SlideShare uma empresa Scribd logo

Laser de Alta potencia na Odontologia Veterinária: Ralidade ou sonho?

L
L

Uso de laser cirúrgico na Odontologia veterinária.

Laser de Alta potencia na Odontologia Veterinária: Ralidade ou sonho?

1 de 87
Laser de alta potencia na
Odontologia Veterinária: realidade
           ou sonho?
                      COBOV 2012




                   LEONEL ROCHA, MV, DMV
                       dentalpet@gmail.com
                       www.dentalpet.com.br
LASER

            BAIXA                                ALTA
           POTENCIA                            POTENCIA




                        INFRA           CO2
VERMELHO
                      VERMELHO                           DIODO




                                                OUTROS


                        www.dentalpet.com.br
MUDANÇAS




www.dentalpet.com.br
www.dentalpet.com.br
ONDE ESTÁ O LASER




     www.dentalpet.com.br
Na transmissão de dados pela internet




CD usa o laser para leitura e gravação                  Fibra ótica:



                                                      Código de barras




                               www.dentalpet.com.br
Anúncio

Recomendados

Desvendando o Tratamento Restaurador Atraumático
Desvendando o Tratamento Restaurador AtraumáticoDesvendando o Tratamento Restaurador Atraumático
Desvendando o Tratamento Restaurador AtraumáticoFlavio Salomao-Miranda
 
Cimento de hidróxido de cálcio e mta
Cimento de hidróxido de cálcio e mtaCimento de hidróxido de cálcio e mta
Cimento de hidróxido de cálcio e mtaDr.João Calais.:
 
Clareamento Dental Interno
Clareamento Dental InternoClareamento Dental Interno
Clareamento Dental InternoCamilla Bringel
 
Instumentos de preparo, irrigação e aspiração do canal radicular
Instumentos de preparo, irrigação e aspiração do canal radicularInstumentos de preparo, irrigação e aspiração do canal radicular
Instumentos de preparo, irrigação e aspiração do canal radicularMark Madros Nsanzabandi
 
Aula obturação uningá (blog)
Aula  obturação uningá (blog)Aula  obturação uningá (blog)
Aula obturação uningá (blog)Charles Pereira
 
Aula endo prótese (blog)
Aula endo prótese (blog)Aula endo prótese (blog)
Aula endo prótese (blog)Charles Pereira
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula clinica integral ii remoção pinos (blog)ppt
Aula clinica integral ii   remoção pinos (blog)pptAula clinica integral ii   remoção pinos (blog)ppt
Aula clinica integral ii remoção pinos (blog)pptCharles Pereira
 
Tratamento das Urgências Endodônticas
Tratamento das Urgências Endodônticas  Tratamento das Urgências Endodônticas
Tratamento das Urgências Endodônticas Ines Jacyntho Inojosa
 
ProTaper Next: apresentação e relato de caso endodôntico.
ProTaper Next: apresentação e relato de caso endodôntico.ProTaper Next: apresentação e relato de caso endodôntico.
ProTaper Next: apresentação e relato de caso endodôntico.ABurgarelli
 
Alterações pulpares durante a movimentação ortodontica
Alterações pulpares durante a movimentação ortodonticaAlterações pulpares durante a movimentação ortodontica
Alterações pulpares durante a movimentação ortodonticaAdalberto Caldeira Brant Filho
 
Proteção complexo dentino pulpar- camilla bringel
Proteção complexo dentino pulpar- camilla bringelProteção complexo dentino pulpar- camilla bringel
Proteção complexo dentino pulpar- camilla bringelCamilla Bringel
 
Aula clinica integral ii remoção pinos 2
Aula clinica integral ii   remoção pinos 2Aula clinica integral ii   remoção pinos 2
Aula clinica integral ii remoção pinos 2Charles Pereira
 
Tec mat endo aula acidentes(blog)
Tec mat endo   aula acidentes(blog)Tec mat endo   aula acidentes(blog)
Tec mat endo aula acidentes(blog)Charles Pereira
 
Alterações pulpares durante a movimentação ortodontica
Alterações pulpares durante a movimentação ortodonticaAlterações pulpares durante a movimentação ortodontica
Alterações pulpares durante a movimentação ortodonticaAdalberto Caldeira Brant Filho
 
Diametro ideal do preparo apical na instrumentação de canais radiculares ;:r...
Diametro  ideal do preparo apical na instrumentação de canais radiculares ;:r...Diametro  ideal do preparo apical na instrumentação de canais radiculares ;:r...
Diametro ideal do preparo apical na instrumentação de canais radiculares ;:r...Ines Jacyntho Inojosa
 
