Avaliação da Política Pública do Rio São Francisco
Relatório de Avaliação da Política Pública do Rio São Francisco
 
1 PLANO DE MOBILIZAÇÃO - RELATÓRIO
1   PLANO DE MOBILIZAÇÃO - RELATÓRIO 1   PLANO DE MOBILIZAÇÃO - RELATÓRIO
1 PLANO DE MOBILIZAÇÃO - RELATÓRIO
 
Diagnóstico Técnico Participativo do Plano Municipal de Saneamento Básico de ...
Diagnóstico Técnico Participativo do Plano Municipal de Saneamento Básico de ...Diagnóstico Técnico Participativo do Plano Municipal de Saneamento Básico de ...
Diagnóstico Técnico Participativo do Plano Municipal de Saneamento Básico de ...
 
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
 
Relatório Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representan...
Relatório Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representan...Relatório Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representan...
Relatório Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representan...
 
Ondas Geral
Ondas GeralOndas Geral
Ondas Geral
 
Atividade Meio Ambiente
Atividade Meio AmbienteAtividade Meio Ambiente
Atividade Meio Ambiente
 
DIAGNÓSTICO PRELIMINAR DO IMPACTO AMBIENTAL EM ÁREAS VERDES URBANAS (AVUs) NO...
DIAGNÓSTICO PRELIMINAR DO IMPACTO AMBIENTAL EM ÁREAS VERDES URBANAS (AVUs) NO...DIAGNÓSTICO PRELIMINAR DO IMPACTO AMBIENTAL EM ÁREAS VERDES URBANAS (AVUs) NO...
DIAGNÓSTICO PRELIMINAR DO IMPACTO AMBIENTAL EM ÁREAS VERDES URBANAS (AVUs) NO...
 
20100226 Atividades Amaj 2009
20100226   Atividades Amaj 200920100226   Atividades Amaj 2009
20100226 Atividades Amaj 2009
 
Proposta de lei no 44 XII reorganizacao administrativa do territorial autarquica
Proposta de lei no 44 XII reorganizacao administrativa do territorial autarquicaProposta de lei no 44 XII reorganizacao administrativa do territorial autarquica
Proposta de lei no 44 XII reorganizacao administrativa do territorial autarquica
 
Proposta de Lei 44 2012 - regime jurídico da reorganização administrativa ter...
Proposta de Lei 44 2012 - regime jurídico da reorganização administrativa ter...Proposta de Lei 44 2012 - regime jurídico da reorganização administrativa ter...
Proposta de Lei 44 2012 - regime jurídico da reorganização administrativa ter...
 

Semelhante a Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco

Cartilha do Projeto Rio São Francisco
Cartilha do Projeto Rio São FranciscoCartilha do Projeto Rio São Francisco
Cartilha do Projeto Rio São FranciscoPalácio do Planalto
 
Análise do Planejamento Metropolitano da Região Metropolitana de Porto Alegre...
Análise do Planejamento Metropolitano da Região Metropolitana de Porto Alegre...Análise do Planejamento Metropolitano da Região Metropolitana de Porto Alegre...
Análise do Planejamento Metropolitano da Região Metropolitana de Porto Alegre...Isabella Aragão Araújo
 
Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes membro...
Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes membro...Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes membro...
Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes membro...fcmatosbh
 
Texto Orientador - IV Conferência Nacional do Meio Ambiente
Texto Orientador - IV Conferência Nacional do Meio AmbienteTexto Orientador - IV Conferência Nacional do Meio Ambiente
Texto Orientador - IV Conferência Nacional do Meio Ambientesauloflorentino
 
Consorcio realiza 4º Conferencia Nacional do Meio Ambiente
Consorcio realiza 4º Conferencia Nacional do Meio AmbienteConsorcio realiza 4º Conferencia Nacional do Meio Ambiente
Consorcio realiza 4º Conferencia Nacional do Meio AmbienteJessica R.
 
Relatório Social - Asas de Socorro 2016
Relatório Social - Asas de Socorro 2016Relatório Social - Asas de Socorro 2016
Relatório Social - Asas de Socorro 2016Asas de Socorro
 
Retratos de governanças das Águas no Brasil: Paraíba
Retratos de governanças das Águas no Brasil: ParaíbaRetratos de governanças das Águas no Brasil: Paraíba
Retratos de governanças das Águas no Brasil: Paraíbafcmatosbh
 
Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes memb...
Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes memb...Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes memb...
Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes memb...fcmatosbh
 
TCC 1 UNOPAR Analise de Sistemas de Informação
TCC 1 UNOPAR Analise de Sistemas de InformaçãoTCC 1 UNOPAR Analise de Sistemas de Informação
TCC 1 UNOPAR Analise de Sistemas de InformaçãoWANDERSON JONER
 
