SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
Felizmente Há Luar!: uma síntese
Expressões, 12.º ano
Século XIX Século XX
Época posterior às
invasões francesas e
anterior à revolução liberal
Estado Novo
MetáforaTempo da
história
Tempo da
escrita
Efeito de distanciamento
Intenção didática
(Teatro épico)
Felizmente Há Luar!: uma síntese
Paralelismo histórico-metafórico
Poderes ditatoriais
Associação entre os poderes
político, religioso e militar
Polícias políticas
Ignorância popular
Falta de liberdade
Século XIX Século XX
Expressões, 12.º ano
Felizmente Há Luar!: uma síntese
Paralelismo histórico-metafórico
O Poder
O Antipoder
O símbolo da
resistência
Século XIX Século XX
Junta de regência:
Beresford, D. Miguel
Forjaz e Principal
Sousa
António O. Salazar
Cardeal Cerejeira
General Gomes
Freire de Andrade
General Humberto
Delgado
Expressões, 12.º ano
Felizmente Há Luar!: uma síntese
O Poder O Antipoder
Ato I Ato II
Gomes
Freire de
Andrade:
“sempre
presente
embora
nunca
apareça”
Desmontagem dos
mecanismos de
atuação dos
poderes político,
militar e religioso
Apresentação do
mundo da
resistência à
exploração
Forças do passado Forças do futuro
Expressões, 12.º ano

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (18)

Romantismo contexto histórico
Romantismo contexto histórico Romantismo contexto histórico
Romantismo contexto histórico
 
As Principais Revoluções Liberais
As Principais Revoluções Liberais As Principais Revoluções Liberais
As Principais Revoluções Liberais
 
Revolução f rancesa
Revolução f rancesaRevolução f rancesa
Revolução f rancesa
 
Barroco 5
Barroco 5Barroco 5
Barroco 5
 
As consequências da 1ª guerra mundial
As consequências da 1ª guerra mundialAs consequências da 1ª guerra mundial
As consequências da 1ª guerra mundial
 
Revolução Tenentista - Prof. Altair Aguilar
Revolução Tenentista - Prof. Altair AguilarRevolução Tenentista - Prof. Altair Aguilar
Revolução Tenentista - Prof. Altair Aguilar
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
 
Pp2 2º ano ensino médio
Pp2 2º ano ensino médioPp2 2º ano ensino médio
Pp2 2º ano ensino médio
 
7.1.1 Iluminismo
7.1.1 Iluminismo7.1.1 Iluminismo
7.1.1 Iluminismo
 
A guerra civil espanhola
A guerra civil espanholaA guerra civil espanhola
A guerra civil espanhola
 
A Crise Da Monarquia
A Crise Da MonarquiaA Crise Da Monarquia
A Crise Da Monarquia
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
 
Movimento Tenentista.
Movimento Tenentista.Movimento Tenentista.
Movimento Tenentista.
 
Revolução em imagens
Revolução em imagensRevolução em imagens
Revolução em imagens
 
História 2º bimestre 3º ano part 2
História 2º bimestre   3º ano part 2História 2º bimestre   3º ano part 2
História 2º bimestre 3º ano part 2
 
Nazismo e fascismo
Nazismo e fascismoNazismo e fascismo
Nazismo e fascismo
 
Revoluções liberais de 1830
Revoluções liberais de 1830Revoluções liberais de 1830
Revoluções liberais de 1830
 
Revisão geral de história
Revisão geral de históriaRevisão geral de história
Revisão geral de história
 

Destaque

Espaco social_memorial
 Espaco social_memorial Espaco social_memorial
Espaco social_memorialameliapadrao
 
Exp12cdr ppt camoes_pessoa
Exp12cdr ppt camoes_pessoaExp12cdr ppt camoes_pessoa
Exp12cdr ppt camoes_pessoaameliapadrao
 
Exp12cdr ppt tempo_memorial
Exp12cdr ppt tempo_memorialExp12cdr ppt tempo_memorial
Exp12cdr ppt tempo_memorialameliapadrao
 
Exp12cdr ppt concecao messianica
Exp12cdr ppt concecao messianicaExp12cdr ppt concecao messianica
Exp12cdr ppt concecao messianicaameliapadrao
 
Estrutura mensagem
Estrutura mensagemEstrutura mensagem
Estrutura mensagemameliapadrao
 
Coordenação e Subordinação 8.ºC
Coordenação e Subordinação 8.ºCCoordenação e Subordinação 8.ºC
Coordenação e Subordinação 8.ºCJosé Ferreira
 

Destaque (7)

Espaco social_memorial
 Espaco social_memorial Espaco social_memorial
Espaco social_memorial
 
Exp12cdr ppt camoes_pessoa
Exp12cdr ppt camoes_pessoaExp12cdr ppt camoes_pessoa
Exp12cdr ppt camoes_pessoa
 
