“Analise Sintática em LIBRAS e Língua
portuguesa para o ensino aos alunos
surdos na Escola.”
Professora Andréa de O Giovan...
Quem entende o que ouve ou o que lê, analisa.
Autor Gladstone Chaves de Melo
Primeiro ponto: quem entendeu, analisou. Quem...
ESCOLA INCLUSIVA
FOCO LÍNGUA PORTUGUESA
ORAL E COMUNICAÇÃO TOTAL (BIMODAL)
X
ESCOLA BILINGUE
FOCO LÍNGUA BRASILEIRA DE SIN...
DIFICULDADE LINGUA PORTUGUESA – L2 NA ESCOLA
• 1. AQUISIÇÃO DE LINGUAGEM DESENVOLVE LENTA
• 2. APRENDE LEITURA LABIAL
• 3....
DIFICULDADE LINGUA BRASILEIRA DE SINAIS - L1 NA ESCOLA
• 1. AQUISIÇÃO DE LINGUAGEM DESENVOLVER MODERADA
• 2. NAO TEM DIFIC...
Escrita de sinais
Sign writing
PROFESSOR DE LIBRAS (BILINGUE)
X
PROFESSOR DE LINGUA PORTUGUESA E OUTRAS DISCIPLINAS
COM INTERPRETE DE LIBRAS
X
DOIS PEDAG...
TODO NASCIMENTO
SURDO OU DEFICIENTE AUDITIVO
DEVER SER BILINGUE
SINALIZAR X ORALIZAR
LINGUA DE SINAIS X LINGUA ESTRANGUEIR...
Atividade um – vamos sinalizar?
VERBO CAIR
1. Ana caiu.
2. Mauro caiu no chão
3. Paula caiu na vida
3. Ele caiu em contrad...
Continuação…
10. A febre da Ana caiu.
11. O dólar caiu.
12. O dólar caiu no chão.
13. O Feriado caiu no meio da semana.
14...
ATIVIDADE DOIS – EXEMPLO VERBO X VOCABULOS
1. Ana nadou no mar.
3. Ana, nadadora aquática.
1. O gari bom.
2. Vassoura varr...
Atividade três – vamos analisar ?
1. OI ANA, BOM DIA
MAE SUA CELULAR MORTA CAIR CHAO NAO ACORDAR
MAE QUER VOCÊ VAI VER. EL...
Meu perfil: pessoa surda e uso em três abordagens:
oralismo, comunicação total e bilíngüe.
Rede social:
Facebook, oovoo, s...
Fonte e bibliografia:
http://www.dicionariolibras.com.br/upload/arquivo_download/124/sintaxe%20libras.pdf
http://www.signw...
Oficina - Analise Sintática em LIBRAS e Língua portuguesa para o ensino aos alunos surdos na Escola
Oficina - Analise Sintática em LIBRAS e Língua portuguesa para o ensino aos alunos surdos na Escola
Oficina - Analise Sintática em LIBRAS e Língua portuguesa para o ensino aos alunos surdos na Escola
Oficina - Analise Sintática em LIBRAS e Língua portuguesa para o ensino aos alunos surdos na Escola
Oficina - Analise Sintática em LIBRAS e Língua portuguesa para o ensino aos alunos surdos na Escola
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Oficina - Analise Sintática em LIBRAS e Língua portuguesa para o ensino aos alunos surdos na Escola

1.745 visualizações

Publicada em

Educação de surdos e idioma libras

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.745
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
101
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Oficina - Analise Sintática em LIBRAS e Língua portuguesa para o ensino aos alunos surdos na Escola

