Medoliques Escola Municipal Profª Karin Barkemeyer Oficina Digital - 2009 Profª Coordenadoras: Aurea Vieira Mariane Murara...
Nível dos Alunos:  (diagnóstico quantitativo) <ul><li>Turma </li></ul><ul><li>5ª Ano D </li></ul><ul><li>Turno </li></ul><...
Nível dos Alunos: Diagnóstico Qualitativo (observação da professora) <ul><li>A turma apresenta dificuldade de aprendizagem...
Projeto Medoliques <ul><li>Disciplina:  Língua Portuguesa </li></ul><ul><li>Área:  Prática escrita e produção de texto  </...
Por que trabalha o tema medo? <ul><li>O medo é um sentimento que faz parte da vida e da história do ser humano. Saber lida...
Objetivos do Projeto <ul><li>Objetivos de aprendizagem: </li></ul><ul><li>Escrever textos de suspense utilizando os elemen...
Conteúdos curriculares a serem abordados   <ul><li>Procedimentos de Leitura Localizar informações explícitas em um texto. ...
Desenvolvimento
1º Passo: Apresentação do projeto <ul><li>Motivação: escolha de um vídeo (Youtube ou Porta Curtas); </li></ul><ul><li>Apre...
<ul><li>Na Oficina Digital, em uma aula expositiva, usando o recurso do PowerPoint, mostrar passo a passo cada elemento e ...
3º.Passo: Ler para familiarizar-se com texto narrativo <ul><li>Usando a Biblioteca e a OD, os alunos farão leituras curtas...
4º.Passo: Reconhecer as idéias principais do texto interpretando e compreendendo o texto <ul><li>Os alunos farão leituras ...
5º.Passo: Procurar partes do texto que não fazem parte do contexto: <ul><li>Usando o Word, os alunos farão uma leitura int...
6º.Passo: Relacionar o título ao texto: <ul><li>Apresentar um texto, com vários títulos, para que os alunos escolham o que...
7º.Passo: Completar partes do texto com conectivos que tornem o texto mais interessante: <ul><li>Apresentar textos com lac...
8º Passo: Publicar um trabalho na Web <ul><li>Escolha de um dos texto trabalhos, recontar o texto (quadrinhos, narrativa, ...
9º.Passo: Escrever um texto com os elementos de uma narrativa: <ul><li>Propor uma escrita de um clímax em um texto que se ...
10º.Passo: Escolher uma forma de apresentar os textos aos pais e demais turmas da escola <ul><li>Em conjuntos será escolhi...
11º Passo: Gravar a produção  <ul><li>Feita a escolha e ter produzido a apresentação do texto. Gravar a versão final dos t...
12º Passo: Escrever uma sinopse  <ul><li>Com a necessidade de atrair as pessoas para assistir os filmes produzidos a parti...
13º Passo: Evento <ul><li>Apresentar as histórias na escola, chamar os pais para prestigiarem e demais turmas da escola. E...
14º Passo: Avaliação Final <ul><li>Usar um mecanismo avaliativo para verificar a aquisição do conhecimento adquirida pelos...
Recursos tecnológicos a serem utilizados nas atividades <ul><li>- Microcomputador: - Internet Explorer, - Microsoft Word, ...
Cronograma das atividades <ul><li>O projeto é semestral. Serão realizadas duas aulas semanais na OD, com previsão de mais ...
Avaliação e Resultados Esperados   <ul><li>Ao final de cada passo do desenvolvimento será feito um momento avaliativo com ...
Referências bibliográficas utilizadas <ul><li>JOLIBERT, Josette e Colaboradores. Além dos Muros da Escola. Porto Alegre: A...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projeto Medoliques

1.640 visualizações

Publicada em

Projeto Prioritário Desenvolvido na Escola Mun. Profª Karin Barkemeyer durante o primeiro semestre de 2009.

