SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 24
“É preciso criar pessoas que se atrevam a sair das trilhas 
aprendidas, com coragem de explorar novos caminhos, pois a 
ciência construiu-se pela ousadia dos que sonham e o 
conhecimento é a aventura pelo desconhecido em busca da 
terra sonhada”. 
Rubem Alves
O aprimoramento do educando como pessoa humana, incluindo a 
formação ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do 
pensamento crítico constitui uma das finalidades da Educação Básica, 
assim como a compreensão dos fundamentos científico-tecnológicos dos 
processos produtivos, relacionando a teoria com a prática. 
A Escola Coração de Maria, entendendo a educação como uma 
prática humana, social, ligada a processos de comunicação e interação 
que propiciam a assimilação e produção de saberes, habilidades, técnicas, 
atitudes e valores, buscando realizar nos sujeitos humanos a humanização 
plena, e considerando a marcante e controversa presença da tecnologia na 
vida do homem contemporâneo, especialmente na dos jovens, elegeu o 
tema “Tecnologia e Vida: Construindo ideias” para o seu Projeto da VII 
Amostra Cultural do ano de 2014.
Apresentar propostas e alternativas de utilização do 
conhecimento e da tecnologia para melhorar a vida do 
homem e das gerações futuras, sem agredir o ecossistema e 
sua própria existência, bem como avaliar criticamente o 
uso adequado da tecnologia, considerando a relevância dos 
interesses humanitários sobre os interesses econômicos.
• Compreender ciência como o conjunto de conhecimentos 
sistematizados, produzidos socialmente ao longo da 
história, na busca da compreensão e transformação da 
natureza e da sociedade. 
• Compreender tecnologia como a transformação da 
ciência em força produtiva ou mediação do conhecimento 
científico e a produção, marcada, desde sua origem, pelas 
relações sociais que a levaram a ser produzida. 
• Reconhecer a importância e contribuições da ciência e da 
tecnologia para a valorização da vida em nosso planeta e 
para a humanização plena dos sujeitos humanos.
Buscaremos instigar a busca pelo conhecimento dos alunos da 
Escola Coração de Maria desde a Educação Infantil ao Ensino 
Fundamental II, bem como levar este conhecimento adquirido 
aos educando visitantes.
Metodologia 
• A divulgação da proposta geral do trabalho aos professores e alunos da escola será feita pela 
Coordenação, observando as seguintes diretrizes: 
• Cada turma irá se organizar em grupos de no mínimo 3 (três) e no máximo 5 (cinco) alunos para a 
apresentação do trabalho. 
• A forma de apresentação dos trabalhos ficará a critério da criatividade de cada grupo. 
• Todas as disciplinas deverão estar envolvidas no projeto. 
• Todos os alunos têm de participar de um trabalho relativo ao Projeto, que deverá envolver 
conhecimentos 
• Dados os temas que darão origem à pesquisa e o levantamento de perguntas/questões, o grupo 
deverá, junto aos professores, verificar a melhor maneira de desenvolverem o trabalho. 
• O trabalho produzido pelos grupos será apresentado na Feira Cultural. Todos os componentes 
dos grupos têm de estar presentes durante todo o período do evento e participar das explicações 
sobre a pesquisa aos professores, avaliadores ou não, e aos visitantes. 
• A realização dos trabalhos será acompanhada pelos professores, proporcionando aos grupos de 
alunos orientação e apoio. Esse acompanhamento objetiva o desenvolvimento de pesquisas com 
o aprofundamento e seriedade necessários e de forma a que cheguem, de fato, à autoria coletiva 
de uma produção que expresse as conclusões do grupo.
Atividades Ago Set Out 
I- Apresentação do esboço do Projeto aos educadores. X 
II- Divulgação do projeto e apresentação de Temas para as turmas (após as 
avaliações contínuas mensais) 
X 
III- Estudo e preparação do material para a amostra (Recursos ofertados pela escola) X 
IV- Acompanhamento e questionamentos sobre pontos positivos e negativos de 
X 
trabalhos nas turmas. 
V- Realização da Amostra Cultural (após as avaliações contínuas mensais) X 
VI- Avaliação da realização da Amostra Cultural. X
• A realização dos trabalhos inscritos será acompanhada 
