SlideShare uma empresa Scribd logo
11 A 17 DE JUNHO DE 2011                                                       SANTUÁRIO
                                                                               DE APARECIDA
                                                                                                                                                                                PÁG. 8


Mercado
                       Qualidade de Vida
                é crucial no mundo do trabalho
      Viver com prazer melhora produtividade e relações interpessoais
                                              gração e o bem-estar dos profissionais              lógicos, sociais e organizacionais –, baseado




                                                                                                                                                                                          Fotos: Arquivo Pessoal
                     Leonardo Meira           nas organizações pressupõe, portanto,               no conceito de saúde adotado pela OMS.
leonardo.jornal@editorasantuario.com.br       considerar como as políticas e práticas             “Não se pode ficar apenas em ques-
                                              de gestão apresentam-se facilitadoras de            tões clínicas, mas sim adentrar na vida
    Qualidade de vida é a expressão da        tais processos”, explicam os doutores               mais plena e com qualidade. Para isso,
vez. Afinal de contas, quem não quer          Zélia Miranda Kilimnik e Anderson                   a empresa precisa adotar um conceito
viver melhor? E não é difícil perceber        Santanna, organizadores de um livro                 – por exemplo, relacionamento saudável,
que o pano de fundo das buscas pessoais       que aborda o tema.                                  horário de trabalho etc. –; após, é preciso
é exatamente este: ter uma vida com               “A meta principal de programas de               identificar o eixo e o período de ação,
mais gosto e que valha a pena ser vivida.     QVT é a conciliação dos interesses dos              discutindo uma agenda equilibrada que
Mas e quando o trabalho entra em cena?        indivíduos e das organizações, ou seja,             varie entre diversos aspectos. A combina-
Como viver melhor se aquele colega            ao melhorar a satisfação do trabalhador,            ção do que será feito deve ser negociada,
“chato” todo o dia vira a cara para você?     melhora-se a produtividade da empresa. Ao           o que chamamos de contrato psicológi-
E como saborear a vida se a ameaça de         melhorar a QVT, aumenta-se a possibilidade          co de trabalho, com a combinação de
que “puxem o seu tapete” permanece            de se obter qualidade de vida pessoal, social       resultados de mercado e demandas dos
rondando a cada instante?                     e familiar, embora sejam esferas diferentes         próprios empregados, que sinalizam o
    Em um primeiro momento, parece            e nelas se desempenhem papéis diferentes”,          que gostariam. Caso contrário, a empresa
mesmo que o mundo corporativo não             aponta o doutor em Engenharia de Produ-             gasta muito dinheiro e não atinge o ponto
seja lá muito afeito a buscas por uma         ção e professor da FAE Business School,             motivacional, de incentivo”, esclarece.
vida mais prazerosa. Se você acredita         Antonio Lázaro Conte.                                   Para as empresas, práticas que promo-
nisso, é bom dar uma repensada. Já                                                                vam a QVT diminuem os altos gastos
ouviu falar em QVT? A sigla refere-se à           O que fazer?                                    médicos – sai mais barato promover ações
Qualidade de Vida no Trabalho, concei-            De modo geral, a satisfação no trabalho,        de saúde, educação e relacionamento que
to que se aplica aos projetos que buscam      a autoestima e a forma como a pessoa se             pagar convênios médicos, operações,
a humanização das relações de trabalho        sente em relação a si própria são afetadas          cirurgias e afastamentos. Da mesma
e existem nas empresas que se preocu-         diretamente pelas relações interpessoais            forma, auxiliam no processo de retenção
pam com satisfação, desenvolvimento e         e conflitos que existem. É por isso que as          de talentos – a empresa mostra-se atrativa,
produtividade de seus funcionários.           organizações precisam satisfazer as neces-          pois é boa, cuidadora, respeitosa em rela-
    “Basicamente, é a percepção de bem-       sidades físicas, psicológicas e financeiras         ção ao mercado. Por fim, aspectos ligados
-estar, associada a fatores internos (auto-   dos funcionários, dimensões a serem traba-          à gestão do conhecimento também entram
estima, valorização da vida) e externos       lhadas de modo global e conjunto.                   em campo – faz parte da cultura daquela
(condição de vida, alimentação, consu-            “Deve haver na empresa uma política             empresa a pessoa conhecer-se, qualificar-
mo, educação). Seria o equilíbrio entre       de RH e pesquisas de clima organizacional           se, respeitar as metas organizacionais,
esses dois fatores”, explica a coordenado-    que forneçam subsídios sobre o estado das           envolvendo ações gerenciais que mostram
ra do Núcleo de Estudos e Pesquisas em        relações entre os funcionários e permitam           que melhores resultados são obtidos por
Gestão da Qualidade de Vida no Traba-         elaborar intervenções específicas e adequa-         quanto mais participativo e especializado
lho (GQVT) da FEA/USP e membro                das. Também é preciso atenção para respei-          for o colaborador.
fundador da Associação Brasileira de          tar a individualidade e as características de           Na lista de providências a tomar, há um
Qualidade de Vida (ABQV), professora          cada um com relação ao tipo de vida social          item ao qual é preciso se ater com especial
Ana Cristina Limongi-França.                  escolhida. A pressão por apresentar-se              cuidado: o equilíbrio entre vida pessoal e
    De fato, é muito difícil haver produ-     sempre feliz, gregário e disponível, dentro         trabalho. Uma boa dica é trabalhar com
tividade satisfatória e boa qualidade de      de uma ambiente com um componente de                a ideia de que somos únicos, mas com
vida se as condições de trabalho não          competição, pode também levar a um forte            vários papéis sociais, e que um papel não
são adequadas. Nesse sentido, ações           desgaste emocional”, alerta o doutor em             pode sobrepor ou esvaziar o outro. Tudo
de QVT buscam auxiliar a tarefa de            administração e professor da Universidade           bem que há períodos em que o trabalho
construir uma ambiência organizacio-          Estadual de Campinas (Unicamp), Gustavo             vai exigir um pouco mais, mas é preciso
nal, “contexto capacitante em que os          Luis Gutierrez.                                     lançar mão de estratégias compensatórias
conhecimentos, as habilidades e atitudes          A professora Ana Cristina desenvol-             futuras para que o convívio com aqueles            De cima para baixo,
                                                                                                                                                     os professores Zélia Klimnik,
das pessoas possam ser mobilizados            veu um método conhecido como BPSO                   que são próximos e consigo mesmo não               Anderson Santanna e
e/ou desenvolvidos. Promover a inte-          – conjunto de aspectos biológicos, psico-           seja afetado negativamente.                        Ana Cristina Limongi-França


