Sistema
reprodutor
masculino
Prof. Emanuel
Componentes:
1. Testículos
2. Epidídimo
3. Canal deferente
4. Glândulas anexas
5. Uretra
6. Pênis 1
2
3
4
5
6
Componentes ...
Testículos
• São as gônadas masculinas
• Localizados na bolsa escrotal
• No seu interior existem tubos seminíferos
Prof. E...
Testículos Prof. Emanuel
Tipos de células:
 Germinativas
 Células de sertoli
 Células intersticiais
(Leyding)
 São órgãos armazenadores de espermatozóides
 Localizados acima dos testículos
Epidídimos Prof. Emanuel
Canal deferente
• É um longo ducto que sai
do epidídimo
• Conduz o espermatozóide
para o meio externo
• OBS: Vasectomia
Pr...
Canal deferente Prof. Emanuel
 Vesícula seminal
 Próstata
 Bulbo-uretral
Glândulas anexas
Esperma = EPZ + Liq. Seminal + Suco prostático
Prof. Emanuel
Uretra e pênis
• A uretra é um canal
condutor de esperma e
urina que percorre toda a
extensão do pênis.
• No interior do p...
Sistema
Reprodutor
feminino
Prof. Emanuel
Componentes :
a) Ovários
b) Tubas uterinas
c) Útero
d) Vagina
e) Vulva
Visão geral Prof. Emanuel
Visão geral Prof. Emanuel
• São as gônadas femininas
• Localizados no abdome
• Os ovários trabalham em
meses alternados
• Controlados pelas
gonadotr...
• Na zona cortical localizam-se os folículos de
Graaf ou ovarianos
Ovários Prof. Emanuel
• São os ovidutos
femininos dotados de
cílios
• Após o rompimento
do folículo o gameta é
lançado no interior da
tuba e con...
• Órgão muscular destinado ao
desenvolvimento embrionário
• Situado entre a bexiga e o reto,
possuindo formato de pêra e
a...
• É um canal elástico revestido internamente por uma
mucosa rica em células secretoras
• Possui um pH acidificado devido a...
Gameto
gênese
Prof. Emanuel
• É a formação dos espermatozóides
• Ocorre no interior dos tubos seminíferos
• Fases:
a) Proliferativa
b) Crescimento
c) ...
X
Fase
Prolifera
tiva
Cresci
mento
Matura
ção
2n
2n
2n
2n
n
n
n nn
n
Espermatogônia mãe
Espermatócito I
Espermatócito II
E...
Espermatogênese Prof. Emanuel
Espermiogênese
Estrutura do espermatozóide
Cabeça
Peça
intermediária
Flagelo
Acrossomo
Núcleo
Mitocôndrias
Prof. Emanuel
• É o processo de formação do óvulo (ovócito II)
• A ovulogênese inicia-se na vida intra uterina,
sendo interrompida antes...
Prof. Emanuel
Ovulogênese ou ovogênese
Prof. Emanuel
Ovulogênese ou ovogênese
X Mitoses
Fase
Prolifera
tiva
Cresci
mento
Matura
ção
2n
2n
2n
2n
n
n
Ovogônia mãe
Ovócito I
Ovócito II
Meiose II
Meiose I...
Estrutura do óvulo
Ovócito II 1º glóbulo
polar
Zona
pelúcida
Corona
radiata
Prof. Emanuel
Ovócito II
1° Glóbulo polar
Prof. Emanuel
Estrutura do óvulo
Fecundação
Corona
radiata
Reação
acrossômica
Grânulos corticais
Material genético
em metáfase II
Meiose II
Pró-núcleos
Anf...
Ciclo ovariano
• Modificações morfológicas e fisiológicas
que ocorrem nos ovários durante cada
ciclo menstrual
Prof. Emanu...
Ciclo ovariano Prof. Emanuel
Ciclo ovariano
FSH
Estimula a maturação do
folículo ovariano
LH
Estimula a ovulação e a
formação do corpo lúteo
Prof. Eman...
 Fase menstrual: Descamação do endométrio (1º ao 5º
dia)
 Fase estrogênica: período de secreção de estrógeno
pelo folícu...
Ciclo ovariano Prof. Emanuel
Ciclo ovariano Prof. Emanuel
Ciclo ovariano Prof. Emanuel
Fecundação Prof. Emanuel
 Barreiras da fecundação:
a) Acidez vaginal
b) Muco cervical
c) Barreira gravitacional
d) Divisã...
Após a ovulação:
Prof. Emanuel
a) Ocorre fecundação:
 Formação do zigoto
 Nidação
 Produção de HCG
 Manutenção do corp...
Após a ovulação:
Prof. Emanuel
a) Não ocorre fecundação:
 Sem formação de zigoto
 Sem nidação
 Sem produção de HCG
 Re...
 Gêmeos dizigóticos
Geneticamente diferentes
Originados de zigotos
diferentes (poliovulação)
Podem ser ou não do
mesmo se...
 Gêmeos monozigóticos
Gravidez gemelar
Prof. Emanuel
Originados do mesmo
zigoto
Geneticamente iguais
São obrigatoriamente...
Gravidez gemelar
Prof. Emanuel
Irmãos Chang e Eng (1811-1874),
originários do Sião, daí surgido o
nome de siameses – os qu...
Dizigóticos
Gravidez gemelar
Prof. Emanuel
Monoplacentário
Diamniótico
Diplacentário
Diamniótico
Monozigóticos.
Monoplacen...
Reprodução humana
Reprodução humana
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Reprodução humana

