Barra fixa - Esquemas de Ginástica de Aparelhos

7.433 visualizações

Publicada em

Esquemas de Ginástica

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.433
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.295
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
81
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Barra fixa - Esquemas de Ginástica de Aparelhos

  1. 1. Barra Fixa Todos os alunos devem iniciar o trabalho, na Barra Fixa, pelo esquema de menor grau de dificuldade e ir adicionando os elementos que lhe permitem atingir um nível superior. Os alunos devem escolher o esquema em que se sentem mais confortáveis e procurar trabalhar com rigor os elementos que o compõem. Cada esquema possui um teto classificativo para uma execução que obedeça aos critérios definidos. Nos esquemas apresentados alguns elementos podem ser substituídos. Se a substituição aumentar o grau de dificuldade acresce 0,5 valores à classificação obtida desde que o elemento tenha sido corretamente executado. Se a substituição resultar numa diminuição do grau de dificuldade do esquema, serlhe-á retirado 0,5 valores à composição final. O aluno poderá ainda propor ao professor a substituição dos elementos do mesmo nível não havendo, nesse caso, qualquer bonificação ou penalização. A substituição dos elementos não deve ser superior a 3. O aluno poderá, no entanto, realizar 1 elemento a mais para melhorar a sua composição. A bonificação dependerá do grau de complexidade do elemento executado. Critérios de Avaliação     Correção Técnica – de acordo com a correção da execução técnica durante a totalidade do exercício (alinhamento dos segmentos corporais, extensão dos pés, posições relativas entre os membros superiores ou inferiores adequadas às exigências técnicas, estabilidade das receções, flexibilidade, entre outros). Atitude Gímnica – Postura, Expressão, Entrega, Motivação para a execução. Ritmo de Execução dos Elementos – Correta execução do ritmo apropriado a cada elemento gímnico. Coreografia/fluidez dos movimentos – Cumprimento da sequência exigida. Ligação correta dos diferentes elementos. Execução dos elementos sem quebras ou esforço. Adaptado de Federação de Ginástica de Portugal Programa de Exercícios Obrigatórios GAF 1
  2. 2. Barra Fixa 10 Valores ‐ Barra fixa (à altura dos ombros) ou Banzo De pé, segurando a barra em pronação (aluno tem o dorso das mãos virados para si), subida para apoio facial. Rolamento lento à frente com pernas estendidas até tocar com os pés no chão. O 10 é atingido pelo aluno quando este realiza a sequência de nível 1 sem deficiências ao nível da:     Correção Técnica – de acordo com a correção da execução técnica durante a totalidade do exercício (alinhamento dos segmentos corporais, extensão dos pés, posições relativas entre os membros superiores ou inferiores adequadas às exigências técnicas, flexões e arqueamentos dos membros inferiores ou superiores não adequadas às exigências técnicas, definição de ângulos corporais, estabilidade das receções, insuficiente flexibilidade, entre outros). Atitude Gímnica – Postura, Expressão, Entrega, Motivação para a execução. Ritmo de Execução dos Elementos – Correta execução do ritmo apropriado a cada elemento gímnico. Coreografia/fluidez dos movimentos – Cumprimento da sequência exigida. Ligação correta dos diferentes elementos. Execução dos elementos sem quebras ou esforço. Adaptado de Federação de Ginástica de Portugal Programa de Exercícios Obrigatórios GAF 2
  3. 3. Barra Fixa 11 Valores ‐ Barra fixa (à altura dos ombros) ou Banzo De pé, segurando a barra em pronação supinação (aluno tem as palmas da mãos viradas para si e os polegares por baixo da barra(no banzo o polegar pode estar para cima)), subida de frente para apoio facial (Flexão dos MS, elevação do corpo e bacia à barra, flexão da cabeça atrás quando a bacia está na vertical. Extensão dos MS e corpo para ficar em apoio) Rolamento lento à frente com pernas estendidas até tocar com os pés no chão. O 11 é atingido pelo aluno quando este realiza a sequência de nível 1 com:     Correção Técnica (MI estendido, Tonicidade Geral); Atitude Gímnica (postura corporal); Ritmo do Exercício; Fluidez dos movimentos. Elementos Novos a Trabalhar  Subida de Frente (mãos em supinação); . Adaptado de Federação de Ginástica de Portugal Programa de Exercícios Obrigatórios GAF 3
