SlideShare uma empresa Scribd logo

Geografia do Estado de Minas Gerais

Texto Informativo

1 de 10
Baixar para ler offline
Minas Gerais
Bandeira Brasão Mapa
Hino Capital
Belo Horizonte
Área Total
588.528,29 km²
Sigla
MG
Região
Sudeste
População
20.595.499 hab (2006)
É o segundo estado mais populoso do Brasil. Somente a capital, Belo Horizonte, possui em torno de cinco
milhões de habitantes em sua região metropolitana. Situa-se na região sudeste e tem como limites São Paulo
a sul e sudoeste, Mato Grosso do Sul a oeste, Goiás a noroeste (além de uma pequena divisa com o Distrito
Federal), Espírito Santo a leste , Rio de Janeiro a sudeste e Bahia a norte e nordeste.
Minas Gerais é o terceiro estado mais rico do país, ficando atrás de São Paulo e Rio de Janeiro. Na
economia, pode ser citada a agricultura, com a produção de café, cana-de-açúcar, soja, milho, abacaxi,
feijão e banana; e a pecuária, com a bovinocultura de corte, suinocultura, avicultura e a produção de leite. O
estado possui o terceiro maior parque industrial do país e tem como destaques a indústria de mineração,
metalúrgica, automobilística, alimentícia, têxtil, construção civil, produtos químicos e minerais não
metálicos.
Informações sobre a Geografia de Minas Gerais:
Localização Geográfica: região Sudeste do Brasil
Limites geográficos: São Paulo (sudoeste e sul); Rio de Janeiro (sudeste); Espírito Santo (leste); Bahia
(nordeste e norte); Goiás e Distrito Federal (noroeste); Mato Grosso do Sul (oeste).
Área: 588.528,29 km²
Fronteiras com os seguintes estados: São Paulo; Rio de Janeiro; Espírito Santo; Bahia; Goiás; Distrito
Federal; Mato Grosso do Sul.
Ponto mais alto: Pico da Bandeira (2.891 metros)
Cidades mais populosas: Belo Horizonte, Uberlândia, Contagem, Juiz de Fora e Betim.
Relevo
As características do relevo de Minas Gerais fazem com que o Estado apresente a altitude mais elevada do
país. A superfície do Estado é composta por relevo, com altitudes que oscilam entre 900 e 1500 metros,
além disso, é possível identificar cinco unidades de relevo.
Planalto cristalino – Apresenta altitudes médias de 800 metros nos planaltos e nas proximidades da zona da
mata essa diminui. Ocorrem também depressões que dão origem aos vales do rio Jequitinhonha e Doce.
Serra do Espinhaço – Apresenta uma altitude média de 1.300 metros.
Depressão do Rio Francisco – Ocorre na parte Oeste de Minas, na direção norte-sul, com altitude média de
500 metros.
Planalto do São Francisco – Constitui um espaço composto por chapadões com relevo acidentado dividido
por vales, apresenta altitude média de 1.000 metros.
Planalto do Paraná – Possui altitude média de 600 metros com a presença de diversos rios como o Prata,
Tijuco e o Araguari.
Clima
No Território mineiro o clima que predomina é o tropical de altitude, além de apresentar o tropical. O
primeiro ocorre nas áreas de relevo mais elevadas nas quais desenvolvem temperaturas que variam entre 17
a 20ºC, com índices pluviométricos que superam os 1.300 mm anuais. O clima tropical se apresenta nas
áreas mais baixas, a temperatura nessa região oscila entre 22 e 23ºC com duas estações bem definidas, com
verões chuvosos e invernos secos. As chuvas no norte do estado variam de 700 a 900 mm e no sul 1.300 a
1.400 mm.
Vegetação
Quanto à cobertura vegetal, em sua fase original ou nativa, era composta pelo domínio do Cerrado, Mata
Atlântica, Campos Rupestres e Mata Seca.
No passado, o Cerrado abrangia quase 50% do território estadual, especialmente na parte central, oeste,
noroeste e norte.
A Mata Atlântica ocorre no sul, sudeste, central e leste, hoje praticamente não existem áreas preservadas
com esse tipo de vegetação.
Hidrografia
A rede hidrográfica do Estado de Minas Gerais é constituída basicamente pela bacia do São Francisco e do
Paraná, além de outras secundárias que se dirigem em direção ao Oceano Atlântico.
A bacia do São Francisco possui como principais afluentes os rios Carinhanha, Urucuia e Paracatu (margem
esquerda) e Paraopeba, Velhas e Verdes Grandes.
A bacia do Paraná é constituída pelos rios Grande, Paranaíba, além de outros afluentes.
Principais rios: rio das Velhas, Doce, Grande, Mucuri e Jequitinhonha.
 Geografia do Estado de Minas Gerais
Legenda: 1º cerrado e Campo cor amarelo e a maior parte do mapa – 2º Campo Rupestre de
Altitude menor parte do mapa cor rosa – Floresta Atlânticas ou Mata Atlânticas cor verde parte próxima RJ
e ES. – Caatinga cor amarelo claro parte que faz divisa com a Bahia.
 Geografia do Estado de Minas Gerais
Anúncio