      Ações de QVT
                                                                                              – ambiente de trabalho;                             – agenda em que haja ações que
                                                                                              – relações interpessoais;                           envolvam rotina do dia a dia para
                                                                                              – recursos e equipamentos                           que o colaborador possa cuidar-se
                                                                                                disponíveis;                                      e a empresa também mostre que
                                                                                              – alimentação;                                      deseja que ele se cuide;
                                                                                              – orientações sobre consumo;                        – disponibilizar espaços físicos para
                                                                                              – cuidado com sobrecarga                            descontração;
                                                                                                de trabalho;                                      – exposições temáticas;
                                                                                              – saúde;                                            – incentivo a atividades
                                                                                              – segurança;                                          em grupos;
                                                                                              – remuneração;                                      – técnicas alternativas;
                                                                                              – reconhecimento e nível                            – buscar feedback dos funcionários,
                                                                                                de estresse;                                      para identificar falhas e desenvolver
                                                                                              – clima organizacional saudável;                    soluções e melhorias.
PÁG. 9                                                                   SANTUÁRIO
                                                                         DE APARECIDA
                                                                                                                                                11 A 17 DE JUNHO DE 2011




             Como aumentar sua qualidade de vida...


                              ... no trabalho:                                                                                                   ... consigo mesmo:
                              – procure um trabalho do qual                               ... em casa:                                           – cuide de sua saúde,
                          você goste, com o qual se iden-                                 –    organize-se,                                  alimentação e bem-estar;
                          tifique e/ou lhe permita aprender                           com o objetivo de ter                                      – conheça-se melhor e
                          coisas novas e se desenvolver;                              tempo para se cuidar                                   esteja sempre atento a seus
                              – coloque sua energia naque-                            e, também, cuidar da                                   sentimentos, procurando
                          las atividades com as quais mais                            casa e dos outros (pais,                               expressá-los, sempre que
 você se identifica, partindo da máxima “se você não           filhos, cônjuge, amigos etc.);                                                possível;
 faz exatamente o que gosta, procure gostar do que                 – busque ter uma vida social e cultural                – evite fazer dramas em relação a seus proble-
 faz” (você talvez não vá conseguir gostar de tudo o que       ativa;                                                  mas, assim como evite julgar as pessoas;
 faz, mas certamente encontrará alguma atividade ou                – o diálogo é fundamental e o alinhamento              – pense sempre que se alguém lhe incomodar
 dimensão do seu trabalho na qual sentirá que vale a pena      de propósitos e projetos é mais forte ainda;            muito, seja em casa ou no trabalho, pode ser que
 investir para obter maior satisfação e/ou realização);            – peça para cada membro da família listar           essa pessoa esteja espelhando aspectos que você
     – tenha orgulho do que faz, independentemente             seus projetos para os próximos doze meses e             não quer enxergar em si próprio;
 da complexidade ou recompensa monetária. Liste os             para os próximos cinco anos. Procure fazer                 – elenque seus projetos de vida, ou seja,
 fatores desmotivacionais no trabalho e procure resolver       um alinhamento definindo os projetos prio-              sonhos e promessas, como casar, ter filhos, viajar,
 um de cada vez. Se os valores da empresa e os seus            ritários. Negocie a ordem desses projetos e             realizar passeios pela cidade, perder peso, apren-
 estiverem alinhados, e se o seu perfil natural e o perfil     comece a realizar o planejamento. Envolva               der idiomas, aprender a dançar ou mesmo tocar
 profissional estiverem coerentes, com certeza será uma        todos nessa atividade de planejar e distri-             um instrumento musical, e classifique-os por
 missão realizável;                                            bua as atividades para que todos se sintam              ordem de prioridade;
     – liste os fatores que lhe motivam. Procure focar seus    corresponsáveis. Lembre-se de que você está                – acompanhe sua rotina, avalie quanto tempo
 esforços em atividades nesse sentido, ou seja, coerentes      com sua família; logo, conduza o processo               gasta em cada atividade e compare com os projetos
 com seu perfil motivacional. Com certeza, essas tarefas       em clima harmonioso, apaixonado e respei-               que deseja. Não há como ser feliz se não dedicar
 lhe darão muito prazer, o tempo irá passar muito rápido       toso. Acertar sempre não é o objetivo maior,            um tempo mínimo da rotina para a realização de
 e o sentimento de felicidade e realização será intenso.       e sim conviver bem.                                     seus projetos.


