Escola Bahiana de medicinaProf. EmanuelRevisão .Vestibular - Biologia2ª etapa
01Todas as células são envolvidas por umamembrana plasmática que controla a entrada e asaída de substâncias. A membrana pl...
Composição e organizaçãoProteínasLipídiosCarboidratos
Sais (eletrólitos)Difusão facilitada(canal iônico)Bomba iônica(ATPase)O2 - CO2 - N2Difusão simples(Matriz lipídica)Monômer...
Pia-máterDura-máterAracnóideVasoOssoEncéfaloBarreira hematoencefálica
Barreira hematoencefálicaAstrócitosBHE
Barreira hematoencefálica
Barreira hematoencefálica
02 c) A figura que se segue apresenta vários tipos detransporte, que permitem a passagem da glicose,através da célula inte...
É o transporte conjunto de dois compostos(íons/moléculas) através da membrana.CotransporteMolécula transportada Íon cotran...
Cotransporte
Luz do intestinoVasosanguíneoCélula intestinalGlicoseNa+K+Soro caseiroATPase iônicaGlicoseNa+
O manitol tem uma estrutura semelhante aomonossacarídeo manose. Por ter sabor adocicado, omanitol frequentemente é usado n...
IsotônicaHipotônicaHipertônicaEquilíbrioosmóticoTurgescênciaPlasmoptiseFlacidezPlasmólise
04Especialistas em saúde pública dizem que açõesde prevenção a doenças e à mortalidade infantilprecisam estar associadas a...
04Com base em seus conhecimentos identifique ogrupo biológico a que pertencem os agentesetiológicos de cada uma das doença...
ProtozoosesMalária, amebíase, giardíase, leishmaniose,doença de chagas, toxoplasmose
VerminosesElefantíase, esquistossomose, teníase,cisticercose, ancilostomíase, ascaridíase
BacteriosesMeningite, tuberculose, tétano, hanseníase,pneumonia, difteria, cólera
VirosesDengue, hepatite, AIDS, gripe, sarampo, febreamarela, poliomielite, meningite, raiva
Mosquito vetor DoençaAnopheles Malária
Culex ElefantíaseMosquito vetor Doença
Aedes Dengue e febreamarelaMosquito vetor Doença
Mosquito vetor DoençaLutzomyia Leishmaniose
05O esquema a seguir refere-se a um rio (linha espessa) e seusafluentes. Em suas margens, encontram-se diferentes áreasimp...
a) Qual a principal consequência para a populaçãohumana que se alimenta de peixes obtidos na área I?05Garimpo
MagnificaçãotróficaMal de minamataSaturnismo
b) Quais as principais consequências, para avida aquática local, da liberação de produtosno rio, gerados pela atividade re...
Eutrofização rural e magnificaçãoEntrada artificial denutrientes(+) produçãoorgânica(+) taxa dedecomposição(-) vidaaeróbic...
c) Cite a denominação do processo que serádesencadeado no rio, como consequência daliberação dos efluentes gerados pela ár...
d) Qual a principal consequência para o leito dorio se houvesse um desmatamento na área IVe a longo prazo o que poderia oc...
Assoreamentoe sucessãoecológicasecundária
Em famílias constituídas a partir da união de primos em primeirograu, é mais alta a ocorrência de distúrbios genéticos, em...
Cada cromátide é formada por umamolécula completa de DNACromossomos
Autossômicos – 1º ao 22º parHeterossômico ou sexuais – 23º par
O cromossomo Ydetermina o sexona espécie humanaPaiMãeMeninoXYMeninaXXMulheres: 44A + XXHomens: 44A + XY
Região não-homólogade X(gene ligado ao sexo)Região não-homólogade Y (gene restrito aosexo)X YMulheresXA XA ou Xa XaXA Xa H...
Quanto ao materialGênicaCromossômicaAfeta a sequênciade bases do DNAAfeta os cromossomosMutações
Quanto ao tipo de célulaSomáticaGerminativaNão é transmitida aosdescendentesTransmitida aosdescendentesMutações
RADICAIS LIVRES - UM ASSUNTO DA MODAHá muito tempo que a Medicina já reconhece os radicais livrescomo verdadeiros vilões d...
