SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 36
Reino Fungi
Reino Fungi O ramo da Biologia que estuda os fungos é a Micologia.  Os fungos são popularmente conhecidos por leveduras,bolores,mofo,trufas e cogumelo-de-chapéu. São organismos pluricelulares ou unicelulares, eucariotas e heterótrofos alimentando-se por absorção de nutrientes do meio. Eles habitam lugares úmidos,quentes e ricos em matéria orgânica.
Reino Fungi ~ Digestao Os Fungos possuem uma parede celular o que impede a fagocitose de nutrientes pelas “células”. O meio de alimentação deles é absorção  de nutrientes do meio. Eles produzem enzimas e as liberam para fora de seus corpos; esses enzimas vão  atuar no meio orgânico onde esses organismos se instalam, degradando moléculas grandes em simples, que são absorvidas por eles.  FUNGOS FAZEM UMA DIGESTÃO EXTRACORPÓREA   isso é,  a quebra do alimento é feita no meio e não no interior deles.
Reino Fungi Estrutura celular FUNGO PLURICELULAR O corpo dos fungos pluricelulares é formado por filamentos delgados chamados hifas cujo conjunto forma o micélio ( o micélio não é um tecido). As hifas podem ser de duas formas: HIFAS CENOCÍTICAS: Vários núcleos dispersos numa mesma massa citoplasmática.  HIFAS SEPTADAS: Possuem septos que dividem a massa citoplasmática.
Reino Fungi Estrutura celular FUNGO PLURICELULAR HIFAS CENOCÍTICAS HIFAS SEPTADAS
Reino Fungi Estrutura celular FUNGO PLURICELULAR O micélio pode ter duas classificação em um fungo pluricelular: MICÉLIO VEGETATIVO: é composto por hifas que retiram do meio o alimento necessário para a sobrevivência do fungo. MICÉLIO REPRODUTOR: é composto por hifas responsáveis pela formação de esporos.
Reino Fungi Estrutura celular FUNGO UNICELULAR No entanto, existem alguns fungos unicelulares como é o caso das leveduras da espécie Saccharomycescerevisiae.
Reino Fungi Características gerais ORGANISMOS HETERÓTROFOS QUE SE ALIMENTAM POR ABSORÇÃO PRESENÇA DE PAREDE CELULAR RIGIDADA FORMADA POR  QUTINA, PRESENTE TAMBÉM NOS ANIMAIS SUBSTÂNCIA DE RESERVA ENERGÉTICA É O  GLICOGÊNIO, PRESENTE TAMBÉM NOS ANIMAIS.
Reino Fungi Matáfita  x Fungi ~ ÃALGUMAS RAZOES PELAS  QUAIS OS FUNGOS  NAOSAO DO REINO METAFITA ~ ~ ´ Por muitos anos, os fungos foram incluídos no Reino Metáfita, das plantas. Mas por alguns motivos ocorreu essa separação:      Os fungos possuem uma parede celular assim como as células vegetais. Porém, a parede celular dos fungos é feita de quitina enquanto as dos vegetais é de celulose.     Todos os vegetais são autotróficos enquanto todos os fungos são heterotróficos.
Reino Fungi Modo de vida dos fungos 1. Fungos decompositores Os fungos decompositores obtêm seus alimentos pela decomposição da matéria orgânica. Eles podem atuar como saprófagos, degradando a matéria orgânica de organismos mortos e alimentando-se dela.
Reino Fungi Modo de vida dos fungos 2. Fungos mutualisticos Certas espécies de fungos estabelecem relações mutualísticas com outros organismos. Nesse tipo de associação ambos saem beneficiados. Alguns fazem mutualismo com raízes de plantas formando as micorrizas.  Outros fazem com as cianobactérias formando os liquens.
Reino Fungi Modo de vida dos fungos 3. Fungos parasitas São fungos que alimentam-se de substâncias retidas do organismo vivo, prejudicando-. Esses fungos podem provocar doenças em plantas e no homem. Nas plantas,por exemplo, causam a necrose (pequenas manchas negras) e a ferrugem nas folhas do cafeeiro e do trigo.
Reino Fungi Modo de vida dos fungos 4. Fungos predores Os fungos predadores capturam pequenos organismos utilizando-os como alimentos. Uma espécie de fungo predador é o Arthrobotrysoligosporusque para capturar sua pressa (nematelmintos em geral). O fungo cria uma espécie de anel  que quando a presa passa por ele, não consegue sair mais o que possibilita o fungo a absorver seus tecidos.
