SlideShare uma empresa Scribd logo
MANUAL PARA AULAS
ONLINE NA EDUCAÇÃO
INFANTIL: 5 PASSOS
PARA SEU FILHO
APRENDER E VOCÊ NÃO
ENLOUQUECER!
1
1º PASSO: COMPREENSÃO
O primeiro passo na verdade é um passo atrás. Ver de fora o que está
acontecendo para conseguir agir de maneira adequada.
É importante saber que ninguém estava preparado para esta situação.
Nem os pais e famílias, nem as crianças ou os professores e as escolas.
Estamos sendo obrigados a passar por uma experiência totalmente nova: o
ensino remoto na educação infantil. Não é homeschooling e não é EAD.
Na verdade, o ensino à distância nem é recomendado no Ensino Infantil,
voltado às crianças de 2 a 5 anos. Na Primeira Infância, as crianças aprendem
através das experiências concretas e vivências interativas. Para isso, as
atividades tem que ser lúdicas e integrar vários tipos de habilidades e
conhecimentos. Em um ambiente virtual não é possível alcançar tudo isso.
• Ensino doméstico ou domiciliar é aquele lecionado no
domicílio do aluno, por um familiar ou por pessoa que com
ele habite. (Wikipedia)
Homeschooling
• Modalidade de educação mediada por tecnologias em que
alunos professores não estão fisicamente presentes em um
ambiente presencial de ensino-aprendizagem. (Wikipedia)
Educação a Distância
EAD
• Adaptação das escolas para conseguir finalizar o ano letivo
com o uso de tecnologias, mas com os mesmos princípios do
ensino presencial. (Renata Costa, in Desafios da Educação)
Ensino remoto
emergencial
2
Segundo o Núcleo Ciência pela Infância (NCPI), o aprendizado pode
ficar fragmentado ou descontextualizado quando a criança fica de frente
para uma tela, sem contato real com as pessoas.
Porém, estamos vivenciando uma situação emergencial e sem
precedentes. A solução que muitas escolas encontraram foi a de manter o
Ensino Infantil de maneira remota, com a ajuda dos pais. E ainda estamos nos
adaptando a essas mudanças. Cabe a cada um de nós fazer o melhor e tentar
se ajustar. Quanto mais tranquila for essa fase, melhor será a transição
para o novo normal que tomará conta de nossas vidas.
Refletindo desta forma, vamos “Aprendendo a conhecer!”
3
2º PASSO: PREPARAÇÃO
Como todo projeto que nos propomos fazer, é preciso planejar as suas
etapas previamente. Uma boa preparação nos poupa tempo, minimiza os erros
e permite recalcular a rota sempre que necessário.
Primeiro, antecipe o que vai acontecer com a criança. Monte um
cronograma, vá avisando sobre a aula e como será a sequência de atividades
neste dia. Vale até treinar um pouco como será. Vocês podem brincar de
escola, imitar as pessoas, ensaiar um teatro.
Depois, deixe bem claro quais são as expectativas quanto à participação
da criança durante a aula. Dizer que “tem que se comportar e fazer a
atividade”, é um pouco vago. Defina os objetivos com a criança, de acordo com
sua idade: ficar perto da tela, responder quando perguntado, cantar as
músicas, colorir, escrever. O importante é participar e se sentir bem,
aproveitando a oportunidade de interagir com o (a) professor (a) e os colegas
de turma. O aprendizado do conteúdo será uma consequência.
 “Na Educação Infantil, as aprendizagens essenciais compreendem tanto
comportamentos, habilidades e conhecimentos quanto vivências que promovem
aprendizagem e desenvolvimento nos diversos campos de experiências, sempre
tomando as interações e a brincadeira como eixos estruturantes. Essas
aprendizagens, portanto, constituem-se como objetivos de aprendizagem e
desenvolvimento.” In: Base Nacional Comum Curricular (BNCC) – MEC.
4
Por último, deixe que a criança escolha uma recompensa caso ela
participe da forma adequada da aula. Evite opções de bens, produtos ou uso
de telas. O ideal é que seja uma experiência: uma brincadeira que ela gosta,
dançar uma música, ler um livro especial, preparar alguma receita na cozinha,
ou fazer um passeio (ainda que nesta quarentena esteja um pouco difícil).
Melhor ainda se a sua participação estiver incluída nesta recompensa. Deixe
a criança escolher o que ela mais gosta ou se interessa. Cuidado para não
passar na frente dela e determinar o que convém a você e não a ela. Limite-
se a guiar o processo para ser algo viável e seguro.
Sempre pergunte à criança sobre cada passo para checar se ela
compreendeu como vão se desenrolar as atividades.
Assim, seguimos no “Aprendendo a Fazer”!
5
3º PASSO: ESTRUTURAÇÃO
Quanto mais organizado, previsível e confortável o ambiente, melhor o
nosso desempenho em qualquer tarefa. Confira todos os itens antes de
começar a aula, mas faça com que a criança participe deste momento também.
Isso vai ajudá-la a desenvolver seu senso de responsabilidade e aumentar seu
engajamento durante as atividades.
Direitos de aprendizagem e desenvolvimento na Educação Infantil:
 Participar ativamente, com adultos e outras crianças, tanto do planejamento
da gestão da escola e das atividades propostas pelo educador quanto da
realização das atividades da vida cotidiana, tais como a escolha das
brincadeiras, dos materiais e dos ambientes, desenvolvendo diferentes
linguagens e elaborando conhecimentos, decidindo e se posicionando. In:
BNCC – MEC.
Checklist
Separar com antecedência o material necessário para as atividades.
Checar o funcionamento dos acessórios e recursos tecnológicos.
Preparar o ambiente: manter uma boa iluminação,
eliminar ruídos e distrações.
Deixar na mesa ou no ambiente apenas o que a criança vai usar.
Se possível, destacar só a página de atividades do dia
6
Durante a aula, é importante o adulto acompanhar as atividades, mas
temos que controlar nosso ímpeto em responder ou fazer tudo pela criança.
Ainda que ela demore ou não faça exatamente como o proposto, isso também
faz parte do aprendizado. A criança não precisa ficar imóvel e sentada o
tempo todo, ainda mais na primeira infância. Mas é claro que deve-se exigir a
