Fausto Joseane Fluxogramas
Definição <ul><li>Conjunto de símbolos normalizados com o objetivo de descrever o fluxo de dados e as operações sobre elas...
Vantagens <ul><li>simplificação de projetos detalhando trabalhos e tarefas;  </li></ul><ul><li>visualização e localização ...
Padronização <ul><li>  Existe uma padronização da simbologia usada, que é o PADRÃO ANSI - AMERICA NATIONAL STANDARDS INSTI...
Formatos <ul><li>O fluxograma de blocos é o tipo mais simples de fluxograma que existe - mas é o tipo ideal para uma prime...
Em Colunas <ul><li>É um fluxograma vertical, dividido em colunas. No topo de cada coluna encontra-se o nome do operador / ...
Em Série <ul><li>O fluxograma de blocos seriado mostra uma seqüência de rotinas e dentro de cada rotina o nome do executor...
Diferenças entre formatos <ul><li>Não há diferença conceitual entre estas duas formas de apresentar processos; porém o flu...
Conclusão <ul><li>A sua grande utilidade é fazer com que todos os participantes adquiriam uma visão completa do processo, ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fluxogramas

57.440 visualizações

Publicada em

Trabalho de Faculdade sobre Fluxogramas - Básico

Publicada em: Tecnologia, Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

Fluxogramas

  1. 1. Fausto Joseane Fluxogramas
  2. 2. Definição <ul><li>Conjunto de símbolos normalizados com o objetivo de descrever o fluxo de dados e as operações sobre elas efetuadas. Os Fluxogramas são fundamentais para a otimização e melhoria contínua dos processos - já que podem evidenciar rotinas ilógicas ou incoerentes. </li></ul>
  3. 3. Vantagens <ul><li>simplificação de projetos detalhando trabalhos e tarefas; </li></ul><ul><li>visualização e localização de rotinas desnecessárias; </li></ul><ul><li>possibilidade de evidenciar ou justificar seqüência lógica de atividades diferentes da atual; </li></ul><ul><li>usa uma simbologia universal e normalizada; </li></ul><ul><li>treinamento eficiente com uma leitura rápida e eficiente; </li></ul><ul><li>aprendizagem simplificada do trabalho, etc. </li></ul>
  4. 4. Padronização <ul><li> Existe uma padronização da simbologia usada, que é o PADRÃO ANSI - AMERICA NATIONAL STANDARDS INSTITUTE, mas de forma geral, os símbolos são usados pelas principais organizações. O importante é que a simbologia usada nos fluxogramas seja de conhecimento e entendimento de todos aqueles que fazem uso dos mesmos </li></ul>
  5. 5. Formatos <ul><li>O fluxograma de blocos é o tipo mais simples de fluxograma que existe - mas é o tipo ideal para uma primeira introdução da padronização na empresa. Ele faz uso de alguns poucos símbolos. Os fluxogramas de blocos são praticamente apresentados de duas formas: </li></ul>
  6. 6. Em Colunas <ul><li>É um fluxograma vertical, dividido em colunas. No topo de cada coluna encontra-se o nome do operador / executor das rotinas contidas na coluna. </li></ul>
  7. 7. Em Série <ul><li>O fluxograma de blocos seriado mostra uma seqüência de rotinas e dentro de cada rotina o nome do executor / operador da mesma. </li></ul>
  8. 8. Diferenças entre formatos <ul><li>Não há diferença conceitual entre estas duas formas de apresentar processos; porém o fluxograma de blocos em colunas tende a realçar a importância das interfaces – mostrando quando um conjunto de rotinas sai da responsabilidade de um operador e passa para outro e a especificação de produto inerente à interface. </li></ul>
  9. 9. Conclusão <ul><li>A sua grande utilidade é fazer com que todos os participantes adquiriam uma visão completa do processo, ao mesmo tempo em que permite que cada pessoa tenha melhor percepção de qual o seu papel no processo e de como seu trabalho influi no resultado final. </li></ul>

×