SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Baixar para ler offline
Desenvolvimento Humano
e Ciclo Vital –
Adultez e Envelhecimento

Profª. Ms. Viviane Medeiros Pasqualeto
Plano de Ensino
Conteúdo Programático



 Teorias psicológicas ligadas ao processo de
  envelhecimento (Erikson, Baltes)
 Desenvolvimento físico, psicossocial e cognitivo na
  adultez e na velhice
 Conceitos norteadores do processo de envelhecimento
 Cuidados ao fim da vida
 Morte
Plano de Ensino
   Avaliação

A avaliação da aprendizagem será processual. Esse processo de avaliação terá como eixo norteador a lógica
problematizadora utilizada nas provas do ENADE, em dois momentos com diferentes instrumentos:


Datas previstas para a realização das avaliações:
PROVA 1: 19/04/2013
PROVA 2: 14/06/2013


APS:
Entrega do termo de compromisso escaneado pelo portal até 22/03/2013 (de 18/03 a 22/03).
Entrega do projeto ou proposta de pesquisa - 12/04/2013
Entrega da APS (relatório de pesquisa ou artigo científico) de 13/04/2013 a 31/05/2013.
Obs. Relatório de pesquisa - para quem tiver até 40 créditos aprovados do curso.
Artigo Científico - para quem tiver mais de 40 créditos aprovados do curso.
Ambos devem ser redigidos segundo o Manual de Normas Técnicas da Faculdade.


Exame: Data 05/07/2013
Plano de Ensino
 Provas




 Prova 1 – 19/04 (8,0)         Prova 2 – 20/06 (7,0)
    Atividades extras (2,0)       Seminário (3,0)




         Atividades
                                          Data
       realizadas em
                                          Tema
      sala de aula ou
          em casa
Aquisições do semestre –
Atividade 1
   Quando uma pessoa se torna adulta?
   Você se considera adulto(a)? Por quê?
   Quais os estágios de uma vida adulta?
   Quais são as diferenças entre um adulto com 25 anos e outro com 45 anos?
   A partir de que idade você considera uma pessoa de meia idade?
   Na sua opinião como se dá um envelhecimento saudável?
   Na sua opinião quais as doenças que mais preocupam no envelhecimento e
    por quê?
   Você tem experiência profissional (estágios, etc) com adultos ou idosos? Se
    sim, explique?
   O que você fez ou faz para preparar seu envelhecimento saudável?
   Se você trabalhasse com adultos jovens quais seriam as suas orientações para
    um envelhecimento saudável?
   O que você espera desta disciplina e como a utilizará na sua caminhada
    profissional como psicólogo(a)?
Vida Adulta



Quando uma
pessoa se
torna adulta?
Vida Adulta – Quando uma
pessoa se torna adulta?


 Definição Legal – 16/18/21 anos
 Definição Sociológica – quando responsáveis por si
  mesmas... Escolheram uma carreira, casaram-se ou
  formaram um relacionamento afetivo significativo
 Definição psicológica – descoberta da própria identidade,
  independência dos pais, sistema de valores, sentimento
  de autonomia, autocontrole e responsabilidade pessoal
Caminhos para vida adulta

  Início do século XX      Hoje


                          Universidade
 Conclusão do colégio    Mercado de trabalho
 Emprego estável         Sair da casa dos pais
 Casamento               Casamento
 Família                 Família
Por convenção...

 Vida adulta inicial
  – adulto jovem (20
                         Tais definições podem
  a 40 anos)              diferir de um subgrupo
                          para outro
 Vida adulta
  intermediária (40      Não há concordância
                          definitiva nesta divisão
  a 65 anos)
                         Mudanças físicas e
 Vida adulta             cognitivas são graduais e
                          variáveis de um adulto
  avançada (acima
                          para o outro
  de 65 anos)
Vida adulta inicial



período transitório da vida
 adulta, que usualmente se
 estende do final da
 adolescência (20 anos +-) até a
 casa dos 40 anos.
Funcionamento Físico –                    vida adulta
inicial


