SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Reino FungiSistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO
Agrupamento de Escolas de Arouca
João Almeida, João Bastos e Sérgio Teixeira – 11ºA
Caraterísticas Gerais dos Fungos |
• Os fungos são organismos muito diversificados, que tanto
podem ser microscópicos como macroscópicos.
• Atualmente estima-se que existam mais de 60 000 espécies
distintas, das quais a grande maioria habita o meio terrestre.
• Fungos existem há cerca de 600 milhões de anos.
• Os fungos desempenham um papel preponderante na
manutenção dos ecossistemas pelo facto de realizarem a
decomposição da matéria orgânica.
• Os fungos são seres eucarióticos, ou seja, as suas células
possuem núcleo.
• Existem em formas unicelulares, conhecidas como
leveduras, mais a maior assume formas multicelulares
constituídas por filamentos denominadas, hifas, como se
observa entre os bolores.
Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO
Agrupamento de Escolas de Arouca
Classificação dos Fungos |
• Durante muito tempo, os fungos foram
integrantes do reino Plantae, e
posteriormente reuniram-se no reino
Fungi (ou Fungo).
• Diferenciação dos fungos em relação às
plantas :
• a incapacidade de sintetizar o pigmento
responsável pela fotossíntese, a clorofila;
• não armazenarem amido, componente
comum das células vegetais.
• À semelhança dos animais são capazes de
armazenar glicogénio.
• Muitas variedades de fungos têm parede
celular, como as células vegetais, porém
essa parede celular é composta por
quitina.
Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO
Agrupamento de Escolas de Arouca
Fungos unicelulares e fungos
filamentosos |
• Os fungos unicelulares ou leveduras ocorrem como
células individuais que apresentam apenas um
núcleo.
• A morfologia e a forma de nutrição são critérios
utilizados para distinguir as espécies de leveduras.
• A maioria dos fungos é multicelular: o corpo de um
fungo filamentoso é formado por uma estrutura
chamada micélio. Este é composto por filamentos
individuais em forma de tubo, as hifas, que
correspondem a células com vários núcleos.
• Durante a fase reprodutiva, o micélio de um fungo
filamentoso é subdividido em duas partes distintas:
• O micélio vegetativo assume as funções vitais do organismo, tais
como a nutrição e o crescimento do fungo.
• O micélio reprodutivo é formado por hifas especializadas na
formação de esporos, células reprodutoras.
Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO
Agrupamento de Escolas de Arouca
Nutrição dos Fungos |
• Todos os fungos são heterotróficos, ou
seja, incapazes de produzir seu próprio
alimento.
• Os fungos são heterotróficos por ingestão.
• Nos fungos, a digestão é extra corporal.
• O fungo lança no ambiente enzimas que
degradam as moléculas orgânicas
complexas e, depois, absorve moléculas
menores, mais simples, daí heterotróficos
por absorção.
• Os fungos podem ser decompositores ou
saprófitos, parasitas, simbiontes e
predadores.
Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO
Agrupamento de Escolas de Arouca
Nutrição dos Fungos |
Fungos decompositores ou saprófitos
• Os fungos saprófitos são os principais decompositores da
biosfera, participando intensamente do processo de
degradação da matéria orgânica.
• Promovem a reciclagem dos elementos químicos
constituintes dos seres vivos.
• A maioria deles vive no solo, obtendo nutrientes de seres
mortos, onde parte do micélio cresce por cima da fonte de
alimento, originando as estruturas reprodutoras.
• O restante desenvolve-se no interior do
substrato, provocando a sua decomposição.
• Os fungos decompositores também são responsáveis pelo
apodrecimento de alimentos.
Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO
Agrupamento de Escolas de Arouca
Nutrição dos Fungos |
Fungos parasitas
• Os fungos que vivem à custa de outros organismos
vivos, prejudicando-os, são classificados como
parasitas.
• Várias doenças são causadas por fungos parasitas
(micoses p.e.)
Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO
Agrupamento de Escolas de Arouca
Micose
Nutrição dos Fungos |
Fungos simbiontes
• Existem fungos que se associam a outros organismos,
estabelecendo uma relação em que há benefício
mútuo para os indivíduos envolvidos, simbiose, daí a
designação de fungos simbiontes.
• A maioria vive associada a seres produtores ou
fotossintéticos.
• Há dois tipos de associações simbióticas distintas:
• os micorrizos, associação que envolve fungos e raízes de
plantas;
• os líquenes, formados por associações de cianobactérias
com um entrelaçado de hifas de um fungo.
Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO
Agrupamento de Escolas de Arouca
Líquenes
Micorrizos
Nutrição dos Fungos |
Fungos predadores
• Certos fungos atuam como predadores.
• Na maioria dos casos, as hifas segregam substâncias
aderentes que aprisionam os organismos que tocam
os fungos.
• Dessa maneira, as hifas penetram o corpo da presa,
crescem e se ramificam, espalhando-se no interior do
organismo e absorvendo seus nutrientes, causando-
lhe a morte.
Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO
Agrupamento de Escolas de Arouca
Armadilha de um fungo predador a um
nemátodo de vida livre
Reprodução nos Fungos |
Reprodução Assexuada
Este tipo de reprodução ocorre através de vários
fenómenos mitóticos:
• fragmentação do micélio;
• gemiparidade em fungos unicelulares, como as
leveduras;
• esporulação, o método mais usual em fungos
multicelulares.
Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO
Agrupamento de Escolas de Arouca
Reprodução nos Fungos |
Reprodução Sexuada
• Este tipo de reprodução ocorre em condições
desfavoráveis, apenas quando se pretende aumentar a
variabilidade através da meiose.
• Nos fungos predomina a haplofase, apenas existindo
núcleos diplóides em etapas da reprodução sexuada.
• Os fungos apresentam um ciclo de vida haplonte, com
meiose pós-zigótica.
Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO
Agrupamento de Escolas de Arouca
Importância dos Fungos |
• Os fungos são utilizados em indústrias como a panificação,
cervejeira, farmacêutica e alimentar, entre outras.
• O fabrico da cerveja e do vinho implica a fermentação.
• No fabrico do pão, o CO2 produzido pela fermentação realizada
por Saccharomyces cerevisae, provoca o aumento de volume.
• No fabrico do queijo são usadas diversas espécies do género
Penicillium, o qual também produz o antibiótico penicilina.
• Os fungos que servem diretamente de alimento, os cogumelos,
podem ser cultivados ou selvagens; há venenosos e comestíveis.
Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO
Agrupamento de Escolas de Arouca
Penicillium
Saccharomyces
cerevisiae
Bolor no Pão Amanita Muscaria
(Cogumelo Venenoso)
Agaricus campestris
(Cogumelo Comestível)
“Se quiserdes ser felizes, conservai
afastados da árvore da vossa
felicidade o fungo do orgulho, o
verme da inveja e a lagarta do
medo.”
―Paolo Mantegazza