São espécies reativas do metabolismo dooxigênio (ERMO)Radicais livres
• Reação com os lipídios da membranaplasmática• Desnaturação protéica (colágeno)• Mutações gênicas somáticas(envelheciment...
Prevenção• Ingestão de compostos anti-oxidantes• Compostos flavonóides• Vitaminas C, E, Carotenóides• Zinco, cobre, selêni...
Prevenção• Atividade física moderada• Redução dos níveis de stress
a) Explique de que maneira o treinamento emaltitudes elevadas pode melhorar acapacidade respiratória dos atletas emcompeti...
Altitude• Redução da pressão atmosférica• Redução dos níveis de oxigênio• Liberação de eritropoietina (Rins)• Aumento da p...
Embora representado na ilustração por um pequenonúmero de espécies, o Reino Monera inclui organismosque se distribuem nos ...
 Reino Monera - Seres unicelulares,procariontes, auto ou heterotróficosReino MoneraSeres estruturalmentesimples e com alt...
FímbriasCápsulaParede celularPlasmídeosNucleóideFlageloMesossomoCitoplasmaRibossomosMembrana plasmática• Facultativo• Obri...
 Ecológica• Simbiontes, biorremediação Industrial• Alimentar, farmacêutica Biotecnológica• Enzimas de restrição Médica...
HeterotróficaRespiratória Aeróbica AnaeróbicaFermentativaAutotróficaFotossintetizante Aeróbica AnaeróbicaQuimiossintet...
 Cissiparidade• Crescimento acelerado dadensidade populacional• Não amplifica a variabilidadegenética• É um processo natu...
 Recombinações gênicas
Plasmídeo NucléoidePílisBactéria F-Bactéria F+• Sexo bacteriano• Transferência horizontal• Potencial adaptativo Recombina...
A bactéria absorve moléculas de DNA dispersas nomeio, provenientes de outras bactérias Recombinações gênicas (Transformaç...
Vírus podem servir de vetores para a passagem desegmentos de DNA entre bactérias Recombinações gênicas (Transdução)
Quanto à termorregulação, os animais sãoclassificados em endotérmicos, ou seja, dependentesda produção metabólica de calor...
 Intensa alimentação Eficiente ventilação pulmonar (diafragma esacos aéreos) Alta Perfusão(hemácias/hemoglobina/mioglob...
a) Ectotérmicos - Dependência de uma fonteexterna de calor, baixa demanda energéticae alimentar.Ex. Invertebrados, peixes,...
b) Endotérmicos: Maior taxa metabólica egerenciamento de calor interno, maiordemanda energética e alimentarEx. Aves e mamí...
Circulação nos peixesCoraçãobicavitárioCirculaçãosimplesOração
CoraçãoTricavitárioCirculaçãoduplaincompletaCirculação nos anfíbios
Circulação nos répteisCoraçãoTricavitário(septo de Sebatier)Circulação duplaincompleta
CoraçãoTetracavitárioCirculação duplacompletaCirculação nas aves e mamíferosGrande aporte deoxigênio para ostecidos possib...