Reino Fungi ~ Reproducao assexuada  ~ BROTAMENTO BROTOS Brotos são formados nos fungos e podem se manter unidos a eles. Quando há a separação forma-se um novo indivíduo. Ocorre por exemplo noSaccharomycescerevisiae. Nesse tipo de reprodução não há variabilidade genética.
Reino Fungi ~ Reproducao assexuada  ~ ~ FRAGMENTACAO ~ Uma hifa se parte do conjunto e forma assim uma nova hifa, que posteriormente forma um novo fungo.
Reino Fungi Haplóide (n) Dicariótico (n + n) Diplóide (2n) Ciclo genérico   Estágio dicariótico(n + n) Estruturaformadora de esporos (n) Plasmogamia(fusão do citoplasma) Cariogamia(fusão dos núcleos) ReproduçãoAssexuada Esporos(n) ReproduçãoSexuada Micélio(n) Estágio diplóide(2n) Esporos (n) Germinação Meiose Estruturaformadora deesporos (n)
Reino Fungi Ciclo genérico
Reino Fungi Ciclo genérico   Os ciclos mostrados referem-se ao ciclo de vida generalizados dos fungos. Esse ciclo pode apresentar duas fases: ASSEXUADA: caractriza pela formação de esporos por mitose. Essa fase pode ocorrer por muito tempo porem caso o fungo necessite de uma adaptação ocorre a fase SEXUADA: nessa fase a diferenciação das estruturas que formam os gametas. Logo após ocorrem dois processos: plasmogamia (fusão das hifas de dois fungos) formando a hifa dicariótica ( com os núcleos dos dois fungos) e dicariogamia (fusão dos núcleos.) formando um núcleo diplóide (2n) que por meiose divide em quatro núcleos haplóides (n) que posteriormente formam os esporos.
Reino Fungi Ciclo genérico   Após a formação dos quatro esporos, as hifas os liberam e os lança no meio e com a ajuda do vento carrega afim de cair no solo que contém água e matéria orgânica, o que possibilita a germinação destes.  Ou seja, para que isso aconteça, o fungo tem que liberar muitos esporos pois muito não caem em solos favoráveis para a germinação.
Reino Fungi Ascocarpo Basidiocarpo Ascósporo Basidiósporo Zigósporo Corpo de frutificação Perda do flagelo Reprodução por esporos Hifas Absorção de nutrientes do meio Parede celular com quitina ~ Classificacao dos fungos ~ Ascomycota Basidiomycota Zygomycota Chytridiomycota
Reino Fungi Chytridiomycota ou Quitridiomicetos As espécies pertencentes a esse grupo são de vida aquática e apresentam flagelos herdados do ancestral comum (do reino protista).  Os fungos com flagelos são chamados mastigomicetos. A maioria dos representantes possuem hifas cenocíticas porém algumas espécies são unicelulares.   O modo de vida pode dos representantes pode ser parasita ou decompositores.
Reino Fungi Zigomicetos As espécies pertencentes a esse grupo são de vida terrestre e atuam como decompositores. As espécies em geral possuem hifas cenocíticas. Algumas também formam micorrizas e outras são unicelulares.  A espécie mais comum é o bolor do pão (Rhizopusstolonifer). UTILIDADES: algumas espécies são utilizados na elavoração de produtos comerciais como molho de soja,ácidos orgânicos e esteróides para pílulas anticoncepcionais.
Reino Fungi Hifas (+) Hifas (-) Esporângio Esporângio Reprodução sexuadapor fusão degametângios (+) e (-) Aplanósporos (n) Aplanósporos (n) Reprodução assexuada Reprodução assexuada Gametângios (+) e (-) Zigósporo (2n) Meiose Hifas especiais comfunção de absorção de alimento Germinação Zigomicetos Esporos (n) Pão
Reino Fungi Ascomicetos As espécies pertencentes a esse grupo possuem hifas septadas mas a espécies unicelulares.  As leveduras como por exemplo, Saccharomycescerevisiaee o Clavicepspurpurea são representantes deste grupo. Muitos representantes deste grupo formam micorrizas.   UTILIDADES: as leveduras do grupo podem ser usadas na produção de pão e na fabricação de cerveja
