1
INSTITUTO AFROBRASILEIRO DE ENSINO SUPERIOR
FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES
CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA
II SEMESTRE
D...
2
SUMÁRIO
1. Introdução......................................................................................................
3
1. INTRODUÇÃO
O presente trabalho tem como função desenvolver uma plataforma
colaborativa de divulgação de serviços e as...
4
2. BRIEFING E COLETA ADICIONAL DE INFORMAÇÕES
2.1. A EMPRESA
Clariô Comunicações é uma agência segmentada que atua no ra...
5
plataforma é variável, mas com boa prospectiva, visto que ainda depois do evento
em questão, o legado do site se mantenh...
6
como meio de acesso à internet. Em 2015, cerca de 80% dos aparelhos
telefônicos móveis em mercados maduros serão smartph...
7
Ainda para a elaboração do perfil dos consumidores e do desenvolvimento
da campanha inicial da plataforma, foi elaborada...
8
Com essas informações podemos elaborar conexões importantes para a
elaboração da campanha inicial da nossa plataforma co...
9
A maioria dos concorrentes oferecem aplicativos para celular, o que facilita
a adesão do usuário, que a cada dia mais pr...
10
Colaboração do usuário: Esta opção enriquece o site, pois conta com a
visão e avaliação da comunidade, onde este expõe ...
11
transcenda a questões emocionais, denotando aspectos de eficácia, credibilidade
e comodidade.
6. OBJETIVOS DE COMUNICAÇ...
12
Propaganda nada mais é do que um meio propagar uma ideia ,
conhecimentos e teorias. Uma coisa que surte efeito atualmen...
13
Além da propaganda, há também toda a publicidade da campanha inicial
do site. Iremos fazer a divulgação da plataforma a...
14
a plataforma “Pé no Pedaço” e se sinta deslocada e desconectada da atualidade,
então depois que ela inicia o uso da pla...
15
Para podermos alcançar nosso público alvo, então também iremos fazer
anúncios nas redes sociais. Faremos anúncios envol...
16
Outra peça que será focada na Copa do Mundo; A imagem que irá ser
utilizada é de um caminho e uma pessoa parada. O títu...
17
estarão mais receptíveis ao que estiver relacionado a tal. A campanha terá
duração de torno de 7 meses baseado no crono...
18
Pacote mensal de gravação com até 20 gravações off
R$600,00 x 2 meses = R$ 1.200,00
9.1.4. FLASH MOB
R$ 100,00 (cachê d...
19
10. REFERÊNCIA
10.1. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA
RIBEIRO, J; ALDRIGHI, V; IMOBERDORF, M; BENETTI, E; LONGO, W;
DIAS, S, R....
20
SURVEY MONKEY. Disponível em https://pt.surveymonkey.com/.
Visualizado em 11/11.
INSTITUTO MVC. Disponível em
http://ww...
21
11. ANEXOS
11.1. ORGANOGRAMA DA EMPRESA (ANEXO 1)
Presidência
Diretoria executiva Diretoria de
publicidade e mídia
Dire...
22
11.2. FLUXOGRAMA DO SITE (ANEXO 2)
PLATAFORMA - PÉ NO PEDAÇO
Registro de usuário no Site
Colabora ativamente e sugere
p...
23
11.3. PERFIL DE CONCORRENTES (ANEXO 3)
24
11.4. ROUPAGEM DO SITE DURANTE A COPA DO MUNDO 2014 (ANEXO 4)
25
11.5. CRONOGRAMA (ANEXO 5)
26
11.6. TABELA DE VALORES DE INVESTIMENTO (ANEXO 6)
27
11.7. PEÇAS PUBLICITÁRIAS - ROUPAGEM DA CAMPANHA “PÉ NA COPA” (ANEXO 7)
PLATAFORMA COLABORATIVA: PÉ NO PEDAÇO - AGÊNCIA CLARIÔ
PLATAFORMA COLABORATIVA: PÉ NO PEDAÇO - AGÊNCIA CLARIÔ
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PLATAFORMA COLABORATIVA: PÉ NO PEDAÇO - AGÊNCIA CLARIÔ

91 visualizações

Publicada em

O presente trabalho tem como função desenvolver uma plataforma colaborativa de divulgação de serviços e assim trazer mobilidade aos turistas que vem a São Paulo, direcionando-os a conhecer as atrações das periferias da cidade, a fim de promover e divulgar a cultura que somente a periferia oferece, com a própria intervenção da comunidade, fazendo com que a experiência seja original e única.