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Aula fungos 2018
Aula fungos 2018Aula fungos 2018
Aula fungos 2018
 
Reinos dos fungos prof Ivanise Meyer
Reinos dos fungos prof Ivanise MeyerReinos dos fungos prof Ivanise Meyer
Reinos dos fungos prof Ivanise Meyer
 
Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Protozoarios
ProtozoariosProtozoarios
Protozoarios
 
Slide bacterias
Slide bacteriasSlide bacterias
Slide bacterias
 
Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Biologia- Virus
Biologia- VirusBiologia- Virus
Biologia- Virus
 
Reino fungi
Reino fungiReino fungi
Reino fungi
 
Aula tecidos vegetais
Aula tecidos vegetaisAula tecidos vegetais
Aula tecidos vegetais
 
Reino fungi
Reino fungiReino fungi
Reino fungi
 
Aula 7º ano - Reino Fungi
Aula 7º ano - Reino FungiAula 7º ano - Reino Fungi
Aula 7º ano - Reino Fungi
 
Fungos 2º ano
Fungos 2º anoFungos 2º ano
Fungos 2º ano
 
Os vírus
Os vírusOs vírus
Os vírus
 
Apostila Básica de Microbiologia
Apostila Básica de MicrobiologiaApostila Básica de Microbiologia
Apostila Básica de Microbiologia
 
Nematelmintos
NematelmintosNematelmintos
Nematelmintos
 
Reino protista
Reino protistaReino protista
Reino protista
 
Reino Protista
Reino ProtistaReino Protista
Reino Protista
 

Destaque (20)