 Crescimento físico completo – corpo em auge
 Entre 20 e 30 anos:
                                             De modo geral,
    Há mais tecido muscular                  nesta fase, a
    Um máximo de cálcio nos ossos           maioria está no
    Mais massa cerebral
                                             auge da saúde,
                                               força física,
    Melhor visão, audição e olfato              energia,
    Maior capacidade de oxigenação         resistência e dos
    Sistema imunológico mais eficiente
                                             funcionamento
                                            sensorial e motor
Mudanças decorrentes da idade
  no funcionamento físico
 Função    Idade da            Natureza da Mudança
do Corpo   mudança
 Visão       40-45     Lentes de olhos espessam-se e perdem o
                         poder de acomodação, resultando em
                         uma visão de perto mais deficiente e
                            maior sensibilidade à claridade
Audição      +- 50     Perda da capacidade de ouvir tonalidades
                             muito altas ou muito baixas
Músculos     +- 50       Perda de tecido muscular e perda de
                                         força
 Ossos       Após    Perda de cálcio nos ossos, a osteoporose.
           menopausa      Desgaste nas juntas dos ossos
              nas    (osseoartrite), mais marcante depois dos
            mulheres                  60 anos
Mudanças decorrentes da idade
    no funcionamento físico
 Função        Idade da             Natureza da Mudança
do Corpo       mudança
Coração e       35 - 40    Declínio na maioria dos aspectos da função
 pulmões                     quando ocorre mensuração durante ou
                                      após exercícios físicos
 Sistema        40 - 45    Perda da densidade dos dendritos, perda
 nervoso                   de massa cinzenta do cérebro, queda no
                           peso do cérebro, velocidade das sinapses
                                         mais lenta.
 Sistema       Acima de      Aumento do risco durante a gravidez e
reprodutor        30                 fertilidade reduzida.
Elasticidade   Gradativa   Perda gradativa da maioria das células, o
                           que inclui a pele, os músculos, os tendões
                             e as células dos vasos sanguíneos. Há
                           maior deterioração nas células expostas à
                                             luz solar.
Mudanças decorrentes da idade
 no funcionamento físico
 Função    Idade da         Natureza da Mudança
do Corpo   mudança
 Altura       40       Compreensão de discos na coluna,
                        com resultante perda de altura.
                        Podendo chegar a 5 cm aos 80
                                    anos.
  Pele        40       Aumento de rugas, devido à perda
                      de elasticidade, glândulas secretoras
                        de óleo e suor tornam-se menos
                                    eficientes
 Cabelo       50       Mais finos e podem embraquecer
Funcionamento do sistema
imunológico
 Importante no combate a doença
 Tipos de células criadas na medula óssea e na glândula
  timo
 As células protegem o corpo produzindo anticorpos que
  reagem a organismos estranhos (vírus e outras
  infecções) e também produzindo células especiais que
  rejeitam células mutantes ou prejudiciais.
 Com o passar da idade o corpo produz menos anticorpos
  e células especiais menos eficientes
 Desta forma, os adultos se tornam cada vez mais
  suscetíveis à doença, a medida que envelhecem.
 Além disso, vale lembrar, que o sistema imunológico
  funciona bem menos quando você está sob estresse.
Condições de saúde



 Na vida adulta inicial, as possibilidades de morte são
  maiores por acidente, suicídio ou homicídio e não por
  doença (a doença passa a ser a causa mais comum de
  morte a partir dos 40 anos)
 Nesta fase são estabelecidos alicerces do funcionamento
  físico para a vida inteira.
Influências na saúde


 Genética
 Comportamento
 Condição sócio-econômica
 Raça/etnia
 Gênero
 Relacionamentos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aprwesentação vida adulta (1)
Aprwesentação   vida adulta (1)Aprwesentação   vida adulta (1)
Aprwesentação vida adulta (1)Ligia Coppetti
 
