SlideShare uma empresa Scribd logo
Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

      Nome: Joseane de Santana Tavares                4º semestre/noturno



  OBSERVAÇÃO E ANÁLISE DA PROPAGANDA ELEITORAL GRATUITA



Candidatos escolhidos:

- José Serra (PSDB) para presidência;

- Dilma Roussef (PT) para presidência;

- Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) para presidência.

Justificativa:

        A escolha dos candidatos à presidência deve-se ao fato de
apresentarem características bem diferentes em relação à apresentação de
suas candidaturas, mesmo que almejem o mesmo posto. Muito embora os
candidatos devessem apresentar propostas em relação ao que pretendem
realizar caso sejam eleitos, a maior parte do horário eleitoral gratuito é
destinado à denúncias e testemunhos do que cada um realizou em sua vida
política em detrimento do que é da competência do presidente da república e
do que, de fato poderá ser realizado.

Observações e análise:

                 Campanha do candidato José Serra – PSDB

       Um primeiro dado observado na propaganda eleitoral do candidato José
Serra é a favela cenográfica utilizada como fundo para sua apresentação que,
com ele unido ao povo canta: - Quando Lula sair é o Zé que eu quero lá!
Favela cenográfica com tantas favelas no Brasil e pessoas reais? Brasil
realidade ou ficção?

        Outro objeto de observação e análise é o conteúdo da propaganda,
inicialmente o candidato apresenta uma série de informações apontando para o
problema da corrupção da receita federal em relação à quebrar o sigilo fiscal de
sua filha, denúncias e rememoras acerca da corrupção ocorrida dentro da
casa civil.

      Num segundo momento José Serra modifica sua campanha dando
ênfase à sua trajetória de vida com sua história como homem simples nascido
e morador de uma vila operária, líder estudantil e um dos responsáveis pelo
processo de democratização da política brasileira e, posteriormente há o
testemunho de pessoas que citam programas defendidos e promovidos pelo
candidato em gestões como o ministro da saúde no governo do presidente
Fernando Henrique Cardoso e governo do estado de São Paulo.

      Outro dado levantado em suas argumentações é o fato de ser originário
de família pobre. Com esta informação o candidato, afirma enxergar os pobres
de maneira diferente da candidata da oposição, sendo para ele uma vantagem
em relação a ela e uma condição de ser o novo presidente.

        As defesas e propostas do candidato se remetem aos programas por ele
realizados em gestões anteriores conforme citado anteriormente, as promessas
que merecem destaque são: a ampliação na construção e reforma de hospitais,
o programa saúde da família, clínica especializada para tratamento de
dependentes de drogas, entregas em domicílio de remédios, promessa de
implantação do programa mãe brasileira (a exemplo do programa mãe
paulistana implantado pelo governo de SP), aumento no número de AMES no
Brasil, implantação do programa Zilda Arns para atendimento de deficientes e
pessoas que sofreram algum tipo de acidente, investimentos em equipamentos
modernos e tecnologia de ponta para a saúde, mais vacinas. A propaganda é
finalizada com a música modificada da cantora Elba Ramalho: “bate bate bate
coração, porque o Brasil merece mais”.

                Campanha da candidata Dilma Roussef - PT

       A campanha da candidata Dilma Roussef é apresentada tendo como
fundo um caminho que será percorrido ao longo da apresentação e a música
de fundo remete à sensação de esperança.

       Do ponto de vista do conteúdo, a candidata tem o apoio do atual
presidente Luís Inácio Lula da Silva que defende o trabalho feito pela candidata
na Casa Civil além de exaltar sua força enquanto mulher, defendendo a idéia
de que ela possa ser a primeira presidenta do Brasil. No decorrer há a
apresentação de sua trajetória de vida como líder estudantil, sua luta contra a
ditadura, a candidata foi presa, é muito estudiosa, tem amor pelo Brasil, é uma
pessoa para cima, em relação a sua vida pessoal a propaganda apresenta que
ela se casou em Porto Alegre, tem uma filha, portanto é importante vê-la em
seu papel enquanto tal, com ênfases a sua sensibilidade. Sua formação
acadêmica é em economia, como líder política e participou do processo de
democratização do país, foi a primeira mulher a assumir a secretaria da
fazenda do Rio Grande do Sul, a Secretaria de Minas e Energia do Rio Grande
do Sul, o Ministério de Minas e Energia do Brasil e o Ministério da Casa Civil,
demonstrando grande capacidade de coordenação.

      A defesa da propaganda é que para mudar o país é importante ter uma
relação afetiva com seu povo, esta relação não é só cognitiva. Em relação às
propostas não houve referências a nenhuma proposta concreta.
Campanha do candidato Plínio de Arruda Sampaio – PSOL

       O tempo do candidato na propaganda eleitoral gratuita é bem curto, a
propaganda abusa das cores amarelo e vermelho, com desenhos abstratos,
imagens do fotógrafo Sebastião Salgado, imagens produzidas no computador,
jovens apresentando temas que são apresentados pelo partido como: reforma
agrária, reforma tributária, violência contra a mulher, junto a estas informações
o tema principal é “PSOL 50 você tem opção”.

       Como conteúdo a campanha do candidato Plínio de Arruda Sampaio
divide-se entre a denúncia sobre as semelhanças das ações políticas dos
partidos PT e PSDB e a apresentação da necessidade de mudanças políticas
para uma forma radical. Além disso, apresenta que as propostas dos partidos
em dominância almejam a disputa por poder em detrimento do que o partido
acredita ser necessário a luta pela igualdade social.

      Nesta perspectiva a propaganda diferentemente das demais apresenta
muito mais do que um candidato, mas a defesa de um partido que se coloca
como um novo partido para uma velha política.

       Dentre as bandeiras defendidas pelo partido estão: a luta pela ética e
justiça social contrapondo a ostentação do poder, ficar ao lado dos excluídos e
não dos ricos e realização da redistribuição radical da renda.

      Como finalização de uma das propagandas o candidato Plínio de Arruda
Sampaio termina com a frase: “Resgatar um sonho de liberdade, de igualdade
e de opção.”