Revisão Bahiana - 2ª etapa
Revisão Bahiana - 2ª etapa
Revisão Bahiana - 2ª etapa
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Revisão Bahiana - 2ª etapa

2.383 visualizações

Publicada em

0 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.383
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revisão Bahiana - 2ª etapa

  1. 1. Escola Bahiana de medicinaProf. EmanuelRevisão .Vestibular - Biologia2ª etapa
  2. 2. 01Todas as células são envolvidas por umamembrana plasmática que controla a entrada e asaída de substâncias. A membrana plasmáticapossibilita a diferenciação bioquímica entre acélula e o meio, pois é dotada de seletividade.Com base em seus conhecimentos sobre adinâmica e estrutura da membrana responda:a) O que confere a plasmalema sua capacidadede seletividade?b) Das drogas citadas no texto qual a que devetransitar mais facilmente através da barreirahematoencefálica? Justifique sua resposta
  3. 3. Composição e organizaçãoProteínasLipídiosCarboidratos
  4. 4. Sais (eletrólitos)Difusão facilitada(canal iônico)Bomba iônica(ATPase)O2 - CO2 - N2Difusão simples(Matriz lipídica)Monômeros(glicose)Difusãofacilitada(permease)Transportes
  5. 5. Pia-máterDura-máterAracnóideVasoOssoEncéfaloBarreira hematoencefálica
  6. 6. Barreira hematoencefálicaAstrócitosBHE
  7. 7. Barreira hematoencefálica
  8. 8. Barreira hematoencefálica
  9. 9. 02 c) A figura que se segue apresenta vários tipos detransporte, que permitem a passagem da glicose,através da célula intestinal, da luz do intestino até osangue. Com base nesta figura, explique aparticipação da bomba de sódio e potássio nomecanismo de transporte da glicose, da luz dointestino até os vasos sanguíneos
  10. 10. É o transporte conjunto de dois compostos(íons/moléculas) através da membrana.CotransporteMolécula transportada Íon cotransportadoUniporte Simporte AntiporteÍoncotransportadoMatrizlipídicaCotransporte
  11. 11. Cotransporte
  12. 12. Luz do intestinoVasosanguíneoCélula intestinalGlicoseNa+K+Soro caseiroATPase iônicaGlicoseNa+
  13. 13. O manitol tem uma estrutura semelhante aomonossacarídeo manose. Por ter sabor adocicado, omanitol frequentemente é usado na confecção de balas edoces. Ao contrário do açúcar comum, porém, o manitolnão é absorvido pelo intestino, de modo que umaingestão exagerada de produtos contendo manitol podecausar diarreia.Médicos se aproveitam das propriedades osmóticas domanitol e o administram oralmente em altasconcentrações para que a diarreia resultante esvazie ointestino de pacientes antes de exames de imagens.Explique de que maneira altas doses de manitolprovocam a diarreia03
  14. 14. IsotônicaHipotônicaHipertônicaEquilíbrioosmóticoTurgescênciaPlasmoptiseFlacidezPlasmólise
  15. 15. 04Especialistas em saúde pública dizem que açõesde prevenção a doenças e à mortalidade infantilprecisam estar associadas a boa condiçõessanitárias. A água pode ser um importanteveiculo de proliferação de doenças conformeobservado na tabela.
  16. 16. 04Com base em seus conhecimentos identifique ogrupo biológico a que pertencem os agentesetiológicos de cada uma das doenças listadas eexplique porque as doenças da primeira colunafazem parte do grupo se as mesmas não sãotransmitidas pela ingestão de água contaminada
  17. 17. ProtozoosesMalária, amebíase, giardíase, leishmaniose,doença de chagas, toxoplasmose
  18. 18. VerminosesElefantíase, esquistossomose, teníase,cisticercose, ancilostomíase, ascaridíase
  19. 19. BacteriosesMeningite, tuberculose, tétano, hanseníase,pneumonia, difteria, cólera
  20. 20. VirosesDengue, hepatite, AIDS, gripe, sarampo, febreamarela, poliomielite, meningite, raiva
  21. 21. Mosquito vetor DoençaAnopheles Malária
  22. 22. Culex ElefantíaseMosquito vetor Doença
  23. 23. Aedes Dengue e febreamarelaMosquito vetor Doença
  24. 24. Mosquito vetor DoençaLutzomyia Leishmaniose