A teoria do desenvolvimento humano segundo Erik Erikson
A teoria do desenvolvimento humano segundo Erik EriksonA teoria do desenvolvimento humano segundo Erik Erikson
A teoria do desenvolvimento humano segundo Erik EriksonThiago de Almeida
 
Dsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certo
Dsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certoDsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certo
Dsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certoViviane Pasqualeto
 
O comportamento humano e a aprendizagem - v1
O comportamento humano e a aprendizagem - v1O comportamento humano e a aprendizagem - v1
O comportamento humano e a aprendizagem - v1Nilson Dias Castelano
 
Estudo sobre o desenvolvimento humano (parte I)
Estudo sobre o desenvolvimento humano (parte I)Estudo sobre o desenvolvimento humano (parte I)
Estudo sobre o desenvolvimento humano (parte I)Joelson Honoratto
 
Psicologia introdução
Psicologia introduçãoPsicologia introdução
Psicologia introduçãoChrys Souza
 
Introdução ao estudo dos processos psicológicos básicos
Introdução ao estudo dos processos psicológicos básicosIntrodução ao estudo dos processos psicológicos básicos
Introdução ao estudo dos processos psicológicos básicosCaio Maximino
 
Psicologia do desenvolvimento: infância
Psicologia do desenvolvimento: infânciaPsicologia do desenvolvimento: infância
Psicologia do desenvolvimento: infânciaSinara Duarte
 
Desenvolvimento Humano
Desenvolvimento HumanoDesenvolvimento Humano
Desenvolvimento Humanoandressa bonn
 
Slides semana do idoso
Slides semana do idosoSlides semana do idoso
Slides semana do idosoVânia Sampaio
 
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidadeSaúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidadeAroldo Gavioli
 

Mais procurados (20)

Aprwesentação vida adulta (1)
Aprwesentação   vida adulta (1)Aprwesentação   vida adulta (1)
Aprwesentação vida adulta (1)
 
A teoria do desenvolvimento humano segundo Erik Erikson
A teoria do desenvolvimento humano segundo Erik EriksonA teoria do desenvolvimento humano segundo Erik Erikson
A teoria do desenvolvimento humano segundo Erik Erikson
 
Vida adulta intermediária
Vida adulta intermediáriaVida adulta intermediária
Vida adulta intermediária
 
Aula 1 - Introdução à Psicologia
Aula 1 - Introdução à PsicologiaAula 1 - Introdução à Psicologia
Aula 1 - Introdução à Psicologia
 
Dsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certo
Dsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certoDsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certo
Dsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certo
 
O comportamento humano e a aprendizagem - v1
O comportamento humano e a aprendizagem - v1O comportamento humano e a aprendizagem - v1
O comportamento humano e a aprendizagem - v1
 
Aula - Introdução à Psicologia 1
Aula - Introdução à Psicologia 1Aula - Introdução à Psicologia 1
Aula - Introdução à Psicologia 1
 
Estudo sobre o desenvolvimento humano (parte I)
Estudo sobre o desenvolvimento humano (parte I)Estudo sobre o desenvolvimento humano (parte I)
Estudo sobre o desenvolvimento humano (parte I)
 
Psicologia introdução
Psicologia introduçãoPsicologia introdução
Psicologia introdução
 
Aula 1 - Fundamentos de Psicologia
Aula 1 -  Fundamentos de Psicologia Aula 1 -  Fundamentos de Psicologia
Aula 1 - Fundamentos de Psicologia
 
Vida adulta intermediária
Vida adulta intermediáriaVida adulta intermediária
Vida adulta intermediária
 
Desenvolvimento humano
Desenvolvimento humanoDesenvolvimento humano
Desenvolvimento humano
 
Introdução ao estudo dos processos psicológicos básicos
Introdução ao estudo dos processos psicológicos básicosIntrodução ao estudo dos processos psicológicos básicos
Introdução ao estudo dos processos psicológicos básicos
 
Psicologia do desenvolvimento: infância
Psicologia do desenvolvimento: infânciaPsicologia do desenvolvimento: infância
Psicologia do desenvolvimento: infância
 
