SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO

DESCRIÇÃO DA TAREFA: Movimentação e içamento de peças de concreto e materiais em geral.
Ferramentas e equipamentos relacionados à tarefa:
Guindauto; guindaste; cabos de aço; cintas; cordas; roldanas;
ganchos; olhais; manilhas; correntes; ferramentas manuais;

Cargo dos executores da tarefa:
Supervisor de obras; encarregado de montagem; encarregado de
produção; oficial de produção; meio oficial de produção; auxiliar de
produção.

EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL: óculos ampla visão; protetor auricular plug ou concha; luvas de raspa, vaqueta ou
poliamida; capacete.
PROTEÇÃO COLETIVA: Extintores de incêndio; sinal de advertência sonora; isolamento e sinalização do local.
Etapas da Tarefa
Fazer isolamento, proteção e
sinalização das áreas onde
serão executadas as
atividades.

Fator de Risco ou potencial
de acidente
Isolamentos e proteções
inadequadas.
Queda de Materiais.
Queda de mesmo nível.

Ruído.
Riscos ergonômicos.

Preparação dos funcionários para o
trabalho

Queda do mesmo nível
Não compreensão da ART.

Medidas Preventivas
Fazer avaliação contínua do risco de queda de material de um
nível para outro e tomar as devidas precauções de isolamento e
sinalização através de placas indicativas.
Orientar as pessoas dos riscos nas frentes de trabalho, conforme
as fases de execução.
Manter corredores sinalizados e desobstruídos para passagem e
acesso de pessoas.
Manter o local limpo e organizado e com as passagens
desobstruídas.
Protetor auricular
Manter postura correta em seu local de trabalho e não pegar pesos
excessivos. Pedir ajuda sempre que necessária.
Identificar, sinalizar e corrigir saliências, depressões ou qualquer irregularidade
nas áreas de passagem de pedestre.
Realizar o DDS, comentando sobre as atividades a ser executada durante a
APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO

Desconhecimento do local de trabalho

Poeira
Ruído

jornada de trabalho, garantindo que todos os funcionários tenham
conhecimento e fiquem instruídos sobre as medidas de segurança
propostas.
Ler e fazer cumprir o conteúdo da ART.
Manter a ART, APT E PTE sempre nas frentes de trabalho assinada por todos
os envolvidos.
Preencher APT e PTE diariamente
PREENCHER O PLANO DE MOVIMENTAÇÃO E TRANSPORTE DE PEÇAS
COM GUINDASTE E MUNCK TODOS OS DIAS ANTES DE INICIAR OS
TRABALHOS
Utilizar mascara PFF2, óculos incolor.
Utilizar protetor auricular plug/concha.

Trajeto de acesso dos
equipamentos de içar

Desrespeito
ou
conhecimento
à
interna

falta
de Assegurar a compreensão das normas internas
sinalização Dar sempre preferência para os pedestres.
Respeitar o limite interno de velocidade de 20km/h, sinalizações e
placas.

Movimentação de carga

Ruído.
Poeira
Projeção de partículas
Riscos ergonômicos.

Usar protetor auricular
Usar respirador – pff1/pff2
Usar óculos, capacete com jugular
Manter postura correta em seu local de trabalho e não pegar pesos excessivos.
Pedir ajuda sempre que necessária
Transportar a carga sempre bem aprisionada com cabo de aço ou cinta e
manter o local de carregamento/descarregamento isolado e sinalizado durante a
operação.