  4. 4. Barra Fixa 12 Valores ‐ Barra fixa (à altura dos ombros) ou Banzo De pé, segurando a barra em pronação (aluno tem as palmas o dorso das mãos viradas para si e os polegares por baixo da barra (no banzo o polegar pode estar para cima)), subida de frente para apoio facial. Rolamento lento à frente com pernas estendidas até tocar com os pés no chão. Levantar uma perna à retaguarda e balanço por baixo com uma perna, juntando as pernas no ar para chegar de pé, dorsal à barra. O 12 é atingido pelo aluno quando este realiza a sequência de nível 1 com:     Correção Técnica (amplitude e impulsão adequada ao salto); Atitude Gímnica (postura corporal); Ritmo do Exercício (sem quebras no ritmo de execução do elemento); Fluidez dos movimentos. Este esquema poderá ter bonificação, de 0,5 valores, se for realizado com correção na Trave Olímpica Elementos Novos a Trabalhar   Subida de Frente (mãos em pronação); Saída em báscula nível 1 Adaptado de Federação de Ginástica de Portugal Programa de Exercícios Obrigatórios GAF 4
  5. 5. Barra Fixa 13 Valores ‐ Barra fixa (à altura dos ombros) ou Banzo De pé, segurando a barra em pronação (aluno tem as palmas o dorso das mãos viradas para si e os polegares por baixo da barra (no banzo o polegar pode estar para cima)), subida de frente para apoio facial e ½ volta para o lado esq. (dir.). Inclinar ligeiramente o corpo para o lado esq. passando o peso do corpo para apenas um apoio e rapidamente elevar o MI dir. e passá-lo sobre a barra rapidamente para a frente, tirando a mão direita. Retomar o apoio das duas mãos mantendo os MI afastados e estendidos. Voltar a colocar o peso do corpo sobre o lado esq. para rodar sobre si próprio e mudar a mão direita para agarrar a barra ao lado da mão esquerda, efetuando ½ volta e ficando virado para trás. Inclinar o corpo para o lado dir. ficando o peso sobre esse braço para poder tirar a mão esquerda e passar a perna esquerda para trás ficando novamente em apoio facial. Rolamento à frente e Rolamento lento à frente com as pernas estendidas até tocar com os pés no chão. Saltar com os pés juntos e balanço por baixo para chegar de pé, dorsal à barra. O 13 é atingido pelo aluno quando este realiza a sequência de nível 1 com:     Correção Técnica (amplitude e impulsão dos MS); Atitude Gímnica (postura corporal e tonicidade); Ritmo do Exercício (sem quebras no ritmo de execução do elemento); Fluidez dos movimentos. Este esquema poderá ter bonificação, de 0,5 valores, se for realizado com correção na Barra Fixa (altura da Cabeça) Elementos Novos a Trabalhar   ½ volta Saída em báscula a pés juntos Adaptado de Federação de Ginástica de Portugal Programa de Exercícios Obrigatórios GAF 5
  6. 6. Barra Fixa 14 Valores ‐ Barra fixa (à altura dos ombros) ou Banzo De pé, segurando a barra em pronação (aluno tem as palmas o dorso das mãos viradas para si e os polegares por baixo da barra (no banzo o polegar pode estar para cima)), subida de frente para apoio facial. Balanço à retaguarda, volta à retaguarda em apoio facial (volta de barriga).Em apoio facial fecho dos MI sobre o tronco à frente para os lançar para trás afastando (abertura) a bacia da barra (abertura). Fechar novamente os MI sobre o tronco, puxando o corpo para a barra e iniciar a rotação à retaguarda. Fletir ligeiramente a cabeça atrás e deixar as mãos rodarem sobre ao barra. No final da rotação fazer a extensão do corpo e travar o o movimento ficando em apoio facial. Balanço à retaguarda e saída de balanço por baixo para chegar de pé, dorsal à barra. Elementos Novos a Trabalhar  Volta de apoio à retaguarda (volta de barriga);  Saída em báscula partindo da posição de apoio facial Adaptado de Federação de Ginástica de Portugal Programa de Exercícios Obrigatórios GAF 6
  7. 7. Barra Fixa 15 Valores ‐ Barra fixa (à altura da cabeça) ou Banzo De pé, segurando a barra em pronação, 2 ou 3 passos corridos, juntar as pernas e báscula para apoio facial (subida de bicos). Fechar o corpo, puxando os pés até à barra, deixar que a bacia passe a perpendicular da barra para fazer a abertura. Báscula enérgica lançando os pés para cima e para a frente ao mesmo tempo puxar a barra com as mãos mantendo os MS estendidos. Peito fechado durante todo o movimento, tentar elevar os ombros acima da barra. Extensão dos MS e travagem para ficar em apoio facial. Balanço à retaguarda, volta à retaguarda em apoio facial (volta de barriga) Balanço à retaguarda e saída de balanço por baixo para chegar de pé, dorsal à barra. Elementos Novos a Trabalhar  Báscula para apoio facial (subida de bicos) Adaptado de Federação de Ginástica de Portugal Programa de Exercícios Obrigatórios GAF 7
  8. 8. Barra Fixa 16 Valores ‐ Barra fixa (em suspensão) Da suspensão com a pega em supinação. Subida de frente e ½ volta em apoio (em pronação ou supinação). Volta à retaguarda (mãos em pronação). Rolamento à frente para balanço Balanço à frente , balanço à retaguarda, balanço à frente para saída simples atrás Elementos Novos a Trabalhar   Balanços Saída simples à retaguarda Adaptado de Federação de Ginástica de Portugal Programa de Exercícios Obrigatórios GAF 8
  9. 9. Barra Fixa 17 Valores ‐ Barra fixa (em suspensão) Da suspensão com a pega em pronação, tomada de balanço à frente, balanço à retaguarda, balanço à frente, báscula para apoio facial. Volta à retaguarda (mãos em pronação). Rolamento à frente para balanço Tomada de balanço à frente, balanço atrás, balanço à frente, 1/2 volta mudando uma mão para pega mista. (Cambeada alternada – no momento da amplitude máxima do balanço à frente rodar o corpo na totalidade, mantendo o peito fechado até retomar a pega, ficar em pega mista) Balanço à frente, balanço atrás, mudando a pega (2ªmão) para pronação. Balanço à frente, balanço atrás para saída simples à retaguarda Elementos Novos a Trabalhar  ½ volta em suspensão (Cambeada alternada) Adaptado de Federação de Ginástica de Portugal Programa de Exercícios Obrigatórios GAF 9
  10. 10. Barra Fixa 18,19 e 20 Valores ‐ Barra fixa (em suspensão) Acrescem 1 valor ao nível anterior os seguintes elementos, num máximo de 3. Entradas  Báscula facial com uma perna entre as pegas. Saídas  Saída de pés e mãos Elementos acrobáticos  Sarilho ( Mãos em, supinação, grande afastamento dos MI durante o movimento. MS em extensão completa, tronco direito, cabeça levantada e olhar em frente. Desiquilibrio à frente, movimento sem interrupção, aproveitar o balanço da descida para subir)  Volta de apoio à frente - Rolo à frente Em apoio facial sobre o banzo, mãos em supinação (polegar apoiado por cima), rodar à frente mantendo a zona abdominal sempre em contacto com a barra. Não desacelerar a velocidade de corpo na fase da subida, manter o peito para fechado e o corpo em elevada tonicidade. Procurar “avançar” os ombros para cima da barra na fase de subida (ligeira flexão do tronco à frente para ajudar a aumentar a velocidade, Na fase final para realizar uma forte impulsão dos MS. Adaptado de Federação de Ginástica de Portugal Programa de Exercícios Obrigatórios GAF 10
  11. 11. Anexo 1 Ginástica de Aparelhos - Barra Fixa Subidas Nível 1 Nível 2 Nível 3 Nível 4 Subi da de frente/mã os em s upi na çã o Subi da de frente/mã os prona çã o - 1 va l + em s us pens ã o Ba rra a o nível da ca beça - Subi da de bi cos / Bá s cul a fa ci a l com uma perna entre pega s Em Sus pens ã o - Subi da de bi cos / Bá s cul a fa ci a l com uma perna entre pega s Nível 1 Nível 2 Nível 3 Nível 4 Sa ída s i mpl es a trá s a pós ba l a nço ou Bá s cul a a uma perna Sa ída s i mpl es à frente a pós ba l a nço ou Bá s cul a em a poi o a pés juntos Bá s cul a a pa rti r de a poi o fa ci a l Sa ía d de pés e mã os Saídas 11 Adaptado de Federação de Ginástica de Portugal Programa de Exercícios Obrigatórios GAF
  12. 12. Ginástica de Aparelhos - Barra Fixa Elementos acrobáticos em apoio facial Nível 1 Nível 2 Nível 3 Nível 4 Rol a mento à frente Méi a vol ta em a poi o Vol ta de ba rri ga Sa ri l ho / Rol o Elementos acrobátricos em suspensão Ca mbea da a l terna da Nível 1 Nível 2 Nível 3 Nível 4 Ba l a nços s i mpl es Ba l a nço pa ra a poi o com uma perna entre pega s Ba l a nço pa ra a poi o fa ci a l Ca mbea da a l terna da 12 Adaptado de Federação de Ginástica de Portugal Programa de Exercícios Obrigatórios GAF

×