pelos professores, proporcionando aos grupos de alunos 
orientação e apoio. Esse acompanhamento objetiva o 
desenvolvimento de pesquisas com o aprofundamento e 
seriedade necessários e de forma a que cheguem, de fato, à 
autoria coletiva de uma produção que expresse as 
conclusões do grupo.
• Apresentação da Feira Cultural será no dia __________ 
de Outubro de 2014. 
Nos horários: 
Manhã: _______ à _______ 
Tarde: _______ à ________.
A. Critérios 
Os trabalhos serão avaliados de acordo com os critérios definidos a seguir: 
• importância e organização da pesquisa; 
• cumprimento das tarefas estabelecidas 
• participação e integração do grupo de pesquisa em todas as etapas do desenvolvimento; 
• adequação e organização do material utilizado para a exposição do trabalho na Feira Cultural; 
• criatividade quantos aos recursos utilizados para a apresentação do trabalho.
B. Atribuição de Notas 
• A nota final do trabalho de cada grupo será atribuída através da soma dos pontos obtidos em 
cada um dos critérios estabelecidos, avaliados na etapa de desenvolvimento e na Feira 
Cultural, seguindo a lista abaixo. A pontuação relativa a cada critério poderá variar de acordo 
com a escala apresentada a seguir. 
Critério Feira 
Participação e integração do grupo 5 a 10 
Adequação e organização do material utilizado 
para a exposição do trabalho 
• A nota final da apresentação do dia da Feira será a média aritmética simples obtida entre as 
notas atribuídas pelos professores avaliadores. 
5 a 10 
Criatividade 5 a 10 
Apresentação 5 a 10 
Total
C. Utilização da nota dos trabalhos realizados 
• A nota final do trabalho apresentado na Feira Cultural irá compor a 
nota da Parcial 5 em todas as disciplinas envolvidas, através da média 
aritmética simples com a nota de trabalhos e avaliações do bimestre. 
EX: Trab. 1 + Aval. 1 + Trab. 2 + Aval. 2 + Méd. Parc. da Feira : por 5 = MB
• Infantil II e III – Caracterização dos personagens de Historinhas 
Projeto Leitura: 
Fábula – Modernização de uma fábula “A tartaruga e a lebre”. 
Contos – Reconto do conto da “Chapeuzinho Vermelho”. 
Lendas – Redescobrindo o Folclore “Travessuras do Saci”. 
HQ – Escritores: Ziraldo e Maurício de Souza.
Infantil IV – Tapete de Leitura 
• Contação de Histórias; 
• Exposição de alguns livros infantis; 
• Apresentação de histórias ilustradas;
Infantil V e 1º Ano 
• Retrospectiva do livro de historinhas do Infantil V; 
• Linha do Tempo da escola ( Primeiras turmas e livrinhos 
produzidos mostradas em vídeo; 
• Exposição de fotos do evento “Escritores...”
• 2º e 3º Ano 
• Ecologia 
* Poluição (água, solo, ar) a partir do uso da tecnologia; 
* Desmatamento; 
* Os 3Rs; 
* Aquecimento global.
4º e 5º Ano 
• Saúde 
* Tecnologia na medicina para a produção de medicamentos; 
possíveis curas e prevenções para doenças; 
* Evolução de aparelhos; 
* Investimentos do governo para a formação de profissionais da 
saúde. 
* Especialidades médicas;
• 6º Ano - CIÊNCIAS DA GEOGRAFIA - Profª. Regina 
• Camadas atmosféricas; 
• Radiossondas; Satélites artificiais; 
• Histórico da criação e lançamento de satélites no espaço; 
• Coordenadas Geográficas; 
• Precisão do uso do GPS;
7º Ano – TECNOLOGIA NA SEGURANÇA - Prof.: 
Wellington 
• Marco Civil (Lei); 
• Segurança virtual (prestação de serviços, clonagem; 
tipos de vírus...); 
• Segurança física (rastreamento; segurança em cofres 
bancários);
8º Ano – REDES SOCIAIS: Fonte de Conhecimento – Profª. Valdira 
• Histórico das redes sociais; 
• Pedofilia; 
• Prestação de serviços; 
• Mensagens em Spam; 
• Linguagem nas redes sociais.
9º Ano – CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO – Prof.: Netinho e Carlos Eduardo 
• Origem da máquina (ábaco/calculadora/ meios modernos); 
• Histórico sobre Bill Gates e Bolsa de Valores; 
• Arquitetura de um computador (O que é: físico e virtual/ Um servidor? / Uma rede? / Tráfico de 
dados? / Tipos de memória ‘RAM – ROM – SSD’? / ) 
• Evolução dos processadores; 
• Cálculo binário; 
• Linguagens da computação; 
• Fonte; 
• Convenção de voltagem; 
• Resistência; 
• Quilowats;
Projeto feira de ciências (tecnologia e vida).pptx
Projeto feira de ciências (tecnologia e vida).pptx

