SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Logo da empresa Endereço da empresa
0. S. - ORDEM DE SERVIÇO
Motoristas e Transportes em Geral
Cadastro: Nome: CARLITO BRAZ DE AQUINO
Admissão: 01/06/11 Cargo:
Nº Função: Função: MOTORISTA
Turno: Depto.:________ C. Custo:_________ __________
ATIVIDADES DESENVOLVIDAS
- Acompanhamento de serviços de manutenção;
- Apresentação de documentação e acompanhamento de fiscalização em trânsito;
- Contato com clientes;
- Cumprir e observar normas de trânsito, técnicas, administrativas, meio-ambiente e de segurança;
- Executar outras atribuições semelhantes, conforme necessidade;
- Inspeção preventiva veicular;
- Motorista;
- Participar ativamente de programa de melhoria da qualidade dos produtos, serviços e gestão ambiental.
RISCO DA OPERAÇÃO
- Acidentes de trânsito;
- Fumaça;
- Iluminação insuficiente / excessiva;
- Poeira;
- Postura incorreta;
- Ruído;
- Assalto e assemelhados.
EPI’S - USO OBRIGATÓRIO
Não é necessário
MEDIDAS PREVENTIVAS
- Cuidado e atenção ao dirigir, utilizando os princípios da Direção Defensiva;
- Evitar permanecer em ambientes pouco ventilados onde haja motores ligados, mesmo sem emissão aparente de fumaça;
- Extremo cuidado ao manobrar veículo em pátios, oficinas e outros locais com espaço reduzido;
- Manutenção preventiva do veículo, principalmente, entre outros, faróis, pneus e freios;
- Participar dos exames periódicos quando convocado;
- Planejar antecipadamente a viagem, de modo a que as paradas para descanso sejam em lugares que ofereçam a necessária
segurança;
- Posicionar-se corretamente ao dirigir, mantendo a coluna sempre ereta e o assento regulado;
- Respeitar os períodos de descanso, e jamais dirigir em estado de sonolência.
NORMAS INTERNAS
- Cumprir as disposições legais e regulamentadoras sobre sobre Segurança e Medicina do Trabalho;
- Cumprir e respeitar o horário de expediente e intervalos, não se admitindo atrasos ou faltas injustificados;
- Manobrar ou dirigir veículo no pátio da empresa apenas quando solicitado pelo Supervisor Operacional;
- Não consumir bebida alcoólica ou qualquer tipo de entorpecente durante a jornada de trabalho;
- Não fumar no interior da empresa;
- No relacionamento e comunicação com os demais colaboradores, clientes, fornecedores, diretoria, etc., seja pessoalmente,
ao telefone, por e-mail, ou ainda por qualquer outro meio, devem ser observadas regras mínimas de sadia convivência social,
gentileza mútua e respeito à pessoa humana, sendo terminantemente vedado o uso de palavras, gestos e expressões chulas e de
baixo calão, além de brincadeiras que venham a constranger ou denegrir a imagem dos companheiros de trabalho;
- Paralisar seu serviço sempre que constatar qualquer irregularidade quanto a sua segurança, comunicando imediatamente a sua
supervisão;
- Submeter-se aos exames médicos previstos nas Normas Regulamentadoras;
- Usar calçado adequado preso ao pé para desenvolver a atividade profissional.
TREINAMENTO(S) NECESSÁRIO(S)
- Noções Básicas de Combate à Incêndio;
- Noções de Primeiros Socorros;
- Direção Defensiva.
Logo da empresa Endereço da empresa
PROCEDIMENTO EM CASO DE ACIDENTE DE TRABALHO
- Comunicar imediatamente a supervisão quando da ocorrência de quaisquer acidentes, de trajeto ou surgir qualquer tipo de
doença profissional;
- Prestar informações verdadeiras para o preenchimento da ficha de acidente;
- Solicitar ao RH abertura da CAT – Comunicação de Acidente do Trabalho, após a caracterização do acidente;
- Em caso de acidentes de trânsito, além de entrar em contato imediato com a empresa, permanecer no local e prestar todas as
informações exigidas pelas autoridades.
CARACTERIZAÇÃO DA EXPOSIÇÃO
Adicional de Insalubridade:
Não caracteriza como atividade ou operação insalubre de acordo com o disposto na Norma Regulamentadora NR 15.
Adicional de Periculosidade:
Não caracteriza como atividade ou operação periculosa de acordo com o disposto na Norma Regulamentadora NR 16.
TERMO DE RESPONSABILIDADE
De acordo com o Artigo 158, Parágrafo Único, da lei 6.514/77 e da Norma Regulamentadora NR 1, a recusa ao fiel cumprimento desta ORDEM DE SERVIÇO, no
todo ou em parte, constituirá ATO FALTOSO sujeitando o funcionário às penalidades previstas na lei.
Declaro que fui plenamente orientado quanto aos procedimentos de segurança do trabalho, estando ciente dos riscos decorrentes da atividade e dos sansões
disciplinares a que estou sujeito quanto ao seu descumprimento.
Data de Emissão:
Ass. Funcionário Ass. Supervisão
01/06/11
De acordo com a portaria nº 3.214 do Ministério do Trabalho, N. R. 01 sub item 1.8 “Cabe ao Empregado: a) cumprir as disposições legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho, inclusive as ordens de serviço expedidas pelo Empregador; b)
usar o E.P.I. fornecido pelo empregador; c) submeter-se aos exames médicos previstos nas Normas regulamentadoras N. R. 1.8.1 constitui ato faltoso a recusa injustificada ao cumprimento dos dispositivos no item anterior”.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)Edilson Muniz
 