                                  O que a empresa deve fazer para aumentar a QVT
                                  – saber o que significa “ter qualidade de vida no trabalho” para a sua força de trabalho, o que implica em realizar sondagens e
                               pesquisas de satisfação;
                                  – adotar políticas de gestão de pessoas dotadas de flexibilidade e envolvendo a participação dos empregados, no sentido de permitir
                               que cada um busque a sua satisfação e o seu crescimento na empresa, não necessariamente no sentido vertical. Uma mudança de setor
                               ou de área pode representar um aumento de qualidade de vida considerável para determinado empregado, assim como uma oportunidade
                               de adquirir novos conhecimentos;
                                  – oferecer programas de benefícios e de prevenção quanto a problemas de saúde, assistência médica, assim como incentivos à parti-
 cipação em cursos, de acordo com as necessidades e interesses de sua força de trabalho, de maneira integrada com suas metas e possibilidades.
                                                                                                      Fontes: Zélia Klimnik, Anderson Santanna, Antonio Lázaro Conte



     Conflito intergeracional                                                  Como lidar com a raiva e pessoas difíceis?

                               A relação interge-                                         Um dos desafios na busca pela qualidade de vida no trabalho é deparar-se com a
                            racional é outro ponto                                    realidade nua e crua de que, muitas vezes, somos nós as pessoas difíceis e raivosas.
                            delicado que deve ser                                     “A esperança de que uma pessoa difícil pode tornar-se dócil, se tratada com respeito,
                            levado em conta na                                        anima-nos, pois todos nós somos dotados da capacidade de reconhecer nossos atos
                            hora de se formular                                       e modificá-los para melhor. Aquele que faz o outro infeliz é porque é muito infeliz,
                            projetos de QVT. No                                       que precisa ferir para mendigar respeito. Abandonando os condicionamentos, afas-
                            mundo corporativo                                         tando-nos das posturas radicais, preconceituosas, rígidas,
                            atual, pela primei-                                       mantendo um esquema de autoavaliação constante para
  ra vez, gerações muito diferentes convivem
                                                                                      viver o lógico, o real, o agora, a vida torna-se uma deliciosa
  juntas no mesmo ambiente, cada um com
                                                                                      aventura”, acredita a autora do livro Como lidar com pessoas
  visões bastante diferentes acerca de hierarquia,
  horário de trabalho, vinculação à empresa e
                                                                                      difíceis: a começar por mim, Ruthe Rocha Pombo.
  carreira, por exemplo.                                                                  Por sua vez, o autor de Como driblar a raiva no
      A divisão conceitual mais aceita é entre vete-                                  trabalho, Luiz Gabriel Tiago, conhecido como Senhor
  ranos, Baby Boomers, X e Y. Projetos de QVT                 Gentileza, indica que é preciso buscar amizades e relacionamentos saudáveis no
  bem formulados fazem toda a diferença para que              setor onde trabalha. “Acredito na capacidade do ser humano de gerar sentimentos
  o convívio entre essas gerações seja harmonioso             positivos com seu próximo e ter a habilidade de colocá-los em prática. Todos
  e não se torne um campo de batalha.                         nós temos que conhecer a definição da palavra empatia e multiplicá-la, pois
      “Uma das formas de intervenção é ter políti-            muitas coisas se tornam mais fáceis quando conseguimos colocar-nos no lugar
  ca explícita de respeito entre as idades, embora            dos outros. Honestidade, cordialidade e, sem dúvida nenhuma, a gentileza são
  não seja algo fácil. Outro fator muito simples é            indispensáveis para se promover a harmonia e ‘vender’ uma boa imagem aos demais.”
  enfatizar a questão do respeito à pessoa, o que
  abre espaço ao diálogo e a achar soluções inte-                                    Adquira estes títulos através do
  ressantes de competitividade e carreira. É preciso                          0800 16 00 04 ou www.editorasantuario.com.br
  envolver uma costura na educação para o relacio-
  namento na diversidade entre as gerações. E se
  não se cuida disso, os conflitos são muito duros                                                         Acesse o blog do JS, confira as
  e a rotina de trabalho é bastante prejudicada”,                                                 entrevistas na íntegra e mais detalhes sobre QVT
  explica a psicóloga Ana Cristina.                                                                     www.jornalsantuario.wordpress.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Qualidade De Vida No Trabalho Origem EvoluçãO E Perspectivas
Qualidade De Vida No Trabalho Origem EvoluçãO E PerspectivasQualidade De Vida No Trabalho Origem EvoluçãO E Perspectivas
Qualidade De Vida No Trabalho Origem EvoluçãO E Perspectivas
Luciana Bernadete Felix
 
Trajetórias socioprofissionais
Trajetórias socioprofissionaisTrajetórias socioprofissionais
Trajetórias socioprofissionais
CarlaMedeiros47
 
Slides
SlidesSlides
Slides
Marie Santos
 
Recruit module 6 inclus online
Recruit module 6 inclus onlineRecruit module 6 inclus online
Recruit module 6 inclus online
caniceconsulting
 
monografia Qualidade de vida no trabalho
monografia Qualidade de vida no trabalhomonografia Qualidade de vida no trabalho
monografia Qualidade de vida no trabalho
Raniery Silva Pessoa
 
Gestão estratégica de pessoas e a importância dos valores, cultura e clima or...
Gestão estratégica de pessoas e a importância dos valores, cultura e clima or...Gestão estratégica de pessoas e a importância dos valores, cultura e clima or...
Gestão estratégica de pessoas e a importância dos valores, cultura e clima or...
Sheila Gonçalves
 
Case Medicatriz: Um estudo sobre aplicação prática da Psicologia Positiva no ...
Case Medicatriz: Um estudo sobre aplicação prática da Psicologia Positiva no ...Case Medicatriz: Um estudo sobre aplicação prática da Psicologia Positiva no ...
Case Medicatriz: Um estudo sobre aplicação prática da Psicologia Positiva no ...
Sheila Gonçalves
 
