SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
A arte romana Trabalho realizado por: Celso Ferreira , nº9, 7ºD Lazaro Raposo nº15 7ºD No âmbito da disciplina de História
ARTE ROMANA ,[object Object],[object Object]
A ARQUITECTURA ,[object Object]
A ARQUITECTURA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
A ARQUITECTURA ,[object Object],Os templos romanos, à semelhança dos gregos e etruscos, tinham uma planta rectangular, tecto de duas águas, vestíbulo profundo com colunas livres e uma escada na fachada dando acesso ao pódio ou à base. Em relação às colunas, os romanos adoptaram as ordens gregas (ordem dórica, jónica e coríntia) acrescentando duas novas ordens: a toscana e a compósita. O estilo toscano era uma espécie de ordem dórica sem estrias na fuste. E no estilo compósito, o capitel foi criado a partir da mistura de elementos jónicos e coríntios. O Pantheon romano - detalhe em maquete da antiga Roma.
A ARQUITECTURA ,[object Object],De início, a basílica destinava-se a operações comerciais e a actos judiciários, reuniões da bolsa e leitura de edictos. Mais tarde, com o Cristianismo a sua função passou a religiosa, designando-se como igreja com certos privilégios. A basílica tinha uma planta rectangular, dividida em várias colunatas.
A ARQUITECTURA ,[object Object],Nas grandes cidades, as termas ocupavam um espaço considerável, com banhos de diversas finalidades – higiene corporal, terapia – saunas, ginásio, piscina, pórticos e jardins. As mais famosas são as termas de Caracala que, para além de casas de banho, eram equipadas com bibliotecas, salas de leitura e conversação e um teatro. Em geral, as manhãs eram reservadas às mulheres e as tardes aos homens. As Termas de Diocletianus - detalhe em maquete da antiga Roma.
A ARQUITECTURA ,[object Object],Diferentes dos teatros gregos, os romanos foram construídos sobre uma estrutura de pilares e abóbadas, possuíam uma cávea semicircular (espaço reservado à plateia), uma orquestra pequena (local destinado às danças, músicos e coros) às vezes ocupada por assentos, e um palco maior com fundo de alvenaria. Nos anfiteatros eram realizadas as lutas dos gladiadores, muito apreciadas pelo povo romano. O Coliseu era o mais belo dos anfiteatros romanos. O seu exterior era ornamentado por esculturas, que eram abrigadas pelos arcos, por três andares com as ordens de colunas gregas, e a sua planta era elíptica.
A ARQUITECTURA ,[object Object],Os arcos de triunfo eram construídos tendo o objectivo de homenagear os imperadores e generais vitoriosos. A coluna triunfal era ao mesmo tempo um monumento comemorativo e funerário.  A mais  famosa  é a de Trajano, característica  pelo seu friso em espiral que  narra os feitos  do  Imperador em baixos relevos no fuste.
A PINTURA A pintura romana é de origem grega latina.  Esta tinha uma variedade de temas como  cenas domésticas, retratos, animais e  cenas da vida quotidiana. A maior inovação da pintura romana, comparada com a grega, foi o desenvolvimento das paisagens, incorporando técnicas de perspectiva e profundidade. Outro género muito explorado foi o das pinturas triunfais onde se descreviam entradas triunfais após vitórias militares, representando episódios das batalhas e das cidades e regiões conquistadas.
A ESCULTURA Apesar de serem grandes admiradores da  arte grega, os romanos desenvolveram  um estilo próprio. O rosto era a parte mais importante das  peças sendo desenvolvidas ao máximo as  tendências realistas. O retrato baseava-se  em grande parte no culto dos  antepassados reproduzindo o rosto do  falecido num material perdurável. Os romanos primavam pelo realismo fazendo representações fieis das pessoas e não pelo idealismo de beleza humana como os gregos. Retratavam os imperadores e homens da sociedade. Busto do imperador Hadrianus.   Octávio Augusto, influência grega
EXEMPLOS DE ARTE ROMANA EM PORTUGAL Templo de Egitânia Termas de Conímbriga Templo de Évora
BIBLIOGRAFIA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Fim

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Arte Em Roma
Arte Em RomaArte Em Roma
Arte Em Roma
 
Arte romana a arte romana desenvolveu
Arte romana a arte romana desenvolveuArte romana a arte romana desenvolveu
Arte romana a arte romana desenvolveu
 