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRASMODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRASMateus Borges
 
Power+point+nr+35
Power+point+nr+35Power+point+nr+35
Power+point+nr+35Gil Mendes
 
Treinamento formação de CIPA - 2022 - ATUALIZADO.pptx
Treinamento formação de CIPA - 2022 - ATUALIZADO.pptxTreinamento formação de CIPA - 2022 - ATUALIZADO.pptx
Treinamento formação de CIPA - 2022 - ATUALIZADO.pptxSTARTSEGURANADOTRABA
 
Treinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptxTreinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptxbreno90
 
treinamento segurança uso da betoneira
treinamento segurança uso da betoneiratreinamento segurança uso da betoneira
treinamento segurança uso da betoneiraelianea
 
Modelo apr perfuratriz
Modelo apr perfuratrizModelo apr perfuratriz
Modelo apr perfuratrizRosaneLopes14
 
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPI
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPITreinamento de Segurança no Trabalho e EPI
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPISergio Silva
 
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptxNR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptxLeomir Borghardt
 
TREINAMENTO DA CIPA OFICIAL.pptx
TREINAMENTO DA CIPA OFICIAL.pptxTREINAMENTO DA CIPA OFICIAL.pptx
TREINAMENTO DA CIPA OFICIAL.pptxjonharce
 
Treinamento proteções de maquinas
Treinamento proteções de maquinasTreinamento proteções de maquinas
Treinamento proteções de maquinasFlaviano Rodrigues
 
Os pedreiro
Os   pedreiroOs   pedreiro
Os pedreiroBor Ges
 
Analise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldasAnalise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldasJose Fernandes
 

Mais procurados (20)

(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
 
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRASMODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
 
Power+point+nr+35
Power+point+nr+35Power+point+nr+35
Power+point+nr+35
 
Nr 6 treinamento
Nr 6 treinamentoNr 6 treinamento
Nr 6 treinamento
 
Treinamento formação de CIPA - 2022 - ATUALIZADO.pptx
Treinamento formação de CIPA - 2022 - ATUALIZADO.pptxTreinamento formação de CIPA - 2022 - ATUALIZADO.pptx
Treinamento formação de CIPA - 2022 - ATUALIZADO.pptx
 
Treinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptxTreinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptx
 
Modelo 2 - Ordem de serviço
Modelo 2 - Ordem de serviçoModelo 2 - Ordem de serviço
Modelo 2 - Ordem de serviço
 
Ordem de serviço eletricista
Ordem de serviço eletricistaOrdem de serviço eletricista
Ordem de serviço eletricista
 
treinamento segurança uso da betoneira
treinamento segurança uso da betoneiratreinamento segurança uso da betoneira
treinamento segurança uso da betoneira
 
Modelo apr perfuratriz
Modelo apr perfuratrizModelo apr perfuratriz
Modelo apr perfuratriz
 
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPI
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPITreinamento de Segurança no Trabalho e EPI
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPI
 
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptxNR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
 
NR-1
NR-1NR-1
NR-1
 
Apr modelo
Apr modeloApr modelo
Apr modelo
 
Treinamento NR 12
Treinamento NR 12Treinamento NR 12
Treinamento NR 12
 
TREINAMENTO DA CIPA OFICIAL.pptx
TREINAMENTO DA CIPA OFICIAL.pptxTREINAMENTO DA CIPA OFICIAL.pptx
TREINAMENTO DA CIPA OFICIAL.pptx
 
