Ensaio modulo i

2.106 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.106
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
44
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ensaio modulo i

  1. 1. COMO ARTICULAR A FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA COM AS ESPECIFICIDADES E AS DEMANDAS DA COMUNIDADE? Maria Tolentino Rocha Brandão (mariatolentino15@gmail.com )RESUMO: Este ensaio tem por finalidade apresentar as reflexões de um estudo realizado sobre a função socialda escola e suas formas de articulação com as especificidades e demandas da sociedade atual. Para tanto destacaa importância de se conhecer o papel da escola no mundo contemporâneo, a relação da escola com a sociedadedo conhecimento, com a democracia e com a cultura. E na conclusão destaca a importância destas reflexões parao exercício da função de Técnica de Avaliação.Palavras-chave: papel da escola, sociedade do conhecimento, democracia, articulação. A função social da escola é um tema discutido por vários autores da educação, todosconcordam que sua função não é estática, pelo contrário, acompanha as transformações dasociedade ao longo da história, neste ensaio será apresentado os resultados do estudorealizado sobre o Módulo I do Progestão. Para tal estudo foi utilizado a seguinte metodologia,no primeiro momento foi realizada uma leitura de todo o módulo, no segundo uma leiturareflexiva de cada unidade acompanhada da leitura de textos e livros complementares, como aConstituição Federal, a LDB e textos de José Carlos Libâneo, Otaíza Romanelli dentre outros,no terceiro o registro dos pontos principais de cada unidade, e por último a produção desteensaio. O estudando da primeira unidade propiciou uma reflexão sobre a importância de seconhecer o papel da escola no mundo contemporâneo. Percebeu-se que mesmo quando aescola cumpre a sua tarefa básica de possibilitar o acesso ao saber, sua função social dependedo contexto histórico-social, econômico e cultural que está inserida. A escola do passado tinhaa tarefa de transmitir às novas gerações o conhecimento sistematizado e as normas deconvivência, era uma escola excludente, onde poucos tinham acesso. Na história da educaçãobrasileira, vê-se que somente a partir das décadas de 20 e 30 é que as coisas começam amudar, quando o acesso à escola ampliou-se, atingindo os diferentes segmentos da população.Outro aspecto abordado nesta unidade é a evolução histórica e social da legislação do ensino,defendido pela a atual Constituição Federal e LDB, que apresentam como função social daescola o “pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania esua qualificação para o trabalho” (Lei nº 9394/96). Pode-se notar que as consequências foramque a garantia de acesso nem sempre era garantia de permanência e sucesso escolar, poisproblemas com a qualidade do ensino surgiram e continuam a existir, representando umdesafio aos educadores atuais.
  2. 2. A segunda unidade destaca as principais características da escola na sociedade doconhecimento. Aponta que função da escola básica de transmitir o saber sistematizado não éum fim em si mesmo, mas o meio para o desenvolvimento pleno do educando. As mudançasno atual contexto histórico seguem um ritmo frenético, nunca a criação de novosconhecimentos foi tão acelerada como hoje, provocando a necessidade de revercontinuamente o que foi aprendido, reorganizando novas bases do saber acumulado, exigindocontínua formação e um novo jeito de ensinar, por isso a escola deve repensar seu jeito defazer escola, valorizando a aprendizagem significativa, possibilitando ao educando aprender aconhecer, a fazer, a conviver e a ser, enfim propiciando o seu pleno desenvolvimento. A terceira unidade apresenta a diferença entre democracia como valor e comoprocesso. A democracia enquanto valor diz respeito àquilo que tem importância para aspessoas, para as formas de organização da vida coletiva, está expressa nas leis. A democraciaenquanto processo é construída no cotidiano das relações sociais, sendo fruto de um trabalhocoletivo, e está em permanente construção. Destaca que, na relação escola e democracia e,quanto à noção de democracia como processo no cotidiano da gestão escolar, a escola é umlugar privilegiado de exercício deste como valor e processo, pois pelo convívio todosaprendem limites que permitem situar o seu direito individual em relação ao dos outros, é oprincípio básico da convivência democrática, mais importante do que falar é vivê-la. A quarta unidade, apresenta uma reflexão sobre a importância da articulação entreescola e comunidade, pois a escola é um espaço de convivência social, por tanto para cumprirsua função social deve estabelecer uma estreita relação com a comunidade em que estáinserida. Existem alguns problemas que dificultam esta relação, como o distanciamento entrea escola e os pais, mas a escola deve conhecer bem o contexto a que pertence para buscaralternativas de superação dos problemas e construir uma relação positiva com a comunidadepara promover uma educação de qualidade. A quinta e última unidade destaca os desafios da relação escola e cultura, aimportância da escola enquanto pólo cultural e de desenvolvimento da comunidade. A escolatem grande influência na comunidade quando constrói uma identidade diferenciada, quandotoda equipe da escola compreende que só com a partilha se cria uma cultura positiva para si epara toda a comunidade. O estudo deste módulo propiciou uma grande reflexão sobre a articulação da funçãosocial da escola com as necessidades da sociedade atual, “a do conhecimento”, uma vez que aescola está ainda desenvolvendo sua prática voltada para a sociedade da informação, por issoé necessário que nós, trabalhadores da educação, repensarmos nossa prática educativa e 2
  3. 3. buscar a superação de nossas atuais limitações para proporcionarmos uma educação dequalidade que propicie o pleno desenvolvimento da pessoa para o exercício da cidadania e suaqualificação para o trabalho na sociedade do conhecimento.Referências:LIBÂNEO, José Carlos. Organização e gestão da escola: teoria e prática. 5 ed. revista e ampliada.Goiânia: Editora Alternativa, 2004.MACHADO, Maria Ângela (coord.), PENIN, Sonia Teresinha de Sousa, VIEIRA, Sofia Lerche.Progestão: como articular a função social da escola com as especificidades e as e as demandas dacomunidade?, módulo I. Brasília: CONSED, 2001.ROMANELLI, Otaíza. História da Educação (1930-1973). Petrópolis: Vozes, 1995.SEVERINO. Antônio Joaquim. Filosofia da educação: construindo a cidadania. São Paulo: FTD,2001. 3

×