SlideShare uma empresa Scribd logo

Ensaio modulo ii.

1 de 3
Baixar para ler offline
COMO PROMOVER, ARTICULAR E ENVOLVER A AÇÃO DAS PESSOAS NO
                 PROCESSO DE GESTÃO ESCOLAR?

                                        Maria Tolentino Rocha Brandão
                                        ( mariatolentino15@gmail.com )


RESUMO: Promover, articular e envolver a participação das pessoas no processo de gestão democrática é um dos
desafios da educação pública nos dias atuais. Este artigo apresenta uma breve reflexão sobre a importância de se
efetivar uma gestão democrática nas escolas públicas, de se criar espaços de participação de pessoas e setores da
comunidade nas escolas, como construir a autonomia na escola e porque é importante estimular ações inovadoras
capazes de modificar o ambiente de formação e trabalho nas escolas. A conclusão destaca a relação entre uma
gestão democrática e o trabalho de Técnica de Avaliação.

Palavras-chave: gestão democrática, participação e autonomia.


          A gestão democrática do ensino público constitui um tipo de gestão político-pedagógica e
administrativa orientada por processos de participação das comunidades escolar e local. Busca,
pelo diálogo e pela mobilização dos sujeitos, a criação de um projeto pedagógico com bases em
forma colegiada e princípios de convivência democrática. A Constituição Federal, no seu Artigo
206, e a LDB estabelecem a gestão democrática como um dos princípios do modo de gerir as
escolas públicas e os sistemas de ensino articulado com os princípios de igualdade, liberdade,
pluralismo de concepções e idéias, gratuidade, valorização dos profissionais de ensino e garantia
do padrão de qualidade.
          Os Artigos 14 e 15 da LDB asseguram que cada sistema de ensino tem autonomia para
elaboração de normas próprias de gestão democrática, de acordo com suas peculiaridades e
conforme os princípios de participação dos profissionais da educação na elaboração do projeto
pedagógico da escola e participação das comunidades escolar e local em órgãos de decisão
colegiada. Às escolas que integram os sistemas de ensino público, será assegurada autonomia
pedagógica, administrativa e financeira, observadas as normas gerais de Direito Financeiro
Público.
          Ao avaliar a importância da gestão democrática na escola percebe-se o quanto ela
contribui para que cada escola e seus sujeitos aprendam a maneira de atuar coletivamente,
oferecendo aos membros das comunidades escolar e local oportunidades para aprender o respeito
às diferenças e saber lhe dar com aos conflitos sociais, observância às diretrizes legais e à ética
social.
          A gestão democrática nas escolas públicas é efetivada pela participação de pessoas e
setores da comunidade nas escolas. Por isso, é importante que o gestor saiba identificar espaços e
estratégias de mobilização entre a escola e a comunidade local, com a finalidade de descobrir
algumas formas e situações facilitadoras de participação das pessoas na vida da escola como a
existência de um conselho ou órgão colegiado; professores, alunos e funcionários escreverem
para jornais do bairro; realizar levantamento da situação socioeconômica e cultural dos alunos e
suas famílias e outras.
                          “Para funcionar em uma perspectiva democrática, os Conselhos devem respaldar-se
                          em uma prática participativa de todos os segmentos escolares (pais, professores,
                          alunos, funcionários)”. Para tal, é importante que todos tenham acesso às
                          informações relevantes para a tomada de decisões e que haja transparência nas
                          negociações entre os representantes dos interesses, muitas vezes legitimamente
                          conflitantes, dos diferentes segmentos da comunidade escolar. Os conselhos e
                          assembléias escolares devem ter funções deliberativas, consultivas e fiscalizadoras,
                          de modo que possam dirigir e avaliar todo o processo de gestão escolar, e não apenas
                          funcionar como instância de consulta.” FERREIRA (2000)