sua presença e a atenção quanto às instruções. Se a criança se desviar demais
da atividade ou não quiser participar, lembre-a da recompensa que vocês
combinaram. Faça com que ela reflita sobre o que prefere. No final, receber
ou não a recompensa vai ser uma opção dela.
Nos momentos de interação com o professor ou a turma, o adulto pode
guiar a criança para que ela participe de forma adequada, sem repreensões
ou descrença na sua capacidade. Para crianças muito extrovertidas, pode ser
necessário controlar um pouco o tempo de fala, ensinar a aguardar a vez e
escutar os outros. Para crianças mais introvertidas, por outro lado, vai ser
necessário mais encorajamento, paciência e incentivo para que ela possa se
expressar e comunicar-se efetivamente.
Algumas crianças são mais rápidas e terminam a atividade antes dos
outros. Para esperar que todos estejam prontos, você pode ir conversando
sobre a atividade e outras ideias que surgirem sobre o tema proposto. Para a
criança que demora um pouco mais para realizar a atividade, é importante que
7
o professor e a turma permitam que ele tenha mais tempo para finalizá-la.
Afinal, respeitar o ritmo e as habilidades de cada um também fazem parte
do aprendizado para a vida. Mas se realmente estiver difícil completar a
atividade naquele momento, a criança pode terminar mais tarde com a ajuda
do adulto.
Enquanto realiza uma atividade escolar, a criança está desenvolvendo
uma série de habilidades essenciais para a vida enquanto indivíduo e cidadão:
resolução de problemas, tolerância à frustração, capacidade de adaptação a
situações imprevistas, resiliência frente às adversidades que possam surgir,
entre outras. Simplesmente falar que não consegue e desistir da atividade
não contribui pra nada disso. Então, ajude a criança a encontrar maneiras mais
efetivas de superar as dificuldades. Por exemplo, trocar o “Não consigo” por
“Me ajuda!” é mais proativo e leva a uma ação positiva, ao invés de paralisar a
criança na auto-depreciação.
“Me ajuda!”“Não consigo!”
8
Por último, vale lembrar que saber comportar-se em um ambiente online
também é uma habilidade essencial no mundo atual. Em uma reunião virtual, é
fácil nos esquecermos de que as pessoas estão nos vendo do outro lado. Aí,
começamos a nos comportar como se estivéssemos apenas em uma chamada
telefônica. Então, cuidado com a postura, vestimentas, distrações e
atividades paralelas, para não virar o próximo meme na internet! Rsrsrs...
Com isso, vamos “Aprendendo a viver juntos!”
9
4º PASSO: VALIDAÇÃO
Ao final da atividade, reconheça o esforço da criança com válido e
legítimo. Elogie a criança de forma genuína, sem exageros ou displicência e
corrija o que for necessário de maneira tranquila e encorajadora. Os erros
fazem parte do aprendizado e saber que se pode tentar novamente ajuda a
fortalecer a autoestima e autonomia da criança.
Agora é a hora da recompensa. Lembra? Aquela que vocês combinaram
no 2º passo do manual! Se a criança cumpriu, vai poder fazer o que pediu. Não
precisa estar tudo perfeito nos mínimos detalhes. Não seja rigoroso demais
nesse momento. Se ela se esforçou e participou das atividades ao seu jeito,
está de bom tamanho. Mas também não vale ficar com dó ou ceder à pressão
para dar um prêmio por algo que ela não cumpriu. Se ela não atendeu o que
Conexão
Incentivo
Elogio
Reconhecimento
Paciência
Repreensão
Punição
Depreciação
Descrença
Irritação
10
vocês tinham combinado, não tem recompensa. Assim, a criança vai entender
que os seus atos tem consequências. Não é punição. É só responsabilização.
E se não deu certo dessa vez, reveja os passos e recomece. Sempre há
uma chance de fazer diferente para melhorar.
Pois estamos continuamente “Aprendendo a ser”, no mundo.
11
5º PASSO: CONTEXTUALIZAÇÃO
Por último, mas não menos importante, temos que lembrar que o
aprendizado não termina quando acaba a aula, seja presencial ou virtual. O
aprendizado está em toda a parte e é importante usar o mundo real para
manter a curiosidade e a aquisição de habilidades das crianças. É só olhar à
sua volta: objetos da casa viram formas geométricas, canudos se
transformam em letras, receitas usam medidas e números e letras estão
espalhadas tanto em outdoors quanto nas nossas roupas. Isso tudo só para
falar de alfabetização e aprendizado formal.
Além disso, podemos aprender em diversos contextos do dia-a-dia,
seja na família, escola ou comunidade. São inúmeras as habilidades sociais e
emocionais que se aprende ao fazer refeições em família, disputar jogos ou
brincar de faz-de-conta. E quando ensinamos, aprendemos também.
Em um mundo cada vez mais tecnológico, é ainda mais essencial manter
o “Aprendendo a aprender”. Por isso, o aprendizado ao longo da vida é um
direito de todas as pessoas, em qualquer idade. Não podemos deixar nunca de
aprender.
12
 In: Educação: Um tesouro a descobrir – Relatório para a Unesco da
Comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI.
E aí, vamos arregaçar as mangas e começar os trabalhos?
Acredite, pode ser mais leve e divertido!
Aprender a conhecer:
Adquirir instrumentos de
compreensão.
Aprender a fazer:
Para poder agir sobre o meio.
Aprender a viver juntos:
Cooperação com os outros em
todas as atividades humanas.
Aprender a ser:
Conceito principal que integra
todos os anteriores.
Pilares da
Educação
Karina Simone de Souza Vasconcelos.
Fisioterapeuta, CREFITO 36963-F.
@karinasimone_fisio
Karina Vasconcelos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Criar crianças criativas é mais fácil e divertido do que se imagina e saber p...
Criar crianças criativas é mais fácil e divertido do que se imagina e saber p...Criar crianças criativas é mais fácil e divertido do que se imagina e saber p...
Criar crianças criativas é mais fácil e divertido do que se imagina e saber p...SimoneHelenDrumond
 