REINO FUNGI
REINO FUNGIREINO FUNGI
REINO FUNGI
 
Reino fungi
Reino fungiReino fungi
Reino fungi
 
Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
 
reino fungi
reino fungireino fungi
reino fungi
 
Aula reino fungi
Aula reino fungiAula reino fungi
Aula reino fungi
 
Reino fungi
Reino fungiReino fungi
Reino fungi
 
Reino fungi
Reino fungiReino fungi
Reino fungi
 
II.4 Reino Fungi
II.4 Reino FungiII.4 Reino Fungi
II.4 Reino Fungi
 
Reino animal
Reino animalReino animal
Reino animal
 
Reino Protista
Reino ProtistaReino Protista
Reino Protista
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Reino protista
Reino protistaReino protista
Reino protista
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
II.3 Reino Protoctista
II.3 Reino ProtoctistaII.3 Reino Protoctista
II.3 Reino Protoctista
 
Aula 11 fungos
Aula   11 fungosAula   11 fungos
Aula 11 fungos
 
Reino fungi
Reino fungiReino fungi
Reino fungi
 
7º ano cap 8 reino dos fungos
7º ano cap 8  reino dos fungos7º ano cap 8  reino dos fungos
7º ano cap 8 reino dos fungos
 
Reino Protista
Reino ProtistaReino Protista
Reino Protista
 
Fungos - 7º ano - aula 1
Fungos - 7º ano - aula 1Fungos - 7º ano - aula 1
Fungos - 7º ano - aula 1
 
El reino fungi (hongos)
El reino fungi (hongos)El reino fungi (hongos)
El reino fungi (hongos)
 

Semelhante a Reino fungi (20)

REINO FUNGI 1.pdf
REINO FUNGI 1.pdfREINO FUNGI 1.pdf
REINO FUNGI 1.pdf
 
5 fungi
5   fungi5   fungi
5 fungi
 
Reino fungi
Reino fungiReino fungi
Reino fungi
 
Reinofungi
ReinofungiReinofungi
Reinofungi
 
fungos
fungosfungos
fungos
 
Reino fungi
Reino fungiReino fungi
Reino fungi
 
Reino fungi
Reino fungiReino fungi
Reino fungi
 
Biologia fungos
Biologia fungosBiologia fungos
Biologia fungos
 
Reino fungi
Reino fungiReino fungi
Reino fungi
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Protozoarios e fungos
Protozoarios e fungosProtozoarios e fungos
Protozoarios e fungos
 
1239460606 reino dos_fungos
1239460606 reino dos_fungos1239460606 reino dos_fungos
1239460606 reino dos_fungos
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Fungos resumão principais características
Fungos resumão principais característicasFungos resumão principais características
Fungos resumão principais características
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Fungo ( Prof. Gisele A. Barbosa)
Fungo ( Prof. Gisele A. Barbosa)Fungo ( Prof. Gisele A. Barbosa)
Fungo ( Prof. Gisele A. Barbosa)
 
Material 7ª semana
Material 7ª semanaMaterial 7ª semana
Material 7ª semana
 
Generalidades De MicologìA
Generalidades De MicologìAGeneralidades De MicologìA
Generalidades De MicologìA
 
Avaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia IIAvaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia II
 
REINO FUNGI.ppt
REINO FUNGI.pptREINO FUNGI.ppt
REINO FUNGI.ppt
 

Mais de João Bastos

Trabalho teoria do conhecimento
Trabalho teoria do conhecimentoTrabalho teoria do conhecimento
Trabalho teoria do conhecimentoJoão Bastos
 
Trabalho teoria do conhecimento
Trabalho teoria do conhecimentoTrabalho teoria do conhecimento
Trabalho teoria do conhecimentoJoão Bastos
 
Argumentação e retórica trb grupo filosofia
Argumentação e retórica  trb grupo filosofiaArgumentação e retórica  trb grupo filosofia
Argumentação e retórica trb grupo filosofiaJoão Bastos
 
Oral maias: guiao episodio hotel central
Oral maias: guiao episodio hotel centralOral maias: guiao episodio hotel central
Oral maias: guiao episodio hotel centralJoão Bastos
 
Sermão às Hienas
Sermão às HienasSermão às Hienas
Sermão às HienasJoão Bastos
 
20 11 a-joaobastos-englishfinalworkmulticulturalism
20 11 a-joaobastos-englishfinalworkmulticulturalism20 11 a-joaobastos-englishfinalworkmulticulturalism
20 11 a-joaobastos-englishfinalworkmulticulturalismJoão Bastos
 