Apresentação qvt
Apresentação qvtApresentação qvt
Apresentação qvt
Aida Chahine
 
Qualidade de Vida no Trabalho
Qualidade de Vida no Trabalho Qualidade de Vida no Trabalho
Qualidade de Vida no Trabalho
Mariany Moura
 
Modelo de walton modelos
Modelo de walton   modelosModelo de walton   modelos
Modelo de walton modelos
Maria Lima
 
Qualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalhoQualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalho
Wagner Souza
 
Pt recruit module 6-inclusiveness in workplace_online
Pt   recruit module 6-inclusiveness in workplace_onlinePt   recruit module 6-inclusiveness in workplace_online
Pt recruit module 6-inclusiveness in workplace_online
caniceconsulting
 
UFCD - 6561 -Equipas Multidisciplinares .pptx
UFCD - 6561 -Equipas Multidisciplinares  .pptxUFCD - 6561 -Equipas Multidisciplinares  .pptx
UFCD - 6561 -Equipas Multidisciplinares .pptx
Nome Sobrenome
 
Trab. psicologia organizacional (geral)
Trab. psicologia organizacional (geral)Trab. psicologia organizacional (geral)
Trab. psicologia organizacional (geral)
HENRIQUE MESQUITA
 
Slide - Qualidade de vida
Slide - Qualidade de vidaSlide - Qualidade de vida
Slide - Qualidade de vida
Mariana Freire
 
O trabalho em equipe na saúde
O trabalho em equipe na saúdeO trabalho em equipe na saúde
O trabalho em equipe na saúde
Luís Fernando Tófoli
 
Cadernos humaniza sus volume 1 2010
Cadernos humaniza sus volume 1 2010Cadernos humaniza sus volume 1 2010
Cadernos humaniza sus volume 1 2010
Charles Soares
 
Qualidade de Vida no Trabalho
Qualidade de Vida no TrabalhoQualidade de Vida no Trabalho
Qualidade de Vida no Trabalho
Antonino Silva
 
Psicologia Organizacional 1
Psicologia Organizacional 1Psicologia Organizacional 1
Psicologia Organizacional 1
Tiago Soares
 
Apresentação 10 ss
Apresentação 10 ssApresentação 10 ss
Apresentação 10 ss
Elton Janio
 

Mais procurados (20)

Qualidade De Vida No Trabalho Origem EvoluçãO E Perspectivas
Qualidade De Vida No Trabalho Origem EvoluçãO E PerspectivasQualidade De Vida No Trabalho Origem EvoluçãO E Perspectivas
Qualidade De Vida No Trabalho Origem EvoluçãO E Perspectivas
 
Trajetórias socioprofissionais
Trajetórias socioprofissionaisTrajetórias socioprofissionais
Trajetórias socioprofissionais
 
Slides
SlidesSlides
Slides
 
Recruit module 6 inclus online
Recruit module 6 inclus onlineRecruit module 6 inclus online
Recruit module 6 inclus online
 
monografia Qualidade de vida no trabalho
monografia Qualidade de vida no trabalhomonografia Qualidade de vida no trabalho
monografia Qualidade de vida no trabalho
 
Gestão estratégica de pessoas e a importância dos valores, cultura e clima or...
Gestão estratégica de pessoas e a importância dos valores, cultura e clima or...Gestão estratégica de pessoas e a importância dos valores, cultura e clima or...
Gestão estratégica de pessoas e a importância dos valores, cultura e clima or...
 
Case Medicatriz: Um estudo sobre aplicação prática da Psicologia Positiva no ...
Case Medicatriz: Um estudo sobre aplicação prática da Psicologia Positiva no ...Case Medicatriz: Um estudo sobre aplicação prática da Psicologia Positiva no ...
Case Medicatriz: Um estudo sobre aplicação prática da Psicologia Positiva no ...
 
Apresentação qvt
Apresentação qvtApresentação qvt
Apresentação qvt
 
Qualidade de Vida no Trabalho
Qualidade de Vida no Trabalho Qualidade de Vida no Trabalho
Qualidade de Vida no Trabalho
 
Modelo de walton modelos
Modelo de walton   modelosModelo de walton   modelos
Modelo de walton modelos
 
Qualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalhoQualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalho
 
Pt recruit module 6-inclusiveness in workplace_online
Pt   recruit module 6-inclusiveness in workplace_onlinePt   recruit module 6-inclusiveness in workplace_online
Pt recruit module 6-inclusiveness in workplace_online
 
UFCD - 6561 -Equipas Multidisciplinares .pptx
UFCD - 6561 -Equipas Multidisciplinares  .pptxUFCD - 6561 -Equipas Multidisciplinares  .pptx
UFCD - 6561 -Equipas Multidisciplinares .pptx
 
Trab. psicologia organizacional (geral)
Trab. psicologia organizacional (geral)Trab. psicologia organizacional (geral)
Trab. psicologia organizacional (geral)
 
Slide - Qualidade de vida
Slide - Qualidade de vidaSlide - Qualidade de vida
Slide - Qualidade de vida
 
O trabalho em equipe na saúde
O trabalho em equipe na saúdeO trabalho em equipe na saúde
O trabalho em equipe na saúde
 
Cadernos humaniza sus volume 1 2010
Cadernos humaniza sus volume 1 2010Cadernos humaniza sus volume 1 2010
Cadernos humaniza sus volume 1 2010
 
Qualidade de Vida no Trabalho
Qualidade de Vida no TrabalhoQualidade de Vida no Trabalho
Qualidade de Vida no Trabalho
 
Psicologia Organizacional 1
Psicologia Organizacional 1Psicologia Organizacional 1
Psicologia Organizacional 1
 