Com o proposto de construir uma plataforma colaborativa veio os desafios de levar a tecnologia à comunidade, extrair o que ela tem de melhor, expandir e dar notoriedade aos “artistas anônimos” que têm tanto talento.
O palco principal de toda esta festa é o calendário recheado de eventos que serão recebidos no Brasil nos próximos anos. Atrelado a isto também está o legado que estes mega eventos irão deixar e estes frutos devem ser colhidos por todos, inclusive os moradores das periferias de São Paulo.
Este projeto também tem como objetivo a criação e a elaboração do plano de comunicação para divulgar uma plataforma colaborativa onde serão divulgados lugares como: parques, restaurantes, casas noturnas, ou seja, locais de entretenimento na periferia de São Paulo.
Para realizarmos este, utilizamos algumas informações já coletadas no semestre anterior, onde foi abordada uma analise do impacto que a Copa do Mundo está causando nas pessoas que moram em bairros periféricos.
Ao longo do projeto elaboramos um briefing para coletarmos maiores informações sobre o mercado em que nós estaremos inseridos, sobre o público que estaremos lidando e também sobre informações para um planejamento mais claro.
O planejamento feito ao decorrer do projeto foi o da plataforma e da comunicação, sendo esta última tanto no posicionamento da plataforma no mercado, como o da divulgação dela.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
91
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PLATAFORMA COLABORATIVA: PÉ NO PEDAÇO - AGÊNCIA CLARIÔ

  1. 1. 1 INSTITUTO AFROBRASILEIRO DE ENSINO SUPERIOR FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA II SEMESTRE Diego Oliveira, Gabriela Borges, Kelvin Alves, Rosângela Pinheiro. PROJETO MULTIDISCIPLINAR: PLATAFORMA COLABORATIVA - PÉ NO PEDAÇO NOVEMBRO 2013
  2. 2. 2 SUMÁRIO 1. Introdução.........................................................................................................03 2. Briefing e coleta adicional de informações.......................................................04 3. Análise do cenário atual do mercado na categoria de produtos estudados ....09 4. Diagnóstico de problemas e oportunidades.....................................................09 5. Posicionamento desenvolvido para a marca....................................................10 6. Objetivo da comunicação.................................................................................11 7. Estratégia de comunicação..............................................................................11 8. Táticas de comunicação...................................................................................11 9. Valor do Investimento, período da campanha, cronograma e controle............16 10.Referências.......................................................................................................19 11.Anexos..............................................................................................................21
  3. 3. 3 1. INTRODUÇÃO O presente trabalho tem como função desenvolver uma plataforma colaborativa de divulgação de serviços e assim trazer mobilidade aos turistas que vem a São Paulo, direcionando-os a conhecer as atrações das periferias da cidade, a fim de promover e divulgar a cultura que somente a periferia oferece, com a própria intervenção da comunidade, fazendo com que a experiência seja original e única. Com o proposto de construir uma plataforma colaborativa veio os desafios de levar a tecnologia à comunidade, extrair o que ela tem de melhor, expandir e dar notoriedade aos “artistas anônimos” que têm tanto talento. O palco principal de toda esta festa é o calendário recheado de eventos que serão recebidos no Brasil nos próximos anos. Atrelado a isto também está o legado que estes mega eventos irão deixar e estes frutos devem ser colhidos por todos, inclusive os moradores das periferias de São Paulo. Este projeto também tem como objetivo a criação e a elaboração do plano de comunicação para divulgar uma plataforma colaborativa onde serão divulgados lugares como: parques, restaurantes, casas noturnas, ou seja, locais de entretenimento na periferia de São Paulo. Para realizarmos este, utilizamos algumas informações já coletadas no semestre anterior, onde foi abordada uma analise do impacto que a Copa do Mundo está causando nas pessoas que moram em bairros periféricos. Ao longo do projeto elaboramos um briefing para coletarmos maiores informações sobre o mercado em que nós estaremos inseridos, sobre o público que estaremos lidando e também sobre informações para um planejamento mais claro. O planejamento feito ao decorrer do projeto foi o da plataforma e da comunicação, sendo esta última tanto no posicionamento da plataforma no mercado, como o da divulgação dela.