  25. 25. 05O esquema a seguir refere-se a um rio (linha espessa) e seusafluentes. Em suas margens, encontram-se diferentes áreasimpactadas pela ação humana. A área I representa a atividade deum garimpo clandestino. A área II é ocupada por uma extensalavoura de milho que utiliza fertilizantes químicos e agrotóxicos. Aárea III refere-se à ocupação urbana, que utiliza a água do rio paraconsumo, porém, ainda não realiza tratamento do esgotodoméstico, lançando-o no rio. A área IV refere-se a uma área depreservação ambiental, com mata virgem, e corresponde ànascente do rio. Analise a figura e as áreas mencionadas eresponda ao que se pede
  26. 26. a) Qual a principal consequência para a populaçãohumana que se alimenta de peixes obtidos na área I?05Garimpo
  27. 27. MagnificaçãotróficaMal de minamataSaturnismo
  28. 28. b) Quais as principais consequências, para avida aquática local, da liberação de produtosno rio, gerados pela atividade realizada naárea II05Agricultura
  29. 29. Eutrofização rural e magnificaçãoEntrada artificial denutrientes(+) produçãoorgânica(+) taxa dedecomposição(-) vidaaeróbica(-) penetraçãode luz(+) H2S e CH4na água(-) O2 na águaLago eutrófico(+)Floração
  30. 30. c) Cite a denominação do processo que serádesencadeado no rio, como consequência daliberação dos efluentes gerados pela área III.Cite uma solução para o impacto gerado poressa área05EsgotoEutrofizaçãoUrbana
  31. 31. d) Qual a principal consequência para o leito dorio se houvesse um desmatamento na área IVe a longo prazo o que poderia ocorrer?05Zona de preservação
  32. 32. Assoreamentoe sucessãoecológicasecundária
  33. 33. Em famílias constituídas a partir da união de primos em primeirograu, é mais alta a ocorrência de distúrbios genéticos, emcomparação com famílias formadas por casais que não têmconsanguinidade.a) A que se deve essa maior ocorrência de distúrbios genéticos emuniões consanguíneas?b) A fenilcetonúria (FCU) é um distúrbio genético que se deve auma mutação no gene que expressa a enzima responsável pelometabolismo do aminoácido fenilalanina. Na ausência daenzima, a fenilalanina se acumula no organismo e pode afetar odesenvolvimento neurológico da criança. Esse distúrbio éfacilmente detectado no recém-nascido pelo exame do pezinho.No caso de ser constatada a doença, a alimentação dessacriança deve ser controlada. Que tipos de alimento devem serevitados: os ricos em carboidratos, lipídeos ou proteínas06
  34. 34. Cada cromátide é formada por umamolécula completa de DNACromossomos
  35. 35. Autossômicos – 1º ao 22º parHeterossômico ou sexuais – 23º par
  36. 36. O cromossomo Ydetermina o sexona espécie humanaPaiMãeMeninoXYMeninaXXMulheres: 44A + XXHomens: 44A + XY
  37. 37. Região não-homólogade X(gene ligado ao sexo)Região não-homólogade Y (gene restrito aosexo)X YMulheresXA XA ou Xa XaXA Xa HomensXA Y ou Xa YHerança sexual
  38. 38. Quanto ao materialGênicaCromossômicaAfeta a sequênciade bases do DNAAfeta os cromossomosMutações
  39. 39. Quanto ao tipo de célulaSomáticaGerminativaNão é transmitida aosdescendentesTransmitida aosdescendentesMutações
  40. 40. RADICAIS LIVRES - UM ASSUNTO DA MODAHá muito tempo que a Medicina já reconhece os radicais livrescomo verdadeiros vilões do nosso organismo. Eles são átomosou moléculas livres dotados de cargas elétricas, resultantes,muitas vezes, das próprias reações intracelulares, ouprovenientes do meio externo, que se mostram prejudiciais àsaúde. São consequências do estresse, dos desviosalimentares, do fumo, das atividades físicas exageradas e dapoluição ambiental. Atualmente, estão sendo muitocomentados, tendo em vista os avanços da MedicinaOrtomolecular.A partir do exposto, responda:a) De que maneira os radicais livres agem no organismohumano?b) Cite um exemplo de local e forma de ação dos radicaislivres no organismo do homem07
  41. 41. São espécies reativas do metabolismo dooxigênio (ERMO)Radicais livres
  42. 42. • Reação com os lipídios da membranaplasmática• Desnaturação protéica (colágeno)• Mutações gênicas somáticas(envelhecimento e câncer) e germinativas(transmitidas aos descendentes)• Reação com o LDL aumentando risco deacidentes vasculares• Alteração na produção deneurotransmissoresEfeitos nocivos
