SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Um pouco de geometria plana
Professor Especialista Vieira
Elaborado Por: Francisco Vieira
Este é um ponto
Juntando vários pontos construo uma reta, semirreta ou segmento
de reta
Juntando segmentos de retas podemos formas
figuras planas como o triângulo acima
Agora veremos alguns
triângulos classificados
quanto ao comprimento de
seus lados ou ângulos
Elaborado Por: Francisco Vieira
Propriedades dos triângulos
• têm três vértices;
• têm três medianas (segmento de reta que vai do
vértice até o ponto médio do lado oposto) que se
interceptam em um único ponto, chamado de centro
do triângulo;
• o lado menor é sempre oposto ao menor ângulo
interior;
• o lado maior é sempre oposto ao maior ângulo
interior;
• a soma dos ângulos internos é 180º;
• a soma dos ângulos externos é 360º.
Elaborado Por: Francisco Vieira
Triângulo retângulo e teorema de
Pitágoras
• Para qualquer triângulo retângulo é
verdadeira a expressão:
• a²=b²+c², onde:
a => é a hipotenusa (lado oposto
ao ângulo reto)
b=>chamadodecateto
c => chamado de cateto
Elaborado Por: Francisco Vieira
O teorema de Pitágoras serve também
para encontrar um dos lados do triângulos
a=
b=
c=
a
5
12
a²=b²+c²
a² = 5² + 12²
a² = 25 144+
a² = 169
a = 𝟏𝟔𝟗
a = 𝟏𝟑
Elaborado Por: Francisco Vieira
Oposto
ao ângulo
alfa
Cateto
adjacente ao
ângulo beta
Elaborado Por: Francisco Vieira
Mas pra que serve tudo isso...
Observe o triângulo abaixo e tente utilizar o
TEOREMA DE PITÁGORAS PARA SOLUCIONAR:
PERCEBA QUE O PROBLEMA INFORMA APENAS
UM LADO DO TRIÂNGULO RETÂNGULO, LOGO
PARA UTILIZAR O TEO. DE PITÁGORAS SERÁ
NECESSÁRIO INFORMAR NO MÍNIMO A MEDIDA
DE DOIS LADOS QUAISQUER.
PARA SOLUCIONAR PROBLEMAS DESSE TIPO
UTILIZAREMOS ALGUNS RECURSOS, A SABER:
SENO, COSSENO E TANGENTE.
Elaborado Por: Francisco Vieira
Elaborado Por: Francisco Vieira
Elaborado Por: Francisco Vieira
Elaborado Por: Francisco Vieira
Elaborado Por: Francisco Vieira
Elaborado Por: Francisco Vieira

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Habilidade h24 revisado_4
Habilidade h24 revisado_4Habilidade h24 revisado_4
Habilidade h24 revisado_4Ludz_Tamboro
 
Triângulos – 8°ano
Triângulos – 8°anoTriângulos – 8°ano
Triângulos – 8°anoManuela Avelar
 
Pontos NotáVeis Do TriâNgulo1
Pontos NotáVeis Do TriâNgulo1Pontos NotáVeis Do TriâNgulo1
Pontos NotáVeis Do TriâNgulo1ISJ
 
Estudo dos angulos de um triangulo
Estudo dos angulos de um trianguloEstudo dos angulos de um triangulo
Estudo dos angulos de um triangulofileba
 
Ângulos 9 ano - teoria
Ângulos 9 ano - teoriaÂngulos 9 ano - teoria
Ângulos 9 ano - teorianumerosnamente
 
Estudo dos triangulos
Estudo dos triangulosEstudo dos triangulos
Estudo dos triangulosESCOLA
 
Ângulos, triângulos e quadriláteros
Ângulos, triângulos e quadriláterosÂngulos, triângulos e quadriláteros
Ângulos, triângulos e quadriláterosAntonio Magno Ferreira
 
Matemática
MatemáticaMatemática
MatemáticasextoD
 
Ângulos e poligonos
Ângulos e poligonosÂngulos e poligonos
Ângulos e poligonosEliane
 