Apresentação 10 ss
Apresentação 10 ssApresentação 10 ss
Apresentação 10 ss
 

Destaque

Aula S I G I I
Aula  S I G  I IAula  S I G  I I
Aula S I G I I
eloychaves
 
ARTIGO - Por Fabrício Oliveira
ARTIGO - Por Fabrício OliveiraARTIGO - Por Fabrício Oliveira
Gestao pessoas setor publico (livro)
Gestao pessoas setor publico (livro)Gestao pessoas setor publico (livro)
Gestao pessoas setor publico (livro)
Wanderléia Marques
 
Mapas Mentais: Gestão de Recursos Humanos - IAVM
Mapas Mentais: Gestão de Recursos Humanos - IAVMMapas Mentais: Gestão de Recursos Humanos - IAVM
Mapas Mentais: Gestão de Recursos Humanos - IAVM
Instituto A Vez do Mestre
 
Qvt empresas
Qvt empresasQvt empresas
Qvt empresas
Vivian Nery
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
Isabel Aguiar
 
Separata do livro 100 indicadores da gestão estratégica de rh
Separata do livro 100 indicadores da gestão estratégica de rhSeparata do livro 100 indicadores da gestão estratégica de rh
Separata do livro 100 indicadores da gestão estratégica de rh
Clube de RH de Extrema e Região
 
Livro 68 treinamento e desenvolvimento
Livro 68   treinamento e desenvolvimentoLivro 68   treinamento e desenvolvimento
Livro 68 treinamento e desenvolvimento
taticorradini
 
Como motivar sua equipe
Como motivar sua equipeComo motivar sua equipe
Como motivar sua equipe
Pr. Fabio Canellato
 

Destaque (9)

Aula S I G I I
Aula  S I G  I IAula  S I G  I I
Aula S I G I I
 
ARTIGO - Por Fabrício Oliveira
ARTIGO - Por Fabrício OliveiraARTIGO - Por Fabrício Oliveira
ARTIGO - Por Fabrício Oliveira
 
Gestao pessoas setor publico (livro)
Gestao pessoas setor publico (livro)Gestao pessoas setor publico (livro)
Gestao pessoas setor publico (livro)
 
Mapas Mentais: Gestão de Recursos Humanos - IAVM
Mapas Mentais: Gestão de Recursos Humanos - IAVMMapas Mentais: Gestão de Recursos Humanos - IAVM
Mapas Mentais: Gestão de Recursos Humanos - IAVM
 
Qvt empresas
Qvt empresasQvt empresas
Qvt empresas
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
Separata do livro 100 indicadores da gestão estratégica de rh
Separata do livro 100 indicadores da gestão estratégica de rhSeparata do livro 100 indicadores da gestão estratégica de rh
Separata do livro 100 indicadores da gestão estratégica de rh
 
Livro 68 treinamento e desenvolvimento
Livro 68   treinamento e desenvolvimentoLivro 68   treinamento e desenvolvimento
Livro 68 treinamento e desenvolvimento
 
Como motivar sua equipe
Como motivar sua equipeComo motivar sua equipe
Como motivar sua equipe
 

Semelhante a Qualidade de Vida no Trabalho

Como viver com qualidade parte 2/3
Como viver com qualidade   parte 2/3Como viver com qualidade   parte 2/3
Como viver com qualidade parte 2/3
ABCursos OnLine
 
Saude nas organizações - Coaching e Counselling Biográfico
Saude nas organizações - Coaching e Counselling Biográfico Saude nas organizações - Coaching e Counselling Biográfico
Saude nas organizações - Coaching e Counselling Biográfico
Myrthes Lutke
 
Qualidade de viva do trabalhador
Qualidade de viva do trabalhadorQualidade de viva do trabalhador
Qualidade de viva do trabalhador
isisdeca
 
5, 6, 7, 9 e 10S
5, 6, 7, 9 e 10S5, 6, 7, 9 e 10S
5, 6, 7, 9 e 10S
Marília Prux Nienow
 
Curso de gestão de pessoal parte 1/5
Curso de gestão de pessoal   parte 1/5Curso de gestão de pessoal   parte 1/5
Curso de gestão de pessoal parte 1/5
ABCursos OnLine
 
2a semana Aula Online- GESTÃO DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO.pdf
2a semana Aula Online- GESTÃO DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO.pdf2a semana Aula Online- GESTÃO DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO.pdf
2a semana Aula Online- GESTÃO DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO.pdf
TATIANA579370
 
Psicologia Organizacional
Psicologia OrganizacionalPsicologia Organizacional
Psicologia Organizacional
Tiago Soares
 
10 Ss
10 Ss10 Ss
A p o
A p oA p o
A p o
italazynha
 
Entrevista
EntrevistaEntrevista
Entrevista
italazynha
 
A p o
A p oA p o
A p o
italazynha
 
Entrevista
EntrevistaEntrevista
Entrevista
italazynha
 
Gestao de pessoas 3a m0[1]
Gestao de pessoas 3a m0[1]Gestao de pessoas 3a m0[1]
Gestao de pessoas 3a m0[1]
Henrique Fernandes
 
Ocupação humana reformulada
Ocupação humana reformuladaOcupação humana reformulada
Ocupação humana reformulada
OTutorial2
 
Psicologia organizacional
Psicologia organizacionalPsicologia organizacional
Psicologia organizacional
Fabiana Lobo
 
Mundo ki Caminhos para o desenvolvimento Humano e Organizacional
Mundo ki  Caminhos para o desenvolvimento Humano e OrganizacionalMundo ki  Caminhos para o desenvolvimento Humano e Organizacional
Mundo ki Caminhos para o desenvolvimento Humano e Organizacional
jbgiljr
 