Nr 12
Nr 12Nr 12
Nr 12
 
Treinamento proteções de maquinas
Treinamento proteções de maquinasTreinamento proteções de maquinas
Treinamento proteções de maquinas
 
Os pedreiro
Os   pedreiroOs   pedreiro
Os pedreiro
 
Analise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldasAnalise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldas
 

Destaque

Ordem de Serviço de Segurança Técnico segurança no trabalho
Ordem de Serviço de Segurança Técnico segurança no trabalhoOrdem de Serviço de Segurança Técnico segurança no trabalho
Ordem de Serviço de Segurança Técnico segurança no trabalhoJeovane Luna
 
Ordem de Serviço Apontador
Ordem de Serviço ApontadorOrdem de Serviço Apontador
Ordem de Serviço ApontadorDeizi Azevedo
 
Atendente de clinica odontológica
Atendente de clinica odontológicaAtendente de clinica odontológica
Atendente de clinica odontológicaSheilla Sandes
 

Destaque (7)

O.s para padeiros
O.s para padeirosO.s para padeiros
O.s para padeiros
 
Ordem de Serviço de Segurança Técnico segurança no trabalho
Ordem de Serviço de Segurança Técnico segurança no trabalhoOrdem de Serviço de Segurança Técnico segurança no trabalho
Ordem de Serviço de Segurança Técnico segurança no trabalho
 
Ordem de serviço
Ordem de serviçoOrdem de serviço
Ordem de serviço
 
Ordem de Serviço Apontador
Ordem de Serviço ApontadorOrdem de Serviço Apontador
Ordem de Serviço Apontador
 
Atendimento ao Cliente
Atendimento ao ClienteAtendimento ao Cliente
Atendimento ao Cliente
 
Atendente de clinica odontológica
Atendente de clinica odontológicaAtendente de clinica odontológica
Atendente de clinica odontológica
 
Os aux.limpeza e higiene (1) (1)
Os  aux.limpeza e higiene (1) (1)Os  aux.limpeza e higiene (1) (1)
Os aux.limpeza e higiene (1) (1)
 

Semelhante a Ordem de serviços motoristas

integração ATUALIZADA - mpserv.pptx
integração ATUALIZADA - mpserv.pptxintegração ATUALIZADA - mpserv.pptx
integração ATUALIZADA - mpserv.pptxRAFAELAALBERTOFERNAN
 
Empresa de call center
Empresa de call center Empresa de call center
Empresa de call center Wallace Silva
 
Direção defenciva na empresa
Direção defenciva na empresaDireção defenciva na empresa
Direção defenciva na empresaMárcio Alemão
 
Regulamento interno de trabalho grupo quality rev05
Regulamento interno de trabalho grupo quality rev05Regulamento interno de trabalho grupo quality rev05
Regulamento interno de trabalho grupo quality rev05tigrupoquality
 
O.S Pintores.doc
O.S Pintores.docO.S Pintores.doc
O.S Pintores.docosnikobus1
 
Os Aspectos Trabalhista na Oficina e a LGPD.pdf
Os Aspectos Trabalhista na Oficina e a LGPD.pdfOs Aspectos Trabalhista na Oficina e a LGPD.pdf
Os Aspectos Trabalhista na Oficina e a LGPD.pdfPauloPereira437535
 
Ordem de Serviço - Trabalho com Empilhadeiras
Ordem de Serviço - Trabalho com Empilhadeiras Ordem de Serviço - Trabalho com Empilhadeiras
Ordem de Serviço - Trabalho com Empilhadeiras IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Os+ +auxiliar+de+serviços+gerais+diurno
Os+ +auxiliar+de+serviços+gerais+diurnoOs+ +auxiliar+de+serviços+gerais+diurno
Os+ +auxiliar+de+serviços+gerais+diurnoRenato Lopes de Freitas
 
Manual do Modulo Relé para Sinaleira PPA
Manual do Modulo Relé para Sinaleira PPAManual do Modulo Relé para Sinaleira PPA
Manual do Modulo Relé para Sinaleira PPANome Sobrenome
 
42086159 seguranca-na-operacao-de-empilhadeira
42086159 seguranca-na-operacao-de-empilhadeira42086159 seguranca-na-operacao-de-empilhadeira
42086159 seguranca-na-operacao-de-empilhadeiraJanaina Alves
 
seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-
seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-
seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-Olizar Macedo
 
42086159-seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-130827145241-phpapp01.ppt
42086159-seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-130827145241-phpapp01.ppt42086159-seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-130827145241-phpapp01.ppt
42086159-seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-130827145241-phpapp01.pptRobertoFailache1
 