Desenvolvimento Humano
Desenvolvimento HumanoDesenvolvimento Humano
Desenvolvimento Humano
 
Slides semana do idoso
Slides semana do idosoSlides semana do idoso
Slides semana do idoso
 
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidadeSaúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
 
Desenvolvimento humano
Desenvolvimento humanoDesenvolvimento humano
Desenvolvimento humano
 
Personalidade
PersonalidadePersonalidade
Personalidade
 
Introdução à psicologia
Introdução à psicologiaIntrodução à psicologia
Introdução à psicologia
 

Destaque

Palestra saúde mental e física
Palestra saúde mental e físicaPalestra saúde mental e física
Palestra saúde mental e físicaVictor Passos
 
Etapas da vida humana
Etapas da vida humana   Etapas da vida humana
Etapas da vida humana Sara Bagagem
 
Apresentação saúde espiritual da liderança pr. roosevelt
Apresentação saúde espiritual da liderança   pr. rooseveltApresentação saúde espiritual da liderança   pr. roosevelt
Apresentação saúde espiritual da liderança pr. rooseveltSandra Fuso
 
Atividade fisica, aptidão física e saúde
Atividade fisica, aptidão física e saúdeAtividade fisica, aptidão física e saúde
Atividade fisica, aptidão física e saúdewashington carlos vieira
 
Aula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regularAula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regularIsmael Costa
 
Enfermagem em Geriatria Saúde do Idoso
Enfermagem em Geriatria   Saúde do IdosoEnfermagem em Geriatria   Saúde do Idoso
Enfermagem em Geriatria Saúde do IdosoMaria Dias
 
Aula saude do idoso
Aula saude do idosoAula saude do idoso
Aula saude do idosomorgausesp
 
Maus tratos violência e negligência contra os idosos
Maus tratos violência e negligência contra os idososMaus tratos violência e negligência contra os idosos
Maus tratos violência e negligência contra os idososDaniela Monteiro
 
Fases do desenvolvimento humano - Velhice
Fases do desenvolvimento humano - VelhiceFases do desenvolvimento humano - Velhice
Fases do desenvolvimento humano - VelhiceLigia Coppetti
 

Destaque (16)

Palestra saúde mental e física
Palestra saúde mental e físicaPalestra saúde mental e física
Palestra saúde mental e física
 
Etapas da vida humana
Etapas da vida humana   Etapas da vida humana
Etapas da vida humana
 
Apresentação saúde espiritual da liderança pr. roosevelt
Apresentação saúde espiritual da liderança   pr. rooseveltApresentação saúde espiritual da liderança   pr. roosevelt
Apresentação saúde espiritual da liderança pr. roosevelt
 
Atividade fisica, aptidão física e saúde
Atividade fisica, aptidão física e saúdeAtividade fisica, aptidão física e saúde
Atividade fisica, aptidão física e saúde
 
Aula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regularAula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regular
 
Trabalho power point
Trabalho power pointTrabalho power point
Trabalho power point
 
Enfermagem do idoso
Enfermagem do idosoEnfermagem do idoso
Enfermagem do idoso
 
Enfermagem em Geriatria Saúde do Idoso
Enfermagem em Geriatria   Saúde do IdosoEnfermagem em Geriatria   Saúde do Idoso
Enfermagem em Geriatria Saúde do Idoso
 
Aula saude do idoso
Aula saude do idosoAula saude do idoso
Aula saude do idoso
 
Idoso
IdosoIdoso
Idoso
 
Trabalho sobre Saúde do Idoso
Trabalho sobre Saúde do IdosoTrabalho sobre Saúde do Idoso
Trabalho sobre Saúde do Idoso
 
Saúde do Idoso
Saúde do IdosoSaúde do Idoso
Saúde do Idoso
 
Maus tratos violência e negligência contra os idosos
Maus tratos violência e negligência contra os idososMaus tratos violência e negligência contra os idosos
Maus tratos violência e negligência contra os idosos
 
