Ginástica de solo conteúdos

12.015 visualizações

Publicada em

Conteúdos da Ginástica de Solo

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.015
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
179
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ginástica de solo conteúdos

  1. 1. Ginástica de Solo ConteúdosRolamento à FrenteEquilibrar e sustentar o corpo, durante a fase inicial domovimento, através dos membros superiores; no solo;Efectuar o movimento mantendo os joelhos junto aopeito, com os membros inferiores flectidos e unidos;Apoiar os calcanhares junto aos nadegueiros;Elevar-se com ou sem a ajuda das mãos.Rolamento à Frente com Membros Inferiores AfastadosForte impulsão de membros inferiores.Apoio das mãos longe dos apoios dos pés.Membros inferiores estendidos, afastam-se só no final doenrolamento.Boa flexão de tronco à frente para permitir a repulsão demembros superiores efectuada “por dentro” dos membrosinferiores afastados.Rolamento à Frente com Membros Inferiores Juntos
  2. 2. Mãos no solo à largura dos ombros e viradas para afrente.Forte impulsão de membros inferiores.Apoio das mãos longe dos apoios dos pés.Membros inferiores estendidos e sempre unidos e os pésem flexão plantar (“pontas” ou “bicos”).Rolamento à Frente Saltado Impulsão a pés juntos, seguido da projecção docorpopara a frente; Lançamento dos membros superiores; Saída dos pés do solo com elevação da bacia; Apoio das mãos à largura dos ombros o mais longepossível, com flexão dos cotovelos; Apoio da nuca no solo, seguido do rolamento progressivosobre a coluna, mantendo o corpo engrupado; Contacto da bacia com o solo e colocação dos pés junto àbacia; Projecção dos membros superiores para a frente emelevação anterior, terminando na posição de sentido com osmembros superiores em elevação superior e noprolongamento do tronco.
  3. 3. Rolamento à RetaguardaApoiar as costas das mãos nos ombros, com as palmasdas mãos viradas para cima, sensivelmente, à largura dosombros;Cotovelos colocados, sensivelmente, à largura dosombros;Procurar o apoio das mãos no solo, antes do apoio dacabeça;Flexão da cabeça (queixo no peito);Apoiar os nadegueiros junto aos calcanhares;Promover o desequilíbrio e efectuar o movimentomantendo os joelhos junto ao peito, com os membrosinferiores flectidos e unidos;Efectuar a acção de repulsão, promovendo a elevação dabacia e facilitando a passagem da cabeça entre os membrossuperiores;Projectar os pés em direcção ao solo.Rolamento à Retaguarda com Membros Inferiores Juntos eAfastados
  4. 4. Flexão do tronco sobre os membros inferiores e o queixosobre o tronco.Mãos apoiadas no solo à largura dos ombros e viradaspara a frente.Manutenção do corpo bem fechado sobre si própriodurante o enrolamento.Repulsão efectiva das mãos o solo de forma a passar acabeça sem bater.Apoio Facial Invertido de Cabeça ou “Pino” deCabeçaPartir da posição de deitado ventralmente.Apoiar a testa (cujo ponto de apoio no solo faz umtriângulo com os apoios das mãos).Começar por subir a bacia (noção de “puxar” as pontasdos pés para o nariz) e só quando esta estiver por cima dosapoios, deixar subir os membros inferiores para a vertical.Empurrar o solo com os membros superiores de forma alevantar a cabeça antes do enrolamento.Tonicidade geral, membros inferiores e pés bemestendidos.
  5. 5. Posição de Equilíbrio – Avião Tronco paralelo ao solo; Membros superiores em extensão, no prolongamento dotronco ou lateralmente; Membros superiores em elevação, paralelos ao solo; Membros inferiores em extensão; Olhar dirigido para a frente.Posição de Flexibilidade – Ponte Planta dos pés apoiadas no solo; Mãos apoiadas ao lado da cabeça com os dedos afastadose orientados para os pés; Extensão dos membros superiores e membros inferiores; Elevação da bacia; Membros inferiores unidos;Cabeça acompanha o movimento de extensão da coluna; Olhar dirigido para as mãos.Como Podes Melhorar