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Plano intervenção
Plano intervençãoPlano intervenção
Plano intervenção
josihy
 
Planejamento de ciências 6º ano
Planejamento de ciências 6º anoPlanejamento de ciências 6º ano
Planejamento de ciências 6º ano
Agenario Silva
 
Plano de aula 4º ano a
Plano de aula   4º ano aPlano de aula   4º ano a
Plano de aula 4º ano a
André Moraes
 

Mais procurados (20)

Plano intervenção
Plano intervençãoPlano intervenção
Plano intervenção
 
Planejamento de ciências 6º ano
Planejamento de ciências 6º anoPlanejamento de ciências 6º ano
Planejamento de ciências 6º ano
 
01 estudos orientados eo 2022
01 estudos orientados   eo 202201 estudos orientados   eo 2022
01 estudos orientados eo 2022
 
Plano diagnóstico de Matemática - 5º ano
Plano diagnóstico  de Matemática  - 5º ano  Plano diagnóstico  de Matemática  - 5º ano
Plano diagnóstico de Matemática - 5º ano
 
Atividades sobre sustentabilidade
Atividades sobre sustentabilidadeAtividades sobre sustentabilidade
Atividades sobre sustentabilidade
 
Aulas de protagonismo juvenil ef
Aulas de protagonismo juvenil efAulas de protagonismo juvenil ef
Aulas de protagonismo juvenil ef
 
Plano de ação 2011
Plano de ação 2011Plano de ação 2011
Plano de ação 2011
 
Cruzadinha de filosofia (Ética e moral – O problema da ação e dos valores)
Cruzadinha de filosofia  (Ética e moral – O problema da ação e dos valores)Cruzadinha de filosofia  (Ética e moral – O problema da ação e dos valores)
Cruzadinha de filosofia (Ética e moral – O problema da ação e dos valores)
 
Estudo Orientado
Estudo OrientadoEstudo Orientado
Estudo Orientado
 
Plano de aula História em quadrinhos
Plano de aula História em quadrinhos Plano de aula História em quadrinhos
Plano de aula História em quadrinhos
 
Projeto de Vida. Atividade 2 identidade.
Projeto de Vida. Atividade 2  identidade.Projeto de Vida. Atividade 2  identidade.
Projeto de Vida. Atividade 2 identidade.
 
Eletricidade - Texto e atividade de Ciências
Eletricidade   - Texto e atividade de CiênciasEletricidade   - Texto e atividade de Ciências
Eletricidade - Texto e atividade de Ciências
 
Dinamica
DinamicaDinamica
Dinamica
 
Projeto semana da pátria
Projeto semana da pátriaProjeto semana da pátria
Projeto semana da pátria
 
Projeto: Brincando Também se Aparende Matemática /5º ano
Projeto:   Brincando Também se Aparende Matemática /5º anoProjeto:   Brincando Também se Aparende Matemática /5º ano
Projeto: Brincando Também se Aparende Matemática /5º ano
 
PIAF CARDÁPIO 2023.pdf
PIAF CARDÁPIO 2023.pdfPIAF CARDÁPIO 2023.pdf
PIAF CARDÁPIO 2023.pdf
 
Plano de aula 4º ano a
Plano de aula   4º ano aPlano de aula   4º ano a
Plano de aula 4º ano a
 
O ar - Texto e atividade
O ar - Texto e atividadeO ar - Texto e atividade
O ar - Texto e atividade
 
Projeto de leitura
Projeto de leitura Projeto de leitura
Projeto de leitura
 
Relatório de alisângela considerações finais
Relatório de alisângela considerações finaisRelatório de alisângela considerações finais
Relatório de alisângela considerações finais
 