  1. 1. “Analise Sintática em LIBRAS e Língua portuguesa para o ensino aos alunos surdos na Escola.” Professora Andréa de O Giovanella B Pereira Graduada - Letras Libras da Universidade Federal Santa Catarina – UFSC/SC - 2012 Pós-graduação em curso: Educação Inclusiva com Ênfase em Deficiência Auditiva da Universidade Católica Dom Bosco – UCDB/MT- 2014 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE ITAGUAÍ CENTRO MUNICIPAL DE ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO - CEMAEE COORDENAÇÃO DE DIVERSIDADE - LINGUA BRASILEIRA DE SINAIS – LIBRAS OFICINA 3
  2. 2. Quem entende o que ouve ou o que lê, analisa. Autor Gladstone Chaves de Melo Primeiro ponto: quem entendeu, analisou. Quem entendeu esta frase ? Porque não analisar? Pequena frase: Diz: __ Comprei um casa e um sítio. Qual frase está certa? Diz novamente: __ comprei uma casa e um sítio! Quer dizer ato da compra: o dono anterior foi o mesmo, a casa estava no sítio, o pagamento foi global. Duas proposições? Comprei uma casa e comprei um sítio. Ou comprei uma casa em (e + um) sítio?
  3. 3. ESCOLA INCLUSIVA FOCO LÍNGUA PORTUGUESA ORAL E COMUNICAÇÃO TOTAL (BIMODAL) X ESCOLA BILINGUE FOCO LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS VISUAL (LIBRAS), LEITURA (LINGUA PORTUGUESA) E ESCRITA (DE LINGUA PORTUGUESA E DE SINAIS)
  4. 4. DIFICULDADE LINGUA PORTUGUESA – L2 NA ESCOLA • 1. AQUISIÇÃO DE LINGUAGEM DESENVOLVE LENTA • 2. APRENDE LEITURA LABIAL • 3. GRANDE DIFICULDADE DE SEGUNDA LINGUA – L2 • 4. SURDO NAO CONSEGUEM CHEGAR OBSTACULOS EXEMPLO: LABIAL, ESCRITA E LEITURA OUTRO EXEMPLO: OUVIR COM APARELHO APENAS UM SOM • 4. ORALISMO NUNCA CHEGA 100% EXEMPLO: CONFUSO, ERRONEA E POUCA PALAVRAS. 5. NAO ENTENDE PIADA, GIRIA E DITADO VANTAGEM • TEM BOA LEITURA LABIAL, TEM BOA PERCEPÇÃO E GOSTA MUITO DE ESCRITA.
  5. 5. DIFICULDADE LINGUA BRASILEIRA DE SINAIS - L1 NA ESCOLA • 1. AQUISIÇÃO DE LINGUAGEM DESENVOLVER MODERADA • 2. NAO TEM DIFICULDADE - LIBRAS NATURAL • 3. A ESCRITA DE SINAIS É FACIL E MUITOS SURDOS NAO GOSTAM • 4. DIFICULDADE ENTENDER EM COMUNICAÇÃO TOTAL • 5. DIFICULDADE DE LIBRAS: METAFORA E POEMA • 6. NAO TEM DIFICULDADE DE PIADA E TEATRO . VANTAGEM • BOA LEITURA VISUAL, EXCELENTE PERCEPÇÃO E COMUNICATIVA.
  6. 6. Escrita de sinais Sign writing
  7. 7. PROFESSOR DE LIBRAS (BILINGUE) X PROFESSOR DE LINGUA PORTUGUESA E OUTRAS DISCIPLINAS COM INTERPRETE DE LIBRAS X DOIS PEDAGOGOS EVITAR COMUNICAÇÃO TOTAL COMUNICAÇÃO TOTAL É BOM USO PARA ENSINO INFANTIL E PRIMEIRO AO TERCEIRO ANO - PRIMEIRO SEGMENTO DO ENSINO FUNDAMENTAL . ENSINAR EM LINGUA PORTUGUESA PARA SURDOS PRECISA MUITO TREINAMENTO SEM ORAL PRINCIPALMENTE PRATICA DE LEITURA E ESCRITA.
  8. 8. TODO NASCIMENTO SURDO OU DEFICIENTE AUDITIVO DEVER SER BILINGUE SINALIZAR X ORALIZAR LINGUA DE SINAIS X LINGUA ESTRANGUEIRA (LINGUA PORTUGUESA, LINGUA INGLESA, LINGUA ESPANHOLA E OUTROS)