Reino Fungi Ascodicariótico Núcleo 2n(zigoto) Ascocarpo Asco comascósporos 4 núcleoshaplóides Hifadicariótica Hifasreprodutorasdicarióticas(n + n) Esporo (-)germinando Hifas estéreis (n),mononucleadas 8 ascósporos (n) Esporo (+)germinando Ascomicetos Cariogamia Meiose Mitose Ascósporos (n) Germinação Hifa + e Hifa -
Reino Fungi Ascomicetos ~ na alimetacao humana ~ Alguns ascocarpos são apreciados na alimentação humana. É o caso das trufas (Tuber). Esse fungo forma micorrizas com o carvalho e a faia. É muito comum na Europa.
Reino Fungi Basidiomicetos Cerca de metade das espécies do grupo formam micorrizas, mas boa parte possui hifas septadas. Os basidiomicetos mais conhecidos são os cogumelos do generoAgaricus, apreciado na alimentação o homem; a orelha-de-pau e os fungos que produzem alucinógenos como Psilocybe além dos venenosos como Amanita muscaria.  Orelha-de-pau Psilocybe
Reino Fungi Hifa (+) (n) (n) (n) (n) (n) Hifa (-) (2n) (n) (n) (n) (n) Basidiomicetos Germinação 4 basiodiósporoshaplóides Plasmogamia(fusão das hifas) Basídio comnúcleo zigótico Meiose Basidiocarpo Basídio jovemcom 2 núcleos Cariogamia (fusão dos núcleos) Hifas dicarióticas
Reino Fungi Basidiomicetos ~ na alimetacao humana ~ Muitos badiomicetos são utilizados na alimentação humana. A parte consumidora é o basidiocarpo. Entre eles tem: a) Champinhom (Agaricus)       b) Shiitake (Lentinulaedodes)
Reino Fungi Utilidades Algumas espécies de fungos são utilizados em nossa alimentação como o champignon.  Existem também espécies de fungos venenos para os seres humanos, podendo causar a morte. Quando ingeridos pelo ser humano esses fungos produzem efeitos alucinógenos semelhantes ao LSD. Amanita phalloides Amanita muscaria Psilocybe Agaricusbrunnescens Agaricuscampestris COMESTÍVEIS      VENENOSOS
Reino Fungi Utilidades Penicilliumcamembertii Camembert Penicillium roquefort Roquefort Penicilliumchysogenum Penicilina Muitos fungos são aeróbios e realizam respiração celular. Mas, na ausência de O2 alguns fazem fermentação, sendo anaeróbios facultativos. Entre esses que fazem fermentações alguns são utilizados na produção de bebidas alcoólicas e na preparação do pão.  Alguns fungos são utilizados na industria de laticínios empregados na fabricação de queijos camembert e roquefort. Outros sintetizam a penicilina, atuando como antibióticos no combate a bactérias
Reino Fungi Utilidades Saúde humana Nos seres humanos alguns fungos podem causar micoses. A espécie de fungo Candidaalbicansprovoca no ser humano o “sapinho” na boca e a candidiases vaginais. O fungo da espécie Histoplasmacapsulatum pode causar a histoplasma, doença grave caracterizada pela infecção pulmonar.  Micose Sapinho
Reino Fungi Liquens  Os liquens são associações simbióticas geralmente mutualísticas entre fungo e uma alga.  O fungo pode ser do grupo ascomicetos e a alga do grupo cianobactérias.  Nos liquens a alga que é autótrofa realiza a fotossíntese e fornece matéria orgânica para ele e para o fungo. Muitas espécies de liquens são sensíveis a poluição ambiental. Desta forma sua presença sugere baixos índices de poluição.
Reino Fungi Resumo HETERÓTROFOS; RESERVA ENERGÉTICA: GLICOGÊNIO; PAREDE CELULAR DE QUITINA; UNICELULARES (Saccharomycescerevisiae) PLURICELULARES  POSSUEM HIFAS QUE O CONJUNTO FORMA O MICÉLIO; PODEM SER DECOMPOSITORES/SAPRÓFAGOS, PARASITAS, MUTUALÍSTICOS, PREDADORES; MUITO UTILIZADOS NA ALIMENTAÇÃO UTILIZADOS NA FABRICAÇÃO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS,PÃO E QUEIJO.
Reino Fungi Resumo REPRODUÇÃO ASSEXUADA: BROTAMENTO OU FRAGMENTAÇÃO REPRODUÇÃO SEXUADA: FORMAÇÃO DE ESPOROS GRUPOS: Chytridiomycota,Ascomytoca,Basidiomicota, Ascomicota.
Feito por: WGG Referencia principal: Livro Sonia Lopes- volume 2 edicao 2006 Reino Fungi