Considerações finais:

      De modo geral, diante do desinteresse causado pela onda de corrupção
promovida por diversos partidos políticos, seguida da falta de propostas
concretas, muitos brasileiros deixaram de acompanhar a propaganda eleitoral e
com isso a deixar de conhecer as propostas apresentadas pelos partidos
através do horário destinado a propaganda eleitoral gratuita.

       Esta moção, ao invés de motivar os candidatos a realizarem
propagandas que busquem o incentivo da população em relação ao que pode
ser feito para melhorar a situação do país se revertem para uma criatividade
voltada para chamar à atenção dos eleitores pela via do entretenimento. Cada
vez mais é notável propagandas com chamadas de humor, feitas por
candidatos que não apresentam uma vida dedicada à carreira política, mas à
vida artística ou religiosa, tirando do foco questões sociais, econômicas,
culturais, educacionais, etc que deveriam tomar a frente nas campanhas em
busca da melhoria do país.
A questão da democracia, bem como o poder dos eleitores como forma
de colocar sob a responsabilidade de um político a sua representatividade é
colocada de maneira indireta fora do contexto quando se ouve dizer que
quando alguns candidatos estiveram à frente de cargos políticos eles fizeram
isso ou aquilo. Mas, afinal, para quê os candidatos são eleitos e são pagos?
Por acaso não é para servir ao bem do povo em suas mais variadas esferas?

        Em relação à campanha dos candidatos observados e analisados acima
é importante ressaltar que há uma maneira muito semelhante em suas
propagandas, sobretudo em relação ao primeiro e segunda candidata. Para
além, da propaganda é possível notar o grande número de coligações
realizados entre estes partidos, o que permite inferir sobre a justa denúncia
realizada pelo partido Socialismo e Liberdade quando trata de uma disputa por
poder sinalizada pelos partidos PT e PSDB. Do ponto de vista do conteúdo
tratado nas propagandas, o primeiro candidato tem a preocupação de se
colocar como o correto, como o “bonzinho” que quer o melhor para o país,
denunciando a falta de competência da candidata da oposição Dilma Roussef.
Suas propostas estão atreladas ao que já fora realizado e em determinado
momento afirma a continuidade dos programas que deram certo do atual
governo.

       A segunda candidata defende a continuidade do trabalho que já é
realizado pelo atual governo com a preocupação de apresentar aos eleitores
quem é e qual foi à trajetória da candidata. Propostas não são defendidas, mas
há a utilização de imagens de pessoas simples que se sentiram incluídos na
escala social por meio dos programas sociais implementados pelo atual
governo.

        Já a propaganda do terceiro candidato analisado, como já fora
levantado, apesar da escassez de tempo procura ser uma nova e radical opção
diante da semelhança apresentada pelos candidatos anteriores. Este candidato
não defende uma idéia pessoal, mas uma idéia do partido diante de temas
polêmicos como, por exemplo: a reforma agrária, a violência contra a mulher, a
redistribuição de renda, a legalização da maconha, a união entre casais
homossexuais, etc.

      Diante deste quadro vale à pena refletir sobre a linguagem, o alcance e
a possibilidade de realização das propostas que são apresentadas pelos
candidatos e partidos, de modo que se possa pensar uma maneira diferente de
fazer com que o povo brasileiro participe e volte a acreditar na política
representativa como um mecanismo onde a maioria que, é o povo, é
responsável pelo futuro do país e consequentemente de sua própria história.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Análise de logotipos dos candidatos à prefeitura de São Paulo em 2008
Análise de logotipos dos candidatos à prefeitura de São Paulo em 2008Análise de logotipos dos candidatos à prefeitura de São Paulo em 2008
Análise de logotipos dos candidatos à prefeitura de São Paulo em 2008Jean Michel Gallo Soldatelli
 
Luiz Inácio Lula da Silva - Prof. Altair Aguilar
Luiz Inácio Lula da Silva  - Prof. Altair AguilarLuiz Inácio Lula da Silva  - Prof. Altair Aguilar
Luiz Inácio Lula da Silva - Prof. Altair AguilarAltair Moisés Aguilar
 
A sexualidade em Amor & Sexo: representação, discurso e regime de verdade
A sexualidade em Amor & Sexo: representação, discurso e regime de verdadeA sexualidade em Amor & Sexo: representação, discurso e regime de verdade
A sexualidade em Amor & Sexo: representação, discurso e regime de verdadeSamuel Barros
 
PSB diz que não será 'oposição sistemática' a Bolsonaro; Siqueira critica PT
PSB diz que não será 'oposição sistemática' a Bolsonaro; Siqueira critica PTPSB diz que não será 'oposição sistemática' a Bolsonaro; Siqueira critica PT
PSB diz que não será 'oposição sistemática' a Bolsonaro; Siqueira critica PTPortal NE10
 
A internet como comunicação política
A internet como comunicação políticaA internet como comunicação política
A internet como comunicação políticaSuaCampanha.com
 
Resolução política do PT prega hegemonia na sociedade
Resolução política do PT prega hegemonia na sociedadeResolução política do PT prega hegemonia na sociedade
Resolução política do PT prega hegemonia na sociedadeJosé Ripardo
 
Aula de Sociologia - Manifestações em 13/03/2016
Aula de Sociologia - Manifestações em 13/03/2016Aula de Sociologia - Manifestações em 13/03/2016
Aula de Sociologia - Manifestações em 13/03/2016Professor Belinaso
 
Public Affairs - Eleições 2018 | Agosto
Public Affairs - Eleições 2018 | Agosto Public Affairs - Eleições 2018 | Agosto
Public Affairs - Eleições 2018 | Agosto Burson-Marsteller Brasil
 
Revista Escada News - Setembro de 2014
Revista Escada News - Setembro de 2014Revista Escada News - Setembro de 2014
Revista Escada News - Setembro de 2014Cidade Da Notícias
 
JORNAL DO MUNICIPIO - julho 2015
JORNAL DO MUNICIPIO - julho 2015JORNAL DO MUNICIPIO - julho 2015
JORNAL DO MUNICIPIO - julho 2015Pery Salgado
 