  9. 9. Atividade um – vamos sinalizar? VERBO CAIR 1. Ana caiu. 2. Mauro caiu no chão 3. Paula caiu na vida 3. Ele caiu em contradição. 4. Carlos caiu no mato. 5. Este vestido te caiu bem. 6. homem caiu de queixo. 7. Criança caiu nas nuvens. 8. A Fortaleza caiu.
  10. 10. Continuação… 10. A febre da Ana caiu. 11. O dólar caiu. 12. O dólar caiu no chão. 13. O Feriado caiu no meio da semana. 14. A temperatura caiu. 15. Caiu nas mãos dos inimigos. 16. O presidente Collor caiu. 17. Caiu bem uma cor sobre outra. 18. Caiu a sorte.
  11. 11. ATIVIDADE DOIS – EXEMPLO VERBO X VOCABULOS 1. Ana nadou no mar. 3. Ana, nadadora aquática. 1. O gari bom. 2. Vassoura varre bem. 1. Fazer amor ao meu filho 2. Fazer amor com marido 1. Ela telefonou em casa 2. A telefonista ligou em casa.
  12. 12. Atividade três – vamos analisar ? 1. OI ANA, BOM DIA MAE SUA CELULAR MORTA CAIR CHAO NAO ACORDAR MAE QUER VOCÊ VAI VER. ELA SUSTO JA. BEIJO 2. BEN TRABALHO QUER QUEM VEM ONDE ANDREA? 3. FORO SAI VAMOS COME VOCE MANHA SIM NAO DANCA?
  13. 13. Meu perfil: pessoa surda e uso em três abordagens: oralismo, comunicação total e bilíngüe. Rede social: Facebook, oovoo, skype e twister -> Andrea Giovanella – surda – Angra dos Reis Correio eletrônico: Andreagiovanella@yahoo.com.br andreagiovanella@hotmail.com
  14. 14. Fonte e bibliografia: http://www.dicionariolibras.com.br/upload/arquivo_download/124/sintaxe%20libras.pdf http://www.signwriting.org/ http://blogcasmurros.blogspot.com.br/2010/08/escritores-abrem-as-suas-valises.html http://folhaembrancoblog.blogspot.com.br/2013/02/a-boca-fala-do-que-o-coracao-esta-cheio.html http://caiovinicius160.blogspot.com.br/2014/02/maos-que-falam.html http://lenereispvh.blogspot.com.br/2013/08/ato-politico-pelas-escolas-bilingues.html http://samarlibras.blogspot.com.br/2012/12/blog-post_12.html http://www.notisurdo.com.br/escolabilingue.html SÁ, N.R.L. O discurso surdo: a escuta dos sinais. In: SKLIAR, C. (Org.). A surdez: um olhar sobre as diferenças. Porto Alegre: Mediação, 1998. p. 169-192. SKLIAR, C. Os estudos surdos em educação: problematizando a normalidade. In: SKLIAR, C. (Org.). A surdez: um olhar sobre as diferenças. Porto Alegre: Mediação, 1998. p. 7-32. SOUZA, R.M.; GÓES, M.C.R. O ensino para surdos na escola inclusiva: considerações sobre o excludente contexto da inclusão. In: SKLIAR, C. (Org.). Atualidade da educação bilíngüe para surdos. Porto Alegre: Mediação, 1999. v. 1 p. 163-187 PERLIN, G.T.T.; QUADROS, R.M. Educação de surdos em escola inclusiva? Espaço, Rio de Janeiro, n. 7, p. 35-40, 1997. Aquisição da Língua de Sinais como Primeira Língua: Direito dos Surdos. - aLEX cURIONE – fENEIS - 2004 Leffa, V. J. (2005). O professor de língua estrangeira: do corpo mole ao corpo dócil. In M. Freire et allii (Orgs.), Lingüística Aplicada e contemporaneidade. São Paulo: ALAB/Pontes Editores. Tarcísio de Arantes Leite Leitura e Produção de textos ufsc – libras 2008

×