Relatório Pesquisa Clima Modelo 2010
Relatório Pesquisa Clima Modelo 2010Relatório Pesquisa Clima Modelo 2010
Relatório Pesquisa Clima Modelo 2010
Alvaro Mello
 
Qualidade vissani
Qualidade vissaniQualidade vissani
Qualidade vissani
Lucivaldo Gomes
 
Psicologia organizacional
Psicologia organizacionalPsicologia organizacional
Psicologia organizacional
Fabiana Lobo
 
Humanizacao Gestao Pessoas
Humanizacao Gestao PessoasHumanizacao Gestao Pessoas
Humanizacao Gestao Pessoas
Educadora
 

Semelhante a Qualidade de Vida no Trabalho (20)

Como viver com qualidade parte 2/3
Como viver com qualidade   parte 2/3Como viver com qualidade   parte 2/3
Como viver com qualidade parte 2/3
 
Saude nas organizações - Coaching e Counselling Biográfico
Saude nas organizações - Coaching e Counselling Biográfico Saude nas organizações - Coaching e Counselling Biográfico
Saude nas organizações - Coaching e Counselling Biográfico
 
Qualidade de viva do trabalhador
Qualidade de viva do trabalhadorQualidade de viva do trabalhador
Qualidade de viva do trabalhador
 
5, 6, 7, 9 e 10S
5, 6, 7, 9 e 10S5, 6, 7, 9 e 10S
5, 6, 7, 9 e 10S
 
Curso de gestão de pessoal parte 1/5
Curso de gestão de pessoal   parte 1/5Curso de gestão de pessoal   parte 1/5
Curso de gestão de pessoal parte 1/5
 
2a semana Aula Online- GESTÃO DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO.pdf
2a semana Aula Online- GESTÃO DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO.pdf2a semana Aula Online- GESTÃO DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO.pdf
2a semana Aula Online- GESTÃO DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO.pdf
 
Psicologia Organizacional
Psicologia OrganizacionalPsicologia Organizacional
Psicologia Organizacional
 
10 Ss
10 Ss10 Ss
10 Ss
 
A p o
A p oA p o
A p o
 
Entrevista
EntrevistaEntrevista
Entrevista
 
A p o
A p oA p o
A p o
 
Entrevista
EntrevistaEntrevista
Entrevista
 
Gestao de pessoas 3a m0[1]
Gestao de pessoas 3a m0[1]Gestao de pessoas 3a m0[1]
Gestao de pessoas 3a m0[1]
 
Ocupação humana reformulada
Ocupação humana reformuladaOcupação humana reformulada
Ocupação humana reformulada
 
Psicologia organizacional
Psicologia organizacionalPsicologia organizacional
Psicologia organizacional
 
Mundo ki Caminhos para o desenvolvimento Humano e Organizacional
Mundo ki  Caminhos para o desenvolvimento Humano e OrganizacionalMundo ki  Caminhos para o desenvolvimento Humano e Organizacional
Mundo ki Caminhos para o desenvolvimento Humano e Organizacional
 
Relatório Pesquisa Clima Modelo 2010
Relatório Pesquisa Clima Modelo 2010Relatório Pesquisa Clima Modelo 2010
Relatório Pesquisa Clima Modelo 2010
 
Qualidade vissani
Qualidade vissaniQualidade vissani
Qualidade vissani
 
Psicologia organizacional
Psicologia organizacionalPsicologia organizacional
Psicologia organizacional
 
Humanizacao Gestao Pessoas
Humanizacao Gestao PessoasHumanizacao Gestao Pessoas
Humanizacao Gestao Pessoas
 