Análise dos pré candidatos à presidência da república do brasil
Análise dos pré candidatos à presidência da república do brasilAnálise dos pré candidatos à presidência da república do brasil
Análise dos pré candidatos à presidência da república do brasilFernando Alcoforado
 
O discurso persuasivo por meio dos slogans de candidatos à presidência do Brasil
O discurso persuasivo por meio dos slogans de candidatos à presidência do BrasilO discurso persuasivo por meio dos slogans de candidatos à presidência do Brasil
O discurso persuasivo por meio dos slogans de candidatos à presidência do BrasilCaio Flavio Stettiner
 
Luiz inácio lula da silva
Luiz inácio lula da silvaLuiz inácio lula da silva
Luiz inácio lula da silvapAAstor
 
Eleitoral 1c2aa-rodada-maio
Eleitoral 1c2aa-rodada-maioEleitoral 1c2aa-rodada-maio
Eleitoral 1c2aa-rodada-maioDaniel Guedes
 

Mais procurados (20)

Análise de logotipos dos candidatos à prefeitura de São Paulo em 2008
Análise de logotipos dos candidatos à prefeitura de São Paulo em 2008Análise de logotipos dos candidatos à prefeitura de São Paulo em 2008
Análise de logotipos dos candidatos à prefeitura de São Paulo em 2008
 
Unidade14
Unidade14Unidade14
Unidade14
 
154327
154327154327
154327
 
Luiz Inácio Lula da Silva - Prof. Altair Aguilar
Luiz Inácio Lula da Silva  - Prof. Altair AguilarLuiz Inácio Lula da Silva  - Prof. Altair Aguilar
Luiz Inácio Lula da Silva - Prof. Altair Aguilar
 
A sexualidade em Amor & Sexo: representação, discurso e regime de verdade
A sexualidade em Amor & Sexo: representação, discurso e regime de verdadeA sexualidade em Amor & Sexo: representação, discurso e regime de verdade
A sexualidade em Amor & Sexo: representação, discurso e regime de verdade
 
Jornal digital 4988 ter_23082016
Jornal digital 4988 ter_23082016Jornal digital 4988 ter_23082016
Jornal digital 4988 ter_23082016
 
Jornal digital 4879_sex_18032016
Jornal digital 4879_sex_18032016Jornal digital 4879_sex_18032016
Jornal digital 4879_sex_18032016
 
Jornal digital 13-02-17
Jornal digital 13-02-17Jornal digital 13-02-17
Jornal digital 13-02-17
 
PSB diz que não será 'oposição sistemática' a Bolsonaro; Siqueira critica PT
PSB diz que não será 'oposição sistemática' a Bolsonaro; Siqueira critica PTPSB diz que não será 'oposição sistemática' a Bolsonaro; Siqueira critica PT
PSB diz que não será 'oposição sistemática' a Bolsonaro; Siqueira critica PT
 
A internet como comunicação política
A internet como comunicação políticaA internet como comunicação política
A internet como comunicação política
 
Resolução política do PT prega hegemonia na sociedade
Resolução política do PT prega hegemonia na sociedadeResolução política do PT prega hegemonia na sociedade
Resolução política do PT prega hegemonia na sociedade
 
Aula de Sociologia - Manifestações em 13/03/2016
Aula de Sociologia - Manifestações em 13/03/2016Aula de Sociologia - Manifestações em 13/03/2016
Aula de Sociologia - Manifestações em 13/03/2016
 
Public Affairs - Eleições 2018 | Agosto
Public Affairs - Eleições 2018 | Agosto Public Affairs - Eleições 2018 | Agosto
Public Affairs - Eleições 2018 | Agosto
 
Revista Escada News - Setembro de 2014
Revista Escada News - Setembro de 2014Revista Escada News - Setembro de 2014
Revista Escada News - Setembro de 2014
 
JORNAL DO MUNICIPIO - julho 2015
JORNAL DO MUNICIPIO - julho 2015JORNAL DO MUNICIPIO - julho 2015
JORNAL DO MUNICIPIO - julho 2015
 
Análise dos pré candidatos à presidência da república do brasil
Análise dos pré candidatos à presidência da república do brasilAnálise dos pré candidatos à presidência da república do brasil
Análise dos pré candidatos à presidência da república do brasil
 
O discurso persuasivo por meio dos slogans de candidatos à presidência do Brasil
O discurso persuasivo por meio dos slogans de candidatos à presidência do BrasilO discurso persuasivo por meio dos slogans de candidatos à presidência do Brasil
O discurso persuasivo por meio dos slogans de candidatos à presidência do Brasil
 
trabalhadores partidos
trabalhadores partidostrabalhadores partidos
trabalhadores partidos
 
Luiz inácio lula da silva
Luiz inácio lula da silvaLuiz inácio lula da silva
Luiz inácio lula da silva
 
Eleitoral 1c2aa-rodada-maio
Eleitoral 1c2aa-rodada-maioEleitoral 1c2aa-rodada-maio
Eleitoral 1c2aa-rodada-maio
 

Destaque (20)

Un mundo a nuestra medida
Un mundo a nuestra medidaUn mundo a nuestra medida
Un mundo a nuestra medida
 
Informe mantenimiento del pc -4t0 periodo
Informe mantenimiento del pc -4t0 periodoInforme mantenimiento del pc -4t0 periodo
Informe mantenimiento del pc -4t0 periodo
 
Brindo por el año nuevo.
Brindo por el año nuevo.Brindo por el año nuevo.
Brindo por el año nuevo.
 