  4. 4. 4 2. BRIEFING E COLETA ADICIONAL DE INFORMAÇÕES 2.1. A EMPRESA Clariô Comunicações é uma agência segmentada que atua no ramo de mercado digital. Como nosso primeiro trabalho, vivenciamos a elaboração de uma plataforma colaborativa. Em primeira instância, trabalhamos com quatro pessoas (ver anexo 1) e a imagem que a instituição quer solidificar é de uma empresa responsável e jovem, que permite a interação do cliente, mas paralelamente impõe seu profissionalismo. 2.2. O PRUDUTO “Pé no Pedaço” é uma plataforma colaborativa que vem disposta em um modelo de site de fácil utilização e que permite a participação dos interessados, que são indiretamente selecionados por fazerem parte de uma gama extensa da sociedade: A Periferia. Enquadramos-nos na categoria de compartilhamento de opiniões e serviços, pois a plataforma visa auxiliar não tão somente a própria sociedade, mas também os turistas a encontrar serviços de qualidade e principalmente, que estejam entre os mais visitados do momento. O site é de procura contínua, já que a sazonalidade de procura por entretenimento é sequente. Ainda que saibamos que verificação do site seja permanente, o foco momentâneo é o aumento turístico esperado para a Copa Do Mundo 2014. Prevendo tal aumento pela procura por serviços de qualidade, o Pé no Pedaço tentará se aproveitar desta situação; Já que a alimentação do site se dá pelos próprios usuários, a capacidade de produção do site pode ser incentivada por premiações aos colaboradores, valorizando ainda mais o conteúdo e, portanto, aumentando a procura. A desvantagem encontrada para esta ideia é a concorrência local, que deve crescer no decorrer do semestre (ver item 3). E ainda pensando em sazonalidade, manutenção do ciclo de vida da
  5. 5. 5 plataforma é variável, mas com boa prospectiva, visto que ainda depois do evento em questão, o legado do site se mantenha forte. Pensando apenas em pontos diferenciais, o Pé no Pedaço tem como extrema, a ideia de beneficiar os colaboradores com premiações, aumentando o interesse pela contribuição com conteúdo e simultaneamente o enriquecimento do mesmo. O Pé no Pedaço tem também uma política empresarial que seleciona o conteúdo que irá para o ar (ver anexo 2), portanto, as questões culturais serão bem exploradas, visando exatamente a exaltação da comunidade e do que ela tem de melhor a oferecer aos próprios moradores e aos turistas. 2.3. O MERCADO O mercado consiste em muitos tipos de clientes, produtos e necessidades. É preciso determinar que segmentos ofereçam as melhores oportunidades para o nosso negócio (GOMES, 2005). Iremos inserir nosso produto no mercado de mídias, no nosso caso, plataformas colaborativas e aplicativos mobiles. É um mercado com crescimento acelerado. Segundo SEBRAE, as tendências para os próximos dois anos são de crescimento e a conexão entre anúncios televisivos com as mídias sociais e o mundo online é uma delas, com possibilidades, por exemplo, de uso de hashtags nas publicidades. Indo além, haverá o aumento de investimento de micro e pequenas empresas em redes sociais, aumento de anunciantes, e em 2014 estima-se que mais de 70 milhões de aplicativos serão baixados diariamente, direcionando a maioria das organizações a utilizar tal recurso. Existe também a opção de vincular produtos e ampliar a presença em mídias sociais alternativas, como exemplo o microblog chinês Sina Weibo – que chegou a 400 milhões de usuários – e o Pinterest – cresceu 5.124 por cento em 2013. Não menos importante é saber que em 2013, dispositivos móveis irão ultrapassar os PCs
  6. 6. 6 como meio de acesso à internet. Em 2015, cerca de 80% dos aparelhos telefônicos móveis em mercados maduros serão smartphones. O Pé no pedaço procura então se basear nas tendências do mercado e oferecer oportunidade de interação/colaboração aos usuários e a opção mobile. 2.4. OS CONSUMIDORES (PERFIL DO PÚBLICO ALVO DA CAMPANHA) Primeiramente, para cumprir e seguir o projeto multidisciplinar proposto, nosso consumidor é o turista que visitará o Brasil na Copa do Mundo de 2014, mas também contempla os paulistanos que irão sugerir os locais de visitação e acompanhar a ascensão das informações e consequentemente, da plataforma. Ainda que seja difícil delimitar características para consumidores da nossa plataforma, que visa oferecer informações dos mais variados seguimentos, de gastronomia à casa de shows, de sambas de laje à cabeleireiros especializados, nossa proposta quer atingir a classe social CD e excetuando os turistas, atenderíamos principalmente o morador da periferia de São Paulo. Vários são os estudos para definir as comunidades periféricas, sua evolução e sua cultura. Diversos autores procuram problematizar a noção de periferia, relacionando-a com influências externas e diferenciando-as entre si. De imediato concluo que uma periferia é diferente de outra periferia. Podem apresentar contextos históricos similares, mas a teoria social se reinventa a cada possibilidade e isso torna ainda mais complexo qualquer tentativa de fixar conceitos relacionados a este assunto (Rosa, 2009). A procura pela plataforma não se limita a procura por serviços, pois também permitira a interação e a colaboração, onde a razão participativa gira em torno de questões emocionais, mais do que racionais, sendo que um não excluí o outro.