  6. 6. Rolamento à FrenteSituação 1: Na posição de quadrúpede (com os quatro apoios nosolo), fazer a extensão e flexão da coluna vertebral.Situação 2: A partir da posição sentado, rolar à retaguarda sobre acoluna e regressar à posição inicial.Situação 3: De joelhos sobre um plano elevado ou partindo daposição de “carrinho da mão”, com o auxilio de um colega,colocar as mãos no solo e fazer o rolamento à frente.Situação 4: Com os pés apoiados nos espaldares, fazer a impulsãocom os membros inferiores para aumentar a velocidade derotação.Situação 5: Rolamento à frente sobre um plano inclinado.plinto, ,colchão deSituação 6:
  7. 7. Realizar o rolamento à frente com o auxílio de umcolega ou do professor.Rolamento à Frente de MembrosInferiores AfastadosRolamento à Frente de MembrosInferiores AfastadosSituação 1: De joelhos sobre um plano elevado colocar as mãos nosolo e fazer o rolamento à frente com as pernas afastadas.Situação 2: A partir da posição semi-invertida, com os pésapoiados no solo, fazer o rolamento à frente com osmembros inferiores afastados, sobre a coluna vertebral ecolocar as mãos entre as coxas junto da bacia paraempurrar o solo. Material: Colchões.Situação 3:
  8. 8. Rolamento à frente com os membros inferioresafastados sobre a cabeça do plinto inclinada.Situação 4: Levantar da posição final do exercício sobre a cabeçado plinto, empurrando-o para trás e projectando os ombrospara a frente de forma a ficar de pé.Situação 5: Rolamento à frente com os membros inferioresafastados sobre um plano inclinado.Rolamento à Frente de MembrosInferiores JuntosSituação 1: Rolamento à frente com os membros inferiores juntose estendidos sobre a cabeça do plinto inclinada.Situação 2: Levantar da posição final do exercício sobre a cabeçado plinto, empurrando-a para trás e projectando os ombrospara a frente, de forma a ficar de pé. Material: Cabeça do plinto e colchões.
  9. 9. Situação 3: Rolamento à frente com os membros inferiores juntose estendidos sobre um plano inclinado.Rolamento à Frente SaltadoSituação 1: Realizar saltos de coelho sucessivos no solo.Situação 2: Rolamento à frente tentando pôr as mãos para alémde um risco traçado no tapete ou ultrapassar o espaçoentre colchões.Situação 3: Rolamento à frente passando por cima de umobstáculo (colchão de queda fofo enquanto não houverdomínio total da chegada).Situação 4: Rolamento à frente com impulsão no trampolimreuther e chegada ao solo num plano elevado e inclinado.Situação 5:
  10. 10. Rolamento à frente com impulsão no trampolimreuther.Rolamento à RetaguardaSituação 1: Na posição de quadrúpede (com os quatro apoios nosolo), fazer a extensão e flexão da coluna vertebral.Situação 2: Rolamento à retaguarda até à colocação das mãos eda nuca no solo.Situação 3: Rolamento à retaguarda sobre o trampolim reutherterminando de joelhos.Situação 4:Situação 5: Rolamento à retaguarda sobre um plano inclinado.Rolamento à Retaguarda com MembrosInferiores Juntos e AfastadosSituação 1:
  11. 11. Realizar desequilíbrios à retaguarda colocandocorrectamente as mãos e a nuca no solo.Situação 2: Rolamento à retaguarda com os membros inferioresafastados ou juntos sobre o banco sueco inclinado com umcolchão por cima partido da posição de sentado.Situação 3: Rolamento à retaguarda com membros inferioresafastados ou juntos sobre a cabeça do plinto inclinada.Situação 4: Rolamento à retaguarda com membros inferioresafastados ou juntos sobre um plano inclinado.Apoio Invertido de Cabeça ou “Pino” deCabeçaSituação 1: Desenhar no solo (colchão), o local de colocação dasmãos e da cabeça. Elevar a bacia na posição invertida.Situação 2: Apoio invertido de cabeça partindo com os membrosinferiores num plano mais elevado.
  12. 12. Situação 3: Apoio invertido de cabeça trepando com os pés nosespaldares.Situação 4: Apoio invertido de cabeça de encontro aos espaldares.Situação 5: Apoio invertido de cabeça com auxilio de um colega oudo professor. Material: Colchões.

×