Destaque (7)

Manual de atividades práticas
Manual de atividades práticasManual de atividades práticas
Manual de atividades práticas
 
Ciências experimentais no 1º ciclo 2012 2013
Ciências experimentais no 1º ciclo 2012 2013Ciências experimentais no 1º ciclo 2012 2013
Ciências experimentais no 1º ciclo 2012 2013
 
Experiencias 1ano
Experiencias 1anoExperiencias 1ano
Experiencias 1ano
 
Atividades experimentais. Experiências com o ar.
Atividades experimentais. Experiências com o ar.Atividades experimentais. Experiências com o ar.
Atividades experimentais. Experiências com o ar.
 
Projeto feira de cultura
Projeto feira de culturaProjeto feira de cultura
Projeto feira de cultura
 
Explicação experimento pulmão na garrafa
Explicação experimento pulmão na garrafaExplicação experimento pulmão na garrafa
Explicação experimento pulmão na garrafa
 
Projeto Dengue
Projeto Dengue Projeto Dengue
Projeto Dengue
 

Semelhante a Projeto feira de ciências (tecnologia e vida).pptx

Apresentação projovem campo ufc
Apresentação projovem campo ufcApresentação projovem campo ufc
Apresentação projovem campo ufc
projovemcampoufc
 
Projeto feciarte
Projeto feciarteProjeto feciarte
Projeto feciarte
arteluanna
 
Retrospectiva Coisas Boas
Retrospectiva Coisas BoasRetrospectiva Coisas Boas
Retrospectiva Coisas Boas
SONIA BERTOCCHI
 
Retrospectiva Coisas Boas Minha Terra
Retrospectiva Coisas Boas   Minha TerraRetrospectiva Coisas Boas   Minha Terra
Retrospectiva Coisas Boas Minha Terra
SONIA BERTOCCHI
 
Atividade 7 5_gericosta_edileda_carlosandre_gilvana
Atividade 7 5_gericosta_edileda_carlosandre_gilvanaAtividade 7 5_gericosta_edileda_carlosandre_gilvana
Atividade 7 5_gericosta_edileda_carlosandre_gilvana
Luis Vongesse Junior Sousa
 
Atividade 7 5_gericosta_edileda_carlosandre_gilvana
Atividade 7 5_gericosta_edileda_carlosandre_gilvanaAtividade 7 5_gericosta_edileda_carlosandre_gilvana
Atividade 7 5_gericosta_edileda_carlosandre_gilvana
Luis Vongesse Junior Sousa
 

Semelhante a Projeto feira de ciências (tecnologia e vida).pptx (20)

Maquetes entre takes Uma Viagem Histórico Geográfica
Maquetes entre takes Uma Viagem Histórico GeográficaMaquetes entre takes Uma Viagem Histórico Geográfica
Maquetes entre takes Uma Viagem Histórico Geográfica
 
Regulamento 9ª Feintec | 2016
Regulamento 9ª Feintec | 2016Regulamento 9ª Feintec | 2016
Regulamento 9ª Feintec | 2016
 
Regulamento 9ª Feintec 2016
Regulamento 9ª Feintec 2016Regulamento 9ª Feintec 2016
Regulamento 9ª Feintec 2016
 
INTEGRA-(TE): cultura, ciência, pedagogia e empreendedorismo
INTEGRA-(TE): cultura, ciência, pedagogia e empreendedorismoINTEGRA-(TE): cultura, ciência, pedagogia e empreendedorismo
INTEGRA-(TE): cultura, ciência, pedagogia e empreendedorismo
 
Material de apoio
Material de apoioMaterial de apoio
Material de apoio
 
Regulamento 10ª FEINTEC 2018
Regulamento 10ª FEINTEC 2018Regulamento 10ª FEINTEC 2018
Regulamento 10ª FEINTEC 2018
 
Apresentação projovem campo ufc
Apresentação projovem campo ufcApresentação projovem campo ufc
Apresentação projovem campo ufc
 