  43. 43. Prevenção• Ingestão de compostos anti-oxidantes• Compostos flavonóides• Vitaminas C, E, Carotenóides• Zinco, cobre, selênio• Dieta de restrição calórica
  44. 44. Prevenção• Atividade física moderada• Redução dos níveis de stress
  45. 45. a) Explique de que maneira o treinamento emaltitudes elevadas pode melhorar acapacidade respiratória dos atletas emcompetições ao nível do mar. A sua respostadeve considerar as condições dos equilíbriosenvolvidos no transporte de oxigênio.b) Descreva o efeito esperado no caso de"doping" citado no texto. Compare-o com otreinamento em altitude elevadas08
  46. 46. Altitude• Redução da pressão atmosférica• Redução dos níveis de oxigênio• Liberação de eritropoietina (Rins)• Aumento da produção de hemácias• Poliglobulia compensatóriaAclimatação
  47. 47. Embora representado na ilustração por um pequenonúmero de espécies, o Reino Monera inclui organismosque se distribuem nos mais diferentes habitats daBiosfera,ocupando uma grande diversidade de nichos ecológicos.Tendo colonizado a Terra, sozinhos, por quase doisbilhões de anos, continuam a se adaptar a um planetaem constante mudança.Explique o sucesso evolutivo dos procariotos,considerando suas habilidades metabólicas desde queiniciaram a colonização do planeta e destaque a queexerceu o maior impacto sobre a Biosfera09
  48. 48.  Reino Monera - Seres unicelulares,procariontes, auto ou heterotróficosReino MoneraSeres estruturalmentesimples e com altadiversidade metabólica
  49. 49. FímbriasCápsulaParede celularPlasmídeosNucleóideFlageloMesossomoCitoplasmaRibossomosMembrana plasmática• Facultativo• Obrigatório
  50. 50.  Ecológica• Simbiontes, biorremediação Industrial• Alimentar, farmacêutica Biotecnológica• Enzimas de restrição MédicaImportância
  51. 51. HeterotróficaRespiratória Aeróbica AnaeróbicaFermentativaAutotróficaFotossintetizante Aeróbica AnaeróbicaQuimiossintetizanteNutrição
  52. 52.  Cissiparidade• Crescimento acelerado dadensidade populacional• Não amplifica a variabilidadegenética• É um processo natural declonificação
  53. 53.  Recombinações gênicas
  54. 54. Plasmídeo NucléoidePílisBactéria F-Bactéria F+• Sexo bacteriano• Transferência horizontal• Potencial adaptativo Recombinações gênicas (Conjugação)
  55. 55. A bactéria absorve moléculas de DNA dispersas nomeio, provenientes de outras bactérias Recombinações gênicas (Transformação)
  56. 56. Vírus podem servir de vetores para a passagem desegmentos de DNA entre bactérias Recombinações gênicas (Transdução)
  57. 57. Quanto à termorregulação, os animais sãoclassificados em endotérmicos, ou seja, dependentesda produção metabólica de calor, e ectotérmicos, queutilizam fontes ambientais de calor para manter seumetabolismo.a) Um habitat com baixo suprimento de alimentosfavorece o estabelecimento de animais endotérmicosou ectotérmicos? Justifique sua resposta.b) Considerando as características do primeiro grupode vertebrados a conquistar definitivamente oambiente terrestre, seus representantes viviam emum clima mais próximo ao tropical ou ao temperado?Justifique sua resposta.10
  58. 58.  Intensa alimentação Eficiente ventilação pulmonar (diafragma esacos aéreos) Alta Perfusão(hemácias/hemoglobina/mioglobina e circulaçãodupla completa) Tecidos ricos em mitocôndrias (musculatura) Tiritação Redução da transferência de calor (penas,pelo, tecido adiposo) Termorregulação (hipotálamo, suor)Homeotermia
  59. 59. a) Ectotérmicos - Dependência de uma fonteexterna de calor, baixa demanda energéticae alimentar.Ex. Invertebrados, peixes, anfíbios e répteisPecilotermia
  60. 60. b) Endotérmicos: Maior taxa metabólica egerenciamento de calor interno, maiordemanda energética e alimentarEx. Aves e mamíferosHomeotermia
  61. 61. Circulação nos peixesCoraçãobicavitárioCirculaçãosimplesOração
  62. 62. CoraçãoTricavitárioCirculaçãoduplaincompletaCirculação nos anfíbios
  63. 63. Circulação nos répteisCoraçãoTricavitário(septo de Sebatier)Circulação duplaincompleta
  64. 64. CoraçãoTetracavitárioCirculação duplacompletaCirculação nas aves e mamíferosGrande aporte deoxigênio para ostecidos possibilitando aendotermia

×