Saúde do idoso
 Saúde do idoso Saúde do idoso
Saúde do idoso
 
Fases da vida
Fases da vidaFases da vida
Fases da vida
 
Fases do desenvolvimento humano - Velhice
Fases do desenvolvimento humano - VelhiceFases do desenvolvimento humano - Velhice
Fases do desenvolvimento humano - Velhice
 

Semelhante a Desenvolvimento Humano Adulto e Envelhecimento

1 desenvolvimento físico adulto_velhice
1 desenvolvimento físico adulto_velhice1 desenvolvimento físico adulto_velhice
1 desenvolvimento físico adulto_velhicePsicologia_2015
 
Envelhecer com-vigor-2-ano
Envelhecer com-vigor-2-anoEnvelhecer com-vigor-2-ano
Envelhecer com-vigor-2-anocorpoemente
 
AULA 01 - ASPECTOS FISIOLÓGICOS DO ENVELHECIMENTO.pptx
AULA 01 - ASPECTOS FISIOLÓGICOS DO ENVELHECIMENTO.pptxAULA 01 - ASPECTOS FISIOLÓGICOS DO ENVELHECIMENTO.pptx
AULA 01 - ASPECTOS FISIOLÓGICOS DO ENVELHECIMENTO.pptxVanessaAlvesDeSouza4
 
ApresentaçãO A Velhice Psicologia Desenvolvimento Estudante 901559
ApresentaçãO A Velhice Psicologia Desenvolvimento   Estudante 901559ApresentaçãO A Velhice Psicologia Desenvolvimento   Estudante 901559
ApresentaçãO A Velhice Psicologia Desenvolvimento Estudante 901559Sandra Cristina Laranjeira Neto
 
ENVELHECER - idosos.ppt
ENVELHECER - idosos.pptENVELHECER - idosos.ppt
ENVELHECER - idosos.pptTrcioSantos4
 
ENVELHECER - idosos.ppt
ENVELHECER - idosos.pptENVELHECER - idosos.ppt
ENVELHECER - idosos.pptTrcioSantos4
 
Adolescência
AdolescênciaAdolescência
AdolescênciaUFC
 
SAÚDE DO IDOSO ENFERMAGEM 4
SAÚDE DO IDOSO ENFERMAGEM 4SAÚDE DO IDOSO ENFERMAGEM 4
SAÚDE DO IDOSO ENFERMAGEM 4Gustavo Henrique
 
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESMEVelhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESMERilva Lopes de Sousa Muñoz
 
O Plano dos 17 dias para manter Magra pdf para baixar Criatividade Ativa
O Plano dos 17 dias para manter Magra pdf para baixar Criatividade AtivaO Plano dos 17 dias para manter Magra pdf para baixar Criatividade Ativa
O Plano dos 17 dias para manter Magra pdf para baixar Criatividade AtivaCasal Criginski
 
Aula_Declínio Funcional Envelhecimento_Glauce.pdf
Aula_Declínio Funcional Envelhecimento_Glauce.pdfAula_Declínio Funcional Envelhecimento_Glauce.pdf
Aula_Declínio Funcional Envelhecimento_Glauce.pdfPaulaMelo127834
 
A Velhice E A Sociedade
A Velhice E A SociedadeA Velhice E A Sociedade
A Velhice E A Sociedademikeafonso
 
1. AULA ADULTO JOVEM (1).pdf
1. AULA ADULTO JOVEM (1).pdf1. AULA ADULTO JOVEM (1).pdf
1. AULA ADULTO JOVEM (1).pdfAnaMariaMonteles
 

Semelhante a Desenvolvimento Humano Adulto e Envelhecimento (20)

1 desenvolvimento físico adulto_velhice
1 desenvolvimento físico adulto_velhice1 desenvolvimento físico adulto_velhice
1 desenvolvimento físico adulto_velhice
 
Teoria em gerontogia
Teoria em gerontogiaTeoria em gerontogia
Teoria em gerontogia
 