Recomendados

Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdfIi atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdfAndré Moraes
 
Avaliação de história do 5º ano
Avaliação de história do 5º anoAvaliação de história do 5º ano
Avaliação de história do 5º anoLeo Rodrigues
 
Atividades de matemática para o 5º ano
Atividades de matemática  para o 5º ano Atividades de matemática  para o 5º ano
Atividades de matemática para o 5º ano Mary Alvarenga
 
Prova de HISTÓRIA
Prova de HISTÓRIAProva de HISTÓRIA
Prova de HISTÓRIAKatia Lopes
 
As paisagens e seus elementos
As paisagens e seus elementosAs paisagens e seus elementos
As paisagens e seus elementosRose Tavares
 
III Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdfAndré Moraes
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2. Atividade sobre Gráficos e Tabelas.pdf
2. Atividade sobre Gráficos e Tabelas.pdf2. Atividade sobre Gráficos e Tabelas.pdf
2. Atividade sobre Gráficos e Tabelas.pdfJoshileyCoelhoGuindo
 
Geografia 2013 3ºe 4º bim (4º ano)
Geografia 2013   3ºe 4º bim (4º ano)Geografia 2013   3ºe 4º bim (4º ano)
Geografia 2013 3ºe 4º bim (4º ano)smece4e5
 
Atividade avaliativa de ciências do 2 ano a e b
Atividade avaliativa de ciências do 2 ano a e bAtividade avaliativa de ciências do 2 ano a e b
Atividade avaliativa de ciências do 2 ano a e bAndré Moraes
 
Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal Mary Alvarenga
 
Avaliando português 4º ano textos e interpretações
Avaliando português  4º ano textos e interpretaçõesAvaliando português  4º ano textos e interpretações
Avaliando português 4º ano textos e interpretaçõesNisio Jose pereira
 
ATIVIDADES QUINTO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
ATIVIDADES QUINTO ANO DO ENSINO FUNDAMENTALATIVIDADES QUINTO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
ATIVIDADES QUINTO ANO DO ENSINO FUNDAMENTALSuelen Dos Santos
 
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdfAndré Moraes
 
Português Simulado 4-ano-segundo-semestre
Português Simulado 4-ano-segundo-semestrePortuguês Simulado 4-ano-segundo-semestre
Português Simulado 4-ano-segundo-semestreVivian Harrizvivian
 
2º ano avaliação diagnóstica matemática
2º ano  avaliação diagnóstica matemática2º ano  avaliação diagnóstica matemática
2º ano avaliação diagnóstica matemáticaCida Carvalho
 
2º ano profissoes
2º ano profissoes2º ano profissoes
2º ano profissoesAna Ferreira
 
SIMULADO 4º ANO FUNDAMENTAL
SIMULADO 4º ANO FUNDAMENTALSIMULADO 4º ANO FUNDAMENTAL
SIMULADO 4º ANO FUNDAMENTALCristina Brandão
 

Mais procurados (20)

2. Atividade sobre Gráficos e Tabelas.pdf
2. Atividade sobre Gráficos e Tabelas.pdf2. Atividade sobre Gráficos e Tabelas.pdf
2. Atividade sobre Gráficos e Tabelas.pdf
 