  7. 7. 7 Ainda para a elaboração do perfil dos consumidores e do desenvolvimento da campanha inicial da plataforma, foi elaborada e aplicada uma pesquisa através da ferramenta “Survey Monkey”. Em decorrência à esta pesquisa, foram coletadas as seguintes informações: Total de pessoas: 17. A média de idade foi de 17 à 28 anos. Dentro os entrevistados estão 9 mulheres e 8 homens. Como as elas se sentem usando as redes sociais A frequência que elas visitam as redes sociais
  8. 8. 8 Com essas informações podemos elaborar conexões importantes para a elaboração da campanha inicial da nossa plataforma colaborativa. Iremos fazer a divulgação da plataforma através de Rádio e Internet. As questões de como os entrevistados se sentem usando as redes sociais foram inspiradas no livro “Tudo o que você queria saber sobre propaganda e ninguém teve paciência de explicar”. Júlio Ribeiro, um dos autores do livro diz “... Eu pessoalmente procuro conhecer como as pessoas se sentem usando ou fazendo a coisa objeto do meu problema...” “{...}Sentir-se bem é a razão que está por trás de alguns procedimentos aparentemente ilógicos, como pagar 2 milhões para ser sócio do Regine’s, viajar de primeira classe, comprar um carro importado ou entrar para o Hare Krshna[...]” Então para desenvolvermos uma campanha queríamos saber como as pessoas que usam as redes sociais se sentem para podemos usar estas respostas na nossa campanha. 2.5. PERFIL DE CONCORRENTES Ainda que tenhamos ideia da grande variedade de serviços que são oferecidos aos usuários que procuram avaliações de lugares e serviços, para que possamos dar continuidade ao projeto proposto neste segundo semestre do curso de publicidade e propaganda, que além da criação de uma plataforma colaborativa que ofereça estes serviços, visa à interação comunitária e ainda tem uma proposta de atrair o público estrangeiro que estará na região para prestigiar o calendário de eventos esportivos e também deixar um legado de toda essa experiência. Então, torna-se indispensável esmiuçar as habilidades dos concorrentes e avaliar no que de mais interessante podemos nos basear para expandir nossas ideias. Os concorrentes avaliados (ver tabela), no geral, permitem a interação do usuário que usam de suas próprias experiências para dar corpo aos sites e aplicativos. Os conceitos criativos não se diferenciam muito e aparentam até seguir um padrão de cores e fontes, salvo exceções.
  9. 9. 9 A maioria dos concorrentes oferecem aplicativos para celular, o que facilita a adesão do usuário, que a cada dia mais procura portabilidade, facilidade e variedade. Existe também a preocupação com os concorrentes imediatos, que são as agências (Manah, Eleven e Ori), que como nós, receberam propostas idênticas. Com isso, é provável que ajam ideias convergentes aumentando, portanto, o poder da concorrência (ver anexo 3). 2.6. OBJETIVOS DE MARKETING O objetivo de marketing do “Pé no Pedaço” é alcançar pelo menos 4% do market share de plataformas colaborativas. 3. ANÁLISE DO CENÁRIO ATUAL DO MERCADO NA CATEGORIA DE PRODUTOS ESTUDADOS A problemática baseia-se justamente na falta de opções para os visitantes e o público local encontrarem com facilidade entretenimento. O intuito do projeto (plataforma colaborativa) é justamente sanar essa dificuldade facilitando e estreitando o caminho entre turista, comunidade e lazer na tentativa de suprir a deficiência por ferramentas que possibilitem á procura desse serviço e facilite a interação dos usuários com o que o espaço oferece de melhor. No contexto analisado a questão relevante é justamente a necessidade de informar divulgar locais, serviços dentre outros, além de proporcionar interação social, tida atualmente como indispensável. 4. DIAGNÓSTICO DE PROBLEMAS E OPORTUNIDADES - ANÁLISE SWOT 4.1. PONTOS FORTES