Queda de material
APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO

Queda de altura

Batida contra/prensagem

Afundamento das patolas

Efetuar limpeza e organização de Prensagens/Batida contra
área

Todos os cabos, cintas, manilhas, olhais, travas dos ganchos devem ter
dimensionamento compatível com a carga a ser manuseada e içada e serem
inspecionados antes de iniciar as atividades.
Fazer uso de corda para guiar as peças.
Manter distância segura, ou seja, ficar fora do raio de giro da carga ou da lança.
O colaborador responsável por cintar as cargas, quando estiver sobre a
carroceria ou mesmo no nível do chão, sempre deverá manter contato visual
com o operador
Sempre que estiver acima de 2mt de altura usar cinto de segurança com duplo
talabarte
É expressamente proibido o transporte de pessoas na carroceria do
caminhão.
Os equipamentos deverão possuir alarme sonoro de ré.
Não expor membros sob ou entre peças e equipamentos içados
Não improvisar ferramentas e acessórios, utilizar apenas aqueles adequados
para cada atividade.
Usar luvas de raspa, capacete com jugular, botina com biqueira de aço.
Inspecionar o solo antes de patolar o caminhão munck e o guindaste,
verificando se está firme, e se não existem canaletas, valas, redes de esgoto
(fossa) ou galeria elétrica.
Utilizar dormentes e/ou chapas sob as patolas, compatíveis com o peso a ser
içado.
Os operadores do caminhão munck, empilhadeira e do guindaste terão
obrigatoriamente que ser habilitados, treinados e autorizados, possuir
crachá de identificação para função.

Ruídos
Inalação de pó
Usar luvas de raspa, botina com biqueira de aço e capacete com alça
jugular e óculos de segurança
Não expor membros sob peças e equipamentos.
Usar protetor auricular
Usar máscara PFF2.
APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO

MEIO AMBIENTE

Contaminação ambiental.

Destinar todo o resíduo gerado para um local adequado, conforme
orientação da CONTRATANTE.

Em casos de Emergência

Acidentes com pessoas, acidentes
ambientais

COMUNICAR IMEDIATAMENTE O SUPERIOR IMEDIATO
APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
ORDEM DE SERVIÇO N.º 17
Portaria 3214/78 – NR-1 item 1.7 “b”
PROCEDIMENTO OBRIGATÓRIO – MEDIDAS PREVENTIVAS
Verificar se a máquina ou equipamento está em boas condições de uso. Em caso de irregularidade não inicie a operação sem
comunicar ao seu superior imediato e emitir relato de incidente.
Utilizar os EPI’s obrigatórios, conforme descriminado na ART ou os que se fizerem necessário, mantendo-os em perfeito estado de
conservação e higiene, trocando-os quando necessários.
Não permitir a presença de pessoas estranhas na operação ou serviço.
Não operar o equipamento sem a utilização das proteções necessárias e/ou existentes.
Não permitir pessoas não qualificadas, não treinadas e não autorizadas a operar o equipamento.
Não colocar as mãos ou parte do corpo nos pontos de operação, partes móveis ou energizadas com a máquina ou equipamento em
operação.
Qualquer manutenção e/ou intervenção do tipo reparo elétrico, mecânico, hidráulico, pneumático, térmico ou outros que se fizerem
necessários no equipamento, deverá ser observado o procedimento de Bloqueio Elétrico de Equipamentos e providenciar Energia
Zero.
Não operar nenhuma máquina ou equipamento se você não estiver em condições físicas/saúde. Neste caso, comunicar imediatamente
a liderança ou serviço médico.
Em caso de acidente do trabalho e/ou suspeita de doença ocupacional, comunique imediatamente a liderança, serviço médico ou
técnico de segurança.
Em caso de incêndio ou emergências, solicite apoio dos brigadistas, socorristas, SSMA e Bombeiros.
Intervenções nas redes e nos sistemas elétricos só podem ser efetuadas por profissional eletricista qualificado, treinado e autorizado
para tal finalidade, conforme determinado pela Portaria 3214/78 (NR–10).
Em caso de descumprimento das determinações contidas nesta Ordem de Serviço/ART, os faltosos serão punidos de acordo com a
legislação trabalhista contida na CLT (capítulo V, título II, artigo 157) e NR–1 (itens 1.8.1 e 1.9).
Não operar qualquer máquina ou equipamento sem estar devidamente treinado e autorizado.
Não permanecer em local de risco elevado e não permitir a permanência de outros.
Manter distância segura de cargas suspensas ou em movimentação.
Somente entre em espaço confinado com autorização de seu superior imediato e após a verificação das condições do ambiente e de
medidas de prevenção do tipo: ventilação do ambiente, verificação de oxigênio ou gases, meios de escape, resgate com observador e
outras medidas que se fizerem necessárias.
A não utilização ou neutralização dos dispositivos de segurança e o descumprimento das normas de segurança existentes constitui
falta grave e os faltosos serão punidos de acordo com a legislação.Irregularidades observadas em máquinas e/ou equipamentos que
representem riscos à integridade do(s) empregado(s) na operação deverá ser informada imediatamente ao supervisor ou a área de
SSMA e o equipamento deverá ser interditado até sua regularização.