PLAYtalk - Crescer, viver e brincar com Hiperatividade – Apresentação de "Jun...
PLAYtalk - Crescer, viver e brincar com Hiperatividade – Apresentação de "Jun...PLAYtalk - Crescer, viver e brincar com Hiperatividade – Apresentação de "Jun...
PLAYtalk - Crescer, viver e brincar com Hiperatividade – Apresentação de "Jun...pimpumplay
 
Palestra sobre Transtorno Deficit de Atenção e Hiperatividade - TDAH
Palestra sobre Transtorno Deficit de Atenção e Hiperatividade - TDAHPalestra sobre Transtorno Deficit de Atenção e Hiperatividade - TDAH
Palestra sobre Transtorno Deficit de Atenção e Hiperatividade - TDAHRaquel Magalhaes de Mello
 
Volta as aulas conversa com os pais, alunos e educadores simone helen drumond
Volta as aulas conversa com os pais, alunos e educadores simone helen drumondVolta as aulas conversa com os pais, alunos e educadores simone helen drumond
Volta as aulas conversa com os pais, alunos e educadores simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
Lugar da Conquista: Procedimentos de Reforçamento por Fichas em um Ambiente d...
Lugar da Conquista: Procedimentos de Reforçamento por Fichas em um Ambiente d...Lugar da Conquista: Procedimentos de Reforçamento por Fichas em um Ambiente d...
Lugar da Conquista: Procedimentos de Reforçamento por Fichas em um Ambiente d...Nelson Novaes Neto
 
Gestão de sala de aula – dicas
Gestão de sala de aula – dicasGestão de sala de aula – dicas
Gestão de sala de aula – dicaspso2510
 
2°apresentação reforço e recurso2016
2°apresentação reforço e recurso20162°apresentação reforço e recurso2016
2°apresentação reforço e recurso2016Dalva Pereira Martins
 