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Virus e viroses
Virus e virosesVirus e viroses
Virus e viroses
 
Doenças causadas por protozoários
Doenças causadas por protozoáriosDoenças causadas por protozoários
Doenças causadas por protozoários
 
Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
 
REINO FUNGI
REINO FUNGIREINO FUNGI
REINO FUNGI
 
Reino Monera
Reino MoneraReino Monera
Reino Monera
 
Bactérias
BactériasBactérias
Bactérias
 
Vírus
VírusVírus
Vírus
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
7º ano cap 5 vírus
7º ano cap 5   vírus7º ano cap 5   vírus
7º ano cap 5 vírus
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Fungos e doenças relacionadas
Fungos e doenças relacionadas Fungos e doenças relacionadas
Fungos e doenças relacionadas
 
Aula Microbiologia Bactérias
Aula Microbiologia BactériasAula Microbiologia Bactérias
Aula Microbiologia Bactérias
 
Aula de Fotossíntese (Power Point)
Aula de Fotossíntese (Power Point)Aula de Fotossíntese (Power Point)
Aula de Fotossíntese (Power Point)
 
Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Introdução à microbiologia
Introdução à microbiologiaIntrodução à microbiologia
Introdução à microbiologia
 
Reino Plantas
Reino PlantasReino Plantas
Reino Plantas
 
Protozoários e protozooses
Protozoários e protozoosesProtozoários e protozooses
Protozoários e protozooses
 
Slide bacterias
Slide bacteriasSlide bacterias
Slide bacterias
 
Protozooses
ProtozoosesProtozooses
Protozooses
 

Destaque (20)

Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Sistema imunológico
Sistema imunológicoSistema imunológico
Sistema imunológico
 
Introdução à imunologia
Introdução à imunologiaIntrodução à imunologia
Introdução à imunologia
 
Antibióticos e Quimioterápicos
Antibióticos e QuimioterápicosAntibióticos e Quimioterápicos
Antibióticos e Quimioterápicos
 
Grupo - 3
Grupo - 3 Grupo - 3
Grupo - 3
 
Reino fungi
Reino fungiReino fungi
Reino fungi
 
II.4 Reino Fungi
II.4 Reino FungiII.4 Reino Fungi
II.4 Reino Fungi
 
Fungos e algas
Fungos e algasFungos e algas
Fungos e algas
 
Reino fungi
Reino fungiReino fungi
Reino fungi
 
PLANO DE AULA - GRUPO 3
PLANO DE AULA - GRUPO 3PLANO DE AULA - GRUPO 3
PLANO DE AULA - GRUPO 3
 
Os 5 desafios das equipes - Grupo 3 - Apresentação
Os 5 desafios das equipes - Grupo 3 - ApresentaçãoOs 5 desafios das equipes - Grupo 3 - Apresentação
Os 5 desafios das equipes - Grupo 3 - Apresentação
 
Fungos noturno 3 D
Fungos  noturno 3 D Fungos  noturno 3 D
Fungos noturno 3 D
 
Grandes civilizações grupo 3
Grandes civilizações grupo 3Grandes civilizações grupo 3
Grandes civilizações grupo 3
 
A ecologia grupo 3
A ecologia grupo 3A ecologia grupo 3
A ecologia grupo 3
 
Algas
AlgasAlgas
Algas
 
Fungos nas Plantas - Oídio e Míldio
Fungos nas Plantas - Oídio e MíldioFungos nas Plantas - Oídio e Míldio
Fungos nas Plantas - Oídio e Míldio
 

Semelhante a Fungos

Avaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia IIAvaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia IIIsabella Silva
 
Aula 7º ano - Os Fungos.pptx
Aula 7º ano - Os Fungos.pptxAula 7º ano - Os Fungos.pptx
Aula 7º ano - Os Fungos.pptxRodrigoLucas51
 
Ppoint.Fungos.2009 C Nat.#
Ppoint.Fungos.2009 C Nat.#Ppoint.Fungos.2009 C Nat.#
Ppoint.Fungos.2009 C Nat.#Albano Novaes
 
Avaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia IIAvaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia IIIsabella Silva
 
Avaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia IIAvaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia IIIsabella Silva
 