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.640
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto Medoliques

  1. 1. Medoliques Escola Municipal Profª Karin Barkemeyer Oficina Digital - 2009 Profª Coordenadoras: Aurea Vieira Mariane Murara Paola Hoffmann S. Gomes Profª da Turma/Autora do Projeto: Eliani Maria P. de Moraes Turma: 5ª Ano D - Vespertino
  2. 2. Nível dos Alunos: (diagnóstico quantitativo) <ul><li>Turma </li></ul><ul><li>5ª Ano D </li></ul><ul><li>Turno </li></ul><ul><li>Vespertino </li></ul>Dados de acordo com o IDEB
  3. 3. Nível dos Alunos: Diagnóstico Qualitativo (observação da professora) <ul><li>A turma apresenta dificuldade de aprendizagem e comportamental. </li></ul><ul><li>As dificuldades estão focadas em Língua Portuguesa, principalmente na escrita e organização das idéias. </li></ul><ul><li>As propostas de atividades realizadas em sala tornam-se exaustivas ,pois precisa-se perguntar várias vezes as mesmas questões e encontrar outros caminhos para que todos consigam acompanhar o raciocínio e produzam seus textos. </li></ul><ul><li>No comportamento há desrespeito entre os colegas ,desrespeito com o professor e falta de limites. </li></ul><ul><li>Dificuldades em lidar com os próprios sentimentos e os sentimentos do outro. </li></ul><ul><li>A responsabilidade em fazer as tarefas de casa, de assinar bilhetes, de trazer e cuidar do próprio material também é preciso incutir nesta turma. </li></ul><ul><li>O desafio é motivá-los a querer aprender e fazê-los perceber que é necessário um ambiente saudável para aprender. </li></ul><ul><li>Assim, o que motiva o trabalho do professor com esta turma são os alunos que contribuem e enriquecem as aulas com participação e produções valiosas. </li></ul>
  4. 4. Projeto Medoliques <ul><li>Disciplina: Língua Portuguesa </li></ul><ul><li>Área: Prática escrita e produção de texto </li></ul><ul><li>Foco: Escrever textos de suspense utilizando os elementos e as partes que compõem uma narrativa, organizando os acontecimentos de uma história numa seqüência lógico-cronológica, refletindo sobre os sentimentos e medos humanos. </li></ul>
  5. 5. Por que trabalha o tema medo? <ul><li>O medo é um sentimento que faz parte da vida e da história do ser humano. Saber lidar e controlar esse sentimento, que tem tantos mistérios, não é uma tarefa fácil, porém é desafiadora e empolgante. </li></ul><ul><li>Por ser um tema de muitos estudos envolve o ser humano em todo o seu contexto de vida real e imaginária nos mais profundos segredos das experiências vividas pelas pessoas. Segundo, Denis Russo Burgierman, “de uma coisa nós seres humanos podemos nos orgulhar: somos os mais medrosos. Não fosse isso, é provável que jamais tivéssemos chegado até aqui. A civilização é fruto do medo que temos a desordem, as cidades nasceram do pavor da natureza, a ciência é filha do terror que o desconhecido causa às religiões, as armas, a diplomacia, a inteligência. Devemos isso ao medo”. Por conta disso, dos medos existentes na vida das pessoas e como elas de comportam diante de um suspense, esse projeto se torna mais interessante de ser vivenciado pelos alunos, que estão na fase de muitos questionamentos, muitas dúvidas em relação a tudo que está a seu redor. </li></ul>
  6. 6. Objetivos do Projeto <ul><li>Objetivos de aprendizagem: </li></ul><ul><li>Escrever textos de suspense utilizando os elementos e as partes que compõem uma narrativa, organizando os acontecimentos de uma história numa seqüência lógico-cronológica, refletindo sobre as regras gramaticais usando-as corretamente. </li></ul><ul><li>Objetivos Específicos: • Ler textos narrativos e deles extrair informações de enredamento para poder produzir seus próprios textos emocionando e instigando o imaginário dos leitores. • Ouvir, discutir e produzir oralmente narrativas, comentários, debates, sempre num clima de solidariedade, em que se valoriza a linguagem e opinião do outro, no exercício de uma expressão clara e fluente. • Fazer uma leitura interpretativa de textos com narrativa de suspense. • Perceber a função dos elementos de uma narrativa. • Habilitar-se em organizar os acontecimentos de uma história numa seqüência lógico-cronológica. • Comparar textos narrativos com as várias tipologias textuais. • Refletir sobre a escrita de um texto narrativo observando as idéias veiculadas no texto. • Produzir uma filmagem com enredo criado pelo grupo. • Criar uma sinopse do filme para atrair o público. </li></ul>