Geografia 2013 3ºe 4º bim (4º ano)
Geografia 2013   3ºe 4º bim (4º ano)Geografia 2013   3ºe 4º bim (4º ano)
Geografia 2013 3ºe 4º bim (4º ano)
 
Atividade avaliativa de ciências do 2 ano a e b
Atividade avaliativa de ciências do 2 ano a e bAtividade avaliativa de ciências do 2 ano a e b
Atividade avaliativa de ciências do 2 ano a e b
 
Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal
 
Avaliando português 4º ano textos e interpretações
Avaliando português  4º ano textos e interpretaçõesAvaliando português  4º ano textos e interpretações
Avaliando português 4º ano textos e interpretações
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL  AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
 
Avaliação bimestral de historia
Avaliação bimestral de historiaAvaliação bimestral de historia
Avaliação bimestral de historia
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO - 1º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO - 1º BIMESTREAVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO - 1º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO - 1º BIMESTRE
 
Atividades com pontos cardeais
Atividades com pontos cardeaisAtividades com pontos cardeais
Atividades com pontos cardeais
 
Atividades avaliativas para o 2º ano
Atividades avaliativas para o 2º anoAtividades avaliativas para o 2º ano
Atividades avaliativas para o 2º ano
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2º BIMEST...AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2º BIMEST...
 
ATIVIDADES QUINTO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
ATIVIDADES QUINTO ANO DO ENSINO FUNDAMENTALATIVIDADES QUINTO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
ATIVIDADES QUINTO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
 
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
 
Planeta Terra
Planeta Terra Planeta Terra
Planeta Terra
 
Português Simulado 4-ano-segundo-semestre
Português Simulado 4-ano-segundo-semestrePortuguês Simulado 4-ano-segundo-semestre
Português Simulado 4-ano-segundo-semestre
 
Avaliação de recup. historia 4º ano
Avaliação de recup. historia 4º anoAvaliação de recup. historia 4º ano
Avaliação de recup. historia 4º ano
 
2º ano avaliação diagnóstica matemática
2º ano  avaliação diagnóstica matemática2º ano  avaliação diagnóstica matemática
2º ano avaliação diagnóstica matemática
 
2º ano profissoes
2º ano profissoes2º ano profissoes
2º ano profissoes
 
Atividade Avaliativa de Ciências
Atividade Avaliativa de CiênciasAtividade Avaliativa de Ciências
Atividade Avaliativa de Ciências
 
SIMULADO 4º ANO FUNDAMENTAL
SIMULADO 4º ANO FUNDAMENTALSIMULADO 4º ANO FUNDAMENTAL
SIMULADO 4º ANO FUNDAMENTAL
 

Destaque

Avaliação de história geografia e ciências
Avaliação de história geografia e ciênciasAvaliação de história geografia e ciências
Avaliação de história geografia e ciênciasLiliam Rocha
 
2º estudo de geografia (processos exógenos) 6º ano – 3º trimestre - Outubro...
2º estudo de geografia (processos exógenos)   6º ano – 3º trimestre - Outubro...2º estudo de geografia (processos exógenos)   6º ano – 3º trimestre - Outubro...
2º estudo de geografia (processos exógenos) 6º ano – 3º trimestre - Outubro...Luiza Collet
 
Cap 1 Paisagem Natural E Humanizada 3
Cap 1 Paisagem Natural E Humanizada 3Cap 1 Paisagem Natural E Humanizada 3
Cap 1 Paisagem Natural E Humanizada 3Lilian Larroca
 
Avaliação de geografia do 5º ano
Avaliação de geografia do 5º ano Avaliação de geografia do 5º ano
Avaliação de geografia do 5º ano Leo Rodrigues
 
Prova de ciências
Prova de ciênciasProva de ciências
Prova de ciênciasEducArte2012
 
2ª p.d 2013 (ciências - 5º ano)
2ª p.d   2013 (ciências - 5º ano)2ª p.d   2013 (ciências - 5º ano)
2ª p.d 2013 (ciências - 5º ano)Cidinha Paulo
 
Avaliação de ciências
Avaliação de ciênciasAvaliação de ciências
Avaliação de ciênciasRomildo Da Cruz
 
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da InfânciaCaderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da InfânciaJairo Felipe
 
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdfAtividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdfAndré Moraes
 

Destaque (17)