Polígonos: triângulos e quadriláteros 6 ano
Polígonos: triângulos e quadriláteros  6 anoPolígonos: triângulos e quadriláteros  6 ano
Polígonos: triângulos e quadriláteros 6 anoviviane queiroga
 

Mais procurados (20)

Augusto Schwager - SENAI
Augusto Schwager - SENAIAugusto Schwager - SENAI
Augusto Schwager - SENAI
 
Habilidade h24 revisado_4
Habilidade h24 revisado_4Habilidade h24 revisado_4
Habilidade h24 revisado_4
 
Triângulos – 8°ano
Triângulos – 8°anoTriângulos – 8°ano
Triângulos – 8°ano
 
Pontos NotáVeis Do TriâNgulo1
Pontos NotáVeis Do TriâNgulo1Pontos NotáVeis Do TriâNgulo1
Pontos NotáVeis Do TriâNgulo1
 
Estudo dos angulos de um triangulo
Estudo dos angulos de um trianguloEstudo dos angulos de um triangulo
Estudo dos angulos de um triangulo
 
Grupo 3
Grupo 3Grupo 3
Grupo 3
 
Grupo 5
Grupo 5Grupo 5
Grupo 5
 
Ângulos 9 ano - teoria
Ângulos 9 ano - teoriaÂngulos 9 ano - teoria
Ângulos 9 ano - teoria
 
Teorema no triângulo
Teorema no triânguloTeorema no triângulo
Teorema no triângulo
 
Estudo dos triangulos
Estudo dos triangulosEstudo dos triangulos
Estudo dos triangulos
 
Triângulos
TriângulosTriângulos
Triângulos
 
Ângulos, triângulos e quadriláteros
Ângulos, triângulos e quadriláterosÂngulos, triângulos e quadriláteros
Ângulos, triângulos e quadriláteros
 
Teorema no triângulo
Teorema no triânguloTeorema no triângulo
Teorema no triângulo
 
Triangulos
TriangulosTriangulos
Triangulos
 
Matemática
MatemáticaMatemática
Matemática
 
Triangulos
TriangulosTriangulos
Triangulos
 
Ângulos e poligonos
Ângulos e poligonosÂngulos e poligonos
Ângulos e poligonos
 
3 Preparação Geometria
3 Preparação Geometria3 Preparação Geometria
3 Preparação Geometria
 
Polígonos: triângulos e quadriláteros 6 ano
Polígonos: triângulos e quadriláteros  6 anoPolígonos: triângulos e quadriláteros  6 ano
Polígonos: triângulos e quadriláteros 6 ano
 
Os notáveis de um triângulo
Os notáveis de um triânguloOs notáveis de um triângulo
Os notáveis de um triângulo
 

Semelhante a Teorema de Pitágoras e relaçoes trigonométricas

Micro aula Trigonometria no triangulo retângulo.ppt
Micro aula Trigonometria no triangulo retângulo.pptMicro aula Trigonometria no triangulo retângulo.ppt
Micro aula Trigonometria no triangulo retângulo.pptSandraMariaFernandes3
 
Classificação de polígonos
Classificação de polígonosClassificação de polígonos
Classificação de polígonosJanilson Loterio
 
Geometria plana ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreas
Geometria plana   ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreasGeometria plana   ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreas
Geometria plana ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreasCamila Rodrigues
 
TriâNgulo RetâNgulo
TriâNgulo RetâNguloTriâNgulo RetâNgulo
TriâNgulo RetâNguloguest4b9715
 
QuadriláTero Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso 29062009
QuadriláTero Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso 29062009QuadriláTero Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso 29062009
QuadriláTero Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso 29062009Antonio Carneiro
 
Cinara de azevedo trigonometria
Cinara de azevedo trigonometriaCinara de azevedo trigonometria
Cinara de azevedo trigonometriacinaraapertille
 
Cone piramidec
Cone piramidecCone piramidec
Cone piramidecanflober
 
GEOMETRIA PLANA SENAI PLAY AULA 11-25 [Salvo automaticamente].pptx
GEOMETRIA PLANA SENAI PLAY AULA 11-25 [Salvo automaticamente].pptxGEOMETRIA PLANA SENAI PLAY AULA 11-25 [Salvo automaticamente].pptx
GEOMETRIA PLANA SENAI PLAY AULA 11-25 [Salvo automaticamente].pptxDiogoFreire29
 