Red medica personal v 3
Red medica personal v 3Red medica personal v 3
Red medica personal v 3
 
Proyecto
ProyectoProyecto
Proyecto
 
INTERNET
INTERNETINTERNET
INTERNET
 
Tema 3 sociales resumen presentacion
Tema 3 sociales resumen presentacionTema 3 sociales resumen presentacion
Tema 3 sociales resumen presentacion
 
Aula 05 3 ¦ Sem Rh Empregabilid
Aula 05   3 ¦ Sem Rh   EmpregabilidAula 05   3 ¦ Sem Rh   Empregabilid
Aula 05 3 ¦ Sem Rh Empregabilid
 
El valle de México
El valle de MéxicoEl valle de México
El valle de México
 
Instituto grandes personitas karen trujillo
Instituto grandes personitas karen trujilloInstituto grandes personitas karen trujillo
Instituto grandes personitas karen trujillo
 
MercoLact
MercoLact MercoLact
MercoLact
 
Polimeros!! exposicion!!
Polimeros!! exposicion!!Polimeros!! exposicion!!
Polimeros!! exposicion!!
 
Bviw de costas, não!-oficial
Bviw de costas, não!-oficialBviw de costas, não!-oficial
Bviw de costas, não!-oficial
 
Nutrición parenteral
Nutrición parenteralNutrición parenteral
Nutrición parenteral
 
Animales invertebrados
Animales invertebradosAnimales invertebrados
Animales invertebrados
 
Las Redes Sociales y Mis Hijos
Las Redes Sociales y Mis HijosLas Redes Sociales y Mis Hijos
Las Redes Sociales y Mis Hijos
 
Presentación1
Presentación1Presentación1
Presentación1
 
Tema 3 sociales resumen presentacion
Tema 3 sociales resumen presentacionTema 3 sociales resumen presentacion
Tema 3 sociales resumen presentacion
 
Reflexionescon suiza
Reflexionescon suizaReflexionescon suiza
Reflexionescon suiza
 
V ozes e visões bviw
V ozes e visões   bviwV ozes e visões   bviw
V ozes e visões bviw
 

Semelhante a Observação e Análise da Propaganda Eleitoral Gratuita - Joseane de Santana Tavares

A importância da politica
A importância da politicaA importância da politica
A importância da politicaPsico Vida
 
A importância da politica em nosso cotidiano
A importância da politica em nosso cotidianoA importância da politica em nosso cotidiano
A importância da politica em nosso cotidianoYanka Kessia
 
Propaganda Política Brasileira 2010 - Ana Paula Cavalcante
Propaganda Política Brasileira 2010 - Ana Paula CavalcantePropaganda Política Brasileira 2010 - Ana Paula Cavalcante
Propaganda Política Brasileira 2010 - Ana Paula CavalcanteMonitor Científico FaBCI
 
DS tese chapa DM - lula livre - ds e ed - ped - 2019 (1)
DS   tese chapa DM - lula livre - ds e ed - ped - 2019 (1)DS   tese chapa DM - lula livre - ds e ed - ped - 2019 (1)
DS tese chapa DM - lula livre - ds e ed - ped - 2019 (1)Sofia Cavedon
 
Propaganda Política Brasileira 2010 - Eloiza Pereira Silveira Tinoco
Propaganda Política Brasileira 2010 - Eloiza Pereira Silveira TinocoPropaganda Política Brasileira 2010 - Eloiza Pereira Silveira Tinoco
Propaganda Política Brasileira 2010 - Eloiza Pereira Silveira TinocoMonitor Científico FaBCI
 
CRISE NAS REPRESENTAÇÕES
CRISE NAS REPRESENTAÇÕESCRISE NAS REPRESENTAÇÕES
CRISE NAS REPRESENTAÇÕESRayane Anchieta
 
Jornal da Chapa PT de Lutas
Jornal da Chapa PT de LutasJornal da Chapa PT de Lutas
Jornal da Chapa PT de LutasMoysés Corrêa
 
A propaganda eleitoral no Brasil - Cristiano Neves de Souza Pereira
A propaganda eleitoral no Brasil - Cristiano Neves de Souza PereiraA propaganda eleitoral no Brasil - Cristiano Neves de Souza Pereira
A propaganda eleitoral no Brasil - Cristiano Neves de Souza PereiraMonitor Científico FaBCI
 
Apresentação programa de governo jhonatas50
Apresentação programa de governo jhonatas50Apresentação programa de governo jhonatas50
Apresentação programa de governo jhonatas50Donguto
 
Os Défictes de Representação e a Democracia
Os Défictes de Representação e a DemocraciaOs Défictes de Representação e a Democracia
Os Défictes de Representação e a DemocraciaThiago Paulino
 
Propaganda eleitoral e personalização da política: a influência de Lula na di...
Propaganda eleitoral e personalização da política: a influência de Lula na di...Propaganda eleitoral e personalização da política: a influência de Lula na di...
Propaganda eleitoral e personalização da política: a influência de Lula na di...Universidade Federal do Paraná
 
Consultores políticos nas eleições presidenciais 2010 por mateus morais
Consultores políticos nas eleições presidenciais 2010   por mateus moraisConsultores políticos nas eleições presidenciais 2010   por mateus morais
Consultores políticos nas eleições presidenciais 2010 por mateus moraismateusmorais
 
Jornal Com Social numero 03
Jornal Com Social numero 03Jornal Com Social numero 03
Jornal Com Social numero 03Carlos Amaro
 
Jornal Com Social edição de Outubro de 2013 n. 03
Jornal Com Social edição de Outubro de 2013 n. 03Jornal Com Social edição de Outubro de 2013 n. 03
Jornal Com Social edição de Outubro de 2013 n. 03Lauro Andrade Oliveira
 
Horário Eleitoral Gratuito 2010 - Cibele Maria Dias
Horário Eleitoral Gratuito 2010 - Cibele Maria DiasHorário Eleitoral Gratuito 2010 - Cibele Maria Dias
Horário Eleitoral Gratuito 2010 - Cibele Maria DiasMonitor Científico FaBCI
 
O crescimento da extrema direita no Brasil - Esther Solano
O crescimento da extrema direita no Brasil - Esther SolanoO crescimento da extrema direita no Brasil - Esther Solano
O crescimento da extrema direita no Brasil - Esther SolanoMiguel Rosario
 

Semelhante a Observação e Análise da Propaganda Eleitoral Gratuita - Joseane de Santana Tavares (20)

A importância da politica
A importância da politicaA importância da politica
A importância da politica
 