Geo 4ano
Geo 4anoGeo 4ano
Geo 4ano
 
Avaliação de história geografia e ciências
Avaliação de história geografia e ciênciasAvaliação de história geografia e ciências
Avaliação de história geografia e ciências
 
Atividades dde geografia relevo, clima
Atividades dde geografia relevo, climaAtividades dde geografia relevo, clima
Atividades dde geografia relevo, clima
 
ApresentaçãO Cartografia 2
ApresentaçãO Cartografia 2ApresentaçãO Cartografia 2
ApresentaçãO Cartografia 2
 
2º estudo de geografia (processos exógenos) 6º ano – 3º trimestre - Outubro...
2º estudo de geografia (processos exógenos)   6º ano – 3º trimestre - Outubro...2º estudo de geografia (processos exógenos)   6º ano – 3º trimestre - Outubro...
2º estudo de geografia (processos exógenos) 6º ano – 3º trimestre - Outubro...
 
Cap 1 Paisagem Natural E Humanizada 3
Cap 1 Paisagem Natural E Humanizada 3Cap 1 Paisagem Natural E Humanizada 3
Cap 1 Paisagem Natural E Humanizada 3
 
Avaliação de geografia do 5º ano
Avaliação de geografia do 5º ano Avaliação de geografia do 5º ano
Avaliação de geografia do 5º ano
 
Vt5 teste 1
Vt5  teste 1Vt5  teste 1
Vt5 teste 1
 
Cartografia powerpoint
Cartografia powerpointCartografia powerpoint
Cartografia powerpoint
 
Prova de ciências
Prova de ciênciasProva de ciências
Prova de ciências
 
2ª p.d 2013 (ciências - 5º ano)
2ª p.d   2013 (ciências - 5º ano)2ª p.d   2013 (ciências - 5º ano)
2ª p.d 2013 (ciências - 5º ano)
 
Avaliação bimestral geografia
Avaliação bimestral geografiaAvaliação bimestral geografia
Avaliação bimestral geografia
 
Avaliação de ciências
Avaliação de ciênciasAvaliação de ciências
Avaliação de ciências
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: TRÂNSITO E MEIOS DE TRANSPORTE - 3º ANO DO E.F. 1
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: TRÂNSITO E MEIOS DE TRANSPORTE - 3º ANO DO E.F. 1AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: TRÂNSITO E MEIOS DE TRANSPORTE - 3º ANO DO E.F. 1
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: TRÂNSITO E MEIOS DE TRANSPORTE - 3º ANO DO E.F. 1
 
Atividade avaliativa de história
Atividade avaliativa de históriaAtividade avaliativa de história
Atividade avaliativa de história
 
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da InfânciaCaderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
 
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdfAtividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
 

Semelhante a Geografia do Estado de Minas Gerais

Geografia bnb2014 luciano_teixeira_
Geografia bnb2014 luciano_teixeira_Geografia bnb2014 luciano_teixeira_
Geografia bnb2014 luciano_teixeira_Eliene Meira
 
Regiao norte Brasil nivel 3 curso portugues
Regiao norte Brasil nivel 3 curso portuguesRegiao norte Brasil nivel 3 curso portugues
Regiao norte Brasil nivel 3 curso portuguestibisaycotua
 
ApresentaçãO Hg 7
ApresentaçãO Hg 7ApresentaçãO Hg 7
ApresentaçãO Hg 7veroleal
 
Geografia do brasil o espaço brasileiro
Geografia do brasil o espaço brasileiroGeografia do brasil o espaço brasileiro
Geografia do brasil o espaço brasileiroelrey1000
 
Domínios cerrado
Domínios cerradoDomínios cerrado
Domínios cerradokarolpoa
 
Mato grosso do sul em geografia
Mato grosso do sul em geografiaMato grosso do sul em geografia
Mato grosso do sul em geografiaUFMS
 
Aspectos fisicos
Aspectos fisicosAspectos fisicos
Aspectos fisicosidesp
 
2 complexo regional-centro-sul
2 complexo regional-centro-sul2 complexo regional-centro-sul
2 complexo regional-centro-sulLucas Cechinel
 

Semelhante a Geografia do Estado de Minas Gerais (20)