Bioética e manipulação genética
Bioética e manipulação genéticaBioética e manipulação genética
Bioética e manipulação genéticaJoão Bastos
 
Trabalho Bioetica e Manipulação Genetica. filosofia
Trabalho Bioetica e Manipulação Genetica. filosofiaTrabalho Bioetica e Manipulação Genetica. filosofia
Trabalho Bioetica e Manipulação Genetica. filosofiaJoão Bastos
 

Mais de João Bastos (9)

Trabalho teoria do conhecimento
Trabalho teoria do conhecimentoTrabalho teoria do conhecimento
Trabalho teoria do conhecimento
 
Trabalho teoria do conhecimento
Trabalho teoria do conhecimentoTrabalho teoria do conhecimento
Trabalho teoria do conhecimento
 
Argumentação e retórica trb grupo filosofia
Argumentação e retórica  trb grupo filosofiaArgumentação e retórica  trb grupo filosofia
Argumentação e retórica trb grupo filosofia
 
Aquíferos
AquíferosAquíferos
Aquíferos
 
Oral maias: guiao episodio hotel central
Oral maias: guiao episodio hotel centralOral maias: guiao episodio hotel central
Oral maias: guiao episodio hotel central
 
Sermão às Hienas
Sermão às HienasSermão às Hienas
Sermão às Hienas
 
20 11 a-joaobastos-englishfinalworkmulticulturalism
20 11 a-joaobastos-englishfinalworkmulticulturalism20 11 a-joaobastos-englishfinalworkmulticulturalism
20 11 a-joaobastos-englishfinalworkmulticulturalism
 
Bioética e manipulação genética
Bioética e manipulação genéticaBioética e manipulação genética
Bioética e manipulação genética
 
Trabalho Bioetica e Manipulação Genetica. filosofia
Trabalho Bioetica e Manipulação Genetica. filosofiaTrabalho Bioetica e Manipulação Genetica. filosofia
Trabalho Bioetica e Manipulação Genetica. filosofia
 