Semelhante a Teorema de Pitágoras e relaçoes trigonométricas (20)

Micro aula Trigonometria no triangulo retângulo.ppt
Micro aula Trigonometria no triangulo retângulo.pptMicro aula Trigonometria no triangulo retângulo.ppt
Micro aula Trigonometria no triangulo retângulo.ppt
 
Geometria
GeometriaGeometria
Geometria
 
Geometria
GeometriaGeometria
Geometria
 
Lista p8-3-bimestre
Lista p8-3-bimestreLista p8-3-bimestre
Lista p8-3-bimestre
 
Classificação de polígonos
Classificação de polígonosClassificação de polígonos
Classificação de polígonos
 
Poligonos 6 ano
Poligonos 6 anoPoligonos 6 ano
Poligonos 6 ano
 
Apresentação (m).pptx
Apresentação (m).pptxApresentação (m).pptx
Apresentação (m).pptx
 
Geometria plana ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreas
Geometria plana   ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreasGeometria plana   ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreas
Geometria plana ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreas
 
TriâNgulo RetâNgulo
TriâNgulo RetâNguloTriâNgulo RetâNgulo
TriâNgulo RetâNgulo
 
Revisao geom plana pi
Revisao geom plana piRevisao geom plana pi
Revisao geom plana pi
 
QuadriláTero Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso 29062009
QuadriláTero Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso 29062009QuadriláTero Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso 29062009
QuadriláTero Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso 29062009
 
Paralelogramo quadrilat
Paralelogramo quadrilatParalelogramo quadrilat
Paralelogramo quadrilat
 
Cinara de azevedo trigonometria
Cinara de azevedo trigonometriaCinara de azevedo trigonometria
Cinara de azevedo trigonometria
 
Triangulos
TriangulosTriangulos
Triangulos
 
Triangulos
TriangulosTriangulos
Triangulos
 
Cone piramidec
Cone piramidecCone piramidec
Cone piramidec
 
triângulos
triângulostriângulos
triângulos
 
Triangulos
TriangulosTriangulos
Triangulos
 
GEOMETRIA PLANA SENAI PLAY AULA 11-25 [Salvo automaticamente].pptx
GEOMETRIA PLANA SENAI PLAY AULA 11-25 [Salvo automaticamente].pptxGEOMETRIA PLANA SENAI PLAY AULA 11-25 [Salvo automaticamente].pptx
GEOMETRIA PLANA SENAI PLAY AULA 11-25 [Salvo automaticamente].pptx
 
Geométria ângulos e polígonos
Geométria  ângulos e polígonosGeométria  ângulos e polígonos
Geométria ângulos e polígonos
 

Mais de Vyeyra Santos

ATIVIDADE CONJUNTOS NUMÉRICOS
ATIVIDADE CONJUNTOS NUMÉRICOS ATIVIDADE CONJUNTOS NUMÉRICOS
ATIVIDADE CONJUNTOS NUMÉRICOS Vyeyra Santos
 
AVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOS
AVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOSAVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOS
AVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOSVyeyra Santos
 
TEORIA DOS CONJUNTOS 1º ANO ENS MEDIO (UNIÃO, INTERSECÇÃO, ESTÁ CONTIDO)
TEORIA DOS CONJUNTOS 1º ANO ENS MEDIO (UNIÃO, INTERSECÇÃO, ESTÁ CONTIDO)TEORIA DOS CONJUNTOS 1º ANO ENS MEDIO (UNIÃO, INTERSECÇÃO, ESTÁ CONTIDO)
TEORIA DOS CONJUNTOS 1º ANO ENS MEDIO (UNIÃO, INTERSECÇÃO, ESTÁ CONTIDO)Vyeyra Santos
 
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIASAVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIASVyeyra Santos
 