       A escola deve estar atenta às transformações que acontecem na cidade e nas comunidades
escolar e local. É preciso que o gestor seja capaz de reconhecer o que se passa no interior da
escola, com seus problemas e suas dificuldades, e ao mesmo tempo, acompanhar as mudanças
em curso na sociedade, pois a escola reproduz a ordem social e cultural existente, mas também é
um dos fatores de mudança dessa mesma ordem. Uma das responsabilidades da equipe gestora é
saber promover ações em mão dupla: da escola para a comunidade e desta para a escola. A
equipe gestora deve ainda, assegurar a autonomia da escola diante de novos parceiros, buscar
novas oportunidades e articulá-las com os objetivos e as atividades do projeto pedagógico.
       A autonomia pedagógica, administrativa e de gestão financeira é um processo de
construção coletiva cotidiana do projeto da escola e acordo com as diretrizes estabelecidas pelos
sistemas de ensino e as condições para viabilizá-las na forma da lei. A participação de novos
sujeitos, a descentralização do poder e a delegação de responsabilidades devem estar em
consonância com a organização e o fortalecimento dos órgãos colegiados de gestão. A
organização de instâncias de participação dos sujeitos na escola é de competência do gestor e da
equipe gestora, que devem incentivar ações baseadas no respeito ao outro e no reconhecimento
dos direitos e deveres de cada um. Para incentivar a participação das comunidades local e
escolar na escola existem vários espaços e mecanismos como os processos de escolha dos
dirigentes escolares, participação em reuniões e na assembléia geral, colegiado ou conselho
escolar, grêmio estudante, associação de pais e mestre, caixa escolar, clube de mães e outros.
       A forma como o gestor desenvolve sua liderança é fundamental para a implantação de
ações participativas e compartilhadas na construção da autonomia da escola. Uma gestão
democrática deve buscar promover ações, atitudes e procedimentos que priorizem a superação de
obstáculos, o desenvolvimento da organização escolar e estimule a formação da liderança. Uma
das formas para o sucesso da escola é uma boa organização dos tempos e dos trabalhos escolares.
Estes devem estar organizados de tal forma que favoreçam as relações sociais presentes no
cotidiano da escola; expressem valores e idéias positivas que a comunidade local acredita e

                                                                                                            2
valoriza; e ações inovadoras que desenvolvam lideranças democráticas capazes de incentivar
maior participação dos sujeitos da comunidade local e escolar; capazes ainda de promover
intervenções coletivas sobre a organização atual, modificando alguns dos seus aspectos e
preservando os positivos.
       No exercício da função de educador é importante saber abordar os obstáculos e
dificuldades na construção de um trabalho coletivo. A liderança democrática enfrenta situações
em que não existem respostas prontas em saídas consensuais, saber enfrentar saber enfrentar as
dificuldades e as adversidades é uma das competências da gestão democrática, e uma das formas
é buscar a superação através do trabalho coletivo.

Referências:

DOURADO, Luiz Fernandes; DUARTE, Marisa Ribeiro Teixeira. Como promover, articular e
envolver a ação das pessoas no processo de gestão escolar? – Progestão – Módulo II. Brasília:
CONSED, 2001.

FERREIRA, N. S. C. (org.). Gestão Democrática da Educação: atuais tendências, novos desafios. 2
ed. São Paulo: Cortez, 2009.

LIBÂNEO, José Carlos. Organização e gestão da escola: teoria e prática. 5 ed. revista e ampliada.
Goiânia: Editora Alternativa, 2004.




                                                                                               3

Recomendados

SEMINARIO 2 - A EVOLUÇÃO NOS PROCESSOS EDUCACIONAIS PARA O DIRETOR GESTOR, NA...
SEMINARIO 2 - A EVOLUÇÃO NOS PROCESSOS EDUCACIONAIS PARA O DIRETOR GESTOR, NA...SEMINARIO 2 - A EVOLUÇÃO NOS PROCESSOS EDUCACIONAIS PARA O DIRETOR GESTOR, NA...
SEMINARIO 2 - A EVOLUÇÃO NOS PROCESSOS EDUCACIONAIS PARA O DIRETOR GESTOR, NA...unieubra
 
A importancia da gestão democratica
A importancia da gestão democraticaA importancia da gestão democratica
A importancia da gestão democraticaJose Gomes DE Abreu
 
ApresentaçãO Tcc Jussara
ApresentaçãO Tcc JussaraApresentaçãO Tcc Jussara
ApresentaçãO Tcc Jussaraadrianacarrazoni
 
GestãO DemocráTica
GestãO DemocráTicaGestãO DemocráTica
GestãO DemocráTicaguest0c0b6b
 
Gestão democrática participativa
Gestão democrática participativaGestão democrática participativa
Gestão democrática participativaUERN
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O GESTOR ESCOLAR E SUAS COMPETÊNCIAS NA SOCIEDADE ATUAL
O GESTOR ESCOLAR E SUAS COMPETÊNCIAS NA SOCIEDADE ATUALO GESTOR ESCOLAR E SUAS COMPETÊNCIAS NA SOCIEDADE ATUAL
O GESTOR ESCOLAR E SUAS COMPETÊNCIAS NA SOCIEDADE ATUALchristianceapcursos
 
Gestão democrática
Gestão democráticaGestão democrática
Gestão democráticaeliasdemoch
 
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola cade...
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola  cade...Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola  cade...
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola cade...KATIA CAVALCANTI
 
SEMINÁRIO DA DISCIPLINA DE ESTUDOS EM GESTÃO EDUCACIONAL
SEMINÁRIO DA DISCIPLINA DE ESTUDOS EM GESTÃO EDUCACIONALSEMINÁRIO DA DISCIPLINA DE ESTUDOS EM GESTÃO EDUCACIONAL
SEMINÁRIO DA DISCIPLINA DE ESTUDOS EM GESTÃO EDUCACIONAL Maria Isabel Soares Feitosa
 