Reino fungi

  • 1. Reino FungiSistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO Agrupamento de Escolas de Arouca João Almeida, João Bastos e Sérgio Teixeira – 11ºA
  • 2. Caraterísticas Gerais dos Fungos | • Os fungos são organismos muito diversificados, que tanto podem ser microscópicos como macroscópicos. • Atualmente estima-se que existam mais de 60 000 espécies distintas, das quais a grande maioria habita o meio terrestre. • Fungos existem há cerca de 600 milhões de anos. • Os fungos desempenham um papel preponderante na manutenção dos ecossistemas pelo facto de realizarem a decomposição da matéria orgânica. • Os fungos são seres eucarióticos, ou seja, as suas células possuem núcleo. • Existem em formas unicelulares, conhecidas como leveduras, mais a maior assume formas multicelulares constituídas por filamentos denominadas, hifas, como se observa entre os bolores. Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO Agrupamento de Escolas de Arouca
  • 3. Classificação dos Fungos | • Durante muito tempo, os fungos foram integrantes do reino Plantae, e posteriormente reuniram-se no reino Fungi (ou Fungo). • Diferenciação dos fungos em relação às plantas : • a incapacidade de sintetizar o pigmento responsável pela fotossíntese, a clorofila; • não armazenarem amido, componente comum das células vegetais. • À semelhança dos animais são capazes de armazenar glicogénio. • Muitas variedades de fungos têm parede celular, como as células vegetais, porém essa parede celular é composta por quitina. Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO Agrupamento de Escolas de Arouca
  • 4. Fungos unicelulares e fungos filamentosos | • Os fungos unicelulares ou leveduras ocorrem como células individuais que apresentam apenas um núcleo. • A morfologia e a forma de nutrição são critérios utilizados para distinguir as espécies de leveduras. • A maioria dos fungos é multicelular: o corpo de um fungo filamentoso é formado por uma estrutura chamada micélio. Este é composto por filamentos individuais em forma de tubo, as hifas, que correspondem a células com vários núcleos. • Durante a fase reprodutiva, o micélio de um fungo filamentoso é subdividido em duas partes distintas: • O micélio vegetativo assume as funções vitais do organismo, tais como a nutrição e o crescimento do fungo. • O micélio reprodutivo é formado por hifas especializadas na formação de esporos, células reprodutoras. Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO Agrupamento de Escolas de Arouca
  • 5. Nutrição dos Fungos | • Todos os fungos são heterotróficos, ou seja, incapazes de produzir seu próprio alimento. • Os fungos são heterotróficos por ingestão. • Nos fungos, a digestão é extra corporal. • O fungo lança no ambiente enzimas que degradam as moléculas orgânicas complexas e, depois, absorve moléculas menores, mais simples, daí heterotróficos por absorção. • Os fungos podem ser decompositores ou saprófitos, parasitas, simbiontes e predadores. Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO Agrupamento de Escolas de Arouca
  • 6. Nutrição dos Fungos | Fungos decompositores ou saprófitos • Os fungos saprófitos são os principais decompositores da biosfera, participando intensamente do processo de degradação da matéria orgânica. • Promovem a reciclagem dos elementos químicos constituintes dos seres vivos. • A maioria deles vive no solo, obtendo nutrientes de seres mortos, onde parte do micélio cresce por cima da fonte de alimento, originando as estruturas reprodutoras. • O restante desenvolve-se no interior do substrato, provocando a sua decomposição. • Os fungos decompositores também são responsáveis pelo apodrecimento de alimentos. Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO Agrupamento de Escolas de Arouca
  • 7. Nutrição dos Fungos | Fungos parasitas • Os fungos que vivem à custa de outros organismos vivos, prejudicando-os, são classificados como parasitas. • Várias doenças são causadas por fungos parasitas (micoses p.e.) Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO Agrupamento de Escolas de Arouca Micose
  • 8. Nutrição dos Fungos | Fungos simbiontes • Existem fungos que se associam a outros organismos, estabelecendo uma relação em que há benefício mútuo para os indivíduos envolvidos, simbiose, daí a designação de fungos simbiontes. • A maioria vive associada a seres produtores ou fotossintéticos. • Há dois tipos de associações simbióticas distintas: • os micorrizos, associação que envolve fungos e raízes de plantas; • os líquenes, formados por associações de cianobactérias com um entrelaçado de hifas de um fungo. Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO Agrupamento de Escolas de Arouca Líquenes Micorrizos
  • 9. Nutrição dos Fungos | Fungos predadores • Certos fungos atuam como predadores. • Na maioria dos casos, as hifas segregam substâncias aderentes que aprisionam os organismos que tocam os fungos. • Dessa maneira, as hifas penetram o corpo da presa, crescem e se ramificam, espalhando-se no interior do organismo e absorvendo seus nutrientes, causando- lhe a morte. Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO Agrupamento de Escolas de Arouca Armadilha de um fungo predador a um nemátodo de vida livre
  • 10. Reprodução nos Fungos | Reprodução Assexuada Este tipo de reprodução ocorre através de vários fenómenos mitóticos: • fragmentação do micélio; • gemiparidade em fungos unicelulares, como as leveduras; • esporulação, o método mais usual em fungos multicelulares. Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO Agrupamento de Escolas de Arouca
  • 11. Reprodução nos Fungos | Reprodução Sexuada • Este tipo de reprodução ocorre em condições desfavoráveis, apenas quando se pretende aumentar a variabilidade através da meiose. • Nos fungos predomina a haplofase, apenas existindo núcleos diplóides em etapas da reprodução sexuada. • Os fungos apresentam um ciclo de vida haplonte, com meiose pós-zigótica. Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO Agrupamento de Escolas de Arouca
  • 12. Importância dos Fungos | • Os fungos são utilizados em indústrias como a panificação, cervejeira, farmacêutica e alimentar, entre outras. • O fabrico da cerveja e do vinho implica a fermentação. • No fabrico do pão, o CO2 produzido pela fermentação realizada por Saccharomyces cerevisae, provoca o aumento de volume. • No fabrico do queijo são usadas diversas espécies do género Penicillium, o qual também produz o antibiótico penicilina. • Os fungos que servem diretamente de alimento, os cogumelos, podem ser cultivados ou selvagens; há venenosos e comestíveis. Reino Fungi Sistemática dos Seres Vivos – Biologia 11ºANO Agrupamento de Escolas de Arouca Penicillium Saccharomyces cerevisiae Bolor no Pão Amanita Muscaria (Cogumelo Venenoso) Agaricus campestris (Cogumelo Comestível)
  • 13. “Se quiserdes ser felizes, conservai afastados da árvore da vossa felicidade o fungo do orgulho, o verme da inveja e a lagarta do medo.” ―Paolo Mantegazza