A Educação Conservadora ou Tradicional

4.491 visualizações

Publicada em

Traçamos um paralelo entre a educação conservadora e a chamada nova Educação.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.491
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Educação Conservadora ou Tradicional

  1. 1. A Educação Conservadora ou tradicional Tânia M. Machado de Carvalho Secretaria de Educação
  2. 2. Atribuição do Sistema Educacional: ensinar valores, condutas e saberes que a sociedade adulta julga necessários para as crianças e os jovens. Objetivo: Estabelecer uma relação entre a educação tradicional e a chamada nova educação .
  3. 3. Grosso modo, o sistema tradicional de educação vê o professor como o responsável pela aprendizagem do aluno; somente o docente tem o saber e é capaz de ensinar crianças e jovens. Ensinar, para o modelo tradicional, é transmitir conhecimentos, fazer com que a nova geração seja capaz de reproduzir o que lhe foi ensinado. Na "nova educação" entende-se que existe uma mediação do conhecimento entre professor aluno e aluno professor. Isto na medida em que o aluno aprende com o professor ao mesmo tempo que o professor aprende com o aluno, numa troca de experiências.
  4. 4. No modelo tradicional os alunos não participavam das aulas, apenas ouviam e tinham que memorizar o conteúdo transmitido pelo professor; conteúdo esse que não era voltado para as necessidades dos alunos, mas para a sistematização necessária para a formação de pessoas disciplinadas, obedientes, capazes de se adaptarem à sociedade na qual estavam inseridos. No modelo da nova educação prioriza-se a participação do aluno, busca-se a aproximação dos conteúdos com sua realidade. Admite-seb que todo aluno tem uma história de vida, uma bagagem cognitiva, afetiva e de experiências singulares, e que isso pode e precisa ser usado em prol do processo de  ensino-aprendizagem .
  5. 5. No modelo tradicional o conhecimento fragmentado, estático, fixo, definido e previsível. No modelo novo o conhecimento é dinâmico e interligado, está em constante construção.
  6. 6. UM ALERTA!! Não podemos dirigir ao modelo tradicional somente críticas negativas, como se este período nada tivesse acrescentado de positivo à construção da História humana. Se analisamos o período da educação tradicional, visando, também garimpar o que ela pôde contribuir para o crescimento cultural e mental da Civilização, sem o estigma de qualquer ideologia, apenas com o objetivo de estudar os pensadores em educação desta época, nos surpreenderemos com a fortaleza que foi a escola dentro de um contexto dominado pelo fanatismo religioso, político e econômico.
  7. 7. O modelo de ensino tradicional continua o mesmo em escolas do Ensino Médio, apesar das transformações pelas quais a sociedade passa e das novas exigências pessoais e profissionais. Suportes tecnológicos como  computador, celular, internet, DVD, projetores , entre outros, fazem parte do cotidiano da sociedade atual. Com o intuito de acompanhar a evolução tecnológica, escolas adquirem computadores, projetores, televisões de última geração, despejando-os nas salas de aula para que os professores usem-nos de alguma maneira.
  8. 8. Fica aqui uma questão: Estamos aplicando novas metodologias ou apenas reproduzindo velhas metodologias com a utilização da informática? Planejamos nossas aulas e escolhemos qual seria recurso se adequa aos objetivos da aula? E se em determinado momento o melhor recurso é o bom velho GIZ?
  9. 9. CONCLUSÂO A educação tradicional não é algo abominável como alguns querem fazer parecer. Tem pontos positivos e negativos, assim como os novos modelos propostos apresentam pontos positivos e negativos. Não basta introduzir uma "educação tradicional omputadorizada" e achar que está revolucionando o ensino. O que faz a diferença é o bom senso do professor, a visão de educador, o comprometimento, a vontade do "bem ensinar" e acapacidade de reconhecer suas falhas tentar sempre superá-las.
  10. 10. Bibliografia texto Educação tradicional X nova escola, disponível em http://www.worldrpgfest.com.br/blog/2010/06/educacao-tradicional-x-nova-educacao/, acesso em 04/11/2011 às 19:09h. Texto A ANTINOMIA EDUCAÇÃO TRADICIONAL - EDUCAÇÃO NOVA UMA PROPOSTA DE SUPERAÇÃO, JORGE A. MATOS CORREIA, disponível em http://www.ipv.pt/millenium/pce6_jmc.htm, acesso em 04/11/2011 às 19; 15h.

×