EXECUTANTES DAS
OPERAÇÕES
(NOME / REGISTRO)

EXECUTANTES DAS
OPERAÇÕES
(NOME / REGISTRO)

ASSINATURA

DATA

ASSINATURA

DATA

NOTA: Estou ciente das informações e determinações contidas nesta Ordem de
Serviço/ART e da obrigatoriedade de cumpri-las na íntegra.

Autorização do Serviço
Nome:
Assinatura:
NOTA: Observar se todos os itens de segurança descritos estão
sendo atendidos.
APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Permissao para-trabalho-a-quente
Permissao para-trabalho-a-quentePermissao para-trabalho-a-quente
Permissao para-trabalho-a-quente
Jose Fernandes
 
Modelo de apr trabalho em altura blog segurança do trabalho
Modelo de apr trabalho em altura   blog segurança do trabalhoModelo de apr trabalho em altura   blog segurança do trabalho
Modelo de apr trabalho em altura blog segurança do trabalho
Caren Assante
 
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
Edilson Muniz
 
APR - Montagem e desmontagem de andaimes - 03558 - E 1 - (1).docx
APR - Montagem e desmontagem de andaimes - 03558 - E 1 - (1).docxAPR - Montagem e desmontagem de andaimes - 03558 - E 1 - (1).docx
APR - Montagem e desmontagem de andaimes - 03558 - E 1 - (1).docx
ARTHURDeoliveiraNeto
 

Mais procurados (20)

Apr carpintaria
Apr carpintariaApr carpintaria
Apr carpintaria
 
APR Solda e Corte (1).doc
APR Solda e Corte (1).docAPR Solda e Corte (1).doc
APR Solda e Corte (1).doc
 
APR-TRABALHO-EM-ALTURA-PDF.pdf
APR-TRABALHO-EM-ALTURA-PDF.pdfAPR-TRABALHO-EM-ALTURA-PDF.pdf
APR-TRABALHO-EM-ALTURA-PDF.pdf
 
Apr espaço confinado
Apr   espaço confinadoApr   espaço confinado
Apr espaço confinado
 
Apr 23 - pintura predial
Apr   23 - pintura predialApr   23 - pintura predial
Apr 23 - pintura predial
 
Analise preliminar de riscos 22
Analise preliminar de riscos 22Analise preliminar de riscos 22
Analise preliminar de riscos 22
 
Permissao para-trabalho-a-quente
Permissao para-trabalho-a-quentePermissao para-trabalho-a-quente
Permissao para-trabalho-a-quente
 
Apr pintura
Apr   pinturaApr   pintura
Apr pintura
 
Apr montagem-de-telhado
Apr montagem-de-telhadoApr montagem-de-telhado
Apr montagem-de-telhado
 
Modelo de apr trabalho em altura blog segurança do trabalho
Modelo de apr trabalho em altura   blog segurança do trabalhoModelo de apr trabalho em altura   blog segurança do trabalho
Modelo de apr trabalho em altura blog segurança do trabalho
 