2c14 Arte Romana e Museu do Louvre 2012
2c14 Arte Romana e Museu do Louvre 20122c14 Arte Romana e Museu do Louvre 2012
2c14 Arte Romana e Museu do Louvre 2012
 
Arte Romana
Arte RomanaArte Romana
Arte Romana
 
Arte romana
Arte romana Arte romana
Arte romana
 
Arte romana
Arte romanaArte romana
Arte romana
 
Arte romana 2019
Arte romana 2019Arte romana 2019
Arte romana 2019
 
Arte romana 2
Arte romana 2Arte romana 2
Arte romana 2
 
Arte romana
Arte romanaArte romana
Arte romana
 
Arte Romana
Arte RomanaArte Romana
Arte Romana
 
Arte Romana www.professorpalmito.com.br
Arte Romana www.professorpalmito.com.brArte Romana www.professorpalmito.com.br
Arte Romana www.professorpalmito.com.br
 
A arte em roma
A arte em romaA arte em roma
A arte em roma
 
Arte romana
Arte romanaArte romana
Arte romana
 
Arte Romana
Arte RomanaArte Romana
Arte Romana
 
6o. ano a arte romana
6o. ano   a arte romana6o. ano   a arte romana
6o. ano a arte romana
 
Cultura do senado
Cultura do senadoCultura do senado
Cultura do senado
 
A arte romana
A arte romana A arte romana
A arte romana
 
Arte romana
Arte romanaArte romana
Arte romana
 
Arte Romana
Arte RomanaArte Romana
Arte Romana
 
Arquitetura e engenharia Roma Antiga
Arquitetura e engenharia Roma AntigaArquitetura e engenharia Roma Antiga
Arquitetura e engenharia Roma Antiga
 

Destaque (11)

Arte Grega
Arte GregaArte Grega
Arte Grega
 
D2 cultura arte_religião
D2 cultura arte_religiãoD2 cultura arte_religião
D2 cultura arte_religião
 
A grécia
A gréciaA grécia
A grécia
 
A Arte romana
A Arte romanaA Arte romana
A Arte romana
 
C3 cristãos e muçulmanos na península
C3 cristãos e muçulmanos na penínsulaC3 cristãos e muçulmanos na península
C3 cristãos e muçulmanos na península
 
Império romano
Império romanoImpério romano
Império romano
 
C2 a sociedade europeia nos séculos ix a xii
C2 a sociedade europeia nos séculos ix a xiiC2 a sociedade europeia nos séculos ix a xii
C2 a sociedade europeia nos séculos ix a xii
 
01 cultura da catedral
01 cultura da catedral01 cultura da catedral
01 cultura da catedral
 
11 a guerra_fria
11 a guerra_fria11 a guerra_fria
11 a guerra_fria
 
9 03 portugal no novo quadro internacional
9 03 portugal no novo quadro internacional9 03 portugal no novo quadro internacional
9 03 portugal no novo quadro internacional
 
Curso de historia da arte
Curso de historia da arteCurso de historia da arte
Curso de historia da arte
 

Semelhante a Arte romana

Semelhante a Arte romana (20)

A arte romana
A arte romanaA arte romana
A arte romana
 
Arte romana , 1º ano Novo Colégio.
Arte romana , 1º ano Novo Colégio.Arte romana , 1º ano Novo Colégio.
Arte romana , 1º ano Novo Colégio.
 
4 arte romana 2020
4 arte romana 20204 arte romana 2020
4 arte romana 2020
 
A arte em roma
A arte em romaA arte em roma
A arte em roma
 
Arte em roma
Arte em romaArte em roma
Arte em roma
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
Arte Grega e Romana.docx
Arte Grega e Romana.docxArte Grega e Romana.docx
Arte Grega e Romana.docx
 
arte romana.pdf
arte romana.pdfarte romana.pdf
arte romana.pdf
 
A r t e r o m a
A r t e   r o m aA r t e   r o m a
A r t e r o m a
 
História da arte grega e romana
História da arte grega e romanaHistória da arte grega e romana
História da arte grega e romana
 
Apostila - Grécia e Roma
Apostila - Grécia e RomaApostila - Grécia e Roma
Apostila - Grécia e Roma
 
