Como produzir materiais_Vilson Leffa2008

726 visualizações

Publicada em

Resumo do texto de Leffa 2008

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
726
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
77
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Como produzir materiais_Vilson Leffa2008

  1. 1. Como produzir materiais para o ensino de línguasVilson Leffa2008<br />Disponível em http://www.leffa.pro.br/textos/trabalhos/prod_mat.pdf<br />
  2. 2. sequência de atividades que tem por objetivo criar um instrumento de aprendizagem <br />Definição de produção de materiais:<br />
  3. 3. Materiais podem ser simples ou complexos<br />SIMPLESCOMPLEXOS <br />(ex.resumos esquemáticos) (ex. grandes projetos)<br />Maior necessidade de planejamento<br />
  4. 4. Etapas da produção de materiais<br />
  5. 5. Necessidades dos alunos <br />o que precisam aprender (competências ditadas pelas circunstâncias, descontando o que ele já sabe)<br />nível do aprendizado em que o aluno está (o que servirá de andaime para o novo aprendizado)<br />características pessoais dos alunos (expectativas, estilos de aprendizagem)<br />1ª ETAPA: ANÁLISE<br />APÓS A ANÁLISE, OBJETIVOS SÃO TRAÇADOS<br />
  6. 6. Definição de objetivos (gerais ou específicos)<br />Definição da abordagem<br />Definição do conteúdo<br />Definição das atividades<br />Definição dos recursos<br />Ordenamento das atividades<br />Motivação<br />2ª ETAPA: DESENVOLVIMENTO<br />
  7. 7. 2ª ETAPA: DESENVOLVIMENTO: OBJETIVOS<br />GERAIS:<br />Ex.Planejamento do curso<br />GERAIS:<br />Ex.Planejamento do curso<br />ESPECÍFICOS:<br />Ex. Uma aula, atividade<br />VERBOS QUE DENOTAM COMPORTAMENTOS PRETENDIDOS (não diretamente observáveis):<br />Saber, compreender, aplicar, analisar, criar, apreciar, julgar, etc<br />VERBOS QUE DENOTAM AÇÕES/COMPORTAMENTOS OBSERVÁVEIS :<br />Identificar, definir, nomear, relacionar, distinguir, escrever, localizar, responder, detectar, etc<br />VERBOS QUE DENOTAM COMPORTAMENTOS PRETENDIDOS (não diretamente observáveis):<br />Saber, compreender, aplicar, analisar, criar, apreciar, julgar, etc<br />MODELO DE BLOOM: objetivo = o que o aluno deve alcançar, sob a perspectiva do próprio aluno<br />
  8. 8. OBJETIVOS: 3 componentes<br /><ul><li>as condições de desempenho
  9. 9. o comportamento que o aluno deve demonstrar (expresso por um verbo)
  10. 10. o critério de execução da tarefa.</li></ul>EXEMPLO:<br />Ao assistir ao vídeo, o aluno deverá identificar 4expressões de polidez utilizadas pelos personagens.<br />Comportamento que o aluno irá demonstrar<br />Condições para desempenhar a tarefa<br />4 = critério para execução da tarefa<br />
  11. 11. COGNITIVO<br />Exemplos:<br />Conhece o vocabulário relacionado a um determinado tópico<br />Compreende e aplica regras gramaticais<br />Analisa textos escritos<br />Integra conhecimentos de diferentes áreas<br />Julga o valor de material escrito<br />OBJETIVOS COGNITIVOS, AFETIVOS E PSICOMOTOR<br />PSICOMOTOR<br />Exemplos:<br />Reconhece vogais na língua estrangeira<br />Sabe a posição dos órgãos da fala para os diferentes fonemas<br />Imita sentenças que ouve<br />Fala fluentemente<br />Ajusta a fala à situação<br />AFETIVO<br />Exemplos:<br />Aceita diferenças culturais<br />Demonstra interesse no tópico<br />Aprecia obras literárias<br />Integra conhecimento da língua em seu plano de vida<br />Demonstra consistência na prática da língua estrangeira<br />