Apr pinturade piso 160316
Apr   pinturade piso 160316Apr   pinturade piso 160316
Apr pinturade piso 160316
 
Apr trabalho com solda eletrica
Apr   trabalho com solda eletricaApr   trabalho com solda eletrica
Apr trabalho com solda eletrica
 
14671479-APR-ANALISE-PRELIMINAR-DE-RISCO.doc
14671479-APR-ANALISE-PRELIMINAR-DE-RISCO.doc14671479-APR-ANALISE-PRELIMINAR-DE-RISCO.doc
14671479-APR-ANALISE-PRELIMINAR-DE-RISCO.doc
 
Apr montagem de andaime
Apr montagem de andaimeApr montagem de andaime
Apr montagem de andaime
 
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
 
APR - Montagem e desmontagem de andaimes - 03558 - E 1 - (1).docx
APR - Montagem e desmontagem de andaimes - 03558 - E 1 - (1).docxAPR - Montagem e desmontagem de andaimes - 03558 - E 1 - (1).docx
APR - Montagem e desmontagem de andaimes - 03558 - E 1 - (1).docx
 
APR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRA
APR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRAAPR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRA
APR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRA
 
Check List Andaimes
Check List AndaimesCheck List Andaimes
Check List Andaimes
 
APR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.doc
APR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.docAPR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.doc
APR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.doc
 
Seguranca caminhao-betoneira
Seguranca caminhao-betoneiraSeguranca caminhao-betoneira
Seguranca caminhao-betoneira
 

Destaque

(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
Luis Araujo
 
Pcp 5 semana - tecnicas de analise de riscos
Pcp   5 semana - tecnicas de analise de riscosPcp   5 semana - tecnicas de analise de riscos
Pcp 5 semana - tecnicas de analise de riscos
Tatiana Jatobá
 
024.apr.16.09 -montagem_de_tubulações_envelopes_02
024.apr.16.09  -montagem_de_tubulações_envelopes_02024.apr.16.09  -montagem_de_tubulações_envelopes_02
024.apr.16.09 -montagem_de_tubulações_envelopes_02
Jupira Silva
 
Apr cobertura bloco c v1
Apr cobertura bloco c v1Apr cobertura bloco c v1
Apr cobertura bloco c v1
Uanderson Alves
 
MODELO DE A.P.T
MODELO DE A.P.TMODELO DE A.P.T
MODELO DE A.P.T
Ane Costa
 
Apr acabamento obra
Apr   acabamento obraApr   acabamento obra
Apr acabamento obra
Leicy Rosa
 
Análise preliminar de risco
Análise preliminar de riscoAnálise preliminar de risco
Análise preliminar de risco
Gleuciane Rocha
 
Art analise-de-risco-do-trabalho
Art analise-de-risco-do-trabalhoArt analise-de-risco-do-trabalho
Art analise-de-risco-do-trabalho
gerailto2
 
Apr analise preliminar de risco
Apr   analise preliminar de riscoApr   analise preliminar de risco
Apr analise preliminar de risco
Marco Carvalho
 

Destaque (20)

(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
 
Apr trabalho em altura
Apr trabalho em alturaApr trabalho em altura
Apr trabalho em altura
 
Pcp 5 semana - tecnicas de analise de riscos
Pcp   5 semana - tecnicas de analise de riscosPcp   5 semana - tecnicas de analise de riscos
Pcp 5 semana - tecnicas de analise de riscos
 
Apr bastida
Apr bastidaApr bastida
Apr bastida
 
Treinamanento sobre a.p.r
Treinamanento sobre a.p.rTreinamanento sobre a.p.r
Treinamanento sobre a.p.r
 
Ppra
Ppra  Ppra
Ppra
 
Beckma - assessori análise de risco
Beckma - assessori análise de risco Beckma - assessori análise de risco
Beckma - assessori análise de risco
 
