Acupuntura veterinaria

1.325 visualizações

Publicada em

Acupuntura Veterinária

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.325
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
223
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Acupuntura veterinaria

  1. 1. Estudo Comparativo de Alguns Aspectos da Aplicação da Acupuntura em Medicina Humana e Medicina Veterinária Maria Leonora Veras de Mello –Fac. Med.Vet. da UNIFESO – Fundação Educacional Serra dos Órgãos Denise Bobany de Mello - Fac. Med. Vet. da UNIFESO – Fundação Educacional Serra dos Orgãos leonora@unifeso.edu.br
  2. 2. • Foram estudados 41 (quarenta e um) pacientes humanos e 5 (cinco) pacientes caninos. Os pacientes humanos foram estudados durante o estágio do Curso de Especialização em Acupuntura do Centro Brasileiro de Acupuntura, em Niterói, RJ, e os pacientes caninos foram estudados e tratados em consultórios veterinários em Niterói e Rio de Janeiro. Nos pacientes humanos utilizou-se agulhas, além de moxabustão e eletroacupuntura. Nos pacientes caninos foram utilizadas agulhas, moxabustão e acumpressão .Fez- se um estudo comparativo dos pontos mais utilizados na terapêutica dos pacientes, com as respectivas funções dos mesmos, na esfera humana e veterinária.
  3. 3. Pacientes humanos e caninos Homens Mulheres Machos Fêmeas Deficiência de Yang de Rim Umidade/Calor na Vesícula Biliar Deficiência de Qi do Baço com Umidade e Fleuma Deficiência de Sangue do Baço Deficiência do Yang e do Yin do Rim com predominância de deficiência de Yang do Rim Deficiênciade Qi do Baço com Umidade ou Fleuma Deficiência de Yang do Rim Deficiência de Sangue do Baço e Coração Deficiência da Essência do Rim Deficiência de Sangue do Baço e Coração Deficiência da Essência do Rim Deficiência de Sangue do Baço e fígado
  4. 4. Do ponto de vista diagnóstico, foram encontradas a predominância tanto no ser humano quanto nos cães, de enfermidades energéticas semelhantes, concordando com Schwartz (1996). Ao longo do tratamento, ocorreram acentuadas melhoras, assim como eventuais agravações, sempre pontuadas por fatos paralelos, como fatores patogênicos externos e internos (emocionais), como afirmam Auteroche & Naveilh (1992). A melhoria foi relatada como sensação de bem estar nos humanos, subjetiva e objetiva, também manifesta nos animais, com maior atividade, disposição e energia. Existe alguma variedade na localização dos pontos, de espécie para espécie, distância entre pontos e profundidade de inserção, que não influem no efeito final. De acordo com Schoen (2006) e Scognamillo-Zagbó & Bechara (2010), considerações sobre Bai Hui e Zusanli nos animais são dignas de nota: A) Bai Hui – os Cem Encontros –no homem situa-se no VG20, mas há controvérsias entre autores Médicos Veterinários. Uns afirmam que o Bai Hui lombar, como é conhecido, fica no espaço lombrossacro, outros dizem ele fica junto ao VG3 nos animais.B) Zunsali (E36)- é um dos pontos mais estudados em Acupuntura Veterinária, com comprovação experimental de seu efeito imunomodulador, aumentando o número de leucócitos, diminuindo a acidez gástrica, com aumento da produção de gastrina e bicarbonato, e corrigindo alterações gastrointestinais, tanto na diarréia quanto na constipação, utilizando-o em tonificação ou sedação
  5. 5. Conclusão: A Acupuntura é uma só, e os termos “Acupuntura Humana” e “Acupuntura Veterinária” são semânticamente redundantes, pois é possível praticar as suas Leis e Fundamentos da mesma maneira, tanto no homem com nos animais. Comprovou-se que a Acupuntura funciona, dando alívio a dores, e melhorando disfunções e degenerações, permitindo qualidade de vida e bem estar aos animais, tanto como no ser humano.
  6. 6. Referências: 1) DRAEHMPAEHL, D.; ZOHMANN, A. Acupuntura no Cão e no Gato. Princípios Básicos e Prática Científica. Editora Roca. São Paulo.SP. 1997.245 pps. 2) SCHOEN,A.M. Acupuntura Veterinária, da Arte Antiga à Medicina Moderna. Editora Roca. 2ª edição. São Paulo. SP. 2006. 603 pps. 3) ALTEROCHE, B.; NAVAILH, P. O Diagnóstico na Medicina Chinesas. Andrei Ed.. 1992. 420 pps. 4) SCHWARTZ,C. Quatro Patas Cinco Direções. Um Guia de Medicina Chinesa para Cães e Gatos. Ícone Editora. São Paulo. SP. 1996. 470 pps 5) SCOGNAMILLO-ZABÓ,M.V.R; BECHARA,G.R. Acupuntura: histórico, bases teóricas e sua aplicação em Medicina Veterinária, Ciência Rural, vol.40 no.2 Santa Maria Feb. 2010 disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103- 84782010000200040, acesso de 19/03/2013 6) HAYASHI, A.M., MATERA. J.M. Evaluation of electroacupuncture treatment for thoracolumbar intervertebral disk disease in dogs Journal of American Veterinary Medical Association .September 15, 2007, Vol. 231, No. 6, Pages 913-918.

×