  7. 7. Conteúdos curriculares a serem abordados <ul><li>Procedimentos de Leitura Localizar informações explícitas em um texto. • Inferir o sentido de uma palavra ou expressão. • Inferir uma informação implícita em um texto. • Identificar o tema de um texto. • Distinguir um fato da opinião relativa a esse fato. Implicações do Suporte, do Gênero e /ou do Enunciador na Compreensão do Texto • Interpretar texto com auxílio de material gráfico diverso (propagandas, quadrinhos, foto, etc.). • Identificar a finalidade de textos de diferentes gêneros. Relação entre Textos • Reconhecer diferentes formas de tratar uma informação na comparação de textos que tratam do mesmo tema, em função das condições em que ele foi produzido e daquelas em que será recebido. </li></ul><ul><li>Coerência e Coesão no Processamento do Texto • Estabelecer relações entre partes de um texto, identificando repetições ou substituições que contribuem para a continuidade de um texto. • Identificar o conflito gerador do enredo e os elementos que constroem a narrativa. • Estabelecer relação causa /conseqüência entre partes e elementos do texto. • Estabelecer relações lógico-discursivas presentes no texto, marcadas por conjunções, advérbios, etc. Relações entre Recursos Expressivos e Efeitos de Sentido • Identificar o efeito de sentido decorrente do uso da pontuação e de outras notações. Variação Lingüística • Identificar as marcas lingüísticas que evidenciam o locutor e o interlocutor de um texto. </li></ul>
  8. 8. Desenvolvimento
  9. 9. 1º Passo: Apresentação do projeto <ul><li>Motivação: escolha de um vídeo (Youtube ou Porta Curtas); </li></ul><ul><li>Apresentação do Projeto; </li></ul><ul><li>Levantamento das Certezas e Dúvidas da turma. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Na Oficina Digital, em uma aula expositiva, usando o recurso do PowerPoint, mostrar passo a passo cada elemento e seus significados para haver uma melhor compreensão do objetivo geral. </li></ul>2º. Passo: Conhecer os elementos de uma narrativa
  11. 11. 3º.Passo: Ler para familiarizar-se com texto narrativo <ul><li>Usando a Biblioteca e a OD, os alunos farão leituras curtas de textos narrativos, incluindo a compreensão e interpretação, que serão de forma objetiva para melhor fixação e compreensão dos alunos. </li></ul>
  12. 12. 4º.Passo: Reconhecer as idéias principais do texto interpretando e compreendendo o texto <ul><li>Os alunos farão leituras com atenção, compreendendo-o e interpretando-o, através de questões que envolvam as idéias principais, o assunto do texto, do que fala o texto, qual o recado do texto, confirmando as respostas retirando do texto trechos que comprovem suas respostas. </li></ul>
  13. 13. 5º.Passo: Procurar partes do texto que não fazem parte do contexto: <ul><li>Usando o Word, os alunos farão uma leitura interpretativa de tipologias textuais, excluindo por escolha, trechos do texto que não fazem parte do contexto. </li></ul>
  14. 14. 6º.Passo: Relacionar o título ao texto: <ul><li>Apresentar um texto, com vários títulos, para que os alunos escolham o que for mais adequado de acordo com o contexto apresentado no texto. </li></ul>
  15. 15. 7º.Passo: Completar partes do texto com conectivos que tornem o texto mais interessante: <ul><li>Apresentar textos com lacunas em aberto, incluindo um banco de conectivos para que os alunos possam escolher para completar o texto, não fugindo da proposta, da idéia principal, do recado do texto. </li></ul>
  16. 16. 8º Passo: Publicar um trabalho na Web <ul><li>Escolha de um dos texto trabalhos, recontar o texto (quadrinhos, narrativa, notícia) e publicar no Glogter, fazendo a apresentação do texto de acordo com o tema. </li></ul><ul><li>www.glogter.com </li></ul>
  17. 17. 9º.Passo: Escrever um texto com os elementos de uma narrativa: <ul><li>Propor uma escrita de um clímax em um texto que se apresenta com um meio e fim. Os alunos escreverão um desfecho de um texto que precisa de uma conclusão do problema ou de uma aventura. Criar um ambiente a partir da estrutura do texto e seu contexto. Ter um foco narrativo, verificando se a história é escrita em 1ª pessoa ( o autor é também um personagem da história) ou em 3ª pessoa ( o autor conta a história de outras pessoas e não a dele). Produzir uma narrativa de suspense que será a parte final do projeto, onde os alunos realizarão uma contação através de uma filmagem. Verificar a narrativa de suspense fazendo uma auto-avaliação: a) Coloquei título? b) Meu texto está adequado à proposta? c) Coloquei personagens (principais e secundárias)? d) Caracterizei as personagens (psicológicas e físicas)? e) Descrevi o ambiente? f) Marquei o tempo? g) Criei o conflito? h) Escrevi o clímax? i) Coloquei o desfecho? j) Conservei o foco narrativo? k) Fiz parágrafos? l) Utilizei ponto final, exclamação e interrogação, quando necessários? Utilizei dois pontos e travessão nos diálogos? m) Usei letras maiúsculas corretamente. n) Fiz uma releitura para verificar se há erros ortográficos? </li></ul>