A história e os caminhos da gestão escolar
A história e os caminhos da gestão escolarA história e os caminhos da gestão escolar
A história e os caminhos da gestão escolarmarliceci
 
Gestão democrática na escola: princípios norteadores da educação.
Gestão democrática na escola: princípios norteadores da educação.  Gestão democrática na escola: princípios norteadores da educação.
Gestão democrática na escola: princípios norteadores da educação. SEDUC/RO
 
Políticas Públicas de Educação
Políticas Públicas de EducaçãoPolíticas Públicas de Educação
Políticas Públicas de EducaçãoPetianos
 
GESTÃO DEMOCRÁTICA: UMA VISÃO DESCENTRALIZADA DA ESCOLA
GESTÃO DEMOCRÁTICA: UMA VISÃO DESCENTRALIZADA DA ESCOLAGESTÃO DEMOCRÁTICA: UMA VISÃO DESCENTRALIZADA DA ESCOLA
GESTÃO DEMOCRÁTICA: UMA VISÃO DESCENTRALIZADA DA ESCOLAFlavia Carvalho
 
Artigo gestao escolar
Artigo gestao escolarArtigo gestao escolar
Artigo gestao escolarKelly Farias
 
Gestão democrática da escola pública município
Gestão democrática da escola pública municípioGestão democrática da escola pública município
Gestão democrática da escola pública municípionilvacirilo
 
Gestão democrática
Gestão democráticaGestão democrática
Gestão democráticaguestba32bfa
 
Pacto EM - Gestão
Pacto EM - GestãoPacto EM - Gestão
Pacto EM - GestãoAdri Ruas
 
Projeto poltico pedaggico
Projeto poltico pedaggicoProjeto poltico pedaggico
Projeto poltico pedaggicoAdri Ruas
 

Mais procurados (20)

Gestão Democrática "Novo Paradigma para Responder os Desafios da Escola Atual"
Gestão Democrática "Novo Paradigma para Responder os Desafios da Escola Atual" Gestão Democrática "Novo Paradigma para Responder os Desafios da Escola Atual"
Gestão Democrática "Novo Paradigma para Responder os Desafios da Escola Atual"
 
O GESTOR ESCOLAR E SUAS COMPETÊNCIAS NA SOCIEDADE ATUAL
O GESTOR ESCOLAR E SUAS COMPETÊNCIAS NA SOCIEDADE ATUALO GESTOR ESCOLAR E SUAS COMPETÊNCIAS NA SOCIEDADE ATUAL
O GESTOR ESCOLAR E SUAS COMPETÊNCIAS NA SOCIEDADE ATUAL
 
Gestão democrática
Gestão democráticaGestão democrática
Gestão democrática
 
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola cade...
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola  cade...Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola  cade...
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola cade...
 
Cap 3 gestao_democratica
Cap 3 gestao_democraticaCap 3 gestao_democratica
Cap 3 gestao_democratica
 
SEMINÁRIO DA DISCIPLINA DE ESTUDOS EM GESTÃO EDUCACIONAL
SEMINÁRIO DA DISCIPLINA DE ESTUDOS EM GESTÃO EDUCACIONALSEMINÁRIO DA DISCIPLINA DE ESTUDOS EM GESTÃO EDUCACIONAL
SEMINÁRIO DA DISCIPLINA DE ESTUDOS EM GESTÃO EDUCACIONAL
 
A história e os caminhos da gestão escolar
A história e os caminhos da gestão escolarA história e os caminhos da gestão escolar
A história e os caminhos da gestão escolar
 
Gestão Democrática Sônia_02
Gestão Democrática Sônia_02Gestão Democrática Sônia_02
Gestão Democrática Sônia_02
 
Gestão democrática na escola: princípios norteadores da educação.
Gestão democrática na escola: princípios norteadores da educação.  Gestão democrática na escola: princípios norteadores da educação.
Gestão democrática na escola: princípios norteadores da educação.
 
Políticas Públicas de Educação
Políticas Públicas de EducaçãoPolíticas Públicas de Educação
Políticas Públicas de Educação
 
Desafios da gestão democrática na escola pública: Emergência de um novo parad...
Desafios da gestão democrática na escola pública: Emergência de um novo parad...Desafios da gestão democrática na escola pública: Emergência de um novo parad...
Desafios da gestão democrática na escola pública: Emergência de um novo parad...
 
