Quem souber que conte outra

381 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
381
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Quem souber que conte outra

  1. 1. Projeto de leitura e escrita de contos
  2. 2. A leitura é uma atividade permanente da condição humana, uma habilidade a ser adquirida desde cedo e treinada em várias formas. Lê-se para entender e conhecer , para sonhar, lê-se para viajar na imaginação, por prazer ou curiosidade. Lê-se para questionar e resolver problemas. É na relação lúdica e prazerosa da criança com a obra literária que temos uma das possibilidades de formarmos o leitor. É na exploração da fantasia e da imaginação que se instiga a criatividade e se fortalece a interação entre texto, imagem e leitor. A literatura infantil não pode ser vista somente como incentivo à formação do hábito de ler. Para que a obra literária seja utilizada como um objeto mediador do conhecimento, ela necessita estabelecer relações entre teoria e prática, possibilitando ao professor atingir determinadas finalidades educativas. A realização desse projeto interdisciplinar visa o desenvolvimento do gosto pela leitura e a escrita, bem como a contextualização texto/ilustração através de leituras direcionadas, estudo da língua, elaboração de textos, estudo da organização textual, desenvolvimento da criatividade entre outras ações, pretende-se que o aluno se perceba capaz de produzir histórias, elevando sua auto- estima ao perceber-se eficiente nesse processo. A auto estima do aluno é ponto crucial que deve ser trabalhado constantemente, no cotidiano escolar, e será enfatizado durante a execução dessa atividade. Esse trabalho interdisciplinar abrange a disciplina de Língua Portuguesa e Arte.
  3. 3.  Promover o gosto pela leitura no início das etapas de escolaridade. O incentivo do adulto ( pais e professores) deve ser fundamental nesse processo, sendo o mediador entre a criança e o livro;  Criar um livro com texto e imagens tomando como referência os contos de fada e histórias infantis. As imagens viabilizam a confluência entre o texto escrito e a arte visual como linguagens que se aproximam e se complementam sem, contudo, perderem a identidade própria de cada uma delas;  Estimular o aluno a realizar leitura de contos;  Identificar e analisar os elementos da narrativa;  Identificar a estrutura de um texto narrativo, as características da espécie narrativa em prosa conto bem como reconhecer a função textual desse gênero;  Produzir texto narrativo entendendo o processo da escrita;  Discutir co seus pares a elaboração do texto solicitado;  Refletir e produzir adequadamente a ilustração que caracteriza determinado trecho mais importante da história;  Produzir um livro de conto elaborado e ilustrado pelos próprios alunos;  Desenvolver no aluno o entendimento da autoria.
  4. 4. 1. Revisão do conteúdo estudado:  gênero narrativo;  espécies narrativas em prosa;  elementos da narrativa. 2. Discussão oral: O que é preciso para escrever um bom texto? Promover reflexão sobre:  a importância de identificar o gênero textual que vai produzir e seguir as características;  escrever de acordo com a norma padrão da Língua Portuguesa;  consultar constantemente o dicionário;  elaborar um plano de texto. 3. Apresentação da videoaula “Palavra puxa palavra – contos”; 4. Caracterização do conto e diferenciação entre conto e crônica; 5. Apresentação do “Plano de texto” para os alunos. A partir dessa fase, os alunos devem trabalhar em grupos de cinco alunos. A. Qual será o foco narrativo em que a história será contada? B. Qual a sequência dos acontecimentos principais?  qual será a situação inicial e o conflito?  indique alguns fatos decorridos do conflito inicial
  5. 5.  qual será o clímax e o desfecho da história?  qual a linguagem mais apropriada: um tom de conversa ou mais formal? E em que pessoa 1ª ou 3ª?  Que texto será: mistério, terror, suspense, policial, ficção científica, amor? C. Em quanto tempo se passará a história? Um dia inteiro ou algumas horas? D. Em que espaço a história vai desenrolar? E. Quais são os personagens? Cite algumas características. 6. Os alunos serão levados ao laboratório de informática para realizarem a leitura do conto “Fulano” de Machado de Assis, disponível no endereço eletrônico <contosdomachado.blogspot.com.br> 7. Contamos, ainda, com a apresentação de uma contadora de histórias para realizar essa atividade para os alunos da 5ª série/6ºano A e B.
  6. 6. Recursos O material necessário para a realização do trabalho: folhas de papel sulfite, cartolinas, réguas, lápis de cor, canetas hidrocor, revistas e/ou jornais, cola tesoura e dicionários. Público alvo Alunos da 5ª série/6º ano A e B. Descrição da atividade Fase I – Leitura de contos diversos, exploração da organização do texto narrativo, estudo das personagens, estudo da sequência da história, coerência de ideias, função social do gênero textual. Fase II – Produção de textos pelos alunos. Nessa fase, o promover no aluno a compreensão de que a escrita do texto é cautelosa e requer empenho e dedicação do autor/escritor. Será disponibilizado dicionários para consulta promovendo a ampliação do vocabulário. Fase III – Confecção do livro de conto: os alunos serão orientados na ilustração e produção de seus livros pela professora de Arte.
  7. 7. Cronograma: Fase I - 03 a 04 aulas de cinquenta minutos . Fase II – 04 a 05 aulas de cinquenta minutos. Fase III – 03 a 04 aulas de cinquenta minutos. Avaliação A avaliação dar-se-á durante toda a execução do trabalho proposto observando-se a participação efetiva dos alunos, suas contribuições para o trabalho em grupo e interesse em todas as fases do projeto. Professoras: Andreia C. de Mattos Cassab – Língua Portuguesa. Arlete Costa Balderrama – Arte. A seguir, algumas imagens dos trabalhos desenvolvidos no projeto pelos alunos.

×