5.910 visualizações

Publicada em

0 comentários
22 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.910
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
22
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reprodução humana

  1. 1. Sistema reprodutor masculino Prof. Emanuel
  2. 2. Componentes: 1. Testículos 2. Epidídimo 3. Canal deferente 4. Glândulas anexas 5. Uretra 6. Pênis 1 2 3 4 5 6 Componentes anatômicos Prof. Emanuel
  3. 3. Testículos • São as gônadas masculinas • Localizados na bolsa escrotal • No seu interior existem tubos seminíferos Prof. Emanuel
  4. 4. Testículos Prof. Emanuel Tipos de células:  Germinativas  Células de sertoli  Células intersticiais (Leyding)
  5. 5.  São órgãos armazenadores de espermatozóides  Localizados acima dos testículos Epidídimos Prof. Emanuel
  6. 6. Canal deferente • É um longo ducto que sai do epidídimo • Conduz o espermatozóide para o meio externo • OBS: Vasectomia Prof. Emanuel
  7. 7. Canal deferente Prof. Emanuel
  8. 8.  Vesícula seminal  Próstata  Bulbo-uretral Glândulas anexas Esperma = EPZ + Liq. Seminal + Suco prostático Prof. Emanuel
  9. 9. Uretra e pênis • A uretra é um canal condutor de esperma e urina que percorre toda a extensão do pênis. • No interior do pênis existe a uretra, corpos cavernosos e esponjosos • A glande pode ser recoberta pelo prepúcio Prof. Emanuel
  10. 10. Sistema Reprodutor feminino Prof. Emanuel
  11. 11. Componentes : a) Ovários b) Tubas uterinas c) Útero d) Vagina e) Vulva Visão geral Prof. Emanuel
  12. 12. Visão geral Prof. Emanuel
  13. 13. • São as gônadas femininas • Localizados no abdome • Os ovários trabalham em meses alternados • Controlados pelas gonadotrofinas Ovários Tuba uterina Ovário MedulaCórtex Hipófise Ovário Folículo Prof. Emanuel
  14. 14. • Na zona cortical localizam-se os folículos de Graaf ou ovarianos Ovários Prof. Emanuel
  15. 15. • São os ovidutos femininos dotados de cílios • Após o rompimento do folículo o gameta é lançado no interior da tuba e conduzido até o útero • É o local onde ocorre a fecundação Tubas uterinas ou trompas de falópio Prof. Emanuel
  16. 16. • Órgão muscular destinado ao desenvolvimento embrionário • Situado entre a bexiga e o reto, possuindo formato de pêra e apresentando três camadas: • Endométrio: Camada interna onde ocorre a nidação (menstruação) • Miométrio: camada muscular lisa • Perimétrio: Camada externa Útero Prof. Emanuel
  17. 17. • É um canal elástico revestido internamente por uma mucosa rica em células secretoras • Possui um pH acidificado devido a presença de bactérias produtoras de ácido lático • A vulva é a genitália feminina a) Grandes lábios b) Pequenos lábios c) Monte de Vênus d) Clitóris e) Vestíbulo vaginal Vagina e vulva Prof. Emanuel
  18. 18. Gameto gênese Prof. Emanuel
  19. 19. • É a formação dos espermatozóides • Ocorre no interior dos tubos seminíferos • Fases: a) Proliferativa b) Crescimento c) Maturação Espermatogênese Prof. Emanuel
  20. 20. X Fase Prolifera tiva Cresci mento Matura ção 2n 2n 2n 2n n n n nn n Espermatogônia mãe Espermatócito I Espermatócito II Espermátide Meiose II Meiose I MITOSES Espermiogênese n n n n
  21. 21. Espermatogênese Prof. Emanuel Espermiogênese
  22. 22. Estrutura do espermatozóide Cabeça Peça intermediária Flagelo Acrossomo Núcleo Mitocôndrias Prof. Emanuel