Qualidade de Vida no Trabalho

  • 1. 11 A 17 DE JUNHO DE 2011 SANTUÁRIO DE APARECIDA PÁG. 8 Mercado Qualidade de Vida é crucial no mundo do trabalho Viver com prazer melhora produtividade e relações interpessoais gração e o bem-estar dos profissionais lógicos, sociais e organizacionais –, baseado Fotos: Arquivo Pessoal Leonardo Meira nas organizações pressupõe, portanto, no conceito de saúde adotado pela OMS. leonardo.jornal@editorasantuario.com.br considerar como as políticas e práticas “Não se pode ficar apenas em ques- de gestão apresentam-se facilitadoras de tões clínicas, mas sim adentrar na vida Qualidade de vida é a expressão da tais processos”, explicam os doutores mais plena e com qualidade. Para isso, vez. Afinal de contas, quem não quer Zélia Miranda Kilimnik e Anderson a empresa precisa adotar um conceito viver melhor? E não é difícil perceber Santanna, organizadores de um livro – por exemplo, relacionamento saudável, que o pano de fundo das buscas pessoais que aborda o tema. horário de trabalho etc. –; após, é preciso é exatamente este: ter uma vida com “A meta principal de programas de identificar o eixo e o período de ação, mais gosto e que valha a pena ser vivida. QVT é a conciliação dos interesses dos discutindo uma agenda equilibrada que Mas e quando o trabalho entra em cena? indivíduos e das organizações, ou seja, varie entre diversos aspectos. A combina- Como viver melhor se aquele colega ao melhorar a satisfação do trabalhador, ção do que será feito deve ser negociada, “chato” todo o dia vira a cara para você? melhora-se a produtividade da empresa. Ao o que chamamos de contrato psicológi- E como saborear a vida se a ameaça de melhorar a QVT, aumenta-se a possibilidade co de trabalho, com a combinação de que “puxem o seu tapete” permanece de se obter qualidade de vida pessoal, social resultados de mercado e demandas dos rondando a cada instante? e familiar, embora sejam esferas diferentes próprios empregados, que sinalizam o Em um primeiro momento, parece e nelas se desempenhem papéis diferentes”, que gostariam. Caso contrário, a empresa mesmo que o mundo corporativo não aponta o doutor em Engenharia de Produ- gasta muito dinheiro e não atinge o ponto seja lá muito afeito a buscas por uma ção e professor da FAE Business School, motivacional, de incentivo”, esclarece. vida mais prazerosa. Se você acredita Antonio Lázaro Conte. Para as empresas, práticas que promo- nisso, é bom dar uma repensada. Já vam a QVT diminuem os altos gastos ouviu falar em QVT? A sigla refere-se à O que fazer? médicos – sai mais barato promover ações Qualidade de Vida no Trabalho, concei- De modo geral, a satisfação no trabalho, de saúde, educação e relacionamento que to que se aplica aos projetos que buscam a autoestima e a forma como a pessoa se pagar convênios médicos, operações, a humanização das relações de trabalho sente em relação a si própria são afetadas cirurgias e afastamentos. Da mesma e existem nas empresas que se preocu- diretamente pelas relações interpessoais forma, auxiliam no processo de retenção pam com satisfação, desenvolvimento e e conflitos que existem. É por isso que as de talentos – a empresa mostra-se atrativa, produtividade de seus funcionários. organizações precisam satisfazer as neces- pois é boa, cuidadora, respeitosa em rela- “Basicamente, é a percepção de bem- sidades físicas, psicológicas e financeiras ção ao mercado. Por fim, aspectos ligados -estar, associada a fatores internos (auto- dos funcionários, dimensões a serem traba- à gestão do conhecimento também entram estima, valorização da vida) e externos lhadas de modo global e conjunto. em campo – faz parte da cultura daquela (condição de vida, alimentação, consu- “Deve haver na empresa uma política empresa a pessoa conhecer-se, qualificar- mo, educação). Seria o equilíbrio entre de RH e pesquisas de clima organizacional se, respeitar as metas organizacionais, esses dois fatores”, explica a coordenado- que forneçam subsídios sobre o estado das envolvendo ações gerenciais que mostram ra do Núcleo de Estudos e Pesquisas em relações entre os funcionários e permitam que melhores resultados são obtidos por Gestão da Qualidade de Vida no Traba- elaborar intervenções específicas e adequa- quanto mais participativo e especializado lho (GQVT) da FEA/USP e membro das. Também é preciso atenção para respei- for o colaborador. fundador da Associação Brasileira de tar a individualidade e as características de Na lista de providências a tomar, há um Qualidade de Vida (ABQV), professora cada um com relação ao tipo de vida social item ao qual é preciso se ater com especial Ana Cristina Limongi-França. escolhida. A pressão por apresentar-se cuidado: o equilíbrio entre vida pessoal e De fato, é muito difícil haver produ- sempre feliz, gregário e disponível, dentro trabalho. Uma boa dica é trabalhar com tividade satisfatória e boa qualidade de de uma ambiente com um componente de a ideia de que somos únicos, mas com vida se as condições de trabalho não competição, pode também levar a um forte vários papéis sociais, e que um papel não são adequadas. Nesse sentido, ações desgaste emocional”, alerta o doutor em pode sobrepor ou esvaziar o outro. Tudo de QVT buscam auxiliar a tarefa de administração e professor da Universidade bem que há períodos em que o trabalho construir uma ambiência organizacio- Estadual de Campinas (Unicamp), Gustavo vai exigir um pouco mais, mas é preciso nal, “contexto capacitante em que os Luis Gutierrez. lançar mão de estratégias compensatórias conhecimentos, as habilidades e atitudes A professora Ana Cristina desenvol- futuras para que o convívio com aqueles De cima para baixo, os professores Zélia Klimnik, das pessoas possam ser mobilizados veu um método conhecido como BPSO que são próximos e consigo mesmo não Anderson Santanna e e/ou desenvolvidos. Promover a inte- – conjunto de aspectos biológicos, psico- seja afetado negativamente. Ana Cristina Limongi-França Ações de QVT – ambiente de trabalho; – agenda em que haja ações que – relações interpessoais; envolvam rotina do dia a dia para – recursos e equipamentos que o colaborador possa cuidar-se disponíveis; e a empresa também mostre que – alimentação; deseja que ele se cuide; – orientações sobre consumo; – disponibilizar espaços físicos para – cuidado com sobrecarga descontração; de trabalho; – exposições temáticas; – saúde; – incentivo a atividades – segurança; em grupos; – remuneração; – técnicas alternativas; – reconhecimento e nível – buscar feedback dos funcionários, de estresse; para identificar falhas e desenvolver – clima organizacional saudável; soluções e melhorias.