  10. 10. 10 Colaboração do usuário: Esta opção enriquece o site, pois conta com a visão e avaliação da comunidade, onde este expõe sua cultura e interesses, o que nos leva à originalidade dos locais. Premiações: Para incentivar a participação do usuário, o Pé no Pedaço oferece premiações mensais, o que se caracteriza como diferencial e atrativo. Interatividade: A possibilidade de colaboração faz com que quando se vê que algo foi feite por si próprio, a adesão seja mais efetiva 4.2. PONTOS FRACOS Falta de recursos: Ainda que o custo de alimentação e manutenção da plataforma seja baixo, a variação de promoções e a própria melhora do site é dificultada. 4.3. OPORTUNIDADE Lucro: A obtenção de lucratividade com possíveis parceiros e anunciantes, favorecerá a expansão (aumento de % share) e solidificação no mercado. 4.4. AMEAÇAS Concorrência: Considerando o mercado e avaliando as tendências de expansão previstas para os próximos dois anos (SEBRAE) é esperado o aumento da concorrência direta e indireta. Falta de recursos: Vide explanação no item 3.2. 5. POSICIONAMENTO DESENVOLVIDO PARA MARCA Desejamos que o “Pé no pedaço” seja posicionado no mercado como uma ferramenta de fácil utilização, jovial e alegre, mas que simultaneamente
  11. 11. 11 transcenda a questões emocionais, denotando aspectos de eficácia, credibilidade e comodidade. 6. OBJETIVOS DE COMUNICAÇÃO O objetivo de comunicação do “Pé no pedaço” é ser referência no mercado quando se trata de plataformas colaborativas especializadas na localização de lugares e serviços; Acentuar a seriedade e credibilidade do produto, visando o turista da Copa do Mundo 2014 e também os paulistanos. 7. ESTRATÉGIA DE COMUNICAÇÃO Com utilização de indicadores nosso produto promete incentivar nossos consumidores a divulgar, compartilhar e conhecer novos lugares voltados ao lazer seja ele cultural, bares, casas noturnas, lanchonetes e shows. Possibilita também conhecer os locais com fotos atualizadas tiradas pelos próprios usuários do site. Além de tudo isso o produto tem o intuito de interagir com os consumidores oferecendo premiações com o objetivo de satisfazê-los e os incentivando para a divulgação e amplitude da marca visando à retenção do cliente. Para o acompanhamento dessas ações determinadas, os indicadores são excelentes ferramentas, pois refletem a realidade dos nossos consumidores, ou seja, iremos divulgar os locais no qual os próprios usuários estão habituados a ir e através dos compartilhamentos de locais e fotos, eles poderão ter acesso a outros lugares caso tenha seu perfil, pois trabalhamos com todo tipo de perfil, etnia. Essa marca foi voltada ao consumidor que possui interesse em conhecer novos locais e não sabe onde e nem como conseguir informações, a principio com foco somente para moradores das periferias de São Paulo e Turistas. 8. TÁTICAS DE COMUNICAÇÃO 8.1. PROPAGANDA
  12. 12. 12 Propaganda nada mais é do que um meio propagar uma ideia , conhecimentos e teorias. Uma coisa que surte efeito atualmente são os flash mobs. Flash Mob vem de Flash Mobilization (“Rápida Mobilização”) que são ações instantâneas de várias pessoas em um determinado lugar praticando alguma ação combinada. Geralmente elas são combinadas através de e-mail e das redes sociais. Utilizar um flash mob como forma de anúncio é criativo e eficiente. Um bom exemplo é o flash mob que o website “Limão” utilizou para sua divulgação. Na época o site conseguiu grande repercussão. Pensamos em realizar nosso flash mob num lugar de bastante movimentação, algo como a Praça da Sé, Metro Barra Funda, Metro Tatuapé que são lugares com bastante fluxo de pessoas ou até próximo ao aeroporto, pois além de chamar a atenção dos paulistanos, chamaria a atenção também dos turistas. Para tanto, o Flash mob será feito entre uma ou duas semanas antes do início da copa. 8.2. A IDEIA DO FLASH MOB Um samba começa a tocar, então um casal que começa a dançar no meio do aeroporto, logo após mais alguns casais vão se juntando. Logo após o ritmo da música muda para forró, e mais alguns casais se juntam. Depois a música muda para o “funk” e as pessoas começam a dançar. E então inesperadamente a música muda para um samba-rock. As músicas que são tocadas e dançadas são todas as músicas que as pessoas provavelmente irão escutar nos lugares que serão sugeridos na plataforma e os dançarinos serão caracterizados para que eles pareçam que não goste daquele estilo musical. Ao final, a frase “Atreva-se” aparecerá escrita em uma tela e logo abaixo, em tamanho pequeno, o logotipo do “Pé no Pedaço”, que será mantido enquanto os dançarinos se dispersam.
