Successfully reported this slideshow.

Artigo7

246 visualizações

Publicada em

artigo

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Artigo7

  1. 1. BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS DE ONTEM E HOJE NA EDUCAÇÃO INFANTIL EDNILSA TEIXEIRA DE SOUZA ENICE LAZARETTI MIRANDA MARCIA FABIANA DE OLIVEIRA SANDRA APARECIDA LORENZON SOLANGE ZARTH RESUMO A opção por este tema deve-se ao fato de que nesta faixa etária as crianças são extremamente curiosas em relação aos brinquedos e brincadeiras. Além disso, o mesmo pode ser explorado de várias formas, contemplando diversas áreas do conhecimento. Acreditamos que o brinquedo e a brincadeira são ingredientes vitais para uma infância sadia e para um aprendizado significativo, já que o brincar estimula o desenvolvimento intelectual da criança, como também ensina os hábitos necessários ao seu crescimento. Assim, proporcionar as crianças momentos de convivência saudável, amiga, criativa e construtiva, pois através da brincadeira a criança atribui sentido ao seu mundo, se apropria de conhecimentos que a ajudarão a agir sobre o meio em que ela se encontra, reconhecendo a cultura brasileira, resgatando brincadeiras, jogos e cantigas de roda. O brincar para a criança é fundamental para o seu desenvolvimento, pois é no lúdico que ela aprende a interagir com os outros e compartilhar as diferenças de uma forma espontânea. O brincar favorece o desenvolvimento, o equilíbrio, a comunicação, a criatividade, a independência e o crescimento intelectual e emocional da criança. PALAVRAS-CHAVE: Brinquedo, brincadeira, lúdico, criança
  2. 2. RESUME The choice of this theme is due to the fact that at this age children are extremely curious in relation to toys and games. Furthermore, it can be exploited in many ways, comprising many different fields of knowledge. We believe that the toy and play are vital ingredients for a healthy childhood and a significant learning as the play stimulates intellectual development of children, but also teaches the habits necessary for their growth. Thus providing children moments of healthy coexistence, friendly, creative and constructive, because through play the child gives meaning to your world, appropriates knowledge that will help you act on the environment in which it finds itself, recognizing the Brazilian culture , rescuing jokes, games and nursery rhymes. Playing for the child is critical to your development as it is in playful she learns to interact with others and share the differences in a spontaneous way. The play encourages the development, balance, communication, creativity, independence and intellectual and emotional growth of the child. KEYWORDS: toy, fun, playful, child INTRODUÇÃO Baseando-se na importância do lúdico com crianças, este artigo proporciona uma boa recordação e aprendizagem acerca dos jogos, brinquedos e brincadeiras, para a construção de uma aprendizagem coesa e nos faz reportar ao tempo em que era mais valorizado o processo de construção e reconstrução de brinquedos e das brincadeiras, onde o mais importante não era o produto final, aquele pronto e acabado, mas o resgate da cultura e prática do lúdico. Na constituição de grupos conhecimento se dá através da percepção de que o sujeito faz do seu redor, em estágios, onde cada novo estágio ocorre apenas quando há o equilíbrio que é fruto das assimilações e acomodações feitas no estágio anterior. O universo lúdico abrange, de forma mais ampla os termos brincar, brincadeira, jogo e brinquedo. O brincar caracteriza tanto a brincadeira como o jogo e o brinquedo como objeto suporte da brincadeira e/ou do jogo. Para tanto, é preciso tecer uma breve reflexão sobre a especificidade do artigo- o lúdico: jogos, brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprendizagem na educação infantil.