Exp12cdr ppt tempo_memorial
Exp12cdr ppt tempo_memorialExp12cdr ppt tempo_memorial
Exp12cdr ppt tempo_memorial
 
Exp12cdr ppt concecao messianica
Exp12cdr ppt concecao messianicaExp12cdr ppt concecao messianica
Exp12cdr ppt concecao messianica
 
Estrutura mensagem
Estrutura mensagemEstrutura mensagem
Estrutura mensagem
 
Coordenação e Subordinação 8.ºC
Coordenação e Subordinação 8.ºCCoordenação e Subordinação 8.ºC
Coordenação e Subordinação 8.ºC
 
Oracoes subordinadas
Oracoes subordinadasOracoes subordinadas
Oracoes subordinadas
 

Semelhante a Exp12cdr ppt felizmente_sintese

Felizmente Há Luar
Felizmente Há LuarFelizmente Há Luar
Felizmente Há LuarAna Tapadas
 
Felizmente Ha Luar 2003 Final
Felizmente Ha Luar 2003 FinalFelizmente Ha Luar 2003 Final
Felizmente Ha Luar 2003 Finalruycastroistec
 
Feliz luar power point
Feliz luar power pointFeliz luar power point
Feliz luar power pointMargarida71
 
Feliz luar power point
Feliz luar power pointFeliz luar power point
Feliz luar power pointveracarvalho
 
Felizmente Há Luar- Síntese
Felizmente Há Luar- SínteseFelizmente Há Luar- Síntese
Felizmente Há Luar- Síntesenanasimao
 
Apresentação Felizmente há Luar
Apresentação Felizmente há Luar Apresentação Felizmente há Luar
Apresentação Felizmente há Luar António Pires
 
Resumos de Português: Felizmente há luar!
Resumos de Português: Felizmente há luar!Resumos de Português: Felizmente há luar!
Resumos de Português: Felizmente há luar!Raffaella Ergün
 
Português - Felizmente ha luar
Português - Felizmente ha luarPortuguês - Felizmente ha luar
Português - Felizmente ha luarguestd8e2b4
 
Estudo accao personagens_contexto
Estudo accao personagens_contextoEstudo accao personagens_contexto
Estudo accao personagens_contextocnlx
 
Felizmente há luar carolina morna
Felizmente há luar   carolina mornaFelizmente há luar   carolina morna
Felizmente há luar carolina mornaguestd8e2b4
 
Felizmente há luar carolina morna
Felizmente há luar   carolina mornaFelizmente há luar   carolina morna
Felizmente há luar carolina mornaguestd8e2b4
 
Felizmente há luar carolina morna
Felizmente há luar   carolina mornaFelizmente há luar   carolina morna
Felizmente há luar carolina mornaguest57586
 
Felizmente há luar carolina morna
Felizmente há luar   carolina mornaFelizmente há luar   carolina morna
Felizmente há luar carolina mornaguest57586
 
Felizmente há luar - trabalho de carolina morna
Felizmente há luar  - trabalho de  carolina mornaFelizmente há luar  - trabalho de  carolina morna
Felizmente há luar - trabalho de carolina mornaguestd8e2b4
 
Felizmente há luar carolina morna
Felizmente há luar   carolina mornaFelizmente há luar   carolina morna
Felizmente há luar carolina mornaguestd8e2b4
 

Semelhante a Exp12cdr ppt felizmente_sintese (20)

Fhl sintese-exp12
Fhl sintese-exp12Fhl sintese-exp12
Fhl sintese-exp12
 
Felizmente há luar
Felizmente há luarFelizmente há luar
Felizmente há luar
 
Felizmente Há Luar
Felizmente Há LuarFelizmente Há Luar
Felizmente Há Luar
 
Felizmente Ha Luar 2003 Final
Felizmente Ha Luar 2003 FinalFelizmente Ha Luar 2003 Final
Felizmente Ha Luar 2003 Final
 
Feliz luar power point
Feliz luar power pointFeliz luar power point
Feliz luar power point
 
Feliz luar power point
Feliz luar power pointFeliz luar power point
Feliz luar power point
 
Felizmente Há Luar- Síntese
Felizmente Há Luar- SínteseFelizmente Há Luar- Síntese
Felizmente Há Luar- Síntese
 
Apresentação Felizmente há Luar
Apresentação Felizmente há Luar Apresentação Felizmente há Luar
Apresentação Felizmente há Luar
 
Resumos de Português: Felizmente há luar!
Resumos de Português: Felizmente há luar!Resumos de Português: Felizmente há luar!
Resumos de Português: Felizmente há luar!
 