Projeto feciarte
Projeto feciarteProjeto feciarte
Projeto feciarte
 
Projeto feciarte
Projeto feciarteProjeto feciarte
Projeto feciarte
 
Apresentacao ptcc
Apresentacao ptccApresentacao ptcc
Apresentacao ptcc
 
Espaco não formal e sua contrib na educ form e contin uma exp bem suc no brasil
Espaco não formal e sua contrib na educ form e contin  uma exp bem suc no brasilEspaco não formal e sua contrib na educ form e contin  uma exp bem suc no brasil
Espaco não formal e sua contrib na educ form e contin uma exp bem suc no brasil
 
Arq 5abb951a24f90
Arq 5abb951a24f90Arq 5abb951a24f90
Arq 5abb951a24f90
 
Regulamento 8ª feintec - FEIRA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA - 2015
Regulamento 8ª feintec - FEIRA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA - 2015Regulamento 8ª feintec - FEIRA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA - 2015
Regulamento 8ª feintec - FEIRA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA - 2015
 
Apresentação enlicsul
Apresentação enlicsulApresentação enlicsul
Apresentação enlicsul
 
Tic 2012
Tic 2012Tic 2012
Tic 2012
 
Retrospectiva Coisas Boas
Retrospectiva Coisas BoasRetrospectiva Coisas Boas
Retrospectiva Coisas Boas
 
Retrospectiva Coisas Boas Minha Terra
Retrospectiva Coisas Boas   Minha TerraRetrospectiva Coisas Boas   Minha Terra
Retrospectiva Coisas Boas Minha Terra
 
Ha isabel pereira
Ha isabel pereiraHa isabel pereira
Ha isabel pereira
 
Atividade 7 5_gericosta_edileda_carlosandre_gilvana
Atividade 7 5_gericosta_edileda_carlosandre_gilvanaAtividade 7 5_gericosta_edileda_carlosandre_gilvana
Atividade 7 5_gericosta_edileda_carlosandre_gilvana
 
Atividade 7 5_gericosta_edileda_carlosandre_gilvana
Atividade 7 5_gericosta_edileda_carlosandre_gilvanaAtividade 7 5_gericosta_edileda_carlosandre_gilvana
Atividade 7 5_gericosta_edileda_carlosandre_gilvana
 

Mais de Cycyro Soares

Mais de Cycyro Soares (20)

De tudoumpoucocida
De tudoumpoucocidaDe tudoumpoucocida
De tudoumpoucocida
 
Destaques fotos
Destaques fotosDestaques fotos
Destaques fotos
 
Desejo de natal
Desejo de natalDesejo de natal
Desejo de natal
 
Desejo de natal
Desejo de natalDesejo de natal
Desejo de natal
 
Descubre a mensagem
Descubre a mensagemDescubre a mensagem
Descubre a mensagem
 
Departamento de reconhecimento
Departamento de reconhecimentoDepartamento de reconhecimento
Departamento de reconhecimento
 
Dedique seu tempo laugustol mn
Dedique seu tempo laugustol mnDedique seu tempo laugustol mn
Dedique seu tempo laugustol mn
 
Danca lenta cida
Danca lenta cidaDanca lenta cida
Danca lenta cida
 
Cuando dez
Cuando   dezCuando   dez
Cuando dez
 
Creio em deus
Creio em deusCreio em deus
Creio em deus
 
Copperfield
CopperfieldCopperfield
Copperfield
 
Convideo amorparainvadirsuacasa
Convideo amorparainvadirsuacasaConvideo amorparainvadirsuacasa
Convideo amorparainvadirsuacasa
 
Conselho pps
Conselho   ppsConselho   pps
Conselho pps
 
Confie(1) confie mn
Confie(1) confie mnConfie(1) confie mn
Confie(1) confie mn
 
Como pode
Como podeComo pode
Como pode
 
Como pode laugustol mn
Como pode laugustol mnComo pode laugustol mn
Como pode laugustol mn
 
Comercial de sucesso
Comercial de sucessoComercial de sucesso
Comercial de sucesso
 
Com deus nao se brinca sal
Com deus nao se brinca      salCom deus nao se brinca      sal
Com deus nao se brinca sal
 
Cicatrizes
CicatrizesCicatrizes
Cicatrizes
 
Cerezos bellisimos
Cerezos bellisimosCerezos bellisimos
Cerezos bellisimos
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 