Mulheres pela água
Mulheres pela águaMulheres pela água
Mulheres pela águafcmatosbh
 
Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes membro...
Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes membro...Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes membro...
Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes membro...fcmatosbh
 
Boletimvirtual.ed11.marco
Boletimvirtual.ed11.marcoBoletimvirtual.ed11.marco
Boletimvirtual.ed11.marcoIASMIN SANTANA
 
Genro, silveira, sulzbacher, guimarães e redin conflitos na construçao sóci...
Genro, silveira, sulzbacher, guimarães e redin   conflitos na construçao sóci...Genro, silveira, sulzbacher, guimarães e redin   conflitos na construçao sóci...
Genro, silveira, sulzbacher, guimarães e redin conflitos na construçao sóci...Ezequiel Redin
 
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...fcmatosbh
 
Apresentação Mangue Vivo
Apresentação Mangue VivoApresentação Mangue Vivo
Apresentação Mangue Vivomanguevivo
 

Semelhante a Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (20)

Cartilha do Projeto Rio São Francisco
Cartilha do Projeto Rio São FranciscoCartilha do Projeto Rio São Francisco
Cartilha do Projeto Rio São Francisco
 
Análise do Planejamento Metropolitano da Região Metropolitana de Porto Alegre...
Análise do Planejamento Metropolitano da Região Metropolitana de Porto Alegre...Análise do Planejamento Metropolitano da Região Metropolitana de Porto Alegre...
Análise do Planejamento Metropolitano da Região Metropolitana de Porto Alegre...
 
Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes membro...
Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes membro...Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes membro...
Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes membro...
 
Texto Orientador - IV Conferência Nacional do Meio Ambiente
Texto Orientador - IV Conferência Nacional do Meio AmbienteTexto Orientador - IV Conferência Nacional do Meio Ambiente
Texto Orientador - IV Conferência Nacional do Meio Ambiente
 
Consorcio realiza 4º Conferencia Nacional do Meio Ambiente
Consorcio realiza 4º Conferencia Nacional do Meio AmbienteConsorcio realiza 4º Conferencia Nacional do Meio Ambiente
Consorcio realiza 4º Conferencia Nacional do Meio Ambiente
 
Relatório Social - Asas de Socorro 2016
Relatório Social - Asas de Socorro 2016Relatório Social - Asas de Socorro 2016
Relatório Social - Asas de Socorro 2016
 
Retratos de governanças das Águas no Brasil: Paraíba
Retratos de governanças das Águas no Brasil: ParaíbaRetratos de governanças das Águas no Brasil: Paraíba
Retratos de governanças das Águas no Brasil: Paraíba
 
CONEXÕES REGENERATIVAS URBANAS 2023.pdf
CONEXÕES REGENERATIVAS URBANAS 2023.pdfCONEXÕES REGENERATIVAS URBANAS 2023.pdf
CONEXÕES REGENERATIVAS URBANAS 2023.pdf
 
Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes memb...
Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes memb...Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes memb...
Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes memb...
 
TCC 1 UNOPAR Analise de Sistemas de Informação
TCC 1 UNOPAR Analise de Sistemas de InformaçãoTCC 1 UNOPAR Analise de Sistemas de Informação
TCC 1 UNOPAR Analise de Sistemas de Informação
 
Agenda 21
Agenda 21Agenda 21
Agenda 21
 
Mulheres pela água
Mulheres pela águaMulheres pela água
Mulheres pela água
 
PDRH Rio das Velhas
PDRH Rio das VelhasPDRH Rio das Velhas
PDRH Rio das Velhas
 
Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes membro...
Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes membro...Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes membro...
Retratos de governanças das águas do Brasil: perfil dos representantes membro...
 
Boletimvirtual.ed11.marco
Boletimvirtual.ed11.marcoBoletimvirtual.ed11.marco
Boletimvirtual.ed11.marco
 
Agenda21
Agenda21Agenda21
Agenda21
 
Genro, silveira, sulzbacher, guimarães e redin conflitos na construçao sóci...
Genro, silveira, sulzbacher, guimarães e redin   conflitos na construçao sóci...Genro, silveira, sulzbacher, guimarães e redin   conflitos na construçao sóci...
Genro, silveira, sulzbacher, guimarães e redin conflitos na construçao sóci...
 
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
Retratos de Governanças das Águas no Brasil: Perfil dos Representantes Membro...
 