Treinamento apr revisado
Treinamento apr    revisadoTreinamento apr    revisado
Treinamento apr revisado
 
024.apr.16.09 -montagem_de_tubulações_envelopes_02
024.apr.16.09  -montagem_de_tubulações_envelopes_02024.apr.16.09  -montagem_de_tubulações_envelopes_02
024.apr.16.09 -montagem_de_tubulações_envelopes_02
 
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
 
Apr cobertura bloco c v1
Apr cobertura bloco c v1Apr cobertura bloco c v1
Apr cobertura bloco c v1
 
98176612 apr-trabalho-em-altura-v-v
98176612 apr-trabalho-em-altura-v-v98176612 apr-trabalho-em-altura-v-v
98176612 apr-trabalho-em-altura-v-v
 
MODELO DE A.P.T
MODELO DE A.P.TMODELO DE A.P.T
MODELO DE A.P.T
 
Apr acabamento obra
Apr   acabamento obraApr   acabamento obra
Apr acabamento obra
 
Analise de riscos de tarefas
Analise de riscos de tarefasAnalise de riscos de tarefas
Analise de riscos de tarefas
 
Apr nivel 1
Apr nivel 1Apr nivel 1
Apr nivel 1
 
Análise preliminar de risco
Análise preliminar de riscoAnálise preliminar de risco
Análise preliminar de risco
 
Art analise-de-risco-do-trabalho
Art analise-de-risco-do-trabalhoArt analise-de-risco-do-trabalho
Art analise-de-risco-do-trabalho
 
Apr analise preliminar de risco
Apr   analise preliminar de riscoApr   analise preliminar de risco
Apr analise preliminar de risco
 
PT - Permissão de Trabalho - Trabalho em Altura
PT - Permissão de Trabalho - Trabalho em AlturaPT - Permissão de Trabalho - Trabalho em Altura
PT - Permissão de Trabalho - Trabalho em Altura
 

Semelhante a APR

Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.docConstrução de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
LeandrodeSouzaBarros
 
PRO 015_PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO DE MOTOPODA Rev.03
PRO 015_PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO DE MOTOPODA Rev.03PRO 015_PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO DE MOTOPODA Rev.03
PRO 015_PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO DE MOTOPODA Rev.03
Jussiê Pereira da Silva
 
OPERAÇÃO SEGURA DE EQUIPAMENTOS TIPO GUINDAUTO - DETECTOR DE TENSÃO PESSOAL.pptx
OPERAÇÃO SEGURA DE EQUIPAMENTOS TIPO GUINDAUTO - DETECTOR DE TENSÃO PESSOAL.pptxOPERAÇÃO SEGURA DE EQUIPAMENTOS TIPO GUINDAUTO - DETECTOR DE TENSÃO PESSOAL.pptx
OPERAÇÃO SEGURA DE EQUIPAMENTOS TIPO GUINDAUTO - DETECTOR DE TENSÃO PESSOAL.pptx
MarceloRobson4
 
╝÷┴ñ Apt calandra
╝÷┴ñ Apt calandra ╝÷┴ñ Apt calandra
╝÷┴ñ Apt calandra
José Santos
 

Semelhante a APR (20)

APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdfAPRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
 
Npg man-305 apr
Npg man-305 aprNpg man-305 apr
Npg man-305 apr
 
Epis.pptx
Epis.pptxEpis.pptx
Epis.pptx
 
nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptxnr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
 
06 - nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
06 - nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx06 - nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
06 - nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
 
Ordem de-servico-eletricista
Ordem de-servico-eletricistaOrdem de-servico-eletricista
Ordem de-servico-eletricista
 
Apr 01 - plantio de grama
Apr   01 - plantio de gramaApr   01 - plantio de grama
Apr 01 - plantio de grama
 
APR Altura.doc
APR Altura.docAPR Altura.doc
APR Altura.doc
 
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.docConstrução de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
 