ERGONOMIA - AULA 10 e 11.pdf
ERGONOMIA - AULA 10 e 11.pdfERGONOMIA - AULA 10 e 11.pdf
ERGONOMIA - AULA 10 e 11.pdfGleicySantos11
 

Semelhante a Ordem de serviços motoristas (20)

O.s. aux
O.s. auxO.s. aux
O.s. aux
 
integração ATUALIZADA - mpserv.pptx
integração ATUALIZADA - mpserv.pptxintegração ATUALIZADA - mpserv.pptx
integração ATUALIZADA - mpserv.pptx
 
Deontologia do vigilante (2) (1)
Deontologia do vigilante (2) (1)Deontologia do vigilante (2) (1)
Deontologia do vigilante (2) (1)
 
Ordem serviço
Ordem serviçoOrdem serviço
Ordem serviço
 
Empresa de call center
Empresa de call center Empresa de call center
Empresa de call center
 
Direção defenciva na empresa
Direção defenciva na empresaDireção defenciva na empresa
Direção defenciva na empresa
 
Regulamento interno de trabalho grupo quality rev05
Regulamento interno de trabalho grupo quality rev05Regulamento interno de trabalho grupo quality rev05
Regulamento interno de trabalho grupo quality rev05
 
Programa sso
Programa ssoPrograma sso
Programa sso
 
O.S Pintores.doc
O.S Pintores.docO.S Pintores.doc
O.S Pintores.doc
 
Os Aspectos Trabalhista na Oficina e a LGPD.pdf
Os Aspectos Trabalhista na Oficina e a LGPD.pdfOs Aspectos Trabalhista na Oficina e a LGPD.pdf
Os Aspectos Trabalhista na Oficina e a LGPD.pdf
 
Fórum de RH – Case Julio Simões Logística
Fórum de RH – Case Julio Simões LogísticaFórum de RH – Case Julio Simões Logística
Fórum de RH – Case Julio Simões Logística
 
Ordem de Serviço - Trabalho com Empilhadeiras
Ordem de Serviço - Trabalho com Empilhadeiras Ordem de Serviço - Trabalho com Empilhadeiras
Ordem de Serviço - Trabalho com Empilhadeiras
 
Os+ +auxiliar+de+serviços+gerais+diurno
Os+ +auxiliar+de+serviços+gerais+diurnoOs+ +auxiliar+de+serviços+gerais+diurno
Os+ +auxiliar+de+serviços+gerais+diurno
 
Manual do Modulo Relé para Sinaleira PPA
Manual do Modulo Relé para Sinaleira PPAManual do Modulo Relé para Sinaleira PPA
Manual do Modulo Relé para Sinaleira PPA
 
42086159 seguranca-na-operacao-de-empilhadeira
42086159 seguranca-na-operacao-de-empilhadeira42086159 seguranca-na-operacao-de-empilhadeira
42086159 seguranca-na-operacao-de-empilhadeira
 
seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-
seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-
seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-
 
42086159-seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-130827145241-phpapp01.ppt
42086159-seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-130827145241-phpapp01.ppt42086159-seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-130827145241-phpapp01.ppt
42086159-seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-130827145241-phpapp01.ppt
 
palestra NR 12.ppt
palestra NR 12.pptpalestra NR 12.ppt
palestra NR 12.ppt
 
ERGONOMIA - AULA 10 e 11.pdf
ERGONOMIA - AULA 10 e 11.pdfERGONOMIA - AULA 10 e 11.pdf
ERGONOMIA - AULA 10 e 11.pdf
 