Português - Felizmente ha luar
Português - Felizmente ha luarPortuguês - Felizmente ha luar
Português - Felizmente ha luar
 
Estudo accao personagens_contexto
Estudo accao personagens_contextoEstudo accao personagens_contexto
Estudo accao personagens_contexto
 
Felizmente há luar carolina morna
Felizmente há luar   carolina mornaFelizmente há luar   carolina morna
Felizmente há luar carolina morna
 
Felizmente há luar carolina morna
Felizmente há luar   carolina mornaFelizmente há luar   carolina morna
Felizmente há luar carolina morna
 
Felizmente há luar carolina morna
Felizmente há luar   carolina mornaFelizmente há luar   carolina morna
Felizmente há luar carolina morna
 
Felizmente há luar carolina morna
Felizmente há luar   carolina mornaFelizmente há luar   carolina morna
Felizmente há luar carolina morna
 
Felizmente há luar - trabalho de carolina morna
Felizmente há luar  - trabalho de  carolina mornaFelizmente há luar  - trabalho de  carolina morna
Felizmente há luar - trabalho de carolina morna
 
Felizmente há luar carolina morna
Felizmente há luar   carolina mornaFelizmente há luar   carolina morna
Felizmente há luar carolina morna
 
Felizmente Há Luar
Felizmente Há LuarFelizmente Há Luar
Felizmente Há Luar
 
Felizmente Há Luar
Felizmente Há LuarFelizmente Há Luar
Felizmente Há Luar
 
Felizmente há luar
Felizmente há luarFelizmente há luar
Felizmente há luar
 

Mais de ameliapadrao

Mais de ameliapadrao (20)

Exp12cdr ppt caeiro
Exp12cdr ppt caeiroExp12cdr ppt caeiro
Exp12cdr ppt caeiro
 
Cesário verde
Cesário verdeCesário verde
Cesário verde
 
Cesário verde
Cesário verdeCesário verde
Cesário verde
 
Processos fonologicos
Processos fonologicosProcessos fonologicos
Processos fonologicos
 
Episodios maias
Episodios maiasEpisodios maias
Episodios maias
 
Frei luis
Frei luisFrei luis
Frei luis
 
Frei luis
Frei luisFrei luis
Frei luis
 
Pt9 cdr relativas
Pt9 cdr relativasPt9 cdr relativas
Pt9 cdr relativas
 
P.antónio v.
P.antónio v.P.antónio v.
P.antónio v.
 
Sermodesantoantnioaospeixes
SermodesantoantnioaospeixesSermodesantoantnioaospeixes
Sermodesantoantnioaospeixes
 
Sermão aos peixes cap. i
Sermão aos peixes   cap. iSermão aos peixes   cap. i
Sermão aos peixes cap. i
 
Aspeto modalidade
Aspeto modalidadeAspeto modalidade
Aspeto modalidade
 
funções sintaticas
 funções sintaticas funções sintaticas
funções sintaticas
 
La négation _8_
La négation _8_La négation _8_
La négation _8_
 
9monumentsdeparis
9monumentsdeparis9monumentsdeparis
9monumentsdeparis
 
Deixis e anafora_10o
Deixis e anafora_10oDeixis e anafora_10o
Deixis e anafora_10o
 
argent de poche
 argent de poche argent de poche
argent de poche
 
les vacances
les vacancesles vacances
les vacances
 
Princípio da cooperação
Princípio da cooperaçãoPrincípio da cooperação
Princípio da cooperação
 
Camões
Camões Camões
Camões
 

Último

Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024SamiraMiresVieiradeM
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 

Último (20)

Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 

Exp12cdr ppt felizmente_sintese

  • 1. Felizmente Há Luar!: uma síntese Expressões, 12.º ano Século XIX Século XX Época posterior às invasões francesas e anterior à revolução liberal Estado Novo MetáforaTempo da história Tempo da escrita Efeito de distanciamento Intenção didática (Teatro épico)
  • 2. Felizmente Há Luar!: uma síntese Paralelismo histórico-metafórico Poderes ditatoriais Associação entre os poderes político, religioso e militar Polícias políticas Ignorância popular Falta de liberdade Século XIX Século XX Expressões, 12.º ano
  • 3. Felizmente Há Luar!: uma síntese Paralelismo histórico-metafórico O Poder O Antipoder O símbolo da resistência Século XIX Século XX Junta de regência: Beresford, D. Miguel Forjaz e Principal Sousa António O. Salazar Cardeal Cerejeira General Gomes Freire de Andrade General Humberto Delgado Expressões, 12.º ano
  • 4. Felizmente Há Luar!: uma síntese O Poder O Antipoder Ato I Ato II Gomes Freire de Andrade: “sempre presente embora nunca apareça” Desmontagem dos mecanismos de atuação dos poderes político, militar e religioso Apresentação do mundo da resistência à exploração Forças do passado Forças do futuro Expressões, 12.º ano