SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
NOME DA EMPRESA
ORDEM DE SERVIÇO – O.S.
Nº da Ordem:01
Nome: Admissão:
Cargo: C.B.O.:
Pela presente Ordem de Serviço, objetivamos informar os trabalhadores que executam suas atividades laborais
nesse setor, conforme estabelece a NR-1, item 1.7, sobre as condições de segurança e saúde às quais estão expostos,
como medida preventiva e, tendo como parâmetro os agentes físicos, químicos, e biológicos citados na NR-9 – Programa
de Prevenção de Riscos Ambientais (Lei nº 6.514 de 22/12/1977, Portaria nº 3.214 de 08/06/1978), bem como os
procedimentos de aplicação da NR-6 – Equipamento de Proteção Individual – EPI, NR-17 – Ergonomia, de forma a
padronizar comportamentos para prevenir acidentes e/ou doenças ocupacionais.
ATIVIDADES
Constrói e repara fundações e paredes das obras, utilizando tijolos, ladrilhos e pedras; reveste as paredes tetos e
pisos dos edifícios com argamassa de reboco e chapisco. Assenta tijolos de vários tipos utilizando argamassa de cal,
cimento e areia e/ou saibro, obedecendo ao prumo e nivelamento das mesmas.
Fixa marcos e contra marcos nos batentes das aberturas, desempena contra pisos e verifica o esquadramento das
peças.
RISCO E AVALIAÇÃO
 Físicos: Não identificado;
 Químicos: Álcalis cáusticos, Cimento, Cal, poeira;
 Biológicos: Não identificado;
 Ergonômicos: Esforço físico, Levantamento e transporte manual de pesos, Exigências de posturas;
 Acidentes: Queda de objetos das lajes superiores, Arranjo físico inadequado, Máquinas sem proteção,
Iluminação deficiente, Ligações elétricas deficientes, Armazenamento inadequado de materiais, improvisação de
ferramentas e ferramentas defeituosas, Quedas de nível.
EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL (EPI) NECESSÁRIOS E/OU UTILIZADOS
 Calçado de Segurança;
 Luva de látex;
 Óculos de segurança;
 Cinto de segurança com trava-quedas (para trabalhos em altura);
 Capacete;
 Protetor Auditivo.
MEDIDAS PREVENTIVAS PARA OS RISCOS DE AMBIENTAIS
 Uso correto de EPI’s;
 Treinamento para execução das tarefas;
NOME DA EMPRESA
 Correção das posturas de trabalho;
 Guarda-corpo de proteção nas periferias das lajes e nos vãos das lajes e escadas;
 Aterramento elétrico.
ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA DO TRABALHO
 Não transite pela obra sem capacete e sapatão;
 Use seus EPI’s apenas para a finalidade a que se destinam e mantenha-os sob sua guarda e conservação;
 Observe atentamente o meio ambiente do trabalho ao circular na obra, e corrija as condições, inseguras
encontradas, imediatamente;
 Não ultrapasse a barreira (cancela) de segurança sem o elevador esteja no seu pavimento;
 Use corretamente o cinto de segurança ligado a um cabo de segurança, para trabalhos realizados em andaimes
suspensos mecânicos, para trabalhos em altura superior a 2,00 metros (dois metros) ou na periferia da obra;
 Use roupa completa (calça e camisa), bota de borracha, luvas de borracha e óculos de segurança, nos trabalhos
de lançamento e vibração do concreto quando for o caso;
 Verifique as condições gerais das ferramentas manuais e elétricas antes de usá-las;
 Não improvise extensões elétricas, e nem conserte equipamentos elétricos defeituosos. Chame o eletricista.
 Não “fabrique” andaimes de madeira e masseiras e nem trabalhe em andaimes sem guarda-corpo, rodapé e
estrado com no mínimo 60 centímetros (sessenta centímetros) de largura. Avise o carpinteiro ou mestre de obras.
PROCEDIMENTO EM CASO DE ACIDENTE DE TRABALHO
 Comunicar imediatamente a supervisão quando da ocorrência de quaisquer acidentes, ou surgir qualquer tipo de
doença profissional;
 Prestar informações verdadeiras para o preenchimento da ficha de acidente;
 Solicitar ao RH abertura da CAT – Comunicação de Acidente do Trabalho, após a caracterização do acidente;
 Em caso de acidentes de trajeto, além de entrar em contato imediato com a empresa, permanecer no local e
prestar todas as informações exigidas pelas autoridades.
TERMO DE RESPONSABILIDADE
De acordo com o Artigo 158, Parágrafo Único, da lei 6.514/77 e da Norma Regulamentadora NR-1, a recusa ao fiel
cumprimento desta ORDEM DE SERVIÇO, no todo ou em parte, constituirá ATO FALTOSO sujeitando o funcionário
às penalidades previstas na lei.
Declaro que fui plenamente orientado quanto aos procedimentos de segurança do trabalho, estando ciente dos
riscos decorrentes da atividade e dos sansões disciplinares a que estou sujeito quanto ao seu descumprimento.
Data da Emissão:
____________________________
Ass. Funcionário
____________________________
Responsável
01/01/01
De acordo com a portaria nº 3.214/77 do Ministério do Trabalho, NR- 01,sub item 1.8 “Cabe ao Empregado:a) cumprir as disposições legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho, inclusive as ordens de serviço expedidas
pelo Empregador; b) usar o EPI fornecido pelo empregador; c) submeter-se aos exames médicos previstos nas Norma Regulamentadora NR-1.8.1. Constitui ato faltoso a recusa injustificada ao cumprimento dos dispositivos no item anterior”.
NOME DA EMPRESA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Inspeção de epi modelo
Inspeção de epi   modeloInspeção de epi   modelo
Inspeção de epi modelo
Junior Arouca
 