  23. 23. • É o processo de formação do óvulo (ovócito II) • A ovulogênese inicia-se na vida intra uterina, sendo interrompida antes do nascimento (Dictióteno – Ovócito I - prófase I) • Fases: a) Proliferativa b) Crescimento c) Maturação Ovulogênese ou ovogênese Prof. Emanuel
  24. 24. Prof. Emanuel Ovulogênese ou ovogênese
  25. 25. Prof. Emanuel Ovulogênese ou ovogênese
  26. 26. X Mitoses Fase Prolifera tiva Cresci mento Matura ção 2n 2n 2n 2n n n Ovogônia mãe Ovócito I Ovócito II Meiose II Meiose I 1º glóbulo polar 2º glóbulo polar Óvulo Dictióteno Prófase I Ovulação Metáfase II
  27. 27. Estrutura do óvulo Ovócito II 1º glóbulo polar Zona pelúcida Corona radiata Prof. Emanuel
  28. 28. Ovócito II 1° Glóbulo polar Prof. Emanuel Estrutura do óvulo
  29. 29. Fecundação Corona radiata Reação acrossômica Grânulos corticais Material genético em metáfase II Meiose II Pró-núcleos Anfimixia Ovócito II Óvulo Zigoto Membrana de fecundação 1º glóbulo polar 2º glóbulo polar . .. . . . . ... . . .. . . .. ... . . .. . . .. ... . . .. . . . . ... . .. . . . . ... .. .. . . . . . .. . . .. . . .... . . .. . . .. ... . . .. .. . . ... . . .. . ... ... .
  30. 30. Ciclo ovariano • Modificações morfológicas e fisiológicas que ocorrem nos ovários durante cada ciclo menstrual Prof. Emanuel
  31. 31. Ciclo ovariano Prof. Emanuel
  32. 32. Ciclo ovariano FSH Estimula a maturação do folículo ovariano LH Estimula a ovulação e a formação do corpo lúteo Prof. Emanuel Hipófise
  33. 33.  Fase menstrual: Descamação do endométrio (1º ao 5º dia)  Fase estrogênica: período de secreção de estrógeno pelo folículo ovariano, que se encontra em maturação. (5º ao 14º dia)  Fase progesterônica: ocorre a ovulação. Essa fase é caracterizada pela intensa ação do corpo lúteo. (14º ao 26º dia)  Fase isquêmica: A camada superficial do endométrio perde seu suprimento sangüíneo normal e a mulher está prestes a menstruar. Pode ser acompanhada por dor de cabeça, dor nas mamas, irritabilidade e insônia (TPM). (26º ao 28º dia) Ciclo ovariano Prof. Emanuel
  34. 34. Ciclo ovariano Prof. Emanuel
  35. 35. Ciclo ovariano Prof. Emanuel
  36. 36. Ciclo ovariano Prof. Emanuel
  37. 37. Fecundação Prof. Emanuel  Barreiras da fecundação: a) Acidez vaginal b) Muco cervical c) Barreira gravitacional d) Divisão tubária e) Movimento ciliar f) Corona radiata
  38. 38. Após a ovulação: Prof. Emanuel a) Ocorre fecundação:  Formação do zigoto  Nidação  Produção de HCG  Manutenção do corpo lúteo  Alta de progesterona  Sem menstruação
  39. 39. Após a ovulação: Prof. Emanuel a) Não ocorre fecundação:  Sem formação de zigoto  Sem nidação  Sem produção de HCG  Regressão do corpo lúteo  Baixa de progesterona  Ocorre a menstruação
  40. 40.  Gêmeos dizigóticos Geneticamente diferentes Originados de zigotos diferentes (poliovulação) Podem ser ou não do mesmo sexo É o tipo mais comum de gravidez gemelar Gravidez gemelar Prof. Emanuel
  41. 41.  Gêmeos monozigóticos Gravidez gemelar Prof. Emanuel Originados do mesmo zigoto Geneticamente iguais São obrigatoriamente do mesmo sexo
  42. 42. Gravidez gemelar Prof. Emanuel Irmãos Chang e Eng (1811-1874), originários do Sião, daí surgido o nome de siameses – os quais se enriqueceram mediante exibições circenses. Casaram-se e tiveram 22 filhos (normais).
  43. 43. Dizigóticos Gravidez gemelar Prof. Emanuel Monoplacentário Diamniótico Diplacentário Diamniótico Monozigóticos. Monoplacentário Diamniótico Monoplacentário Monoamniótico

×