AVALIAÇÃO 6º ANO ANGULOS E RETAS
AVALIAÇÃO 6º ANO ANGULOS E RETASAVALIAÇÃO 6º ANO ANGULOS E RETAS
AVALIAÇÃO 6º ANO ANGULOS E RETASVyeyra Santos
 
Relatório de Estágio Supervisionado IV em Matemática
Relatório de Estágio Supervisionado IV em Matemática Relatório de Estágio Supervisionado IV em Matemática
Relatório de Estágio Supervisionado IV em Matemática Vyeyra Santos
 
QUEM ERA REALMENTE JESUS CRISTO
QUEM ERA REALMENTE JESUS CRISTOQUEM ERA REALMENTE JESUS CRISTO
QUEM ERA REALMENTE JESUS CRISTOVyeyra Santos
 
Baixando e instalando o notepad ++
Baixando e instalando o notepad ++Baixando e instalando o notepad ++
Baixando e instalando o notepad ++Vyeyra Santos
 
Lucely uchoa o ceu vai se abrir
Lucely uchoa o ceu vai se abrirLucely uchoa o ceu vai se abrir
Lucely uchoa o ceu vai se abrirVyeyra Santos
 
Lucely Uchôa - O céu vai se abrir
Lucely Uchôa - O céu vai se abrirLucely Uchôa - O céu vai se abrir
Lucely Uchôa - O céu vai se abrirVyeyra Santos
 
Os desafios de ensinar matemática nos dias de hoje
Os desafios de ensinar matemática nos dias de hojeOs desafios de ensinar matemática nos dias de hoje
Os desafios de ensinar matemática nos dias de hojeVyeyra Santos
 

Mais de Vyeyra Santos (11)

ATIVIDADE CONJUNTOS NUMÉRICOS
ATIVIDADE CONJUNTOS NUMÉRICOS ATIVIDADE CONJUNTOS NUMÉRICOS
ATIVIDADE CONJUNTOS NUMÉRICOS
 
AVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOS
AVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOSAVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOS
AVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOS
 
TEORIA DOS CONJUNTOS 1º ANO ENS MEDIO (UNIÃO, INTERSECÇÃO, ESTÁ CONTIDO)
TEORIA DOS CONJUNTOS 1º ANO ENS MEDIO (UNIÃO, INTERSECÇÃO, ESTÁ CONTIDO)TEORIA DOS CONJUNTOS 1º ANO ENS MEDIO (UNIÃO, INTERSECÇÃO, ESTÁ CONTIDO)
TEORIA DOS CONJUNTOS 1º ANO ENS MEDIO (UNIÃO, INTERSECÇÃO, ESTÁ CONTIDO)
 
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIASAVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
 
AVALIAÇÃO 6º ANO ANGULOS E RETAS
AVALIAÇÃO 6º ANO ANGULOS E RETASAVALIAÇÃO 6º ANO ANGULOS E RETAS
AVALIAÇÃO 6º ANO ANGULOS E RETAS
 
Relatório de Estágio Supervisionado IV em Matemática
Relatório de Estágio Supervisionado IV em Matemática Relatório de Estágio Supervisionado IV em Matemática
Relatório de Estágio Supervisionado IV em Matemática
 
QUEM ERA REALMENTE JESUS CRISTO
QUEM ERA REALMENTE JESUS CRISTOQUEM ERA REALMENTE JESUS CRISTO
QUEM ERA REALMENTE JESUS CRISTO
 
Baixando e instalando o notepad ++
Baixando e instalando o notepad ++Baixando e instalando o notepad ++
Baixando e instalando o notepad ++
 
Lucely uchoa o ceu vai se abrir
Lucely uchoa o ceu vai se abrirLucely uchoa o ceu vai se abrir
Lucely uchoa o ceu vai se abrir
 
Lucely Uchôa - O céu vai se abrir
Lucely Uchôa - O céu vai se abrirLucely Uchôa - O céu vai se abrir
Lucely Uchôa - O céu vai se abrir
 
Os desafios de ensinar matemática nos dias de hoje
Os desafios de ensinar matemática nos dias de hojeOs desafios de ensinar matemática nos dias de hoje
Os desafios de ensinar matemática nos dias de hoje
 