Mais procurados (20)

O.S Ordem de Serviço - NR1
O.S   Ordem de Serviço - NR1O.S   Ordem de Serviço - NR1
O.S Ordem de Serviço - NR1
 
Modelo relatório de inspeção de segurança do trabalho
Modelo   relatório de inspeção de segurança do trabalhoModelo   relatório de inspeção de segurança do trabalho
Modelo relatório de inspeção de segurança do trabalho
 
Treinamento nr 12
Treinamento nr 12Treinamento nr 12
Treinamento nr 12
 
Treinamento NR-12
Treinamento NR-12Treinamento NR-12
Treinamento NR-12
 
Capacitação nr 12
Capacitação nr 12Capacitação nr 12
Capacitação nr 12
 
Ordem de-servico
Ordem de-servicoOrdem de-servico
Ordem de-servico
 
Integração de Segurança
Integração de SegurançaIntegração de Segurança
Integração de Segurança
 
Apr espaço confinado
Apr   espaço confinadoApr   espaço confinado
Apr espaço confinado
 
MODELO DE FORMULÁRIO DE ENTREGA DE EPI - NR 06
MODELO DE FORMULÁRIO DE ENTREGA DE EPI - NR 06MODELO DE FORMULÁRIO DE ENTREGA DE EPI - NR 06
MODELO DE FORMULÁRIO DE ENTREGA DE EPI - NR 06
 
Nr 6 treinamento
Nr 6 treinamentoNr 6 treinamento
Nr 6 treinamento
 
PT ou ATR novo Modelo
PT ou ATR novo ModeloPT ou ATR novo Modelo
PT ou ATR novo Modelo
 
Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00
Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00
Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00
 
Pop soldagem
Pop soldagemPop soldagem
Pop soldagem
 
Analise de riscos de tarefas
Analise de riscos de tarefasAnalise de riscos de tarefas
Analise de riscos de tarefas
 
NR 35
NR 35NR 35
NR 35
 
APR industrial
APR industrialAPR industrial
APR industrial
 
Plano emergencia modelo
Plano emergencia modeloPlano emergencia modelo
Plano emergencia modelo
 
APR Solda e Corte (1).doc
APR Solda e Corte (1).docAPR Solda e Corte (1).doc
APR Solda e Corte (1).doc
 
Acidentes de trabalho (causas e consequências)
Acidentes de trabalho   (causas e consequências)Acidentes de trabalho   (causas e consequências)
Acidentes de trabalho (causas e consequências)
 
Inspeção de epi modelo
Inspeção de epi   modeloInspeção de epi   modelo
Inspeção de epi modelo
 