  18. 18. 10º.Passo: Escolher uma forma de apresentar os textos aos pais e demais turmas da escola <ul><li>Em conjuntos será escolhida a forma de apresentar a: dramatizar, filmagem, teatro de fantoches, de massinha, animação. Após escolha, trabalhar na montagem da apresentação e escolher e marcar um evento na escola para a apresentação ou poderá ser apresentado na Semana Literária da Escola. </li></ul>
  19. 19. 11º Passo: Gravar a produção <ul><li>Feita a escolha e ter produzido a apresentação do texto. Gravar a versão final dos textos dos alunos. Criar um CD com as histórias para cada aluno. Com a apresentação e extras, contado o desenvolvimento do projeto. </li></ul>
  20. 20. 12º Passo: Escrever uma sinopse <ul><li>Com a necessidade de atrair as pessoas para assistir os filmes produzidos a partir das narrativas de suspense criados pelos alunos, eles farão uma sinopse contando em poucas palavras o conteúdo de suas narrativas. </li></ul>
  21. 21. 13º Passo: Evento <ul><li>Apresentar as histórias na escola, chamar os pais para prestigiarem e demais turmas da escola. Entregar o CD com o resultado final do trabalho aos alunos. </li></ul>
  22. 22. 14º Passo: Avaliação Final <ul><li>Usar um mecanismo avaliativo para verificar a aquisição do conhecimento adquirida pelos alunos, com a intenção de coletar dados para refletir se os objetivos do projeto foram alcançados ou não. </li></ul>
  23. 23. Recursos tecnológicos a serem utilizados nas atividades <ul><li>- Microcomputador: - Internet Explorer, - Microsoft Word, - Microsoft PowerPoint, - Paint, - Windows Movie Maker, - Windows Media Player, - Gravador de Som, - Pendrive; - Impressora Multifuncional; - Máquina Fotográfica Digital; - Microfone; - Conexão com internet; - CD-Rom. </li></ul>
  24. 24. Cronograma das atividades <ul><li>O projeto é semestral. Serão realizadas duas aulas semanais na OD, com previsão de mais duas aulas em sala de aula. Mas todo o desenvolvimento do projeto está interligado com o trabalho diário de Língua Portuguesa em Sala de Aula. </li></ul>
  25. 25. Avaliação e Resultados Esperados <ul><li>Ao final de cada passo do desenvolvimento será feito um momento avaliativo com o objetivo de perceber a evolução ou retornar de objetivos não alcançados. Esses momentos poderão ser de discussões para a observação da turma e/ou exercícios escritos focando o conhecimento adquirido por cada aluno.. A observação em Sala de Aula e na OD dos comentários, das produções e dos exercícios produzidos pelos alunos serão usados também com instrumentos de avaliação diagnóstico comparativos. Somente será avançado ao próximo passo do projeto quanto o anterior estiver sido concluído por todos os alunos. Se for necessário serão acrescentadas mais atividades e outras formas de estudo para se atingir aos objetivos propostos. Assim, a avaliação será contínua, tendo o papel de verificar do progresso individual de cada aluno e da turma em relação a aprendizagem, sempre focando nos objetivos específicos do projeto. Sendo essa uma avaliação qualitativa. Ao final do projeto, será realizado um exercício avaliativo final, para a verificação do resultado aplicação do projeto e mensurar quantitativamente a aprendizagem adquirida pelos alunos. </li></ul>
  26. 26. Referências bibliográficas utilizadas <ul><li>JOLIBERT, Josette e Colaboradores. Além dos Muros da Escola. Porto Alegre: Artemed, 2006.245p. </li></ul><ul><li>Pró-Letramento : Programa de Formação Continuada de Professores dos Anos/Séries Iniciais do Ensino Fundamental: Alfabetização e Linguagem.- ed.rev. e ampl. Incluindo SAEB /Prova Brasil matriz de referência/ secretaria de Educação Básica - Brasília :Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica,2007. 364p. </li></ul><ul><li>CD-Rom: Encantado Volume 1. Melhoramento. </li></ul><ul><li>CD-Rom: Oficina de Histórias. DM3 Software. Revista Recreio. São Paolo, ano 03. 2002. </li></ul><ul><li>Lendas e Mitos do Folclore Brasileiro: Brasil. SP. 1991. </li></ul><ul><li>Rocha. Ruth. Quem tem medo do quê? Global. SP. 2003. </li></ul><ul><li>http://revistaescola.abril.com.br/multimidia/pag_video/oficina-leitura-contos-terror-419714.shtml </li></ul><ul><li>http://revistaescola.abril.com.br/edicoes/0153/aberto/mt_244141.shtml </li></ul><ul><li>http://super.abril.com.br/superarquivo/2000/conteudo_149474.shtml </li></ul>

×