Trabalho sindrome de down
Trabalho sindrome de downTrabalho sindrome de down
Trabalho sindrome de downCintia Sena
 
Como potencializar e_dinamizar_o_ensino_para_adultos
Como potencializar e_dinamizar_o_ensino_para_adultosComo potencializar e_dinamizar_o_ensino_para_adultos
Como potencializar e_dinamizar_o_ensino_para_adultosjeconiaseandreia
 
1. Saiba mais sobre a Comunicação de seu filho
1. Saiba mais sobre a Comunicação de seu filho1. Saiba mais sobre a Comunicação de seu filho
1. Saiba mais sobre a Comunicação de seu filhoRaquel Crisóstomo
 
11 mais do que palavras - e-book autismo - fern sussman.pdf
11   mais do que palavras - e-book autismo - fern sussman.pdf11   mais do que palavras - e-book autismo - fern sussman.pdf
11 mais do que palavras - e-book autismo - fern sussman.pdfDébora Oliveira
 

Mais procurados (19)

Criar crianças criativas é mais fácil e divertido do que se imagina e saber p...
Criar crianças criativas é mais fácil e divertido do que se imagina e saber p...Criar crianças criativas é mais fácil e divertido do que se imagina e saber p...
Criar crianças criativas é mais fácil e divertido do que se imagina e saber p...
 
PLAYtalk - Crescer, viver e brincar com Hiperatividade – Apresentação de "Jun...
PLAYtalk - Crescer, viver e brincar com Hiperatividade – Apresentação de "Jun...PLAYtalk - Crescer, viver e brincar com Hiperatividade – Apresentação de "Jun...
PLAYtalk - Crescer, viver e brincar com Hiperatividade – Apresentação de "Jun...
 
Palestra sobre Transtorno Deficit de Atenção e Hiperatividade - TDAH
Palestra sobre Transtorno Deficit de Atenção e Hiperatividade - TDAHPalestra sobre Transtorno Deficit de Atenção e Hiperatividade - TDAH
Palestra sobre Transtorno Deficit de Atenção e Hiperatividade - TDAH
 
Volta as aulas conversa com os pais, alunos e educadores simone helen drumond
Volta as aulas conversa com os pais, alunos e educadores simone helen drumondVolta as aulas conversa com os pais, alunos e educadores simone helen drumond
Volta as aulas conversa com os pais, alunos e educadores simone helen drumond
 
Lição de Casa
Lição de CasaLição de Casa
Lição de Casa
 
Licao de-casa
Licao de-casaLicao de-casa
Licao de-casa
 
Lugar da Conquista: Procedimentos de Reforçamento por Fichas em um Ambiente d...
Lugar da Conquista: Procedimentos de Reforçamento por Fichas em um Ambiente d...Lugar da Conquista: Procedimentos de Reforçamento por Fichas em um Ambiente d...
Lugar da Conquista: Procedimentos de Reforçamento por Fichas em um Ambiente d...
 
Gestão de sala de aula – dicas
Gestão de sala de aula – dicasGestão de sala de aula – dicas
Gestão de sala de aula – dicas
 
2°apresentação reforço e recurso2016
2°apresentação reforço e recurso20162°apresentação reforço e recurso2016
2°apresentação reforço e recurso2016
 
Trabalho sindrome de down
Trabalho sindrome de downTrabalho sindrome de down
Trabalho sindrome de down
 
Como potencializar e_dinamizar_o_ensino_para_adultos
Como potencializar e_dinamizar_o_ensino_para_adultosComo potencializar e_dinamizar_o_ensino_para_adultos
Como potencializar e_dinamizar_o_ensino_para_adultos
 
Os tipos de educando
Os tipos de educandoOs tipos de educando
Os tipos de educando
 
07. Use ajudas visuais
07. Use ajudas visuais07. Use ajudas visuais
07. Use ajudas visuais
 
Resumo aula nota 10
Resumo   aula nota 10Resumo   aula nota 10
Resumo aula nota 10
 
12. Vamos fazer amigos
12. Vamos fazer amigos12. Vamos fazer amigos
12. Vamos fazer amigos
 
4. Participem juntos
 4. Participem juntos 4. Participem juntos
4. Participem juntos
 
10dicas
10dicas10dicas
10dicas
 
1. Saiba mais sobre a Comunicação de seu filho
1. Saiba mais sobre a Comunicação de seu filho1. Saiba mais sobre a Comunicação de seu filho
1. Saiba mais sobre a Comunicação de seu filho
 
11 mais do que palavras - e-book autismo - fern sussman.pdf
11   mais do que palavras - e-book autismo - fern sussman.pdf11   mais do que palavras - e-book autismo - fern sussman.pdf
11 mais do que palavras - e-book autismo - fern sussman.pdf
 