Semelhante a Modelo-de-Ordem-de-Servico-NR-01.doc

Os pedreiro
Os   pedreiroOs   pedreiro
Os pedreiro
Bor Ges
 
Tecnico de seguranca_do_trabalho
Tecnico de seguranca_do_trabalhoTecnico de seguranca_do_trabalho
Tecnico de seguranca_do_trabalho
Samara Oliveira
 
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra  Grupo Mega Segurança do trabalho.pptNR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra  Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
Devanir Miranda
 
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra  Grupo Mega Segurança do trabalho.pptNR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra  Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
JosielCarmo2
 
Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
Andre Cruz
 

Semelhante a Modelo-de-Ordem-de-Servico-NR-01.doc (20)

01 - Modelo Ordem de Servico (1).doc
01 - Modelo Ordem de Servico (1).doc01 - Modelo Ordem de Servico (1).doc
01 - Modelo Ordem de Servico (1).doc
 
Os de pedreiro
Os de pedreiroOs de pedreiro
Os de pedreiro
 
Os pedreiro
Os   pedreiroOs   pedreiro
Os pedreiro
 
Ordem de-servico-eletricista
Ordem de-servico-eletricistaOrdem de-servico-eletricista
Ordem de-servico-eletricista
 
Ordem de serviço
Ordem de serviçoOrdem de serviço
Ordem de serviço
 
O.S Pintores.doc
O.S Pintores.docO.S Pintores.doc
O.S Pintores.doc
 
Ordem de-servico-eletricista
Ordem de-servico-eletricistaOrdem de-servico-eletricista
Ordem de-servico-eletricista
 
Os pintor
Os   pintorOs   pintor
Os pintor
 
Tecnico de seguranca_do_trabalho
Tecnico de seguranca_do_trabalhoTecnico de seguranca_do_trabalho
Tecnico de seguranca_do_trabalho
 
Ordem de-servico-vigia
Ordem de-servico-vigiaOrdem de-servico-vigia
Ordem de-servico-vigia
 
Os op.guincho-elevador
Os   op.guincho-elevadorOs   op.guincho-elevador
Os op.guincho-elevador
 
RECICLAGEM NR 35-TRABALHO EM ALTURA..pptx
RECICLAGEM NR 35-TRABALHO EM ALTURA..pptxRECICLAGEM NR 35-TRABALHO EM ALTURA..pptx
RECICLAGEM NR 35-TRABALHO EM ALTURA..pptx
 
CURSO TRABALHO EM ALTURA - NR35.ppt
CURSO TRABALHO EM ALTURA - NR35.pptCURSO TRABALHO EM ALTURA - NR35.ppt
CURSO TRABALHO EM ALTURA - NR35.ppt
 
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra  Grupo Mega Segurança do trabalho.pptNR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra  Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
 
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra  Grupo Mega Segurança do trabalho.pptNR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra  Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
 
trabalho em altura.ppt
trabalho em altura.ppttrabalho em altura.ppt
trabalho em altura.ppt
 
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
 
Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
 
Treinamento de NR35 básico .pptx
Treinamento de NR35 básico         .pptxTreinamento de NR35 básico         .pptx
Treinamento de NR35 básico .pptx
 