  3. 3. REFERENCIAL TEORICO Rojas (2007), afirma que o lúdico é à base de toda atividade da educação infantil, pois é meio de motivação para criança, que pode dar origem a processos de aprendizagem importantes, fonte de descoberta e prazer. Ludicidade é a espontaneidade em trabalhar, fazendo a comunicação entre a fantasia, o brincar e o real. Para Kishimoto (2006), o uso do brinquedo/jogo educativo com fins pedagógicos é importante instrumento para situações de ensino-aprendizagem e de desenvolvimento infantil. Conforme o Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil (RCNEI, vol. 03, 2002), as brincadeiras e jogos envolvem a descoberta e a exploração de capacidades físicas, e expressão de emoções, afetos e sentimentos. Além da alegria e do prazer de brincar. Sabemos que as crianças valorizam os brinquedos que são construídos principalmente por elas, os materiais constituem um instrumento importante para o desenvolvimento da tarefa educativa, uma vez que é um meio que auxilia a ação das crianças. A brincadeira contribui para o processo de socialização das crianças, oferecendo-lhes oportunidades de realizar atividades coletivas livremente, além de ter efeitos positivos para o processo de aprendizagem e estimular o desenvolvimento de habilidades básicas e aquisição de novos conhecimentos. As brincadeiras aparentemente simples são fontes de estímulo ao desenvolvimento cognitivo, social e afetivo da criança e também é uma forma de auto-expressão. Talvez poucos pais saibam o quanto é importante o brincar para o desenvolvimento físico e psíquico do seu filho. Sabemos que o brincar é uma importante maneira de a criança se relacionar e conhecer o mundo. Além de proporcionar prazer, o ato de brincar é fundamental para o desenvolvimento uma vez que é por meio das brincadeiras que as crianças representam papeis, imitam, comunicam-se e desenvolvem a atenção e imaginação. De acordo com Vygotsky (apud Miranda 2008), através do brinquedo também se cria a zona de desenvolvimento proximal, despertando vários processos internos capazes de operar quando a criança interage com pessoas em seu ambiente, e quando em cooperação com seus companheiros. O professor também possibilita a zona de desenvolvimento proximal quando o mesmo interage com os alunos através da linguagem no processo dialógico, é importante que o
  4. 4. professor perceba seu papel como mediador do processo ensino-aprendizagem, o que se dá tanto em sua interação com os alunos, como na interação aluno-aluno, aluno- professor e aluno-material. Segundo Miranda (2008), a brincadeira é muito importante para o desenvolvimento da aprendizagem e construção do conhecimento da criança na educação infantil. É muito importante que o professor da educação infantil tenha consciência de que no uso de materiais lúdicos como recursos metodológicos a maiores possibilidades no desenvolvimento psicomotor, cognitivo e afetivo da criança. CONCLUSÃO Ao final deste artigo percebeu-se que é de suma importância propor atividades adequadas à idade e nível das crianças, diferentes possibilidades de análises, apresentando novos obstáculos a serem superados, devemos procurar propor atividades nas quais os alunos possam tomar iniciativas de começar a desenvolvê-las de modo independente e sintam-se capazes de vencer as dificuldades com as quais se defrontam. Acreditamos que uma educadora de educação infantil se envolve de forma efetiva com as crianças, tem a oportunidade de se construir profissionalmente e desenvolver um olhar conceitual mais consistente, podendo contribuir com as crianças em todos os aspectos afetivos, motor, cognitivo e social. E como educadoras de Educação Infantil devemos estimular a criança a controlar e corrigir seus erros, seus avanços, rever suas respostas, pois assim possibilitará a ela descobrir onde falhou ou teve sucesso e por que isso ocorreu. A consciência de acertos, erros e lacunas permitem ao aluno compreender seu próprio processo de aprendizagem, desenvolvendo sua autonomia para continuar aprendendo.
  5. 5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BRASIL Ministério da Educação e do desporto. Secretaria da Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil e do Desporto, Secretaria_ Brasília: MECSEF, 1998. 3 v: i L KISHIMOTO, Tizuko Morchida, Jogo, Brinquedo, brincadeira e a educação/ Tizuko M. Kishimoto (Org.); -9. ed.- São Paulo: Cortez, 2006. Miranda, Elisete de o Pensamento matemático: Formação e desenvolvimento de conceitos / Elisete de Miranda. – Cuiabá : EdUFMT, 2008. ROJAS, Jucimara jogos brinquedos e brincadeiras: o lúdico e o processo de desenvolvimento infantil/ Jucimara Rocha.-- Cuiabá : 2007

×