Arte em roma
Arte em romaArte em roma
Arte em roma
 
A Arte em Roma
A Arte em RomaA Arte em Roma
A Arte em Roma
 
Arte romana
Arte romanaArte romana
Arte romana
 
A Arte Em Roma Laysa
A Arte Em Roma   LaysaA Arte Em Roma   Laysa
A Arte Em Roma Laysa
 
A arte do império romano
A arte do império romanoA arte do império romano
A arte do império romano
 
A arte e o urbanismo romano
A arte e o urbanismo romanoA arte e o urbanismo romano
A arte e o urbanismo romano
 
Antiguidade clássica romanos
Antiguidade clássica   romanosAntiguidade clássica   romanos
Antiguidade clássica romanos
 
Cultura Romana
Cultura RomanaCultura Romana
Cultura Romana
 

Mais de lazaro12r

Solang.lázara.jiosá.marta[1]
Solang.lázara.jiosá.marta[1]Solang.lázara.jiosá.marta[1]
Solang.lázara.jiosá.marta[1]
lazaro12r
 
Peninsula ibericadois mundos em presença
Peninsula ibericadois mundos em presençaPeninsula ibericadois mundos em presença
Peninsula ibericadois mundos em presença
lazaro12r
 
Leonardo%20di%20ser%20 piero%20da%20vinci %20lázaro[1]
Leonardo%20di%20ser%20 piero%20da%20vinci %20lázaro[1]Leonardo%20di%20ser%20 piero%20da%20vinci %20lázaro[1]
Leonardo%20di%20ser%20 piero%20da%20vinci %20lázaro[1]
lazaro12r
 
Educação sexual
Educação sexualEducação sexual
Educação sexual
lazaro12r
 
A bela infanta
A bela infantaA bela infanta
A bela infanta
lazaro12r
 

Mais de lazaro12r (6)

Solang.lázara.jiosá.marta[1]
Solang.lázara.jiosá.marta[1]Solang.lázara.jiosá.marta[1]
Solang.lázara.jiosá.marta[1]
 
Peninsula ibericadois mundos em presença
Peninsula ibericadois mundos em presençaPeninsula ibericadois mundos em presença
Peninsula ibericadois mundos em presença
 
Leonardo%20di%20ser%20 piero%20da%20vinci %20lázaro[1]
Leonardo%20di%20ser%20 piero%20da%20vinci %20lázaro[1]Leonardo%20di%20ser%20 piero%20da%20vinci %20lázaro[1]
Leonardo%20di%20ser%20 piero%20da%20vinci %20lázaro[1]
 
Vulcao
VulcaoVulcao
Vulcao
 
Educação sexual
Educação sexualEducação sexual
Educação sexual
 
A bela infanta
A bela infantaA bela infanta
A bela infanta
 

Último

Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
LeandroLima265595
 

Último (20)

MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de PlatãoQuestões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundario
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxProva nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
 

Arte romana

  • 1. A arte romana Trabalho realizado por: Celso Ferreira , nº9, 7ºD Lazaro Raposo nº15 7ºD No âmbito da disciplina de História
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10. A PINTURA A pintura romana é de origem grega latina. Esta tinha uma variedade de temas como cenas domésticas, retratos, animais e cenas da vida quotidiana. A maior inovação da pintura romana, comparada com a grega, foi o desenvolvimento das paisagens, incorporando técnicas de perspectiva e profundidade. Outro género muito explorado foi o das pinturas triunfais onde se descreviam entradas triunfais após vitórias militares, representando episódios das batalhas e das cidades e regiões conquistadas.
  • 11. A ESCULTURA Apesar de serem grandes admiradores da arte grega, os romanos desenvolveram um estilo próprio. O rosto era a parte mais importante das peças sendo desenvolvidas ao máximo as tendências realistas. O retrato baseava-se em grande parte no culto dos antepassados reproduzindo o rosto do falecido num material perdurável. Os romanos primavam pelo realismo fazendo representações fieis das pessoas e não pelo idealismo de beleza humana como os gregos. Retratavam os imperadores e homens da sociedade. Busto do imperador Hadrianus. Octávio Augusto, influência grega
  • 12. EXEMPLOS DE ARTE ROMANA EM PORTUGAL Templo de Egitânia Termas de Conímbriga Templo de Évora
  • 13.
  • 14. Fim