Centro oeste
Centro oesteCentro oeste
Centro oeste
 
Geografia bnb2014 luciano_teixeira_
Geografia bnb2014 luciano_teixeira_Geografia bnb2014 luciano_teixeira_
Geografia bnb2014 luciano_teixeira_
 
Geografia bnb
Geografia bnbGeografia bnb
Geografia bnb
 
MINAS GERAIS.pdf
MINAS GERAIS.pdfMINAS GERAIS.pdf
MINAS GERAIS.pdf
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Mato grosso do sul
Mato grosso do sulMato grosso do sul
Mato grosso do sul
 
Concurso da PM - Geografia da Paraíba
Concurso da PM - Geografia da ParaíbaConcurso da PM - Geografia da Paraíba
Concurso da PM - Geografia da Paraíba
 
Regiao norte Brasil nivel 3 curso portugues
Regiao norte Brasil nivel 3 curso portuguesRegiao norte Brasil nivel 3 curso portugues
Regiao norte Brasil nivel 3 curso portugues
 
Geografia01
Geografia01Geografia01
Geografia01
 
REGIAO_NORDESTE.ppt
REGIAO_NORDESTE.pptREGIAO_NORDESTE.ppt
REGIAO_NORDESTE.ppt
 
Região Nordeste
Região Nordeste Região Nordeste
Região Nordeste
 
ApresentaçãO Hg 7
ApresentaçãO Hg 7ApresentaçãO Hg 7
ApresentaçãO Hg 7
 
Geografia do brasil o espaço brasileiro
Geografia do brasil o espaço brasileiroGeografia do brasil o espaço brasileiro
Geografia do brasil o espaço brasileiro
 
Domínios cerrado
Domínios cerradoDomínios cerrado
Domínios cerrado
 
Mato grosso do sul
Mato grosso do sul Mato grosso do sul
Mato grosso do sul
 
Mato grosso do sul em geografia
Mato grosso do sul em geografiaMato grosso do sul em geografia
Mato grosso do sul em geografia
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
 
Aspectos fisicos
Aspectos fisicosAspectos fisicos
Aspectos fisicos
 
Trabalho de geografia
Trabalho de  geografiaTrabalho de  geografia
Trabalho de geografia
 
2 complexo regional-centro-sul
2 complexo regional-centro-sul2 complexo regional-centro-sul
2 complexo regional-centro-sul
 

Mais de Lara Luisa

Consciência Negra 2019
Consciência Negra 2019Consciência Negra 2019
Consciência Negra 2019Lara Luisa
 
Consciência Negra 2019 - Verdadeira História dos Negros/as
Consciência Negra 2019 - Verdadeira História dos Negros/asConsciência Negra 2019 - Verdadeira História dos Negros/as
Consciência Negra 2019 - Verdadeira História dos Negros/asLara Luisa
 
Diversidade Religiosa Brasileira
Diversidade Religiosa BrasileiraDiversidade Religiosa Brasileira
Diversidade Religiosa BrasileiraLara Luisa
 
Comunidade Quilombola Amaros
Comunidade Quilombola AmarosComunidade Quilombola Amaros
Comunidade Quilombola AmarosLara Luisa
 
Relações Étnico Raciais Patos de Minas 2003-2008
Relações Étnico Raciais Patos de Minas 2003-2008Relações Étnico Raciais Patos de Minas 2003-2008
Relações Étnico Raciais Patos de Minas 2003-2008Lara Luisa
 
Paracatu... Igualdade Racial
Paracatu... Igualdade RacialParacatu... Igualdade Racial
Paracatu... Igualdade RacialLara Luisa
 
Contribuintes antigos - Revendo a caderneta e os fiados
Contribuintes antigos - Revendo a caderneta e os fiadosContribuintes antigos - Revendo a caderneta e os fiados
Contribuintes antigos - Revendo a caderneta e os fiadosLara Luisa
 
I Estágio de Vivência Quilombola UFU e SER negro em Paracatu
I Estágio de Vivência Quilombola  UFU e SER negro em ParacatuI Estágio de Vivência Quilombola  UFU e SER negro em Paracatu
I Estágio de Vivência Quilombola UFU e SER negro em ParacatuLara Luisa
 
Projeto Inclusão Digital
Projeto Inclusão DigitalProjeto Inclusão Digital
Projeto Inclusão DigitalLara Luisa
 