Aula 7º ano - Reino Fungi
Aula 7º ano - Reino FungiAula 7º ano - Reino Fungi
Aula 7º ano - Reino FungiLeonardo Kaplan
 
Avaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia IIAvaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia IIIsabella Silva
 
Frente 3 Aula 6 Reino fungi.pptx
Frente 3 Aula 6 Reino fungi.pptxFrente 3 Aula 6 Reino fungi.pptx
Frente 3 Aula 6 Reino fungi.pptxAlissonPedrosa3
 
Fungi, Monera e Protista
Fungi, Monera e ProtistaFungi, Monera e Protista
Fungi, Monera e ProtistaJosé Emílio
 
Avaliação parcial de biologia ii
Avaliação parcial de biologia iiAvaliação parcial de biologia ii
Avaliação parcial de biologia iiIsabella Silva
 
Avaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia IIAvaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia IIIsabella Silva
 

Semelhante a Fungos (20)

Avaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia IIAvaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia II
 
Reino fungi
Reino fungiReino fungi
Reino fungi
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Biologia
BiologiaBiologia
Biologia
 
Aula 7º ano - Os Fungos.pptx
Aula 7º ano - Os Fungos.pptxAula 7º ano - Os Fungos.pptx
Aula 7º ano - Os Fungos.pptx
 
Ppoint.Fungos.2009 C Nat.#
Ppoint.Fungos.2009 C Nat.#Ppoint.Fungos.2009 C Nat.#
Ppoint.Fungos.2009 C Nat.#
 
5 fungi
5   fungi5   fungi
5 fungi
 
Reino dos fungos
Reino dos fungosReino dos fungos
Reino dos fungos
 
Avaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia IIAvaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia II
 
Avaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia IIAvaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia II
 
Aula 7º ano - Reino Fungi
Aula 7º ano - Reino FungiAula 7º ano - Reino Fungi
Aula 7º ano - Reino Fungi
 
Fungos -2.ppt
Fungos -2.pptFungos -2.ppt
Fungos -2.ppt
 
Generalidades De MicologìA
Generalidades De MicologìAGeneralidades De MicologìA
Generalidades De MicologìA
 
Avaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia IIAvaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia II
 
Frente 3 Aula 6 Reino fungi.pptx
Frente 3 Aula 6 Reino fungi.pptxFrente 3 Aula 6 Reino fungi.pptx
Frente 3 Aula 6 Reino fungi.pptx
 
Aula reino fungi
Aula reino fungiAula reino fungi
Aula reino fungi
 
Fungi, Monera e Protista
Fungi, Monera e ProtistaFungi, Monera e Protista
Fungi, Monera e Protista
 
Avaliação parcial de biologia ii
Avaliação parcial de biologia iiAvaliação parcial de biologia ii
Avaliação parcial de biologia ii
 
Avaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia IIAvaliação parcial de Biologia II
Avaliação parcial de Biologia II
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 

Mais de Slides de Tudo

Mais de Slides de Tudo (8)

Matematica
MatematicaMatematica
Matematica
 
Evolução e sistemática
Evolução e sistemática Evolução e sistemática
Evolução e sistemática
 
Arcadismo
Arcadismo Arcadismo
Arcadismo
 
Quimica reações quimicas
Quimica  reações quimicasQuimica  reações quimicas
Quimica reações quimicas
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
 
Independencia dos Estados Unidos
Independencia dos Estados UnidosIndependencia dos Estados Unidos
Independencia dos Estados Unidos
 
Hidrostática - Física
Hidrostática - FísicaHidrostática - Física
Hidrostática - Física
 
Historia revoluçoes nativistas
Historia revoluçoes nativistasHistoria revoluçoes nativistas
Historia revoluçoes nativistas
 

Último

Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinhaMary Alvarenga
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesMary Alvarenga
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 

Último (20)

Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinha
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 