A importância da politica em nosso cotidiano
A importância da politica em nosso cotidianoA importância da politica em nosso cotidiano
A importância da politica em nosso cotidiano
 
Propaganda Política Brasileira 2010 - Ana Paula Cavalcante
Propaganda Política Brasileira 2010 - Ana Paula CavalcantePropaganda Política Brasileira 2010 - Ana Paula Cavalcante
Propaganda Política Brasileira 2010 - Ana Paula Cavalcante
 
DS tese chapa DM - lula livre - ds e ed - ped - 2019 (1)
DS   tese chapa DM - lula livre - ds e ed - ped - 2019 (1)DS   tese chapa DM - lula livre - ds e ed - ped - 2019 (1)
DS tese chapa DM - lula livre - ds e ed - ped - 2019 (1)
 
Propaganda Política Brasileira 2010 - Eloiza Pereira Silveira Tinoco
Propaganda Política Brasileira 2010 - Eloiza Pereira Silveira TinocoPropaganda Política Brasileira 2010 - Eloiza Pereira Silveira Tinoco
Propaganda Política Brasileira 2010 - Eloiza Pereira Silveira Tinoco
 
CRISE NAS REPRESENTAÇÕES
CRISE NAS REPRESENTAÇÕESCRISE NAS REPRESENTAÇÕES
CRISE NAS REPRESENTAÇÕES
 
Poder Local
Poder LocalPoder Local
Poder Local
 
Jornal da Chapa PT de Lutas
Jornal da Chapa PT de LutasJornal da Chapa PT de Lutas
Jornal da Chapa PT de Lutas
 
Jornal chapa
Jornal chapaJornal chapa
Jornal chapa
 
A propaganda eleitoral no Brasil - Cristiano Neves de Souza Pereira
A propaganda eleitoral no Brasil - Cristiano Neves de Souza PereiraA propaganda eleitoral no Brasil - Cristiano Neves de Souza Pereira
A propaganda eleitoral no Brasil - Cristiano Neves de Souza Pereira
 
Apresentação programa de governo jhonatas50
Apresentação programa de governo jhonatas50Apresentação programa de governo jhonatas50
Apresentação programa de governo jhonatas50
 
Os Défictes de Representação e a Democracia
Os Défictes de Representação e a DemocraciaOs Défictes de Representação e a Democracia
Os Défictes de Representação e a Democracia
 
Propaganda eleitoral e personalização da política: a influência de Lula na di...
Propaganda eleitoral e personalização da política: a influência de Lula na di...Propaganda eleitoral e personalização da política: a influência de Lula na di...
Propaganda eleitoral e personalização da política: a influência de Lula na di...
 
Etica
EticaEtica
Etica
 
Consultores políticos nas eleições presidenciais 2010 por mateus morais
Consultores políticos nas eleições presidenciais 2010   por mateus moraisConsultores políticos nas eleições presidenciais 2010   por mateus morais
Consultores políticos nas eleições presidenciais 2010 por mateus morais
 
Jornal Com Social numero 03
Jornal Com Social numero 03Jornal Com Social numero 03
Jornal Com Social numero 03
 
Jornal Com Social edição de Outubro de 2013 n. 03
Jornal Com Social edição de Outubro de 2013 n. 03Jornal Com Social edição de Outubro de 2013 n. 03
Jornal Com Social edição de Outubro de 2013 n. 03
 
Ds democracia socialista
Ds   democracia socialistaDs   democracia socialista
Ds democracia socialista
 
Horário Eleitoral Gratuito 2010 - Cibele Maria Dias
Horário Eleitoral Gratuito 2010 - Cibele Maria DiasHorário Eleitoral Gratuito 2010 - Cibele Maria Dias
Horário Eleitoral Gratuito 2010 - Cibele Maria Dias
 
O crescimento da extrema direita no Brasil - Esther Solano
O crescimento da extrema direita no Brasil - Esther SolanoO crescimento da extrema direita no Brasil - Esther Solano
O crescimento da extrema direita no Brasil - Esther Solano
 

Mais de Monitor Científico FaBCI

Fesp mc rep_informação na área de biblioteconomia e c
Fesp mc rep_informação na área de biblioteconomia e cFesp mc rep_informação na área de biblioteconomia e c
Fesp mc rep_informação na área de biblioteconomia e cMonitor Científico FaBCI
 
Bullying: um novo nome para um comportamento recorrente
Bullying: um novo nome para um comportamento recorrenteBullying: um novo nome para um comportamento recorrente
Bullying: um novo nome para um comportamento recorrenteMonitor Científico FaBCI
 
Leitores de rua - Ana Eliza Grigorio Rodrigues, Damaris Siqueira Brito, Fab...
Leitores de rua - Ana Eliza Grigorio Rodrigues,  Damaris Siqueira Brito,  Fab...Leitores de rua - Ana Eliza Grigorio Rodrigues,  Damaris Siqueira Brito,  Fab...
Leitores de rua - Ana Eliza Grigorio Rodrigues, Damaris Siqueira Brito, Fab...Monitor Científico FaBCI
 
A sustentabilidade e as bibliotecas comunitárias: possível implementação - De...
A sustentabilidade e as bibliotecas comunitárias: possível implementação - De...A sustentabilidade e as bibliotecas comunitárias: possível implementação - De...
A sustentabilidade e as bibliotecas comunitárias: possível implementação - De...Monitor Científico FaBCI
 
O Blog do Monitor Científico como ferramenta de comunicação da comunidade aca...
O Blog do Monitor Científico como ferramenta de comunicação da comunidade aca...O Blog do Monitor Científico como ferramenta de comunicação da comunidade aca...
O Blog do Monitor Científico como ferramenta de comunicação da comunidade aca...Monitor Científico FaBCI
 
A lógica no Falcão Maltês - Adrian Parra Carneiro; Florindo Peixoto Neto
A lógica no Falcão Maltês - Adrian Parra Carneiro; Florindo Peixoto NetoA lógica no Falcão Maltês - Adrian Parra Carneiro; Florindo Peixoto Neto
A lógica no Falcão Maltês - Adrian Parra Carneiro; Florindo Peixoto NetoMonitor Científico FaBCI
 