Último (20)

transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 

Projeto feira de ciências (tecnologia e vida).pptx

  • 1.
  • 2. “É preciso criar pessoas que se atrevam a sair das trilhas aprendidas, com coragem de explorar novos caminhos, pois a ciência construiu-se pela ousadia dos que sonham e o conhecimento é a aventura pelo desconhecido em busca da terra sonhada”. Rubem Alves
  • 3. O aprimoramento do educando como pessoa humana, incluindo a formação ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico constitui uma das finalidades da Educação Básica, assim como a compreensão dos fundamentos científico-tecnológicos dos processos produtivos, relacionando a teoria com a prática. A Escola Coração de Maria, entendendo a educação como uma prática humana, social, ligada a processos de comunicação e interação que propiciam a assimilação e produção de saberes, habilidades, técnicas, atitudes e valores, buscando realizar nos sujeitos humanos a humanização plena, e considerando a marcante e controversa presença da tecnologia na vida do homem contemporâneo, especialmente na dos jovens, elegeu o tema “Tecnologia e Vida: Construindo ideias” para o seu Projeto da VII Amostra Cultural do ano de 2014.
  • 4. Apresentar propostas e alternativas de utilização do conhecimento e da tecnologia para melhorar a vida do homem e das gerações futuras, sem agredir o ecossistema e sua própria existência, bem como avaliar criticamente o uso adequado da tecnologia, considerando a relevância dos interesses humanitários sobre os interesses econômicos.
  • 5. • Compreender ciência como o conjunto de conhecimentos sistematizados, produzidos socialmente ao longo da história, na busca da compreensão e transformação da natureza e da sociedade. • Compreender tecnologia como a transformação da ciência em força produtiva ou mediação do conhecimento científico e a produção, marcada, desde sua origem, pelas relações sociais que a levaram a ser produzida. • Reconhecer a importância e contribuições da ciência e da tecnologia para a valorização da vida em nosso planeta e para a humanização plena dos sujeitos humanos.
  • 6. Buscaremos instigar a busca pelo conhecimento dos alunos da Escola Coração de Maria desde a Educação Infantil ao Ensino Fundamental II, bem como levar este conhecimento adquirido aos educando visitantes.
  • 7. Metodologia • A divulgação da proposta geral do trabalho aos professores e alunos da escola será feita pela Coordenação, observando as seguintes diretrizes: • Cada turma irá se organizar em grupos de no mínimo 3 (três) e no máximo 5 (cinco) alunos para a apresentação do trabalho. • A forma de apresentação dos trabalhos ficará a critério da criatividade de cada grupo. • Todas as disciplinas deverão estar envolvidas no projeto. • Todos os alunos têm de participar de um trabalho relativo ao Projeto, que deverá envolver conhecimentos • Dados os temas que darão origem à pesquisa e o levantamento de perguntas/questões, o grupo deverá, junto aos professores, verificar a melhor maneira de desenvolverem o trabalho. • O trabalho produzido pelos grupos será apresentado na Feira Cultural. Todos os componentes dos grupos têm de estar presentes durante todo o período do evento e participar das explicações sobre a pesquisa aos professores, avaliadores ou não, e aos visitantes. • A realização dos trabalhos será acompanhada pelos professores, proporcionando aos grupos de alunos orientação e apoio. Esse acompanhamento objetiva o desenvolvimento de pesquisas com o aprofundamento e seriedade necessários e de forma a que cheguem, de fato, à autoria coletiva de uma produção que expresse as conclusões do grupo.
  • 8. Atividades Ago Set Out I- Apresentação do esboço do Projeto aos educadores. X II- Divulgação do projeto e apresentação de Temas para as turmas (após as avaliações contínuas mensais) X III- Estudo e preparação do material para a amostra (Recursos ofertados pela escola) X IV- Acompanhamento e questionamentos sobre pontos positivos e negativos de X trabalhos nas turmas. V- Realização da Amostra Cultural (após as avaliações contínuas mensais) X VI- Avaliação da realização da Amostra Cultural. X