Fungos

  • 2. Reino Fungi O ramo da Biologia que estuda os fungos é a Micologia. Os fungos são popularmente conhecidos por leveduras,bolores,mofo,trufas e cogumelo-de-chapéu. São organismos pluricelulares ou unicelulares, eucariotas e heterótrofos alimentando-se por absorção de nutrientes do meio. Eles habitam lugares úmidos,quentes e ricos em matéria orgânica.
  • 3. Reino Fungi ~ Digestao Os Fungos possuem uma parede celular o que impede a fagocitose de nutrientes pelas “células”. O meio de alimentação deles é absorção de nutrientes do meio. Eles produzem enzimas e as liberam para fora de seus corpos; esses enzimas vão atuar no meio orgânico onde esses organismos se instalam, degradando moléculas grandes em simples, que são absorvidas por eles. FUNGOS FAZEM UMA DIGESTÃO EXTRACORPÓREA isso é, a quebra do alimento é feita no meio e não no interior deles.
  • 4. Reino Fungi Estrutura celular FUNGO PLURICELULAR O corpo dos fungos pluricelulares é formado por filamentos delgados chamados hifas cujo conjunto forma o micélio ( o micélio não é um tecido). As hifas podem ser de duas formas: HIFAS CENOCÍTICAS: Vários núcleos dispersos numa mesma massa citoplasmática. HIFAS SEPTADAS: Possuem septos que dividem a massa citoplasmática.
  • 5. Reino Fungi Estrutura celular FUNGO PLURICELULAR HIFAS CENOCÍTICAS HIFAS SEPTADAS
  • 6. Reino Fungi Estrutura celular FUNGO PLURICELULAR O micélio pode ter duas classificação em um fungo pluricelular: MICÉLIO VEGETATIVO: é composto por hifas que retiram do meio o alimento necessário para a sobrevivência do fungo. MICÉLIO REPRODUTOR: é composto por hifas responsáveis pela formação de esporos.
  • 7. Reino Fungi Estrutura celular FUNGO UNICELULAR No entanto, existem alguns fungos unicelulares como é o caso das leveduras da espécie Saccharomycescerevisiae.
  • 8. Reino Fungi Características gerais ORGANISMOS HETERÓTROFOS QUE SE ALIMENTAM POR ABSORÇÃO PRESENÇA DE PAREDE CELULAR RIGIDADA FORMADA POR QUTINA, PRESENTE TAMBÉM NOS ANIMAIS SUBSTÂNCIA DE RESERVA ENERGÉTICA É O GLICOGÊNIO, PRESENTE TAMBÉM NOS ANIMAIS.
  • 9. Reino Fungi Matáfita x Fungi ~ ÃALGUMAS RAZOES PELAS QUAIS OS FUNGOS NAOSAO DO REINO METAFITA ~ ~ ´ Por muitos anos, os fungos foram incluídos no Reino Metáfita, das plantas. Mas por alguns motivos ocorreu essa separação: Os fungos possuem uma parede celular assim como as células vegetais. Porém, a parede celular dos fungos é feita de quitina enquanto as dos vegetais é de celulose. Todos os vegetais são autotróficos enquanto todos os fungos são heterotróficos.
  • 10. Reino Fungi Modo de vida dos fungos 1. Fungos decompositores Os fungos decompositores obtêm seus alimentos pela decomposição da matéria orgânica. Eles podem atuar como saprófagos, degradando a matéria orgânica de organismos mortos e alimentando-se dela.
  • 11. Reino Fungi Modo de vida dos fungos 2. Fungos mutualisticos Certas espécies de fungos estabelecem relações mutualísticas com outros organismos. Nesse tipo de associação ambos saem beneficiados. Alguns fazem mutualismo com raízes de plantas formando as micorrizas. Outros fazem com as cianobactérias formando os liquens.
  • 12. Reino Fungi Modo de vida dos fungos 3. Fungos parasitas São fungos que alimentam-se de substâncias retidas do organismo vivo, prejudicando-. Esses fungos podem provocar doenças em plantas e no homem. Nas plantas,por exemplo, causam a necrose (pequenas manchas negras) e a ferrugem nas folhas do cafeeiro e do trigo.
  • 13. Reino Fungi Modo de vida dos fungos 4. Fungos predores Os fungos predadores capturam pequenos organismos utilizando-os como alimentos. Uma espécie de fungo predador é o Arthrobotrysoligosporusque para capturar sua pressa (nematelmintos em geral). O fungo cria uma espécie de anel que quando a presa passa por ele, não consegue sair mais o que possibilita o fungo a absorver seus tecidos.