Trabalho sobre o livro: O Falcão Maltês - Fernando Reis de Arruda Alves; Marc...
Trabalho sobre o livro: O Falcão Maltês - Fernando Reis de Arruda Alves; Marc...Trabalho sobre o livro: O Falcão Maltês - Fernando Reis de Arruda Alves; Marc...
Trabalho sobre o livro: O Falcão Maltês - Fernando Reis de Arruda Alves; Marc...Monitor Científico FaBCI
 
Organograna cronologico com base no livro: O Falcão Maltês - Denis Maimoni
Organograna cronologico com base no livro: O Falcão Maltês - Denis MaimoniOrganograna cronologico com base no livro: O Falcão Maltês - Denis Maimoni
Organograna cronologico com base no livro: O Falcão Maltês - Denis MaimoniMonitor Científico FaBCI
 
Serviços Informacionais 2.0 - Profª Renate Landshoff
Serviços Informacionais 2.0 - Profª Renate LandshoffServiços Informacionais 2.0 - Profª Renate Landshoff
Serviços Informacionais 2.0 - Profª Renate LandshoffMonitor Científico FaBCI
 
Inserção laboral dos graduados em Documentação na Espanha em anos de crise ec...
Inserção laboral dos graduados em Documentação na Espanha em anos de crise ec...Inserção laboral dos graduados em Documentação na Espanha em anos de crise ec...
Inserção laboral dos graduados em Documentação na Espanha em anos de crise ec...Monitor Científico FaBCI
 
Atrativos e inconvenientes da implantação do espaço Europeu de Educação Super...
Atrativos e inconvenientes da implantação do espaço Europeu de Educação Super...Atrativos e inconvenientes da implantação do espaço Europeu de Educação Super...
Atrativos e inconvenientes da implantação do espaço Europeu de Educação Super...Monitor Científico FaBCI
 
Propaganda Política Brasileira 2010 - Sheila Cecheto
Propaganda Política Brasileira 2010 - Sheila CechetoPropaganda Política Brasileira 2010 - Sheila Cecheto
Propaganda Política Brasileira 2010 - Sheila CechetoMonitor Científico FaBCI
 
Propaganda Política Brasileira 2010 - Luciana Aparecida de Souza
Propaganda Política Brasileira 2010 - Luciana Aparecida de SouzaPropaganda Política Brasileira 2010 - Luciana Aparecida de Souza
Propaganda Política Brasileira 2010 - Luciana Aparecida de SouzaMonitor Científico FaBCI
 
Propaganda Política Brasileira 2010 - Leidieice Santos
Propaganda Política Brasileira 2010 - Leidieice SantosPropaganda Política Brasileira 2010 - Leidieice Santos
Propaganda Política Brasileira 2010 - Leidieice SantosMonitor Científico FaBCI
 
Propaganda Política Brasileira 2010 - Jucilene Lopes dos Santos
Propaganda Política Brasileira 2010 - Jucilene Lopes dos SantosPropaganda Política Brasileira 2010 - Jucilene Lopes dos Santos
Propaganda Política Brasileira 2010 - Jucilene Lopes dos SantosMonitor Científico FaBCI
 

Mais de Monitor Científico FaBCI (20)

Manoel Bastos Tigre
Manoel Bastos TigreManoel Bastos Tigre
Manoel Bastos Tigre
 
Carminda n. c. Ferreira
Carminda n. c. FerreiraCarminda n. c. Ferreira
Carminda n. c. Ferreira
 
Manual de Processamento Técnico
Manual de Processamento TécnicoManual de Processamento Técnico
Manual de Processamento Técnico
 
Manual de processamento técnico
Manual de processamento técnicoManual de processamento técnico
Manual de processamento técnico
 
Manual de processamento técnico
Manual de processamento técnico Manual de processamento técnico
Manual de processamento técnico
 
Fesp mc rep_informação na área de biblioteconomia e c
Fesp mc rep_informação na área de biblioteconomia e cFesp mc rep_informação na área de biblioteconomia e c
Fesp mc rep_informação na área de biblioteconomia e c
 
Bullying: um novo nome para um comportamento recorrente
Bullying: um novo nome para um comportamento recorrenteBullying: um novo nome para um comportamento recorrente
Bullying: um novo nome para um comportamento recorrente
 
Leitores de rua - Ana Eliza Grigorio Rodrigues, Damaris Siqueira Brito, Fab...
Leitores de rua - Ana Eliza Grigorio Rodrigues,  Damaris Siqueira Brito,  Fab...Leitores de rua - Ana Eliza Grigorio Rodrigues,  Damaris Siqueira Brito,  Fab...
Leitores de rua - Ana Eliza Grigorio Rodrigues, Damaris Siqueira Brito, Fab...
 
A sustentabilidade e as bibliotecas comunitárias: possível implementação - De...
A sustentabilidade e as bibliotecas comunitárias: possível implementação - De...A sustentabilidade e as bibliotecas comunitárias: possível implementação - De...
A sustentabilidade e as bibliotecas comunitárias: possível implementação - De...
 
O Blog do Monitor Científico como ferramenta de comunicação da comunidade aca...
O Blog do Monitor Científico como ferramenta de comunicação da comunidade aca...O Blog do Monitor Científico como ferramenta de comunicação da comunidade aca...
O Blog do Monitor Científico como ferramenta de comunicação da comunidade aca...
 
A lógica no Falcão Maltês - Adrian Parra Carneiro; Florindo Peixoto Neto
A lógica no Falcão Maltês - Adrian Parra Carneiro; Florindo Peixoto NetoA lógica no Falcão Maltês - Adrian Parra Carneiro; Florindo Peixoto Neto
A lógica no Falcão Maltês - Adrian Parra Carneiro; Florindo Peixoto Neto
 
Trabalho sobre o livro: O Falcão Maltês - Fernando Reis de Arruda Alves; Marc...
Trabalho sobre o livro: O Falcão Maltês - Fernando Reis de Arruda Alves; Marc...Trabalho sobre o livro: O Falcão Maltês - Fernando Reis de Arruda Alves; Marc...
Trabalho sobre o livro: O Falcão Maltês - Fernando Reis de Arruda Alves; Marc...
 