  12. 12. 2ª ETAPA: DESENVOLVIMENTO: definição da abordagem<br />a prática sugere a integração de duas ou mais abordagens, dependendo dos<br />objetivos de aprendizagem<br />
  13. 13. ABORDAGEM METODOLÓGICA(6 grandes abordagens no ensino de línguas<br />Abordagem estrutural<br />Abordagem nocional/funcional<br />Abordagem situacional<br />Abordagem baseada em competências<br />Abordagem baseada em tarefa<br />Abordagem baseada em conteúdo<br />
  14. 14. 2ª ETAPA: DESENVOLVIMENTO: definição do conteúdo<br />O conteúdo a ser trabalhado é geralmente delineado pela concepção de língua adotada pelo professor e pela abordagem teórica que lhe dá sustentação<br />A produção de materiais tem privilegiado o ensino por tarefas (aproximação com a realidade através do uso de material autêntico)<br />Solicitar ao aluno, desde o início, a realizar tarefas significativas facilita e acelera seu aprendizado<br />
  15. 15. 2ª ETAPA: DESENVOLVIMENTO: definição das atividades<br />FOCO NAS QUATRO HABILIDADES: <br />(que podem ser integradas ou não)<br />Fala<br />Escuta<br />Leitura<br />Escrita<br />
  16. 16. 2ª ETAPA: DESENVOLVIMENTO: definição dos recursos<br />Papel (livros, apostilas, revistas, etc)<br />Fitas de áudio e vídeo<br />Recursos da NTICs (objetos de aprendizagem)<br />
  17. 17. 2ª ETAPA: DESENVOLVIMENTO: ordenamento das atividades<br />9 eventos instrucionais de Gagné:<br />Garanta atenção – desperte a curiosidade do aluno para o tópico da atividade<br />Informe os objetivos -crie uma expectativa através dos objetivos<br />Acione o conhecimento prévio  <br />Apresente o conteúdo  <br />Facilite a aprendizagem -  oriente, esclareça, dê exemplos<br />Solicite desempenho - mantenha a participação ativa dos alunos.  <br />Forneça feedback -   tente inserir feedback no material<br />Avalie o desempenho -  abra espaço para avaliação contínua<br />Ajude na retenção e transferência<br />
  18. 18. 2ª ETAPA: DESENVOLVIMENTO: manutenção da motivação<br />MODELO ARCS:<br />Estratégias de ATENÇÃO (estimular a curiosidade)<br />Estratégias de RELEVÂNCIA (mostrar a utilidade da tarefa)<br />Estratégias de CONFIANÇA (oferecer oportunidades de sucesso na realização da tarefa)<br />Estratégias de SATISFAÇÃO (mostrar reconhecimento pela realização da tarefa)<br />
  19. 19. o material vai ser usado pelo próprio professor (intervenção oral do próprio professor)<br />o material vai ser usado por outro professor (necessidade de instruções claras)<br />o material vai ser usado diretamente pelo aluno sem presença de um professor (situação mais complexa)<br />3ª ETAPA: IMPLEMENTAÇÃO<br />3 situações:<br />
  20. 20. DOIS GRANDES DESAFIOS:<br />Necessidade de alta motivação<br />Falta de uma avaliação externa<br />3ª ETAPA: IMPLEMENTAÇÃO<br />Material usado sem presença do professor:<br />A aprendizagem autônoma ganha novos contornos com as possibilidades do aprendizado em rede através das novas ferramentas tecnológicas<br />
  21. 21. INFORMAL<br />O professor aperfeiçoa o material à medida em que vai utilizando-o<br />4ª ETAPA: AVALIAÇÃO<br />FORMAL<br />Consultoria a especialistas<br />Questionários / entrevistas com alunos<br />pilotagem<br />
  22. 22. CONCLUSÃO<br />A produção de materiais não está centrada nem no professor nem no aluno; está centrada na tarefa.<br />É importante não confundir produto com tarefa.  O produto é o artefato produzido (a folha de exercício, a fita de áudio, o programa de computador).  A tarefa é a atividade que resulta do encontro desse artefato com o aluno. <br />
  23. 23. Apresentado por Maria Aparecida MoreiraUFF 2011-2<br />

×