  • 2. PÁG. 9 SANTUÁRIO DE APARECIDA 11 A 17 DE JUNHO DE 2011 Como aumentar sua qualidade de vida... ... no trabalho: ... consigo mesmo: – procure um trabalho do qual ... em casa: – cuide de sua saúde, você goste, com o qual se iden- – organize-se, alimentação e bem-estar; tifique e/ou lhe permita aprender com o objetivo de ter – conheça-se melhor e coisas novas e se desenvolver; tempo para se cuidar esteja sempre atento a seus – coloque sua energia naque- e, também, cuidar da sentimentos, procurando las atividades com as quais mais casa e dos outros (pais, expressá-los, sempre que você se identifica, partindo da máxima “se você não filhos, cônjuge, amigos etc.); possível; faz exatamente o que gosta, procure gostar do que – busque ter uma vida social e cultural – evite fazer dramas em relação a seus proble- faz” (você talvez não vá conseguir gostar de tudo o que ativa; mas, assim como evite julgar as pessoas; faz, mas certamente encontrará alguma atividade ou – o diálogo é fundamental e o alinhamento – pense sempre que se alguém lhe incomodar dimensão do seu trabalho na qual sentirá que vale a pena de propósitos e projetos é mais forte ainda; muito, seja em casa ou no trabalho, pode ser que investir para obter maior satisfação e/ou realização); – peça para cada membro da família listar essa pessoa esteja espelhando aspectos que você – tenha orgulho do que faz, independentemente seus projetos para os próximos doze meses e não quer enxergar em si próprio; da complexidade ou recompensa monetária. Liste os para os próximos cinco anos. Procure fazer – elenque seus projetos de vida, ou seja, fatores desmotivacionais no trabalho e procure resolver um alinhamento definindo os projetos prio- sonhos e promessas, como casar, ter filhos, viajar, um de cada vez. Se os valores da empresa e os seus ritários. Negocie a ordem desses projetos e realizar passeios pela cidade, perder peso, apren- estiverem alinhados, e se o seu perfil natural e o perfil comece a realizar o planejamento. Envolva der idiomas, aprender a dançar ou mesmo tocar profissional estiverem coerentes, com certeza será uma todos nessa atividade de planejar e distri- um instrumento musical, e classifique-os por missão realizável; bua as atividades para que todos se sintam ordem de prioridade; – liste os fatores que lhe motivam. Procure focar seus corresponsáveis. Lembre-se de que você está – acompanhe sua rotina, avalie quanto tempo esforços em atividades nesse sentido, ou seja, coerentes com sua família; logo, conduza o processo gasta em cada atividade e compare com os projetos com seu perfil motivacional. Com certeza, essas tarefas em clima harmonioso, apaixonado e respei- que deseja. Não há como ser feliz se não dedicar lhe darão muito prazer, o tempo irá passar muito rápido toso. Acertar sempre não é o objetivo maior, um tempo mínimo da rotina para a realização de e o sentimento de felicidade e realização será intenso. e sim conviver bem. seus projetos. O que a empresa deve fazer para aumentar a QVT – saber o que significa “ter qualidade de vida no trabalho” para a sua força de trabalho, o que implica em realizar sondagens e pesquisas de satisfação; – adotar políticas de gestão de pessoas dotadas de flexibilidade e envolvendo a participação dos empregados, no sentido de permitir que cada um busque a sua satisfação e o seu crescimento na empresa, não necessariamente no sentido vertical. Uma mudança de setor ou de área pode representar um aumento de qualidade de vida considerável para determinado empregado, assim como uma oportunidade de adquirir novos conhecimentos; – oferecer programas de benefícios e de prevenção quanto a problemas de saúde, assistência médica, assim como incentivos à parti- cipação em cursos, de acordo com as necessidades e interesses de sua força de trabalho, de maneira integrada com suas metas e possibilidades. Fontes: Zélia Klimnik, Anderson Santanna, Antonio Lázaro Conte Conflito intergeracional Como lidar com a raiva e pessoas difíceis? A relação interge- Um dos desafios na busca pela qualidade de vida no trabalho é deparar-se com a racional é outro ponto realidade nua e crua de que, muitas vezes, somos nós as pessoas difíceis e raivosas. delicado que deve ser “A esperança de que uma pessoa difícil pode tornar-se dócil, se tratada com respeito, levado em conta na anima-nos, pois todos nós somos dotados da capacidade de reconhecer nossos atos hora de se formular e modificá-los para melhor. Aquele que faz o outro infeliz é porque é muito infeliz, projetos de QVT. No que precisa ferir para mendigar respeito. Abandonando os condicionamentos, afas- mundo corporativo tando-nos das posturas radicais, preconceituosas, rígidas, atual, pela primei- mantendo um esquema de autoavaliação constante para ra vez, gerações muito diferentes convivem viver o lógico, o real, o agora, a vida torna-se uma deliciosa juntas no mesmo ambiente, cada um com aventura”, acredita a autora do livro Como lidar com pessoas visões bastante diferentes acerca de hierarquia, horário de trabalho, vinculação à empresa e difíceis: a começar por mim, Ruthe Rocha Pombo. carreira, por exemplo. Por sua vez, o autor de Como driblar a raiva no A divisão conceitual mais aceita é entre vete- trabalho, Luiz Gabriel Tiago, conhecido como Senhor ranos, Baby Boomers, X e Y. Projetos de QVT Gentileza, indica que é preciso buscar amizades e relacionamentos saudáveis no bem formulados fazem toda a diferença para que setor onde trabalha. “Acredito na capacidade do ser humano de gerar sentimentos o convívio entre essas gerações seja harmonioso positivos com seu próximo e ter a habilidade de colocá-los em prática. Todos e não se torne um campo de batalha. nós temos que conhecer a definição da palavra empatia e multiplicá-la, pois “Uma das formas de intervenção é ter políti- muitas coisas se tornam mais fáceis quando conseguimos colocar-nos no lugar ca explícita de respeito entre as idades, embora dos outros. Honestidade, cordialidade e, sem dúvida nenhuma, a gentileza são não seja algo fácil. Outro fator muito simples é indispensáveis para se promover a harmonia e ‘vender’ uma boa imagem aos demais.” enfatizar a questão do respeito à pessoa, o que abre espaço ao diálogo e a achar soluções inte- Adquira estes títulos através do ressantes de competitividade e carreira. É preciso 0800 16 00 04 ou www.editorasantuario.com.br envolver uma costura na educação para o relacio- namento na diversidade entre as gerações. E se não se cuida disso, os conflitos são muito duros Acesse o blog do JS, confira as e a rotina de trabalho é bastante prejudicada”, entrevistas na íntegra e mais detalhes sobre QVT explica a psicóloga Ana Cristina. www.jornalsantuario.wordpress.com