Pcmso
PcmsoPcmso
Pcmso
 

Ordem de serviços motoristas

  • 1. Logo da empresa Endereço da empresa 0. S. - ORDEM DE SERVIÇO Motoristas e Transportes em Geral Cadastro: Nome: CARLITO BRAZ DE AQUINO Admissão: 01/06/11 Cargo: Nº Função: Função: MOTORISTA Turno: Depto.:________ C. Custo:_________ __________ ATIVIDADES DESENVOLVIDAS - Acompanhamento de serviços de manutenção; - Apresentação de documentação e acompanhamento de fiscalização em trânsito; - Contato com clientes; - Cumprir e observar normas de trânsito, técnicas, administrativas, meio-ambiente e de segurança; - Executar outras atribuições semelhantes, conforme necessidade; - Inspeção preventiva veicular; - Motorista; - Participar ativamente de programa de melhoria da qualidade dos produtos, serviços e gestão ambiental. RISCO DA OPERAÇÃO - Acidentes de trânsito; - Fumaça; - Iluminação insuficiente / excessiva; - Poeira; - Postura incorreta; - Ruído; - Assalto e assemelhados. EPI’S - USO OBRIGATÓRIO Não é necessário MEDIDAS PREVENTIVAS - Cuidado e atenção ao dirigir, utilizando os princípios da Direção Defensiva; - Evitar permanecer em ambientes pouco ventilados onde haja motores ligados, mesmo sem emissão aparente de fumaça; - Extremo cuidado ao manobrar veículo em pátios, oficinas e outros locais com espaço reduzido; - Manutenção preventiva do veículo, principalmente, entre outros, faróis, pneus e freios; - Participar dos exames periódicos quando convocado; - Planejar antecipadamente a viagem, de modo a que as paradas para descanso sejam em lugares que ofereçam a necessária segurança; - Posicionar-se corretamente ao dirigir, mantendo a coluna sempre ereta e o assento regulado; - Respeitar os períodos de descanso, e jamais dirigir em estado de sonolência. NORMAS INTERNAS - Cumprir as disposições legais e regulamentadoras sobre sobre Segurança e Medicina do Trabalho; - Cumprir e respeitar o horário de expediente e intervalos, não se admitindo atrasos ou faltas injustificados; - Manobrar ou dirigir veículo no pátio da empresa apenas quando solicitado pelo Supervisor Operacional; - Não consumir bebida alcoólica ou qualquer tipo de entorpecente durante a jornada de trabalho; - Não fumar no interior da empresa; - No relacionamento e comunicação com os demais colaboradores, clientes, fornecedores, diretoria, etc., seja pessoalmente, ao telefone, por e-mail, ou ainda por qualquer outro meio, devem ser observadas regras mínimas de sadia convivência social, gentileza mútua e respeito à pessoa humana, sendo terminantemente vedado o uso de palavras, gestos e expressões chulas e de baixo calão, além de brincadeiras que venham a constranger ou denegrir a imagem dos companheiros de trabalho; - Paralisar seu serviço sempre que constatar qualquer irregularidade quanto a sua segurança, comunicando imediatamente a sua supervisão; - Submeter-se aos exames médicos previstos nas Normas Regulamentadoras; - Usar calçado adequado preso ao pé para desenvolver a atividade profissional. TREINAMENTO(S) NECESSÁRIO(S) - Noções Básicas de Combate à Incêndio; - Noções de Primeiros Socorros; - Direção Defensiva.
  • 2. Logo da empresa Endereço da empresa PROCEDIMENTO EM CASO DE ACIDENTE DE TRABALHO - Comunicar imediatamente a supervisão quando da ocorrência de quaisquer acidentes, de trajeto ou surgir qualquer tipo de doença profissional; - Prestar informações verdadeiras para o preenchimento da ficha de acidente; - Solicitar ao RH abertura da CAT – Comunicação de Acidente do Trabalho, após a caracterização do acidente; - Em caso de acidentes de trânsito, além de entrar em contato imediato com a empresa, permanecer no local e prestar todas as informações exigidas pelas autoridades. CARACTERIZAÇÃO DA EXPOSIÇÃO Adicional de Insalubridade: Não caracteriza como atividade ou operação insalubre de acordo com o disposto na Norma Regulamentadora NR 15. Adicional de Periculosidade: Não caracteriza como atividade ou operação periculosa de acordo com o disposto na Norma Regulamentadora NR 16. TERMO DE RESPONSABILIDADE De acordo com o Artigo 158, Parágrafo Único, da lei 6.514/77 e da Norma Regulamentadora NR 1, a recusa ao fiel cumprimento desta ORDEM DE SERVIÇO, no todo ou em parte, constituirá ATO FALTOSO sujeitando o funcionário às penalidades previstas na lei. Declaro que fui plenamente orientado quanto aos procedimentos de segurança do trabalho, estando ciente dos riscos decorrentes da atividade e dos sansões disciplinares a que estou sujeito quanto ao seu descumprimento. Data de Emissão: Ass. Funcionário Ass. Supervisão 01/06/11 De acordo com a portaria nº 3.214 do Ministério do Trabalho, N. R. 01 sub item 1.8 “Cabe ao Empregado: a) cumprir as disposições legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho, inclusive as ordens de serviço expedidas pelo Empregador; b) usar o E.P.I. fornecido pelo empregador; c) submeter-se aos exames médicos previstos nas Normas regulamentadoras N. R. 1.8.1 constitui ato faltoso a recusa injustificada ao cumprimento dos dispositivos no item anterior”.