  • 14. Reino Fungi ~ Reproducao assexuada ~ BROTAMENTO BROTOS Brotos são formados nos fungos e podem se manter unidos a eles. Quando há a separação forma-se um novo indivíduo. Ocorre por exemplo noSaccharomycescerevisiae. Nesse tipo de reprodução não há variabilidade genética.
  • 15. Reino Fungi ~ Reproducao assexuada ~ ~ FRAGMENTACAO ~ Uma hifa se parte do conjunto e forma assim uma nova hifa, que posteriormente forma um novo fungo.
  • 16. Reino Fungi Haplóide (n) Dicariótico (n + n) Diplóide (2n) Ciclo genérico Estágio dicariótico(n + n) Estruturaformadora de esporos (n) Plasmogamia(fusão do citoplasma) Cariogamia(fusão dos núcleos) ReproduçãoAssexuada Esporos(n) ReproduçãoSexuada Micélio(n) Estágio diplóide(2n) Esporos (n) Germinação Meiose Estruturaformadora deesporos (n)
  • 17. Reino Fungi Ciclo genérico
  • 18. Reino Fungi Ciclo genérico Os ciclos mostrados referem-se ao ciclo de vida generalizados dos fungos. Esse ciclo pode apresentar duas fases: ASSEXUADA: caractriza pela formação de esporos por mitose. Essa fase pode ocorrer por muito tempo porem caso o fungo necessite de uma adaptação ocorre a fase SEXUADA: nessa fase a diferenciação das estruturas que formam os gametas. Logo após ocorrem dois processos: plasmogamia (fusão das hifas de dois fungos) formando a hifa dicariótica ( com os núcleos dos dois fungos) e dicariogamia (fusão dos núcleos.) formando um núcleo diplóide (2n) que por meiose divide em quatro núcleos haplóides (n) que posteriormente formam os esporos.
  • 19. Reino Fungi Ciclo genérico Após a formação dos quatro esporos, as hifas os liberam e os lança no meio e com a ajuda do vento carrega afim de cair no solo que contém água e matéria orgânica, o que possibilita a germinação destes. Ou seja, para que isso aconteça, o fungo tem que liberar muitos esporos pois muito não caem em solos favoráveis para a germinação.
  • 20. Reino Fungi Ascocarpo Basidiocarpo Ascósporo Basidiósporo Zigósporo Corpo de frutificação Perda do flagelo Reprodução por esporos Hifas Absorção de nutrientes do meio Parede celular com quitina ~ Classificacao dos fungos ~ Ascomycota Basidiomycota Zygomycota Chytridiomycota
  • 21. Reino Fungi Chytridiomycota ou Quitridiomicetos As espécies pertencentes a esse grupo são de vida aquática e apresentam flagelos herdados do ancestral comum (do reino protista). Os fungos com flagelos são chamados mastigomicetos. A maioria dos representantes possuem hifas cenocíticas porém algumas espécies são unicelulares. O modo de vida pode dos representantes pode ser parasita ou decompositores.
  • 22. Reino Fungi Zigomicetos As espécies pertencentes a esse grupo são de vida terrestre e atuam como decompositores. As espécies em geral possuem hifas cenocíticas. Algumas também formam micorrizas e outras são unicelulares. A espécie mais comum é o bolor do pão (Rhizopusstolonifer). UTILIDADES: algumas espécies são utilizados na elavoração de produtos comerciais como molho de soja,ácidos orgânicos e esteróides para pílulas anticoncepcionais.
  • 23. Reino Fungi Hifas (+) Hifas (-) Esporângio Esporângio Reprodução sexuadapor fusão degametângios (+) e (-) Aplanósporos (n) Aplanósporos (n) Reprodução assexuada Reprodução assexuada Gametângios (+) e (-) Zigósporo (2n) Meiose Hifas especiais comfunção de absorção de alimento Germinação Zigomicetos Esporos (n) Pão
  • 24. Reino Fungi Ascomicetos As espécies pertencentes a esse grupo possuem hifas septadas mas a espécies unicelulares. As leveduras como por exemplo, Saccharomycescerevisiaee o Clavicepspurpurea são representantes deste grupo. Muitos representantes deste grupo formam micorrizas. UTILIDADES: as leveduras do grupo podem ser usadas na produção de pão e na fabricação de cerveja
