Curso de Graduação -Bacharelado em Enfermagem                                      Módulo II
Conceito Ecológico eBioquímico de Parasitismo
Os Organismos e o Meio    Fatores Genéticos e Interação Homem-ambiente   Conceito de Parasitismo; baseado na interpretaç...
O Ambiente e suas Mudanças “Todas as mudanças ocorridas nesse meio, ao  longo do tempo, e todas as diversificaçõesgeográfi...
Evolução das Espécies e Diversificação                     Faunística Surgimento   dos primeiros seres vivos Mutação   e...
Relações entre os seres vivos: Populações   População; conjunto de indivíduos da mesma espécie que habita    área ou regi...
    Métodos de Biomassa ;                é conveniente, para os estudos sobre    palncton, para o calculo de populações d...
Comunidades e sua Organização As comunidades são agrupamentos complexos, porque em sua constituição entram indivíduos de d...
Fluxos Energético e Cadeias AlimentaresOrganismos PRODUTORES;                    (AUTÓTROFOSCOMPLETOS ou VERDADEIROS);Orga...
Na formação das cadeias alimentares alguns organismos que    servem de alimento para outros transferem a energiaacumulada ...
TIPOS DE CADEIAS ALIMENTARES E PIRÂMIDES                ECOLÓGICASCadeia PREDADORA;Cadeia PARASITÁRIA;Cadeia SAPROFÍTICA o...
Garante perpetuação da espéciedo parasitismo e funciona comofonte de infecção para outrosanimais e para o homem.
Abrigam parasitas na faselarvária ou assexuada
Abrigam os parasitas em fase dematuridade ou de atividadesexual.
Principais Tipos de Habitat dos            Parasitos
O Aparelho Digestivo
Fígado
Trabalho parasitismo
Trabalho parasitismo
Trabalho parasitismo
Trabalho parasitismo
Trabalho parasitismo
Trabalho parasitismo
Trabalho parasitismo
Trabalho parasitismo
Trabalho parasitismo
Trabalho parasitismo
Trabalho parasitismo
Trabalho parasitismo
Trabalho parasitismo
Trabalho parasitismo
Trabalho parasitismo
Trabalho parasitismo
Trabalho parasitismo
Trabalho parasitismo
Trabalho parasitismo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho parasitismo

2.476 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.476
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho parasitismo

  1. 1. Curso de Graduação -Bacharelado em Enfermagem Módulo II
  2. 2. Conceito Ecológico eBioquímico de Parasitismo
  3. 3. Os Organismos e o Meio Fatores Genéticos e Interação Homem-ambiente Conceito de Parasitismo; baseado na interpretação ecológica e bioquímica das relações parasito-hospedeiro. Habitat; onde ele vive e pode ser encontrado.
  4. 4. O Ambiente e suas Mudanças “Todas as mudanças ocorridas nesse meio, ao longo do tempo, e todas as diversificaçõesgeográficas se traduzem também por mudanças nos próprios organismos vivos.”
  5. 5. Evolução das Espécies e Diversificação Faunística Surgimento dos primeiros seres vivos Mutação e Seleção Nicho Ecológico Mudanças artificiais do Ecossistema
  6. 6. Relações entre os seres vivos: Populações População; conjunto de indivíduos da mesma espécie que habita área ou região. Métodos de Estudo de Populações Contagem de Todos os indivíduos; como nos censos demográficos, contam-se os indivíduos de todas as idades ou fases evolutivas Contagem de Indivíduos de uma Classe; é util quando o interesse esta voltado somente para essa classe ou categoria de membros da população; exemplo: calculo da população de insetos alados ( anofelinos) no interior das habitações , para o estudo da transmissão da malária. Métodos de Marcação; seu uso é recomendado pra os estudos de populações, de insetos, mamíferos etc. Nº de indivíduos da amostraP= X Total de indivíduos da amostra Nº de indivíduos marcados na amostra
  7. 7.  Métodos de Biomassa ; é conveniente, para os estudos sobre palncton, para o calculo de populações de microrganismos em cultura etc. Métodos de Amostragem; um dos mais utilizados para se estimar o tamanho e as características de uma população. Métodos Indiretos; são menos precisos e empregados somente quando não se possa lançar mão de outros melhores. Natalidade , Mortalidade e DisperçãoEsses fatores atuam sobre as populaçõesdeterminando qual será sua forma de crescimento,seu equilíbrio numérico, suas oscilações eflutuações, bem como declínio ou desapariçãoeventual.
  8. 8. Comunidades e sua Organização As comunidades são agrupamentos complexos, porque em sua constituição entram indivíduos de diferentes espécies, pertencentes aos mais variados grupos de organismos queincluem vegetais, fungos, vírus, protozoários, metazoários e bactérias.
  9. 9. Fluxos Energético e Cadeias AlimentaresOrganismos PRODUTORES; (AUTÓTROFOSCOMPLETOS ou VERDADEIROS);Organismos CONSUMIDORES; (HETERÓTROFOS); (consumidoresPRIMÁRIOS e SECUNDÁRIOS);Organismos DECOMPOSITORES;
  10. 10. Na formação das cadeias alimentares alguns organismos que servem de alimento para outros transferem a energiaacumulada em suas proteínas, carboidratos e lipídios a esses consumidores. As cadeias constituem verdadeiros circuitosfechados que se completam com a morte e decomposição de seus participantes em todos os níveis. Sem a morte oudecomposição o meio dessas cadeias acabaria por esgotar-se de materiais essenciais a continuidade dos processos metabólicos dos seres vivos e conduziria ao colapso do ecossistema.
  11. 11. TIPOS DE CADEIAS ALIMENTARES E PIRÂMIDES ECOLÓGICASCadeia PREDADORA;Cadeia PARASITÁRIA;Cadeia SAPROFÍTICA ou SAPROZÓICA;
  12. 12. Garante perpetuação da espéciedo parasitismo e funciona comofonte de infecção para outrosanimais e para o homem.
  13. 13. Abrigam parasitas na faselarvária ou assexuada
  14. 14. Abrigam os parasitas em fase dematuridade ou de atividadesexual.
  15. 15. Principais Tipos de Habitat dos Parasitos
  16. 16. O Aparelho Digestivo
  17. 17. Fígado

×