PTDS - MEIO AMBIENTE
PTDS - MEIO AMBIENTEPTDS - MEIO AMBIENTE
PTDS - MEIO AMBIENTE
 
Apresentação Mangue Vivo
Apresentação Mangue VivoApresentação Mangue Vivo
Apresentação Mangue Vivo
 

Mais de Ricardo Ferrao

Conferencia na escola iv conferência nacional infantojuvenil pelo meio ambiente
Conferencia na escola iv conferência nacional infantojuvenil pelo meio ambienteConferencia na escola iv conferência nacional infantojuvenil pelo meio ambiente
Conferencia na escola iv conferência nacional infantojuvenil pelo meio ambienteRicardo Ferrao
 
Certificado e programa da 1ª cfijma
Certificado e programa da 1ª cfijmaCertificado e programa da 1ª cfijma
Certificado e programa da 1ª cfijmaRicardo Ferrao
 
Convite para a 1ª. c f i j m a
Convite para  a 1ª. c f i j m aConvite para  a 1ª. c f i j m a
Convite para a 1ª. c f i j m aRicardo Ferrao
 
Slides do aproveitamento da agua da chuva
Slides do aproveitamento da agua da chuvaSlides do aproveitamento da agua da chuva
Slides do aproveitamento da agua da chuvaRicardo Ferrao
 
16 mec 13 08 2013 lançamento da cnijma
16 mec 13 08 2013 lançamento da cnijma16 mec 13 08 2013 lançamento da cnijma
16 mec 13 08 2013 lançamento da cnijmaRicardo Ferrao
 
Apresentacao Passo a Passo (Nova)
Apresentacao Passo a Passo (Nova)Apresentacao Passo a Passo (Nova)
Apresentacao Passo a Passo (Nova)Ricardo Ferrao
 
Apresentacao passo a_passo
Apresentacao passo a_passoApresentacao passo a_passo
Apresentacao passo a_passoRicardo Ferrao
 
Apresentacao ivcnijma final_09_junho
Apresentacao ivcnijma final_09_junhoApresentacao ivcnijma final_09_junho
Apresentacao ivcnijma final_09_junhoRicardo Ferrao
 
Apresentacao escola sustentavel
Apresentacao escola sustentavelApresentacao escola sustentavel
Apresentacao escola sustentavelRicardo Ferrao
 
Espacos ctv 230420101400
Espacos ctv 230420101400Espacos ctv 230420101400
Espacos ctv 230420101400Ricardo Ferrao
 
Espacos exibidores ii ctv em 15 04 2010
Espacos exibidores ii ctv em 15 04 2010Espacos exibidores ii ctv em 15 04 2010
Espacos exibidores ii ctv em 15 04 2010Ricardo Ferrao
 
Apresentação Radio Texto
Apresentação Radio TextoApresentação Radio Texto
Apresentação Radio TextoRicardo Ferrao
 
Apostila Rádio Nas Ondas do São Francisco
Apostila Rádio Nas Ondas do São FranciscoApostila Rádio Nas Ondas do São Francisco
Apostila Rádio Nas Ondas do São FranciscoRicardo Ferrao
 
Cadastro de participantes no 2 CTV
Cadastro de participantes no 2 CTVCadastro de participantes no 2 CTV
Cadastro de participantes no 2 CTVRicardo Ferrao
 

Mais de Ricardo Ferrao (20)

Conferencia na escola iv conferência nacional infantojuvenil pelo meio ambiente
Conferencia na escola iv conferência nacional infantojuvenil pelo meio ambienteConferencia na escola iv conferência nacional infantojuvenil pelo meio ambiente
Conferencia na escola iv conferência nacional infantojuvenil pelo meio ambiente
 
Certificado e programa da 1ª cfijma
Certificado e programa da 1ª cfijmaCertificado e programa da 1ª cfijma
Certificado e programa da 1ª cfijma
 
Convite para a 1ª. c f i j m a
Convite para  a 1ª. c f i j m aConvite para  a 1ª. c f i j m a
Convite para a 1ª. c f i j m a
 
Slides do aproveitamento da agua da chuva
Slides do aproveitamento da agua da chuvaSlides do aproveitamento da agua da chuva
Slides do aproveitamento da agua da chuva
 
16 mec 13 08 2013 lançamento da cnijma
16 mec 13 08 2013 lançamento da cnijma16 mec 13 08 2013 lançamento da cnijma
16 mec 13 08 2013 lançamento da cnijma
 
Apresentacao Passo a Passo (Nova)
Apresentacao Passo a Passo (Nova)Apresentacao Passo a Passo (Nova)
Apresentacao Passo a Passo (Nova)
 
Apresentacao passo a_passo
Apresentacao passo a_passoApresentacao passo a_passo
Apresentacao passo a_passo
 