Organograna cronologico com base no livro: O Falcão Maltês - Denis Maimoni
Organograna cronologico com base no livro: O Falcão Maltês - Denis MaimoniOrganograna cronologico com base no livro: O Falcão Maltês - Denis Maimoni
Organograna cronologico com base no livro: O Falcão Maltês - Denis Maimoni
 
Serviços Informacionais 2.0 - Profª Renate Landshoff
Serviços Informacionais 2.0 - Profª Renate LandshoffServiços Informacionais 2.0 - Profª Renate Landshoff
Serviços Informacionais 2.0 - Profª Renate Landshoff
 
Inserção laboral dos graduados em Documentação na Espanha em anos de crise ec...
Inserção laboral dos graduados em Documentação na Espanha em anos de crise ec...Inserção laboral dos graduados em Documentação na Espanha em anos de crise ec...
Inserção laboral dos graduados em Documentação na Espanha em anos de crise ec...
 
Atrativos e inconvenientes da implantação do espaço Europeu de Educação Super...
Atrativos e inconvenientes da implantação do espaço Europeu de Educação Super...Atrativos e inconvenientes da implantação do espaço Europeu de Educação Super...
Atrativos e inconvenientes da implantação do espaço Europeu de Educação Super...
 
Propaganda Política Brasileira 2010 - Sheila Cecheto
Propaganda Política Brasileira 2010 - Sheila CechetoPropaganda Política Brasileira 2010 - Sheila Cecheto
Propaganda Política Brasileira 2010 - Sheila Cecheto
 
Propaganda Política Brasileira 2010 - Luciana Aparecida de Souza
Propaganda Política Brasileira 2010 - Luciana Aparecida de SouzaPropaganda Política Brasileira 2010 - Luciana Aparecida de Souza
Propaganda Política Brasileira 2010 - Luciana Aparecida de Souza
 
Propaganda Política Brasileira 2010 - Leidieice Santos
Propaganda Política Brasileira 2010 - Leidieice SantosPropaganda Política Brasileira 2010 - Leidieice Santos
Propaganda Política Brasileira 2010 - Leidieice Santos
 
Propaganda Política Brasileira 2010 - Jucilene Lopes dos Santos
Propaganda Política Brasileira 2010 - Jucilene Lopes dos SantosPropaganda Política Brasileira 2010 - Jucilene Lopes dos Santos
Propaganda Política Brasileira 2010 - Jucilene Lopes dos Santos
 

Último

Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxSolangeWaltre
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfrarakey779
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - FalamansaMary Alvarenga
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaIlda Bicacro
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaaCarolineFrancielle
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfRILTONNOGUEIRADOSSAN
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoPedroFerreira53928
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 

Último (20)

Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 

Observação e Análise da Propaganda Eleitoral Gratuita - Joseane de Santana Tavares