Apr canteiro geral de obra
Apr canteiro geral de obraApr canteiro geral de obra
Apr canteiro geral de obra
 
PRO 015_PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO DE MOTOPODA Rev.03
PRO 015_PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO DE MOTOPODA Rev.03PRO 015_PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO DE MOTOPODA Rev.03
PRO 015_PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO DE MOTOPODA Rev.03
 
Ordem de serviço operador de maquina perfuratriz
Ordem de serviço operador de maquina perfuratrizOrdem de serviço operador de maquina perfuratriz
Ordem de serviço operador de maquina perfuratriz
 
MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.doc
MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.docMONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.doc
MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.doc
 
Integração de trabalhos na prestados na Klabin Papeis
Integração de trabalhos na prestados na Klabin PapeisIntegração de trabalhos na prestados na Klabin Papeis
Integração de trabalhos na prestados na Klabin Papeis
 
Trabalho em altura- escrevendo.....pptx
Trabalho em altura- escrevendo.....pptxTrabalho em altura- escrevendo.....pptx
Trabalho em altura- escrevendo.....pptx
 
OPERAÇÃO SEGURA DE EQUIPAMENTOS TIPO GUINDAUTO - DETECTOR DE TENSÃO PESSOAL.pptx
OPERAÇÃO SEGURA DE EQUIPAMENTOS TIPO GUINDAUTO - DETECTOR DE TENSÃO PESSOAL.pptxOPERAÇÃO SEGURA DE EQUIPAMENTOS TIPO GUINDAUTO - DETECTOR DE TENSÃO PESSOAL.pptx
OPERAÇÃO SEGURA DE EQUIPAMENTOS TIPO GUINDAUTO - DETECTOR DE TENSÃO PESSOAL.pptx
 
╝÷┴ñ Apt calandra
╝÷┴ñ Apt calandra ╝÷┴ñ Apt calandra
╝÷┴ñ Apt calandra
 
232107594-Treinamento-Serra-Policorte.pptx
232107594-Treinamento-Serra-Policorte.pptx232107594-Treinamento-Serra-Policorte.pptx
232107594-Treinamento-Serra-Policorte.pptx
 
Ordem de-servico-eletricista
Ordem de-servico-eletricistaOrdem de-servico-eletricista
Ordem de-servico-eletricista
 
Nr 18-aula4
Nr 18-aula4Nr 18-aula4
Nr 18-aula4
 

Último

Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdfAula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
lucianatorresdemelo
 
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
Renandantas16
 
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptxsistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
CarladeOliveira25
 

Último (12)

Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdfAula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
 
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
 
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
 
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
 
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
 
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxCavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
 
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
 
MERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIA
MERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIAMERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIA
MERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIA
 
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptxsistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
 
Opções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfOpções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdf
 
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptxProfissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
 