Trabalho em altura
Trabalho em alturaTrabalho em altura
Trabalho em altura
 

Modelo-de-Ordem-de-Servico-NR-01.doc

  • 1. NOME DA EMPRESA ORDEM DE SERVIÇO – O.S. Nº da Ordem:01 Nome: Admissão: Cargo: C.B.O.: Pela presente Ordem de Serviço, objetivamos informar os trabalhadores que executam suas atividades laborais nesse setor, conforme estabelece a NR-1, item 1.7, sobre as condições de segurança e saúde às quais estão expostos, como medida preventiva e, tendo como parâmetro os agentes físicos, químicos, e biológicos citados na NR-9 – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (Lei nº 6.514 de 22/12/1977, Portaria nº 3.214 de 08/06/1978), bem como os procedimentos de aplicação da NR-6 – Equipamento de Proteção Individual – EPI, NR-17 – Ergonomia, de forma a padronizar comportamentos para prevenir acidentes e/ou doenças ocupacionais. ATIVIDADES Constrói e repara fundações e paredes das obras, utilizando tijolos, ladrilhos e pedras; reveste as paredes tetos e pisos dos edifícios com argamassa de reboco e chapisco. Assenta tijolos de vários tipos utilizando argamassa de cal, cimento e areia e/ou saibro, obedecendo ao prumo e nivelamento das mesmas. Fixa marcos e contra marcos nos batentes das aberturas, desempena contra pisos e verifica o esquadramento das peças. RISCO E AVALIAÇÃO  Físicos: Não identificado;  Químicos: Álcalis cáusticos, Cimento, Cal, poeira;  Biológicos: Não identificado;  Ergonômicos: Esforço físico, Levantamento e transporte manual de pesos, Exigências de posturas;  Acidentes: Queda de objetos das lajes superiores, Arranjo físico inadequado, Máquinas sem proteção, Iluminação deficiente, Ligações elétricas deficientes, Armazenamento inadequado de materiais, improvisação de ferramentas e ferramentas defeituosas, Quedas de nível. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL (EPI) NECESSÁRIOS E/OU UTILIZADOS  Calçado de Segurança;  Luva de látex;  Óculos de segurança;  Cinto de segurança com trava-quedas (para trabalhos em altura);  Capacete;  Protetor Auditivo. MEDIDAS PREVENTIVAS PARA OS RISCOS DE AMBIENTAIS  Uso correto de EPI’s;  Treinamento para execução das tarefas;
  • 2. NOME DA EMPRESA  Correção das posturas de trabalho;  Guarda-corpo de proteção nas periferias das lajes e nos vãos das lajes e escadas;  Aterramento elétrico. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA DO TRABALHO  Não transite pela obra sem capacete e sapatão;  Use seus EPI’s apenas para a finalidade a que se destinam e mantenha-os sob sua guarda e conservação;  Observe atentamente o meio ambiente do trabalho ao circular na obra, e corrija as condições, inseguras encontradas, imediatamente;  Não ultrapasse a barreira (cancela) de segurança sem o elevador esteja no seu pavimento;  Use corretamente o cinto de segurança ligado a um cabo de segurança, para trabalhos realizados em andaimes suspensos mecânicos, para trabalhos em altura superior a 2,00 metros (dois metros) ou na periferia da obra;  Use roupa completa (calça e camisa), bota de borracha, luvas de borracha e óculos de segurança, nos trabalhos de lançamento e vibração do concreto quando for o caso;  Verifique as condições gerais das ferramentas manuais e elétricas antes de usá-las;  Não improvise extensões elétricas, e nem conserte equipamentos elétricos defeituosos. Chame o eletricista.  Não “fabrique” andaimes de madeira e masseiras e nem trabalhe em andaimes sem guarda-corpo, rodapé e estrado com no mínimo 60 centímetros (sessenta centímetros) de largura. Avise o carpinteiro ou mestre de obras. PROCEDIMENTO EM CASO DE ACIDENTE DE TRABALHO  Comunicar imediatamente a supervisão quando da ocorrência de quaisquer acidentes, ou surgir qualquer tipo de doença profissional;  Prestar informações verdadeiras para o preenchimento da ficha de acidente;  Solicitar ao RH abertura da CAT – Comunicação de Acidente do Trabalho, após a caracterização do acidente;  Em caso de acidentes de trajeto, além de entrar em contato imediato com a empresa, permanecer no local e prestar todas as informações exigidas pelas autoridades. TERMO DE RESPONSABILIDADE De acordo com o Artigo 158, Parágrafo Único, da lei 6.514/77 e da Norma Regulamentadora NR-1, a recusa ao fiel cumprimento desta ORDEM DE SERVIÇO, no todo ou em parte, constituirá ATO FALTOSO sujeitando o funcionário às penalidades previstas na lei. Declaro que fui plenamente orientado quanto aos procedimentos de segurança do trabalho, estando ciente dos riscos decorrentes da atividade e dos sansões disciplinares a que estou sujeito quanto ao seu descumprimento. Data da Emissão: ____________________________ Ass. Funcionário ____________________________ Responsável 01/01/01 De acordo com a portaria nº 3.214/77 do Ministério do Trabalho, NR- 01,sub item 1.8 “Cabe ao Empregado:a) cumprir as disposições legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho, inclusive as ordens de serviço expedidas pelo Empregador; b) usar o EPI fornecido pelo empregador; c) submeter-se aos exames médicos previstos nas Norma Regulamentadora NR-1.8.1. Constitui ato faltoso a recusa injustificada ao cumprimento dos dispositivos no item anterior”.