GESTÃO DEMOCRÁTICA: UMA VISÃO DESCENTRALIZADA DA ESCOLA
GESTÃO DEMOCRÁTICA: UMA VISÃO DESCENTRALIZADA DA ESCOLAGESTÃO DEMOCRÁTICA: UMA VISÃO DESCENTRALIZADA DA ESCOLA
GESTÃO DEMOCRÁTICA: UMA VISÃO DESCENTRALIZADA DA ESCOLA
 
Artigo gestao escolar
Artigo gestao escolarArtigo gestao escolar
Artigo gestao escolar
 
Gestão democrática da escola pública município
Gestão democrática da escola pública municípioGestão democrática da escola pública município
Gestão democrática da escola pública município
 
Slide disciplina gestao (4)
Slide disciplina gestao (4)Slide disciplina gestao (4)
Slide disciplina gestao (4)
 
Gestão democrática
Gestão democráticaGestão democrática
Gestão democrática
 
Caderno5
Caderno5Caderno5
Caderno5
 
Pacto EM - Gestão
Pacto EM - GestãoPacto EM - Gestão
Pacto EM - Gestão
 
Gestão Democrática
Gestão DemocráticaGestão Democrática
Gestão Democrática
 
Projeto poltico pedaggico
Projeto poltico pedaggicoProjeto poltico pedaggico
Projeto poltico pedaggico
 

Destaque

Pastas Diversas de Efeitos e Complementos
Pastas Diversas de Efeitos e ComplementosPastas Diversas de Efeitos e Complementos
Pastas Diversas de Efeitos e Complementoscsrsoundeffects
 
Ana paula e lucas yuri a.b-tadeu
Ana paula e lucas yuri a.b-tadeuAna paula e lucas yuri a.b-tadeu
Ana paula e lucas yuri a.b-tadeusorayaday
 
ENEM OTO Simulado de ciências humanas
ENEM OTO Simulado de ciências humanasENEM OTO Simulado de ciências humanas
ENEM OTO Simulado de ciências humanaswagnervaneli
 
Gestão do Público Interno: A Geração Y Atuando nas Organizações
Gestão do Público Interno: A Geração Y Atuando nas OrganizaçõesGestão do Público Interno: A Geração Y Atuando nas Organizações
Gestão do Público Interno: A Geração Y Atuando nas OrganizaçõesSamantha Machado
 
Apresentacao Doutoramento (PhD Thesis) António Baptista (AJ Baptista) Jan 2007
Apresentacao Doutoramento (PhD Thesis) António Baptista (AJ Baptista) Jan 2007Apresentacao Doutoramento (PhD Thesis) António Baptista (AJ Baptista) Jan 2007
Apresentacao Doutoramento (PhD Thesis) António Baptista (AJ Baptista) Jan 2007António J. Baptista
 
4. enfque de la intervención
4. enfque de la intervención4. enfque de la intervención
4. enfque de la intervenciónWalter Melgar Paz
 
Aguarde, carregando Balaio Cultural
Aguarde, carregando Balaio CulturalAguarde, carregando Balaio Cultural
Aguarde, carregando Balaio Culturalculturaourinhos
 
Design de Interfaces para Dispositivos Móveis
Design de Interfaces para Dispositivos MóveisDesign de Interfaces para Dispositivos Móveis
Design de Interfaces para Dispositivos MóveisInstituto Faber-Ludens
 
Presentación1
Presentación1Presentación1
Presentación1Jilson Prz
 
O que aprendi hoje...
O que aprendi hoje...O que aprendi hoje...
O que aprendi hoje...letlua22
 
Jornal Terra&Campo rumo aos 10 anos
Jornal Terra&Campo rumo aos 10 anosJornal Terra&Campo rumo aos 10 anos
Jornal Terra&Campo rumo aos 10 anosLuiz Antonio Junior
 

Destaque (20)

Scrum em imagens
Scrum em imagensScrum em imagens
Scrum em imagens
 
Pastas Diversas de Efeitos e Complementos
Pastas Diversas de Efeitos e ComplementosPastas Diversas de Efeitos e Complementos
Pastas Diversas de Efeitos e Complementos
 
Boletim Especial Loty e região
Boletim Especial Loty e regiãoBoletim Especial Loty e região
Boletim Especial Loty e região
 
Poluiçao
PoluiçaoPoluiçao
Poluiçao
 
Ana paula e lucas yuri a.b-tadeu
Ana paula e lucas yuri a.b-tadeuAna paula e lucas yuri a.b-tadeu
Ana paula e lucas yuri a.b-tadeu
 
ENEM OTO Simulado de ciências humanas
ENEM OTO Simulado de ciências humanasENEM OTO Simulado de ciências humanas
ENEM OTO Simulado de ciências humanas
 
Gestão do Público Interno: A Geração Y Atuando nas Organizações
Gestão do Público Interno: A Geração Y Atuando nas OrganizaçõesGestão do Público Interno: A Geração Y Atuando nas Organizações
Gestão do Público Interno: A Geração Y Atuando nas Organizações
 
O que e_a_web_2_0_
O que e_a_web_2_0_O que e_a_web_2_0_
O que e_a_web_2_0_
 
Apresentacao Doutoramento (PhD Thesis) António Baptista (AJ Baptista) Jan 2007
Apresentacao Doutoramento (PhD Thesis) António Baptista (AJ Baptista) Jan 2007Apresentacao Doutoramento (PhD Thesis) António Baptista (AJ Baptista) Jan 2007
Apresentacao Doutoramento (PhD Thesis) António Baptista (AJ Baptista) Jan 2007
 
Periodo del arte gotico
Periodo del arte goticoPeriodo del arte gotico
Periodo del arte gotico
 
Vírus informático
Vírus informáticoVírus informático
Vírus informático
 
4. enfque de la intervención
4. enfque de la intervención4. enfque de la intervención
4. enfque de la intervención
 
Aguarde, carregando Balaio Cultural
Aguarde, carregando Balaio CulturalAguarde, carregando Balaio Cultural
Aguarde, carregando Balaio Cultural
 
Deus
DeusDeus
Deus
 
Design de Interfaces para Dispositivos Móveis
Design de Interfaces para Dispositivos MóveisDesign de Interfaces para Dispositivos Móveis
Design de Interfaces para Dispositivos Móveis
 
Vereador visita eco park
Vereador visita eco parkVereador visita eco park
Vereador visita eco park
 
Presentación1
Presentación1Presentación1
Presentación1
 
O que aprendi hoje...
O que aprendi hoje...O que aprendi hoje...
O que aprendi hoje...
 
Divulgação de resultados 4T11
Divulgação de resultados 4T11Divulgação de resultados 4T11
Divulgação de resultados 4T11
 
Jornal Terra&Campo rumo aos 10 anos
Jornal Terra&Campo rumo aos 10 anosJornal Terra&Campo rumo aos 10 anos
Jornal Terra&Campo rumo aos 10 anos
 

Semelhante a Ensaio modulo ii.

GESTÃO ESCOLAR DEMOCRÁTICA, UM COMPROMISSO COM A ESCOLA PÚBLICA
GESTÃO ESCOLAR DEMOCRÁTICA, UM COMPROMISSO COM A ESCOLA PÚBLICAGESTÃO ESCOLAR DEMOCRÁTICA, UM COMPROMISSO COM A ESCOLA PÚBLICA
GESTÃO ESCOLAR DEMOCRÁTICA, UM COMPROMISSO COM A ESCOLA PÚBLICAlissandra pereira
 
Projeto politico pedagógico
Projeto politico pedagógicoProjeto politico pedagógico
Projeto politico pedagógicoHeles Souza
 
Conselhos+Escolares+ +Sapucaia[1]
Conselhos+Escolares+ +Sapucaia[1]Conselhos+Escolares+ +Sapucaia[1]
Conselhos+Escolares+ +Sapucaia[1]guest3da0fb
 
Apresentacao grupo uma abordagem participativa para a gestão escolar
Apresentacao grupo uma abordagem participativa para a gestão escolarApresentacao grupo uma abordagem participativa para a gestão escolar
Apresentacao grupo uma abordagem participativa para a gestão escolarbetejorgino
 
Uma abordagem participativa para a gestão escolar
Uma abordagem participativa para a gestão escolarUma abordagem participativa para a gestão escolar
Uma abordagem participativa para a gestão escolarprofarosangela
 
1143 texto do artigo-2393-1-10-20191105
1143 texto do artigo-2393-1-10-201911051143 texto do artigo-2393-1-10-20191105
1143 texto do artigo-2393-1-10-20191105AlanWillianLeonioSil
 
Atividade modulo ii respostas
Atividade modulo ii   respostasAtividade modulo ii   respostas
Atividade modulo ii respostasAndré Alencar
 
Atividade modulo ii respostas
Atividade modulo ii   respostasAtividade modulo ii   respostas
Atividade modulo ii respostasAndré Alencar
 
Artigo - Gestão do trabalho coletivo
Artigo - Gestão do trabalho coletivoArtigo - Gestão do trabalho coletivo
Artigo - Gestão do trabalho coletivoJose Arnaldo Silva
 
Ensaio aline modulo v
Ensaio aline modulo vEnsaio aline modulo v
Ensaio aline modulo vVania Mendes
 
Gestao da educação escolar
Gestao da educação escolarGestao da educação escolar
Gestao da educação escolareliasdemoch
 
Gestão da educação escolar unieubra
Gestão da educação escolar   unieubraGestão da educação escolar   unieubra
Gestão da educação escolar unieubraunieubra
 
06 gest edu_esc
06 gest edu_esc06 gest edu_esc
06 gest edu_escBricio29
 
Integração caderno 5 pacto e o rem
Integração caderno 5 pacto e o remIntegração caderno 5 pacto e o rem
Integração caderno 5 pacto e o rempactoensinomedioufu
 
ApresentaçãO Tcc Jussara
ApresentaçãO Tcc JussaraApresentaçãO Tcc Jussara
ApresentaçãO Tcc Jussaraadrianacarrazoni
 

Semelhante a Ensaio modulo ii. (20)

GESTÃO ESCOLAR DEMOCRÁTICA, UM COMPROMISSO COM A ESCOLA PÚBLICA
GESTÃO ESCOLAR DEMOCRÁTICA, UM COMPROMISSO COM A ESCOLA PÚBLICAGESTÃO ESCOLAR DEMOCRÁTICA, UM COMPROMISSO COM A ESCOLA PÚBLICA
GESTÃO ESCOLAR DEMOCRÁTICA, UM COMPROMISSO COM A ESCOLA PÚBLICA
 
Aula 2 gestão educacional
Aula 2 gestão educacionalAula 2 gestão educacional
Aula 2 gestão educacional
 
328 174
328 174328 174
328 174
 
328 174
328 174328 174
328 174
 
Projeto politico pedagógico
Projeto politico pedagógicoProjeto politico pedagógico
Projeto politico pedagógico
 
Conselhos+Escolares+ +Sapucaia[1]
Conselhos+Escolares+ +Sapucaia[1]Conselhos+Escolares+ +Sapucaia[1]
Conselhos+Escolares+ +Sapucaia[1]
 
Apresentacao grupo uma abordagem participativa para a gestão escolar
Apresentacao grupo uma abordagem participativa para a gestão escolarApresentacao grupo uma abordagem participativa para a gestão escolar
Apresentacao grupo uma abordagem participativa para a gestão escolar
 
Uma abordagem participativa para a gestão escolar
Uma abordagem participativa para a gestão escolarUma abordagem participativa para a gestão escolar
Uma abordagem participativa para a gestão escolar
 
Pacto EM
Pacto EMPacto EM
Pacto EM
 
1143 texto do artigo-2393-1-10-20191105
1143 texto do artigo-2393-1-10-201911051143 texto do artigo-2393-1-10-20191105
1143 texto do artigo-2393-1-10-20191105
 
Atividade modulo ii respostas
Atividade modulo ii   respostasAtividade modulo ii   respostas
Atividade modulo ii respostas
 
Atividade modulo ii respostas
Atividade modulo ii   respostasAtividade modulo ii   respostas
Atividade modulo ii respostas
 
Artigo - Gestão do trabalho coletivo
Artigo - Gestão do trabalho coletivoArtigo - Gestão do trabalho coletivo
Artigo - Gestão do trabalho coletivo
 
Ensaio aline modulo v
Ensaio aline modulo vEnsaio aline modulo v
Ensaio aline modulo v
 
Gestao da educação escolar
Gestao da educação escolarGestao da educação escolar
Gestao da educação escolar
 
Gestão da educação escolar unieubra
Gestão da educação escolar   unieubraGestão da educação escolar   unieubra
Gestão da educação escolar unieubra
 
06 gest edu_esc
06 gest edu_esc06 gest edu_esc
06 gest edu_esc
 
Integração caderno 5 pacto e o rem
Integração caderno 5 pacto e o remIntegração caderno 5 pacto e o rem
Integração caderno 5 pacto e o rem
 
Ensaio modulo 3
Ensaio modulo 3Ensaio modulo 3
Ensaio modulo 3
 
ApresentaçãO Tcc Jussara
ApresentaçãO Tcc JussaraApresentaçãO Tcc Jussara
ApresentaçãO Tcc Jussara
 

Mais de mtolentino1507

Apresentação boas praticas pba paraiso
Apresentação boas praticas pba paraisoApresentação boas praticas pba paraiso
Apresentação boas praticas pba paraisomtolentino1507
 
Filosofia 2º bimestre - 3ª série - tecnologia e sociedade
Filosofia   2º bimestre - 3ª série - tecnologia e sociedadeFilosofia   2º bimestre - 3ª série - tecnologia e sociedade
Filosofia 2º bimestre - 3ª série - tecnologia e sociedademtolentino1507
 
Filosofia 2º bimestre -1ª série - o conhecimento
Filosofia   2º bimestre -1ª série - o conhecimentoFilosofia   2º bimestre -1ª série - o conhecimento
Filosofia 2º bimestre -1ª série - o conhecimentomtolentino1507
 
Planos e conteúdos 2º bimestre
Planos e conteúdos 2º bimestrePlanos e conteúdos 2º bimestre
Planos e conteúdos 2º bimestremtolentino1507
 
Grandes momentos do ppp
Grandes momentos do pppGrandes momentos do ppp
Grandes momentos do pppmtolentino1507
 
Dimensões e princípios do ppp
Dimensões e princípios do pppDimensões e princípios do ppp
Dimensões e princípios do pppmtolentino1507
 
Função social da escola
Função social da escolaFunção social da escola
Função social da escolamtolentino1507
 
Gestão de sala de aula
Gestão de sala de aula Gestão de sala de aula
Gestão de sala de aula mtolentino1507
 

Mais de mtolentino1507 (12)

Apresentação boas praticas pba paraiso
Apresentação boas praticas pba paraisoApresentação boas praticas pba paraiso
Apresentação boas praticas pba paraiso
 
Progestão modulo 4
Progestão modulo 4Progestão modulo 4
Progestão modulo 4
 
Filosofia 2º bimestre - 3ª série - tecnologia e sociedade
Filosofia   2º bimestre - 3ª série - tecnologia e sociedadeFilosofia   2º bimestre - 3ª série - tecnologia e sociedade
Filosofia 2º bimestre - 3ª série - tecnologia e sociedade
 
Filosofia 2º bimestre -1ª série - o conhecimento
Filosofia   2º bimestre -1ª série - o conhecimentoFilosofia   2º bimestre -1ª série - o conhecimento
Filosofia 2º bimestre -1ª série - o conhecimento
 
Planos e conteúdos 2º bimestre
Planos e conteúdos 2º bimestrePlanos e conteúdos 2º bimestre
Planos e conteúdos 2º bimestre
 
O sentido dos gansos
O sentido dos gansosO sentido dos gansos
O sentido dos gansos
 
Quem é quem
Quem é quemQuem é quem
Quem é quem
 
Grandes momentos do ppp
Grandes momentos do pppGrandes momentos do ppp
Grandes momentos do ppp
 
Dimensões e princípios do ppp
Dimensões e princípios do pppDimensões e princípios do ppp
Dimensões e princípios do ppp
 
Ensaio modulo i
Ensaio modulo iEnsaio modulo i
Ensaio modulo i
 
Função social da escola
Função social da escolaFunção social da escola
Função social da escola
 
Gestão de sala de aula
Gestão de sala de aula Gestão de sala de aula
Gestão de sala de aula
 

Último

Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...Prime Assessoria
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...excellenceeducaciona
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...azulassessoriaacadem3
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdfCludiaFrancklim
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptxAndreia Silva
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMHisrelBlog
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...azulassessoriaacadem3
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da MulherMary Alvarenga
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...Prime Assessoria
 
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioElementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioProfessor Belinaso
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...apoioacademicoead
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...excellenceeducaciona
 

Último (20)

Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
 
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
 
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioElementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 

Ensaio modulo ii.

  • 1. COMO PROMOVER, ARTICULAR E ENVOLVER A AÇÃO DAS PESSOAS NO PROCESSO DE GESTÃO ESCOLAR? Maria Tolentino Rocha Brandão ( mariatolentino15@gmail.com ) RESUMO: Promover, articular e envolver a participação das pessoas no processo de gestão democrática é um dos desafios da educação pública nos dias atuais. Este artigo apresenta uma breve reflexão sobre a importância de se efetivar uma gestão democrática nas escolas públicas, de se criar espaços de participação de pessoas e setores da comunidade nas escolas, como construir a autonomia na escola e porque é importante estimular ações inovadoras capazes de modificar o ambiente de formação e trabalho nas escolas. A conclusão destaca a relação entre uma gestão democrática e o trabalho de Técnica de Avaliação. Palavras-chave: gestão democrática, participação e autonomia. A gestão democrática do ensino público constitui um tipo de gestão político-pedagógica e administrativa orientada por processos de participação das comunidades escolar e local. Busca, pelo diálogo e pela mobilização dos sujeitos, a criação de um projeto pedagógico com bases em forma colegiada e princípios de convivência democrática. A Constituição Federal, no seu Artigo 206, e a LDB estabelecem a gestão democrática como um dos princípios do modo de gerir as escolas públicas e os sistemas de ensino articulado com os princípios de igualdade, liberdade, pluralismo de concepções e idéias, gratuidade, valorização dos profissionais de ensino e garantia do padrão de qualidade. Os Artigos 14 e 15 da LDB asseguram que cada sistema de ensino tem autonomia para elaboração de normas próprias de gestão democrática, de acordo com suas peculiaridades e conforme os princípios de participação dos profissionais da educação na elaboração do projeto pedagógico da escola e participação das comunidades escolar e local em órgãos de decisão colegiada. Às escolas que integram os sistemas de ensino público, será assegurada autonomia pedagógica, administrativa e financeira, observadas as normas gerais de Direito Financeiro Público. Ao avaliar a importância da gestão democrática na escola percebe-se o quanto ela contribui para que cada escola e seus sujeitos aprendam a maneira de atuar coletivamente, oferecendo aos membros das comunidades escolar e local oportunidades para aprender o respeito às diferenças e saber lhe dar com aos conflitos sociais, observância às diretrizes legais e à ética social. A gestão democrática nas escolas públicas é efetivada pela participação de pessoas e setores da comunidade nas escolas. Por isso, é importante que o gestor saiba identificar espaços e estratégias de mobilização entre a escola e a comunidade local, com a finalidade de descobrir algumas formas e situações facilitadoras de participação das pessoas na vida da escola como a existência de um conselho ou órgão colegiado; professores, alunos e funcionários escreverem
  • 2. para jornais do bairro; realizar levantamento da situação socioeconômica e cultural dos alunos e suas famílias e outras. “Para funcionar em uma perspectiva democrática, os Conselhos devem respaldar-se em uma prática participativa de todos os segmentos escolares (pais, professores, alunos, funcionários)”. Para tal, é importante que todos tenham acesso às informações relevantes para a tomada de decisões e que haja transparência nas negociações entre os representantes dos interesses, muitas vezes legitimamente conflitantes, dos diferentes segmentos da comunidade escolar. Os conselhos e assembléias escolares devem ter funções deliberativas, consultivas e fiscalizadoras, de modo que possam dirigir e avaliar todo o processo de gestão escolar, e não apenas funcionar como instância de consulta.” FERREIRA (2000) A escola deve estar atenta às transformações que acontecem na cidade e nas comunidades escolar e local. É preciso que o gestor seja capaz de reconhecer o que se passa no interior da escola, com seus problemas e suas dificuldades, e ao mesmo tempo, acompanhar as mudanças em curso na sociedade, pois a escola reproduz a ordem social e cultural existente, mas também é um dos fatores de mudança dessa mesma ordem. Uma das responsabilidades da equipe gestora é saber promover ações em mão dupla: da escola para a comunidade e desta para a escola. A equipe gestora deve ainda, assegurar a autonomia da escola diante de novos parceiros, buscar novas oportunidades e articulá-las com os objetivos e as atividades do projeto pedagógico. A autonomia pedagógica, administrativa e de gestão financeira é um processo de construção coletiva cotidiana do projeto da escola e acordo com as diretrizes estabelecidas pelos sistemas de ensino e as condições para viabilizá-las na forma da lei. A participação de novos sujeitos, a descentralização do poder e a delegação de responsabilidades devem estar em consonância com a organização e o fortalecimento dos órgãos colegiados de gestão. A organização de instâncias de participação dos sujeitos na escola é de competência do gestor e da equipe gestora, que devem incentivar ações baseadas no respeito ao outro e no reconhecimento dos direitos e deveres de cada um. Para incentivar a participação das comunidades local e escolar na escola existem vários espaços e mecanismos como os processos de escolha dos dirigentes escolares, participação em reuniões e na assembléia geral, colegiado ou conselho escolar, grêmio estudante, associação de pais e mestre, caixa escolar, clube de mães e outros. A forma como o gestor desenvolve sua liderança é fundamental para a implantação de ações participativas e compartilhadas na construção da autonomia da escola. Uma gestão democrática deve buscar promover ações, atitudes e procedimentos que priorizem a superação de obstáculos, o desenvolvimento da organização escolar e estimule a formação da liderança. Uma das formas para o sucesso da escola é uma boa organização dos tempos e dos trabalhos escolares. Estes devem estar organizados de tal forma que favoreçam as relações sociais presentes no cotidiano da escola; expressem valores e idéias positivas que a comunidade local acredita e 2
  • 3. valoriza; e ações inovadoras que desenvolvam lideranças democráticas capazes de incentivar maior participação dos sujeitos da comunidade local e escolar; capazes ainda de promover intervenções coletivas sobre a organização atual, modificando alguns dos seus aspectos e preservando os positivos. No exercício da função de educador é importante saber abordar os obstáculos e dificuldades na construção de um trabalho coletivo. A liderança democrática enfrenta situações em que não existem respostas prontas em saídas consensuais, saber enfrentar saber enfrentar as dificuldades e as adversidades é uma das competências da gestão democrática, e uma das formas é buscar a superação através do trabalho coletivo. Referências: DOURADO, Luiz Fernandes; DUARTE, Marisa Ribeiro Teixeira. Como promover, articular e envolver a ação das pessoas no processo de gestão escolar? – Progestão – Módulo II. Brasília: CONSED, 2001. FERREIRA, N. S. C. (org.). Gestão Democrática da Educação: atuais tendências, novos desafios. 2 ed. São Paulo: Cortez, 2009. LIBÂNEO, José Carlos. Organização e gestão da escola: teoria e prática. 5 ed. revista e ampliada. Goiânia: Editora Alternativa, 2004. 3