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
 

APR

  • 1. APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO DESCRIÇÃO DA TAREFA: Movimentação e içamento de peças de concreto e materiais em geral. Ferramentas e equipamentos relacionados à tarefa: Guindauto; guindaste; cabos de aço; cintas; cordas; roldanas; ganchos; olhais; manilhas; correntes; ferramentas manuais; Cargo dos executores da tarefa: Supervisor de obras; encarregado de montagem; encarregado de produção; oficial de produção; meio oficial de produção; auxiliar de produção. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL: óculos ampla visão; protetor auricular plug ou concha; luvas de raspa, vaqueta ou poliamida; capacete. PROTEÇÃO COLETIVA: Extintores de incêndio; sinal de advertência sonora; isolamento e sinalização do local. Etapas da Tarefa Fazer isolamento, proteção e sinalização das áreas onde serão executadas as atividades. Fator de Risco ou potencial de acidente Isolamentos e proteções inadequadas. Queda de Materiais. Queda de mesmo nível. Ruído. Riscos ergonômicos. Preparação dos funcionários para o trabalho Queda do mesmo nível Não compreensão da ART. Medidas Preventivas Fazer avaliação contínua do risco de queda de material de um nível para outro e tomar as devidas precauções de isolamento e sinalização através de placas indicativas. Orientar as pessoas dos riscos nas frentes de trabalho, conforme as fases de execução. Manter corredores sinalizados e desobstruídos para passagem e acesso de pessoas. Manter o local limpo e organizado e com as passagens desobstruídas. Protetor auricular Manter postura correta em seu local de trabalho e não pegar pesos excessivos. Pedir ajuda sempre que necessária. Identificar, sinalizar e corrigir saliências, depressões ou qualquer irregularidade nas áreas de passagem de pedestre. Realizar o DDS, comentando sobre as atividades a ser executada durante a
  • 2. APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO Desconhecimento do local de trabalho Poeira Ruído jornada de trabalho, garantindo que todos os funcionários tenham conhecimento e fiquem instruídos sobre as medidas de segurança propostas. Ler e fazer cumprir o conteúdo da ART. Manter a ART, APT E PTE sempre nas frentes de trabalho assinada por todos os envolvidos. Preencher APT e PTE diariamente PREENCHER O PLANO DE MOVIMENTAÇÃO E TRANSPORTE DE PEÇAS COM GUINDASTE E MUNCK TODOS OS DIAS ANTES DE INICIAR OS TRABALHOS Utilizar mascara PFF2, óculos incolor. Utilizar protetor auricular plug/concha. Trajeto de acesso dos equipamentos de içar Desrespeito ou conhecimento à interna falta de Assegurar a compreensão das normas internas sinalização Dar sempre preferência para os pedestres. Respeitar o limite interno de velocidade de 20km/h, sinalizações e placas. Movimentação de carga Ruído. Poeira Projeção de partículas Riscos ergonômicos. Usar protetor auricular Usar respirador – pff1/pff2 Usar óculos, capacete com jugular Manter postura correta em seu local de trabalho e não pegar pesos excessivos. Pedir ajuda sempre que necessária Transportar a carga sempre bem aprisionada com cabo de aço ou cinta e manter o local de carregamento/descarregamento isolado e sinalizado durante a operação. Queda de material
  • 3. APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO Queda de altura Batida contra/prensagem Afundamento das patolas Efetuar limpeza e organização de Prensagens/Batida contra área Todos os cabos, cintas, manilhas, olhais, travas dos ganchos devem ter dimensionamento compatível com a carga a ser manuseada e içada e serem inspecionados antes de iniciar as atividades. Fazer uso de corda para guiar as peças. Manter distância segura, ou seja, ficar fora do raio de giro da carga ou da lança. O colaborador responsável por cintar as cargas, quando estiver sobre a carroceria ou mesmo no nível do chão, sempre deverá manter contato visual com o operador Sempre que estiver acima de 2mt de altura usar cinto de segurança com duplo talabarte É expressamente proibido o transporte de pessoas na carroceria do caminhão. Os equipamentos deverão possuir alarme sonoro de ré. Não expor membros sob ou entre peças e equipamentos içados Não improvisar ferramentas e acessórios, utilizar apenas aqueles adequados para cada atividade. Usar luvas de raspa, capacete com jugular, botina com biqueira de aço. Inspecionar o solo antes de patolar o caminhão munck e o guindaste, verificando se está firme, e se não existem canaletas, valas, redes de esgoto (fossa) ou galeria elétrica. Utilizar dormentes e/ou chapas sob as patolas, compatíveis com o peso a ser içado. Os operadores do caminhão munck, empilhadeira e do guindaste terão obrigatoriamente que ser habilitados, treinados e autorizados, possuir crachá de identificação para função. Ruídos Inalação de pó Usar luvas de raspa, botina com biqueira de aço e capacete com alça jugular e óculos de segurança Não expor membros sob peças e equipamentos. Usar protetor auricular Usar máscara PFF2.