Reinventando Ensino Médio em Minas Gerais " Dilemas"
Reinventando Ensino Médio em Minas Gerais " Dilemas"Reinventando Ensino Médio em Minas Gerais " Dilemas"
Reinventando Ensino Médio em Minas Gerais " Dilemas"Lara Luisa
 
Calendários 2017 Anos Iniciais
Calendários  2017 Anos IniciaisCalendários  2017 Anos Iniciais
Calendários 2017 Anos IniciaisLara Luisa
 
Conselho de classe Legal
Conselho de classe LegalConselho de classe Legal
Conselho de classe LegalLara Luisa
 
Compreendendo a Resolução 2197/2012 SEE/MG
Compreendendo a Resolução 2197/2012 SEE/MGCompreendendo a Resolução 2197/2012 SEE/MG
Compreendendo a Resolução 2197/2012 SEE/MGLara Luisa
 
Virada Educação 2 Sugestão
Virada Educação 2  SugestãoVirada Educação 2  Sugestão
Virada Educação 2 SugestãoLara Luisa
 
CBCs. Editado Eixos Português 5º ano
 CBCs. Editado Eixos Português 5º ano  CBCs. Editado Eixos Português 5º ano
CBCs. Editado Eixos Português 5º ano Lara Luisa
 
CBCs Editado -Eixos Português 4º ano
CBCs Editado -Eixos Português 4º anoCBCs Editado -Eixos Português 4º ano
CBCs Editado -Eixos Português 4º anoLara Luisa
 
Editado CBCs- Eixos Português 3º ano
 Editado CBCs- Eixos Português 3º ano Editado CBCs- Eixos Português 3º ano
Editado CBCs- Eixos Português 3º anoLara Luisa
 
Editado CBCs - Eixos Português 2º ano
 Editado CBCs - Eixos Português 2º ano Editado CBCs - Eixos Português 2º ano
Editado CBCs - Eixos Português 2º anoLara Luisa
 
Editado CBCs- Eixos Português 1 ano
 Editado CBCs- Eixos Português 1 ano Editado CBCs- Eixos Português 1 ano
Editado CBCs- Eixos Português 1 anoLara Luisa
 

Mais de Lara Luisa (20)

Consciência Negra 2019
Consciência Negra 2019Consciência Negra 2019
Consciência Negra 2019
 
Consciência Negra 2019 - Verdadeira História dos Negros/as
Consciência Negra 2019 - Verdadeira História dos Negros/asConsciência Negra 2019 - Verdadeira História dos Negros/as
Consciência Negra 2019 - Verdadeira História dos Negros/as
 
Diversidade Religiosa Brasileira
Diversidade Religiosa BrasileiraDiversidade Religiosa Brasileira
Diversidade Religiosa Brasileira
 
Comunidade Quilombola Amaros
Comunidade Quilombola AmarosComunidade Quilombola Amaros
Comunidade Quilombola Amaros
 
Relações Étnico Raciais Patos de Minas 2003-2008
Relações Étnico Raciais Patos de Minas 2003-2008Relações Étnico Raciais Patos de Minas 2003-2008
Relações Étnico Raciais Patos de Minas 2003-2008
 
Paracatu... Igualdade Racial
Paracatu... Igualdade RacialParacatu... Igualdade Racial
Paracatu... Igualdade Racial
 
Contribuintes antigos - Revendo a caderneta e os fiados
Contribuintes antigos - Revendo a caderneta e os fiadosContribuintes antigos - Revendo a caderneta e os fiados
Contribuintes antigos - Revendo a caderneta e os fiados
 
I Estágio de Vivência Quilombola UFU e SER negro em Paracatu
I Estágio de Vivência Quilombola  UFU e SER negro em ParacatuI Estágio de Vivência Quilombola  UFU e SER negro em Paracatu
I Estágio de Vivência Quilombola UFU e SER negro em Paracatu
 
Projeto Inclusão Digital
Projeto Inclusão DigitalProjeto Inclusão Digital
Projeto Inclusão Digital
 
Reinventando Ensino Médio em Minas Gerais " Dilemas"
Reinventando Ensino Médio em Minas Gerais " Dilemas"Reinventando Ensino Médio em Minas Gerais " Dilemas"
Reinventando Ensino Médio em Minas Gerais " Dilemas"
 