  • 9. • A realização dos trabalhos inscritos será acompanhada pelos professores, proporcionando aos grupos de alunos orientação e apoio. Esse acompanhamento objetiva o desenvolvimento de pesquisas com o aprofundamento e seriedade necessários e de forma a que cheguem, de fato, à autoria coletiva de uma produção que expresse as conclusões do grupo.
  • 10. • Apresentação da Feira Cultural será no dia __________ de Outubro de 2014. Nos horários: Manhã: _______ à _______ Tarde: _______ à ________.
  • 11. A. Critérios Os trabalhos serão avaliados de acordo com os critérios definidos a seguir: • importância e organização da pesquisa; • cumprimento das tarefas estabelecidas • participação e integração do grupo de pesquisa em todas as etapas do desenvolvimento; • adequação e organização do material utilizado para a exposição do trabalho na Feira Cultural; • criatividade quantos aos recursos utilizados para a apresentação do trabalho.
  • 12. B. Atribuição de Notas • A nota final do trabalho de cada grupo será atribuída através da soma dos pontos obtidos em cada um dos critérios estabelecidos, avaliados na etapa de desenvolvimento e na Feira Cultural, seguindo a lista abaixo. A pontuação relativa a cada critério poderá variar de acordo com a escala apresentada a seguir. Critério Feira Participação e integração do grupo 5 a 10 Adequação e organização do material utilizado para a exposição do trabalho • A nota final da apresentação do dia da Feira será a média aritmética simples obtida entre as notas atribuídas pelos professores avaliadores. 5 a 10 Criatividade 5 a 10 Apresentação 5 a 10 Total
  • 13. C. Utilização da nota dos trabalhos realizados • A nota final do trabalho apresentado na Feira Cultural irá compor a nota da Parcial 5 em todas as disciplinas envolvidas, através da média aritmética simples com a nota de trabalhos e avaliações do bimestre. EX: Trab. 1 + Aval. 1 + Trab. 2 + Aval. 2 + Méd. Parc. da Feira : por 5 = MB
  • 14. • Infantil II e III – Caracterização dos personagens de Historinhas Projeto Leitura: Fábula – Modernização de uma fábula “A tartaruga e a lebre”. Contos – Reconto do conto da “Chapeuzinho Vermelho”. Lendas – Redescobrindo o Folclore “Travessuras do Saci”. HQ – Escritores: Ziraldo e Maurício de Souza.
  • 15. Infantil IV – Tapete de Leitura • Contação de Histórias; • Exposição de alguns livros infantis; • Apresentação de histórias ilustradas;
  • 16. Infantil V e 1º Ano • Retrospectiva do livro de historinhas do Infantil V; • Linha do Tempo da escola ( Primeiras turmas e livrinhos produzidos mostradas em vídeo; • Exposição de fotos do evento “Escritores...”
  • 17. • 2º e 3º Ano • Ecologia * Poluição (água, solo, ar) a partir do uso da tecnologia; * Desmatamento; * Os 3Rs; * Aquecimento global.
  • 18. 4º e 5º Ano • Saúde * Tecnologia na medicina para a produção de medicamentos; possíveis curas e prevenções para doenças; * Evolução de aparelhos; * Investimentos do governo para a formação de profissionais da saúde. * Especialidades médicas;
  • 19. • 6º Ano - CIÊNCIAS DA GEOGRAFIA - Profª. Regina • Camadas atmosféricas; • Radiossondas; Satélites artificiais; • Histórico da criação e lançamento de satélites no espaço; • Coordenadas Geográficas; • Precisão do uso do GPS;
  • 20. 7º Ano – TECNOLOGIA NA SEGURANÇA - Prof.: Wellington • Marco Civil (Lei); • Segurança virtual (prestação de serviços, clonagem; tipos de vírus...); • Segurança física (rastreamento; segurança em cofres bancários);
  • 21. 8º Ano – REDES SOCIAIS: Fonte de Conhecimento – Profª. Valdira • Histórico das redes sociais; • Pedofilia; • Prestação de serviços; • Mensagens em Spam; • Linguagem nas redes sociais.
  • 22. 9º Ano – CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO – Prof.: Netinho e Carlos Eduardo • Origem da máquina (ábaco/calculadora/ meios modernos); • Histórico sobre Bill Gates e Bolsa de Valores; • Arquitetura de um computador (O que é: físico e virtual/ Um servidor? / Uma rede? / Tráfico de dados? / Tipos de memória ‘RAM – ROM – SSD’? / ) • Evolução dos processadores; • Cálculo binário; • Linguagens da computação; • Fonte; • Convenção de voltagem; • Resistência; • Quilowats;