  • 4. APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO MEIO AMBIENTE Contaminação ambiental. Destinar todo o resíduo gerado para um local adequado, conforme orientação da CONTRATANTE. Em casos de Emergência Acidentes com pessoas, acidentes ambientais COMUNICAR IMEDIATAMENTE O SUPERIOR IMEDIATO
  • 5. APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO ORDEM DE SERVIÇO N.º 17 Portaria 3214/78 – NR-1 item 1.7 “b” PROCEDIMENTO OBRIGATÓRIO – MEDIDAS PREVENTIVAS Verificar se a máquina ou equipamento está em boas condições de uso. Em caso de irregularidade não inicie a operação sem comunicar ao seu superior imediato e emitir relato de incidente. Utilizar os EPI’s obrigatórios, conforme descriminado na ART ou os que se fizerem necessário, mantendo-os em perfeito estado de conservação e higiene, trocando-os quando necessários. Não permitir a presença de pessoas estranhas na operação ou serviço. Não operar o equipamento sem a utilização das proteções necessárias e/ou existentes. Não permitir pessoas não qualificadas, não treinadas e não autorizadas a operar o equipamento. Não colocar as mãos ou parte do corpo nos pontos de operação, partes móveis ou energizadas com a máquina ou equipamento em operação. Qualquer manutenção e/ou intervenção do tipo reparo elétrico, mecânico, hidráulico, pneumático, térmico ou outros que se fizerem necessários no equipamento, deverá ser observado o procedimento de Bloqueio Elétrico de Equipamentos e providenciar Energia Zero. Não operar nenhuma máquina ou equipamento se você não estiver em condições físicas/saúde. Neste caso, comunicar imediatamente a liderança ou serviço médico. Em caso de acidente do trabalho e/ou suspeita de doença ocupacional, comunique imediatamente a liderança, serviço médico ou técnico de segurança. Em caso de incêndio ou emergências, solicite apoio dos brigadistas, socorristas, SSMA e Bombeiros. Intervenções nas redes e nos sistemas elétricos só podem ser efetuadas por profissional eletricista qualificado, treinado e autorizado para tal finalidade, conforme determinado pela Portaria 3214/78 (NR–10). Em caso de descumprimento das determinações contidas nesta Ordem de Serviço/ART, os faltosos serão punidos de acordo com a legislação trabalhista contida na CLT (capítulo V, título II, artigo 157) e NR–1 (itens 1.8.1 e 1.9). Não operar qualquer máquina ou equipamento sem estar devidamente treinado e autorizado. Não permanecer em local de risco elevado e não permitir a permanência de outros. Manter distância segura de cargas suspensas ou em movimentação. Somente entre em espaço confinado com autorização de seu superior imediato e após a verificação das condições do ambiente e de medidas de prevenção do tipo: ventilação do ambiente, verificação de oxigênio ou gases, meios de escape, resgate com observador e outras medidas que se fizerem necessárias. A não utilização ou neutralização dos dispositivos de segurança e o descumprimento das normas de segurança existentes constitui falta grave e os faltosos serão punidos de acordo com a legislação.Irregularidades observadas em máquinas e/ou equipamentos que representem riscos à integridade do(s) empregado(s) na operação deverá ser informada imediatamente ao supervisor ou a área de SSMA e o equipamento deverá ser interditado até sua regularização. EXECUTANTES DAS OPERAÇÕES (NOME / REGISTRO) EXECUTANTES DAS OPERAÇÕES (NOME / REGISTRO) ASSINATURA DATA ASSINATURA DATA NOTA: Estou ciente das informações e determinações contidas nesta Ordem de Serviço/ART e da obrigatoriedade de cumpri-las na íntegra. Autorização do Serviço Nome: Assinatura: NOTA: Observar se todos os itens de segurança descritos estão sendo atendidos.
  • 6. APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
  • 7. APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO