SEMINÁRIO  O FUTURO DOS PRECATÓRIOS TCE/RS   Clayton Paim Moreira – Auditor Público Externo
ORIGEM DO PASSIVO DE PRECATÓRIOS Valores contabilizados em Restos a Pagar  (valores atualizados para 31-12-2010 pelo IGP-D...
ORIGEM DO PASSIVO DE PRECATÓRIOS Fonte: Parecer Prévio/TCE: Execução da Despesa por elementos
ORIGEM DO PASSIVO DE PRECATÓRIOS O pagamento da Dívida, que não superava 6% da RLR em 1997, chegou a atingir o percentual ...
ORIGEM DO PASSIVO DE PRECATÓRIOS Além do acúmulo de passivo no Caixa Único (R$ 4,636 bilhões em 2010) e Precatórios, ocorr...
ESTOQUE DE PRECATÓRIOS EM 2010 <ul><li>Em 2009, os valores pagos de Precatórios e RPVs foi, respectivamente de R$ 65,2 mil...
DISPONIBILIDADES POR CONTA DA EMENDA CONSTITUCIONAL 62/2009 Será suficiente? Alíquota mínima de 1,5% para “saldar” precató...
<ul><li>Opção pela “ordem única e crescente de valor” (Decr. 47.470/10) não afasta a possibilidade de pagamento por “Leilã...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Futuro dos Precatórios RS

748 visualizações

Publicada em

O Auditor Público do Tribunal de Contas do Estado, Clayton Paim Moreira, projeta o futuro dos precatórios a partir das novas regras.

Publicada em: Tecnologia, Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
748
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Futuro dos Precatórios RS

  1. 1. SEMINÁRIO O FUTURO DOS PRECATÓRIOS TCE/RS Clayton Paim Moreira – Auditor Público Externo
  2. 2. ORIGEM DO PASSIVO DE PRECATÓRIOS Valores contabilizados em Restos a Pagar (valores atualizados para 31-12-2010 pelo IGP-DI MÉDIO)
  3. 3. ORIGEM DO PASSIVO DE PRECATÓRIOS Fonte: Parecer Prévio/TCE: Execução da Despesa por elementos
  4. 4. ORIGEM DO PASSIVO DE PRECATÓRIOS O pagamento da Dívida, que não superava 6% da RLR em 1997, chegou a atingir o percentual máximo de 19,6%, em 2002.
  5. 5. ORIGEM DO PASSIVO DE PRECATÓRIOS Além do acúmulo de passivo no Caixa Único (R$ 4,636 bilhões em 2010) e Precatórios, ocorreu a redução de despesas com investimentos e dos gastos com educação e saúde. Valores atualizados
  6. 6. ESTOQUE DE PRECATÓRIOS EM 2010 <ul><li>Em 2009, os valores pagos de Precatórios e RPVs foi, respectivamente de R$ 65,2 milhões e R$ 167,4 milhões. </li></ul><ul><li>A partir do ano de 2010 passou a constar no Sistema Compensado o </li></ul><ul><li>valor integral da atualização monetária dos Precatórios. Também neste ano o Estado passou a registrar os Precatórios apresentados até 1º de julho, que foram de R$ 428 milhões. </li></ul>28.061 títulos
  7. 7. DISPONIBILIDADES POR CONTA DA EMENDA CONSTITUCIONAL 62/2009 Será suficiente? Alíquota mínima de 1,5% para “saldar” precatórios em 15 anos?
  8. 8. <ul><li>Opção pela “ordem única e crescente de valor” (Decr. 47.470/10) não afasta a possibilidade de pagamento por “Leilão” e “Câmara de Conciliação”. (Parecer Prévio TCE/RS 2009: “redução média de 40%” nas Centrais de Negociação.) </li></ul>O futuro dos Precatórios: o Dever Constitucional: A retomada no pagamento de Precatórios deverá ocasionar uma menor adesão dos credores por RPVs. Efeitos de eventual redução no valor de 40 salários mínimos dos RPVs na elevação do passivo de precatórios. Compensações (Impostos, Dívida Ativa)

×