Último

ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024azulassessoria9
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSPedro Luis Moraes
 
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanomarla71199
 
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptxM0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptxJustinoTeixeira1
 
No processo de aprendizagem motora, a forma como o indivíduo processa as info...
No processo de aprendizagem motora, a forma como o indivíduo processa as info...No processo de aprendizagem motora, a forma como o indivíduo processa as info...
No processo de aprendizagem motora, a forma como o indivíduo processa as info...azulassessoria9
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMary Alvarenga
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfprofesfrancleite
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Centro Jacques Delors
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Centro Jacques Delors
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Pauloririg29454
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)Centro Jacques Delors
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Centro Jacques Delors
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024azulassessoria9
 
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdfatividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdfAutonoma
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja Mary Alvarenga
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaCentro Jacques Delors
 
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...azulassessoria9
 
Orações subordinadas substantivas- 9ano.pptx
Orações subordinadas substantivas- 9ano.pptxOrações subordinadas substantivas- 9ano.pptx
Orações subordinadas substantivas- 9ano.pptxKtiaOliveira68
 

Último (20)

ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
 
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
 
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptxM0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
 
No processo de aprendizagem motora, a forma como o indivíduo processa as info...
No processo de aprendizagem motora, a forma como o indivíduo processa as info...No processo de aprendizagem motora, a forma como o indivíduo processa as info...
No processo de aprendizagem motora, a forma como o indivíduo processa as info...
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdfatividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João EudesNovena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
 
Orações subordinadas substantivas- 9ano.pptx
Orações subordinadas substantivas- 9ano.pptxOrações subordinadas substantivas- 9ano.pptx
Orações subordinadas substantivas- 9ano.pptx
 

Teorema de Pitágoras e relaçoes trigonométricas

  • 1. Um pouco de geometria plana Professor Especialista Vieira Elaborado Por: Francisco Vieira
  • 2. Este é um ponto Juntando vários pontos construo uma reta, semirreta ou segmento de reta Juntando segmentos de retas podemos formas figuras planas como o triângulo acima Agora veremos alguns triângulos classificados quanto ao comprimento de seus lados ou ângulos Elaborado Por: Francisco Vieira
  • 3. Propriedades dos triângulos • têm três vértices; • têm três medianas (segmento de reta que vai do vértice até o ponto médio do lado oposto) que se interceptam em um único ponto, chamado de centro do triângulo; • o lado menor é sempre oposto ao menor ângulo interior; • o lado maior é sempre oposto ao maior ângulo interior; • a soma dos ângulos internos é 180º; • a soma dos ângulos externos é 360º. Elaborado Por: Francisco Vieira
  • 4. Triângulo retângulo e teorema de Pitágoras • Para qualquer triângulo retângulo é verdadeira a expressão: • a²=b²+c², onde: a => é a hipotenusa (lado oposto ao ângulo reto) b=>chamadodecateto c => chamado de cateto Elaborado Por: Francisco Vieira
  • 5. O teorema de Pitágoras serve também para encontrar um dos lados do triângulos a= b= c= a 5 12 a²=b²+c² a² = 5² + 12² a² = 25 144+ a² = 169 a = 𝟏𝟔𝟗 a = 𝟏𝟑 Elaborado Por: Francisco Vieira
  • 6. Oposto ao ângulo alfa Cateto adjacente ao ângulo beta Elaborado Por: Francisco Vieira
  • 7. Mas pra que serve tudo isso... Observe o triângulo abaixo e tente utilizar o TEOREMA DE PITÁGORAS PARA SOLUCIONAR: PERCEBA QUE O PROBLEMA INFORMA APENAS UM LADO DO TRIÂNGULO RETÂNGULO, LOGO PARA UTILIZAR O TEO. DE PITÁGORAS SERÁ NECESSÁRIO INFORMAR NO MÍNIMO A MEDIDA DE DOIS LADOS QUAISQUER. PARA SOLUCIONAR PROBLEMAS DESSE TIPO UTILIZAREMOS ALGUNS RECURSOS, A SABER: SENO, COSSENO E TANGENTE. Elaborado Por: Francisco Vieira