Semelhante a E book aulas online.docx

Orientaçõs para período de sondagem
Orientaçõs para período de sondagemOrientaçõs para período de sondagem
Orientaçõs para período de sondagemjosivaldopassos
 
A inclusão e o tdah
A inclusão e o tdahA inclusão e o tdah
A inclusão e o tdahAlzira Dias
 
Coleção primeira infância folheto 11 o ritmo da criança
Coleção primeira infância   folheto 11 o ritmo da criançaColeção primeira infância   folheto 11 o ritmo da criança
Coleção primeira infância folheto 11 o ritmo da criançaAline Melo de Aguiar
 
3ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
3ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.3ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
3ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.Lucimara Lopes França
 
Agenda da reunião pais 2012 1
Agenda da reunião pais 2012 1Agenda da reunião pais 2012 1
Agenda da reunião pais 2012 1Netto Paes
 
Da creche, ao jardim de infancia, á escola
Da creche, ao jardim de infancia, á escolaDa creche, ao jardim de infancia, á escola
Da creche, ao jardim de infancia, á escolaMatilde Paião
 
O QUE É IMPRESCINDÍVEL PARA TRABALHAR COM A Educação Infantil.pptx
O QUE É IMPRESCINDÍVEL PARA TRABALHAR COM A Educação Infantil.pptxO QUE É IMPRESCINDÍVEL PARA TRABALHAR COM A Educação Infantil.pptx
O QUE É IMPRESCINDÍVEL PARA TRABALHAR COM A Educação Infantil.pptxnovaesjosiana2020
 
Como ajudar seu filho a não tirar notas vermelhas
Como ajudar seu filho a não tirar notas vermelhasComo ajudar seu filho a não tirar notas vermelhas
Como ajudar seu filho a não tirar notas vermelhasSimoneHelenDrumond
 
Adaptação escolar
Adaptação escolarAdaptação escolar
Adaptação escolarOriana Melo
 
E book - autismo 20171229 (1)
E book - autismo 20171229 (1)E book - autismo 20171229 (1)
E book - autismo 20171229 (1)Adri Reis
 
Apostila do estudo planejamento e avaliação
Apostila do estudo planejamento e avaliaçãoApostila do estudo planejamento e avaliação
Apostila do estudo planejamento e avaliaçãojosivaldopassos
 
Reunião com pais projeto de intervenção
Reunião com pais   projeto de intervençãoReunião com pais   projeto de intervenção
Reunião com pais projeto de intervençãoFabiano Belini
 
Manual de volta-a-escola-para-criancas-com-autismo
Manual de volta-a-escola-para-criancas-com-autismoManual de volta-a-escola-para-criancas-com-autismo
Manual de volta-a-escola-para-criancas-com-autismoCaminhos do Autismo
 
Ajudando seu filho a aprender
Ajudando seu filho a aprenderAjudando seu filho a aprender
Ajudando seu filho a aprenderTania Garrido
 

Semelhante a E book aulas online.docx (20)

Orientaçõs para período de sondagem
Orientaçõs para período de sondagemOrientaçõs para período de sondagem
Orientaçõs para período de sondagem
 
A inclusão e o tdah
A inclusão e o tdahA inclusão e o tdah
A inclusão e o tdah
 
Educar p.f.
Educar p.f.Educar p.f.
Educar p.f.
 
Cartilha infantil
Cartilha infantilCartilha infantil
Cartilha infantil
 
10 dicas para melhorar o desempenho escolar do seu filho
10 dicas para melhorar o desempenho escolar do seu filho10 dicas para melhorar o desempenho escolar do seu filho
10 dicas para melhorar o desempenho escolar do seu filho
 
Coleção primeira infância folheto 11 o ritmo da criança
Coleção primeira infância   folheto 11 o ritmo da criançaColeção primeira infância   folheto 11 o ritmo da criança
Coleção primeira infância folheto 11 o ritmo da criança
 
3ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
3ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.3ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
3ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
 
Agenda da reunião pais 2012 1
Agenda da reunião pais 2012 1Agenda da reunião pais 2012 1
Agenda da reunião pais 2012 1
 
Volta às aulas
Volta às aulasVolta às aulas
Volta às aulas
 
Da creche, ao jardim de infancia, á escola
Da creche, ao jardim de infancia, á escolaDa creche, ao jardim de infancia, á escola
Da creche, ao jardim de infancia, á escola
 
O QUE É IMPRESCINDÍVEL PARA TRABALHAR COM A Educação Infantil.pptx
O QUE É IMPRESCINDÍVEL PARA TRABALHAR COM A Educação Infantil.pptxO QUE É IMPRESCINDÍVEL PARA TRABALHAR COM A Educação Infantil.pptx
O QUE É IMPRESCINDÍVEL PARA TRABALHAR COM A Educação Infantil.pptx
 