  13. 13. 13 Além da propaganda, há também toda a publicidade da campanha inicial do site. Iremos fazer a divulgação da plataforma através de Rádio e Internet. As questões de como os entrevistados se sentem usando as redes sociais foram inspiradas no livro “Tudo o que você queria saber sobre propaganda e ninguém teve paciência de explicar”. Júlio Ribeiro, um dos autores do livro diz “... Eu pessoalmente procuro conhecer como as pessoas se sentem usando ou fazendo a coisa objeto do meu problema...” “{...}Sentir-se bem é a razão que está por trás de alguns procedimentos aparentemente ilógicos, como pagar 2 milhões para ser sócio do Regine’s, viajar de primeira classe, comprar um carro importado ou entrar para o Hare Krishna[...]” Então para desenvolvermos uma campanha queríamos saber como as pessoas que usam as redes sociais se sentem para podemos usar estas respostas na nossa campanha. 8.3. RÁDIO Optamos pela escolha do rádio, pois os ouvintes de rádio são mais atentos às informações, já que não tem auxílio de ilustrações, além do atrativo do valor de vinculação de uma publicidade. De acordo com pesquisas do Ibope de outubro de 2013, as pessoas entre 12 e 34 anos são as que mais escutam o rádio (sendo 12 a 19 anos 17%, 20 a 24 anos 11% e 25 a 34 22%). Nossa média de público alvo por idade está envolvida nesse meio (17 a 28 anos). Há também o público da Classe C, que possui 48% dos ouvintes do rádio. A Classe C está em ascensão, portanto é observada a mudança no padrão de consumo, além de verificar que há a procura por interatividade. O anúncio que faremos no rádio terá como elementos principais a participação dos jovens, a relação informal entre eles e então colocaremos em prática o que foi coletado. No anúncio faremos com que uma pessoa que não use
  14. 14. 14 a plataforma “Pé no Pedaço” e se sinta deslocada e desconectada da atualidade, então depois que ela inicia o uso da plataforma, ela se sentiria melhor e mais conectada. O horário em que colocaríamos o anúncio no ar seria nos horários das 6h às 8h (horário em que a maior parte do nosso público alvo esta escutando rádio, pois muitos escutam em seus aparelhos celulares indo para o trabalho, escola ou faculdade), 12h às 14h (horário em que as pessoas geralmente almoçam) e também das 17h às 19h (horário em que o nosso público alvo está saindo do trabalho para casa, ou do trabalho para escola/faculdade ou até mesmo de suas casas para a escola/faculdade). Nos primeiros cinco meses a divulgação pela rádio seria uma locução de anúncio simples, nos dois últimos já seria uma locução/narração mais elaborada como descrita no exemplo a seguir: “Oi, meu nome é Lucas. Antes eu era muito entediado, nunca achava lugares novos para ir, sempre as mesmas pessoas. Até que um dia eu encontrei o Pé no Pedaço (trilha sonora mais alegre). Agora eu me sinto bem... Bem mais confortável, com muito mais opções, muito mais diversões e referências também. Não se sinta incomodado, faça como eu, mude, Atreva-se ! Seja um pedaçeiro !” 8.4. INTERNET Sabe-se que a internet e o mercado digital/e-commerce está em alta. Há 10 que esse mercado vem crescendo muito e não fazer algum anúncio na internet de uma plataforma colaborativa online seria no mínimo estranho. E para fazermos a campanha da nossa plataforma vamos novamente direcionar para o nosso público alvo que em sua maior parte está na Classe C, muito presente nas redes sociais. As Classes C, D e E já superem a A e B em questão de uso de internet, segundo o IBOPE Media 2009.