Apresentacao ivcnijma final_09_junho
Apresentacao ivcnijma final_09_junhoApresentacao ivcnijma final_09_junho
Apresentacao ivcnijma final_09_junho
 
Apresentacao escola sustentavel
Apresentacao escola sustentavelApresentacao escola sustentavel
Apresentacao escola sustentavel
 
Sala Verde Ascolonia
Sala Verde AscoloniaSala Verde Ascolonia
Sala Verde Ascolonia
 
Convite tela verde
Convite tela verdeConvite tela verde
Convite tela verde
 
Sinopses
SinopsesSinopses
Sinopses
 
Inscricoes ctv2
Inscricoes ctv2Inscricoes ctv2
Inscricoes ctv2
 
Filmes sinopse II CTV
Filmes sinopse II CTVFilmes sinopse II CTV
Filmes sinopse II CTV
 
Espacos ctv 230420101400
Espacos ctv 230420101400Espacos ctv 230420101400
Espacos ctv 230420101400
 
Espacos exibidores ii ctv em 15 04 2010
Espacos exibidores ii ctv em 15 04 2010Espacos exibidores ii ctv em 15 04 2010
Espacos exibidores ii ctv em 15 04 2010
 
Apresentação Radio Texto
Apresentação Radio TextoApresentação Radio Texto
Apresentação Radio Texto
 
Inscricoes 2 Ctv
Inscricoes 2 CtvInscricoes 2 Ctv
Inscricoes 2 Ctv
 
Apostila Rádio Nas Ondas do São Francisco
Apostila Rádio Nas Ondas do São FranciscoApostila Rádio Nas Ondas do São Francisco
Apostila Rádio Nas Ondas do São Francisco
 
Cadastro de participantes no 2 CTV
Cadastro de participantes no 2 CTVCadastro de participantes no 2 CTV
Cadastro de participantes no 2 CTV
 

Último

EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAMarcio Venturelli
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfInocencioHoracio3
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASMarcio Venturelli
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx2m Assessoria
 

Último (8)

EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 

Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco

  • 1. “O São Francisco corre nas minhas veias e deságua no meu coração.” José Theodomiro de Araújo, “O Velho do Rio”, 1937 - 2002 Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco
  • 2. Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do São Francisco • Foi criado em 2004 e inserido no PPA 2004-7; • Previsão de execução de 20 anos; • Coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente, em parceria com o Ministério da Integração Nacional e 15 outros ministérios, diversos órgãos federais, governos estaduais e colegiados participativos.
  • 3. Dados da bacia: - Abrange 7 unidades da federação: MG, BA, PE, AL, SE, GO e DF. - Extensão do rio : 2.863 km, com nascente no rio Samburá, em Medeiros, MG e foz no pontal do Peba, entre Alagoas e Sergipe. - Área da Bacia: 639.000 km2 (7,5 % do Brasil). - Compreende 504 municípios mais o DF, sendo 101 na calha do rio. - Abriga uma população de 14 milhões de habitantes (9% da população brasileira). - Contém 32 sub-bacias e 168 afluentes, e está subdividida em 4 regiões fisiográficas: Alto, Médio, Sub-médio e Baixo SF. - Gera 17% da energia elétrica do Brasil (10.356MW), em 20 usinas hidrelétricas.
  • 4. 10 principais problemas da Bacia: - Falta de articulação interinstitucional e intergovernamental das políticas públicas. - Conflitos pelo uso da água. - Poluição ambiental em suas mais variadas formas. - Desmatamento. - Uso e ocupação inadequada do solo. - Redução da biodiversidade. - Erosão e assoreamento. - Escassez da água. - Desigualdade e estagnação socioeconômica. - Ausência de gestão ambiental e planejamento estratégico.
  • 5. Objetivos do Programa de Revitalização: O Programa tem como objetivos recuperar, preservar e conservar a Bacia do São Francisco, por meio de ações integradas e permanentes, que promovam o uso sustentável dos recursos naturais, a melhoria das condições socioambientais, o aumento da quantidade e a melhoria da qualidade da água para usos múltiplos.
  • 6. Os princípios do Programa são: - Articulação intergovernamental - Integração interinstitucional - Participação e controle social Diretrizes: - Desenvolvimento Sustentável - Planejamento Estratégico Participativo - Gestão Ambiental Integrada - Transversalidade - Sustentabilidade Estratégias: - Governança Socioambiental - Projeção das Potencialidades - Promoção de Mecanismos Sustentáveis
  • 7. Linhas de Ação e Componentes do Programa de Revitalização 1.GESTÃO E MONITORAMENTO: I - Gestão da Informação; III - Gestão e Ordenamento Territorial; II - Monitoramento Ambiental; 2.FORTALECIMENTO INSTITUCIONAL E SOCIOAMBIENTAL: I - Agenda 21; III - Fortalecimento do SISNAMA; II - Educação Ambiental; IV - Cultura; 3.PROTEÇÃO E MANEJO DOS RECURSOS NATURAIS: I - Conservação do Solo; IV - Gestão Racional das Águas; II - Recuperação da Cobertura Vegetal V– Unidades de Conservação; III - Preservação da Biodiversidade; 4.QUALIDADE E SANEAMENTO AMBIENTAL: I -– Saneamento Básico; III - Convivência com o semi-árido; II -– Resíduos; 5.ECONOMIA SUSTENTÁVEl: I - Turismo Sustentável; III - Agricultura e Reforma Agrária Sustentável II - Gestão de Recursos Pesqueiros; Para atingir seus objetivos, o Programa de Revitalização do São Francisco está organizado em 5 Linhas de Ação e 18 Componentes, cuja fundamentação é a Gestão Ambiental Integrada. São elas:
  • 8. Estrutura do Programa de Revitalização O Programa de Revitalização tem como instâncias para a gestão ambiental integrada e participativa fóruns colegiados Federais, Estaduais e Regionais. São eles: •Federais: Comitê Gestor do Programa (CGP-SF) Grupo de Trabalho de Revitalização do São Francisco (GT-SF) •Estaduais: Núcleos de Articulação do Programa (NAP-SF) •Regionais Intermunicipais (Sub-bacias): Comissões Locais de Meio Ambiente e Ação Socioambiental (COLMEIAS).
  • 9. O que são as COLMEIAS do São Francisco? São Fóruns transversais e articuladores das ações regionais do Programa de Revitalização, ligados aos Núcleos de Articulação Estaduais e às Câmaras Consultivas Regionais do Comitê de Bacia.
  • 10. Quais são os objetivos das COLMEIAS do São Francisco? Integrar os diversos atores socioambientais da região, em prol da Revitalização da Bacia do São Francisco; Propor uma agenda local para o Programa; Monitorar as ações da Revitalização em escala regional, e propor prioridades dentre as linhas do Programa ; Implementar a sinergia entre seus integrantes, com a efetivação de pactos sociais e interinstitucionais para a Revitalização. Otimizar as ações da Revitalização, em parceria com os Comitês de Sub-bacias e Conselhos Municipais de Meio Ambiente.
  • 11. 3. Instituições de Ensino 2. Órgãos Públicos Locais: Estados/Municípios 4. Setor Produtivo Movimentos Sociais e ONGs 6. Fóruns, Comitês e Conselhos Locais COLMEIAS Comissões Locais de Meio Ambiente e Ação Socioambiental PÓLOS 1. Governo Federal - Coordenação do Programa São Francisco Como se organizam as COLMEIAS do São Francisco?
  • 12. Comitês Executivos das COLMEIAS Em cada COLMEIA será eleito um Comitê Executivo, com 12 integrantes (titular e suplente), representando os 6 setores da sociedade que compõem seu Fórum ampliado, de maneira equilibrada e igualitária: Governo Federal; Governos Estaduais e Municipais;  Instituições de Ensino;  Setor Produtivo;  Movimentos Sociais e ONGs;  Fóruns, Comitês e Conselhos Locais.
  • 13. Onde serão instaladas as COLMEIAS da Revitalização? Até o final de 2006 estão previstas 12 COLMEIAS, abrangendo cerca de 150 municípios, a serem instaladas em pólos prioritários para a Revitalização do São Francisco, ao longo de toda a bacia. Em Minas Gerais instaladas as COLMEIAS: Belo Horizonte Conselheiro Lafaiete Montes Claros Pirapora Três Marias
  • 14. Qual é a agenda da COLMEIA? Já estão programados 6 Momentos de articulação e mobilização dos fóruns das COLMEIAS: • Evento de instalação da COLMEIA (M1) • Oficina de início dos trabalhos de Coletivos Educadores (M2) • Oficina sobre construção da Agenda 21 (M3) • Oficina de capacitação de Gestores Municipais (M4) • Curso de Educação Ambiental no processo de Gestão Ambiental e Oficina para Elaboração de Projetos (M5) • Avaliação das atividades e apresentação do Projeto Político Pedagógico da COLMEIA (M6).
  • 15. “ O processo pelo qual você planeja é tão importante quanto o plano em si. Só existe eficácia na implementação dos planos quando há o comprometimento das pessoas.” Scott Sink