Isolamento do campo operatório2010 02
Isolamento do campo operatório2010 02Isolamento do campo operatório2010 02
Isolamento do campo operatório2010 02Lucas Almeida Sá
 
Endodontia em odontopediatria - tratamento pulpar dente decíduo
Endodontia em odontopediatria - tratamento pulpar dente decíduoEndodontia em odontopediatria - tratamento pulpar dente decíduo
Endodontia em odontopediatria - tratamento pulpar dente decíduoCristhiane Amaral
 
Isolamento absoluto (blog)
Isolamento absoluto (blog)Isolamento absoluto (blog)
Isolamento absoluto (blog)Charles Pereira
 
Aula tme (blog) isolamento absoluto
Aula tme (blog)  isolamento absolutoAula tme (blog)  isolamento absoluto
Aula tme (blog) isolamento absolutoCharles Pereira
 

Mais procurados (20)

Art graduação
Art graduaçãoArt graduação
Art graduação
 
Aula clinica integral ii remoção pinos (blog)ppt
Aula clinica integral ii   remoção pinos (blog)pptAula clinica integral ii   remoção pinos (blog)ppt
Aula clinica integral ii remoção pinos (blog)ppt
 
Preparo biomecânico
Preparo biomecânico  Preparo biomecânico
Preparo biomecânico
 
Tratamento das Urgências Endodônticas
Tratamento das Urgências Endodônticas  Tratamento das Urgências Endodônticas
Tratamento das Urgências Endodônticas
 
ProTaper Next: apresentação e relato de caso endodôntico.
ProTaper Next: apresentação e relato de caso endodôntico.ProTaper Next: apresentação e relato de caso endodôntico.
ProTaper Next: apresentação e relato de caso endodôntico.
 
Isolamento absoluto na Endodontia
Isolamento absoluto na EndodontiaIsolamento absoluto na Endodontia
Isolamento absoluto na Endodontia
 
Alterações pulpares durante a movimentação ortodontica
Alterações pulpares durante a movimentação ortodonticaAlterações pulpares durante a movimentação ortodontica
Alterações pulpares durante a movimentação ortodontica
 
Proteção complexo dentino pulpar- camilla bringel
Proteção complexo dentino pulpar- camilla bringelProteção complexo dentino pulpar- camilla bringel
Proteção complexo dentino pulpar- camilla bringel
 
APOSTILA DE ENDODONTIA II
APOSTILA DE ENDODONTIA IIAPOSTILA DE ENDODONTIA II
APOSTILA DE ENDODONTIA II
 
Aula clinica integral ii remoção pinos 2
Aula clinica integral ii   remoção pinos 2Aula clinica integral ii   remoção pinos 2
Aula clinica integral ii remoção pinos 2
 
Tec mat endo aula acidentes(blog)
Tec mat endo   aula acidentes(blog)Tec mat endo   aula acidentes(blog)
Tec mat endo aula acidentes(blog)
 
Alterações pulpares durante a movimentação ortodontica
Alterações pulpares durante a movimentação ortodonticaAlterações pulpares durante a movimentação ortodontica
Alterações pulpares durante a movimentação ortodontica
 
Diametro ideal do preparo apical na instrumentação de canais radiculares ;:r...
Diametro  ideal do preparo apical na instrumentação de canais radiculares ;:r...Diametro  ideal do preparo apical na instrumentação de canais radiculares ;:r...
Diametro ideal do preparo apical na instrumentação de canais radiculares ;:r...
 
Isolamento do campo operatório2010 02
Isolamento do campo operatório2010 02Isolamento do campo operatório2010 02
Isolamento do campo operatório2010 02
 
Endodontia em odontopediatria - tratamento pulpar dente decíduo
Endodontia em odontopediatria - tratamento pulpar dente decíduoEndodontia em odontopediatria - tratamento pulpar dente decíduo
Endodontia em odontopediatria - tratamento pulpar dente decíduo
 
Isolamento absoluto (blog)
Isolamento absoluto (blog)Isolamento absoluto (blog)
Isolamento absoluto (blog)
 
Endodontia 2013
Endodontia 2013Endodontia 2013
Endodontia 2013
 
Capeamento pulpar dentes deciduos
Capeamento pulpar dentes deciduosCapeamento pulpar dentes deciduos
Capeamento pulpar dentes deciduos
 
Urgências endodônticas
Urgências endodônticasUrgências endodônticas
Urgências endodônticas
 
Aula tme (blog) isolamento absoluto
Aula tme (blog)  isolamento absolutoAula tme (blog)  isolamento absoluto
Aula tme (blog) isolamento absoluto
 

Destaque

Homeopatia VeterináRia (Slides)
Homeopatia VeterináRia (Slides)Homeopatia VeterináRia (Slides)
Homeopatia VeterináRia (Slides)equipeveterinariafv
 
Os beneficios do laser de baixa intensidade para pacientes com a sindrome de ...
Os beneficios do laser de baixa intensidade para pacientes com a sindrome de ...Os beneficios do laser de baixa intensidade para pacientes com a sindrome de ...
Os beneficios do laser de baixa intensidade para pacientes com a sindrome de ...Jaqueline Domingues
 
Palestra Homeopatia Veterinária parte I
Palestra Homeopatia Veterinária parte IPalestra Homeopatia Veterinária parte I
Palestra Homeopatia Veterinária parte ILeonora Mello
 
Homeopatia veterinária
Homeopatia veterináriaHomeopatia veterinária
Homeopatia veterináriaLeonora Mello
 
40 laserterapia bucal no tratamento oncológico
40   laserterapia bucal no tratamento oncológico40   laserterapia bucal no tratamento oncológico
40 laserterapia bucal no tratamento oncológicoONCOcare
 
Examen Clínico Neurológico en Pequeños Animales
Examen Clínico Neurológico en Pequeños AnimalesExamen Clínico Neurológico en Pequeños Animales
Examen Clínico Neurológico en Pequeños AnimalesLuis Ruiz
 
Neurologia VETERINÁRIA
Neurologia VETERINÁRIANeurologia VETERINÁRIA
Neurologia VETERINÁRIAJullio Parente
 
Palestra Acupunctura em Animais de Companhia
Palestra Acupunctura em Animais de CompanhiaPalestra Acupunctura em Animais de Companhia
Palestra Acupunctura em Animais de CompanhiaSabrina Goltsman
 
Exame clínico neurológico de cães pedro augusto cordeiro borges
Exame clínico neurológico de cães   pedro augusto cordeiro borgesExame clínico neurológico de cães   pedro augusto cordeiro borges
Exame clínico neurológico de cães pedro augusto cordeiro borgesPedro Augusto
 
ACUPUNCTURA VETERINÁRIA - VETPUNCTURA
ACUPUNCTURA VETERINÁRIA - VETPUNCTURAACUPUNCTURA VETERINÁRIA - VETPUNCTURA
ACUPUNCTURA VETERINÁRIA - VETPUNCTURASabrina Goltsman
 
Acupuntura veterinaria
Acupuntura veterinariaAcupuntura veterinaria
Acupuntura veterinariaLeonora Mello
 
Osteologia - Parte 1
Osteologia - Parte 1Osteologia - Parte 1
Osteologia - Parte 1angelica luna
 

Destaque (20)

Homeopatia VeterináRia (Slides)
Homeopatia VeterináRia (Slides)Homeopatia VeterináRia (Slides)
Homeopatia VeterináRia (Slides)
 
Os beneficios do laser de baixa intensidade para pacientes com a sindrome de ...
Os beneficios do laser de baixa intensidade para pacientes com a sindrome de ...Os beneficios do laser de baixa intensidade para pacientes com a sindrome de ...
Os beneficios do laser de baixa intensidade para pacientes com a sindrome de ...
 
Palestra Homeopatia Veterinária parte I
Palestra Homeopatia Veterinária parte IPalestra Homeopatia Veterinária parte I
Palestra Homeopatia Veterinária parte I
 
Homeopatia veterinária
Homeopatia veterináriaHomeopatia veterinária
Homeopatia veterinária
 
40 laserterapia bucal no tratamento oncológico
40   laserterapia bucal no tratamento oncológico40   laserterapia bucal no tratamento oncológico
40 laserterapia bucal no tratamento oncológico
 
Examen Clínico Neurológico en Pequeños Animales
Examen Clínico Neurológico en Pequeños AnimalesExamen Clínico Neurológico en Pequeños Animales
Examen Clínico Neurológico en Pequeños Animales
 
Veterinaria Esportiva
Veterinaria EsportivaVeterinaria Esportiva
Veterinaria Esportiva
 
Neurologia VETERINÁRIA
Neurologia VETERINÁRIANeurologia VETERINÁRIA
Neurologia VETERINÁRIA
 
Entendendo um pouco mais sobre acupuntura veterinária com o Cão Banzé
Entendendo um pouco mais sobre acupuntura veterinária com o Cão BanzéEntendendo um pouco mais sobre acupuntura veterinária com o Cão Banzé
Entendendo um pouco mais sobre acupuntura veterinária com o Cão Banzé
 
Acupuntura veterinaria
Acupuntura veterinariaAcupuntura veterinaria
Acupuntura veterinaria
 
Fitoterapia Veterinaria - Tratamentos Alternativos
Fitoterapia Veterinaria - Tratamentos AlternativosFitoterapia Veterinaria - Tratamentos Alternativos
Fitoterapia Veterinaria - Tratamentos Alternativos
 
Palestra Acupunctura em Animais de Companhia
Palestra Acupunctura em Animais de CompanhiaPalestra Acupunctura em Animais de Companhia
Palestra Acupunctura em Animais de Companhia
 
Exame clínico neurológico de cães pedro augusto cordeiro borges
Exame clínico neurológico de cães   pedro augusto cordeiro borgesExame clínico neurológico de cães   pedro augusto cordeiro borges
Exame clínico neurológico de cães pedro augusto cordeiro borges
 
Aula 01 anatomia_ii_blog
Aula 01 anatomia_ii_blogAula 01 anatomia_ii_blog
Aula 01 anatomia_ii_blog
 
ACUPUNCTURA VETERINÁRIA - VETPUNCTURA
ACUPUNCTURA VETERINÁRIA - VETPUNCTURAACUPUNCTURA VETERINÁRIA - VETPUNCTURA
ACUPUNCTURA VETERINÁRIA - VETPUNCTURA
 
Acupuntura veterinaria
Acupuntura veterinariaAcupuntura veterinaria
Acupuntura veterinaria
 
Administracao Clinica Veterinaria
Administracao Clinica VeterinariaAdministracao Clinica Veterinaria
Administracao Clinica Veterinaria
 
Osteologia - Parte 1
Osteologia - Parte 1Osteologia - Parte 1
Osteologia - Parte 1
 
Administracao de clinicas veterinarias e Pet Shops
Administracao de clinicas veterinarias e Pet ShopsAdministracao de clinicas veterinarias e Pet Shops
Administracao de clinicas veterinarias e Pet Shops
 
Administracao de clinicas veterinarias e Pet Shops
Administracao de clinicas veterinarias e Pet ShopsAdministracao de clinicas veterinarias e Pet Shops
Administracao de clinicas veterinarias e Pet Shops
 

Semelhante a Laser de Alta potencia na Odontologia Veterinária: Ralidade ou sonho?

Profilaxia oral em pequenos animais
Profilaxia oral  em pequenos animaisProfilaxia oral  em pequenos animais
Profilaxia oral em pequenos animaisLeonel Rocha
 
Nanotecnologia 2003
Nanotecnologia 2003Nanotecnologia 2003
Nanotecnologia 2003guest5c7a1b
 
Folder Comercial_Português - AMBAR. Sistema Adesivo para Esmalte e Dentina
Folder Comercial_Português - AMBAR. Sistema Adesivo para Esmalte e DentinaFolder Comercial_Português - AMBAR. Sistema Adesivo para Esmalte e Dentina
Folder Comercial_Português - AMBAR. Sistema Adesivo para Esmalte e DentinaFGM Produtos Odontológicos
 
SLIDES Introdução a Radiologia Odontológica.pdf
SLIDES Introdução a Radiologia Odontológica.pdfSLIDES Introdução a Radiologia Odontológica.pdf
SLIDES Introdução a Radiologia Odontológica.pdfJooLuizMacedo1
 
Percepcao do laser de femtosegundo
Percepcao do laser de femtosegundoPercepcao do laser de femtosegundo
Percepcao do laser de femtosegundoWallace Chamon
 
Simposio odontologia instantânia
Simposio odontologia instantâniaSimposio odontologia instantânia
Simposio odontologia instantâniaThiago Dant
 
Trabalho tratamentos conservadores finalizado
Trabalho tratamentos conservadores finalizadoTrabalho tratamentos conservadores finalizado
Trabalho tratamentos conservadores finalizadoBruno Sequeira
 
Isolamento do Campo Operatório
Isolamento do Campo OperatórioIsolamento do Campo Operatório
Isolamento do Campo Operatórioprofguilhermeterra
 
Uso de Cintiladores como Método de Análise - Conteúdo vinculado ao blog ...
Uso de Cintiladores como Método de Análise - Conteúdo vinculado ao blog      ...Uso de Cintiladores como Método de Análise - Conteúdo vinculado ao blog      ...
Uso de Cintiladores como Método de Análise - Conteúdo vinculado ao blog ...Rodrigo Penna
 
Restaurações posteriores em resinas compostas
Restaurações posteriores em resinas compostasRestaurações posteriores em resinas compostas
Restaurações posteriores em resinas compostasprofguilhermeterra
 
Sol e verao dezembro 2012
Sol e verao dezembro 2012Sol e verao dezembro 2012
Sol e verao dezembro 2012Guia Gaspar
 
Apostila de radiologia odontológica
Apostila de radiologia odontológicaApostila de radiologia odontológica
Apostila de radiologia odontológicaKery Albuquerque
 
Criecominteressedentstica 111115154555-phpapp02
Criecominteressedentstica 111115154555-phpapp02Criecominteressedentstica 111115154555-phpapp02
Criecominteressedentstica 111115154555-phpapp02Elizangela Zago
 
Heraeus Kulzer - Carta Molde Classic
Heraeus Kulzer - Carta Molde ClassicHeraeus Kulzer - Carta Molde Classic
Heraeus Kulzer - Carta Molde ClassicDental Cremer
 

Semelhante a Laser de Alta potencia na Odontologia Veterinária: Ralidade ou sonho? (20)

Profilaxia oral em pequenos animais
Profilaxia oral  em pequenos animaisProfilaxia oral  em pequenos animais
Profilaxia oral em pequenos animais
 
Nanotecnologia 2003
Nanotecnologia 2003Nanotecnologia 2003
Nanotecnologia 2003
 
Folder Comercial_Português - AMBAR. Sistema Adesivo para Esmalte e Dentina
Folder Comercial_Português - AMBAR. Sistema Adesivo para Esmalte e DentinaFolder Comercial_Português - AMBAR. Sistema Adesivo para Esmalte e Dentina
Folder Comercial_Português - AMBAR. Sistema Adesivo para Esmalte e Dentina
 
SLIDES Introdução a Radiologia Odontológica.pdf
SLIDES Introdução a Radiologia Odontológica.pdfSLIDES Introdução a Radiologia Odontológica.pdf
SLIDES Introdução a Radiologia Odontológica.pdf
 
Percepcao do laser de femtosegundo
Percepcao do laser de femtosegundoPercepcao do laser de femtosegundo
Percepcao do laser de femtosegundo
 
Catálogo HELSE 2014
Catálogo HELSE 2014Catálogo HELSE 2014
Catálogo HELSE 2014
 
Simposio odontologia instantânia
Simposio odontologia instantâniaSimposio odontologia instantânia
Simposio odontologia instantânia
 
Trabalho tratamentos conservadores finalizado
Trabalho tratamentos conservadores finalizadoTrabalho tratamentos conservadores finalizado
Trabalho tratamentos conservadores finalizado
 
RadioProteção
RadioProteçãoRadioProteção
RadioProteção
 
Retratamento endodôntico
Retratamento endodônticoRetratamento endodôntico
Retratamento endodôntico
 
Odontometria
OdontometriaOdontometria
Odontometria
 
Isolamento do Campo Operatório
Isolamento do Campo OperatórioIsolamento do Campo Operatório
Isolamento do Campo Operatório
 
Uso de Cintiladores como Método de Análise - Conteúdo vinculado ao blog ...
Uso de Cintiladores como Método de Análise - Conteúdo vinculado ao blog      ...Uso de Cintiladores como Método de Análise - Conteúdo vinculado ao blog      ...
Uso de Cintiladores como Método de Análise - Conteúdo vinculado ao blog ...
 
Restaurações posteriores em resinas compostas
Restaurações posteriores em resinas compostasRestaurações posteriores em resinas compostas
Restaurações posteriores em resinas compostas
 
Cirurgia Em Odontopediatria
Cirurgia Em OdontopediatriaCirurgia Em Odontopediatria
Cirurgia Em Odontopediatria
 
Resinas
ResinasResinas
Resinas
 
Sol e verao dezembro 2012
Sol e verao dezembro 2012Sol e verao dezembro 2012
Sol e verao dezembro 2012
 
Apostila de radiologia odontológica
Apostila de radiologia odontológicaApostila de radiologia odontológica
Apostila de radiologia odontológica
 
Criecominteressedentstica 111115154555-phpapp02
Criecominteressedentstica 111115154555-phpapp02Criecominteressedentstica 111115154555-phpapp02
Criecominteressedentstica 111115154555-phpapp02
 
Heraeus Kulzer - Carta Molde Classic
Heraeus Kulzer - Carta Molde ClassicHeraeus Kulzer - Carta Molde Classic
Heraeus Kulzer - Carta Molde Classic
 

Laser de Alta potencia na Odontologia Veterinária: Ralidade ou sonho?

  • 1. Laser de alta potencia na Odontologia Veterinária: realidade ou sonho? COBOV 2012 LEONEL ROCHA, MV, DMV dentalpet@gmail.com www.dentalpet.com.br
  • 2. LASER BAIXA ALTA POTENCIA POTENCIA INFRA CO2 VERMELHO VERMELHO DIODO OUTROS www.dentalpet.com.br
  • 5. ONDE ESTÁ O LASER www.dentalpet.com.br
  • 6. Na transmissão de dados pela internet CD usa o laser para leitura e gravação Fibra ótica: Código de barras www.dentalpet.com.br
  • 7. Nos mísseis de aviões, navios e tanques de guerras. www.dentalpet.com.br
  • 8. Impressora a laser www.dentalpet.com.br
  • 9. Indústria Motivo pela qual o laser baixou muito de preço www.dentalpet.com.br
  • 10.  Light Luz Amplification by Amplificada por Stimulated Emissão Emission of Estimulada de Radiation Radiação www.dentalpet.com.br
  • 11. ABSORÇÃO ENERGIA www.dentalpet.com.br
  • 12. ENERGIA ABSORVIDA www.dentalpet.com.br
  • 13. ENERGIA LIBERADA = FOTONS www.dentalpet.com.br
  • 15. Tamanho das ondas www.dentalpet.com.br
  • 16. Interações teciduais associadas ao uso do LASER  Reflexão (laser bate e volta)  Transmissão (penetra nos tecidos)  Scatter (breaking up inside tissue)  Absorção Destes, a Absorção é o único efeito positivo nos tecidos. Geralmente o tipo de laser a ser usado é baseado na porcentagem de absorção no tecido alvo. www.dentalpet.com.br
  • 17. Reação Fototérmica: Formação de calor. Com mudança de energia de luz para calor temos a vaporização destes tecidos alvos. Esta reação é usada para a maioria das cirurgias de tecido mole. <60°C danos térmicos podem ocorrer(não necrose) 60°-65°C Necrose 100°C vaporização 150°C carbonização(camada de carvão – ruim!) www.dentalpet.com.br
  • 18. Reação fotoablativa Pouco ou nenhuma produção de calor, sem danos no tecido lateral. Ex: cirurgia de córnea sem danificar o olho Olho.org Olho.org www.dentalpet.com.br
  • 19. Cuidados - Segurança  Controle da fumaça  Danos aos olhos  Perigo de fogo  Dano a pele  Válvula de segurança www.dentalpet.com.br
  • 20.  Controle da fumaça  Deve-se usar um “aspirador de pó” para evacuação da fumaça.  Partículas orgânicas ou químicas usadas na preparação podem causar problemas agudos ou crônicos.  O mesmo cuidado deve-se ter com o eletrocautério. www.dentalpet.com.br
  • 21. Danos aos olhos  Radiação  400 nm a 1400 nm  Exposição crônica- catarata  Óculos específico  Paciente /cirurgião www.dentalpet.com.br
  • 23. PERIGO DE FOGO  Tubo endotraqueal  Gases intestinais  Álcool www.dentalpet.com.br
  • 25. Válvula de segurança www.dentalpet.com.br
  • 26. LASER EM ODONTOLOGIA  Alta intensidade:  Diodo: menor custo, menor tamanho.  CO2: Bom para tecido mole, absorção em agua.  Er:YAG: preparação de caries. www.dentalpet.com.br
  • 27. Laser CO2 CO2 Gas Espelho parcialmente refletivo Espelho refletivo Mecanismo de exitação www.dentalpet.com.br
  • 28. CO2  Tamanho da onda 10.6 nm.  Cor - está fora do espectro visível.  Principal propriedade: absorve água(98%), por isso é o laser de escolha para cirurgias de tecido mole. www.dentalpet.com.br
  • 30. CO2 Laser  Danos térmicos laterais é de 500 microns.  Pode ser um problema para o patologista.  Atraso na inflamação, produção de colágeno nos primeiros estágios da cicatrização. www.dentalpet.com.br
  • 31. Laser CO2 USOS: Cirurgias de tecido mole Hipersensibilidade dentária www.dentalpet.com.br
  • 32. Tratamento de laser na hipersensibilidade de dentina  O CO2 laser não dá analgesia e sim uma oclusão ou estreitamento dos túbulos dentários.  A profundidade do selamento com 0.3W por 0.1 seg é entre 2 a 8 µm ou 2000-8000 nm(Kimura,1998).  CO2 Laser(Moritz et al,1996,Zhang et al1998,Moritz et al,1998) www.dentalpet.com.br
  • 33. CO2 laser - hipersensibilidade dentária NÃO CAUSA DANOS NA POLPA DENTÁRIA  O uso de CO2 laser não causa dano a pulpa dentária com 3 W por 2 seg CW em primatas e cães (Meserendino,1985).  Medições com 0.5 e 1 W a temperatura intra-pulpar aumentou em 1° C (Meserendino,1989). www.dentalpet.com.br
  • 34. Diodo Laser  Fibra óptica.  Leve e pequeno.  A fibra deve ser clavada e limpa durante o procedimento.  Pouco absorvido por tecidos duros, não havendo interação ou danos térmicos aos tecidos. Portanto podem ser utilizados próximos ao esmalte , dentina e cemento, sempre bem indicado nos parâmetros seguros(AOKI et al.,2004). www.dentalpet.com.br
  • 35. Usos  Debridamento periodontal  Tratamento de abscesso dentário  Trtatametno de abscesso de coelhos  Todas as cirurgias orais  Pulpotomia  Esterilização de cavidade pulpar www.dentalpet.com.br
  • 37. Diodo laser em periodontia  Passar vídeo Diodo 18 seg.  Horizontal e Vertical  Remoção de tecido de granulação  30 segs bucal e lingual  45 segs(bolsas > 6 mm)  0.6W www.dentalpet.com.br
  • 38. Periodontia  A potencia de 1.5 W na angulação de 10 graus e até 20 segundos não ocasiona carbonização considerável (kreisler et al 2002). www.dentalpet.com.br
  • 39. Diodo em Periodontia www.dentalpet.com.br
  • 40. Uso do Diodo em abscesso de coelhos www.dentalpet.com.br
  • 41. Endodontia - Pulpotomia  Pulpotomia em cães (Mareddly, 2010) 6 cães – 42 pré-molares  Chegou a conclusão que o melhor tempo é de 3 seg com potencia de 2W.  O canal foi exposto com broca redonta na caneta alta rotação e escavador. O sangramento foi controlado com algodão/NaCl por pressão continua por 5 minutos.  A cavidade foi selada com Oxido de Zinco/Eugenol(IRM). E extrações foram feitas em 24 hrs e 7 dias. www.dentalpet.com.br
  • 42. Endodontia - Pulpotomia  Entre os diversos tempos testados 3 segundos obteve o melhor resultado.  Zona de necrose somente na área aplicada.  Odontoblastos intactos na coroa e raiz.  Sem presença de reabsorção interna. www.dentalpet.com.br
  • 43. Diodo laser em Tecido mole  Romanos e Nentwig(1999) Diodo 980nm  22 pacientes Gengivectomias, frenotomias,remoção de tecido mole periimplantar.  Anestesia local.  Conclusão: aplicação clinica deste laser em tecido mole apresentou um efeito benéfico na prática diária. www.dentalpet.com.br
  • 44. Diodo em cirurgia Oral (Berger,2006)  Remoção de neoformações orais  Gengivectomia  Criar flaps(retalhos)  Tratamento de bolsas periodontais  Tratamento de melanoma oral canino e felino www.dentalpet.com.br
  • 45. Tratamento de melanoma oral canino e felino  Cirurgia + imunoterapia = bom  Para casos de recidiva usa-se o diodo como “free bean” ou ILT (intersticial laser therapy). Bom para casos onde a cirurgia não é indicada. www.dentalpet.com.br
  • 46. Diodo laser em Abscesso de carniceiro  Chow chow, 9 anos com abscesso abaixo do olho esquerdo. História de drenagem que fica melhor com antibiótico.  Anestesia foi proibida pelo cardiologista.  Tratamento: Diodo laser com 0.6 w e gradativamente aumentando e aplicando dentro do caminho da fístula  6 meses após o 1° tratamento não houve retorno de sinais clínicos associados com o abscesso. www.dentalpet.com.br
  • 47. Terra Nova , 12 anos, Diag: Melanona.  Grande risco anestésico, proprietário optou por não anestesiar e fazer cirurgia.  Aplicação de laser diodo de alta para ajudar a cicatrização e parar sangramento. www.dentalpet.com.br
  • 48. Italian Grey Hound 3.5 anos, cão de corrida , com 3 semanas ele foi mordido pela mãe, em vez de fazer Jones, 2008 eutanásia ele foi deixado para ver se iria sobreviver, e ele o fez. Fez 96 corridas em grade A e B (estão são os TOPS), foi um atleta excepcional. E agora esta para adoção em Nashville(2008). Jones, 2008 www.dentalpet.com.br
  • 49. “Mel” 25-02-2011 LEONEL ROCHA, MV , DVM DENTALPET@GMAIL.COM Maxilectomia com auxilio de Diodo laser www.dentalpet.com.br
  • 50. Fibrosarcoma, note áreas ulceradas(setas) www.dentalpet.com.br
  • 51. Neoformação vista intra-oral www.dentalpet.com.br
  • 52. Durante cirurgia, auxilio de laser Diodo de alta potencia possibilitou um maior controle da hemorragia. www.dentalpet.com.br
  • 55. Mel um dia depois da cirurgia www.dentalpet.com.br
  • 56. 1 mês pós cirurgia www.dentalpet.com.br
  • 57. Mandibulectomia com auxilio de Diodo Laser 16-09-2011 LEONEL ROCHA, DVM, MV ODONTOLOGIA VETERINÁRIA E CIRURGIA ORAL WWW.DENTALPET.COM.BR www.dentalpet.com.br
  • 58. Neoformação oral em região de mandíbula direita e mucosa oral caudal, antes da cirurgia. www.dentalpet.com.br
  • 59. Noeformação oral em região de corpo de mandíbula, antes da cirurgia. www.dentalpet.com.br
  • 60. Neoformação em região de pescoço e aumento de linfonodo mandibular. www.dentalpet.com.br
  • 61. Durante cirurgia, acesso para remoção de linfonodo e parte da neoformação www.dentalpet.com.br
  • 62. Durante a mandibulectomia esquerda, retirada com margens de 1 cm. www.dentalpet.com.br
  • 63. Fossa mandibular Palato duro zigomatico Área de cirurgia no palato Língua onde margens foi de 0.3 mm www.dentalpet.com.br
  • 65. Bene, 8anos,m,SRD. Biopsia sem sedação www.dentalpet.com.br
  • 66. Biopsia Oral  Cacau, Boxer, f/c, 10 anos  Sedação leve www.dentalpet.com.br
  • 67. Biopsia Oral Cacau, Boxer, f/c, 10 anos Sedação leve(meperidina 4 mg/kg IM) www.dentalpet.com.br
  • 69. Goast, Rottweiler, 5 anos Trabalho sobre pressão! www.dentalpet.com.br
  • 75. Neoformação em orofaringe 14-04-2012 LEONEL ROCHA, DVM, MV ODONTOLOGIA VETERINÁRIA E CIRURGIA ORAL WWW.DENTALPET.COM.BR
  • 76. Neoformação oral antes da cirurgia. www.dentalpet.com.br
  • 78. Durante remoção cirúrgica com laser diodo de alta potencia, note área de delimitação (setas em região de palato mole e papila foliforme/dobra palatoglossal).
  • 81. Cirurgia de palato e remoção de neoformação oral 14-01-2012 LEONEL ROCHA, DVM, MV ODONTOLOGIA VETERINÁRIA E CIRURGIA ORAL WWW.DENTALPET.COM.BR
  • 85. Área de palato depois da cirurgia. Note que parte frontal de osso incisivo foi removida para sutura com mucosa oral.
  • 86. Neoformação em mucosa oral; região interna de comissura labial, antes e durante remoção cirúrgica a laser. www.dentalpet.com.br

Notas do Editor

  1. Vamos imaginar que este é um atomo, com seu nucleo no meio e seus eletrons a sua volta, cada eletron tem sua orbita fundamental. Quando há um estimulo este eletron para para uma orbita que não é a sua, com isso há um absorção de energia.
  2. Poren a o eletron quer sempre voltar para sua orbita fundamental, é onde ele se sente bem.
  3. Quando volta ao estado fundamental há grande liberação de energia.
  4. Radiação direta ou indireta(scatter) pode levar ao dano da córnea. //// Ondas entre 400 nm a 1400 nm podem //Exposição crônica pode levar a formação de catarata
  5. tubo endotraqueal, Gases intestinais,Álcool