Como ajudar seu filho a não tirar notas vermelhas
Como ajudar seu filho a não tirar notas vermelhasComo ajudar seu filho a não tirar notas vermelhas
Como ajudar seu filho a não tirar notas vermelhas
 
Adaptação escolar
Adaptação escolarAdaptação escolar
Adaptação escolar
 
322 volta às aulas 1
322 volta às aulas 1322 volta às aulas 1
322 volta às aulas 1
 
E book - autismo 20171229 (1)
E book - autismo 20171229 (1)E book - autismo 20171229 (1)
E book - autismo 20171229 (1)
 
Apostila do estudo planejamento e avaliação
Apostila do estudo planejamento e avaliaçãoApostila do estudo planejamento e avaliação
Apostila do estudo planejamento e avaliação
 
Reunião com pais projeto de intervenção
Reunião com pais   projeto de intervençãoReunião com pais   projeto de intervenção
Reunião com pais projeto de intervenção
 
Manual de volta-a-escola-para-criancas-com-autismo
Manual de volta-a-escola-para-criancas-com-autismoManual de volta-a-escola-para-criancas-com-autismo
Manual de volta-a-escola-para-criancas-com-autismo
 
Ajudando seu filho a aprender
Ajudando seu filho a aprenderAjudando seu filho a aprender
Ajudando seu filho a aprender
 
Ajudando seu filho a aprender
Ajudando seu filho a aprenderAjudando seu filho a aprender
Ajudando seu filho a aprender
 

Último

Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxGraycyelleCavalcanti
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdfmanual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdfLeandroTelesRocha2
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxMartin M Flynn
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
hereditariedade é variabilidade genetic
hereditariedade é variabilidade  genetichereditariedade é variabilidade  genetic
hereditariedade é variabilidade geneticMrMartnoficial
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-carloseduardogonalve36
 
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkO QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkLisaneWerlang
 
Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40vitoriaalyce2011
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdfedjailmax
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - FalamansaMary Alvarenga
 
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetosLeonardoHenrique931183
 

Último (20)

Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdfmanual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
hereditariedade é variabilidade genetic
hereditariedade é variabilidade  genetichereditariedade é variabilidade  genetic
hereditariedade é variabilidade genetic
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
 
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkO QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
 
Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
 

E book aulas online.docx

  • 1. MANUAL PARA AULAS ONLINE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: 5 PASSOS PARA SEU FILHO APRENDER E VOCÊ NÃO ENLOUQUECER!
  • 2. 1 1º PASSO: COMPREENSÃO O primeiro passo na verdade é um passo atrás. Ver de fora o que está acontecendo para conseguir agir de maneira adequada. É importante saber que ninguém estava preparado para esta situação. Nem os pais e famílias, nem as crianças ou os professores e as escolas. Estamos sendo obrigados a passar por uma experiência totalmente nova: o ensino remoto na educação infantil. Não é homeschooling e não é EAD. Na verdade, o ensino à distância nem é recomendado no Ensino Infantil, voltado às crianças de 2 a 5 anos. Na Primeira Infância, as crianças aprendem através das experiências concretas e vivências interativas. Para isso, as atividades tem que ser lúdicas e integrar vários tipos de habilidades e conhecimentos. Em um ambiente virtual não é possível alcançar tudo isso. • Ensino doméstico ou domiciliar é aquele lecionado no domicílio do aluno, por um familiar ou por pessoa que com ele habite. (Wikipedia) Homeschooling • Modalidade de educação mediada por tecnologias em que alunos professores não estão fisicamente presentes em um ambiente presencial de ensino-aprendizagem. (Wikipedia) Educação a Distância EAD • Adaptação das escolas para conseguir finalizar o ano letivo com o uso de tecnologias, mas com os mesmos princípios do ensino presencial. (Renata Costa, in Desafios da Educação) Ensino remoto emergencial
  • 3. 2 Segundo o Núcleo Ciência pela Infância (NCPI), o aprendizado pode ficar fragmentado ou descontextualizado quando a criança fica de frente para uma tela, sem contato real com as pessoas. Porém, estamos vivenciando uma situação emergencial e sem precedentes. A solução que muitas escolas encontraram foi a de manter o Ensino Infantil de maneira remota, com a ajuda dos pais. E ainda estamos nos adaptando a essas mudanças. Cabe a cada um de nós fazer o melhor e tentar se ajustar. Quanto mais tranquila for essa fase, melhor será a transição para o novo normal que tomará conta de nossas vidas. Refletindo desta forma, vamos “Aprendendo a conhecer!”
  • 4. 3 2º PASSO: PREPARAÇÃO Como todo projeto que nos propomos fazer, é preciso planejar as suas etapas previamente. Uma boa preparação nos poupa tempo, minimiza os erros e permite recalcular a rota sempre que necessário. Primeiro, antecipe o que vai acontecer com a criança. Monte um cronograma, vá avisando sobre a aula e como será a sequência de atividades neste dia. Vale até treinar um pouco como será. Vocês podem brincar de escola, imitar as pessoas, ensaiar um teatro. Depois, deixe bem claro quais são as expectativas quanto à participação da criança durante a aula. Dizer que “tem que se comportar e fazer a atividade”, é um pouco vago. Defina os objetivos com a criança, de acordo com sua idade: ficar perto da tela, responder quando perguntado, cantar as músicas, colorir, escrever. O importante é participar e se sentir bem, aproveitando a oportunidade de interagir com o (a) professor (a) e os colegas de turma. O aprendizado do conteúdo será uma consequência.  “Na Educação Infantil, as aprendizagens essenciais compreendem tanto comportamentos, habilidades e conhecimentos quanto vivências que promovem aprendizagem e desenvolvimento nos diversos campos de experiências, sempre tomando as interações e a brincadeira como eixos estruturantes. Essas aprendizagens, portanto, constituem-se como objetivos de aprendizagem e desenvolvimento.” In: Base Nacional Comum Curricular (BNCC) – MEC.
  • 5. 4 Por último, deixe que a criança escolha uma recompensa caso ela participe da forma adequada da aula. Evite opções de bens, produtos ou uso de telas. O ideal é que seja uma experiência: uma brincadeira que ela gosta, dançar uma música, ler um livro especial, preparar alguma receita na cozinha, ou fazer um passeio (ainda que nesta quarentena esteja um pouco difícil). Melhor ainda se a sua participação estiver incluída nesta recompensa. Deixe a criança escolher o que ela mais gosta ou se interessa. Cuidado para não passar na frente dela e determinar o que convém a você e não a ela. Limite- se a guiar o processo para ser algo viável e seguro. Sempre pergunte à criança sobre cada passo para checar se ela compreendeu como vão se desenrolar as atividades. Assim, seguimos no “Aprendendo a Fazer”!
  • 6. 5 3º PASSO: ESTRUTURAÇÃO Quanto mais organizado, previsível e confortável o ambiente, melhor o nosso desempenho em qualquer tarefa. Confira todos os itens antes de começar a aula, mas faça com que a criança participe deste momento também. Isso vai ajudá-la a desenvolver seu senso de responsabilidade e aumentar seu engajamento durante as atividades. Direitos de aprendizagem e desenvolvimento na Educação Infantil:  Participar ativamente, com adultos e outras crianças, tanto do planejamento da gestão da escola e das atividades propostas pelo educador quanto da realização das atividades da vida cotidiana, tais como a escolha das brincadeiras, dos materiais e dos ambientes, desenvolvendo diferentes linguagens e elaborando conhecimentos, decidindo e se posicionando. In: BNCC – MEC. Checklist Separar com antecedência o material necessário para as atividades. Checar o funcionamento dos acessórios e recursos tecnológicos. Preparar o ambiente: manter uma boa iluminação, eliminar ruídos e distrações. Deixar na mesa ou no ambiente apenas o que a criança vai usar. Se possível, destacar só a página de atividades do dia