  • 25. Reino Fungi Ascodicariótico Núcleo 2n(zigoto) Ascocarpo Asco comascósporos 4 núcleoshaplóides Hifadicariótica Hifasreprodutorasdicarióticas(n + n) Esporo (-)germinando Hifas estéreis (n),mononucleadas 8 ascósporos (n) Esporo (+)germinando Ascomicetos Cariogamia Meiose Mitose Ascósporos (n) Germinação Hifa + e Hifa -
  • 26. Reino Fungi Ascomicetos ~ na alimetacao humana ~ Alguns ascocarpos são apreciados na alimentação humana. É o caso das trufas (Tuber). Esse fungo forma micorrizas com o carvalho e a faia. É muito comum na Europa.
  • 27. Reino Fungi Basidiomicetos Cerca de metade das espécies do grupo formam micorrizas, mas boa parte possui hifas septadas. Os basidiomicetos mais conhecidos são os cogumelos do generoAgaricus, apreciado na alimentação o homem; a orelha-de-pau e os fungos que produzem alucinógenos como Psilocybe além dos venenosos como Amanita muscaria. Orelha-de-pau Psilocybe
  • 28. Reino Fungi Hifa (+) (n) (n) (n) (n) (n) Hifa (-) (2n) (n) (n) (n) (n) Basidiomicetos Germinação 4 basiodiósporoshaplóides Plasmogamia(fusão das hifas) Basídio comnúcleo zigótico Meiose Basidiocarpo Basídio jovemcom 2 núcleos Cariogamia (fusão dos núcleos) Hifas dicarióticas
  • 29. Reino Fungi Basidiomicetos ~ na alimetacao humana ~ Muitos badiomicetos são utilizados na alimentação humana. A parte consumidora é o basidiocarpo. Entre eles tem: a) Champinhom (Agaricus) b) Shiitake (Lentinulaedodes)
  • 30. Reino Fungi Utilidades Algumas espécies de fungos são utilizados em nossa alimentação como o champignon. Existem também espécies de fungos venenos para os seres humanos, podendo causar a morte. Quando ingeridos pelo ser humano esses fungos produzem efeitos alucinógenos semelhantes ao LSD. Amanita phalloides Amanita muscaria Psilocybe Agaricusbrunnescens Agaricuscampestris COMESTÍVEIS VENENOSOS
  • 31. Reino Fungi Utilidades Penicilliumcamembertii Camembert Penicillium roquefort Roquefort Penicilliumchysogenum Penicilina Muitos fungos são aeróbios e realizam respiração celular. Mas, na ausência de O2 alguns fazem fermentação, sendo anaeróbios facultativos. Entre esses que fazem fermentações alguns são utilizados na produção de bebidas alcoólicas e na preparação do pão. Alguns fungos são utilizados na industria de laticínios empregados na fabricação de queijos camembert e roquefort. Outros sintetizam a penicilina, atuando como antibióticos no combate a bactérias
  • 32. Reino Fungi Utilidades Saúde humana Nos seres humanos alguns fungos podem causar micoses. A espécie de fungo Candidaalbicansprovoca no ser humano o “sapinho” na boca e a candidiases vaginais. O fungo da espécie Histoplasmacapsulatum pode causar a histoplasma, doença grave caracterizada pela infecção pulmonar. Micose Sapinho
  • 33. Reino Fungi Liquens Os liquens são associações simbióticas geralmente mutualísticas entre fungo e uma alga. O fungo pode ser do grupo ascomicetos e a alga do grupo cianobactérias. Nos liquens a alga que é autótrofa realiza a fotossíntese e fornece matéria orgânica para ele e para o fungo. Muitas espécies de liquens são sensíveis a poluição ambiental. Desta forma sua presença sugere baixos índices de poluição.
  • 34. Reino Fungi Resumo HETERÓTROFOS; RESERVA ENERGÉTICA: GLICOGÊNIO; PAREDE CELULAR DE QUITINA; UNICELULARES (Saccharomycescerevisiae) PLURICELULARES  POSSUEM HIFAS QUE O CONJUNTO FORMA O MICÉLIO; PODEM SER DECOMPOSITORES/SAPRÓFAGOS, PARASITAS, MUTUALÍSTICOS, PREDADORES; MUITO UTILIZADOS NA ALIMENTAÇÃO UTILIZADOS NA FABRICAÇÃO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS,PÃO E QUEIJO.
  • 35. Reino Fungi Resumo REPRODUÇÃO ASSEXUADA: BROTAMENTO OU FRAGMENTAÇÃO REPRODUÇÃO SEXUADA: FORMAÇÃO DE ESPOROS GRUPOS: Chytridiomycota,Ascomytoca,Basidiomicota, Ascomicota.
  • 36. Feito por: WGG Referencia principal: Livro Sonia Lopes- volume 2 edicao 2006 Reino Fungi