Envelhecer com-vigor-2-ano
Envelhecer com-vigor-2-anoEnvelhecer com-vigor-2-ano
Envelhecer com-vigor-2-ano
 
AULA 01 - ASPECTOS FISIOLÓGICOS DO ENVELHECIMENTO.pptx
AULA 01 - ASPECTOS FISIOLÓGICOS DO ENVELHECIMENTO.pptxAULA 01 - ASPECTOS FISIOLÓGICOS DO ENVELHECIMENTO.pptx
AULA 01 - ASPECTOS FISIOLÓGICOS DO ENVELHECIMENTO.pptx
 
A velhice
A velhiceA velhice
A velhice
 
ApresentaçãO A Velhice Psicologia Desenvolvimento Estudante 901559
ApresentaçãO A Velhice Psicologia Desenvolvimento   Estudante 901559ApresentaçãO A Velhice Psicologia Desenvolvimento   Estudante 901559
ApresentaçãO A Velhice Psicologia Desenvolvimento Estudante 901559
 
ENVELHECER - idosos.ppt
ENVELHECER - idosos.pptENVELHECER - idosos.ppt
ENVELHECER - idosos.ppt
 
ENVELHECER - idosos.ppt
ENVELHECER - idosos.pptENVELHECER - idosos.ppt
ENVELHECER - idosos.ppt
 
Velhice
VelhiceVelhice
Velhice
 
O que é envelhecer
O que é envelhecerO que é envelhecer
O que é envelhecer
 
Adolescência
AdolescênciaAdolescência
Adolescência
 
SAÚDE DO IDOSO ENFERMAGEM 4
SAÚDE DO IDOSO ENFERMAGEM 4SAÚDE DO IDOSO ENFERMAGEM 4
SAÚDE DO IDOSO ENFERMAGEM 4
 
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESMEVelhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
 
O Plano dos 17 dias para manter Magra pdf para baixar Criatividade Ativa
O Plano dos 17 dias para manter Magra pdf para baixar Criatividade AtivaO Plano dos 17 dias para manter Magra pdf para baixar Criatividade Ativa
O Plano dos 17 dias para manter Magra pdf para baixar Criatividade Ativa
 
O plano dos 17 dias para manter dr. mike moreno
O plano dos 17 dias para manter   dr. mike morenoO plano dos 17 dias para manter   dr. mike moreno
O plano dos 17 dias para manter dr. mike moreno
 
Aula_Declínio Funcional Envelhecimento_Glauce.pdf
Aula_Declínio Funcional Envelhecimento_Glauce.pdfAula_Declínio Funcional Envelhecimento_Glauce.pdf
Aula_Declínio Funcional Envelhecimento_Glauce.pdf
 
A Velhice E A Sociedade
A Velhice E A SociedadeA Velhice E A Sociedade
A Velhice E A Sociedade
 
Aceitar a velhice
Aceitar a velhiceAceitar a velhice
Aceitar a velhice
 
Aceitar a velhice
Aceitar a velhiceAceitar a velhice
Aceitar a velhice
 
1. AULA ADULTO JOVEM (1).pdf
1. AULA ADULTO JOVEM (1).pdf1. AULA ADULTO JOVEM (1).pdf
1. AULA ADULTO JOVEM (1).pdf
 

Mais de Viviane Pasqualeto

Dsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certo
Dsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certoDsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certo
Dsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certoViviane Pasqualeto
 
Desenvolvimento moral na adolescência
Desenvolvimento moral na adolescência Desenvolvimento moral na adolescência
Desenvolvimento moral na adolescência Viviane Pasqualeto
 
Principais teorias da adolescência
Principais teorias da adolescênciaPrincipais teorias da adolescência
Principais teorias da adolescênciaViviane Pasqualeto
 
Desenvolvimento humano e ciclo vital
Desenvolvimento humano e ciclo vitalDesenvolvimento humano e ciclo vital
Desenvolvimento humano e ciclo vitalViviane Pasqualeto
 