  • 1. Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo Nome: Joseane de Santana Tavares 4º semestre/noturno OBSERVAÇÃO E ANÁLISE DA PROPAGANDA ELEITORAL GRATUITA Candidatos escolhidos: - José Serra (PSDB) para presidência; - Dilma Roussef (PT) para presidência; - Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) para presidência. Justificativa: A escolha dos candidatos à presidência deve-se ao fato de apresentarem características bem diferentes em relação à apresentação de suas candidaturas, mesmo que almejem o mesmo posto. Muito embora os candidatos devessem apresentar propostas em relação ao que pretendem realizar caso sejam eleitos, a maior parte do horário eleitoral gratuito é destinado à denúncias e testemunhos do que cada um realizou em sua vida política em detrimento do que é da competência do presidente da república e do que, de fato poderá ser realizado. Observações e análise: Campanha do candidato José Serra – PSDB Um primeiro dado observado na propaganda eleitoral do candidato José Serra é a favela cenográfica utilizada como fundo para sua apresentação que, com ele unido ao povo canta: - Quando Lula sair é o Zé que eu quero lá! Favela cenográfica com tantas favelas no Brasil e pessoas reais? Brasil realidade ou ficção? Outro objeto de observação e análise é o conteúdo da propaganda, inicialmente o candidato apresenta uma série de informações apontando para o problema da corrupção da receita federal em relação à quebrar o sigilo fiscal de sua filha, denúncias e rememoras acerca da corrupção ocorrida dentro da casa civil. Num segundo momento José Serra modifica sua campanha dando ênfase à sua trajetória de vida com sua história como homem simples nascido e morador de uma vila operária, líder estudantil e um dos responsáveis pelo processo de democratização da política brasileira e, posteriormente há o
  • 2. testemunho de pessoas que citam programas defendidos e promovidos pelo candidato em gestões como o ministro da saúde no governo do presidente Fernando Henrique Cardoso e governo do estado de São Paulo. Outro dado levantado em suas argumentações é o fato de ser originário de família pobre. Com esta informação o candidato, afirma enxergar os pobres de maneira diferente da candidata da oposição, sendo para ele uma vantagem em relação a ela e uma condição de ser o novo presidente. As defesas e propostas do candidato se remetem aos programas por ele realizados em gestões anteriores conforme citado anteriormente, as promessas que merecem destaque são: a ampliação na construção e reforma de hospitais, o programa saúde da família, clínica especializada para tratamento de dependentes de drogas, entregas em domicílio de remédios, promessa de implantação do programa mãe brasileira (a exemplo do programa mãe paulistana implantado pelo governo de SP), aumento no número de AMES no Brasil, implantação do programa Zilda Arns para atendimento de deficientes e pessoas que sofreram algum tipo de acidente, investimentos em equipamentos modernos e tecnologia de ponta para a saúde, mais vacinas. A propaganda é finalizada com a música modificada da cantora Elba Ramalho: “bate bate bate coração, porque o Brasil merece mais”. Campanha da candidata Dilma Roussef - PT A campanha da candidata Dilma Roussef é apresentada tendo como fundo um caminho que será percorrido ao longo da apresentação e a música de fundo remete à sensação de esperança. Do ponto de vista do conteúdo, a candidata tem o apoio do atual presidente Luís Inácio Lula da Silva que defende o trabalho feito pela candidata na Casa Civil além de exaltar sua força enquanto mulher, defendendo a idéia de que ela possa ser a primeira presidenta do Brasil. No decorrer há a apresentação de sua trajetória de vida como líder estudantil, sua luta contra a ditadura, a candidata foi presa, é muito estudiosa, tem amor pelo Brasil, é uma pessoa para cima, em relação a sua vida pessoal a propaganda apresenta que ela se casou em Porto Alegre, tem uma filha, portanto é importante vê-la em seu papel enquanto tal, com ênfases a sua sensibilidade. Sua formação acadêmica é em economia, como líder política e participou do processo de democratização do país, foi a primeira mulher a assumir a secretaria da fazenda do Rio Grande do Sul, a Secretaria de Minas e Energia do Rio Grande do Sul, o Ministério de Minas e Energia do Brasil e o Ministério da Casa Civil, demonstrando grande capacidade de coordenação. A defesa da propaganda é que para mudar o país é importante ter uma relação afetiva com seu povo, esta relação não é só cognitiva. Em relação às propostas não houve referências a nenhuma proposta concreta.
  • 3. Campanha do candidato Plínio de Arruda Sampaio – PSOL O tempo do candidato na propaganda eleitoral gratuita é bem curto, a propaganda abusa das cores amarelo e vermelho, com desenhos abstratos, imagens do fotógrafo Sebastião Salgado, imagens produzidas no computador, jovens apresentando temas que são apresentados pelo partido como: reforma agrária, reforma tributária, violência contra a mulher, junto a estas informações o tema principal é “PSOL 50 você tem opção”. Como conteúdo a campanha do candidato Plínio de Arruda Sampaio divide-se entre a denúncia sobre as semelhanças das ações políticas dos partidos PT e PSDB e a apresentação da necessidade de mudanças políticas para uma forma radical. Além disso, apresenta que as propostas dos partidos em dominância almejam a disputa por poder em detrimento do que o partido acredita ser necessário a luta pela igualdade social. Nesta perspectiva a propaganda diferentemente das demais apresenta muito mais do que um candidato, mas a defesa de um partido que se coloca como um novo partido para uma velha política. Dentre as bandeiras defendidas pelo partido estão: a luta pela ética e justiça social contrapondo a ostentação do poder, ficar ao lado dos excluídos e não dos ricos e realização da redistribuição radical da renda. Como finalização de uma das propagandas o candidato Plínio de Arruda Sampaio termina com a frase: “Resgatar um sonho de liberdade, de igualdade e de opção.” Considerações finais: De modo geral, diante do desinteresse causado pela onda de corrupção promovida por diversos partidos políticos, seguida da falta de propostas concretas, muitos brasileiros deixaram de acompanhar a propaganda eleitoral e com isso a deixar de conhecer as propostas apresentadas pelos partidos através do horário destinado a propaganda eleitoral gratuita. Esta moção, ao invés de motivar os candidatos a realizarem propagandas que busquem o incentivo da população em relação ao que pode ser feito para melhorar a situação do país se revertem para uma criatividade voltada para chamar à atenção dos eleitores pela via do entretenimento. Cada vez mais é notável propagandas com chamadas de humor, feitas por candidatos que não apresentam uma vida dedicada à carreira política, mas à vida artística ou religiosa, tirando do foco questões sociais, econômicas, culturais, educacionais, etc que deveriam tomar a frente nas campanhas em busca da melhoria do país.
  • 4. A questão da democracia, bem como o poder dos eleitores como forma de colocar sob a responsabilidade de um político a sua representatividade é colocada de maneira indireta fora do contexto quando se ouve dizer que quando alguns candidatos estiveram à frente de cargos políticos eles fizeram isso ou aquilo. Mas, afinal, para quê os candidatos são eleitos e são pagos? Por acaso não é para servir ao bem do povo em suas mais variadas esferas? Em relação à campanha dos candidatos observados e analisados acima é importante ressaltar que há uma maneira muito semelhante em suas propagandas, sobretudo em relação ao primeiro e segunda candidata. Para além, da propaganda é possível notar o grande número de coligações realizados entre estes partidos, o que permite inferir sobre a justa denúncia realizada pelo partido Socialismo e Liberdade quando trata de uma disputa por poder sinalizada pelos partidos PT e PSDB. Do ponto de vista do conteúdo tratado nas propagandas, o primeiro candidato tem a preocupação de se colocar como o correto, como o “bonzinho” que quer o melhor para o país, denunciando a falta de competência da candidata da oposição Dilma Roussef. Suas propostas estão atreladas ao que já fora realizado e em determinado momento afirma a continuidade dos programas que deram certo do atual governo. A segunda candidata defende a continuidade do trabalho que já é realizado pelo atual governo com a preocupação de apresentar aos eleitores quem é e qual foi à trajetória da candidata. Propostas não são defendidas, mas há a utilização de imagens de pessoas simples que se sentiram incluídos na escala social por meio dos programas sociais implementados pelo atual governo. Já a propaganda do terceiro candidato analisado, como já fora levantado, apesar da escassez de tempo procura ser uma nova e radical opção diante da semelhança apresentada pelos candidatos anteriores. Este candidato não defende uma idéia pessoal, mas uma idéia do partido diante de temas polêmicos como, por exemplo: a reforma agrária, a violência contra a mulher, a redistribuição de renda, a legalização da maconha, a união entre casais homossexuais, etc. Diante deste quadro vale à pena refletir sobre a linguagem, o alcance e a possibilidade de realização das propostas que são apresentadas pelos candidatos e partidos, de modo que se possa pensar uma maneira diferente de fazer com que o povo brasileiro participe e volte a acreditar na política representativa como um mecanismo onde a maioria que, é o povo, é responsável pelo futuro do país e consequentemente de sua própria história.