Calendários 2017 Anos Iniciais
Calendários  2017 Anos IniciaisCalendários  2017 Anos Iniciais
Calendários 2017 Anos Iniciais
 
Francis Bacon
Francis BaconFrancis Bacon
Francis Bacon
 
Conselho de classe Legal
Conselho de classe LegalConselho de classe Legal
Conselho de classe Legal
 
Compreendendo a Resolução 2197/2012 SEE/MG
Compreendendo a Resolução 2197/2012 SEE/MGCompreendendo a Resolução 2197/2012 SEE/MG
Compreendendo a Resolução 2197/2012 SEE/MG
 
Virada Educação 2 Sugestão
Virada Educação 2  SugestãoVirada Educação 2  Sugestão
Virada Educação 2 Sugestão
 
CBCs. Editado Eixos Português 5º ano
 CBCs. Editado Eixos Português 5º ano  CBCs. Editado Eixos Português 5º ano
CBCs. Editado Eixos Português 5º ano
 
CBCs Editado -Eixos Português 4º ano
CBCs Editado -Eixos Português 4º anoCBCs Editado -Eixos Português 4º ano
CBCs Editado -Eixos Português 4º ano
 
Editado CBCs- Eixos Português 3º ano
 Editado CBCs- Eixos Português 3º ano Editado CBCs- Eixos Português 3º ano
Editado CBCs- Eixos Português 3º ano
 
Editado CBCs - Eixos Português 2º ano
 Editado CBCs - Eixos Português 2º ano Editado CBCs - Eixos Português 2º ano
Editado CBCs - Eixos Português 2º ano
 
Editado CBCs- Eixos Português 1 ano
 Editado CBCs- Eixos Português 1 ano Editado CBCs- Eixos Português 1 ano
Editado CBCs- Eixos Português 1 ano
 

Último

Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...manoelaarmani
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...excellenceeducaciona
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...manoelaarmani
 

Último (20)

Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
 

Geografia do Estado de Minas Gerais

  • 1. Minas Gerais Bandeira Brasão Mapa Hino Capital Belo Horizonte Área Total 588.528,29 km² Sigla MG Região Sudeste População 20.595.499 hab (2006) É o segundo estado mais populoso do Brasil. Somente a capital, Belo Horizonte, possui em torno de cinco milhões de habitantes em sua região metropolitana. Situa-se na região sudeste e tem como limites São Paulo a sul e sudoeste, Mato Grosso do Sul a oeste, Goiás a noroeste (além de uma pequena divisa com o Distrito Federal), Espírito Santo a leste , Rio de Janeiro a sudeste e Bahia a norte e nordeste. Minas Gerais é o terceiro estado mais rico do país, ficando atrás de São Paulo e Rio de Janeiro. Na economia, pode ser citada a agricultura, com a produção de café, cana-de-açúcar, soja, milho, abacaxi, feijão e banana; e a pecuária, com a bovinocultura de corte, suinocultura, avicultura e a produção de leite. O estado possui o terceiro maior parque industrial do país e tem como destaques a indústria de mineração, metalúrgica, automobilística, alimentícia, têxtil, construção civil, produtos químicos e minerais não metálicos. Informações sobre a Geografia de Minas Gerais: Localização Geográfica: região Sudeste do Brasil Limites geográficos: São Paulo (sudoeste e sul); Rio de Janeiro (sudeste); Espírito Santo (leste); Bahia (nordeste e norte); Goiás e Distrito Federal (noroeste); Mato Grosso do Sul (oeste). Área: 588.528,29 km² Fronteiras com os seguintes estados: São Paulo; Rio de Janeiro; Espírito Santo; Bahia; Goiás; Distrito Federal; Mato Grosso do Sul. Ponto mais alto: Pico da Bandeira (2.891 metros) Cidades mais populosas: Belo Horizonte, Uberlândia, Contagem, Juiz de Fora e Betim.
  • 2. Relevo As características do relevo de Minas Gerais fazem com que o Estado apresente a altitude mais elevada do país. A superfície do Estado é composta por relevo, com altitudes que oscilam entre 900 e 1500 metros, além disso, é possível identificar cinco unidades de relevo. Planalto cristalino – Apresenta altitudes médias de 800 metros nos planaltos e nas proximidades da zona da mata essa diminui. Ocorrem também depressões que dão origem aos vales do rio Jequitinhonha e Doce. Serra do Espinhaço – Apresenta uma altitude média de 1.300 metros. Depressão do Rio Francisco – Ocorre na parte Oeste de Minas, na direção norte-sul, com altitude média de 500 metros. Planalto do São Francisco – Constitui um espaço composto por chapadões com relevo acidentado dividido por vales, apresenta altitude média de 1.000 metros. Planalto do Paraná – Possui altitude média de 600 metros com a presença de diversos rios como o Prata, Tijuco e o Araguari. Clima No Território mineiro o clima que predomina é o tropical de altitude, além de apresentar o tropical. O primeiro ocorre nas áreas de relevo mais elevadas nas quais desenvolvem temperaturas que variam entre 17 a 20ºC, com índices pluviométricos que superam os 1.300 mm anuais. O clima tropical se apresenta nas áreas mais baixas, a temperatura nessa região oscila entre 22 e 23ºC com duas estações bem definidas, com verões chuvosos e invernos secos. As chuvas no norte do estado variam de 700 a 900 mm e no sul 1.300 a 1.400 mm. Vegetação Quanto à cobertura vegetal, em sua fase original ou nativa, era composta pelo domínio do Cerrado, Mata Atlântica, Campos Rupestres e Mata Seca. No passado, o Cerrado abrangia quase 50% do território estadual, especialmente na parte central, oeste, noroeste e norte. A Mata Atlântica ocorre no sul, sudeste, central e leste, hoje praticamente não existem áreas preservadas com esse tipo de vegetação.
  • 3. Hidrografia A rede hidrográfica do Estado de Minas Gerais é constituída basicamente pela bacia do São Francisco e do Paraná, além de outras secundárias que se dirigem em direção ao Oceano Atlântico. A bacia do São Francisco possui como principais afluentes os rios Carinhanha, Urucuia e Paracatu (margem esquerda) e Paraopeba, Velhas e Verdes Grandes. A bacia do Paraná é constituída pelos rios Grande, Paranaíba, além de outros afluentes. Principais rios: rio das Velhas, Doce, Grande, Mucuri e Jequitinhonha.
  • 5. Legenda: 1º cerrado e Campo cor amarelo e a maior parte do mapa – 2º Campo Rupestre de Altitude menor parte do mapa cor rosa – Floresta Atlânticas ou Mata Atlânticas cor verde parte próxima RJ e ES. – Caatinga cor amarelo claro parte que faz divisa com a Bahia.
  • 7. População por Região Hino do Estado de Minas Gerais Oh! Minas Gerais Oh! Minas Gerais Quem te conhece Não esquece jamais Oh! Minas Gerais Tuas Terras que são altaneiras O seu céu é do puro anil És bonita oh terra mineira Esperança do nosso Brasil Tua lua é a mais prateada Que ilumina o nosso torrão És formosa oh terra encantada
  • 8. És orgulho da nossa nação Oh! Minas Gerais Oh! Minas Gerais Quem te conhece Não esquece jamais Oh! Minas Gerais Teus regatos a enfeitam de ouro Os teus rios carreiam diamantes Que faíscam estrelas de aurora Entre matas e penhas gigantes Tuas Montanhas são preitos de ferro Que se erguem da pátria alcantil Nos teus ares suspiram serestas És altar deste imenso Brasil Oh! Minas Gerais Oh! Minas Gerais Quem te conhece Não esqueces jamais Oh! Minas Gerais. História e significado A bandeira do estado de Minas Gerais foi instituída no dia 8 de janeiro de 1963. Ela é baseada na bandeira que seria adotada após a Inconfidência Mineira e a Independência do Brasil. O triângulo simboliza a Santíssima Trindade. Já a expressão "Libertas quae sera tamen" significa em latim "Liberdade antes que tardia". É uma expressão tirada de um verso de Virgílio, grande poeta romana da antiguidade. A cor vermelha do triângulo foi escolhida pela Assembleia Legislativa, pois representa o ideal revolucionário. Vamos Colorir!!!