Elementos gerais do universo

55.961 visualizações

Publicada em

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
55.961
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
48.452
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
402
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Elementos gerais do universo

  1. 1. ELEMENTOS GERAIS DO UNIVERSO ESPÍRITO, MATÉRIA E FLUIDOS
  2. 2. RESSALVAS PRÉVIASNão esqueçamos das orientações dos Espíritos:_ “Deus não permite que ao homem tudo sejarevelado neste mundo”. (LE – questão 17)_ “Para compreender certas coisas, são –lhesprecisas faculdades que ainda não possui”. (LE –questão 19).
  3. 3. ELEMENTOS GERAIS DO UNIVERSOSegundo o Espiritismo, há dois elementosgerais do Universo: • matéria; • espírito.E acima de tudo...:• Deus, “o criador, o pai de todas as coisas”. (LE – questão 27)• “Deus, espírito e matéria constituem o princípio de tudo o que existe, a trindade universal” (LE – questão 17)
  4. 4. TRINDADE UNIVERSAL DEUS espírito matéria(princípio) (princípio)
  5. 5. SÍNTESE DEUS (Criação) Princípio Princípio Espiritual Material (FU)Princípio Inteligente Períspirito Matéria Princípio Vital (individualização) Espírito VIDA (consciência (corpo físico) da vida moral)
  6. 6. ESPÍRITOSDefinição de “Espíritos”:• “São os seres inteligentes da Criação” (LE – questão 76).• Após se tornar Espírito, o princípio inteligente individualizado “entra no período da humanização, começando a ter consciência do seu futuro, capacidade de distinguir o bem do mal e a responsabilidade dos seus atos” (LE – questão 607a).
  7. 7. ESPÍRITOSAlgumas reflexões importantes:• Os Espíritos não são eternos, porque foram criados por Deus – são imortais.• Criados por Deus simples e ignorantes, dotados de liberdade e livre‐arbítrio, inclinados tanto para o bem quanto para o mal.• Os Espíritos estão sujeitos à encarnar e reencarnar, tantas vezes quantas necessárias para sua depuração e progresso.• Existem diferenças de grau evolutivo entre os Espíritos.• Embora sejam independentes, o Espírito e a matéria estão em constante relação.
  8. 8. ESPÍRITOSAinda sobre os Espíritos:• A matéria não opõe obstáculo algum aos Espíritos.• Os Espíritos são unidades indivisíveis, por isso, não tem o dom da ubiqüidade, isto é, não podem dividir‐se.
  9. 9. MATÉRIADefinição comum de matéria:• Em física, matéria é qualquer coisa que possui massa, ocupa lugar no espaço e está sujeita a inércia. A matéria é aquilo que existe, aquilo que forma as coisas e que pode ser observado como tal.Definição dos Espíritos:• “A matéria é o laço que prende o espírito; é o instrumento de que este se serve e sobre o qual, ao mesmo tempo, exerce sua ação” (LE – questão 22a).
  10. 10. MATÉRIAAlguns conceitos para reflexão:• “Matéria existe em estados que ignorais” (LE – questão 22).• “A matéria é formada de um só elemento primitivo. Os corpos que considerais simples não são verdadeiros elementos, são transformações da matéria primitiva” (LE – questão 30).• Nas condições evolutivas atuais, é impossível precisar onde termina a molécula e onde começa o espírito.
  11. 11. FLUIDO UNIVERSALO Fluido Universal é a matéria primitiva.Identificamos dois estados do Fluido Universal:Materialidade: • É a transformação do Fluido em matéria tangível. • Dá origem aos fenômenos materiais, que são da alçada da ciência.Eterização: • É o estado normal primitivo. • Dá origem aos fenômenos espirituais ou psíquicos – objeto principal da atenção do Espiritismo.
  12. 12. FLUIDO UNIVERSALDas diversas modificações do Fluido Universal,surgem:• Matéria;• Fluido elétrico;• Fluido magnético;• Princípio Vital;• Perispírito: “O perispírito é uma condensação desse Fluido em torno de um foco inteligente” (GE – Cap. XIV – Item 7).
  13. 13. FLUIDO UNIVERSALOs Espíritos atuam sobre os fluidosmanipulando‐os por meio do pensamento e davontade:• Imprimem esta ou aquela direção;• Aglomeram, combinam ou dispersam os fluidos;• Formam conjuntos que tenham uma aparência, forma, cor determinadas;• Mudam suas propriedade.
  14. 14. FLUIDO UNIVERSALOs fluidos, originalmente neutros, ficamimpregnados das qualidades boas ou más dospensamentos que os põem em vibração.Sob o aspecto moral, os fluidos trazem o cunhodos sentimentos exteriorizados:• Ódio, inveja, ciúme, orgulho, egoísmo, violência, bondade, amor, caridade, doçura, etc.Com respeito ao lado físico, são:• Excitantes, calmantes, irritantes, suavizantes, tóxicos, reparadores, etc.

×