Mais de Viviane Pasqualeto (7)

Fonoaudiologia e educação
Fonoaudiologia e educaçãoFonoaudiologia e educação
Fonoaudiologia e educação
 
Dsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certo
Dsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certoDsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certo
Dsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certo
 
Desenvolvimento moral na adolescência
Desenvolvimento moral na adolescência Desenvolvimento moral na adolescência
Desenvolvimento moral na adolescência
 
Principais teorias da adolescência
Principais teorias da adolescênciaPrincipais teorias da adolescência
Principais teorias da adolescência
 
Identidade adolescente
Identidade adolescenteIdentidade adolescente
Identidade adolescente
 
Desenvolvimento humano e ciclo vital
Desenvolvimento humano e ciclo vitalDesenvolvimento humano e ciclo vital
Desenvolvimento humano e ciclo vital
 
Adolescência 213
Adolescência 213Adolescência 213
Adolescência 213
 

Desenvolvimento Humano Adulto e Envelhecimento

  • 1. Desenvolvimento Humano e Ciclo Vital – Adultez e Envelhecimento Profª. Ms. Viviane Medeiros Pasqualeto
  • 2. Plano de Ensino Conteúdo Programático  Teorias psicológicas ligadas ao processo de envelhecimento (Erikson, Baltes)  Desenvolvimento físico, psicossocial e cognitivo na adultez e na velhice  Conceitos norteadores do processo de envelhecimento  Cuidados ao fim da vida  Morte
  • 3. Plano de Ensino Avaliação A avaliação da aprendizagem será processual. Esse processo de avaliação terá como eixo norteador a lógica problematizadora utilizada nas provas do ENADE, em dois momentos com diferentes instrumentos: Datas previstas para a realização das avaliações: PROVA 1: 19/04/2013 PROVA 2: 14/06/2013 APS: Entrega do termo de compromisso escaneado pelo portal até 22/03/2013 (de 18/03 a 22/03). Entrega do projeto ou proposta de pesquisa - 12/04/2013 Entrega da APS (relatório de pesquisa ou artigo científico) de 13/04/2013 a 31/05/2013. Obs. Relatório de pesquisa - para quem tiver até 40 créditos aprovados do curso. Artigo Científico - para quem tiver mais de 40 créditos aprovados do curso. Ambos devem ser redigidos segundo o Manual de Normas Técnicas da Faculdade. Exame: Data 05/07/2013
  • 4. Plano de Ensino Provas  Prova 1 – 19/04 (8,0)  Prova 2 – 20/06 (7,0)  Atividades extras (2,0)  Seminário (3,0) Atividades Data realizadas em Tema sala de aula ou em casa
  • 5. Aquisições do semestre – Atividade 1  Quando uma pessoa se torna adulta?  Você se considera adulto(a)? Por quê?  Quais os estágios de uma vida adulta?  Quais são as diferenças entre um adulto com 25 anos e outro com 45 anos?  A partir de que idade você considera uma pessoa de meia idade?  Na sua opinião como se dá um envelhecimento saudável?  Na sua opinião quais as doenças que mais preocupam no envelhecimento e por quê?  Você tem experiência profissional (estágios, etc) com adultos ou idosos? Se sim, explique?  O que você fez ou faz para preparar seu envelhecimento saudável?  Se você trabalhasse com adultos jovens quais seriam as suas orientações para um envelhecimento saudável?  O que você espera desta disciplina e como a utilizará na sua caminhada profissional como psicólogo(a)?
  • 7. Vida Adulta – Quando uma pessoa se torna adulta?  Definição Legal – 16/18/21 anos  Definição Sociológica – quando responsáveis por si mesmas... Escolheram uma carreira, casaram-se ou formaram um relacionamento afetivo significativo  Definição psicológica – descoberta da própria identidade, independência dos pais, sistema de valores, sentimento de autonomia, autocontrole e responsabilidade pessoal
  • 8. Caminhos para vida adulta Início do século XX Hoje  Universidade  Conclusão do colégio  Mercado de trabalho  Emprego estável  Sair da casa dos pais  Casamento  Casamento  Família  Família
  • 9. Por convenção...  Vida adulta inicial – adulto jovem (20  Tais definições podem a 40 anos) diferir de um subgrupo para outro  Vida adulta intermediária (40  Não há concordância definitiva nesta divisão a 65 anos)  Mudanças físicas e  Vida adulta cognitivas são graduais e variáveis de um adulto avançada (acima para o outro de 65 anos)
  • 10. Vida adulta inicial período transitório da vida adulta, que usualmente se estende do final da adolescência (20 anos +-) até a casa dos 40 anos.
  • 11. Funcionamento Físico – vida adulta inicial  Crescimento físico completo – corpo em auge  Entre 20 e 30 anos: De modo geral,  Há mais tecido muscular nesta fase, a  Um máximo de cálcio nos ossos maioria está no  Mais massa cerebral auge da saúde, força física,  Melhor visão, audição e olfato energia,  Maior capacidade de oxigenação resistência e dos  Sistema imunológico mais eficiente funcionamento sensorial e motor
  • 12. Mudanças decorrentes da idade no funcionamento físico Função Idade da Natureza da Mudança do Corpo mudança Visão 40-45 Lentes de olhos espessam-se e perdem o poder de acomodação, resultando em uma visão de perto mais deficiente e maior sensibilidade à claridade Audição +- 50 Perda da capacidade de ouvir tonalidades muito altas ou muito baixas Músculos +- 50 Perda de tecido muscular e perda de força Ossos Após Perda de cálcio nos ossos, a osteoporose. menopausa Desgaste nas juntas dos ossos nas (osseoartrite), mais marcante depois dos mulheres 60 anos
  • 13. Mudanças decorrentes da idade no funcionamento físico Função Idade da Natureza da Mudança do Corpo mudança Coração e 35 - 40 Declínio na maioria dos aspectos da função pulmões quando ocorre mensuração durante ou após exercícios físicos Sistema 40 - 45 Perda da densidade dos dendritos, perda nervoso de massa cinzenta do cérebro, queda no peso do cérebro, velocidade das sinapses mais lenta. Sistema Acima de Aumento do risco durante a gravidez e reprodutor 30 fertilidade reduzida. Elasticidade Gradativa Perda gradativa da maioria das células, o que inclui a pele, os músculos, os tendões e as células dos vasos sanguíneos. Há maior deterioração nas células expostas à luz solar.
  • 14. Mudanças decorrentes da idade no funcionamento físico Função Idade da Natureza da Mudança do Corpo mudança Altura 40 Compreensão de discos na coluna, com resultante perda de altura. Podendo chegar a 5 cm aos 80 anos. Pele 40 Aumento de rugas, devido à perda de elasticidade, glândulas secretoras de óleo e suor tornam-se menos eficientes Cabelo 50 Mais finos e podem embraquecer
  • 15. Funcionamento do sistema imunológico  Importante no combate a doença  Tipos de células criadas na medula óssea e na glândula timo  As células protegem o corpo produzindo anticorpos que reagem a organismos estranhos (vírus e outras infecções) e também produzindo células especiais que rejeitam células mutantes ou prejudiciais.  Com o passar da idade o corpo produz menos anticorpos e células especiais menos eficientes  Desta forma, os adultos se tornam cada vez mais suscetíveis à doença, a medida que envelhecem.  Além disso, vale lembrar, que o sistema imunológico funciona bem menos quando você está sob estresse.
  • 16. Condições de saúde  Na vida adulta inicial, as possibilidades de morte são maiores por acidente, suicídio ou homicídio e não por doença (a doença passa a ser a causa mais comum de morte a partir dos 40 anos)  Nesta fase são estabelecidos alicerces do funcionamento físico para a vida inteira.
  • 17. Influências na saúde  Genética  Comportamento  Condição sócio-econômica  Raça/etnia  Gênero  Relacionamentos