  • 7. 6 Durante a aula, é importante o adulto acompanhar as atividades, mas temos que controlar nosso ímpeto em responder ou fazer tudo pela criança. Ainda que ela demore ou não faça exatamente como o proposto, isso também faz parte do aprendizado. A criança não precisa ficar imóvel e sentada o tempo todo, ainda mais na primeira infância. Mas é claro que deve-se exigir a sua presença e a atenção quanto às instruções. Se a criança se desviar demais da atividade ou não quiser participar, lembre-a da recompensa que vocês combinaram. Faça com que ela reflita sobre o que prefere. No final, receber ou não a recompensa vai ser uma opção dela. Nos momentos de interação com o professor ou a turma, o adulto pode guiar a criança para que ela participe de forma adequada, sem repreensões ou descrença na sua capacidade. Para crianças muito extrovertidas, pode ser necessário controlar um pouco o tempo de fala, ensinar a aguardar a vez e escutar os outros. Para crianças mais introvertidas, por outro lado, vai ser necessário mais encorajamento, paciência e incentivo para que ela possa se expressar e comunicar-se efetivamente. Algumas crianças são mais rápidas e terminam a atividade antes dos outros. Para esperar que todos estejam prontos, você pode ir conversando sobre a atividade e outras ideias que surgirem sobre o tema proposto. Para a criança que demora um pouco mais para realizar a atividade, é importante que
  • 8. 7 o professor e a turma permitam que ele tenha mais tempo para finalizá-la. Afinal, respeitar o ritmo e as habilidades de cada um também fazem parte do aprendizado para a vida. Mas se realmente estiver difícil completar a atividade naquele momento, a criança pode terminar mais tarde com a ajuda do adulto. Enquanto realiza uma atividade escolar, a criança está desenvolvendo uma série de habilidades essenciais para a vida enquanto indivíduo e cidadão: resolução de problemas, tolerância à frustração, capacidade de adaptação a situações imprevistas, resiliência frente às adversidades que possam surgir, entre outras. Simplesmente falar que não consegue e desistir da atividade não contribui pra nada disso. Então, ajude a criança a encontrar maneiras mais efetivas de superar as dificuldades. Por exemplo, trocar o “Não consigo” por “Me ajuda!” é mais proativo e leva a uma ação positiva, ao invés de paralisar a criança na auto-depreciação. “Me ajuda!”“Não consigo!”
  • 9. 8 Por último, vale lembrar que saber comportar-se em um ambiente online também é uma habilidade essencial no mundo atual. Em uma reunião virtual, é fácil nos esquecermos de que as pessoas estão nos vendo do outro lado. Aí, começamos a nos comportar como se estivéssemos apenas em uma chamada telefônica. Então, cuidado com a postura, vestimentas, distrações e atividades paralelas, para não virar o próximo meme na internet! Rsrsrs... Com isso, vamos “Aprendendo a viver juntos!”
  • 10. 9 4º PASSO: VALIDAÇÃO Ao final da atividade, reconheça o esforço da criança com válido e legítimo. Elogie a criança de forma genuína, sem exageros ou displicência e corrija o que for necessário de maneira tranquila e encorajadora. Os erros fazem parte do aprendizado e saber que se pode tentar novamente ajuda a fortalecer a autoestima e autonomia da criança. Agora é a hora da recompensa. Lembra? Aquela que vocês combinaram no 2º passo do manual! Se a criança cumpriu, vai poder fazer o que pediu. Não precisa estar tudo perfeito nos mínimos detalhes. Não seja rigoroso demais nesse momento. Se ela se esforçou e participou das atividades ao seu jeito, está de bom tamanho. Mas também não vale ficar com dó ou ceder à pressão para dar um prêmio por algo que ela não cumpriu. Se ela não atendeu o que Conexão Incentivo Elogio Reconhecimento Paciência Repreensão Punição Depreciação Descrença Irritação
  • 11. 10 vocês tinham combinado, não tem recompensa. Assim, a criança vai entender que os seus atos tem consequências. Não é punição. É só responsabilização. E se não deu certo dessa vez, reveja os passos e recomece. Sempre há uma chance de fazer diferente para melhorar. Pois estamos continuamente “Aprendendo a ser”, no mundo.
  • 12. 11 5º PASSO: CONTEXTUALIZAÇÃO Por último, mas não menos importante, temos que lembrar que o aprendizado não termina quando acaba a aula, seja presencial ou virtual. O aprendizado está em toda a parte e é importante usar o mundo real para manter a curiosidade e a aquisição de habilidades das crianças. É só olhar à sua volta: objetos da casa viram formas geométricas, canudos se transformam em letras, receitas usam medidas e números e letras estão espalhadas tanto em outdoors quanto nas nossas roupas. Isso tudo só para falar de alfabetização e aprendizado formal. Além disso, podemos aprender em diversos contextos do dia-a-dia, seja na família, escola ou comunidade. São inúmeras as habilidades sociais e emocionais que se aprende ao fazer refeições em família, disputar jogos ou brincar de faz-de-conta. E quando ensinamos, aprendemos também. Em um mundo cada vez mais tecnológico, é ainda mais essencial manter o “Aprendendo a aprender”. Por isso, o aprendizado ao longo da vida é um direito de todas as pessoas, em qualquer idade. Não podemos deixar nunca de aprender.
  • 13. 12  In: Educação: Um tesouro a descobrir – Relatório para a Unesco da Comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI. E aí, vamos arregaçar as mangas e começar os trabalhos? Acredite, pode ser mais leve e divertido! Aprender a conhecer: Adquirir instrumentos de compreensão. Aprender a fazer: Para poder agir sobre o meio. Aprender a viver juntos: Cooperação com os outros em todas as atividades humanas. Aprender a ser: Conceito principal que integra todos os anteriores. Pilares da Educação Karina Simone de Souza Vasconcelos. Fisioterapeuta, CREFITO 36963-F. @karinasimone_fisio Karina Vasconcelos