  15. 15. 15 Para podermos alcançar nosso público alvo, então também iremos fazer anúncios nas redes sociais. Faremos anúncios envolvendo os mesmos elementos que usamos no rádio, só que também usando alguns elementos visuais, como cores que possam prender a atenção, visuais dos jovens atuais e também até podemos criar alguns trejeitos nos personagens dos anúncios para poder ficar na memória das pessoas. A Fanpage da plataforma também será uma forma de anúncio da plataforma, onde todas as informações e novidades serão reproduzidas lá. 8.5. METRÔ Faremos também anúncios em metro. Os anúncios tem a intenção principal de aguçar a curiosidade das pessoas para visitar o site, coisas como por exemplo: “Coloque seu Pé no Pedaço” e o endereço do site. Ou então, “Conheça outros lugares”. Sem muitas informações, para que, como já foi dito, instigue a curiosidade dos transeuntes. Os anúncios serão feitos nas estações que fazem baldeação com outras linhas (Linha 1 azul, 2 verde, 3 vermelha, 4 amarela, 5 lilás). Simplesmente por que nestas estações é onde esta o grande fluxo de pessoas, inclusive do nosso público-alvo. As peças publicitárias do metro estão focadas em atrair as pessoas a conhecerem a plataforma antes do período da Copa. A imagem que utilizamos em uma de nossas peças foi a de uma pessoa caminhando e algumas fotos no chão. O que queremos remeter através desta imagem é de que a pessoa está perdida e sem rumo, as fotos que estão no chão são de lugares que ela já “conhece”, porém não tem o interesse de ir, ela precisa de um novo rumo. Com isso, definimos que o título da peça será “Não Perca Seus Passos”. O texto da peça será "Para seguir em passos firmes, atreva-se a um novo caminho, siga Pé no Pedaço."; Utilizamos esta frase, pois queremos que as pessoas que visualizarem o anúncio tenham o interesse de conhecer e se atrevam a utilizar a plataforma.
  16. 16. 16 Outra peça que será focada na Copa do Mundo; A imagem que irá ser utilizada é de um caminho e uma pessoa parada. O título é “O Brasil Com um Novo Rumo”, o texto da peça será “Depois desta Copa, sua pegada será diferente.” No título a palavra ‘Brasil’ será em verde e amarelo para fazer alusão ao próprio país e também à Copa. O texto será para chamar atenção novamente para que as pessoas conheçam a plataforma e desfrutem de nossas ferramentas. Veja que a arte das peças publicitárias faz referência às ideias (anexo 7). 8.6. PROMOÇÃO DE VENDAS E MERCHANDISING As promoções de venda que a plataforma possui, são as premiações como concursos culturais, sorteios, vales-brinde, premiações instantâneas, promoções de continuidade e também a premiação para os usuários que mais colaborarem com a plataforma. Sazonalmente iremos mudar a premiação para se adaptar ao contexto atual. Como por exemplo na Copa do Mundo 2014, onde os prêmios serão voltados à ocasião, como camisas da seleção, álbum de figurinhas, canecas, etc. Em relação ao merchandising, o layout da página será também adaptado a cada época e/ou evento, como natal, páscoa, ano novo e eventos como a Copa do Mundo 2014, Olimpíadas 2016 e as Paralimpíadas 2017. Com a Copa do Mundo 2014, a roupagem do site será mais colorida e com o tema voltado para o evento (Anexo 4). 9. VALOR DO INVESTIMENTO, PERÍODO DA CAMPANHA, CRONOGRAMA E CONTROLE. A campanha começará a ser vinculada em seus devidos meios, conforme cronograma (ANEXO 5) em janeiro de 2014, pois estará mais vivo o clima de recepcionar um evento tão importante como A Copa do Mundo, e as pessoas
  17. 17. 17 estarão mais receptíveis ao que estiver relacionado a tal. A campanha terá duração de torno de 7 meses baseado no cronograma de publicidade para a Copa Do Mundo, sendo que nos dois últimos meses com maior ênfase pois estará se aproximando o evento em si. 9.1. VALOR DO INVESTIMENTO 9.1.1. INTERNET E YOUTUBE Youtube - Vinculação de publicidade pré-vídeos R$ 50,00 o dia – 6 dias por mês - 6x7 meses= 42 - 42x50 = R$ 2.100,00 Já a vinculação de informações na “fanpage”, inicialmente sem custos, pois não utilizaremos promoção de anúncios não serão utilizados e todo o conteúdo será produzido pela equipe “pé no pedaço” 9.1.2. METRO Painel interno do carro do metro – Nº de Linhas: 1, 2, 3, 4, 5 e 10 unidades – Preço unitário = 239,00 (por linha/mês). 4 (linhas)x10 = 40 - 40x239 = R$ 9.560 - 9.560 X 2 (meses) = R$ 19.120,00 Painel de Escada: Preço Unitário - 208,00/mês 12 (estações)x10 = 120 -120x208= R$ 24.960 9.1.3. RÁDIO Spot 30 segundos – Valor Unitário R$ 150,00 (5 meses) 14 dias x 5 meses = 70 – 150 x 70 = R$ 10.500,00
  18. 18. 18 Pacote mensal de gravação com até 20 gravações off R$600,00 x 2 meses = R$ 1.200,00 9.1.4. FLASH MOB R$ 100,00 (cachê do dançarino) x 12 (dançarinos)= R$ 1.200,00 9.1.5. VALOR TOTAL DO INVESTIMENTO (ANEXO 6) 9.2. CONTROLE O controle será baseado no aumento do número de acessos, compartilhamentos e colaborações diretamente no site. Diariamente serão computados estes dados e comparados com as datas em que não houveram manifestações publicitárias conforme cronograma.
  19. 19. 19 10. REFERÊNCIA 10.1. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA RIBEIRO, J; ALDRIGHI, V; IMOBERDORF, M; BENETTI, E; LONGO, W; DIAS, S, R. Tudo o que você queria saber sobre propaganda e ninguém teve paciência para explicar. São Paulo – Editora Atlas S.A – 2008. GOMES, I, M. Manual de como Elaborar uma Pesquisa de Mercado. Belo Horizonte: SEBRAE/MG, 2005. ROSA, T. T. "Favelas, periferias: uma reflexão sobre conceitos e dicotomias." GT 01–A Cidade nas Ciências Sociais: Teoria, Pesquisa e Contexto (2009). 10.2. REFERÊNCIA DE INTERNET IBOPE. Disponível em http://www.ibope.com.br/pt-br/noticias/Paginas/E- commerce%20mira%20classe%20C.aspx. Visualizado em 11/11. INFOESCOLA. Disponível em http://www.infoescola.com/comunicacao/propaganda-e-publicidade/. Visualizado em 18/11. INSTITUTO MVC. Disponível em http://www.institutomvc.com.br/costacurta/artCG03Estrategias_Objetivos.htm. Visualizado em 16/11. MUNDO MARKETING. Disponível em http://www.mundodomarketing.com.br/reportagens/digital/26160/9-tendencias- para-o-markeing-digital-em-2013.html. Visualizado em 13/11. SEBRAE. Disponível em http://www.sebraemercados.com.br/?p=18869. Visualizado em 13/11. SLIDESHARE. Disponível em http://www.slideshare.net/dnpquintino/fora- de-vendas-apresentao-marketing. Visualizado em 18.11.
  20. 20. 20 SURVEY MONKEY. Disponível em https://pt.surveymonkey.com/. Visualizado em 11/11. INSTITUTO MVC. Disponível em http://www.institutomvc.com.br/costacurta/artCG03Estrategias_Objetivos.htm. Visualizado em 16/11.
  21. 21. 21 11. ANEXOS 11.1. ORGANOGRAMA DA EMPRESA (ANEXO 1) Presidência Diretoria executiva Diretoria de publicidade e mídia Diretoria propaganda e marketing Conceito criativo e campanhas. Administrador: Avalia as postagens. OPEC - Op. Comerciais e divulgação. Conselho fiscal
  22. 22. 22 11.2. FLUXOGRAMA DO SITE (ANEXO 2) PLATAFORMA - PÉ NO PEDAÇO Registro de usuário no Site Colabora ativamente e sugere publicações. Avaliação da sugestão de publicação pela diretoria executiva SIM. Pedido de publicação aceito. Publicação efetivada. Aguardo de aceitação... O usuário tem possibilidade de promover suas publicações. PREMIAÇÕES Procura informações, visualiza e compartilha conteúdo. NÃO. Sugestão de publicação negada. Sugestão de alteração/Explicação do motivo da negação da postagem
  23. 23. 23 11.3. PERFIL DE CONCORRENTES (ANEXO 3)
  24. 24. 24 11.4. ROUPAGEM DO SITE DURANTE A COPA DO MUNDO 2014 (ANEXO 4)
  25. 25. 25 11.5. CRONOGRAMA (ANEXO 5)
  26. 26. 26 11.6. TABELA DE VALORES DE INVESTIMENTO (ANEXO 6)
  27. 27. 27 11.7. PEÇAS PUBLICITÁRIAS - ROUPAGEM DA CAMPANHA “PÉ NA COPA” (ANEXO 7)

×