Tango, identidade 
cultural e 
desenvolvimento 
local 
Entre a apropriação da 
cultura popular e o 
empoderamento através ...
Expressão de cultura popular 
● Amálgama de costumes, ritos e tradições 
● Expressão cultural como uma identidade única 
●...
Milonga para que el 
tiempo 
Vaya borrando fronteras 
Por algo tienen los 
mismos 
Colores las dos 
banderas
Viejo barrio que te vas 
te doy mi último adiós 
ya no te veré más. 
Con tu negro murallón, 
desaparecerá 
toda una tradic...
Comunicação dos marginalizados 
● Seria o tango uma forma de Folkcomunicação? 
● Cultura suburbana: o arrabalde 
● Polo op...
Recordaba aquellas 
horas de garufa 
Cuando minga de 
laburo se pasaba 
Meta punga, al codillo 
escolaseaba 
Y en los burr...
Tango: desejo e luxúria 
● O grupo erótico 
pornográfico de 
Beltrão 
● Obsceno e proibido, 
milongas e 
prostituição 
● O...
Contra-hegemonia e autenticidade 
● Estratégias de resistência cultural “desde 
baixo” 
● Entre a descaracterização e o en...
betaniamaciel@gmail.com 
marcelo.sabbatini@gmail.com
Tango, identidade cultural e desenvolvimento local
Tango, identidade cultural e desenvolvimento local
Tango, identidade cultural e desenvolvimento local
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tango, identidade cultural e desenvolvimento local

289 visualizações

Publicada em

Marca de identidade cultural e símbolo nacional do Uruguai e da Argentina, o tango recentemente foi apropriado pela indústria do turismo e pelos fluxos massivos da comunicação midiatizada. Entretanto, simultaneamente, observam-se processos de resistência cultural e de empoderamento das comunidades tradicionais, através da recuperação de seu valor simbólico, a partir de seus elementos históricos. Utilizando a teoria da Folkcomunicação, utilizamos para aprofundar a compreensão deste fenômeno: a apropriação desta expressão artística pela indústria cultural, seu caráter de expressão folkcomunicacional, ou comunicação dos marginalizados, a partir de sua constituição histórica, resultado da hibridização cultural e sua posição nos movimentos de transformação do fato folclórico ocasionados pela indústria do turismo e de resistência cultural contra estas apropriações e ressignificações.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
289
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tango, identidade cultural e desenvolvimento local

  1. 1. Tango, identidade cultural e desenvolvimento local Entre a apropriação da cultura popular e o empoderamento através da Folkcomunicação Betania Maciel (UFRPE-POSMEX) Marcelo Sabbatini (UFPE-EDUMATEC)
  2. 2. Expressão de cultura popular ● Amálgama de costumes, ritos e tradições ● Expressão cultural como uma identidade única ● Globalização, mercantilização e patrimônio imaterial ● Civilização e saneamento ou ressignificação? ● Construção simbólica em reelaboração e invenção permanente
  3. 3. Milonga para que el tiempo Vaya borrando fronteras Por algo tienen los mismos Colores las dos banderas
  4. 4. Viejo barrio que te vas te doy mi último adiós ya no te veré más. Con tu negro murallón, desaparecerá toda una tradición.
  5. 5. Comunicação dos marginalizados ● Seria o tango uma forma de Folkcomunicação? ● Cultura suburbana: o arrabalde ● Polo oposto ao urbano, à "picareta fatal do progresso" ● Discurso ideológico, luta contra o sistema ● Lunfardo, a voz popular, linguagem oculta e metafórica
  6. 6. Recordaba aquellas horas de garufa Cuando minga de laburo se pasaba Meta punga, al codillo escolaseaba Y en los burros se ligaba un metejón
  7. 7. Tango: desejo e luxúria ● O grupo erótico pornográfico de Beltrão ● Obsceno e proibido, milongas e prostituição ● O imoral higienizado ● Tangomania ● "Civilizado, gentil e gracioso"
  8. 8. Contra-hegemonia e autenticidade ● Estratégias de resistência cultural “desde baixo” ● Entre a descaracterização e o engessamento cultural ● Dinamicidade da cultura e produção cultural: o electrotango ● Ressignificação da cultura tanguera
  9. 9. betaniamaciel@gmail.com marcelo.sabbatini@gmail.com

×